Você está na página 1de 10

Corrosão

MARLON CORRÊA
Conceitos
• Pode-se definir corrosão como a deterioração de um material, geralmente metálico, por ação
química ou eletroquímica do meio ambiente, aliada ou não a esforços mecânicos.
• Esse processo representa alterações indesejáveis ao material, tais como desgaste, variações
químicas ou modificações estruturais.

1
Importância
• Os problemas de corrosão são frequentes e ocorrem em diversas atividades, como industrias
química, petrolífera, petroquímica, naval, de construção civil, etc.
• A corrosão gera perdas econômicas nessas atividades, que podem ser classificadas como
diretas e indiretas.
• Diretas: Custo de substituição de peças/equipamentos, custo e a manutenção dos processos de
proteção (pinturas, recobrimentos, etc.).
• Indiretas: Paralisações acidentais, perda de produto (óleo, gás, água) por tubulações corroídas,
perda de eficiência (trocadores de calor, motores automotivos), contaminação de produto, etc.

2
Importância
• Em alguns setores, embora a corrosão não seja muito representativa em termos de custo direto,
deve-se levar em consideração o que ela pode representar em questões de segurança.
• Um exemplo seria o acidente envolvendo um Boeing 737 – 200 , da Aloha Airlines em 1988, que
ocorreu devido a uma combinação de tensões cíclicas e corrosão atmosférica, fazendo com que
o avião perdesse parte de sua fuselagem.

3
Custos
• A medida que ocorro o avanço tecnológico, os custos com corrosão aumentam, tornando-se um
fator de grande importância a ser considerado já na fase de projeto de grandes instalações
industriais.
• Em 1949, Uhlig apresentou na Conferência Cientifica sobre a Conservação e Utilização das
Reservas Minerais um dado relativo ao custo da corrosão. Estimava-se que os Estados Unidos
gastava certa de 5,5 bilhões de dólares por ano.
• Já em 1993 o departamento de comércio dos EUA, estimou o custo da corrosão de alguns
países. Conforme a tabela a seguir:

4
Custos
• Deve-se considerar que estão inclusos não
somente os gastos com reposição de materiais,
mas também os gastos com prevenção de
corrosão.

5
6
Custos
• Outro aspecto da importância da corrosão, relaciona-se com a conservação das reservas de
minérios.
• Em relatório publicado pela NBS em 1965, é reportado que cerca de 40% da produção de aço é
destinada a reposição de materiais deteriorados pela corrosão.
• Uma importante consideração refere-se ao aspecto energético, visto que a obtenção de metal
se faz a custa de uma certa quantidade de energia, a qual é cedida por intermédio dos processos
metalúrgicos, como a seguir:

7
Custos
• A corrosão, em determinados processos, pode ser vista como benéfica, sendo alguns deles:
- Oxidação de aços inoxidáveis;

- Anodização do alumínio;

- Fosfatização de superfícies metálicas;

- Proteção catódica com anodos de sacrifício ou galvânicos;

- Aspecto decorativo de monumentos e esculturas de bronze.

8
Referências
• GENTIL, V. Corrosão, 3ed
• http://www.grandesconstrucoes.com.br/Materias/Exibir/brasil-perde-4-do-pib-com-corrosao
• https://pt.wikipedia.org/wiki/Corros%C3%A3o