Você está na página 1de 2

As Diferentes Fases da Existência Humana

Vivemos constantemente em ciclos que começam e terminam, e muitas vezes


não damos conta disso. Quando se está dentro de um ciclo harmônico de vida tudo flui
constantemente; os relacionamentos podem vir e ir, começando e terminando com
leveza e felicidade, ficando ali uma eterna amizade distante. Assim, existe um
crescimento pessoal constante onde sentimos gratidão e reconhecimento de todo o
sistema. Existe amadurecimento emocional, mental e uma grande conexão com DEUS e
toda a sua existência. O ser humano está em constante processo de conhecimento dia
após dia desde sua existência. Desta forma temos sempre que buscar esse conhecimento
da melhor maneira possível para que possa somar em nosso desenvolvimento social. Ao
nascermos, quando crescemos dentro de uma família, inicia-se um ciclo de interação
com nossos pais e irmão, mas nesse caso esse ciclo familiar é regado de carinho e amor.
Falar de ciclos é falar de sincronicidade, é acompanhar as estações do ano como
se fossemos um DEUS sentado sobre um pedestal ou até mesmo um animal da natureza
que apenas com seu instinto sábio se sustenta apenas por estar em sincronia com a Vida.
Nós somos seres humanos racionais, devido a nossa capacidade de pensar,
elaborar e raciocinar, e criamos uma série de situações e formas de existência que foge
do fluxo natural da Vida.
A educação é uma parte da formação do indivíduo em que está depositada a toda
formação de vida desses pais. Uma pessoa bem educada sabe entrar e sair em qualquer
lugar, dessa forma se torna mais fácil o processo de interação. Seguindo essa linha do
tempo, na faculdade ou no local de trabalho a pessoa precisa de forma rápida se integrar
ao grupo do qual faz parte pelo fato de que surgira a necessidade de dialogar, perguntar,
questionar ou responder algo no seu dia a dia.
Através do desenvolvimento tecnológico e do grande desenvolvimento
arquitetônico das cidades o Ser humano foi criando o seu próprio ciclo, muitas vezes se
perdendo dentro do seu próprio mundo. Todo esse desenvolvimento humano também
faz parte de um ciclo que podemos chamar de evolução.
A evolução ou qualquer tipo de desenvolvimento faz parte da vida. Entretanto,
existem muitas pessoas que tem certa resistência em evoluir, pois em algum momento
da sua existência sofreram um grande trauma enquanto estavam no caminho da
evolução. A partir de então, seguiram a vida com medo, ansiedade, preocupação, raiva
entre tantos outros sentimentos e emoções desagradáveis.
Esses sentimentos e sensações desagradáveis bloqueiam o fluir natural da vida.
As oportunidades passam e não são percebidas, ou quando se percebe as oportunidades
o medo é muito grande paralisando as ações e limitando as escolhas.

Segue abaixo as principais fases da existência humana:

Nascer
É uma nova fase da vida, onde se experiência um novo lugar em um meio
diferente. O nascimento é também um período de adaptações e grandes descobertas.
Nem sempre aceitamos aquilo que a vida nos oferece. É comum perceber
pessoas que rejeitam o próprio ambiente familiar, a situação econômica e o seu estado
físico.

Crescer
O crescimento vem a partir da experiência. Basta o contato com a vida que
crescemos, adquirimos maior consciência de quem somos e o que desejamos a partir de
então. Neste período, a personalidade começa a se estabilizar e as emoções oscilam com
grande rapidez, surgindo também a sexualidade. A mudança é geral tanto no corpo
físico quanto no cotidiano em relação às amizades e à família.

Progredir
No progredir sentimos a necessidade de criar e gerar algo. Existe uma tendência
maior em desenvolver os aspectos profissionais, projetos, casamento, aprimoramento da
intelectualidade e procriação. Neste período nos tornamos mais espirituais e filosóficos,
percebendo a vida como um grande desafio. Busca-se estabilidade emocional e
financeira. Nesta fase o nosso corpo já se encontra totalmente desenvolvido e adepto
para atividades diversas. Existe então a grande disposição para evoluir através da
criação.

Morrer
É um período em que geralmente já foi realizado os principais objetivos da vida.
Neste período os anseios e os desejos mundanos vão perdendo as forças. Sente-se uma
imensa necessidade de descanso.