Você está na página 1de 17

2017

Relatório Anual
Apresentação
A Diretoria Executiva apresenta o Relatório Anual de
Informações da OABPrev relativo ao exercício de 2017,
consolidando as principais informações do Plano de Benefícios
Previdenciários do Advogado – PBPA. Neste relatório os
participantes encontrarão as Demonstrações Contábeis do
Exercício de 2017, o Parecer do Conselho Fiscal, o Parecer
do Conselho Deliberativo, o desempenho dos investimentos,
além de outras informações.

Este Relatório Anual de Informações está em


conformidade com a Resolução CGPC nº 23/06, publicada
pela Secretaria de Previdência Complementar.
4 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 5

Mensagem da Diretoria Executiva


2017: um grande salto

A reforma previdenciária se arrastou por último, esperamos ser consolidado em breve. e assistidos da OABPrev, independentemente Comunicação
2017 e sua aprovação, neste ano, caminha a A parceria estratégica com a Seguros Unimed, do número de cotas, para 0,7% a.a, sendo essa Vale ressaltar ainda os esforços para manter atuante
passos incertos. O Governo Federal tem menos uma das maiores do país nos setores de saúde, uma das melhores do mercado. Essa deliberação a nossa comunicação. A execução do planejamento
votos que o necessário para aprovar o texto e, vida, previdência, patrimoniais e odontologia, já ocorreu em dezembro de 2016 com vigência estratégico, desenvolvido pela OABPrev e a agência
com discordâncias sobre ela na Câmara Federal, entrou no terceiro ano. A negociação permitiu a partir de janeiro de 2017, conforme plano de MHD Comunicação, tem garantido à entidade
a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) aumentar o valor do Capital Segurado do benefício custeio da entidade. Outra iniciativa importante foi mais visibilidade em todas as mídias, sobretudo
287/2016 corre o risco de ser engavetada, mesmo de Risco por Morte em 25,11% em média, sem a manutenção da taxa ZERO de carregamento. nas redes sociais, que são um importante e aberto
porque até o final da intervenção federal no estado alterar a contribuição dos participantes. A Seguros canal de comunicação e relacionamento direto
do Rio de Janeiro não seria possível a aprovação de Unimed distribui e comercializa o nosso plano de Profissionalismo com os nossos participantes, bem como com
emenda constitucional. previdência, além de ofertar o Seguro de Renda por Os resultados da OABPrev crescem a cada os advogados em geral. O trabalho também
Sabemos que a Previdência Social é um dos Incapacidade Temporária (Serit – Renda Garantida), dia porque a entidade possui uma gestão garante que as informações pertinentes cheguem
alicerces de um futuro seguro para os trabalhadores que garante renda mensal em decorrência de realmente sólida, fundamentada nos princípios em dia aos nossos participantes por meio de
brasileiros, mas, diante do cenário atual, o sistema interrupções da atividade profissional temporária do conservadorismo, liquidez e transparência, e e-mail ou publicação em nossso site. Além de
oficial de previdência está cada vez mais cercado por acidente ou doença. uma equipe de profissionais altamente capacitada dar direcionamento às ações, a agência faz ainda
de dúvidas. Com isso, a procura pela previdência para gerir e acompanhar os investimentos do o importante intercâmbio da comunicação entre a
complementar só tem crescido, especialmente Números melhor plano de previdência do país para o entidade e a Seguros Unimed.
entre profissionais liberais, que não possuem renda São 13 anos de mercado atendendo a advogados advogado. Além de nosso time de profissionais – Não poderíamos deixar de ressaltar a inovação
estável. Para garantir um futuro mais tranquilo e seus dependentes, e nossos números são gerência, coordenadores e equipe de atendimento no sistema de gestão previdenciária da OABPrev,
e a segurança da família, sobressaem, portanto, realmente significativos. Em 2017, a OABPrev - estar sempre em processo de reciclagem e que há dois anos vem operando com sucesso,
os planos que apresentam solidez e taxas mais registrou crescimento nas vendas de 67% em aprimoramento, conquistando os certificados sendo um eficiente canal de atendimento aos
vantajosas. E é aqui que estamos trabalhando muito relação a 2016, com arrecadação 59% acima do exigidos pelas entidades que regulam o segmento, participantes, garantindo acesso a uma área restrita
para melhorar cada vez mais a rentabilidade. que foi registrado no ano anterior. a OABPrev está também em dia com a certificação no site, interativa e simples de navegar, além de
O Fundo de Pensão Multipatrocinado da Ordem Somente no ano passado, a entidade acumulou de seus conselheiros. A entidade tem mais de 70% serviços e informações adicionais.
dos Advogados do Brasil, a OABPrev, entidade uma rentabilidade líquida de 10,63%, bem acima dos 32 conselheiros certificados, tanto do Conselho A nossa sede também ganhou modernidade em
sem fins lucrativos, instituída pela Ordem dos da rentabilidade da poupança, que foi de 6,93%, Deliberativo como do Conselho Fiscal, enquanto a 2017, com uma infraestrutura que não deixa nada
Advogados do Brasil (OAB) e Caixa de Assistência e da meta da própria entidade, que é o INPC + exigência da Previc é de 50% +1. a desejar. Com as melhorias internas, os espaços
dos Advogados (CAA), administra o Plano de 4% a.a., que foi de 6,10%. Portanto, temos muitos As parcerias também integraram as estratégias em foram ampliados, criadas novas salas de reuniões,
Benefícios Previdenciários dos Advogados (PBPA) motivos para nos orgulhar dos números alcançados. 2017 e se mantém constantes. Cada vez mais uma recepção mais aconchegante e ambientes
em 10 estados e no Distrito Federal, reunindo cerca O nosso patrimônio administrado, em 2017, buscamos o estreitamento de contatos com a com mais conforto aos nossos colaboradores. A
de 9 mil participantes. O mais importante é que os chegou a quase R$ 160 milhões, um aumento de Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Caixa marca OABPrev também foi estampada em vários
resultados da nossa dedicação a esse trabalho têm 18,6% em relação ao ano anterior. Desde a nossa de Assistência dos Advogados (CAA), tudo em prol locais da entidade, reforçando a nossa identidade.
cada vez mais nos deixado satisfeitos. fundação, o crescimento já chega a 2.107%. da divulgação do plano e fomento da previdência O trabalho é incansável. Muitas coisas ainda temos
Sempre buscamos incrementar as vendas de nosso Os números da OABPrev demonstram a grande complementar junto aos advogados. Nossos de fazer e conquistar. Mas o mais importante
plano e ampliar os números do investimento de solidez do nosso plano de previdência complementar, consultores também têm buscado intensificar as é que a cada dia avançamos um pouco mais em
nossos participantes. Entre as ações de 2017, que conta, entre outros, com atrativos como as ações juntamente às subseções da OAB em diversas nossos propósitos, sempre acreditando que juntos
estruturamos o lançamento de novos produtos taxas de administração e carregamento. Avaliamos cidades mineiras e em outras capitais do país onde poderemos transformar nosso plano num dos
que possam agregar ainda mais valor a nossa marca, como muito acertada a nossa decisão de reduzir a a OABPrev se faz presente. maiores fundos de previdência privada deste país.
como o Aporte PJ e o OABPrev Jr, sendo que, esse taxa de administração para todos os participantes
Armando Quintão Bello de Oliveira Júnior
Diretor Presidente
6 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 7

Administração da OABPrev Instituidores do Plano


Diretoria Executiva Conselho Fiscal
Armando Quintão Bello de Oliveira Júnior TITULARES
Diretor-Presidente
Marcos Antônio Pires de Moraes ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL
Leonardo Henrique Quites Teixeira Rosemary Mafra Nunes Leite
Diretor Vice-Presidente Marco Antônio Alves
Eduardo Henrique Puglia Pompeu
Guilherme Vilela de Paula Marcelo Barroso Lima Brito de Campos OAB Seccional Acre OAB Seccional Mato Grosso do Sul
Fernando Gonzaga Jayme
Diretor de Investimento OAB Seccional Amapá OAB Seccional Minas Gerais
SUPLENTES
Bernardo Coelho de Andrade OAB Seccional Distrito Federal OAB Seccional Pará
Diretor Administrativo
Gustavo Silva Macedo
Ivone Paula de Oliveira
OAB Seccional Espírito Santo OAB Seccional Rondônia
Fernando Ferreira Calazans
Gustavo Vilela de Menezes
Diretor de Seguridade OAB Seccional Maranhão OAB Seccional Roraima
Adriano Stanley Rocha Souza
Leonardo Pereira Rezende OAB Seccional Mato Grosso
Carlos Victor Muzzi Filho
Conselho Deliberativo
TITULARES
CAA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS ADVOGADOS
Antônio Marcos Nohmi
Fernando Tadeu da Silva Quadros
Carlos Eduardo Arantes da Silva CAA Acre CAA Mato Grosso do Sul
Francisco Shimabukuro Junior
Tenarêssa Aparecida de Araújo Della Libera CAA Distrito Federal CAA Minas Gerais
Daniel Senra Delgado
Enéas Virgílio Saldanha Bayão CAA Espírito Santo CAA Pará
Edward Marcones Santos Gonçalves
Leonardo Macedo Poli CAA Maranhão CAA Rondônia
Marco Túlio de Carvalho Rocha
CAA Mato Grosso
SUPLENTES

Vander Lima Fernandes


Diogo José da Silva
Sidney Machado Torres
Rodrigo Araújo Lopes Cançado SINTAPPI-MG
Humberto Theodoro Neto
Nicanor Oscar Prata de Castro
João Vicente Montano Scaravelli
Rogério Vieira Santiago
Fabiano Campos Gonçalves
Lourival Soreano de Paula
8 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 9

Gestão dos Participantes Perfil dos Participantes Ativos


Participantes ativos por estado Participantes ativos por sexo
Homens Mulheres
5.073 3.110
17 62% 38%
0,2% 44
0,5%
3.314
96 38% 5.406
314 Mulheres
3,6% 1,1%
62%
Homens
38 anos 40 anos
105 Idade média Idade média
1,2% 227 das mulheres dos homens
2,6%
872
10,0%

253 Homens Mulheres


2,9% Participantes ativos por Faixa Etária
6.069
331 69,6%
392
3,8% 4,5%
8% 5%
MG 6.069 69,6% 55 anos ou mais Até 24 anos
ES 392 4,5%
MT 872 10,0%
MS 331 3,8%
RO 227 2,6% 19% 26%
AC 105 1,2% 45 a 54 anos
PA 314 3,6% 25 a 34 anos
DF 253 2,9%
AP 44 0,5%
RR 17 0,2% 42%
MA 96 1,1% 35 a 44 anos
TOTAL 8.720 100%
10 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 11

Perfil dos Participantes Assistidos Taxas de Carregamento e Administrativa


Aposentados e Pensionistas

Para o exercício de 2017, as taxas de carregamento e administração adotadas em conformidade


com a Resolução CGPC Nº 29 de 31 de agosto de 2009 foram:
Homens Mulheres
10
13
10 13
Homens
Mulheres
Taxa de carregamento: 0,0% (zero por cento);

Homens Mulheres
Taxa de administração: 0,7% a.a. para qualquer número de cotas

Em 2017, houve uma alteração significativa no plano de custeio da OABPrev com a redução
da taxa administrativa. Desde o mês de janeiro do referido ano, a taxa passou para 0,7%* a.a,
59 anos independentemente do número de cotas, para todos os participantes. Essa foi uma conquista
importante para a entidade, que trabalha incansavelmente na busca de melhorias e para levar
Idade média
dos aposentados 23 tranquilidade a seus participantes.
17 Pensionistas
Aposentados

35 anos
Idade média
dos pensionistas

Aposentados Pensionistas
4
Mulheres

13 *Antes da mudança, a taxa de administração era de 1,75% a.a. para o saldo até 7.000 cotas e de
Homens 0,7% a.a. para o saldo excedente a 7.000 cotas. Após a alteração, o percentual de 0,7% passou a ser
igual para todos os participantes.

Homens Mulheres
12 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 13

Gestão dos Investimentos


Controle de Riscos Política de Investimentos - 2017
A adoção de práticas de Governança Corporativa mesma forma, o GUIA PREVIC – Melhores Práticas
garante que os envolvidos no processo decisório da em Investimentos sugere diversos controles que
Entidade cumpram seus códigos de conduta pré- devem ser levados em consideração quando da
acordados a fim de minimizar conflitos de interesse análise dos investimentos.
ou quebra dos deveres.
Conforme estatuto aprovado pelo órgão fiscalizador, Abaixo os riscos avaliados periodicamente na
compete à Diretoria Executiva a administração da gestão dos recursos garantidores do Plano da
Entidade. Cabendo-lhe, também, gerir o Plano OABPrev:
de Benefícios em estrita observância às normas
legais e diretrizes estabelecidas pela Política de •Risco de mercado,
Investimentos. •Risco de crédito,
De acordo com a Resolução CMN 3.792/2009,
cabe ao Conselho Deliberativo a responsabilidade
•Risco de liquidez,
de aprovar a Política de Investimentos antes do •Risco de investimentos estruturados,
início do exercício a que se refere. Já ao Conselho •Risco de gestão,
Fiscal, segundo a Resolução CGPC 13/2004, cabe •Risco legal,
a responsabilidade de fiscalizar o cumprimento •Risco operacional,
da Política de Investimentos e seus respectivos
•Risco sistêmico,
resultados, em consonância com as normas em
vigor. •Risco da exposição em derivativos,
Ainda de acordo com a Resolução CMN 3.792/2009 •Contratação de agentes fiduciários e
é estabelecida a necessidade de identificação e de •Desenquadramentos.
controle dos riscos incorridos pelas Entidades. Da
A Política de Investimento estabelece os princípios A estratégia a ser adotada na Política de
e as diretrizes a serem seguidos na gestão dos Investimentos deverá seguir o perfil do Plano,
recursos correspondentes às reservas técnicas, podendo agregar maior ou menor risco na gestão
fundos e provisõe sob a administração da Entidade, dos recursos sempre observado o passivo atuarial
visando atingir e preservar o equilíbrio atuarial do Plano, principalmente em função da liquidez e
e a solvência do Plano. Ela também visa garantir da solvência dos compromissos e obrigações do
a continuidade do gerenciamento prudente e mesmo.
eficiente dos ativos da Entidade. Em atendimento às adequações supracitadas, a
As diretrizes estabelecidas na Política de Política de Investimentos do Plano de Benefícios
Investimentos são complementares, isto é, Previdenciários dos Advogados - PBPA da OABPrev
coexistem com aquelas estabelecidas pela legislação - observa também os resultados do estudo
aplicável, sendo os administradores e gestores ALM (Asset Liability Management) desenvolvido
incumbidos da responsabilidade de observá-las pela Consultoria Financeira Aditus. Sua utilidade
concomitantemente. consiste em tomar ações de gestão observando
A Resolução CMN 3.792/2009 estabelece que o comportamento do passivo atuarial ao longo do
a Política de Investimentos deve estar adequada tempo, levando em consideração a duração dos
ao Passivo Atuarial de cada Plano, bem como ativos e o gerenciamento de riscos, resultando
observar os princípios de Segurança, Rentabilidade, em maior probabilidade de sucesso na gestão da
Solvência, Liquidez e Transparência. carteira.
14 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 15

Cenário Macroeconômico 2017 Demonstrativo de Investimentos - 2017


Conforme resolução MPS/CNPC N° 23, de 06 de dezembro de 2006, Art.° 3, a OABPrev vem
por meio deste relatório disponibilizar aos participantes as informações referentes aos investimentos da
O ano de 2017 terminou com um cenário sustentabilidade do país no longo prazo é essencial
Entidade durante o ano de 2017.
macroeconômico melhor do que começou, e para manter as conquistas alcançadas e continuar o
com uma expectativa bastante positiva para o ano trabalho que precisa ser feito. O cenário oposto,
que se inicia. A despeito das turbulências políticas como o próprio nome sugere, traria consequências
de 2017, que não foram poucas e poderiam desastrosas para o país, a começar pela completa
Alocação dos Recursos por Segmento de Aplicação
colocar a perder boa parte do trabalho institucional desesperança para o futuro.
Política de
construído recentemente, foram aprovadas Indicadores Resolução
Segmento de aplicação 2016 % 2017 % Investimentos 2016 -
reformas imprescindíveis para a construção de um O Conselho Monetário Nacional (CMN) revisou a Política de
OABPrev
3.792
Resolução
cenário de longo prazo com menos desequilíbrios meta de inflação para 2019 em 4,25% e para 2020 Segmento de aplicação 2016 % 2017 % Investimentos
Inferior 2016 - Máximo
Superior 3.792
fiscais e taxas de juros estruturais mais baixas. em 4,00%. Esta é a primeira redução desde 2003, Renda fixa R$ 117.855.872,56 87,55% R$ 137.837.339,42 86,34% OABPrev
40,00% 100,00% 100,00%
Sobre esse tópico, a Selic pôde ser reduzida para quando o CMN revisou o alvo a ser perseguido Renda variável R$ 7.799.703,61 5,79% R$ 9.642.940,94 6,04% Inferior 15,00%
0,00% Superior Máximo
70,00%
Renda fixa R$R$ 117.855.872,56 87,55% R$ 137.837.339,42 86,34% 0,00%
40,00% 10,00%
100,00% 20,00%
100,00%
sua mínima histórica, sem comprometer a inflação pelo Banco Central, em 2005, para 4,50%. O Estruturado 7.414.739,55 5,51% R$ 12.165.528,67 7,62%
Renda variável R$R$ 7.799.703,61 5,79% R$ 9.642.940,94 6,04% 0,00%
0,00% 10,00%
15,00% 10,00%
70,00%
que, ao contrário, ficou abaixo do piso da meta de IPCA terminou o ano de 2017 em 2,95%, abaixo Exterior 1.540.377,44 1,14% R$ - 0,00%
inflação pela primeira vez desde a implementação do limite inferior da meta de 3,00%. O cenário Estruturado
Imóveis R$R$ 7.414.739,55
- 5,51%
0,00% R$
R$ 12.165.528,67
- 7,62% 0,00%
0,00% 0,00% 0,00%
10,00% 20,00%
8,00%
do sistema de metas para a inflação no país. para a inflação deve permanecer bastante favorável Exterior
Empréstimos a participantes R$R$ 1.540.377,44
- 1,14%
0,00% R$
R$ -- 0,00% 0,00%
0,00% 0,00% 0,00%
10,00% 10,00%
15,00%
A atividade econômica dá sinais cada vez mais em 2018, abaixo da meta de 4,50%. Em queda, a Imóveis
TOTAL DA CARTEIRA R$R$ 134.610.693,16
- 0,00% R$
100,00% R$ 159.645.809,03
- 100,00%
0,00% 0,00% 0,00% 8,00%
consistentes de recuperação, com destaque para Selic começou o ano em 13,75% e fechou 2017 Empréstimos a participantes R$ - 0,00% R$ - 0,00% 0,00% 0,00% 15,00%
Alocação dos recursos por segmento de aplicação 2016 2017
a reação do mercado de trabalho, com potencial em 7,00%, sem encerrar o ciclo, deixando espaço TOTAL DA CARTEIRA R$ 134.610.693,16 100,00% R$ 159.645.809,03 100,00%
100,00%
para impulsionar ainda mais o consumo. para mais quedas em 2018. 87,55% 86,34%
90,00%
Alocação dos recursos por segmento de aplicação 2016 2017
É nessa conjuntura extremamente benigna que o Fundo 80,00%
novo ano se inicia. Os riscos sempre existem, e para O principal impacto na carteira foi a elevação dos 100,00%
70,00% 87,55% 86,34%
2018 o maior e mais óbvio é a eleição presidencial. preços dos ativos financeiros de renda fixa. Os 90,00%
60,00%
O cenário eleitoral segue muito nebuloso, títulos com taxas pré-fixadas (LTN) tiveram bom 80,00%
50,00%
principalmente pela indefinição dos participantes. desempenho com o ciclo de redução da taxa de 70,00%
40,00%
A confirmação de um presidente alinhado com juros Selic, contribuindo majoritariamente para o 60,00%
30,00%
os fundamentos macroeconômicos e com a resultado do Fundo Clássico Exclusivo da OABPrev. 50,00%
20,00%
40,00% 5,79% 6,04% 5,51% 7,62%
10,00%
30,00% 1,14% 0,00%
0,00%
20,00% Renda fixa Renda Variável Estruturado Exterior
5,79% 6,04% 5,51% 7,62%
10,00%
1,14% 0,00%
0,00%
Renda fixa Renda Variável Estruturado Exterior

A OABPrev possui estratégias de diversificação da carteira, onde cada fundo é monitorado constantemente
com o objetivo de certificar sua aderência à Política de Investimentos da Entidade. Além disso, o planejamento
e controle de nossas estratégias contam com amparo e expertise da Consultoria Financeira Aditus,
garantindo amplitude e coerência em nossas aplicações, sempre em consonância com as expectativas do
mercado e, principalmente, com os objetivos do Plano.
Em 2017, a OABPrev manteve 86,34% dos recursos garantidores do Plano alocados em Renda Fixa e
13,66% em outros segmentos, o que nos permitiu aproveitar as oportunidades do mercado, otimizando
a rentabilidade e garantindo a baixa exposição ao risco.
seguir
seguir
a Política
a Política
de Investimentos
de Investimentos
definida
definida
pelapela
Entidade.
Entidade.
16 Relatório Anual 2017 ALOCAÇÃO DOS RECURSOS
ALOCAÇÃO
PORDOS
GESTOR
RECURSOS POR GESTOR Relatório Anual 2017 17
PLANO
PLANO
DE BENEFÍCIOS
DE BENEFÍCIOS
PREVIDENCIÁRIOS
PREVIDENCIÁRIOS
DOSDOS
ADVOGADOS
ADVOGADOS
- PBPA
- PBPA
A OABPrev está submetida A OABPrev à LCestáNº 109/01,
submetidaa qual
à LCdetermina
Nº 109/01, que
a qual
as entidades
determina fechadas
que as constituídas
entidades fechadas
por instituidores
constituídasdevem,
por instituidores
forçosamente, devem, forçosamente,
terceirizar a gestão de terceirizar
seus recursos
a gestão FUNDOSFUNDOS
garantidores
de seus recursos
mediante garantidores
contratação mediante
de instituição
contratação
especializada 2017
de instituição 2017
e autorizada a%
especializada do%ePlano
do
funcionar Plano
autorizada
pelo **Rentab.
a**Rentab.
Banco 20172017
funcionar pelo**Rentab.
**Rentab.
Banco 20162016
Central
Renda Rendado Fixa
Fixa Brasil. Central do Brasil. R$ R$ 137.837.339,42
137.837.339,4286,34% 86,34% 10,74%10,74% 13,23%
13,23%
Alocação dos Recursos por Gestor
Esta exigência legal éEsta de salutar
exigência relevância
legal é depara
salutar
a proteção
relevância das para
reservas
a proteção
de titularidade
das reservas
dos participantes,
poisde titularidade
evita pois
dos
que a137.811.841,52
própria evita
participantes,
Entidade que a própria
gerencie pois Entidade
evita
diretamente que
estes a própria
recursos, Entidade
atribuindo-se tal incumbência a um
OABPREV
OABPREVCLÁSSICO
CLÁSSICO
FIM FIM R$ R$137.811.841,52 86,32%86,32% 9,91%9,91% 13,25%
13,25%
A OABPrev gerencie diretamente
está submetida gerencie
à LC Nº estes recursos,
109/01, adiretamenteatribuindo-se
qual determinaestes
que asrecursos,
tal incumbência
entidades atribuindo-se
fechadas a um talgestor
constituídas incumbência
por do mercado
agestor
umcomgestorinequívoca
do mercado
do mercado com expertise,
com inequívoca
inequívoca potencializando,
expertise, expertise, potencializando,
potencializando, outrossim, maiores chances de obtenção
PROFIX
instituidores PROFIX
devem,INSTITUCIONAL
outrossim, INSTITUCIONAL
maiores
forçosamente, FIM CP
chances
outrossim, FIM
de
terceirizar CP de seus
maiores
obtenção
a gestão chances
de rentabilidades
recursosde obtenção
garantidores atrativas.
de rentabilidades
mediante contratação atrativas. deR$ R$
rentabilidades 25.497,90
25.497,90 0,02%
atrativas. 0,02% 33,37%33,37% -9,24%-9,24%
de instituição especializada e autorizada
Como forma de assegurar a funcionar
Como oforma pelo
cumprimento Banco
de assegurar Central do
dos olimites Brasil.
cumprimento
e objetivos dosestabelecidos
limites e objetivos Como forma
para oestabelecidos
Plano, os gestoresde assegurar
para oescolhidoso cumprimento
Plano, os gestores dos limites
para gerirescolhidos e objetivos
a carteira para
devem estabelecidos para
gerir a carteira devemo Plano, os gestores
Renda Renda
Variavel
Variavel
Esta exigência legal é de salutar relevância para a proteção das reservas de titularidade dos participantes, R$ R$ 9.642.940,94
9.642.940,94 6,04% 6,04% 23,61%23,61% 24,93%
24,93%
escolhidos para gerir a carteira devem seguir a Política de Investimentos definida pela Entidade.
seguir a Política de Investimentos
seguir a Política definida
de Investimentos
pela Entidade.definida pela Entidade.
IBIUNAIBIUNA
EQUITIES
EQUITIES
FIC FIA
FIC FIA R$ R$ 1.995.786,43
1.995.786,43 1,25% 1,25% 21,49%21,49% 4,10%4,10%
Plano de Benefícios Previdenciários PLANO dos Advogados
DE BENEFÍCIOS - PBPA
PLANOPREVIDENCIÁRIOS
DE BENEFÍCIOSDOS PREVIDENCIÁRIOS
ADVOGADOS -DOS PBPAADVOGADOS - PBPA
JGP LONG
JGP LONGONLYONLYINSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL FIA FIA R$ R$ 1.890.069,21
1.890.069,21 1,18% 1,18% 16,23%16,23% 1,93%1,93%
FUNDOS FUNDOS 2017 % do Plano
2017 **Rentab.
% do
2017
Plano
**Rentab.
**Rentab.
20162017 **Rentab. 2016
ATMOS
ATMOS
Renda INSTITUCIONAL
Fixa INSTITUCIONAL
RendaFIC FIA
FixaFIC FIA R$ R$ R$ 1.381.670,04
137.837.339,42 1.381.670,04
R$ 86,34%
137.837.339,420,87%
0,87%
10,74%
86,34% 17,80%
17,80%
13,23%
10,74% 11,32%
11,32%
13,23%
*OCEANA
*OCEANA
OABPREV SELECTION
SELECTION
CLÁSSICO FIM FIC FIA
OABPREVFICCLÁSSICO
FIA FIM R$ R$ R$ 1.550.423,52
137.811.841,52 1.550.423,52
R$ 86,32% 0,97%
137.811.841,529,91%0,97%
86,32% 21,53%
21,53%
13,25%
9,91% 0,00%
0,00%
13,25%
*AZ QUEST
*AZ
PROFIX QUEST
SMALLSMALL
MID
INSTITUCIONAL FIMMID
CAPS
PROFIX CAPS
FIC DE
FIC DEFIM CP
CPINSTITUCIONAL R$ R$ R$ 1.520.182,53
25.497,90 1.520.182,53
R$ 0,02% 25.497,900,95%
0,95%
33,37%0,02% 40,77%
40,77%
-9,24%
33,37% 0,00%0,00%
-9,24%
Renda Variavel EXPERTISE
SULAMÉRICA
SULAMÉRICA RendaIIVariavel
EXPERTISEFIAII FIA R$ 9.642.940,94 R$ 6,04%
9.642.940,94
R$ R$ 1.304.809,21
1.304.809,21 23,61%
0,82%6,04%
0,82% 24,93%
23,61%
24,02%
24,02% 24,93%
13,84%
13,84%
IBIUNA EQUITIES FIC FIA
Estruturado
Estruturado IBIUNA EQUITIES FIC FIA R$ 1.995.786,43 R$ 12.165.528,67
1,25%
1.995.786,43
21,49%1,25% 4,10%
21,49% 4,10%
R$ R$12.165.528,67 7,62%
7,62% 17,42%
17,42% 19,45%
19,45%
JGP LONG ONLY INSTITUCIONAL
JGP LONG FIA
ONLY INSTITUCIONAL FIA R$ 1.890.069,21 R$ 1,18%
1.890.069,21
16,23%1,18% 1,93%
16,23% 1,93%
OCEANA
OCEANA
LONG
LONG
BIASED
BIASED
FIC FIM
FIC FIM R$ R$ 2.540.874,69
2.540.874,69 1,59%
1,59% 21,89%
21,89% 18,13%
18,13%
ATMOS INSTITUCIONAL
ATMOS
FIC FIAINSTITUCIONAL FIC FIA R$ 1.381.670,04 R$ 0,87%
1.381.670,04
17,80%0,87% 11,32%
17,80% 11,32%
*AZ QUEST
*AZ QUEST
TOTAL
TOTAL
RETURN
RETURN
FIC FIM
FIC FIM R$ R$ 2.516.696,38
2.516.696,38 1,58%
1,58% 12,28%
12,28% 0,00%
0,00%
*OCEANA SELECTION FIC
*OCEANA
FIA SELECTION FIC FIA R$ 1.550.423,52 R$ 0,97%
1.550.423,52
21,53%0,97% 0,00%
21,53% 0,00%
*ARX*ARX
LONGLONG
SHORT
SHORT
FIC DE
*AZ QUEST SMALL MID*AZ
FICFIM
CAPS
DE FIM
QUEST
FIC DE
SMALL MID CAPS FIC DE R$ R$ R$ 2.525.344,47
1.520.182,53 2.525.344,47
R$ 0,95%
1.520.182,531,58%
1,58%
40,77%0,95% 9,88%
0,00%9,88%
40,77% 0,00%0,00%
0,00%
GARDE
GARDE
DUMAS
SULAMÉRICA DUMAS
FIC SULAMÉRICA
FIM
EXPERTISEFIC FIM EXPERTISE II FIA
II FIA R$ R$ R$ 2.518.584,23
1.304.809,21 2.518.584,23
R$ 0,82%
1.304.809,211,58%
1,58%
24,02%0,82% 13,04%
13,04%
13,84%
24,02% 2,54%
2,54%
13,84%
MAUÁ MAUÁ
MACRO
Estruturado MACRO
FIC FIM
FIC FIM
Estruturado R$ R$ R$ 2.064.028,90
12.165.528,67 2.064.028,90
R$ 7,62%
12.165.528,671,29%
1,29%
17,42%7,62% 15,37%
15,37%
19,45%
17,42% 3,76%
3,76%
19,45%
OCEANA LONG BIASEDOCEANA
FIC FIM LONG BIASED FIC FIM R$ 2.540.874,69 R$ 1,59%
2.540.874,69
21,89%1,59% 18,13%
21,89% 18,13%
TotalTotal
da Carteira
da Carteira R$ R$
159.645.809,03
159.645.809,03100,00%
100,00% 12,16%
12,16% 13,49%
13,49%
*AZ QUEST TOTAL RETURN
*AZ QUEST
FIC FIMTOTAL RETURN FIC FIM R$ 2.516.696,38 R$ 1,58%
2.516.696,38
12,28%1,58% 0,00%
12,28% 0,00%
*Os fundos
*Os fundos
assinalados
assinalados
fazem
fazem
parteparte
da carteira
da carteira
da OABPrev
da OABPrev
desdedesde
2017.2017.
DessaDessa
forma,
forma,
as rentabilidades
as rentabilidades
apresentadas
apresentadas
em 2017
em 2017
não correspondem
não correspondemàs às
*ARX LONG SHORT FIC*ARXDE FIM
LONG SHORT FIC DE FIM R$ 2.525.344,47 R$ 1,58% 2.525.344,479,88% 1,58% 0,00%
9,88% 0,00%
rentabilidades
rentabilidades
reaisreais
dos fundos
dos fundos
no período,
no período,
e, sim,
e, sim,
à rentabildade
à rentabildade
adquirida
adquirida
pela pela
OABPrev
OABPrev
desdedesde
a entrada
a entrada
no fundo.
no fundo.
GARDE DUMAS
**As**As FIC FIM
rentabilidades GARDE
rentabilidades DUMAS
apresentadas FICacima
apresentadasFIM acima
são referentes
são referentes
às rentabilidades
às rentabilidades R$
dos fundos 2.518.584,23
dos fundos
que aque R$ 1,58%
OABPrev
a OABPrev 2.518.584,23
aplicaaplica 13,04%
seus seus
recursos 1,58%
recursos 2,54%
garantidores 13,04%
garantidores
e à rentabilidade2,54%
e à rentabilidade
Global
Global
da Entidade,
MAUÁ da Entidade,
MACRO sem
FIC sem
dedução
FIMMAUÁdedução
da taxa
MACRO da
FIC taxa
de
FIMadministração
de administraçãocobrada
cobrada
dos participantes.
dos participantes.
R$As rentabilidades
As rentabilidades
2.064.028,90 líquidas
R$ líquidas
1,29% serãoserão
apresentadas
2.064.028,90 apresentadas
15,37% 1,29% nas próximas
nas
3,76%próximas
15,37% páginas.
páginas.
3,76%
Total da Carteira Total da Carteira R$ 159.645.809,03 R$100,00%
159.645.809,03
12,16%
100,00% 13,49%
12,16% 13,49%
*Os fundos assinalados*Os
fazem
fundos
parte
assinalados
da carteirafazem
da OABPrev
parte dadesde
carteira
2017.
da Dessa
OABPrev
forma,
desde
as 2017.
rentabilidades
Dessa forma,
apresentadas
as rentabilidades
em 2017apresentadas
não correspondem
em 2017
às não correspondem às
PGA - rentabilidades
Plano de Gestãoreais dos Administrativa
rentabilidades
fundos no período,
reais dos
e, sim,
fundos PGAadquirida
à rentabildade
no período, e,PGA
-sim,
PLANOO
à- rentabildade
PLANOO DE GESTÃO
DE
pela OABPrev GESTÃO
aADMINISTRATIVA
adquirida
desde pelaADMINISTRATIVA
entrada
OABPrev
no fundo.
desde a entrada no fundo.
**As rentabilidades apresentadas
**As rentabilidades
acima sãoapresentadas
referentes às
acima
rentabilidades
são referentes
dos fundos
às rentabilidades
que a OABPrev
dos fundos
aplica seus
que arecursos
OABPrev garantidores
aplica seus recursos
e à rentabilidade
garantidores
Global
e à rentabilidade Global
FUNDOFUNDO 20172017 % do%Plano
do Plano**Rentab.
**Rentab.
20172017 **Rentab.
**Rentab.
20162016
da Entidade, sem dedução
da Entidade,
da taxa de
semadministração
dedução da taxa
cobrada
de administração
dos participantes.
cobrada
As rentabilidades
dos participantes.
líquidas
As rentabilidades
serão apresentadas
líquidas
nasserão
próximas
apresentadas
páginas. nas próximas páginas.
Renda
Renda
Fixa Fixa R$ R$ 2.235.754,29
2.235.754,29 1,40%
1,40% 9,91%
9,91% 13,23%
13,23%
OABPREV
OABPREV
CLÁSSICO
CLÁSSICO
FIM FIM R$ R$ 2.235.754,29
2.235.754,29 1,40%
1,40% 9,91%
9,91% 13,23%
13,23%
PGA - PLANOO DE GESTÃO
PGA - PLANOO
ADMINISTRATIVA
DE GESTÃO ADMINISTRATIVA
FUNDO FUNDO 2017
**As rentabilidades % do Plano
2017
apresentadas **Rentab.
acima são referentes%
às do
2017Plano **Rentab.
rentabilidades dos**Rentab. 2016
fundos que 2017 aplica
a OABPrev **Rentab.
seus recursos2016
garantidores e à
COMPARATIVO
COMPARATIVO
DE RENTABILIDADE
DE RENTABILIDADE
COMCOM
O BENCHMARK
Orentabilidade
BENCHMARK Global da -Entidade,
*Os fundos assinalados fazem parte da carteira da OABPrev desde 2017. Dessa forma, as rentabilidades apresentadas em 2017 não
Renda Fixa às rentabilidades reaisRenda
dos fundosFixa
POR - sem
POR
SEGMENTO
SEGMENTO
dedução 20172017
da taxa de administração cobrada dos participantes. As rentabilidades líquidas serão apresentadas
correspondem no período, e, sim, à rentabildade adquirida pela OABPrev desde a entrada no fundo.
nas próximas páginas. R$ 2.235.754,29 R$ 1,40%
2.235.754,299,91% 1,40% 13,23%
9,91% 13,23%
Segmento
Segmento
OABPREV CLÁSSICO FIM
OABPREV CLÁSSICO**Rentabiilidade
**Rentabiilidade
FIM OABPrev
OABPrev % % Benchmark
Benchmark
R$ Benchmark
Benchmark
2.235.754,29 em
R$ 1,40% Comparativo
%em % 9,91% 1,40%
2.235.754,29 Comparativo
13,23%ano (diferença)
9,91% ano (diferença)
13,23%
*Os fundos assinalados fazem parte da carteira da OABPrev desde 2017. Dessa forma, as rentabilidades apresentadas em 2017 não correspondem às out/17 0,50% 0,42% 0,70% 0,50% 12,16%
rentabilidades reais dos fundos no período, e, sim, à rentabildade adquirida pela OABPrev desde a entrada no fundo. fev/17 1,19% 1,10% 0,52% 0,67% 2,00%
nov/17 0,35% 0,20% 0,49% 0,50% 10,63%
18 Relatórioapresentadas
**As rentabilidades Anual 2017 acima são referentes às rentabilidades dos fundos que a OABPrev aplica seus recursos garantidores e à rentabilidade Global mar/17
dez/17 0,76%
1,12% 0,64%
0,94% 0,68%
0,59% 0,53%
0,50%
12,00%
Relatório Anual 2017 19
da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos participantes. As rentabilidades líquidas serão apresentadas nas próximas páginas. abr/17 0,72% 0,62% 0,36% 0,65%
0,00%
Consolidado Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança 10,00% Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança
mai/17 0,77% 0,64% 0,70% 0,50%
12 meses 12,16% 10,63% 6,10% 7,00% 7,00%
jun/17 0,78% 0,68% 0,03% 0,58% 8,00%
PGA - PLANOO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA *A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração 6,10%
cobrada dos
jul/17
participantes 1,20% 1,09% 0,50% 0,55%
FUNDO 2017 % do Plano **Rentab. 2017 **Rentab. 2016 6,00%

Comparativo de Rentabilidade com o R$Benchmark


Renda Fixa 2.235.754,29 1,40% 9,91% 13,23% Rentabilidade
**A
ago/17
set/17 1,19%
x Índice
1,09%
de
rentabilidade LÍQUIDA
Referência
1,50% apresentada
0,29%
- Mensal 2017
acima é referente
1,40%
0,55%
à rentabilidade líquida
0,31% 0,56% dos participantes, já deduzida a taxa de administração.

RENTABILIDADE x ÍNDICE DE REFERÊNCIA 4,00%


- MENSAL 2017
Por Segmento
OABPREV CLÁSSICO FIM 2017 R$ 2.235.754,29 1,40% 9,91% 13,23%
out/17 0,50% 0,42% 0,70% 0,50%
nov/17 0,35% 0,20% 0,49% OABPrev
0,50% Rentabilidade
2,00% líquida Índice de referencia (INPC+4%)
COMPARATIVO DE RENTABILIDADE COM O BENCHMARK - POR SEGMENTO 2017 2,00%
dez/17 1,12% 0,94% 0,59% 0,50% 0,00%
Segmento **Rentabiilidade OABPrev % Benchmark Benchmark em % Comparativo ano (diferença)
Consolidado Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança

1,50%
1,46%
Renda fixa 10,74% INPC + 4,00% ao ano 6,10% 176,11% (excesso)

1,40%
12 meses 12,16% 10,63% 6,10% 7,00%

1,33%
Renda variável 23,61% INPC + 8,75% ao ano 11,00% 214,60% (excesso) 1,50%

1,20%
*A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos

1,19%

1,19%

1,12%
1,10%

1,09%

1,09%
Estruturado 7,62% INPC + 6,50% ao ano 8,70% 87,59% (abaixo) participantes
**A rentabilidade LÍQUIDA apresentada acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.

0,94%
Exterior
1,00%

0,78%
0,77%
0,76%

0,76%
Imóveis - - - - RENTABILIDADE x ÍNDICE DE REFERÊNCIA - MENSAL 2017

0,72%

0,70%

0,70%
0,68%

0,68%
0,64%
0,64%

0,62%

0,59%
Empréstimos a participantes - - - -

0,52%

0,50%
0,50%
OABPrev Rentabilidade líquida Índice de referencia (INPC+4%)

0,49%
0,42%
Consolidado 12,16% INPC + 4,00% ao ano 6,10% 199,36% (excesso) 2,00%

0,36%

0,35%
0,31%

0,29%
0,50%
*O índice de referência da OABPrev é INPC + 4,00% ao ano. Em 2017 o INPC totalizou 2,07% .

0,20%
1,50%
**As rentabilidades apresentadas acima são referentes às rentabilidades dos fundos que a OABPrev aplica seus recursos garantidores e à rentabilidade Global

1,46%

0,03%

1,40%
*OEntidade,
da índice desem
referência
deduçãodada
OABPrev é INPC + 4,00%
taxa de administração ao ano.
cobrada dos Em 2017 o INPC
participantes. totalizou 2,07%
As rentabilidades .
líquidas serão apresentadas nas próximas páginas.

1,33%
**As rentabilidades apresentadas acima são referentes às rentabilidades dos fundos que a OABPrev aplica seus recursos garantidores e à rentabilidade 1,50%
0,00%

1,20%
1,19%

1,19%
Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos participantes. As rentabilidades líquidas serão apresentadas nas próximas páginas

1,12%
1,10%

1,09%
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

1,09%

0,94%
*A rentabilidade
*A rentabilidade OABPREV
OABPREV apresentada
apresentadaacima
acimaé éreferente à rentabilidade
referente à rentabilidadeGlobal
Globalda da
Entidade, semsem
Entidade, dedução da taxa
dedução de administração
da taxa cobrada
de administração dos dos
cobrada
1,00%

0,78%
0,77%
0,76%

0,76%
participantes

0,72%

0,70%

0,70%
participantes

0,68%

0,68%
0,64%
0,64%

0,62%
**A rentabilidade
rentabilidade LÍQUIDA
LÍQUIDA apresentadas
apresentadasacima
acimaé referente à rentabilidade líquida dosdos
participantes, já deduzida a taxa de administração.

0,59%
**A é referente à rentabilidade líquida participantes, já deduzida a taxa de administração.

0,52%

0,50%
0,50%

0,49%
EVOLUÇÃO DA RENTABILIDADE LÍQUIDA X PRINCIPAIS ÍNDICES DE MERCADO (referência ago/2008 - criação da OABPrev)

0,42%
0,36%

0,35%
0,31%

0,29%
0,50%

0,20%
Rentabilidade OABPrev Rentabilidade Líquida Poupança INPC Índice de Referência

Rentabilidade X Índice de Referência X Poupança - Mensal 2017

0,03%
300,00%
272,74%
0,00%
RENTABILIDADE x ÍNDICE DE REFERÊNCIA x POUPANÇA - MENSAL 2017 250,00% Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Rentabilidade Evolução da Rentabilidade Líquida X Principais Índices de 223,56%
Mês OABPrev INPC + 4% Poupança *A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos204,96%
líquida Mercado
200,00%
participantes (referência ago/2008 - criação da OABPrev)
jan/17 1,46% 1,33% 0,76% 0,69% 14,00% **A rentabilidade LÍQUIDA apresentadas acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.
12,16%
fev/17 1,19% 1,10% 0,52% 0,67% 143,95%
12,00% 10,63% 150,00%EVOLUÇÃO DA RENTABILIDADE LÍQUIDA X PRINCIPAIS ÍNDICES DE MERCADO (referência ago/2008 - criação da OABPrev)
mar/17 0,76% 0,64% 0,68% 0,53%
abr/17 0,72% 0,62% 0,36% 0,65% Rentabilidade OABPrev Rentabilidade Líquida Poupança INPC Índice de Referência
10,00%
100,00%
98,41%
mai/17 0,77% 0,64% 0,70% 0,50% 300,00%
7,00% 272,74%
jun/17 0,78% 0,68% 0,03% 0,58% 8,00%
6,10%
50,00%
jul/17 1,20% 1,09% 0,50% 0,55% 250,00%
ago/17 1,50% 1,40% 0,31% 0,56%
6,00%
223,56%
set/17 1,19% 1,09% 0,29% 0,55% 4,00%
0,00% 204,96%
200,00% 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
out/17 0,50% 0,42% 0,70% 0,50%
2,00%
nov/17 0,35% 0,20% 0,49% 0,50%
150,00% 143,95%
dez/17 1,12% 0,94% 0,59% 0,50% 0,00% *A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos
Consolidado Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança Investimentos Líquida INPC + 4% Poupança participantes
**A rentabilidade LÍQUIDA apresentadas acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.
100,00%
98,41%
12 meses 12,16% 10,63% 6,10% 7,00%
*A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos
participantes 50,00%
**A rentabilidade LÍQUIDA apresentada acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.
*A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à xrentabilidade
RENTABILIDADE Global da Entidade,
ÍNDICE DE REFERÊNCIA - MENSALsem2017dedução da taxa de administração cobrada dos 0,00%
participantes 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
**A rentabilidade LÍQUIDA apresentada acima é referente à rentabilidade
OABPrevlíquida dosRentabilidade
participantes, líquida
já deduzida a taxa de administração.
Índice de referencia (INPC+4%)
2,00%
*A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos
*A rentabilidade OABPREV apresentada acima é referente à rentabilidade Global da Entidade, sem dedução da taxa de administração cobrada dos
1,50%

participantes
1,46%

1,40%

participantes
**A rentabilidade LÍQUIDA apresentadas acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.
1,33%

1,50% **A rentabilidade LÍQUIDA apresentadas acima é referente à rentabilidade líquida dos participantes, já deduzida a taxa de administração.
1,20%
1,19%

1,19%

1,12%
1,10%

1,09%

1,09%

0,94%

1,00%
0,78%
0,77%
0,76%

0,76%

0,72%

0,70%

0,70%
0,68%

0,68%
0,64%
0,64%

,62%

,59%
2%

%
%

%
20 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 21

Evolução dos Investimentos


EVOLUÇÃO DOS INVESTIMENTOS
Gestão Contábil
Demonstrações Contábeis
Ano Investimentos
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2017 e 2016
2005 R$ 7.232.500,00 R$ 160.000.000,00
SOLIDEZ
2006 R$ 9.785.209,87
R$ 140.000.000,00 Crescimento de 2107,34% ao longo dos anos e quase R$
2007 R$ 13.778.308,20 160 milhões em investimentos PASSIVO
2008 R$ 18.613.053,08 R$ 120.000.000,00
(VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL)
2009 R$ 26.319.428,85 R$ 100.000.000,00
2010 R$ 34.666.412,51 PASSIVO 2017 2016
R$ 80.000.000,00
2011 R$ 44.674.690,65
2012 R$ 59.164.160,50 R$ 60.000.000,00 EXIGÍVEL OPERACIONAL 952 1.225

2013 R$ 72.253.781,23 Gestão Previdencial 841 1.114


R$ 40.000.000,00
2014 R$ 89.163.982,97 Gestão Administrativa 111 111
R$ 20.000.000,00
2015 R$ 111.659.600,87
2016 R$ 134.610.693,16 R$ - EXIGÍVEL CONTINGENCIAL 106 106
2017 R$ 159.645.809,03 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Gestão Administrativa 106 106
CENÁRIO MACROECONÔMICO 2017
Investimentos - -
O ano de 2017 terminou
EVOLUÇÃO DOScom um cenário macroeconômico melhor do que começou, e com uma expectativa bastante positiva
INVESTIMENTOS
para o ano que se inicia. A despeito das turbulências políticas de 2017, que não foram poucas e poderiam colocar a perder boa
s PATRIMÔNIO
parte do trabalho institucional construído recentemente, foram aprovadas reformas imprescindíveis para a construção de um SOCIAL 158.985 133.642
,00 R$cenário
160.000.000,00
de longo prazo com menos desequilíbrios fiscais e taxas de juros estruturais mais baixas. Sobre esse tópico, a Selic pôde
SOLIDEZ Patrimônio de Cobertura do Plano 156.403 132.481
,87 ser reduzida para suaCrescimento
R$ 140.000.000,00
mínima histórica, semaocomprometer
de 2107,34% longo dos anosae inflação
quase R$ que, ao contrário, ficou abaixo do piso da meta de inflaçã o
,20 pela primeira vez desde 160 amilhões
implementação do sistema de metas para a inflação no país. A atividade econômica dá sinais cada vez
em investimentos
R$mais Provisões Matemáticas 156.403 132.481
,08 consistentes de recuperação, com destaque para a reação do mercado de trabalho, com potencial para impulsionar
120.000.000,00 ainda
,85 mais o consumo. Benefícios Concedidos 4.900 1.283
R$ 100.000.000,00
,51
É nessa conjuntura extremamente benigna que o novo ano se inicia. Os riscos sempre existem, e para 2018 o maior e mais óbvio
é a80.000.000,00
R$ eleição presidencial. O cenário eleitoral segue muito nebuloso, principalmente pela indefinição dos participantes. A Benefícios a Conceder 151.503 131.198
,65
confirmação de um presidente alinhado com os fundamentos macroeconômicos e com a sustentabilidade do país no longo
,50 R$ 60.000.000,00
prazo é essencial para manter as conquistas alcançadas e continuar o trabalho que precisa ser feito. O cenário oposto, como Fundoso 2.582 1.161
,23 próprio nome sugere, traria consequências desastrosas para o país, a começar pela completa desesperança para o futuro.
R$ 40.000.000,00
Fundos Previdenciais 372 337
,97 Indicadores
R$
O 20.000.000,00
Conselho Monetário Nacional (CMN) revisou a meta de inflação para 2019 em 4,25% e para 2020 em 4,00%. Esta é a primeira
,87 Fundos Administrativos 2.210 824
,16 redução desde
R$ - 2003, quando o CMN revisou o alvo a ser perseguido pelo Banco Central, em 2005, para 4,50%. O IPCA terminou
,03 o ano de 2017 em 20052,95%,
2006 abaixo do limite
2007 2008 inferior
2009 2010 2011da2012
meta2013
de 3,00%. O cenário
2014 2015 para a inflação deve permanecer bastante
2016 2017
TOTAL DO PASSIVO 160.043 134.973
favorável em 2018, abaixo da meta de 4,50%. Em queda, a Selic começou o ano em 13,75% e fechou 2017 em 7,00%, sem
CENÁRIO MACROECONÔMICO 2017
encerrar o ciclo, deixando espaço para mais quedas em 2018.
m um cenário
Fundo macroeconômico melhor do que começou, e com uma expectativa bastante positiva
despeito das turbulências
O principal políticas
impacto de 2017, foi
na carteira queanão foram dos
elevação poucas e poderiam
preços colocar
dos ativos a perderde
financeiros boarenda fixa. Os títulos com taxas pré -fixadas
22 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 23

ATIVO DEMONSTRAÇÃO DA MUTAÇÃO DO PATRIMÔNIO SOCIAL

(VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL) (VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL)

ATIVO 2017 2016 DESCRIÇÃO 2017 2016 Variação (%)

DISPONÍVEL 225 265 A) Patrimônio Social - início do exercício 133.642 110.647 20,78%

REALIZÁVEL 159.680 134.649 1. Adições 47.003 43.963 6,91%


4 4 (+) Contribuições Previdenciais 28.255 27.260 3,65%
Gestão Previdencial (+) Resultado Positivo Líquido dos Investimentos - Gestão Previdencial 14.518 13.170 10,24%
30 34 (+) Reversão de Contingências - Gestão Previdencial - - 0,00%
Gestão Administrativa
(+) Receitas Administrativas 4.043 3.512 15,12%
Resultado Positivo Líquido dos Investimentos - Gestão
Investimentos 159.646 134.611 (+) Administrativa 187 21 790,48%
159.646 134.611 (+) Reversão de Contingências - Gestão Administrativa - - 0,00%
Fundos de Investimento
(+) Constituição de Fundos de Investimentos - - 0,00%
(+) Receitas Assistenciais - - 0,00%
PERMANENTE 138 60
60 60 2. Destinações (21.660) (20.968) 3,30%
Imobilizado
(-) Benefícios (18.812) (17.858) 5,34%
TOTAL DO ATIVO 160.043 134.974 (-) Resultado Negativo dos Investimentos - Gestão Previdencial - - 0,00%
(-) Constituição de Contingências - Gestão Previdencial (4) - 0,00%
(-) Despesas Administrativas (2.844) (3.110) -8,55%
(-) Resultado Negativo dos Investimentos - Gestão Administrativa - - 0,00%
(-) Constituiçao Líquida de Contingências - Gestão Administrativa - - 0,00%
(-) Reversão de Fundos de Investimentos - - 0,00%
(-) Despesas Assistenciais - - 0,00%

3. Acréscimo/Decréscimo no Patrimônio Social (1+2) 25.343 22.995 10,21%


(+/-) Provisões Matemáticas 23.922 22.744 5,18%
(+/-) Superávit (Déficit) Técnico do Exercício - - 0,00%
(+/-) Fundos Previdenciais 35 (171) -120,47%
(+/-) Fundos Administrativos 1.386 422 -120,47%
(+/-) Fundos de Investimentos - - 228,44%
(+/-) Gestão Assistencial - - 0,00%

4. Operações Transitórias/Migrações - - 0,00%

B) Patrimônio Social - final do exercício (A+3+4) 158.985 133.642 18,96%


24 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 25

DEMONSTRAÇÃO DA MUTAÇÃO DO ATIVO LÍQUIDO POR PLANO DE BENEFÍCIOS DEMONSTRAÇÃO DO ATIVO LÍQUIDO POR PLANO DE BENEFÍCIOS

(VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL) (VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL)

DESCRIÇÃO 2017 2016 Variação (%) DESCRIÇÃO 2017 2016 Variação (%)

A) Ativo Líquido - início do exercício 132.818 110.245 20,48% 1. Ativo 159.826 134.756 18,60%
Disponível 202 225 -10,22%
1. Adições 43.041 40.611 5,98%
2.214 828
Recebível 167,39%
(+) Contribuições 28.523 27.441 3,94%
157.410 133.703
Investimento 17,73%
Resultado Positivo Líquido dos Investimentos - Gestão Títulos Públicos - - 0,00%
(+) Previdencial 14.518 13.170 10,24% Créditos Privados e Depósitos - - 0,00%
Ações - - 0,00%
(+) Reversão de Contingências - Gestão Previdencial - - 0,00%
Fundos de Investimento 157.410 133.703 17,73%
Derivativos - - 0,00%
2. Destinações (19.084) (18.038) 5,80%
Investimentos Imobiliários - - 0,00%
Empréstimos - - 0,00%
(-) Benefícios (18.812) (17.858) 5,34%
Depósitos Judiciais / Recursais - - 0,00%
(-) Resultado Negativo dos Investimentos - Gestão Previdencial - - 0,00% Outros Realizáveis - - 0,00%
Permanente - - 0,00%
(-) Constituição de Contingências - Gestão Previdencial (4) - 0,00%
2. Obrigações 841 1.114 -24,51%
(-) Custeio Administrativo (268) (180) 48,89% Operacional 841 1.114 -24,51%

3. Acréscimo/Decréscimo no Ativo Líquido (1+2) 23.957 22.573 6,13% Contingencial - - 0,00%

(+/-) Provisões Matemáticas 23.922 22.744 5,18% 3. Fundos não Previdenciais 2.210 824 168,20%
Fundos Administrativos 2.210 824 168,20%
(+/-) Fundos Previdenciais 35 (171) -120,47%
Fundos de Investimentos - - 0,00%
(+/-) Superávit (Déficit) Técnico do Exercício - - 0,00%
4. Resultados a Realizar - - 0,00%
4. Operações Transitórias/Migrações - - 0,00%
5. Ativo Liquido (1-2-3-4) 156.775 132.818 18,04%
B) Ativo Líquido - final do exercício (A+3+4) 156.775 132.818 18,04%
Provisões Matemáticas 156.403 132.481 18,06%

C) Fundos não previdenciais 1.386 422 228,44% Superávit/Déficit Técnico - - 0,00%

(+/-) Fundos Administrativos 1.386 422 228,44% Fundos Previdenciais 372 337 10,39%
26 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 27

DEMONSTRAÇÃO DP PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA - (CONSOLIDADO)

(VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL)

DESCRIÇÃO 2017 2016 Variação (%)

A) Fundo Administrativo do Exercício Anterior 824 402 104,98%

1. Custeio da Gestão Administrativa 4.230 3.532 19,76%


1.1. Receitas 4.230 3.532 19,76%
Custeio Administrativo da Gestão Previdencial 268 180 48,89%
Custeio Administrativo dos Investimentos 1.796 2.062 -12,90%
Taxa de Administração de Empréstimos e Financiamentos - - 0,00% 3. Constituição / Reversão de Contingencias - - 0,00%
Receitas Diretas 1.979 1.269 55,95%
Resultado Positivo Líquido dos Investimentos 187 21 790,48% 4. Reversão de Recursos para o Plano de Benefícios - - 0,00%
Reversão de Contingências - - 0,00%
Reembolso da Gestão Assistencial - - 0,00% 5. Resultado Negativo Líquido dos Investimentos - - 0,00%
Outras Receitas - - 0,00%
6. Sobra/Insuficiência da Gestão Administrativa (1-2-3-4-5) 1.386 422 228,44%
2. Despesas Administrativas (2.844) (3.110) -8,55%
2.1. Administração Previdencial (1.991) (2.636) -24,47% 7. Constituição/Reversão do Fundo Administrativo (4) 1.386 422 228,44%
Pessoal e encargos (765) (883) -13,36%
Treinamentos/congressos e seminários (19) (87) -78,16% 8.Operações Transitórias/Migrações - - 0,00%
Viagens e estadias (81) (114) -28,95%
Serviços de terceiros (502) (733) -31,51% B) Fundo Administrativo do Exercício Atual (A+7+8) 2.210 824 168,20%
Despesas gerais (460) (671) -31,45%
Depreciações e amortizações (26) (16) 62,50%
Tributos (138) (132) 4,55%
Outras Despesas - - 0,00%

2.2. Administração dos Investimentos (853) (474) 79,96%


Pessoal e encargos (328) (156) 110,26%
Treinamentos/congressos e seminários (8) (16) -50,00%
Viagens e estadias (35) (20) 75,00%
Serviços de terceiros (215) (136) 58,09%
Despesas gerais (197) (120) 64,17%
Depreciações e amortizações (11) (3) 266,67%
Tributos (59) (23) 156,52%

Outras Despesas - - 0,00%

2.3. Administração Assistencial - - 0,00%

2.4. Outras Despesas - - 0,00%


28 Relatório Anual 2017 Relatório Anual 2017 29

DEMONSTRAÇÃO DAS PROVISÕES TÉCNICAS DE BENEFÍCIOS

(VALORES EXPRESSOS EM R$ MIL)


Parecer do Conselho Deliberativo
DESCRIÇÃO 2017 2016 Variação (%)

Provisões Técnicas (1 + 2 + 3 + 4 + 5) 157.616 133.932 17,68%

1. Provisões Matemáticas 156.403 132.481 18,06%

1.1. Benefícios Concedidos 4.900 1.283 281,92%


Contribuição Definida 4.900 1.283 281,92%
Benefício Definido - - 0,00%

1.2. Benefício a Conceder 151.503 131.198 15,48%


Contribuição Definida 151.503 131.198 15,48%
Saldo de contas - parcela patrocinador(es)/instituidor(es) - - 0,00%
Saldo de contas - parcela participantes 151.503 131.198 15,48%
Benefício Definido - - 0,00%

1.3. (-) Provisões matemáticas a constituir - - 0,00%

2. Equilíbrio Técnico - - 0,00%

2.1. Resultados Realizados - - 0,00%


Superávit técnico acumulado - - 100,00%
Reserva de contingência - - 0,00%
Reserva para revisão de plano - - 0,00%
(-) Déficit técnico acumulado - - -100,00%

2.2. Resultados a realizar - - 0,00%

3. Fundos 372 337 10,39%


3.1. Fundos Previdenciais 372 337 10,39%
3.2. Fundos dos Investimentos - Gestão Previdencial

4. Exigível Operacional 841 1.114 -24,51%


4.1. Gestão Previdencial 841 1.114 -24,51%
4.2. Investimentos - Gestão Previdencial - - 0,00%
30 Relatório Anual 2017

Parecer do Conselho Fiscal Equipe


Adilson Camelo
Gerente Executivo

Clarissa Sofia Freitas Zanon da Silva


Analista Financeiro

Isabela de Souza Vianna


Auxiliar de Seguridade

Josiane de Melo Lacerda Meira


Secretária Executiva

Leonardo Clemente dos Santos


Auxiliar de Seguridade

Letícia Mara Costa Machado Soares


Coordenador de Seguridade

Lucas de Sousa Melgaço Pessoa


Auxiliar de Seguridade

Luiz Eduardo Figueiró Orsine


Coordenador Adm./Cont./Fin.

Paulo Augusto Gomes Ferreira


Especialista de Vendas e Marketing

Rafael Marchetti Nader Alves


Aprendiz de Administração

Thais de Castro Cunha Duarte


Auxiliar Contábil Financeiro

Vera Lucia da Silva


Copeira
2017

Relatório Anual

Avenida Getúlio Vargas, 1.300 - 17º Andar, Conj. 1701


Bairro Funcionários, Belo Horizonte/MG CEP: 30.112-
021 Tel: +55 (31) 2125-6400
relacionamento@oabprev.com.br
www.facebook.com/oabprevmg
www.oabprev.com.br

Diagramação do relatório: MHD Comunicação