Você está na página 1de 5

PLANO DE AULA

DATA DE APLICAÇÃO:
ESCOLA: EMEI ANJINHO SAPECA
INTEGRANTES DA EQUIPE: SHEILAH MARCIA BARROS
DISCIPLINA: NATUREZA E SOCIEDADE
TURMA EM QUE O PLANO SERÁ APLICADO: Pré (5 anos)
DURAÇÃO: 2 HORAS
OBJETIVOS CONTEÚDO METODOLOGIA CRONOGRAMA AVALIAÇÃO RECURSOS REFERÊNCIAS
Gerais: Vestuário Sensibilização: Durante a Materiais: Referencial
-Desenvolver a -Na rodinha atividade, -Revistas; curricular
oralidade, conversar verificar se os -Jornais; nacional para a
comunicação em informalmente com alunos: -Livros didáticos; educação infantil.
grupo, percepção e as crianças, sobre - Identificam as - Papel bobina. Ministério da
discriminação as formas de nos situações - Canetas Educação e do
visual. vestirmos, para que sociais, ou coloridas. Desporto,
-Possibilitar os nos vestimos, que referentes ao - Peças de Secretaria de
educandos a roupas que eles clima, que vestuário infantil. Educação
interagir com gostam, que roupas determinam o - Retalhos de Fundamental. —
diversos saberes e usamos de acordo vestuário mais tecidos ou papéis Brasília:
usufruir desse com as estações e apropriado. de diferentes MEC/SEF, 1998.
conhecimento que cada povo tem -Realizam espessuras e 3º v.: il.
durante sua vida. suas tradições na combinações de cores.
Específicos: forma de se vestir, peças tendo em - Cola branca.
- Participar em de ser, de falar, de vista a situação - Tesoura.
atividades que trabalhar. apresentada pelo
envolvam histórias, Desenvolvimento: professor.
brincadeiras, jogos Com a utilização de - Apresentam
e canções que livros, jornais e argumentos para
digam respeito às revistas com defender seus
tradições culturais figuras de modo de pontos de vista.
de sua comunidade vestir de vários - Participam
e de outras. povos, em com interesse de
- Conhecer diferentes épocas, situações de
diferentes modos distribuir para as brincadeira nas
de ser, viver e crianças para que quais escolhem
trabalhar de alguns façam a leitura das objetos. 
grupos sociais do imagens e ir - Realizam as
presente e do questionando sobre tarefas que
passado. as roupas que as envolvem ações
-Conhecer a pessoas estão de cooperação,
história das usando e porque solidariedade e
vestimentas. usam essas roupas ajuda na relação
- Ler textos e nessas ocasiões. com os outros.
imagens. Ler textos para elas
 -Identificar que falem da moda
algumas mudanças na antiguidade
e permanências no propor que as
modo de se vestir crianças realizem o
em diferentes desenho de um
tempos. boneco em papel
- Analisar e pardo no chão por
identificar alguns meio do contorno
trajes/vestimentas do corpo de um
com a apreciação coleguinha,
de vídeos e completar os
imagens. detalhes do boneco
- Identificar alguns e depois cada grupo
papéis sociais vai vestir seu
existentes em seus boneco de acordo
grupos de com as situações
convívio, dentro e sugeridas pela
fora da instituição. professora.
- Elaborar um
boneco em um
cartaz por meio de
contorno do
próprio corpo.
- Desenhar alguns
detalhes para
completar a
imagem do boneco.
- Selecionar peças
de roupas para o
boneco de acordo
com as situações
apresentadas pelo
professor.
DESCRIÇÃO DA METODOLOGIA
Colocar os alunos sentados em um círculo e mostrar a eles um baú fechado de roupas e acessórios que foi anteriormente providenciado pela
professora para enriquecer a aula (pode ser uma caixa se não tiver baú). Conversando de maneira descontraída e aguçando a curiosidade da
turma, dispor o baú no centro e a seguir sortear um aluno para que, de olhos fechados, selecione uma das roupas ou acessórios do baú. Logo
que tenha “sorteado” a peça, deve comentar quando e onde geralmente aquela roupa ou acessório é utilizado, bem como, se é uma peça usada
por meninos, meninas ou ambos. Falar sobre as necessidades humanas e comente que usar roupa é uma delas. Questione: por quais motivos
usamos roupas? Porque usamos roupas leves? Porque usamos roupas de lã? Em seguida, mostre imagens de pessoas de diversas épocas
vestidas e peça para elas identificarem em quais ocasiões as roupas são usadas. Depois elabore com as crianças um roteiro de entrevista para
elas fazerem com algum adulto de sua casa, inclusive solicite fotos antigas dos pais ou avós vestidos quando adultos e crianças, em diferentes
eventos familiares, e, solicite também roupas de adultos e de crianças. Faça uma observação no aviso esclarecendo que caso a família não
tenha fotografias, realizar uma pesquisa de imagens de vestimentas em revistas, livros, jornais, etc.
A seguir, a professora os convida para que se reúnam em duplas e criem um boneco em um cartaz. Para isso, serão orientados de modo a
definir qual componente da dupla ficará deitado sobre o papel bobina com os braços e pernas entreabertos e esticados e quem fará o contorno
do corpo usando uma caneta colorida. Solicitar que desenhem detalhes no boneco, personalizando-o. Depois de prontos, os bonecos de cada
dupla serão apresentados ao grupo. Apresentar situações para que cada dupla selecione roupas e acessórios para o seu boneco, como:
“Imaginem que o boneco é um menino que vai a uma festa de aniversário de um amigo da escola. Como ele deve se vestir?”; “Imagine que o
boneco é uma menina que vai a uma cerimônia de casamento. Quais roupas e acessórios poderia utilizar?”; “O boneco é uma menina que vai
ao dentista. Que roupa poderia usar?”; entre outras situações que dependem diretamente das opções de peças do baú. A cada solicitação, uma
dupla deve fazer uso dos itens do baú, retirando-os e posicionando-os sobre o boneco. Caso a quantidade de itens seja apropriada, todas as
duplas podem compor o vestuário do boneco ao mesmo tempo. Logo que as duplas tenham finalizado a composição para seu boneco, os
grupos devem observar as escolhas feitas e comentá-las. Se for preciso fazer adequações, será preciso orientá-los para que não haja
indisposições entre os alunos. Guardar os itens no baú e oferecer tecidos e papéis aos alunos. Solicitar que componham uma roupa
permanente para o boneco. Auxiliá-los no corte e na colagem de tecidos, se for necessário. Logo que tenham concluído a tarefa, organizar um
momento de apresentação dos trabalhos, ocasião em que as duplas podem contar a razão de terem elaborado aquelas peças de roupas e os
acessórios, indicando em que ocasião aquelas roupas serão apropriadas. No final expor os trabalhos deles no saguão da escola para serem
apreciados por todos os alunos da instituição.