Você está na página 1de 2

O MAIOR DE TODOS OS PROBLEMAS

Juízes 6.1-6

FICHA DO LIVRO
Tempo Bíblico: Tempo dos Juízes (Gideão).
Para Quem: O livro de Juízes foi escrito para o povo de Israel, da época de Davi.
Qual Momento: Os assuntos tratados em Juízes sugerem que o livro foi composto num
período em que havia forte controvérsia em torno da questão se o rei
deveria ser da casa de Davi (Tribo de Judá) ou da casa de Saul (Tribo de
Benjamim). Quando Davi reinou em Hebron, Isbosete (filho de Saul)
reinou no Norte. O livro termina com relatos que comprometem
severamente a reputação da Tribo de Benjamim.
Por quê: Israel estava em crise sobre guardar ou não sua aliança com Deus.
Para quê: Israel precisava de um rei que capacitasse e encorajasse a nação a
manter os termos da sua aliança com Deus.

Assunto Principal do texto em questão:


Juízes 6.1-6 descreve sob quais circunstâncias deu-se o chamado de Gideão.

FICHA DO SERMÃO
Propósito Geral: Consolador.
Propósito Específico: O ouvinte deverá decidir-se a experimentar pessoalmente a
restauração espiritual que Jesus deseja nele realizar.

Quebra-gelo: ___________________________________________________________
Gancho: ___________________________________________________________

Afirmação Teológica: Antes de repreender o “devorador”, Deus restaura os Seus filhos.

Frase de Efeito: O NOSSO MAIOR PROBLEMA NÃO SÃO OS NOSSOS


INIMIGOS, E SIM O NOSSO DISTANCIAMENTO DE DEUS.

As pessoas sempre tendem a culpar alguém, alguma coisa ou alguma circunstância por
seus fracassos, quando deveriam, primeiramente, avaliar seu coração e seu
relacionamento com Deus. Este texto ensina o quanto Deus nos conhece e lista as
providências que Ele tomou (e ainda toma) para reaproximar Seus filhos:

1. DEUS FALA COM SEUS FILHOS (Juízes 6.8-10).


Falou no passado de várias maneiras (aqui, neste caso, foi através de um profeta).
Hoje, fala-nos pelo Seu Filho – Hebreus 1.1.

2. DEUS LEVANTA UM LIBERTADOR (Juízes 6.11-24).


Levantou vários libertadores no passado (aqui, foi Gideão).
Agora, somos libertos em Cristo Jesus – Colossenses 1.13-15, João 8.32.

3. DEUS MANDA DESTRUIR OS ALTARES AOS FALSOS DEUSES (Juízes 6.25-32).


Quais são nossos “altares a Baal”?
O quê ocupa o primeiro lugar em nosso coração?
A quê damos mais atenção (televisão, internet, laser, trabalho, carreira, etc.)?
Onde gastamos a maior parte da nossa energia?
Quais são os nossos “falsos deuses”?
4. DEUS OS DESAFIA A CONFIAR SOMENTE NELE (Juízes 7.7).
Confiar em Deus de todo o coração.
Confiar somente nele.
Não confiar na força bruta, mas no poder de Deus (dos 32.000 homens do exército de
Gideão, Deus separou 300 e com eles garantiu a vitória).
É a vitória da fé.

Conclusão
O nosso maior problema não é a aquilo que os adversários fazem contra nós, mas, sim,
nosso distanciamento de Deus, pois, “se Deus é por nós, quem será contra nós?”.

Apesar dos nossos pecados, no entanto, Deus tem-nos amado e nos convidado a viver,
pela fé, em Jesus, uma vida verdadeiramente restaurada.

(Você pode baixar, copiar ou imprimir este sermão, porém somente seu uso através da palavra
falada está previamente autorizado. Os Direitos Autorais são mantidos. Qualquer outra forma de
utilização dependerá de autorização por escrito. O Site do Pastor dispensa os pregadores que usam
suas mensagens da obrigação moral e ética de citar a fonte.). 10.09.2005.

www.sitedopastor.com.br