Você está na página 1de 33

San Baoh Terapias alternativas

CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL EM

TERAPIAS COMPLEMENTARES

CORPOS SUTIS E OS CHAKRAS

Profa. Luciana Domingos

https://teraperialternativa.wixsite.com/meusite/

Facebook:
https://web.facebook.com/sanbaoh
1

O ser humano é formado basicamente de 9 corpos, sendo apenas um deles, o


corpo físico, conhecido e aceito pela maioria das pessoas e pela ciência
convencional. Os outros 8 corpos são desconhecidos pois não são constituídos
de matéria densa perceptível aos cinco sentidos normais das pessoas. São
corpos formados de um tipo de matéria eterizada, fluídos e energias, que
fogem aos órgãos de percepção normais dos seres humanos (visão, paladar,
tato, olfato e audição).

Muitos pesquisadores diferem em suas opiniões a respeito do número de


corpos, alguns falam em 9 corpos, outros 8, outros 7, outros 14 corpos e outros
falam até em uma variação ainda maior. Isso porque alguns desconsideram o
corpo físico como parte integrante do homem verdadeiro. Entendem que o
corpo físico não é o Homem em si, que o Homem verdadeiro é apenas o
Princípio Inteligente, ou seja, espírito e os corpos que o formam. Outros não
classificam o espírito como sendo um corpo especificamente e sim como fonte
de inteligência que interage através dos corpos energéticos e físico.

Há ainda pesquisadores que consideram os chakras dos pés e das mãos,


como sendo também centros de corpos etéricos. Enfim, são apenas formas
diferentes de estudarem e analisarem uma mesma coisa. O importante é que
no ponto principal todos chegaram aos mesmos resultados, ou seja, o corpo
físico é apenas um de muitos outros que formam o ser humano.
Os oito corpos sutis são representados por 7 corpos de energias e fluidos, que
têm seus centros em pontos distribuídos ao longo do eixo central de nosso
corpo e são conhecidos como chakras, ou, centros de forças(Figura 1); e um
outro corpo, corpo espiritual, que é o principio inteligente do ser humano e é
formado por uma matéria ainda mais quintessenciada que a dos demais
corpos.

Todos esses corpos são independentes e cumprem funções distintas, mas


interligados e com uma relação tão direta entre si que os tornam um corpo
único, um ser indivisível. Cada um dos 7 corpos energéticos e fluídicos (Figura
2), possuem pontos de entrada ou captação de energias, pontos de saída ou
exclusão de energias, e ainda, canais de circulação dessas energias. Da
mesma forma que o primeiro corpo (corpo físico) tem ponto de entrada de
alimentos, boca; ponto de saída desses alimentos, sistema excretor, e canais
de circulação e processamento desses alimentos, que são os órgãos de
digestão e intestinos, e ainda, o sistema circulatório.

O nono corpo, ou corpo espiritual, não tendo forma definida constitui-se de uma
energia muito refinada, de uma vibração de intensidade não conhecida nem
percebida no campo das três dimensões que vivemos. Por esse motivo não é
considerado por alguns pesquisadores como um corpo. Em nosso trabalho não
só o consideramos como um corpo, como o colocamos na qualidade de o mais
importante, por entendermos que sendo ele o Princípio Inteligente, que
coordena e comanda todas as ações e vibrações dos demais é também, o que
já existia antes do corpo físico atual e existirá após a extinção deste.
CORPOS CHAKRAS CORRESPONDENTES
1 - Corpo Físico -> Corpo físico
2 - Corpo Energético -> Básico
3 - Corpo Energético -> Gástrico
4 - Corpo Energético -> Esplênico
5 - Corpo Energético -> Cardíaco
6 - Corpo Energético -> Laríngeo
7 - Corpo Energético -> Frontal
8 - Corpo Energético -> Coronário
9 - Corpo Espiritual -> Princípio Inteligente
Como seres multidimensionais que
somos, nos manifestamos em várias
dimensões (ou diferentes planos de
realidade) e possuímos um sistema de
corpos, no qual, o corpo físico é na
realidade, um conglomerado de todos
os outros, com a acréscimo da matéria
ou substância planetária ( Os corpos
sutis são compostos de substância
Luz) e isso explica porque
tudo...mental, emocional, psíquico e
espiritual, encontra-se retratado no
corpo físico.
Os corpos sutis são representados por
sete corpos de energias e fluídos, que
tem seus centros em pontos
distribuídos ao longo do eixo central do
nosso corpo e são conhecidos como
chakras e, em outro corpo conhecido como corpo espiritual (Eu Sou) que é o
princípio inteligente do ser humano.
No caminho da Alquimia Interior, devemos nos esforçar para detectar e agir,
dentro de cada um desses níveis.
Cada um dos sete chakras tem sete camadas, cada uma das camadas
corresponde a uma camada do campo áurico.
Segue algumas características dos corpos sutis experimentados no corpo
físico, para que possamos entender como são afetados por nós enquanto seres
que pensam e sentem, e como somos afetados em todas as áreas pelos
desequilíbrios que causamos nesses corpos:

O Corpo Físico
O Corpo Físico retrata todos os
corpos e transmite todas as
energias dos raios através dos
chakras que são representados
pelo sistema endócrino.
É um corpo material, constituído
de ossos, pele, sangue. Apresenta
cinco sentidos básicos: tato,
paladar, olfato, visão e audição.
As vibrações emitidas pelos
corpos superiores são absorvidos
pela estrutura óssea e pelos
músculos, nervos e ligamentos.
Este corpo reage aos toques
físicos e depende de alimentos
materiais para se manter em atividade.
O Corpo Etéreo (éter=estado intermediário entre a energia e a matéria)
Primeira Camada.
O corpo etéreo tem a mesma estrutura do corpo físico, inclui todas as partes
anatômicas e todos os órgãos. Os tecidos físicos se modelam e firmam nesse
campo de energia vital que os sustentam.
É um corpo formado pela energia emanada dos cinco elementos básicos da
natureza: água-terra-fogo-ar-éter. Serve de intermediário entre o corpo físico e
as emoções. Sua energia nasce das glândulas supra renais, próximas ao
umbigo
A estrutura desse corpo é semelhante a uma teia em constante movimento. Se
estende de um quarto de polegada (6,34mm) a duas polegadas (50,78mm)
além do corpo físico e pulsa num ritmo de cerca de 15-20 ciclos por minuto A
cor do corpo etérico varia do azul-claro ao cinzento. Todos os chakras dessa
camada são da mesma cor do corpo. Os chakras parecem vórtices feitos de
uma rede de luz, exatamente como o resto do corpo etérico (Livro: Mão de Luz
– Barbara Ann Brennan)
O Corpo Emocional – Segunda Camada

O corpo emocional é o corpo


mais fino que se segue ao
corpo etérico, está
associado aos sentimentos,
sofre influência do Ego e da
racionalidade analítica e
analisa tudo o que nos
cerca. É o corpo dos
instintos, dos impulsos, das
reações naturais, das
emoções telúricas, das
vontades e dos desejos. Sua
emanação energética parte
do plexo solar e está
relacionado ao pâncreas.
Estende-se a uma distância
de 25 a 75 cm do corpo
físico
Este corpo contém todas as
cores do arco-iris e cada
chakra parece um vórtice de
uma cor diferente. A lista
abaixo mostra os Chakras
do Corpo Emocional e suas
cores:
Chakra 1= vermelho
Chakra 2= vermelho laranja
Chakra 3= amarelo
Chakra 4= verde relvoso
brilhante
Chakra 5= azul celeste
Chakra 6= anil
chakra 7= branco
Este corpo penetra os corpos mais densos que ele envolve (os anteriores).
Suas cores vão dos matizes claros brilhantes aos matizes escuros e turvos,
dependendo da clareza ou da confusão dos sentimentos ou das energia que os
produz. Sentimentos claros e altamente ativados, como o amor, a comoção, a
alegria ou a raiva, são brilhantes e claros; os sentimentos confusos são
escuros e turvos. (livro e autora acima)
O Corpo Mental – Terceira Camada
O corpo mental é o terceiro corpo da aura, que se estende além do corpo
emocional e se compõe de substâncias ainda mais finas, associadas a
pensamentos e processos mentais. Esse corpo aparece geralmente como luz
amarela brilhante que se irradia nas proximidades da cabeça e dos ombros e
se estende à volta do corpo. Expande-se e torna-se mais brilhante quando seu
dono se concentra em processos mentais. Estende-se a uma distância de
75cm a 2m do corpo.Contém a estrutura das nossa idéias e formas de
pensamentos. Quanto mais clara e mais bem formada for a idéia, mais clara e
mais bem formada será a forma de pensamento associada a essa idéia.
Pensamentos habituais tornam-se forças “bem formadas” muito poderosas, que
depois exercem influência sobre nossa vida. Segundo a autora do livro, esse
corpo é o mais difícil de observar...pelo fato de só agora estarem os seres
humanos realmente começando a desenvolver o corpo mental e só agora
estarem começando a utilizar o intelecto de maneira clara.
Observações – Além do mundo físico
Essas três camadas áuricas estão associadas a energia relacionadas com o
mundo físico e as metabolizam, ao passo que as três camadas áuricas
superiores metabolizam energias relacionadas com o mundo espiritual.
A quarta camada, ou nível astral, vincula-se ao chakra do coração, é o crisol
transformador através do qual passa toda a energia que vai de um mundo para
o outro. Ou seja, a energia espiritual precisa passar pelo fogo do coração para
se transformar em energias físicas inferiores e as energias físicas (das três
camadas inferiores) precisam passar pelo fogo transformador do coração para
se tornarem energias espirituais. No espectro total da cura, usamos energias
associadas a todas as camadas e a todos os chakras e fazemo-las passar pelo
coração, o centro do amor. A quarta camada, associada ao amor, é a porta
pela qual podemos entrar nos demais estados de realidade.
Assim que principiamos a examinar as quatro camada superiores do campo
áurico, tudo se modifica, porque quando se abre a percepção para camadas
superiores à terceira, também começa a perceber pessoas e seres existentes
nessas camadas e que não têm corpo físico. São camadas de realidade ou
outras “faixas de freqüência” da realidade além da física.
Quase todos experimentarmos tais realidades durante o sono, mas não nos
lembramos delas. Podemos ampliar a consciência através de técnicas de
meditação, que rompem os selos entre as raízes das camadas do chakra, que
proporcionam uma porta de saída para as viagens de consciência. Segue a
descrição das camadas áuricas e suas funções limitadas (que é a intenção do
texto).

70
O Nível Astral – Quarta Camada

O Corpo Astral tende a ter o mesmo conjunto de cores do corpo emocional,


mas impregnada da luz rósea do amor. É o corpo dos sentimentos, do afeto,
das relações amorosas, das relações familiares e das relações com os Mestres
de Luz. Este corpo se expande e a sensação é a de que não cabemos no
corpo físico. Para que seja um canal de seres como mestres e anjos, os corpos
1,2 e 3 devem vibrar na mesma freqüência do corpo 4. Estende-se para fora, a
uma distância aproximada do corpo de 15 a 30 cm. Seus chakras estadeiam a
mesma oitava de cores do arco-iris do corpo emocional, mas todas
impregnadas da luz rósea do amor adicionadas às pulsações áureas normais e
quando as pessoas estabelecem relações umas com as outras, criam cordões,
a partir dos chakras, que as ligam. Quanto mais longa e profunda for a relação,
tanto mais numerosos e fortes serão os cordões.
O Corpo Etérico Padrão – Quinta Camada

A quinta camada da aura é chamada de


etérico padrão porque contém todas as formas
que existem no plano físico em forma
hiliográfica ou padronizada, como se fosse o
negativo de uma fotografia. É a forma padrão
da camada etérica, a qual, como já foi dito, é a
forma padrão do corpo físico. Estende-se a
uma distância de cerca de 45 a 70 cm do
corpo físico. Na doença, quando a camada
etérica se desfigura, faz-se necessário o
trabalho etérico padrão para a sustentação da
camada em sua forma padrão original. É o
nível em que o som cria a matéria, e o nível
em que o som é mais eficaz na cura. Um
exemplo seria a comparação entre o modo
como se cria uma esfera na geometria
euclidiana e o modo como se cria uma esfera
no espaço etérico. Este é o corpo do conhecimento. Responsável pela
memória que nos acompanha durante as encarnações são as nossas
programações profundas, nossas relações cármicas. Está ligado intimamente
com as vibrações sonoras. Essas vibrações fazem-no caminhar do racional
para o intuitivo. Seu ponto de manifestação é a garganta.

O Corpo Celestial – Sexta Camada

O sexto corpo é o nível emocional do plano espiritual. Estende-se cerca de dois


pés a dois pés e três quartos (60,94 a 83,79 cm) de distancia do corpo. É o
nível através do qual experimentamos o êxtase espiritual. Podemos alcança-lo
através da meditação e de muitas outras formas de trabalho de transformação.
Quando atingimos o ponto de “ Estar “ onde conhecemos a nossa conexão com
o todo do universo, quando vemos a luz e o amor em tudo o que existe, quando
mergulhamos na luz e nos sentimos dela e ela de nós e nos identificamos com
Deus, elevamos nossa consciência até o sexto nível da aura.
O amor incondicional flui quando existe conexão entre o chakra aberto do
coração e o chakra celestial aberto. A combinação dos dois cria a experiência
do amor incondicional. Sua forma é indefinida, visto que parece compor-se
simplesmente da luz que se irradia do corpo, à semelhança da luz intensa em
derredor da vela. Dentro dessa luz intensa e tremeluzente a também raios mais
brilhantes e mais fortes.
O Corpo Causal ( Ketériko ) – Sétima Camada
O sétimo corpo é o nível mental do plano espiritual. Estende-se de
aproximadamente 75 cm a 1 m do corpo. Quando elevamos a consciência ao
sétimo nível da aura, conhecemos que nos identificamos com o Criador. A
forma externa é a forma ovalada do corpo da aura e contém todos os corpos
áuricos associados à encarnação atual do individuo. Esse corpo é também um
padrão altamente estruturado. É composto de minúsculos raios de luz, de
grande durabilidade, que mantem unida toda a forma da aura. Contém uma
estrutura de grade dourada do corpo físico e de todos os chakras. Todos os
chakras e formas do corpo dão a impressão de ser feitos da luz dourada desse
nivel. Este é o nível mais forte e mais elástico do campo áurico.
Além disso, no nível ketérico estão também as faixas de vidas passadas. São
faixas coloridas de luz que cercam completamente a aura. A faixa encontrada
perto da área da cabeça e do pescoço, em regra geral, é a que contém as
vidas passadas que você está procurando clarear em sua atual circunstância
de vida. O nível ketérico (causal) é o último nível diretamente relacionado com
esta encarnação. Alem desse nível está o plano cósmico, o plano que não
pode ser experimentado do ponto de vista limitante de uma só encarnação.
CORPOS SUTIS / MALHAS / CHAKRAS

CORPOS SUTIS – São os veículos de manifestação do nosso


espírito/consciência, que se subdividem de acordo com as suas propriedades e
densidades ora manifestadas em dimensões diferentes. Os corpos sutis são
diferentes aspectos de nossa natureza multidimensional, e cada um deles é um
fragmento de nossa consciência. Cada corpo possui seu sistema de chakras, e
esses corpos se dividem em corpos inferiores e corpos superiores. Conheça o
nome desses corpos: físico, duplo etérico, astral, emocional, mental inferior,
mental superior, causal, búdico, atmico e morontial.
MALHAS – Apesar de nossos corpos sutis se permearem, existem malhas que
os separam, protegendo e mantendo as energias, propriedades e informações
de cada corpo dentro do seu nível correspondente. Essas malhas são
sustentadas por chakras secundários.
CHAKRAS – São vórtices, portais de energia que emitem e recebem energias
sutis para todos os nossos corpos, e que mantém uma profunda relação com o
sistema endócrino, assim como um todo. Os chakras possuem também vários
níveis dentro deles, e também telas de proteção. São 7 os principais chakras a
nível físico: básico, sexual, plexo solar, cardíaco, laríngeo, frontal e coronário.
Esse sistema de corpos/malhas/chakras, fazem parte da composição oculta da
nossa psique e sistema energético. Cada corpo/malha/chakra, tem as suas
funções definidas e interligadas entre si. Esses corpos sutis, malhas e chakras,
podem se debilitar por inúmeras causas, podendo em casos mais graves até
desestruturar-se. Existem muitas causas que podem causar danos a esses
sistemas, que ora danificados interferem imediatamente no corpo físico,
podendo provocar vários sintomas assim como somatizações de doenças.
Dentre esses várias causas podemos destacar:
CAUSA ESPIRITUAL – experiências mediúnicas sem o devido preparo e
conhecimento, obsessão, magias, e também a causa mais comum a todas as
pessoas ao sofrerem ataques, assédios colocação de implantes e chips,
quando ao dormir os corpos sutis se projetam para as dimensões
correspondentes, sendo que o corpo emocional/astral é o mais visado no
campo astral, e ao voltarem quando acordamos trazem muitas experiências
desagradáveis de situações ocorridas no astral, assim como energias
negativas.
CAUSA QUÍMICA – cigarro e bebida em uso contínuo, drogas, remédios,
carência de minerais no organismo, como ferro e cálcio, contato com alguma
substância química forte, e até mesmo um uso excessivo e prolongado de
perfumes, ou mesmo a tinta do cabelo. Um efeito de anestesia prolongado
pode também causar problemas. Podemos citar também a ingestão de
alimentos que contém produtos químicos.
CAUSA ENÉRGETICA – quando ficamos expostos a campo de energias
eletromagnéticas (principalmente), elétrica, radiativa. Essa é hoje uma causa
muito freqüente, pois vivemos cercados de antenas de TELEFONIA e TV,
assim como a REDE ELÉTRICA. Assim como o uso dos aparelhos eletrônicos,
como o celular, microondas, computador, TV, etc. O aumento também desses
aparelhos com tecnologia sem fio tende a piorar ainda mais o quadro. O
aumento desses inúmeros aparelhos eletrônicos no planeta, está conseguindo
interferir no campo eletromagnético da Terra, onde cientistas alertam que em
determinadas áreas do planeta já não existe mais esse campo. Com isso,
como o ser humano vive dentro desse sistema de Energia Eletromagnética, e
com a alteração do campo eletromagnético da Terra, este afeta diretamente os
corpos sutis das pessoas.
CAUSA EMOCIONAL – depressão, ansiedade, ódio, raiva e traumas como
choques emocionais fortes (responsáveis pelos surtos), afetam diretamente
esses sistemas.
CAUSA FÍSICA – stress, choque físico como um acidente grave, cirurgias, a
contaminação energética até mesmo quando fazemos sexo com alguém que
não seja confiável, ambientes promíscuos de baixa freqüência.
Essas são algumas das causas que podem causar danos leves ou graves ao
sistema de corpos/malhas/chakras, causando seu rompimento, alteração, etc, e
por conseqüência provocando no corpo físico alterações no metabolismo que
se torna mais lento, fazendo com que as células, glândulas e orgãos funcionem
mais devagar, como por exemplo na própria eliminação de toxinas, etc, por não
estarem recebendo a energia vital suficiente.
No esoterismo se diz: “Assim como é em cima, é em baixo”, portanto a causa
de doenças pode vir de cima para baixo, através dos corpos sutis, ou de baixo
para cima através do corpo físico, havendo então nesse processo a
necessidade de se tratar não somente do corpo físico, mas também desses
sistemas de corpos/malhas/chakras.
O uso da medicina é fundamental nos tempos de hoje, mas não atende a
demanda apresentada para o tratamento dos corpos sutis. É bem verdade que
o próprio sistema da pessoa pode se auto curar, após tomar os remédios
adequados para a determinada doença, então a cura pode partir sim do físico
para os corpos sutis/malhas e chakras, assim como destes para o corpo físico.
O encontro desses dois tratamentos, reduz em muito o tempo de tratamento
assim como aumenta em muito as chances de cura de uma doença.
Existem diversas técnicas de tratamento para esse sistema de
corpos/malhas/chakras, que trabalhadas apropriadamente por um bom
terapeuta, resultam em um trabalho de cura e fortalecimento desse sistema.
Um fator importante nesse trabalho, é a continuidade que a própria pessoa dá
no seu fortalecimento e manutenção desses sistemas, que após a sua
conscientização desse conhecimento, busca meios de praticar esse
fortalecimento e manutenção. Um exemplo para isso seria a meditação e
também banhos com ervas.
A Terapia Intensiva Multidimensional, além de tratar, regenerar e fortalecer
esse triplo sistema, promove uma requalificação energética desse sistema,
buscando adaptar o sistema energético do ser humano as novas energias que
estão a adentrar o nosso planeta, que é a energia do Cinturão dos Fótons, o
próprio FÓTON. Essa é uma energia da Quinta Dimensão, que promove além
desse tratamento, o despertar consciencial do ser humano para a sua
multidimensionalidade.

A Matriz e o Globo

O relacionamento complexo
entre a matriz e os corpos
humanos pode ser brevemente
resumido como se segue:
1 – O corpo etérico é um
labirinto energético de pontos
contínuos de acupuntura,
canais de meridianos e
vórtices de chacras que
sustentam o corpo físico na
terceira dimensão.
2 – A matriz global da grade
sustenta e rejuvenesce o complexo corpo etérico, que por sua vez,
rejuvenesce, sustenta e cria a nossa anatomia física.
3 – Determinadas proporções geométricas da matriz global da grade estão
entrelaçadas etericamente e codificadas dentro do DNA do sistema nervoso
central. A inteligência interna da matriz global da grade sustenta a tecnologia
da geometria do DNA.
Através do DNA, a matriz global da grade entrelaça-se no corpo etérico e
continua a co-criar um processo de cura energético e alquímico, através dos
muitos níveis e camadas da anatomia física. Este processo de entrelaçamento
está atualmente sendo apoiado pelo centauro Chiron, através da consciência
de Chiron e o ponto correspondente de Chiron dentro de nossa anatomia.
Assim a matriz global da grade media através e entre os corpos etéricos e
físicos para sustentar a nossa saúde, a força de vida, forma e consciência
nesta dimensão.
4 – O corpo eletromagnético e um aspecto externo dele, conhecido como o
corpo de luz, interligam-se através do corpo físico, através da essência e da
tecnologia do corpo etérico, sustentados pela matriz global da grade. É
somente através do corpo eletromagnético – que filtra as correntes elétricas
necessárias aos níveis celulares do corpo para curar o campo eletromagnético
do corpo – que podemos acessar nas dimensões diferentes do corpo de luz
(incluindo os dez cordões etéricos adicionais do DNA que necessitamos para a
ascensão) e os ancoramos em nosso corpo físico. Isto nos possibilita ancorar
mais de nosso eu superior, capacitando-nos assim a coexistir dentro de uma
freqüência mais elevada de existência e consciência.
A reconexão da Humanidade com a matriz global da rede neste momento é de
vital importância. Em 1999, o canal foi orientado a canalizar através do padrão
da cruz de cristal de Cristo e do seu procedimento de cura correspondente.
Eles estão energeticamente gravados dentro da matriz global da grade. Este
padrão e o procedimento da cruz de cristal são ferramentas de cura que se
infiltram através das freqüências da matriz global da grade e se associam com
as energias Terrestres e cósmicas necessárias para curar e restaurar a
anatomia etérica e o corpo físico. Eles também se infiltram através dos
recursos necessários para ressurgir o corpo de luz.

Os Povos da Antiguidade e a Matriz


Não será surpresa para muitos de vocês que os patriarcas compreenderam a
tecnologia da matriz global da grade. Eles usavam as linhas ley e os seus
pontos de conexão para localizar os lugares sagrados na Terra e para criar as
dimensões geométricas de seus templos de pedra. É por isto que encontramos
os lugares sagrados dos templos, pirâmides e círculos de pedra posicionados
ao redor de todo o planeta. Estes locais eram usados como espaços de prática
espiritual, cura e peregrinação; historicamente e atualmente estes locais são
conhecidos ao criar iluminação, capacitação, milagres de cura e fenômenos
espirituais – tais como visões de mestres ascensos e revelações profundas.

Estas experiências acontecem porque os pontos de conexão da matriz global


da grade dispersam energias e criam cargas de freqüência na Terra e áreas
adjacentes de um modo semelhante aos chacras dos corpos humanos etéricos
e físicos. Portanto, as energias naturais eletromagnéticas ressoam fora destes
pontos de conexão, dentro da formação cristal da Terra, e são absorvidas pelo
sistema de energia do corpo. Isto cria uma mudança da freqüência dentro do
corpo, possibilitando alguém a experienciar a iluminação ou uma resposta
interior de cura.
O povo da Atlântida compreendeu a matriz até o ponto de acessar a sua
informação sagrada para criar construções de arquitetura maravilhosamente
proporcionadas que continham câmaras de cura para o auto-rejuvenescimento
e a longevidade. A fonte de poder e a tecnologia da Atlântida foram criadas
através da sua habilidade em acessar este exclusivo sistema energético de
grade. Isto também permitiu a telecomunicação interdimensional e a viagem
espacial. O uso errôneo tanto do poder dos cristais como das linhas ley de luz
causou a queda final da Atlântida – uma queda que danificou a matriz global da
grade de modo significativo.
Neste momento da transição, a matriz global da grade está sendo curada e
aperfeiçoada. Os campos eletromagnéticos das formações de cristal da Terra
estão despertando devido à atividade de explosões solares e estelares
constantes e aos alinhamentos planetários. Como resultado, a humanidade
está se curando e ancorando mais energia no DNA, que por sua vez, está
permitindo que os indivíduos readquiram o acesso à matriz e se curem. Para
intensificar a sua compreensão desta informação e para capacitar mais a sua
cura e o processo de ascensão, eu gostaria de explicar agora os elementos
que referi individualmente e mais detalhadamente.
O Corpo Etérico: Um Labirinto Energético
O sistema etérico do seu corpo é também chamado de aura ou corpo
bioplásmico. Ele é um labirinto energético de pontos de acupuntura, canais de
meridianos e vórtices de chacras que sustentam e mantêm o bem-estar físico e
emocional. O corpo etérico sustenta o bem-estar ao filtrar partículas muito finas
e propriedades do éter – ou prana – através do seu corpo, de modo que possa
continuar a se nutrir, revitalizar e a se corrigir. O seu corpo etérico é o nível do
seu corpo onde primeiro se manifesta a doença. Uma distorção energética em
seu corpo etérico se infiltra a um nível subatômico na área correspondente
dentro do corpo físico, criando um estado de doença. Ao curar o nível essencial
da distorção em seu corpo etérico, o seu corpo físico é curado.
O Corpo Eletromagnético: O Fluxo Harmonioso
Os cientistas compreendem que o espaço é
preenchido com campos de correntes
eletromagnéticas (ou CEMs), que não podem ser
vistos a olho nu. Dentro do campo biomagnético do
corpo, a atividade celular é regulada pelo fluxo
harmonioso destes impulsos elétricos.
As correntes eletromagnéticas criam os campos
eletromagnéticos na Terra e no corpo humano.
Estes campos eletromagnéticos estão passando
por uma rápida mudança na freqüência – eles estão
sendo ativados com mais intensidade devido à atividade estelar constante que
está ocorrendo dentro do cosmos, assim como as mudanças de freqüências
que estão ocorrendo dentro das propriedades cristais da Terra. Estas
mudanças eletromagnéticas são divinamente orquestradas, e estão ancorando
freqüências mais elevadas de luz aos níveis atômicos de seu corpo. As novas
correntes eletromagnéticas que estão se infiltrando estão liberando distorção
celular do interior de diferentes dimensões de seu corpo. Elas estão infiltrando
luz eletricamente carregada em seu cérebro, e então abaixo, através do seu
sistema nervoso central. Elas estão purificando a distorção energética, mantida
dentro do seu sistema nervoso central e de seu DNA, que está por sua vez,
clarificando deficiências genéticas dos níveis etéricos e celulares do seu corpo.
Este corpo eletromagnético – ou campo – sustenta, portanto, os meios para
purificar e liberar velhas deficiências e doenças do seu corpo e do planeta. Ele
está ajustando também o campo eletromagnético do seu chacra cardíaco, de
modo que ele possa se abrir energeticamente a um nível mais profundo para
possibilitar a evolução do seu corpo emocional.
É somente através do corpo eletromagnético – ao filtrar as correntes elétricas
necessárias aos níveis celulares de seu corpo – que as diferentes dimensões
de seu corpo de luz podem ancorar, possibilitando assim que o seu corpo físico
ascenda neste momento.
Chakra da Raiz (chakra da base) – Muladhara

O nome em sânscrito significa base, fundamento e suporte.

Localização: O seu cone de energia é vermelho vivo, abre para baixo e fica
localizado entre o ânus e os órgãos genitais, na base da coluna vertebral, ao
nível das vértebras coccígeas.

Elemento: Terra
Sentido: olfato
Glândula endócrina: supra renal
Planeta: Saturno, Terra
Alimentos: Proteínas
Corpo sutil: físico
Relação com o corpo físico: pernas, pés, cóccix.

Qualidades Positivas: Traz vitalidade para o corpo físico, segurança ao nível


material, saúde física, sensação de pés bem plantados na terra, estabilidade,
coragem, individualidade, paciência, sucesso.
Qualidades negativas: Insegurança, raiva, tensão, violência; e estando
bloqueado atrai a falta de dinheiro, desequilíbrio no trabalho e na família, dores
nos ossos e nos dentes, constipações, renite, sinusite, problemas de coluna e
renais.

Este chakra relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando este
chakra está enfraquecido, indica distúrbios da sexualidade ou disfunções
endócrinas das gônodas. Quando excessivamente energizados, indicam
excesso de hormônios, sexualidade exacerbada ou até mesmo a presença de
tumores no local.
Muladhara é o centro da circulação energética subtil. Através dele, as energias
do planeta penetram no sistema energético subtil e te põem em contato com a
energia da Mãe Terra. É a fonte da força vital para os outros centros
energéticos.

O arquétipo que representa um chakra raiz equilibrado é a Boa Mãe: Se vives a


Boa Mãe sentes, por certo, uma ligação profunda e pessoal com a Terra e as
suas criaturas. És calmo e tranqüilo e és incapaz de perder a paciência.
Respeitas e defendes todas as formas de vida, pois reconheces que, desde o
mosquito ao elefante, do fungo à sequóia, desde ti ao teu maior inimigo, da tua
mãe ao Presidente da República, tudo provém da mesma origem: Deus.

Na hipótese de desequilíbrio por hipofuncionamento (falta, ou quebra de


energia no fluxo do chakra), apareces a representar o papel de Vítima. Neste
caso, a tendência para Retrair. Assim, podes quebrar um pé para te impedires
(inconscientemente, claro) de continuar a fazer o que fazias, ou de ir onde
costumavas ir e, assim, achares que és um desgraçadinho.

O desequilíbrio por hiperfuncionamento também pode desencadear a


experiência da fratura de um pé, mas, agora, para te obrigar a parar. Se é este
o teu caso, escolheste recusar o guarda-roupa da Vítima e preferiste o do
Ganancioso , cuja motivação é diferente. Este caso verifica-se, quer te
entregues voluntariamente a um excesso de atividade, quer te deixes
escravizar no emprego. Em ambos os casos, porém, o resultado é o mesmo:
forte possibilidade de acumulação de cansaço e tensão, os quais são as
antecâmaras da cólera, da frustração e da agressividade e, portanto, dos
acidentes e do conseqüente desconforto.
Chakra do Sacro – Swadhistana

O nome em sânscrito significa morada do prazer.

Localização: O seu cone de energia é laranja, fica entre o púbis e o umbigo,


ao nível da 1ª vértebra lombar.

Elemento: água
Sentido: paladar
Glândula endócrina: as gônodas (ovários e testículos)
Planeta: Lua
Alimentos: cítricos e vegetais
Corpo sutil: emocional
Relação com o corpo físico: fígado, pâncreas, baço, rins e bexiga.

Qualidades positivas: força e vitalidade física, bom relacionamento com o


corpo, assimilação de novas idéias, desejos, emoções, prazer, tolerância,
saúde, associado ao dar e receber, gosto pela vida e todo tipo de prazer físico.
Qualidades negativas: confusão, ciúme, impotência, problemas sexuais e de
bexiga.

Este chakra é responsável pela energização geral do organismo. Por ele


penetram as energias cósmicas mais sutis que a seguir são distribuídas pelo
corpo.

Quando este centro está em equilíbrio , decerto te expressas como o


Prazenteiro , um arquétipo em cuja constituição prevalece o prazer e o bem-
estar, a prosperidade e o crescimento. Devido à forte presença da alegria de
viver, adapta-se facilmente ao fluxo da vida e dos sentimentos.
Sempre que este centro está desequilibrado por falta de energia, é bem
provável que encarnes o papel do Mártir. A vida deste arquétipo está cheia de
sofrimento. É incapaz de realizar as metamorfoses necessárias para modificar
as suas atitudes negativas perante a vida e animar as energias estagnadas.
Qualquer que seja a situação, é incapaz de se libertar das suas atitudes
negativas e gerar um pouco de prazer e satisfação. O crescimento,
evidentemente, não ocorre e a felicidade que tão ardentemente deseja e
procura, torna-se impossível de vivenciar.

Quando este centro está desequilibrado por excesso de energia, talvez


representes o papel do Voluptuoso, para quem só existe o desfrute da vida.
Sendo um viciado nos prazeres dos sentidos aprecia a boa-vida, orgias,
banquetes e bacanais. É um libidinoso que facilmente cai na lascívia e na
luxúria, seja ao nível da comida, da bebida, ou do sexo. É um exagerado nato e
a sua vida é caracterizada pela falta de medida e pela inflação do prazer
(compulsões).
Chakra do Plexo Solar – Manipura

Em sânscrito significa cidade das jóias.

Localização: O seu cone de energia é amarelo, fica na zona da barriga.

Elemento: fogo
Sentido: visão
Glândula endócrina: pâncreas e supra renais
Planeta: Marte
Alimentos: frutos amarelos
Corpo sutil: mental
Relação com o corpo físico: sistema digestivo.

Qualidades Positivas: digestão, emoções e metabolismo, autocontrole,


autoridade, humor, poder pessoal, intelecto, racionalidade, vontade,
personalidade.
Qualidades negativas: medo, ódio, raiva, stress, ansiedade, falta de
identidade, abuso de poder, controladores dependentes, e superatividade
mental e intelectual; problemas digestivos, problemas de vista, de pele.

Esse chakra, quando bem energizado, indica que a pessoa é voltada para
emoções e prazeres imediatos. E quando fraco, sugere carência energética,
baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças
crônicas.

Se o teu plexo solar está em equilíbrio, encarnas o Corajoso. Este é o mais


forte dos arquétipos pessoais, que reflete, positivamente, o teu nível de
autoconfiança, de auto-valorização e de poder pessoal com um profundo
respeito por tudo o que te rodeia. Sempre que este centro está desequilibrado
por falta de energia, começas a encarnar o Submisso. Quando este centro está
desequilibrado por excesso de energia, dás contigo a ser Dominador. Quando
a tua ignorância te leva a manifestar este arquétipo, o teu único investimento
vai no sentido de influenciares as coisas a teu favor e controlares a parcela do
mundo que te rodeia.
Chakra Cardíaco – Anahata

Em sânscrito significa invicto, inviolado.

Localização: O seu cone de energia é verde e fica no coração

Elemento: ar
Sentido: tato
Glândula endócrina: timo
Planeta: Vênus
Alimentos: verdes e amargos
Corpo sutil: astral
Relação com o corpo físico: coração, pulmão, sangue, pele.

Qualidades positivas: energiza o sangue e o corpo físico, amor incondicional,


compaixão, equilíbrio, harmonia, paz, perdão, compreensão, partilha,
sensibilidade. Transcendência da crítica e do julgamento, do preconceito e do
pensamento dualístico.
Qualidades negativas: Instabilidade emocional, desequilíbrios, problemas de
coração e de circulação, imuno deficiência, doenças do sistema respiratório e
circulatório.

O quarto chakra situa-se na direção do coração, e se relaciona com o timo e o


coração. Quando ativado, desenvolve todo o potencial para o amor altruísta,
quando enfraquecido indica a necessidade de se libertar de egoísmo.

Se o teu centro cardíaco está em equilíbrio, vivencias o Altruísta. Ser capaz de


expressar este arquétipo implica que, primeiro e principalmente, te ames a ti
mesmo, donde se deduz que, no chakra raiz mora, certamente, a Boa Mãe.
Daqui se deduz que, sem reconheceres quem és, sem te compreenderes e
aceitares, não podes ressoar e entender a vibração do verdadeiro Amor .

O Amor é composto por nove ingredientes:

• Paciência O Amor é constante.


• Bondade O Amor é benigno.
• Generosidade O Amor não sente ciúmes.
• Humildade O Amor não se envaidece.
• Delicadeza O Amor é gentil.
• Tolerância O Amor não se exaspera.
• Inocência O Amor não se ressente do mal.
• Sinceridade O Amor regozija-se com a verdade.
• Entrega O Amor é altruísta.

Assim sendo, tu, enquanto Altruísta amas as pessoas, os animais, as plantas, a


vida, enfim. Especialmente, amas e respeitas-te a ti mesmo, aceitas-te
completamente. Por teres redescoberto Deus dentro de ti, não tens outra
escolha senão irradiá-lo. Aliás, nem se trata de escolha, porque passa a ser a
manifestação da tua verdadeira natureza.

Sempre que este centro está desequilibrado por falta de energia, começas a
encarnar o Solitário. Significa isto que és incapaz de experimentar a verdadeira
intimidade e comunhão. Assim, quando alguém se aproxima demasiado do teu
núcleo vulnerável, se fecha e começa a sabotar a relação, seja ela de amizade,
ou de caráter mais íntimo. Quando experimentas o Solitário, sentes uma
sensação de vazio que expressas como hipocrisia, timidez, retração, aridez
sentimental, desconfiança, superficialidade e, em última instância, como
tendência suicida. Curiosamente, pode até acontecer que gostes de dar, e
estejas sempre disponível para os outros. Todavia, porque tens o coração
bloqueado, não te sentes ligado à fonte de Amor – aquilo que, no fundo és.

Quando este centro está desequilibrado por excesso de energia, a tua


personagem favorita tende a ser o D. Juan. Neste caso, ao contrário da
personagem anterior, vives tão desamparado que tens de conquistar a atenção
e o afeto dos outros, custe o que custar. É a tua forma de te sentires vivo e
com algum sentido de autovalorização. Por isso, não sabes viver sem ser na
dependência do Amor e da afeição dos outros. Todavia, quando o coração é
verdadeiramente solicitado, se encolhe, se fecha, receando uma possível
ofensa, ou rejeição.
Chakra Laríngeo – Vishudda

Em sânscrito significa o purificador.

Localização: O seu cone de energia é azul e fica na garganta

Elemento: éter
Sentido: audição
Glândula endócrina: tireóide
Planeta: Mercúrio
Alimentos: frutos e vegetais de coloração azulada (aspargos, uva, jamelão,
jabuticaba).
Corpo sutil: eterico
Relação com o corpo físico: nariz, ouvidos, garganta, amídalas e a tireóide.

Qualidades positivas: Som, vibração, comunicação, criatividade,


conhecimento, honestidade, integração, lealdade, audição e comunicação
espiritual, poder de oratória.
Qualidades negativas: Depressão, ignorância, problemas de comunicação,
zumbidos no ouvido, fechamento da pessoa em si mesmo, dificuldade de
mudança e sensação de nó na garganta.

O quinto chakra fica na frente da garganta e está ligado à glândula endócrina


tireóide. Ele relaciona-se com a capacidade de percepção mais sutil, com o
entendimento e com a voz. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força
de caráter, grande capacidade geral e de discernimento. Em contrário, indica
doenças tireoidianas, fraqueza de diversas funções físicas, psíquicas e
emocionais.
Se este centro estiver em equilíbrio, encorporas o Comunicador. Quer isto dizer
que te expressas com uma voz melodiosa e afável, calma e pausada,
harmoniosa e bela. Exprimes, sem qualquer constrangimento, tanto a fraqueza
como a força, tanto a alegria como a tristeza, tanto a oralidade como o silêncio.

Sempre que este centro está desequilibrado por falta de energia, começas a
encarnar o Tímido. Neste caso, tens muita dificuldade em te exprimires. És
retraído, calado, introvertido, talvez gago, e só falas das coisas banais do
quotidiano. Quando te atreves a exprimir alguma emoção ou pensamento mais
íntimo, não tardas a sentir um nó na garganta que te apaga a voz e encurta a
respiração.

Quando este centro está desequilibrado por excesso de energia, dás contigo a
ser Tagarela. Optando por esta via, manipulas os outros com discursos e
tentas, desesperadamente, atrair a atenção sobre ti, através de um fluxo
inesgotável de palavras. Invades o tempo e a disponibilidade das pessoas, sem
te preocupares se isso as incomoda.
Chakra Frontal (chakra do terceiro olho) – Ajnã

Em sânscrito significa o centro do comando

Localização: O seu cone de energia é índigo e fica na testa, entre as


sobrancelhas.

Elemento: mental
Sentido: intuição e percepção extrasensoriais.
Glândula endócrina: pituitária
Planeta: Júpiter
Alimentos: frutos e legumes roxos ou azuis.
Corpo sutil: corpo crístico.
Relação com o corpo físico: olhos, rosto, sistema nervoso central e equilíbrio
físico.

Qualidades positivas: revitaliza o sistema nervoso e a visão, concentração,


devoção, intuição, imaginação, sabedoria, espiritualidade, acesso ao eu
autêntico, clarividência, clariaudiência.
Qualidades negativas: medo, pesadelos, distúrbios do sono, tensão, dores de
cabeça, perda de concentração, problemas nas vistas, cinismo, depressão,
nervosismo, hipocrisia, esquizofrenia, paranóias, pensamentos rígidos.

Na tradição hinduísta está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil.


Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Ele
enfraquecido aponta para tumores cranianos.

Se o teu chakra frontal está em equilíbrio, encarnas o Intuitivo. Se assim for, és


o Eu-espírito encarnado. Possuis a faculdade de abstração mental, a
capacidade de visualização e beneficias da compreensão intuitiva.
Sempre que este centro está desequilibrado por falta de energia, começas a
ficar muito parecido com o Ignorante. És, portanto, muito distraído, a memória é
fraca e vives quase exclusivamente através da razão, da lógica e do intelecto.
Por vezes, se queixa de algum tipo de desequilíbrio psíquico. Dado que a tua
percepção da verdadeira realidade é praticamente nula, a insegurança
decorrente dessa ignorância faz sentir, é claro, imensa apreensão sobre o
futuro e a morte.

Quando este centro está desequilibrado por excesso de energia, então


encorporaso papel de Intelectual. Dedicas-te, por conseguinte, quase
exclusivamente à veneração da mente concreta inferior e dos seus atributos.
És um manipulador da informação, mas um mau gestor dela, porque não sabes
transformá-la em conhecimento através da experiência.
Chakra coronário - Sahashara

Em sânscrito significa o lótus de mil pétalas

Localização: O seu cone de energia é violeta, fica no topo da cabeça, acima e


no centro.

Elemento: espaço/éter
Sentido: relação com o plano cósmico
Glândula endócrina:pineal
Planeta: Urano
Alimentos: frutos e vegetais roxos.
Corpo sutil: causal
Relação com o corpo físico: cabeça, sistema nervoso central e periférico.

Qualidades positivas: revitaliza o cérebro, percepção além do tempo e do


espaço, abre a consciência para o infinito, união com todo o cosmo, sensação
de infinidade espiritual, consciência superior.
Qualidades negativas: Alienação, confusão, depressão, falta de inspiração,
medo do desconhecido, recusa-se a ser guiado pela intuição, rebeldia,
enxaquecas, sono alterado, doenças neurológicas, esquizofrenia e esclerose.

O sétimo chakra é considerado de grande importância entre os chakras,


relaciona-se com o padrão energético global da pessoa, é conhecido como o
chakra da coroa. É representado por uma flor de lótus de mil pétalas. Através
dele, recebemos a luz divina.

Se o teu chakra coronal está em equilíbrio, encarnas o Mestre, o símbolo da


maestria espiritual, porque reconheceu finalmente que não existe qualquer
separação entre o seu Eu-espírito, o representante de Deus, e a vida exterior.
Sempre que este centro está desequilibrado por falta de energia, és conhecido
como o Desorientado. Neste caso, não sabes o que fazer da vida, porque a tua
existência decorre separada da plenitude de Deus. Esta situação impede-te,
evidentemente, de te libertares totalmente do medo.

Quando este centro está desequilibrado por excesso de energia, passas a vida
a ser como o Arrogante - o estádio superior do Intelectual. Aqui, parece não
haver remédio para a prepotência dos teus valores pequenos e mesquinhos, da
limitação doentia da tua mente estagnada, enfim, da tua ignorância, pois a
mente que acredita ter uma vontade capaz de se opor à Vontade de Deus,
acredita igualmente que pode ter sucesso.

BIBLIOGRAFIA

Araujo, Melvina. (2002) Das Ervas Medicinais à Fitoterapia. São Paulo: Ateliê
editorial-FAPESP.
Carvalho, Edgard de Assis. A ecologia do conhecimento: Uma nova
Paradigmatologia. (1992). In:
Perspectivas, São Paulo. Nº 15.
Dellagiustina, Marilene & Goulart, Rozane. Educação em Saúde. (2008). In:
Naturologia Aplicada
reflexões sobre saúde integral. Tubarão: Ed. UNISUL.
Duriaux, Jean-Marc. Além da moda: A Naturologia. (2007).
http//www.bioforma.med.br/pdf//naturologia.pdf Acesso em 06 de Fev. 2007.
ESTRATÉGIA de la OMS sobre medicina Tradicional 2002-2005. (2002)
Organización Mundial de la
Saúde.
Ferreira, Jaqueline. “O corpo Sígnico”. In: Saúde e doença um olhar
antropológico. (1994) Rio de
Janeiro: Fiocruz.
Feyraben, Paul. Contra o método. (2007). São Paulo: Editora UNESP.
Goswami, Amit. O Médico quântico: orientações de um físico para a saúde e a
cura. (2006). São Paulo:
Cultrix.
Lefevre, Fernando & Lefevre, Ana Maria Cavalcanti. Promoção de saúde a
negação da negação. (2004).
Rio de Janeiro: Vieira & Lentz.
V Jornadas de Investigación en Antropología Social – 19 al 21 de noviembre de
2008
© SEANSO – ICA – FFyL – UBA – ISSN 1850-1834
14
Leite, Marcelo. ”Hipocondria de Resultados”. Folha de São Paulo. (2006). São
Paulo. Caderno
Mais. P.6, 23 Abr.
Morin, Edgar. Amor, poesia, sabedoria. (1999). 2ªed. Rio de Janeiro: Bertrand
Brasil.
Os desafios da complexidade. In: A Religação dos Saberes. O
desafio do século XXI.
(2004). 4ªed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.
Educação e Complexidade: Os sete saberes e outros ensaios.
(2005). 3ªed. São Paulo:
Cortez.
Mori, Henry. Mapas fundamentais do I Ching e avaliação em Naturologia: Um
novo método de observação.
2006. Trabalho de conclusão de curso. (graduação – Naturologia). UAM.
Olivera, Elda Rizzo. O que é medicina popular. (1985). São Paulo: Brasiliense.
Paim, Jairnilson Silva. “Políticas de Saúde no Brasil”. In: Epidemiologia e
Saúde. (2003). 6ªed. Rio de
Janeiro: MEDSI.
Serrano Alan Índio. O que é Medicina Alternativa. (1985). São Paulo:
Brasiliense.
Serres, Michael. Hominescências. O começo de outra humanidade?
.(2003).Rio de janeiro: Bertrand Brasil.
Tessler, Leandro R. Naturebologia. (2008). Cultura científica.
Http://ccientifica.blogspot.com/2008/04/naturebologia.html. Acesso em 13 de
Abr. 2008.
Varela, Daniele Mineiro & Correa, Mariana Alves. Estudo sobre a Naturologia
no Brasil e no Mundo.
2005. Trabalho de conclusão de curso. (graduação – Naturologia). UAM.
VASANT LAD, M.A.Sc. Textbook of Ayurveda fundamental principles. 1ª
edição. Albuquerque new mexico: Ayurvedic press, 2002.
THIRTA, Swami Sadashiva. The Ayurveda Encyclopedia: Natural secrets to
healing, prevention & longevity. 2ª edição revisada. Bay ville: Ayurveda Holistic
Center Press, 2007.
STEINER, Rudolf. A filosofia da Liberdade: fundamentos para uma filosofia
moderna. 1ª edição, São Paulo. Editora Antroposófica, 2000
STEINER, Rudolf. A Arte da Educação I - O Estudo Geral do Homem: Uma
Base Para a Pedagogia. 2ª edição, São Paulo. Editora Antroposófica, 1995
Sites:
http://www.sab.org.br/antrop/antrop.htm
http://www.associacaotravessia.org.br/html/antroposofia.html
http://www.sirimim.com.br/artigos.htm
http://www.medicinacomplementar.com.br
http://www.sab.org.br/arquit/art-moesch.htm