Você está na página 1de 5

CONTRATO PARTICULAR DE CESSÃO DE DIREITOS CP 03/2018

Pelo presente instrumento particular de Cessão de Direitos,


de um lado o Sr. CLAYTON GOULART, brasileiro, solteiro,
intermediador de negócios, inscrito no CPF sob o nº
129.707.511-00, portador do RG nº 733106 SSP/GO,
domiciliado na rua Calisto Abdala, nº 37, Centro em
Anápolis, Município de Anápolis – Estado de Goiás,
doravante denominado CEDENTE; de outro lado o Sr. ARISTEU
SOARES DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, construtor civil,
inscrito no CPF sob o nº 478.963.373-04, portador do RG nº
1.214.050 SSP/PI, residente e domiciliado na Av. Engenheiro
Eurico Viana, nº 38, apto 1.905, Município de Goiânia-
Estado de Goiás, doravante denominado CESSIONÁRIO, têm
entre si, como justo e contratado o seguinte:

Cláusula Primeira. O CEDENTE confessa e declara que é


legítimo possuidor a justo título de 6,5 ha (65.000 m²) do
imóvel denominado Chácara Val ou Sumidouro, localizada no
Município de Águas Lindas de Goiás – Estado de Goiás,
conforme foi lhe concedido a compra através do CP 02/2018
na data de 10 de Janeiro de 2018, inscrita no INCRA sob o
nº 0000194920270.

Cláusula Segunda. Os contratantes têm ciência e aceitam que


o imóvel ora cedido é uma fração da primeira gleba situada
na Fazenda Vau ou Sumidouro, cuja área é de 172.149,87,
conforme descrito Escritura Pública de Cessão de Direitos
Possessórios e de Ocupação, livro 026, folas 03/05vº,
confeccionada pelo Tabelião do Cartório do 2º Ofício de
Notas da Comarca de Padre Bernardo – Estado de Goiás que
integra este contrato.
Cláusula Terceira. O imóvel ora cedido destina-se
exclusivamente ao fracionamento em lotes para implementação
de loteamento. Caso o Cessionário não tenha interesse em
integrar o futuro empreendimento, deverá acordar com os
condôminos ou ajuizar Ação de Divisão. Em havendo
necessidade de demandar judicialmente, o Cessionário arcará
com todos os custos e despesas.

Cláusula Quarta. O preço certo e ajustado desta cessão é de


R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais), com
vencimento no ato de assinatura do presente contrato e pago
da seguinte forma:
a. R$ 1.500.000,00 (hum milhão e quinhentos mil reais)
mediante Transferência Eletrônica Disponível (TED), em
favor de WILLIAN CHRISTIAN SILVA MARQUES, inscrito no
CPF sob o nº805.410.381-68 , Banco Santander, agência
3015, conta corrente nº 0189887-6.

b. R$ 700.000,00 (setecentos mil reais) mediante


Transferência Eletrônica Disponível (TED), em favor de
EFRAIM SOARES DE MOURA, inscrito no CPF sob o nº
149.345.401-30, Banco Itaú, agência 0342, conta
corrente nº 43833-0;
c. R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) mediante
Transferência Eletrônica Disponível (TED), em favor de
ALEXANDRE ARAÚJO OLIVEIRA NETO, inscrito no CPF sob o
nº 363.820.351-49, Banco Caixa Econômica Federal,
agência 1340, conta corrente nº 21.850-2.

Cláusula Sexta. Em caso de atraso do pagamento acima


mencionados, terá juros de mora de 12% (doze por cento) ao
ano, assim como a importância correspondente a 10%(dez por
cento) sobre o valor do débito em atraso, a título de multa
contratual, além de honorários advocatícios e despesas
processuais.

Cláusula Sétima. O recebimento pelo Cedente das qualquer


valor em data posterior, será acrescido de juros, outras
correções e ainda dos respectivos honorários advocatícios,
será simples ato de tolerância que não dará ao Cessionário
qualquer direito posterior, nem importará em renovação ou
alteração deste Contrato.

Cláusula Oitava. As partes aqui envolvidas, em comum acordo


declaram que, no ato da escrituração do imóvel, o valor a
ser declarado na lavratura da presente escritura será o
valor da avaliação feito pela Secretaria de Finanças de
Águas Lindas de Goiás.

Cláusula Nona. O Cessionário terá a posse imediata das


benfeitorias e o direito de utilização do imóvel no ato da
assinatura do presente contrato.

Cláusula Décima. O Cessionário declara que vistoriou o


imóvel, de modo a aceita-lo no atual estado em que se
encontra.

Cláusula Décima Primeira. Até a quitação total do preço


estipulado na Cláusula Quarta, fica expressamente vedado ao
Cessionário ceder a terceiros, total ou parcialmente, os
direitos oriundos deste contrato, sem a prévia e expressa
anuência do Cedente, manifestada por escrito.

Cláusula Décima Segunda. Imediatamente à posse do imóvel


pelo Cessionário, correrão por conta deste todos os
impostos, taxas ou contribuições fiscais de qualquer
natureza, incidente sobre o imóvel objeto do presente
Contrato, tais como ITR, CCIR, Contribuições Sindicais e
outros, ainda que lançados em nome do Cedente.

Cláusula Décima Terceira. O Cessionário não terá nenhuma


responsabilidade trabalhista ou social para com empregados
ou terceiros no período anterior ao de sua posse, devendo
estes, caso queira, agir diretamente contra ao Cedente.

Cláusula Décima Quarta. As despesas com a transmissão do


imóvel, tais como, lavratura e registro da Escritura
Pública de Compra e Venda ou Usucapião, Cessão de Direito
Hereditários, ITBI, taxas cartoriais ou honorários
contábeis correrão por conta do Cessionário.

Cláusula Décima Quinta. Na hipótese de desapropriação por


necessidade ou utilidade pública, por órgão da
Administração Direta ou Indireta, mesmo como forma de
servidão pública ou ocupação temporária, os Intervenientes
Anuentes e o Cedente ficam expressamente exonerado de
qualquer responsabilidade, ressalvando ao Cessionário o
direito de haver em reparo ou indenização do poder
expropriante.

Cláusula Décima Sexta. Para todos os fins e direitos os


contratantes declaram aceitar o presente, nos expressos
termos em que foi passado, obrigando-se a si, seus
herdeiros, presentes e futuros, a bem e fielmente cumpri-
lo.

Cláusula Décima Sétima. O presente contrato tem caráter


irrevogável, irretratável e não comporta arrependimento por
qualquer das partes.
Cláusula Décima Oitava. A parte que infringir qualquer
cláusula acima, pagará a parte inocente a pena convencional
de 10% (dez por cento) sobre o valor total deste presente
contrato.

Cláusula Décima Nona. Para dirimir qualquer questão


indiretamente decorra deste contrato, as partes elegem o
Foro de Anápolis, Estado de Goiás, com renúncia expressa de
qualquer privilegiado que seja ou se torne.

E, por estarem assim ajustados, declaram expressos termos


em que foi passado, na presença das testemunhas
signatárias.

Anápolis, 25 de março de 2018.

CLAYTON GOULART
(Cedente)

ARISTEU SOARES DOS SANTOS


(Cessionário)

TESTEMUNHAS:

1.º. Nome por extenso: ____________________________________

CPF: _________________________

2.º. Nome por extenso: ____________________________________

CPF: _________________________