Você está na página 1de 10

Kareenn Cristina Diener

Arquiteta de sustentabilidade, escritora,


docente dos cursos de Arquitetura e Design de Interiores.

CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

Todos temos aspirações quando o assunto é – “quero fazer um espaço


para moradia, para trabalho e lazer”.
Esses locais podem ser ou não sustentáveis. E, quando falamos de
sustentabilidade, logo vem à mente qualidades relativas ao meio ambiente.
Mas a sustentabilidade também está relacionada aos fatores sociais e aos
econômicos, incluindo também o design.
Para criar uma casa, um edifício sustentável e eficiente convém fazer uma
abordagem mais holística. Envolve sabermos e usarmos os princípios de
espaço saudável, do conforto ambiental, da durabilidade e qualidade dos
materiais e ainda, da economia de energia e recursos. Todos esses elementos
impactam nas nossas edificações e em nossas vidas.
PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS PARA DESIGN
DE UMA CASA SUSTENTÁVEL

Em qualquer situação, ao iniciar um projeto de uma casa, serão necessárias


algumas considerações mínimas:

1) Verificar o local, sua declividade, acessos, serviços, entre outros.


Quando tratamos de projetos voltados à sustentabilidade, a esses fatores,
serão acrescidos mais alguns: clima do local, se há ou não arborização, ventos
quentes ou frios, brisas naturais, morfologia do espaço, sombreamento,
aonde bate o sol no inverno e no verão etc.

2) Respeitadas as exigências do local, vamos aos requisitos de design. O


desenho existirá em qualquer projeto. Seguirá as Leis locais, as
normativas vigentes e outros aspectos legais. Agora, vamos ao desenho
bioclimático.
O DESENHO VOLTADO À SUSTENTABILIDADE envolverá além dos citados,
um detalhado estudo:

• da geometria da edificação
Como podemos, por exemplo, com um desenho correto usar o sol a
nosso favor nos aquecendo no inverno e, aproveitar o vento no verão,
deixando nossas noites mais refrescantes? Aonde deve ficar a cozinha
e os dormitórios – para que lado?
Qual a altura do pé-direito? Qual o maior cômodo da casa (claro, que esse
estudo é personalíssimo. Não deveríamos ter edificações com projetos
padronizados). Cada espaço é único.
• da inclinação do telhado
Posso amenizar o frio do inverno trabalhando os telhados? E, o gasto
de energia, a fatura da conta de luz, tem como diminuir somente
estudando os materiais da cobertura?
Existem soluções que tão somente requerem um estudo mais apurado e não
custam mais do que custariam normalmente.

• dos materiais utilizados


Nós passamos quase a totalidade de nossas vidas, confinados em
locais de moradia ou de trabalho. Já paramos para pensar – qual é a
qualidade desse espaço. É saudável? Livre de fungos e outros
elementos que causam doenças? Os materiais, são isentos de toxinas
e venenos que originam muitos dados à saúde de nossa família?
A arquitetura sustentável e o desenho bioclimático podem nos ajudar a
PENSAR UMA EDIFICAÇÃO SAUDÁVEL.

• do tamanho da edificação, de sua casa


Hoje temos uma aspiração e que pode não ser a mais favorável em
alguns anos. A vida muda, dá voltas, guinadas. Normalmente
começamos com uma família grande, depois vem o processo da saída
dos filhos e a síndrome do “ninho vazio”. E, daí? o que fazer sozinhos
em um espaço tão amplo? Ou, ainda ao contrário – necessito mais
espaço, a família aumentou...
Esses questionamentos podem e devem ser feitos na etapa de projeto. Posso
aumentar depois? E, se ficar grande, o que a arquitetura e o desenho
sustentável podem me auxiliar? Trabalhamos com você para projetar casas
que sejam do tamanho certo, que prevejam mudanças de layout, sempre na
medida de suas necessidades atuais, mas antecipando o futuro.

• do gasto de energia
Sua casa, no inverno é fria, como se estivesse na rua? E no verão,
necessita ligar o ar, senão derrete? O conforto tem um preço e esse
acaba com nosso orçamento.
A arquitetura detalhada para ter um bom desempenho térmico e lumínico,
economiza energia, traz mais conforto gastando menos e ainda, de quebra,
contribui com o planeta.
A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA E O MEIO AMBIENTE

Já, no dia 22 de agosto (justo em um ano de pouco crescimento


econômico), já tínhamos chegado no limite dos gastos de recursos do planeta
para serem usados no ano todo.
A água está escassa, os recursos planetários diminuindo. Necessitamos
ter consciência que o planeta com seus materiais é finito e não podemos
comprometer o desenvolvimento das futuras gerações, de nossos filhos e
netos.
A construção civil é responsável por cerca de 40% dos gastos de recursos
naturais. Com o desenho sustentável e o uso eficiência dos recursos dentro
dos edifícios, podemos contribuir para modificar essa realidade.
Ter uma casa sustentável não é somente questão de dinheiro, mas sim
de desenho. Podemos ter um espaço saudável, sustentável e com bom design
sem estourar o orçamento.
MAS, COMO FAÇO? QUAL É O PROCESSO DO
DESIGN SUSTENTÁVEL?

Trabalhamos com e para você com a finalidade de criar um design


sustentável. Pensado de forma personalizada, sob medida para as suas
necessidades.

Veja abaixo a descrição do processo de design pelo qual você passará


conosco ao criar o design personalizado de sua casa.

1. Consulta Inicial
Faremos o agendamento para discutirmos o projeto, definindo suas
primeiras aspirações e necessidades.
Neste momento, discutiremos seu projeto e explicaremos alguns dos
princípios básicos do design sustentável, tudo dentro de seu orçamento.

2. O segundo momento
Faz parte de nosso trabalho ouvi-lo, saber o que necessita. É muito
importante que saiba que embora existam normativas que devem ser
seguidas, seu projeto é único, detalhado e pensado para que os mínimos
detalhes atendam suas exigências, necessidades e especificidades.
Afinal, uma cozinha, embora seja mais ou menos da mesma tipologia
para todos os lares, podemos ajustar para os moradores - são idosos? Há
muitos filhos, gosta de receber os amigos com boa comida?
As vidas e, portanto, as necessidades são diferentes. O briefing de
projeto auxiliará na compreensão dessas questões.
Mas calma, estamos apenas começando. Portanto, não há necessidade
de se preocupar se você não tiver certeza de alguma coisa. Haverá muito
tempo para discutir e fazer alterações antes de começarmos seu projeto!
3. O desenho voltado à sustentabilidade e ao conforto
De posse das informações que você nos forneceu, somadas às que
definimos quanto aos aspectos legais e, depois de estudar o terreno, o clima,
sol, vento, chuvas, os materiais, a paisagem, uuufffaaaaa!! -----------
Vamos lá – lhe apresentaremos um desenho que tem uma visão holística – é
feito na medida de suas necessidades, dentro de seu orçamento e que agrega
valor estético aos da sustentabilidade e eficiência energética.
Há sim!!! Todo esse trabalho para conseguirmos o layout mais
adequado, foi alcançado fazendo o que tem de mais moderno em eficiência
energética – FIZEMOS SIMULAÇÃO TÉRMICA E LUMÍNICA coma finalidade de
encontrar o equilíbrio – MINIMIZAR PERDAS E MAXIMIZAR GANHOS.

SIMULAÇÃO TÉRMICA E LUMÍNICA

Nós iremos buscar o conforto de qualquer maneira. Ligaremos o


ventilador, o ar condicionado ou ainda abriremos a geladeira
(brincadeirinha...) para nos refrescar nos dias ensolarados de verão ou ainda
ficaremos o dia inteiro na cama, sem nos mexer nos dias gélidos de inverno.
Não há nada mais gratificante do que um espaço bem aconchegante –
nem muito frio, nem muito quente. Ter locais bem ventilados, que não
propaguem doenças ou ainda com iluminação adequada sem desperdícios.
O uso de software para prevermos o quanto gastaremos de energia e
como podemos diminuir este gasto somente modificando alguns elementos
do desenho, é um grande aliado na hora de projetar. Não haverá surpresas
depois, atrasos na obra por não ter sido previsto, dores de cabeça etc. E, o
retorno no investimento se dará em poucos anos.

4. Contrato
Aprovado o primeiro desenho, se você concluiu que somos as pessoas
certas para fazer seu projeto, seguiremos trabalhando. Receberá um contrato
com todo o detalhamento, todas as etapas, do início ao fim da obra.
5. Desenho de anteprojeto
Aqui sairá a configuração final da solução de desenho bioclimático com
as premissas de sustentabilidade propostas para a obra, considerando todas
as exigências contidas no programa de necessidades e o Estudo Preliminar
aprovado previamente.

6. Desenvolvimento final de design


Nessa fase, desenvolvemos ainda mais o design da sua nova casa. O
projeto aqui enfoca todos os detalhes, das linhas básicas às configurações das
janelas, paredes, espaços, detalhamentos etc.
Seu projeto estará pronto para providências legais. Nós ajustaremos o
design com qualquer um de seus requerimentos e desenvolveremos um layout
3D com as soluções finais.

7. Entrega de documentação de projeto


Esse momento envolve a preparação e a entrega de todos os desenhos
de projeto, incluindo - plantas baixas, cotas gerais; planta(s) de cobertura;
cortes gerais e/ou parciais; planta de situação / locação; fachadas e demais
itens do contrato. Todos prontos para construção de sua obra.
Essa etapa pode ainda incluir, se este for o caso, relatórios de desempenho
energético, simulações, soluções de desempenho energético e lumínico.

AGENDE CONOSCO UMA ENTREVISTA!!


(49) 991820802
Rua Cruz e Souza, 16. Sala 103.
www.ramosediener.com.br
NOSSOS SERVIÇOS:
PROJETOS SUSTENTÁVEIS
ANÁLISE E SIMULAÇÃO ENERGÉTICA
INTERIORES SUSTENTÁVEIS