Você está na página 1de 32

1. Dois pulsos de formas diferentes se propagam com velocidade v numa corda esticada de comprimento L.

A
corda tem sua extremidade esquerda fixa num suporte, mas a extremidade direita pode oscilar livremente. Num
dado instante a situação da corda é aquela mostrada na figura. Esta EXATA situação irá se repetir exatamente
após um intervalo de tempo mínimo dado por:

(a) Δt = L/v
(b) Δt = 2L/v
(c) Δt = 3L/v
(d) Δt = 4L/v
(e) Δt = 6L/v

2. Uma onda sonora:


I. se propaga no vácuo com uma velocidade de 340 m/s.
II. não se propaga no vácuo pois é acompanhada de um transporte de matéria.
III. transporta energia.
IV. é uma onda de pressão.
V. é uma onda de deslocamento.
São verdadeiras:
(a) I, III e IV.
(b) II, III, IV.
(c) I, IV e V.
(d) III, IV e V.
(e) II, IV e V.
(f) I, II e III.
(g) II, III, IV e V.

3. Duas ondas harmônicas de mesmas frequência e número de onda interferem. A potência média de cada uma
delas é 10 W. Qual deve ser a diferença de fase entre elas para que a onda resultante tenha potência média igual a
30W?
(a) 0 rad.
(b) π/6 rad.
(c) π/4 rad.
(d) π/3 rad.
(e) π/2 rad.
(f) Não há resposta, pois a potência média resultante não pode ser maior que a soma das potências médias
individuais.

4. Considere duas cordas inextensíveis e homogêneas idênticas, sujeitas à mesma tensão. Em cada uma temos
uma onda em um modo normal diferente. Considere as afirmações abaixo:
I. As velocidades de propagação das ondas são diferentes.
II. Os números de onda são iguais, mas as frequências diferentes.
III. As frequências são iguais, mas os números de onda diferentes.
IV. As velocidades de propagação das ondas são iguais.
V. Os números de onda e as frequências são iguais.
VI. Os números de onda e as frequências são diferentes.
Quais afirmações acima são verdadeiras?
(a) I e II.
(b) I e III.
(c) I e V.
(d) I e VI.
(e) II e IV.
(f) III e IV.
(g) IV e V.
(h) IV e VI.

5. Após o regime transiente (passado um longo tempo), um oscilador amortecido forçado oscilará com
(a) a frequência da força externa.
(b) a frequência do oscilador amortecido livre.
(c) a frequência do oscilador não amortecido livre.
(d) a frequência de batimento causada pela frequência do oscilador amortecido livre e a frequência da força externa.
(e) Nenhuma das respostas anteriores.

6. Uma partícula se move segundo um movimento harmônico simples. Quando sua posição é x = xmax/2, o módulo
de sua velocidade é
(a) v = vmax.
(b) v = √3vmax/2.
(c) v = √2vmax.
(d) v = 2vmax/√3.
(e) v = 2vmax/√3.

7. Dois pêndulos de comprimentos L1 e L2 oscilam de tal modo que os dois pesos em suas extremidades
aproximam-se (veja a figura), sem se tocar, sempre que decorrem seis (6) períodos do pêndulo menor (L1) e
quatro (4) períodos do pêndulo maior. Qual relação L2/L1?

(a) 9/4
(b) 3/2
(c) 2
(d) 4/9
(e) 2/3

8. Considere o caso em que um observador está em repouso, em relação à atmosfera, e uma fonte emitindo som
com frequência ν0 se aproxima dele com velocidade v < vsom. Considere agora, o caso em que a fonte está em
repouso, em relação à atmosfera, e o observador se aproxima dela com velocidade v. Considere seguintes
afirmações:
I. Em ambos os casos, a frequência medida é diferente de ν0.
II. Em ambos os casos, a frequência medida aumenta em relação a ν0.
III. Em ambos os casos, a frequência medida diminui em relação a ν0.
IV. A frequência medida é a mesma em ambos os casos.
V. Não é possível relacionar as frequências medidas em cada caso.
Quais afirmações acima são verdadeiras?
(a) Somente a I.
(b) Somente a II.
(c) Somente a III.
(d) Somente a IV.
(e) Somente a V.
(f) I e II.
(g) I e III.
(h) I e IV.

1. Uma corda fixa nas duas extremidades e submetida a uma tensão T oscila em seu terceiro modo normal, com
comprimento de onda λ3 e frequência f3. Se a tensão for quadruplicada, cos novos λ e f para este modo serão,
respectivamente:
(a) λ3 e 2f3.
(b) λ3 e f3.
(c) 2λ3 e 2f3.
(d) λ3/4 e f3.
(e) 2λ3 e 4f3.

2. Considere um oscilador harmônico simples, inicialmente na posição de equilíbrio, e as três condições abaixo:
I x˙ (0) = 0;
II x˙ (0) = v0;
III x˙ (0) = 2v0.
Marque a alternativa correta:
(a) Em todos os casos o corpo fiará sempre parado, pois já está na posição de equilíbrio.
(b) O corpo atingirá o deslocamento máximo em menos tempo no caso III.
(c) O corpo atingirá o deslocamento máximo ao mesmo tempo nos casos II e III.
(d) O corpo oscilará com a mesma amplitude nos casos II e III.
(e) A energia mecânica total do oscilador no caso III é o dobro da do caso II.

3. Marque a afirmativa ERRADA a respeito do efeito de Doppler.


(a) Quando um observador se aproxima de uma fonte de onda em repouso, a frequência observada aumenta.
(b) Quando uma fonte de onda se aproxima de um observador em repouso, a frequência observada aumenta.
(c) Quando uma fonte de onda se aproxima de um observador em repouso, o número de onda observado aumenta.
(d) Quando um observador se aproxima de uma fonte de onda em repouso, o comprimento de onda observado
diminui.

4. Considere dois tubos de ar de mesmo comprimento e mesma seção transversal, um deles fechado numa das
extremidades, e o outro, aberto em ambas, e ondas sonoras propagando-se nestes tubos. Considere as
informações abaixo:
I O deslocamento é máximo na extremidade do tubo aberto pois há um máximo da onda de pressão neste ponto.
II O deslocamento é máximo na extremidade do tubo aberto pois há um nodo da onda de pressão neste ponto.
III O comprimento de onda do modo fundamental, no tubo fechado, é o dobro do comprimento de onda deste
modo no tubo aberto.
IV O comprimento de onda do modo fundamental, no tubo aberto, é o dobro do comprimento de onda deste
modo no tubo fechado.
Qual(is) da(s) afirmação(ões) a ima é(são) verdadeira(s)?
(a) III.
(b) I e II.
(c) I e III.
(d) I e IV.
(e) II e IV.
(f) III e IV.
(g) II e III.
5. Duas balanças são constituídas, cada uma, por uma mola e um prato, em que se deposita uma massa a ser
medida. Observa-se que para a primeira balança, o prato não oscila, mas a balança demora um certo tempo para
marar o valor correto depois que a massa é posta no prato. Nota-se também que a segunda balança oscila várias
vezes antes que o prato pare e esse valor possa ser lido. Assinale a alternativa INCORRETA:
(a) Na primeira balança observa-se um regime de amortecimento crítico ou supercrítico.
(b) Na segunda balança observa-se um regime de amortecimento subcrítico.
(c) Quanto mais amortecido o sistema, menos tempo a balança leva para marcar o valor correto.
(d) Se não houvesse nenhum tipo de amortecimento, a balança poderia oscilar por tempo indeterminado.
(e) O valor da massa altera a frequência natural de oscilação do sistema massa+prato+mola.

6. No momento em que começa a ser observada (t = 0), uma partícula de massa m ligada a uma mola ideal de
constante elástica k se afasta da origem e sua energia potencial vale metade da energia mecânica total. Sobre sua
constante de fase δ podemos afirmar que:
1
(a) sen δ = 2.
√2
(b) sen δ = 2
.
1
(c) sen δ = −2.
√3
(d) sen δ = 2 .
7. Um oscilador levemente amortecido tem seu parâmetro de amortecimento γ muito menor que sua frequência
natural ω0. Neste caso a energia mecânica média armazenada no oscilador num dado instante de tempo é dada
por E(t) = Eo e γ−t. A vida média destas oscilações é definida como intervalo de tempo no qual a energia média se
reduz de um fator 1/e. O número de oscilações n que a partícula realiza neste intervalo pode ser expresso por

8. Marque a afirmativa ERRADA a respeito do comportamento de um pêndulo simples, na aproximação de


pequenos ângulos.
(a) Se dobrarmos o comprimento da corda do pêndulo, o seu período também vai dobrar.
(b) O período não depende das condições iniciais.
(c) A velocidade máxima de oscilação não depende do valor da massa do pêndulo.
(d) Um mesmo pêndulo na lua oscila com menor frequência do que na terra sob as mesmas condições iniciais.

1. Um oscilador harmônico amortecido de frequência natural de oscilação ω0 oscila sujeito a uma força externa
periódica, da forma F(t) = F0 cos(ωt + δ). Seu deslocamento x como função do tempo t durante dois minutos é
exibido no gráfico. Julgue as afirmativas abaixo.
I. O fenômeno de batimentos observado para t <80 s indica a sobreposição de oscilações de frequências
diferentes. No entanto, uma das frequências é gradualmente atenuada pelo amortecimento.
II. Após um intervalo de tempo suficientemente longo, o oscilador oscilará de forma periódica, com período T = 2
π/ω.
III. A partir de t = 80 s as forças de amortecimento cessam de agir sobre o sistema.
IV. Em seu regime estacionário, a média da energia mecânica do oscilador sobre uma oscilação é conservada. No
entanto, o mesmo não é verdade para a energia a cada instante.
(a) Apenas II e III estão corretas.
(b) Apenas I e IV estão corretas.
(c) Apenas III está incorreta.
(d) Apenas IV está incorreta.
(e) Todas as alternativas estão corretas.

2. Os gráficos abaixo descrevem o movimento de quatro osciladores harmônicos simples. Assinale a alternativa
INCORRETA.

(a) Todos exceto III oscilam com período de 10 s.


(b) II e IV partem de sua posição de equilíbrio em t = 0 s.
(c) I e II oscilam com a mesma amplitude.
(d) III oscila com frequência menor que todos os restantes.
(e) III realiza 18 oscilações por minuto.

3. Considere uma onda dada por yi = f(x − vt) que atinge a extremidade de uma corda, fixa em x = 0. Neste caso,
qual é a forma da onda refletida?
(a) yr = f(−x − vt).
(b) yr = f(−x + vt).
(c) yr = −f(x − vt).
(d) yr = −f(−x − vt).
(e) yr = f(x + vt).
4. Marque a alternativa que N O representa uma solução da equação de onda para uma corda. Considere
que as constantes A, A1, A2, B, B1, B2 e ω são todas diferentes de zero.
(a) Asen(kx − ωt + B).
(b) A1sen(kx − ωt + B1) + A2sen(kx − 2ωt + B2).
(c) A1sen(kx−ωt+B1)−A2sen(−2kx−2ωt+B2).
(d) Asen(kx − ωt) + Asen(−kx − ωt).
(e) Asen(kx) cos(ωt).

5. Considere uma corda feita de um material homogêneo. Qual das seguintes afirmativas está INCORRETA:
(a) Uma onda refletida em uma extremidade tem sempre uma frequência idêntica à da onda incidente.
(b) A soma de uma onda totalmente refletida por uma extremidade e da onda incidente formará sempre uma onda
estacionária.
(c) Duas condições de contorno são suficientes para que o número de onda seja quantificado.
(d) Não há propagação de energia ou de momento em uma onda estacionária.
(e) Uma quantificação do número de onda não implica uma quantificação da frequência angular.

6. Considere duas molas, a mola 1 tem frequência natural ω0 enquanto a mola 2 possui frequência natural 100ω0.
Ambas estão sob a ação de uma mesma força externa periódica que oscila com frequência 95ω0. A respeito da
solução particular de ambas podemos afirmar que
(a) Ambas oscilam em fase com mesma frequência e têm a mesma amplitude.
(b) As molas oscilam defasadas, mas com mesma frequência e mesma amplitude.
(c) As molas oscilam em fase com mesma frequência e 2 apresenta uma amplitude maior do que 1.
(d) A mola 2 oscila com maior amplitude e maior frequência do que a mola 1. Elas podem estar ou não em fase
dependendo das condições iniciais.
(e) As molas oscilam fora de fase com mesma frequência e 2 apresenta uma amplitude maior do que 1.

7. Uma fonte sonora em repouso F faz-se ouvir por dois observadores A e B, também em repouso. A partir de um
certo momento esta fonte começa a se mover com velocidade constante. A figura abaixo mostra A, B e F e as
frentes de onda produzidas por F em repouso, à esquerda, e em movimento, à direita. Sobre a segunda situação,
assinale a afirmativa CORRETA.

8. Marque a afirmação INCORRETA a respeito do comportamento da oscilação de uma corda. Aqui, ω, k, λ e τ


são frequência angular, número de onda, comprimento de onda e período, respetivamente.
(a) A velocidade da onda aumenta se a densidade linear da corda diminuir.
(b) A frequência é proporcional a ω.
(c) A densidade da energia é proporcional à amplitude.
(d) A velocidade de fase é dada por ω/k.
(e) A velocidade de fase é dada por λ/τ.

1. Sobre os modos normais de vibração do ar no interior de um tubo, assinale a alternativa correta.


(a) A amplitude da pressão é sempre máxima (ventre) em uma extremidade aberta.
(b) Se uma extremidade é aberta e outra é fechada, cada modo tem pontos de deslocamento nulo (nós) e pontos de
amplitude máxima (ventres) em mesma quantidade.
(b) Se ambas extremidades são abertas, cada modo tem mais pontos de deslocamento nulo (nós) que pontos de
deslocamento máximo ou mínimo (ventres).
(d) Sua frequência não depende do comprimento do tubo.
(e) Quanto mais longo o tubo, maiores serão suas frequências.

2. Uma pessoa P solta pedras com frequência f na superfície alma de um lago. Isto provoca o surgimento de
ondas que se propagam na água com velocidade v. Um barco se aproxima da pessoa com velocidade radial u.
Quais das seguintes afirmativas estão corretas?
I. O comprimento de onda detectado pelo barco é exatamente o mesmo que o comprimento da onda produzida
por P.
II. A frequência da onda detectada pelo barco é exatamente a mesma do que a frequência da onda produzida por
P.
III. A frequência que P atribui às ondas refletidas pelo barco é maior do que a frequência atribuída pelo barco às
ondas emitidas por P.
IV. A velocidade de propagação das ondas refletidas pelo barco é maior do que a das ondas geradas por P.
(a) I, II e III.
(b) I, III e IV.
(c) I, II e IV.
(d) III e IV.
(e) I e III.

3. Um sistema massa-mola é colocado a oscilar, sem amortecimento, em dois experimentos. No primeiro a massa
é afastada da origem de uma distância d e em seguida liberada a partir do repouso. No segundo ela é afastada de
uma distância 2d e também liberada a partir do repouso. Considere as seguintes afirmações:
I. Em ambos os casos a massa levará o mesmo intervalo de tempo para retornar à posição inicial.
II. A energia cinética a máxima que a massa atingirá no segundo experimento será duas vezes maior que a que
atingirá no primeiro.
III. A aceleração máxima que a massa atingirá no segundo experimento será duas vezes maior que a que atingirá
no primeiro. As afirmativas corretas são:
(a) I e III.
(b) I, II e III.
(c) I e II.
(d) II e III.
4. O gráfico da figura abaixo mostra a aceleração de uma partícula que executa um MHS. Observando os pontos A
e B, podemos afirmar que:

5. Qual das seguintes funções descreve o MHS mostrado no gráfico da figura?

6. A equação diferencial satisfeita pelo movimento de um corpo é dada por x + 2ωx + 2ω2x = 0. Pode-se afirmar
que o movimento do corpo é:
(a) Subcrítico com frequência de oscilação ω√2.
(b) Subcrítico com frequência de oscilação dada por ω.
(c) Crítico e o tempo característico de amortecimento é (2ω)−1.
(d) Supercrítico e para longos intervalos de tempo decai como e−2ωt.

7. Um bloco de massa m está preso a uma das extremidades de uma mola de constante elástica k, cuja outra
extremidade encontra-se fixa. O bloco oscila sob ação da força elástica da mola apenas. A cada oscilação seu
máximo deslocamento atingido em relação à posição de equilíbrio é de 50m e a máxima velocidade atingida é de
1 m/s. Sua frequência angular de oscilação é, então,
(a) ω = 0, 5 radianos/s.
(b) ω = 5 radianos/s.
(c) ω = 2 radianos/s.
(d) ω= 1 radianos/s.
(e) ω = 0, 1 radianos/s.

8. Uma fonte emite um som isotopicamente em três dimensões, de forma que a uma distância de 10 m o nível
sonoro é de 30 dB. Qual é o nível sonoro a uma distância de 1 m da fonte?
(a) 50 dB.
(b) 100 dB.
(c) 60 dB.
(d) 300 dB.
(e) 40 dB.

9. Um oscilador harmônico de frequência angular natural de oscilação ω0 oscila na presença de uma força externa
da forma Fext(t) = F0 cos(ωt) e uma força dissipativa proporcional a sua velocidade FD = − λv. Julgue as
alternativas a seguir.
I No regime estacionário, a energia mecânica média é constante.
II A potência da força FD é negativa em todo instante.
III No regime estacionário, a potência total é nula em cada instante.
IV No regime estacionário, as potências médias de Fext e FD se cancelam.
V No caso de haver ressonância, FD não realiza trabalho.
(a) Apenas I e III estão corretas.
(b) Apenas II e V estão corretas.
(c) Apenas II e III estão corretas.
(d) Apenas I, II e IV estão corretas.
(e) Apenas I, III e IV estão corretas.

1. Uma onda progressiva em uma corda tem seu perfil de deslocamento descrito por yI (x, t) = f(kx − ωt), onde f(u)
é uma função em forma de pulso. Ela incide em uma extremidade fixa da corda em x = L, sendo refletida. Sobre a
onda refletida yR, é correto afirmar que
2. O gráfico a seguir mostra como a posição x de um móvel oscila com o tempo t. A lei horária da posição x(t)
deste objeto é melhor descrita por

3. Uma corda está esticada e vibra com o padrão mostrado na figura. Se o seu comprimento natural é de 1,0 m e a
tração do fio F = 16N e a sua densidade linear μ = 40×10−3 kg/m, é correta a opção para o comprimento de onda
λ e frequência f:

(a) λ = 0, 50m e f = 10 Hz;


(b) λ = 1, 00m e f = 10 Hz;
(c) λ = 0, 25m e f = 40 Hz;
(d) λ = 0, 50m e f = 40 Hz;
(e) λ = 1, 00m e f = 20 Hz;

4. Uma corda muito longa é mantida tensa e, por ela, se propaga uma onda transversal, cujos
deslocamentos verticais são dados por:

eixo x. A figura que representa corretamente a configuração da corda no instante t = 0 e as velocidades dos pontos
A, B, C e D da corda é:onde a, b e c são constantes positivas. Considere que, no equilíbrio, a corda se encontra na
horizontal ao longo do
5. Uma corda de comprimento L esticada tem uma extremidade mantida fixa (x = 0) e a outra livre (x = L).
Considere que, na configuração de equilíbrio, a corda se encontra na horizontal ao longo do eixo x. Um aluno
escreve que os pequenos deslocamentos transversais na direção y podem ser representados pelos
modos normais:

São verdadeiras:
(a) Somente a (III).
(b) Todas são verdadeiras.
(c) Nenhuma é verdadeira.
(d) Somente (I) e (II).
(e) Somente (I) e (IV).
(f) Somente (III) e (IV).
(g) Somente (II) e (IV).
(h) Somente a (IV).

6. Um objeto de massa m se move no eixo Ox sujeito a uma força horizontal Fx de modo que a equação de
movimento é dada por x + γx + ω20x = F0 sen(ωt), onde γ ≥ 0, F0 > 0 e ω0 > 0. A amplitude A da solução particular
desta equação varia com ω de acordo com o que mostra a figura em três situações correspondentes a valores
diferentes γ e ω0, tal que ω0 ≫ γ.
7. Um objeto de massa m que pode se mover ao longo do eixo Ox é sujeito a uma força do tipo Fx = −2mω0x
−mω20x. No instante de tempo inicial t = 0, ele se encontra na posição de equilíbrio em x = 0, e recebe um impulso
de modo que sua velocidade inicial é v0 > 0. O gráfico que melhor representa como a posição x deste objeto varia
com o tempo t é:

8. Um único sistema massa-mola é colocado para oscilar de três maneiras diferentes. No caso (A), o sistema está
alinhado verticalmente, com uma extremidade da mola presa ao teto, no caso (B), horizontalmente com a massa
deslocando-se sobre uma superfície sem atrito e finalmente no caso (C), em um plano inclinado de um ângulo θ ≠
0, onde a massa desloca-se sobre a superfície também sem atrito. Denominando-se as frequências angulares para
cada maneira como ωA, ωB e ωC respectivamente, é correta a opção
(a) ωA > ωB > ωC;
(b) ωA = ωB > ωC;
(c) ωA = ωB = ωC;
(d) ωA < ωB = ωC;
(e) ωA = ωB < ωC;

9. Uma fonte sonora F e um observador A se movem com a velocidade vetorial u em relação ao ar. A fonte emite
um som contínuo de frequência fF e o observador detecta, para o mesmo som, uma frequência fA. Assinale a
alternativa correta.

1. Um tubo sonoro está no ar (Vsom= 320 m/s) e emite um som fundamental de frequência 80 Hz. Os dois
harmônicos seguintes são emitidos com frequência respectivamente iguais a 240 Hz e 400 Hz. De acordo com as
afirmativas a seguir:
I. O tubo é certamente fechado em uma das
extremidades.
II. O tubo só emite harmônicos de ordem ímpar.
III. O tubo possui 1,0 m de comprimento.
(a) Todas as afirmativas estão corretas.
(b) Todas as afirmativas estão incorretas.
(c) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
(d) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
(e) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.

2. Considere dois pêndulos compostos por fios inextensíveis e duas esferas de massa M. O pêndulo 1 é formado
por uma pequena esfera e o pêndulo 2 é formado por uma esfera de raio R = L/2 conforme indicado na figura.
3. Um sistema massa-mola é colocado para oscilar de três maneiras diferentes. No caso (A) o sistema está
alinhado
verticalmente, com uma extremidade da mola presa ao teto, no caso (B) horizontalmente com a massa
deslocando-se sobre uma superfície sem atrito e finalmente no caso (C), em um plano inclinado de um ângulo θ ≠
0, onde a massa desloca-se sobre a superfície também sem atrito. Denominando-se os períodos para cada
maneira como TA, TB e TC respectivamente, é correta a opção,
(a) TA > TB > TC;
(b) TA = TB > TC;
(c) TA = TB = TC;
(d) TA < TB = TC;
(e) TA = TB < TC;

4. Três ondas senoidais são geradas continuamente com vibradores em três cordas com a mesma massa específica
linear. As unidades de ym (amplitude), x (posição) e t (tempo) são dadas em metros e segundos respectivamente.
Temos as ondas: yA = 3ymsen[(1m−1)x − (3 s−1)t], yB = 6ymsen[(2m−1)x − (6 s−1)t] e yC = 6ymsen[(1m−1)x − (2
s−1)t]. As tensões em cada corda τA, τB e τC são ordenadas segundo as suas intensidades como
(a) τA > τB > τC;

(b) τA = τB > τC;

(c) τA < τB = τC;

(d) τA < τB < τC;

(e) τA = τB = τC.
5. Considere duas ondas harmônicas numa corda. As ondas têm períodos τ1 e τ2, comprimentos de onda λ1 e
λ2, e são descritas pelas funções

São FALSAS as afirmações:


(a) (i), (iii), (v)
(b) (i), (ii), (iii)
(c) (ii), (iii),(iv)
(d) (i), (iv), (v)
(e) (iii), (iv), (v)
(f) (i), (iii), (iv)
(g) (ii), (iii), (v)

6. Um oscilador obedece a equação de movimento x + x + ω 2 0x = 0. Considere as seguintes afirmações:

São VERDADEIRAS as afirmações


(a) (ii), (iv), (v)
(b) (ii), (iii), (iv)
(c) (i), (iii),(iv)
(d) (i), (iv), (v)
(e) (iii), (iv), (v)
(f) (i), (ii), (v)
(g) (ii), (iii), (v)
𝟏
7. A energia potencial de um oscilador harmônico é dada por U(x) = kx2, cujo gráfico pode ser visto abaixo.
𝟐
Mostra-se também dois valores possíveis da energia mecânica, Ea e Eb, do sistema.

Considere v a velocidade da partícula no caso em que sua energia mecânica é Eb e V a velocidade no caso em que
a energia é Ea. Podemos afirmar que
(a) |V1| > |V2| > |V3| > |V5|, |v3| > |v4|, |V3| > |v3|
(b) |V1| = |V5|, |V3| > |v3|, |v3| > |v4|, |V5| > |v4|
(c) |V1| < |V5|, |V3| < |v3|, |V3| < |v4|, |v4| < |v3|
(d) |V1| = |V5|, |V2| > |V3|, |v3| < |V3|, |v4| < |v3|
(e) |V1| = |V2| = |V3| = |V5| > |v3| = |v4|
(f) |V1| < |V2|, |v4| > |V3|, |V2| > |v3|, |V3| > |v4|
(g) |V1| = |V2| = |V3| = |V5|, |v3| = |v4|

8. Imagine que um trem-bala passe apitando pela plataforma de uma estação. Uma pessoa, parada nessa
plataforma, ouve o apito do trem aproximando-se com frequência de 450 Hz. Após a passagem do trem, a
frequência doa pito parece diminuir para 300 Hz. Qual a velocidade do trem-bala (em m/s)? Considere a
velocidade do som igual a 340m/s.
(a) 68 m/s
(b) 37 m/s
(c) 72 m/s
(d) 68 km/h
(e) 72 km/h

1. Considere dois tubos de mesmo comprimento, um aberto em ambas as extremidades, e o outro, fechado em
uma extremidade. Seja λ1a o comprimento de onda do primeiro modo normal de vibração do ar no tubo aberto
e λ1f o comprimento de onda do primeiro modo normal de vibração do ar no tubo com uma extremidade
fechada. Considere as afirmações:
I. λ 1a > λ1f .
II. λ1a = λ1f .
III. λ1a < λ1f .
IV. A pressão é constante nos extremos do tubo aberto e o deslocamento das moléculas de ar, portanto, é nulo.
V. A pressão é constante nos extremos do tubo aberto e o deslocamento das moléculas de ar, portanto, é máximo.
Qual(is) das afirmações acima é(são) verdadeira(s)?
(a) I.
(b) II.
(c) III.
(d) I e IV.
(e) I e V.
(f) II e IV.
(g) II e V.
(h) III e V.
2. Duas balanças são constituídas, cada uma, por uma mola e um prato, em que se deposita uma massa a ser
medida. Observa-se que para a primeira balança, o prato não oscila, mas a balança demora um certo tempo para
marcar o valor correto depois que a massa é posta no prato. Nota-se também que a segunda balança oscila várias
vezes antes que o prato pare e esse valor possa ser lido. Assinale a alternativa INCORRETA:
(a) Na primeira balança observa-se um regime de amortecimento crítico ou supercrítico.
(b) Na segunda balança observa-se um regime de amortecimento subcrítico.
(c) Quanto mais amortecido o sistema, menos tempo a balança leva para marcar o valor correto.
(d) Se não houvesse nenhum tipo de amortecimento, a balança poderia oscilar por tempo indeterminado.
(e) O valor da massa altera a frequência natural de oscilação do sistema massa+prato+mola.

3. Um experimento para medir a velocidade do som vs consiste em abandonar uma caixa de som de uma altura
determinada h emitindo uma única nota de frequência f0 quando no repouso. Medindo a frequência f com que o
som da caixa chega a um receptor posicionado no ponto inicial do abandono da caixa, determinamos a expressão
de vs como função da altura da queda h e da aceleração da gravidade g. Quanto vale vs? O som de frequência f é
mais grave ou mais agudo que f0?

4. Uma forma de medir a massa m de um objeto em uma estação espacial é suspendê-la por um sistema elástico.
Primeiramente o astronauta mede a frequência f0 de oscilação do sistema elástico com uma massa m0 conhecida.
Depois, a massa m (desconhecida) é adicionada ao sistema e uma nova medida de frequência, f, de oscilação é
tomada. Qual o valor da massa m em função dos dois valores de frequência medidos?

6. Considere as seguintes afirmações a respeito de osciladores.


I. Qualquer força restauradora pode ser aproximada pela Lei de Hooke para uma região arbitrariamente pequena
ao redor do ponto de equilíbrio.
II. Um pêndulo ideal possui sempre o mesmo período qualquer que seja a amplitude de oscilação.
III. Um mesmo pêndulo torcional possui um período de oscilação menor na superfície da Lua do que na superfície
da Terra. Quais destas propriedades são corretas?
(a) Nenhuma.
(b) Apenas (I).
(c) Apenas (II).
(d) Apenas (III).
(e) (I) e (II).
(f) (I) e (III).
(g) (II), (III).
(h) (I), (II) e (III).

𝟏
7. Duas massas m0 e m1 = 𝟒m0 são postas para oscilar, presas a molas idênticas, respectivamente com energias E0
e E1 = 4E0. Sobre os períodos de oscilação τi, as amplitudes do movimento Ai e sobre as velocidades máximas
atingidas vi, podemos afirmar que
(a) τ1 > τ0, A1 > A0, v1 > v0
(b) τ1 > τ0, A1 > A0, v1 < v0
(c) τ1 > τ0, A1 < A0, v1 > v0
(d) τ1 > τ0, A1 < A0, v1 < v0
(e) τ1 < τ0, A1 > A0, v1 > v0
(f) τ1 < τ0, A1 > A0, v1 < v0
(g) τ1 < τ0, A1 < A0, v1 > v0
(h) τ1 < τ0, A1 < A0, v1 < v0

8. Marque a alternativa VERDADEIRA:


(a) Sons graves e sons agudos são distinguidos pela que chamamos de altura do som. Desde que altura do som é
medida pela amplitude, sons mais agudos possui uma amplitude maior do que sons mais graves.
(b) A propriedade que nos permite distinguir a nota lá emitida por um piano e a nota lá emitida por um violão, sendo
ambas de mesma frequência f= 440 Hz é o timbre.
(c) O fenômeno de batimento é causado pela sobreposição de duas ondas de mesma amplitude, mas com
frequências angulares w muito diferente.
(d) A intensidade do som não está diretamente relacionada com a sua amplitude.
(e) Nenhuma das alternativas anteriores.

9. Duas ondas descritas pelas funções yi(x; t) = Ai cos(kx - ωt + δi), onde i = 1; 2, interferem. Seja Ii a intensidade
de uma das ondas. Considere também Imax e Imin como os valores de interferência construtiva máximo e destrutiva
mínimo. Em qual dos casos abaixo a intensidade da onda resultante NÃO é igual à 3I1?

1. Marque a opção que indica quais das afirmativas abaixo estão INCORRETAS:
I. A soma de duas ondas estacionárias quaisquer também apresenta nós permanentes.
II. Um pulso em uma corda é invertido ao ser refletido em uma extremidade fixa.
III. A velocidade de propagação de uma onda mecânica depende da intensidade da força restauradora sobre as
partículas do meio.
(a) Somente I.
(b) Somente II.
(c) Somente III.
(d) Somente I e II.
(e) Somente II e III.
(f) Somente I e III.
(g) Todas estão corretas.
(h) Nenhuma está correta.

2. Marque a alternativa INCORRETA:


(a) Uma onda estacionária pode ser descrita como a combinação de duas ondas progressivas de mesma frequência e
sentidos opostos se propagando com a mesma velocidade.
(b) A combinação de duas ondas harmônicas progressivas de mesmo sentido e frequências ligeiramente diferentes,
se propagando com a mesma velocidade, resulta em uma onda progressiva com amplitude variável.
(c) A amplitude da onda resultante da interferência de duas ondas progressivas depende da diferença de fase entre
as duas.
(d) A amplitude da onda resultante da interferência de duas ondas progressivas depende da amplitude de cada uma.
(e) A amplitude da onda resultante da interferência de duas ondas progressivas com sentidos opostos é sempre zero.

7. Três osciladores têm frequências angulares ω1 < ω2 <ω3 < ω, onde ω é a frequência de uma força externa
harmônica F(t) = Fo cos ωt a eles aplicada. Sobre as respectivas amplitudes A1, A2 e A3, das oscilações no regime
estacionário, podemos afirmar que
(a) A3 < A2 < A1.
(b) A3 > A2 > A1.
(c) A1 = A2 = A3.
(d) A1 < A2 e A3 < A2.
(e) A1 > A2 e A3 > A2.

8. Considere um carro movendo-se com velocidade u em direção a uma parede, conforme a figura. O carro tem
uma sirene, que está ligada, e emite som de frequênciaν0. Um observador parado, junto à parede, recebe as
ondas sonoras e mede uma frequência ν1. As ondas refletidas pela parede são recebidas pelo motorista do carro,
que mede uma frequência ν2. Marque a alternativa correta:

2. Considere duas fontes que produzem ondas sonoras com frequência v0. Como mostrado na figura abaixo,
as fontes 1 e 2 se movem para direita e esquerda, respectivamente, com a mesma velocidade v. A velocidade do
som é dada por cs. Qual é a frequência de batimento medida pelo observador?
5. Assinale a alternativa correta a respeito de um bloco preso a uma mola na presença de amortecimento e na
ausência de quaisquer forças externas.
(a) Quanto maior o coeficiente de dissipação tanto mais rápido o sistema tende ao equilíbrio.
(b) A energia cinética do bloco decresce em todos os instantes de tempo.
(c) Para saber se o amortecimento é crítico, supercrítico ou subcrítico devemos analisar as condições iniciais.
(d) No regime subcrítico a posição ocupada pelo bloco pode ser um número imaginário.
(e) A energia mecânica do bloco não cresce em todos os instantes de tempo.

6. Considere a onda y(x, t) = 2 cos(3x − t). A superposição com qual das ondas a seguir produz uma onda
estacionária?

7. Coloca-se um bloco em uma balança, composta por um prato apoiado sobre uma mola, deslocando sua posição
de equilíbrio de 2,5 m. Em seguida, um pequeno impulso faz a balança oscilar harmonicamente. Desconsiderando-
se efeitos de amortecimento e o peso do prato da balança, e considerando a aceleração da gravidade g = 10 m/s2,
qual deve ser a frequência angular de oscilação do sistema balança-bloco?
(a) 20 Hz.
(b) 10 Hz.
(c) 5 Hz.
(d) 2 Hz.
(e) 1 Hz.

1. Sejam duas cordas com densidades de massa linear μ1 e μ2, tensão T1 e T2 e comprimento l1 e l2. Qual
tensão T1, expressa em função dos outros parâmetros do problema, a primeira corda deve ter para excitar, a
partir da sua frequência fundamental, a frequência fundamental da segunda corda?
2. Um bloco de massa m está preso a uma mola de constante k e realiza pequenas oscilações em torno de sua
posição de equilíbrio. Uma força externa proporcional à aceleração do bloco e dada por F = αa passa a atuar
sobre o sistema. Podemos afirmar que

3. Uma onda harmônica de frequência f e amplitude A se propaga da direita para a esquerda numa corda de
massa m e comprimento L submetida a uma tensão F. Qual das funções de onda abaixo pode descrever esta
onda?

5. Uma esfera de raio r oscila em um vale em torno de sua posição de equilíbrio. Considere duas situações
distintas: (1) A oscilação se dá sem atrito da esfera com o solo e a frequência do movimento é ω1. (2) A esfera
rola sem deslizar e a frequência do movimento é ω2. Assinale a afirmativa correta.
(a) ω1 = ω2.
(b) ω1 > ω2.
(c) ω1 < ω2.
(d) É impossível comparar ω1 e ω2 sem conhecermos a massa e o momento de inércia da esfera.

6. Uma pessoa oscila a extremidade de uma corda com frequência f. Ela observa que leva um tempo ∆t para que
comece a chegar a onda refletida por uma parede distante L dela. Qual o comprimento da onda gerada pela
pessoa?

4. Uma ambulância trafega em alta velocidade com a sirene ligada produzindo um som de frequência f0 =400 Hz.
Na rua há uma pessoa parada. Ele vê a ambulância aproximando-se com uma velocidade de 30 m/s. Se a
velocidade do som nas condições locais de temperatura e pressão é de 330 m/s, a pessoa na rua percebe então
uma frequência f1 e o motorista da ambulância percebe a frequência f2, tem-se como correta a opção:
(a) f1 = 440 Hz e f2 = 450 Hz;
(b) f1 = 40 Hz e f2 = 440 Hz;
(c) f1 = 340 Hz e f2 = 440 Hz;
(d) f1 = 450 Hz e f2 = 450 Hz;
(e) f1 = 440 Hz e f2 = 400 Hz;
(f) f1 = 360 Hz e f2 = 400 Hz;

5. Um tubo cilindro e de seção reta uniforme, tem suas extremidades abertas e em contato com o ar. Uma onda
sonora no seu interior apresenta modos normais de vibração de frequências fn, onde n = 1, 2, 3 . . . . Ao
fecharmos uma de suas extremidades com uma parede fixa, seus modos normais passam a ter frequências f′ n,
onde n = 1, 2, 3 . . . . Qual a razão entre as frequências do n-ésimo modo normal de vibração nas duas situações,
rn = f′ n/fn? Quando esta razão se aproxima de 1?
(a) rn = 1/[1−1/(2n)]. Para frequências suficientemente baixas.
(b) rn = 1 − 1/(2n). Para frequências suficientemente altas.
(c) rn = 1/(1 − 1/n). Para frequências salientemente baixas.
(d) rn = 1−1/n. Para frequências suficientemente altas.
(e) rn = 1/2. Para nenhuma frequência.

6. Uma onda harmônica viajando em uma corda é refletida em uma de suas extremidades. Sabendo que a onda
refletida mantém a amplitude e a frequência da onda incidente, assinale a alternativa INCORRETA.
(a) A onda refletida transporta a mesma potência média que a onda incidente. Porém, ela transporta energia no
sentido oposto.
(b) A onda refletida interferirá com a onda incidente, gerando uma onda estacionária.
(c) Se a extremidade da corda em questão for fixa, a interferência entre as ondas incidente e refletida será destrutiva
nesta extremidade.
(d) As duas ondas encontram-se em fase na extremidade da corda em questão se ela for fixa.
(e) A potência transmitida pela combinação das ondas incidente e refletida é nula em média, mas não a cada ponto e
instante.

2. Duas ondas de frequências f1 e f2, ligeiramente diferentes (f1 ≃ f2) e de mesma amplitude ao se propagarem
na mesma direção e sentido produzem o fenômeno de batimentos. Afirma-se que:
I. Há regiões, na escala de tempo, que hora as duas ondas estão em fase, hora estão fora de fase.
II. A frequência dos batimentos é dada pela diferença das frequências das duas ondas.
III. O período dos batimentos é dado pela diferença dos períodos dos batimentos das ondas.
A opção correta segundo as afirmativas é
(a) todas estão corretas;
(b) somente (I) e (II) estão corretas;
(c) somente (II) e (III) estão corretas;
(d) somente (III) está correta;
(e) somente (II) está correta.

7. Seja x = − γx− ω 2 0x a equação diferencial que descreve um oscilador harmônico amortecido. Considere as 3
situações: γ = 2ω0, γ = 4ω0 e γ = √2ω0. Esses regimes correspondem, respectivamente, aos casos:
(a) subcrítico, supercrítico e crítico
(b) subcrítico, crítico e supercrítico
(c) supercrítico, subcrítico e crítico
(d) crítico, subcrítico e supercrítico
(e) crítico, supercrítico e subcrítico
(f) subcrítico, subcrítico e crítico

8. Três cordas de mesma massa específica linear transportam uma onda senoidal de mesma frequência f. As
tensões nas cordas e as amplitudes da onda em cada corda são: corda A tensão 10N, amplitude de 1mm; corda B
tensão 40N, amplitude 1mm e corda C tensão 10N, amplitude 4mm. A ordem das cordas da onda de maior
potência média para menor potência média é
(a) A, B e C;
(b) C, B e A;
(c) A, C e B;
(d) B, C e A;
(e) C, A e B.

1. Considere as seguintes afirmações a respeito de ondas sonoras.


I. Batimentos ocorrem quando duas ondas cujas frequências são múltiplos inteiros uma da outra se sobrepõem.
II. Pode existir um som cujo nível de intensidade sonora seja -10 dB.
III. A propagação das ondas sonoras no ar se dá por um processo adiabático. Quais destas propriedades são
corretas?
(a) Nenhuma.
(b) Apenas (I).
(c) Apenas (II).
(d) Apenas (III).
(e) (I), (II) e (III).
(f) Apenas (I) e (II).
(g) Apenas (I) e (III).
(h) Apenas (II) e (III).
2. Consideremos uma mola com 2 constantes elásticas: k1, quando é esticada e k2, quando
comprimida, tal que:

6. Um oscilador harmônico simples tem amplitude xm, atinge velocidade máxima de vm e possui aceleração
máxima am. Num dado instante de tempo, qual das opções abaixo pode representar sua posição, sua velocidade
e sua aceleração, respectivamente?

7. Uma fonte sonora emite uma onda esférica de modo que um pequeno detector, situado a uma distância r1 da
fonte, mede uma intensidade sonora de I1. Nessa posição, a amplitude da onda de pressão sonora é P1. Para uma
distância r2 = 3r1 do centro de emissão, esse mesmo detector mede uma intensidade I2 e amplitude de pressão
P2, respectivamente iguais a
(a) I1, P1.
(b) I1=3, P1=9.
(c) I1=3, P1=3.
(d) I1=9, P1=3.
(e) I1=9, P1=9.

9. Um torcedor em um vagão do trem em direção ao maracanã assopra uma corneta vuvuzela gerando uma nota a
uma frequência de 235 Hz. Sabendo que a velocidade do vagão é de 20 m/s e a velocidade do som é de 340 m/s,
podemos dizer que a frequência fP do som recebido por um passageiro encostado na parede da estação Maracanã
e a frequência fR do som refletido pela parede até a fonte são dadas respectivamente por:
(a) fP ~ 250 Hz e fR ~ 221 Hz.
(b) fP ~ 222 Hz e fR ~ 235 Hz.
(c) fP ~ 235 Hz e fR ~ 247 Hz.
(d) fP ~ 250 Hz e fR ~ 235 Hz.
(e) fP ~ 222 Hz e fR ~ 209 Hz.
(f) fP ~ 222 Hz e fR ~ 264 Hz.
(g) fP ~ 250 Hz e fR ~ 264Hz.
(h) Nenhuma das anteriores.

8. A respeito de um oscilador harmônico sujeito a uma força externa harmônica, podemos afirmar que:
(a) Se houver amortecimento, a amplitude do movimento do oscilador é sempre constante com o tempo.
(b) O oscilador sempre se moverá com a sua frequência angular natural, independente da força externa.
(c) A amplitude do movimento do oscilador é independente da sua massa.
(d) A energia mecânica do oscilador é sempre constante.
(e) Se não houver amortecimento, a amplitude do movimento do oscilador tende a infinito quando a frequência da
força externa tende a frequência natural do oscilador.

1. Considere as seguintes afirmativas:


I - Quando uma onda se propagando em uma corda atinge uma extremidade livre a onda refletida tem o mesmo
perfil da onda incidente, invertido na direção de propagação.
II - Em uma corda formada por dois materiais com densidades diferentes, qualquer onda progressiva é
parcialmente refletida ao atingir a junção entre os dois materiais.
III - Em uma corda com ambas as extremidades fixas é possível manter uma onda progressiva por um intervalo de
menor que o necessário para que ela atinja uma das extremidades.
Marque a alternativa correta.
(a) Somente a I está correta.
(b) Somente a II está correta.
(c) Somente a III está correta.
(d) I e II estão corretas.
(e) I e III estão corretas.
(f) II e III estão corretas.
(g) Todas estão corretas.
(h) Nenhuma está correta.

4. Considere um sistema massa-mola sujeito a uma força externa harmônica, com amplitude, frequência e
constante de fase fixas. Marque a alternativa que descreve um procedimento para minimizar os efeitos de
ressonância.
(a) Aumentar a constante de amortecimento do oscilador.
(b) Diminuir a amplitude inicial do oscilador.
(c) Garantir que o oscilador esteja inicialmente defasado em relação à força externa.
(d) Trocar a mola para que a frequência natural do sistema seja igual à da força externa.
(e) Diminuir a constante de amortecimento do oscilador.

4. Numa corda de 60 cm de comprimento com ambas as extremidades fixas observa-se a formação de modos
normais consecutivos de frequências 400 Hz e 500 Hz. A velocidade das ondas nesta corda é:
(a) 120 m/s
(b) 60 m/s
(c) 480 m/s
(d) 340 m/s
(e) 100 m/s
6. Um trem de ondas passa por um certo ponto de observação e o intervalo entre as cristas é de 0, 2 s. Qual das
seguintes afirmativas é correta?
(a) O comprimento de onda é de 5 m.
(b) A frequência é de 5 Hz.
(c) A velocidade de propagação é de 5 m/s.
(d) O comprimento de onda é de 0, 2 m.
(e) Não há informação suficiente para justificar nenhuma das afirmações anteriores.

2. As seis cordas de uma guitarra são de mesmo comprimento, mesmo material e estão sob a mesma tensão, mas
possuem espessuras diferentes. Em qual das cordas as ondas geradas por um mesmo pulso se propagam mais
rápido?
(a) Na corda mais espessa, pois tem massa maior.
(b) Na corda mais fina, pois tem massa menor.
(c) A velocidade de propagação da onda é a mesma para todas as cordas, pois não depende da espessura.
(d) A velocidade de propagação da onda é a mesma para todas as cordas, pois só depende da tensão.
(e) Nada se pode afirmar, pois não conhecemos a amplitude do pulso.

6. Um objeto de massa m pode se deslocar ao longo do eixo Ox e está preso a uma mola ideal que obedece a lei
de Hooke Fel = −kx, onde k > 0 é a constante elástica da mola. Em um determinado instante de tempo, passa a
atuar sobre ele também uma força externa que varia linearmente com a posição Fext = −qx + c, onde q e c são
constantes tais que q > 0 e c > 0. No regime estacionário, é correto afirmar que a frequência w de oscilações e a
posição de equilíbrio x = x0 deste sistema serão:
7. Duas massas idênticas são postas em movimento sobre dois trilhos retos distintos, sob a ação das forças de
duas molas, I e II, também distintas, uma presa a cada massa. Os dois gráficos abaixo mostram as componentes
das forças na direção dos trilhos, FI (esquerda) e FII (direita), com que cada mola responde a mudanças nas
posições, xI e xII, das massas em suas respectivas extremidades. Assinale a alternativa correta se nenhuma outra
força sobre as massas é relevante para seu movimento.

9. Um objeto de massa m pode se mover ao longo do eixo Ox sujeito a uma força Fx = F0 cos(Ω t)− γmx˙−mω2x,
onde Ω, ω e γ são constantes não-negativas. A respeito do movimento subsequente deste objeto são realizadas as
seguintes afirmativas:
13. Um dispositivo sempre presente em submarinos é o sonar. Ele pode ser usado para determinar a posição e a
velocidade de objetos distantes com boa precisão. O seu mecanismo de funcionamento consiste em enviar um
sinal sonoro em alta frequência (a cima do audível) e esperar a resposta do eco. Medindo a frequência do eco e o
intervalo de tempo desde que o sinal foi enviado até a resposta, é possível determinar, respectivamente, a
velocidade e a posição do objeto. Considere que um submarino em repouso em relação à água emite um sinal de
frequência f0 e detecta a presença de uma placa cuja posição oscila harmonicamente em torno de uma dada
posição de equilíbrio fixa em relação à água do mar. Sobre a frequência de resposta fr detectada pelo sonar, é
correto afirmar que:
(a) fr é maior que fi quando a placa se aproxima e menor quando a placa se afasta.
(b) fr é menor que fi quando a placa se aproxima e maior quando a placa se afasta.
(c) fr é menor que fi quando a placa se aproxima e quando ela se afasta.
(d) fr é maior que fi quando a placa se aproxima e quando ela se afasta.
(e) fr é igual que fi quando a placa se aproxima e quando ela se afasta.

1. Uma corda vibra com o padrão dado pela figura 1. Nesta corda a tensão é τ1. Uma corda 2 submetida a uma
tensão τ2 > τ1 é aproximada da corda 1 e passa a vibrar em ressonância com a corda 1 na mesma frequência.
Dos padrões apresentados nas figuras (A), (B), (C) e (D) o que corresponde a ressonância é

(a) A;
(b) B;
(c) C;
(d) D;
(e) nenhuma das figuras
2. Um oscilador obedece a equação de movimento abaixo:

Sobre esse sistema são feitas as seguintes afirmações:

7. Uma mola ideal de constante elástica k é pendurada ao teto e tem comprimento natural ℓ0. Num dado
instante pendura-se uma massa m na sua extremidade livre. Esta massa é, então, liberada a partir do repouso.
Considerando a frequência angular ω, amplitude Ym e a o módulo da aceleração tem-se, para qualquer instante
de tempo:
9. Um pulso propaga-se em uma corda dado pela relação h(x−5t), com x em centímetros e t em segundos, cuja
forma é mostrada na figura pelo gráfico de h(x−5t) em função da posição para t = 0 s. Quando o pulso avança ao
passar pela posição 6 cm, este ponto adquire as velocidades de subida vA e de descida vD, respectivamente. A
opção correta neste caso é:

3. Uma fonte sonora em repouso emite um som com bastante intensidade sonora. Seja vS a velocidade do som.
Três ouvintes A, B e C estão próximos à fonte mas se afastando com velocidades vA = vS=2, vB = vS e vC = 2vS.
I. O ouvinte A ouve o som mais agudo do que ele é emitido.
II. O ouvinte B ouve o som na mesma frequência de emissão.
III. O ouvinte C ouve o som na mesma frequência de emissão, mas ouve o som “de trás para a frente”.
Quais destas propriedades são CORRETAS?
(a) Nenhuma.
(b) Apenas I.
(c) Apenas II.
(d) Apenas III.
(e) Apenas I e II.
(f) Apenas I e III.
(g) Apenas II e III.
(h) Todas.

5. Podemos dizer que a seguinte equação pode representar uma onda propagante?

onde a, b e c são constantes. Se sim, qual o seu sentido e sua velocidade? Considere o eixo X crescente para a
direita.
(a) Sim. Direita e v = ab.
(b) Não.
(c) Sim. Direita e v = b=c.
(d) Sim. Esquerda e v = b.
(e) Sim. Esquerda e v = ab.
(f) Sim. Esquerda e v = b=c.
(g) Sim. Direita e v = b.

7. O que se pode dizer sobre uma onda em uma corda cujas duas metades são de materiais e dimensões
diferentes?
I. A velocidade de propagação deve ser a mesma nas duas metades.
II. A frequência deve ser igual nas duas metades.
III. O período deve ser igual nas duas metades.
IV. O comprimento de onda deve ser igual nas duas
metades.
(a) Somente II e III.
(b) Somente II.
(c) Somente I e IV.
(d) Somente I.
(e) Somente IV.
(f) Somente I e II.
(g) Somente III e IV.
(h) Somente I, II e IV.

10. Um objeto de massa m está preso a uma mola ideal de constante elástica k e se move no eixo Y. Ele também
está sujeito a uma força de amortecimento proporcional à velocidade Fr = - py, onde p é uma constante positiva.
Sobre este sistema, são feitas as seguintes afirmativas:

11. Um tubo aberto em ambas as extremidades está em ressonância no segundo harmônico com frequência f. Se
uma das extremidades for fechada, a frequência de ressonância se torna f0. Qual a ordem do menor harmônico
que satifaz f0 > f?
(a) n = 1.
(b) n = 2.
(c) n = 3.
(d) n = 4.
(e) n = 5.
(f) n = 6.
(g) n = 7.
(h) Nenhuma das anteriores.