Você está na página 1de 25

Matemática Básica

Professor conteudista: Renato Zanini


Sumário
Matemática Básica
Unidade I
1 OS NÚMEROS REAIS: REPRESENTAÇÕES E OPERAÇÕES....................................................................2
2 EXPRESSÕES LITERAIS E SUAS OPERAÇÕES ............................................................................................6
3 RESOLVENDO EQUAÇÕES ...............................................................................................................................7
4 RESOLVENDO INEQUAÇÕES ........................................................................................................................ 13
5 REGRA DE TRÊS SIMPLES: RELAÇÃO DIRETA E INVERSA ENTRE GRANDEZAS ...................... 17
6 PORCENTAGEM: CONCEITOS FUNDAMENTAIS .................................................................................... 19
Unidade II
7 FUNÇÕES MATEMÁTICAS E SUAS REPRESENTAÇÕES ...................................................................... 22
8 FUNÇÃO DO 1º GRAU .................................................................................................................................... 25
9 FUNÇÃO DO 2º GRAU .................................................................................................................................... 31
10 SISTEMA DE EQUAÇÕES (PONTO DE INTERSEÇÃO) ......................................................................... 35
MATEMÁTICA BÁSICA

Unidade I
APRESENTAÇÃO

Caro aluno,

Sua visitação por conteúdos matemáticos já estudados


no Ensino Fundamental e Médio contemplará o objetivo
geral da disciplina Matemática Básica que, por sua vez,
5 deseja capacitá-lo na operação com formulações e modelos
matemáticos, no desenvolvimento do raciocínio lógico,
espírito de investigação e habilidade em solucionar problemas,
além de fazê-lo se familiarizar com símbolos, métodos e
técnicas matemáticas que ajudem a estimular, organizar o
10 pensamento e, portanto, oferecer “ferramentas” necessárias
para futuras aplicações da matemática nas diferentes áreas
profissionais.

O material apresentado a seguir está dividido em duas


partes. Primeiramente, estudaremos os conjuntos numéricos,
15 suas operações e a resolução de equações e inequações, além de
algumas aplicações utilizando regra de três simples e números
percentuais. Em seguida, na segunda parte, abordaremos o
conceito de Função e suas representações.

Os conteúdos estão apresentados de forma didática e por


20 meio de exemplos. Sugere-se, como complemento de estudo, a
utilização de outras bibliografias.

Observação: durante as aulas (estudos e provas), se for


necessário, utilize apenas uma simples calculadora para
facilitar os cálculos.

1
Unidade I

1 OS NÚMEROS REAIS: REPRESENTAÇÕES E


OPERAÇÕES

Representações

Os números que utilizamos diariamente em nossa vida são


organizados por meio de conjuntos. Veja:

• conjunto dos números naturais: N = {0; 1; 2; 3; 4;...};

5 • conjunto dos números inteiros (Z): o conjunto dos números


inteiros é formado por todos os elementos do conjunto dos
números naturais (números inteiros positivos) e também
por todos os números inteiros negativos: Z = {...; –4; –3;
–2; –1; 0; 1; 2; 3; 4; ...};

10 • conjunto dos números racionais (Q): um número racional


é representado por meio de uma fração. Por exemplo:
1 3 6 4 3 5 2 8 1 7.
; ; ;− ;− ; ; ;− ; ;
2 4 5 3 2 1 1 1 3 9

Toda fração pode ser representada de outra maneira se


dividirmos o seu numerador pelo seu denominador. Observe os
15 exemplos abaixo:

1 3 −3
= 1: 2 = 0, 5 = 3 : 4 = 0, 75 = −3 : 2 = −1, 5
2 4 2

5 −8
= 5 :1= 5 = −8 : 1 = −8
1 1

1
= 1: 3 = 0, 3333... (dízima periódica)
3

7
= 7 : 9 = 0, 7777... (dízima periódica)
9

2
MATEMÁTICA BÁSICA

Portanto, podemos dizer que o conjunto dos números


racionais (Q) é formado pelo conjunto dos números inteiros (que
podem ser representados na forma de fração) e também por
números “não inteiros” que, necessariamente, são representados
5 por meio de frações e de números decimais;

• conjunto dos números irracionais (Ir): o conjunto dos


números irracionais é formado por números que não
se podem expressar como quocientes de dois números
inteiros, ou seja, não se podem expressar por meio de
10 fração. Por exemplo: se a raiz quadrada de um número
natural não for inteira, é irracional.

Logo, são irracionais √2, √3, √5, √7, √8, √10 e outros.

Tais números são representados por dízimas infinitas e não


periódicas. Veja:

15 √2 = 1,4142135... √3 = 1,7320508... √5 = 2,2360679...;

• conjuntos dos números reais (R): reunindo o conjunto


dos números irracionais (Ir) e o conjunto dos números
racionais (Q), obtemos o conjunto dos números reais (R).

A representação dos números reais na reta numérica:

20 –5 –4 –3 –2 –1 0 1 2 3 4 5 Reais

Observação: vale lembrar que, entre dois números reais


inteiros, existem infinitos outros números reais.

Operações – relembrando através de exemplos

“Multiplicação” e “Divisão” em primeiro lugar:

25 2 + 5 . 7 = 2 + 35 = 37 10 – 15 : 3 = 10 – 5 = 5

3
Unidade I

Distributiva:

3 . (4 + 6) = 3 . 4 + 3 . 6 = 12 + 18 = 30

5 . (10 – 6) = 5 . 10 + 5 . (–6) = 50 – 30 = 20

Os sinais:

5 – 7 – 4 = –11 –7 +4=–3 7–4=3

(– 7) . (– 4) = +28 (–7) . (+4) = –28 7 . (– 4) = –28

(– 7) : (– 4) = +1,75 (–7) : (+4) = –1,75 7 : (– 4) = –1,75

Potências:

102 = 10 . 10 = 100

10 2 . 102 = 2 . (10.10) = 2.100 = 200

(–10)2 = (–10) . (–10) = 100

–102 = – (10 . 10) = –100

53 = 5 . 5 . 5 = 125

(–5)3 = (–5) . (–5) . (–5) = –125

15 91/2 = √9 = 3

Frações e representações decimais:


2 5 7
+ = = 7 : 3 = 2, 333... ≅ 2, 3
3 3 3

1 3 2 3 5
+ = + = = 5 : 4 = 1, 25
2 4 4 4 4

4
MATEMÁTICA BÁSICA

(Obs.: a fração ½ é equivalente à fração 2/4)

2 4 2⋅4 8
⋅ = = = 8 : 15 = 0, 5333... ≅ 0, 53
3 5 3 ⋅ 5 15

1 3 1 6 6
: = ⋅ = =1
2 6 2 3 6

(Obs.: multiplica-se a primeira fração pela inversa da segunda)

5 As raízes:

√8 . √2 = √16 = 4

√8 : √2 = √4 = 2

√8 + √2 ≅ 2,83 + 1,41 ≅ 4,24 (Obs.: √8 + √2 ≠ √10)

√8 – √2 ≅ 2,83 – 1,41 ≅ 1,42 (Obs.: √8 – √2 ≠ √6)

10 (√8)2 = 8

√3 + √3 = 2.√3 ≅ 2 . 1,73 ≅ 3,46

Subconjuntos de R – Interpretando a simbologia:

A = {x ∈ R | x > –3} Quais são os elementos do conjunto A?

Resp.: elementos “x” pertencentes ao conjunto dos números


15 reais, tal que “x” são elementos reais maiores que –3.

B = {x ∈ R | x ≤ –2} Quais são os elementos do conjunto


B?

Resp.: elementos “x” pertencentes ao conjunto dos números


reais, tal que “x” são elementos reais menores ou iguais a –2.

5
Unidade I

C = {x ∈ R | –8 < x < –3} Quais são os elementos do conjunto C?

Resp.: elementos “x” pertencentes ao conjunto dos números


reais, tal que “x” são elementos reais maiores que –8 (pois
-8 < x) e menores que –3 (pois x < –3), ou seja, elementos reais
5 que estão entre os números –8 e –3.

2 EXPRESSÕES LITERAIS E SUAS OPERAÇÕES

Utilizamos as letras para representar ou traduzir, em


linguagem matemática, as operações estudadas em aritmética.
Tais representações são “ferramentas” muito úteis na resolução
de problemas. Para relembrar:

10 • valor numérico de expressões literais:

Considere: y = x2 + 2x
Qual o valor de y quando x = 2?

Resp.: y = (2)2 + 2.(2) = 4 + 4 = 8

Considere: p = m3 – 4m2 + 3m + 5
15 Qual o valor de p quando m = 3?

Resp.:
p = (3)3 – 4.(3)2 + 3.(3) + 5 = 27 – 4.(9) + 9 + 5 = 27 – 36 + 9 + 5 = 5

• operações com expressões literais:

x . x = x2

20 x + x = 2x

(5b + 3c – a) + (3a – 4b – 2c) = 5b + 3c – a + 3a –4b – 2c = b + c + 2a

– (6x + 12y) = – 6x – 12y

6
MATEMÁTICA BÁSICA

– (–5x + 3y) = + 5x – 3y

(9x + 15y) – (6x + 12y) = 9x + 15y – 6x – 12y = 3x + 3y

(3c) . (–4c) = –12c2

2.(3x + 4y) = 6x + 8y

5 3c . (4c – 2c2) = 12c2 – 6c3

(2x + 3y).(5x – 3y) = 10x2 – 6xy + 15xy – 9y2 = 10x2 + 9xy – 9y2

(12x3) : (3x) = 4x2

• produtos notáveis:

(a + b)2 = (a + b).(a + b) = a2 + ab + ab + b2 = a2 + 2ab + b2

10 (a – b)2 = (a – b).(a – b) = a2 – ab – ab + b2 = a2 – 2ab + b2

(a + b).(a – b) = a2 – ab + ab – b2 = a2 – b2

3 RESOLVENDO EQUAÇÕES

As equações são igualdades envolvendo expressões literais.


Por meio da resolução de uma equação, pode-se encontrar um
valor desconhecido. Veja:

15 Exemplo 1:

2y + 6 = 10 (Vamos encontrar “y”)

2y + 6 – 6 = 10 – 6

2y = 4
2y 4
=
2 2
20 y=2

7
Unidade I

Exemplo 2:

5x + 3 = 2x + 6 (Vamos encontrar “x”)

5x + 3 – 3 = 2x + 6 – 3

5x = 2x + 3

5 5x – 2x = 2x – 2x + 3

3x = 3

3x 3
=
3 3
x=1

Exemplo 3:

10 – 2m + 3 = 4m + 6 (Vamos encontrar “m”)

– 2m + 3 – 3 = 4m + 6 – 3

– 2m = 4m + 3

– 2m – 4m = 4m – 4m + 3

– 6m = +3

−6m +3
15 =
−6 −6

3 1
m = − = − = −0, 5
6 2

8
MATEMÁTICA BÁSICA

Exemplo 4:

14 = 2p + 3 (Vamos encontrar “p”)

14 – 3 = 2p + 3 – 3

11 2p
=
2 2
11
5 =p
2
5,5=p

Exemplo 5:

2.(3t + 5) = 4.(t – 3) (Vamos encontrar “t”)

6t + 10 = 4t – 12

10 6t + 10 – 10 = 4t – 12 – 10

6t = 4t – 22

6t – 4t = 4t – 22 – 4t

2t = – 22

2t −22
=
2 2

15 t = –11

Exemplo 6:

4n + 10 = 0 (Vamos encontrar “n”)

4n + 10 – 10 = 0 – 10

9
Unidade I

4n = –10

4n 10
=−
4 4

10 5
n= − = − = −2, 5
4 2

Exemplo 7 (Equação do 2º grau):

5 x2 – 6x = – 5 (Vamos encontrar “x”)

x2 – 6x + 5 = – 5 + 5 → x2 – 6x + 5 = 0

a=1 b = –6 c = +5

∆ = b2 – 4.a.c

∆ = (–6)2 – 4.(1).(5)

10 ∆ = 36 – 20 = 16

−b + − ∆
x=
2⋅a

− ( −6 ) + 16 6 + 4 10
x’ = = = =5
2 ⋅ (1) 2 2

− ( −6 ) − 16 6 − 4 2
x" = = = =1
2 ⋅ (1) 2 2

Exemplo 8 (Equação do 2º grau):

15 x2 – 9 = 0 (Vamos encontrar “x”)

a=1 b=0 c=–9

10
MATEMÁTICA BÁSICA

∆ = b2 – 4.a.c

∆ = (0)2 – 4.(1).(–9)

∆ = 0 + 36 = 36

−b + − ∆
x’ =
2⋅a

− (0) + 36 −0 + 6 6
5 x’ = = = =3
2 ⋅ (1) 2 2

− (0) − 36 −0 − 6 −6
x" = = = = −3
2 ⋅ (1) 2 2

Exemplo 9 (Equação do 2º grau):

2x2 + x = 0 (Vamos encontrar “x”)

a=2 b=1 c=0

10 ∆ = b2 – 4.a.c

∆ = (1)2 – 4.(2).(0)

∆=1–0=1

−b + − ∆
x’ =
2⋅a

− (1) + 1 −1 + 1 0
x’ = = = =0
2 ⋅ (2) 4 4

15 − (1) − 1 −1 − 1 −2 −1
x" = = = =
2 ⋅ (2) 4 4 2

11
Unidade I

As equações são ferramentas auxiliares na resolução de


vários problemas envolvendo a matemática e o cotidiano. Por
exemplo:

a) A soma de nossas idades atualmente é 45. Calcule-as,


5 sabendo que sou 7 anos mais velho do que você.

Resolução:

Seja: x......minha idade atual e x – 7.......sua idade atual.

x + (x – 7) = 45

x + x – 7 = 45

10 2x – 7 = 45

2x – 7 + 7 = 45 + 7

2x = 52

2x = 52
2 2

x = 26

15 Portanto, a minha idade atual é 26 anos e a sua idade atual


é 26 – 7 = 19 anos.

b) A relação entre o preço de venda e a quantidade vendida


de um produto é dada pela equação: Q = 100 – 4p. Determinar
a quantidade de produtos vendidos para p = R$ 15,00.

Resolução:

20 Q = 100 – 4p

12
MATEMÁTICA BÁSICA

Q = 100 – 4.(15)

Q = 100 – 60 = 40 unidades do produto.

c) A relação entre o preço de venda e a quantidade vendida


de um produto é dada pela equação: Q = 100 – 4p.
5 Determinar o preço p correspondente a 50 unidades de
produtos vendidos.

Q = 100 – 4p

50 = 100 – 4p

50 – 100 = 100 – 100 – 4p

10 –50 = –4p

–50 = –4p
–4 –4

R$ 12,50 = p.

4 RESOLVENDO INEQUAÇÕES

As inequações são desigualdades envolvendo expressões


literais. Por meio da resolução de uma inequação, podem-se
15 encontrar infinitos valores que satisfazem a uma determinada
condição matemática. Os símbolos utilizados nas desigualdades
são: > (maior), < (menor), ≥ (maior ou igual), ≤ (menor ou igual).

Exemplo 1:

2y + 6 > 10

20 2y + 6 – 6 > 10 – 6

2y > 4

13
Unidade I

2y > 4
2 2

y>2 ou seja {y ∈ R | y > 2}

Solução desta inequação: elementos “y” pertencentes ao conjunto


dos números reais, tal que “y” são elementos reais maiores que 2.

5 Exemplo 2:

5x + 3 < 2x + 6

5x + 3 – 3 < 2x + 6 – 3

5x < 2x + 3

5x – 2x < 2x – 2x + 3

10 3x < 3

3x 3
<
3 3

x<1 ou seja {x ∈ R | x < 1}

Solução desta inequação: elementos “x” pertencentes ao conjunto


dos números reais, tal que “x” são elementos reais menores que 1.

15 Exemplo 3:

– 2m + 3 ≥ 4m + 6 (Vamos encontrar “m”)

– 2m + 3 – 3 ≥ 4m + 6 – 3

– 2m ≥ 4m + 3

– 2m – 4m ≥ 4m – 4m + 3

14
MATEMÁTICA BÁSICA

– 6m ≥ +3

Atenção: é necessário tornar “–6m” um termo positivo.


Por isso, neste caso, dividem-se os dois membros da
inequação por “–6”.
−6m +3
>
−6 −6
Então, troca-se o sinal ≥ por ≤

−3
m≤
6
−1
m≤ = −0, 5
2

5 m ≤ – 0,5 ou seja {m ∈ R | m ≤ – 0,5}

Solução desta inequação: elementos “m” pertencentes ao


conjunto dos números reais, tal que “m” são elementos reais
menores ou iguais a – 0,5.

Exemplo 4:

10 14 ≤ 2p + 3

14 – 3 ≤ 2p + 3 – 3

11 2p

2 2
11
≤p
2

5,5 ≤ p ou p ≥ 5,5

Atenção: os sinais ≥ ou ≤ são invertidos sempre que os


membros são trocados.

15 {p ∈ R | p ≥ 5,5}

15
Unidade I

Solução desta inequação: elementos “p” pertencentes ao


conjunto dos números reais, tal que “p” são elementos reais
maiores ou iguais a 5,5.

Exemplo 5:

5 4n + 10 > 0

4n + 10 – 10 > 0 – 10

4n > –10

4n −10
>
5 4
−10 −5
n> = = −2, 5
4 2
−5
10 n>
2
n > –2,5 ou seja {n ∈ R | n > – 2,5}

Solução desta inequação: elementos “n” pertencentes ao


conjunto dos números reais, tal que “n” são elementos reais
maiores que – 2,5.

Dica importante:

Vale observar que, por exemplo, a equação 14 = 2p + 3


pode ser escrita, também, como 2p + 3 = 14. Afinal, trata-se
de uma igualdade.

15 Já nas desigualdades:

Exemplo: a inequação 14 > 2p + 3 não pode ser escrita


como 2p + 3 > 14, mas sim como 2p + 3 < 14. Pois, por exemplo,
se 1 < 2 , então 2 > 1.

16
MATEMÁTICA BÁSICA

As inequações, assim como as equações, também são


ferramentas auxiliares na resolução de vários problemas
envolvendo a matemática e o cotidiano.

Por exemplo: a relação entre o preço de venda e a quantidade


5 vendida de um produto é dada pela equação: Q = 90 – 2p.
Determinar os valores de p para os quais a quantidade vendida
seja de, no mínimo, 40 unidades:

Resolução:

Q ≥ 40

10 90 – 2p ≥ 40

90 – 90 – 2p ≥ 40 – 90

–2p ≥ –50

−2p −50

−2 −2

p ≤ 25

15 Resposta: para que a quantidade de produtos vendidos seja


de, no mínimo, 40 unidades, os preços devem ser menores ou
iguais a R$ 25,00.

5 REGRA DE TRÊS SIMPLES: RELAÇÃO DIRETA E


INVERSA ENTRE GRANDEZAS

Exemplo 1 (situação de proporcionalidade direta)

Uma empresa acredita que, diminuindo R$ 12,00 no preço


20 de determinado produto, as vendas aumentam cerca de 20
unidades. Suponha que a relação entre o preço do produto e a
quantidade vendida seja diretamente proporcional. Neste caso,

17
Unidade I

uma redução de R$ 18,00 no preço do produto acarretará um


aumento na quantidade vendida de:

Resolução:

R$ 12,00 de redução no preço do produto 20 unidades


5 no aumento de vendas

R$ 18,00 de redução no preço do produto ?

Espera-se que, neste caso, ao aumentarmos a redução no


preço do produto, aumentem-se, também, as vendas do mesmo.
Trata-se, portanto, de grandezas diretamente proporcionais.
10 Veja:

R$ 12,00 20

R$ 18,00 x

12 . x = 18 . 20

12 . x = 360

360
15 x= = 30 unidades no aumento de vendas
12

Resposta: quando aumentamos a redução do preço do


produto de R$ 12,00 para R$ 18,00, obtemos um aumento nas
vendas de 20 unidades para 30 unidades.

Exemplo 2 (situação de proporcionalidade inversa)

20 Com 4 pedreiros trabalhando, um muro é construído em 15


dias. Em quantos dias 6 pedreiros construiriam o mesmo muro
trabalhando no mesmo ritmo?

18
MATEMÁTICA BÁSICA

Resolução:

4 pedreiros trabalhando 15 dias de construção

6 pedreiros trabalhando ???

Espera-se que, neste caso, ao aumentarmos o número de


5 trabalhadores, o tempo de serviço diminua.

4 15

6 x

Atenção: para tanto, devemos manter uma razão e


inverter a outra. Veja:

4 x

6 15

6 . x = 4 . 15

6 . x = 60

60
x= = 10 dias de serviço
6

Resposta: quando aumentamos o número de trabalhadores


de 4 para 6, obtemos uma diminuição no tempo de trabalho de
10 15 para 10 dias.

6 PORCENTAGEM: CONCEITOS FUNDAMENTAIS

Exemplos:

a) 12% de 5000.

19
Unidade I

0,12 . 5000 = 600

b) Salário de R$ 2.300,00 acrescido de 6% de aumento.

2300 . 0,06 + 2300 = 138 + 2300 = R$ 2.438,00

ou

5 2300 . 1,06 = R$ 2.438,00

c) Preço de um produto, no valor de R$ 545,00, com desconto


de 10%.

545 – 545 . 0.10 = 545 – 54,5 = R$ 490,50

ou

10 545 . 0,90 = R$ 490,50

d) O salário de um empregado, em janeiro de 2010, era de R$


2.500,00. Se o índice de aumento de salário, deste mesmo
mês, em relação a dezembro de 2009 foi de 13%, qual o
salário real desse empregado em dezembro de 2009?

15 x = salário do empregado

1,13 . x = 2.500

2.500
x= = R$ 2.212, 39
113
,

e) A comissão recebida mensalmente por um vendedor é igual


a 10% de seu salário-base. Em determinado mês, foram
20 acrescidos R$ 120,00 à comissão do vendedor. Assim, o
valor total da comissão passou a ser igual a 25% de seu
salário-base. Determine, a partir dessas informações, o
valor do salário-base do vendedor:

20
MATEMÁTICA BÁSICA

x = salário-base do vendedor

0,10 . x + 120 = 0,25 . x

ou seja,

R$ 120,00 corresponde a 15% do salário do vendedor.


5 Então, podemos utilizar uma regra de três simples para resolver
o problema:

120 15%

x 100%

15 . x = 120 . 100

10 15 . x = 12.000

12.000
x= = R$ 800, 00
15

21