Você está na página 1de 19
•  •  –  – 
• 
• 
– 
– 

Histórica Cultural Estética Universo do artista

HISTÓRIA DA ARTE!

Parte-se sempre da leitura e estudo da obra de arte

Obra de arte assume aspectos e significados diferentes consoante a dimensão

De cada período

Características da obra de arte:

Originalidade

Intencionalidade

Comunicabilidade

Criatividade

Auto-expressão

–   Objectiva –   Clara –   Completa –   Exaustiva ! ✱ Leitura

Objectiva –Clara –Completa –Exaustiva

!Leitura da obra de arte, questioná-la sobre as informações que possa fornecer

Remetê-la para o contexto original

Recurso a apoio bibliográfico, fontes directas (encomenda,

memória descritiva, teorização) e indirectas, fontes iconográficas ou visuais (gravura, desenho, fotografia, projectos) para

Identificar o autor

datação

concepção e produção

OBRA DE ARTE!

COMO OBJECTO HISTÓRICO

Informação técnica (suporte físico, produtos), material e formal da época

Reflexo da mentalidade e das características da sociedade que a criou

Iconografia e estrutura formal identificarão a época

(vivências,

vestuário/moda, hábitos, práticas sociais)

Tema

abordado

pode

informar

do

quotidiano

COMO OBJECTO ESTÉTICO Fruição estética (para além de utilitária ou apologética) Identicação do belo pelo seu autor ou “público” (conceito de belo)

COMO SISTEMA COMUNICATIVO Criada intencionalmente para comunicar e ser contemplada ? Unicidade, inovação-descoberta, ou múltipla ?

PATRIMÓNIO ARTÍSTICO!

!Formas diversificadas!

Monumentos, objectos vários, produção teórica e científica, pintura, escultura, fotografia, gravura, livro !

Descontextualização dos locais primitivos

Apresentação em espaços outros: museus, bancos, ministérios,

tribunais, autarquias !

Conservação in situ (igrejas, palácios, casas-museu, teatros…;

eco-museus)

Destituição das funções originais, mas mantendo-se no seu

contexto !

Centro histórico - visualidade autónoma e individualizada!

FIM DA HISTÓRIA DA ARTE!

CONHECER OS AUTORES ! TEMAS E REPRESENTAÇÕES ! TÉCNICAS E MATERIAIS ! ENCOMENDA E EXECUÇÃO ! PÚBLICO DESTINATÁRIO ! RECEPÇÃO ! INTERPRETAÇÃO COEVA ! INTERPRETAÇÃO POSTERIOR! TEORIZAÇÃO !

ARTE ERUDITA OU ARTE POPULAR ? !

Autor industriado: estudou em academia, atelier ou com mestre consagrado!

domina técnicas

construções,

matemática

e

e

geometria, teoria das cores,

Apropriação

copiando modelo e função, decoração e forma

Melhoramentos lentos e carecendo de testagens

Artista

de

formas

técnicas

e

ancestrais,

cria,

pretende

impossível;

artífice

o

o

padroniza e segue a regularidade das formas.

PERIODIZAÇÃO

Arte Egípcia • Arte do Próximo Oriente • Arte Mediterrânica • Arte Grega • Arte Romana Paleocristianismo • Românico • Gótico • Renascimento • Maneirismo • Barroco • Rococó • Neo-Classicismo • Romantismo • Realismo

Naturalismo • Impressionismo • Arte Nova • Vanguardas: modernismos, dada, surrealismo • Arts Déco • Abstraccionismos • Pós 2ª Guerra Mundial • Novos movimentos:

expressionismo, support- surface, arte povera, … Arquitectura: Bauhaus, funcionalismo, organicismo, internacionalismo, pós- modernismo, brutalismo, novas tendências, …

Egipto!

Egipto !
Egipto !

Suméria!

Suméria !
Suméria !

Mediterraneo!

Mediterraneo !
Mediterraneo !
Grécia !

Grécia!

Grécia !

Roma!

Roma !
Roma !

Paleocristão-Reconquista!

Paleocristão-Reconquista !
Paleocristão-Reconquista !

Românico!

Românico !
Românico !

Gótico!

Gótico !
Gótico !