Você está na página 1de 11

SOCIOLINGUÍSTICA

PARTE III

GÖRSKI e outros
DIMENSÃO INTERNA DA VARIAÇÃO
- Comunidades de fala – variedades linguísticas – variável e variante

- <1ª p. plural> [nós]


- [a gente]

- a) ter o mesmo sentido


- b) ser intercambiáveis no mesmo
- contexto

- Podemos:
a) Usar as duas
b) Apenas a mais padrão
c) Apenas a menos padrão

- Variação – caráter heterogêneo da língua – condicionadores internos


(linguísticos) e externos (extralinguísticos)
DIMENSÃO INTERNA DA VARIAÇÃO

A) LEXICAL
B) FONOLÓGICA
C) MORFOFONOLÓGICA, MORFOLÓGICA E MORFOSSINTÁTICA
D) SINTÁTICA
E) DICURSO

CONTEXTUALIZANDO

- Estudos variacionista – década de 60 do século XX – fonética/fonologia –


Ilha de Martha’s Vineyard e lojas de departamento de Nova York.

- Nos dois estudos – A diferença de uso está relacionada ao significado


social/estilístico.
VARIAÇÃO LEXICAL

- Estudos geolinguísticos de diferentes regiões do Brasil.

- Atlas Linguístico do Brasil.

- Falar brasileiro – seis subfalares – Falar do Norte – Falar do Sul

- Questionários Semânticos Lexicais – diversidade e particularidades lexicais de


cada região – colonização, campos de atividade.
- VARIAÇÃO LEXICAL
- CAMPO DA ALIMENTAÇÃO
- - Abóbora, jerimum
- Bergamota, tangerina, laranja-cravo, mimosa
- Mandioca, aipim, macaxeira
- Pão francês, pão de trigo, cacetinho, filãozinho
- Polenta, angu

- OUTROS CAMPOS
- Banheiro, toalete W.C, casinha
- Coisa, troço, trem
- Pandorga, pipa, papagaio
- Vaso, bacia, privada, trono
- Mulher, dona, senhora
- VARIAÇÃO FONOLÓGICA

- SÍNCOPE – supressão de um segmento sonoro no interior da palavra


proparoxítonas em paroxítonas
- relampo, fosfro, abobra, arve, figo

- MONOTONGAÇÃO – transformação ou redução de um ditongo em uma


vogal
- pouco – poco; ropa- roupa; cenora – cenoura; mantega – manteiga; bejo –
beijo; caxa – caixa; dinhero - dinheiro

- ALÇAMENTO DAS VOGAIS MÉDIAS PRÉ-TÔNICAS


- Minino – menino; curuja – coruja; piru – peru; tisoura – tesoura; subrinho
– sobrinha
- EPÊNTESE VOCÁLICA – emissão de uma vogal entre consoantes
- obiter – obter; pineu- pneu; adivogado – advogado

- ROTACISMO – TROCA DO L POR R


- Pranta – planta; framengo – flamengo; bicicreta – bicicleta

- DESNASALIZAÇÃO – FONEMA NASAL EM ORAL


- Home – homem; bagage – bagagem; onte – ontem; viage – viagem

- PALATIZAÇÃO – Transformação de um fonema em fonema palatal


- - Demonho – demônio; familha – família; t∫ia – tia

- DESPALATIZAÇÃO – transformação do LH para L


- Paia – palha; muié – mulher; veia – velha; foia - flolha
- VARIAÇÃO MORFOLÓGICA

- GERÚNDIO
- - Cantano – cantando; correno – correndo
- INFINITIVO DOS VERBOS
- Andá – andar; vendê – vender;
- NÃO REALIZAÇÃO DA DESINÊNCIA –M
- eles anda – eles andam; eles vendi – eles vendem
- NÃO REALIZAÇÃO DO MORFEMA –S
- Tu anda – andas; tu vende – vendes
- USO DO VOCÊ E DO A GENTE
- NÃO REALIZAÇÃO DA MARCA DE PLURALIDADE
- As meninas – as menina

O encontro do nível fonológico e morfológico – morfofonológica; do


morfológico e sintático – morfossintática – casos de interface
- VARIAÇÃO SINTÁTICA

- RELATIVAS

- - Relativa padrão – O filme a que me referi é muito bom.


- - Relativa cortadora – O filme que me referi é muito bom.
- - Relativa lembrete – O filme que me referi a ele é muito bom.

- POSIÇÃO DO CLÍTICO

- - Eu vi-o no cinema. (ênclise)


- - Eu o vi no cinema. (próclise)

- -
- PREENCHIMENTO DO SUJEITO ANAFÓRICO
- Nós fomos à praia;
- Fomos à praia;
- A gente foi à praia;
- Foi à praia.

- PASSIVAS X ÍNDICE DE INDETERMINAÇÃO DO SUJEITO


- Alugam-se casas;
- Aluga-se casas

- Têm seus estudos desenvolvidos, geralmente, a partir da adoção de outros


marcos teóricos: gerativista ou funcionalista.
- VARIAÇÃO DISCURSIVA

- - Palavras que encadeiam trechos discursivos:


- - E, MAS, PORQUE, PORTANTO
- - AÍ, ASSIM, ENTÃO, DAÍ
- - QUER DIZER, DIGAMOS ASSIM

- - Expressões discursivas associados a falares regionais:


- - MAS BAH!!!!
- - PÔ, CARA, AÍ MEU...
- - OXE...
- - PRONTO!!!!!

- Fala - Escrita