Você está na página 1de 7

16:04-02

Edição 1 pb
Industrial & Marine Engines

Unidade básica

Velocidade única

Coordenador

Nº da peça
1 588 850 ©
Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1
Índice

Índice
Descrição de funcionamento Generalidades ........................................................... 3
Coordenador ............................................................. 4

Descrição de serviço Coordenador ............................................................. 5

©
2 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 16:04-02
Descrição de funcionamento

Descrição de funcionamento

Generalidades
Este módulo descreve o sistema básico, i.e. o
coordenador em uma aplicação de velocidade
única.
A Scania fornece apenas o motor e o
coordenador, não a fiação (cablagem).
Para fazer o diagnóstico de falhas (avarias),
consulte o módulo Sistema de controle do
motor, EMS S6, Diagnóstico de falhas
(avarias).

©
16:04-02 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 3
Coordenador

Coordenador

Generalidades Explicação da comunicação CAN


A tarefa principal do coordenador é transportar O coordenador e a unidade de comando do
dados principalmente para a unidade de motor se comunicam entre si através da
comando do motor. O coordenador também comunicação CAN. A informação na
transporta dados da unidade de comando do comunicação CAN não pode ser verificada com
motor para indicadores e lâmpadas no painel de um multímetro. No entanto, ainda é possível
instrumentos para, p. ex. pressão do óleo. medir em cada consumidor de corrente
(componente) que estiver conectado ao
O coordenador organiza os sinais para os/dos coordenador ou à unidade de comando do
componentes e comunica-se com o motor motor.
através da comunicação CAN. Não é, por isso,
necessário usar cabos separados entre a unidade Escolhemos chamar tal informação transferida
de comando do motor e os componentes através da comunicação CAN entre o
individuais. coordenador e outras unidades de comando de
mensagens. Os cabos transportam mensagens
diferentes entre as diferentes unidades de
comando, em momentos diferentes.
Função principal
A informação que vai para o/vem do
O coordenador converte mensagens para sinais e coordenador como tensão chamamos de sinais.
vice-versa. Cada componente tem sua própria conexão
(ligação) à unidade de comando.
Por exemplo, o coordenador envia o sinal da
borboleta como uma mensagem através da
comunicação CAN para outros sistemas e
recebe mensagens sobre a temperatura do
líquido de arrefecimento, pressão do óleo e
rotação do motor do EMS.

©
4 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 16:04-02
Descrição de serviço

Descrição de serviço
Coordenador

Sinais de entrada
A tabela abaixo mostra quais os sinais de
entrada que a unidade de comando recebe.
Sinais de entrada
Função Tipo do sinal Pino
Ignição (U15) +24 V (U+) 7
Interruptor de diagnóstico Ligação à massa, 0 V 12
Velocidade nominal de rotação, interruptor 1 Ligação à massa, 0 V 13
Queda ou isócrona Ligação à massa 30
Velocidade de rotação ou controle do torque Ligação à massa 34
(binário)
Velocidade nominal de rotação, interruptor 2 Ligação à massa, 0 V 36
Limitação de torque (binário), interruptor 2 Ligação à massa 40
Parada (Paragem) de emergência Ligação à massa 51
Massa Ligação à massa, 0 V 52
Ajuste preciso da velocidade nominal de rotação Análogo 54
Desligamento da ultrapassagem +24 V 57
Limitação de torque (binário), interruptor 1 Ligação à massa 60
Nível baixo do líquido de arrefecimento Ligação à massa 61

©
16:04-02 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 5
Coordenador

Sinais de saída
A tabela abaixo mostra quais os sinais de saída
que a unidade de comando pode fornecer.
Sinais de saída
Função Tipo do sinal Ativado Pino
Ativação da lâmpada de diagnóstico do EMS 0V +24 V 2
Indicação da operação do motor 0V +24 V ** 4
Alarme da temperatura do líquido de arrefecimento +24 V 0V 6
Alarme do nível de líquido de arrefecimento +24 V 0V 9
Indicador de temperatura do líquido de arrefecimento Análogo* - 10
Indicador da pressão do óleo Análogo* - 11
Ativação da lâmpada de diagnóstico do COO +24 V 0V 12
Alarme da pressão do óleo +24 V 0V 15
Indicador da velocidade de rotação Freqüência - 18

*O sinal varia, p. ex. conforme a temperatura


do líquido de arrefecimento.
**Quando a velocidade de rotação ultrapassa
400 rpm.

©
6 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 16:04-02
Coordenador

Outros sinais
A tabela abaixo mostra as conexões (ligações)
da unidade de comando para alimentação de
tensão, massa do sistema, cabos de
comunicação, etc.
Outros sinais
Função Tipo do sinal Pino
Ligação à massa da unidade de comando Massa 1
CAN low Dados/Mensagens 21
Ligação à massa do sensor do pedal do acelerador Massa 24
Alimentação de tensão ao potenciômetro +5 V 28
CAN high Dados/Mensagens 45
Alimentação de tensão à unidade de comando +24 V 49

©
16:04-02 Scania CV AB, Sweden, 2002-09:1 7