Você está na página 1de 2

Bibliotecando

Notícias
+
Não sendo de se estranhar, no mês de Dezembro predominou a temática do Natal. A imagem que nos fica, depois do
momento natalício, é o ar festivo com que as escolas se vestiram: o pinheirinho e o presépio que ocuparam os lugares privile-
giados, os enfeites e decorações de Natal por todo o lado, os trabalhos dos alunos que marcaram presença nos placards. Tudo
da isto denunciando as dinâmicas vivenciadas pelos alunos, professores, funcionários...
Também na BE, o Natal marcou presença, desde logo, pelos trabalhos dos alunos que enfeitaram os espaços… mas tam-
bém pelas actividades promovidas e organizadas pelas professoras bibliotecárias, designadamente, o desafio do mês, “Um postal
de Natal, Uma obra de Natal”, as sessões de leitura com histórias de Natal, leituras de Natal dramatizadas por alunos, um cabaz
Biblioteca de Natal… Claro que outras actividades aconteceram na BE merecedoras do nosso destaque: a exposição que esteve patente
sobre a rosa dos ventos, o texto jornalística, a primeira prova do concurso “Uma aventura”, a iniciativa “Quem conta um conto
acrescenta um ponto”, … e muito, muito mais!!! Vejamos...

Um Postal de Natal / Uma obra de


Natal
Com base numa listagem de títulos de obras de
Natal, existentes na BE, todas as turmas de 1º ciclo e
Pré-escolar foram desafiadas para construírem um AN1
Agrupamento postal de Natal.
Assim, cada turma participante escolheu um dos
títulos apresentados e construiu um postal.
Aver-o-Mar A PB deslocou-se a cada turma, fez uma breve apre-
sentação de cada uma das obras de Natal e leu aque- RF1 RF4 JAG3
la que serviu de mote para a construção do postal, ou RF2
AN3
outra, no caso do título seleccionado corresponder a
uma história muito curta, ou pelo contrário, demasia-
do longa e, portanto, desadequado para a turma em
Edição 11 presença ou para o tempo previsto.
As imagens ao lado permitem apreciar o trabalho AN2 JNA
que foi feito, com materiais e técnicas diversificadas. FI4
Dezembro Os postais foram também colocados num “slide
share” no blogue “Pre-Pri@veromar”, onde podem
2010 ser observados e apreciados na totalidade.
O entusiasmo dos alunos pelas obras de Natal foi um
dos momentos muito marcante, conforme testemu- FI1
AG3B RF3 FI2B
nham as seguintes imagens:
DESTAQUE NA3 FI2A
JAG1
NATAL

JAG4
JTE2
A avaliação desta actividade, feita através dos dados
recolhidos por um inquérito por questionário, dispo-
NA4
nibilizado on-line aos 31 professores participantes
na actividade, através das ferramentas do Google TE4
Docs, revela-nos que uma maioria expressiva dos TE3 TE1
professores respondentes (21), ás vezes a totalidade,
considera que os alunos mostraram interesse pela AGA1
actividade, empenharam-se muito na construção do
postal, ficaram muito motivados para a leitura de
PAI NATAL JAL1 e JAL2 histórias, neste caso, de Natal, desenvolveram muito
algumas competências, designadamente, a criativi- NA1 NA2 FI3 AGB1
dade, o espírito crítico e atitudes de cooperação,
NESTA EDIÇÃO: compreenderam a mensagem de amizade e solidarie-
dade contida nas histórias que ouviram ler pela PB;
os mesmos dados revelam também que a maioria
Um Postal de Natal dos professores ficou a conhecer os recursos da BE
relativamente às histórias de Natal, e ainda, que esta
actividade foi considerada, maioritariamente, muito
“Postais de Natal” positiva para a concretização do objectivo do PEE,
“formar cidadãos activos, conscientes, críticos e
Leitura dramatizada solidários”.
Conclui-se, portanto, que a actividade atingiu de
Cabaz de Natal forma muito satisfatória os objectivos propostos.

Concurso “Uma aventura” Exposição de Postais de Natal


Para celebrar esta quadra natalícia, esteve patente, na
“Quem conta um conto” BE da escola sede, uma exposição de postais de
Natal que representavam cenas especificas desta
festividade: a anunciação, o presépio, o pinheiro de
Texto jornalístico na BE Natal, a neve, os cânticos, os anjos, entre outras.
Imagens que nos fazem sonhar e viver o espírito de Newsletter nº11
“Rosa dos Ventos” Natal, sem dúvida!!!
Bibliotecando
A Rena Preguiçosa - Leitura
dramatizada
No dia 17 de Dezembro os alu-
+
nos de 5º ano foram convidados a
ouvir o conto de Natal A Rena
Preguiçosa - uma leitura dramati-
zada pela Joana, a Vânia, a Inês
(9ºD) e o Miguel (9ºF).
Este conto está integrado na obra
“Nove contos de Natal” de Cidá-
lia Fernandes. As ilustrações recolhidas pelos alunos para
Não deixem de ler os restantes a construção do PowerPoint que serviu de
apoio à actividade.
contos. Fica aqui o desafio!
Aqui ficam, também, os parabéns
para estes alunos! E também, claro, um MUITO OBRIGA-
DO!
Cabaz de Natal
Com o intuito de angariar fundos para a aquisição de espó-
lio para a biblioteca, dinamizou-se o sorteio de um Cabaz
recheado de Livros – aventura, mistério, drama, policial –
textos de hoje e de ontem que irão, certamente, enriquecer a
biblioteca particular do feliz contemplado.
Concurso “Uma aventura”
Realizou-se a primeira prova do Concurso Uma Aventura,
destinado a alunos de 5º ano e cujo objectivo é ler livros
desta colecção e realizar uma prova por período onde se
testam os conhecimentos adquiridos sobre os livros, os
autores, a colecção e as tramas das histórias. Será vencedor
o aluno que somar mais pontos nas três provas realizadas.
Este concurso constitui, sem dúvida, um apelo à leitura e à
exploração de uma colecção emblemática no contexto da
literatura infanto-juvenil portuguesa.
“Quem conta um conto acrescenta um conto”
O semanário SOL associa-se ao Plano Nacional de Leitura
na iniciativa «Quem conta um conto, acrescenta um pon-
to...» que decorrerá no ano lectivo 2010/11.
Esta acção destina-se a todos os alunos do 2º ciclo das esco-
las públicas e privadas de Portugal Continental e tem como
objectivo principal estimular os hábitos de leitura nos mais
novos. Assim, a biblioteca escolar recebeu vários kits com
livros para promover este concurso. Os conjuntos de livros
estão à disposição da comunidade escolar para esta, e outras
iniciativas de promoção da leitura e literacia.
Texto jornalístico na BE
“O facto ainda não acabou de acontecer e já a mão nervo-
sa do repórter O transforma”. Esta afirmação de Carlos
Drummond de Andrade reflecte bem a realidade dum mun-
do em constante mutação, onde os media esquadrinham
cada segundo de tempo e cada milímetro do globo, actuali-
zando e reproduzindo a informação. O texto jornalístico
mereceu destaque na BE, neste mês de Dezembro, através
de uma apresentação bibliográfica e da divulgação de um
slideshare contendo as regras de elaboração do texto jorna-
lístico no blogue da BE.
Exposição — “Rosa dos Ventos”
Está a decorrer, até dia 7 de Janeiro, na BE da escola sede,
uma exposição “Rosas dos Ventos”, com trabalhos elabora-
dos pelos alunos de 5º e 7º anos respectivamente nas disci-
plinas de HGP e Geografia. Verificou-se uma grande adesão
por parte dos alunos a esta iniciativa, não tendo sido possí-
vel expor todos os trabalhos por falta de espaço; mui-
tos trabalhos foram realizados com a ajuda dos pais e
EE. Salienta-se a criatividade demonstrada, bem como a
reciclagem de materiais para a sua execução. Newsletter nº11
Até ao próximo mês!!!
Não deixem de visitar a exposição e apreciar os trabalhos!

Interesses relacionados