Você está na página 1de 4

1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA


DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

PROGRAMA DE DISCIPLINA

Disciplina: Sistemas Jurídicos Contemporâneos CÓDIGO: CSA


Professora: Gabriela Andrade Fernandes ÁREA: Direito
Curso: Direito CARGA HORÁRIA: 15 Hs Créditos: 3
PRÉ-REQUISITOS: CÓDIGO:
PERÍODO LETIVO: ANO: 2020.1

EMENTA:

Evolução do direito positivo moderno. Trajetória de grandes sistemas jurídicos comparados.


Os sistemas jurídicos Common Law, Islâmico, Romano Germânico, Indiano, da América do
Sul e do Brasil. Direções do pensamento jurídico contemporâneo. Semelhanças e diferenças.
Globalização dos sistemas sistemas jurídicos.

Objetivo Geral:

Problematizar o Direito como fenômeno sociocultural no contexto local e global; contribuir


para a formação de um conhecimento transversal e transdisciplinar; auxiliar na compreensão
de sistemas jurídicos ante a complexidade social do mundo contemporâneo.

Objetivos Específicos:

● Oportunizar a reflexão crítica sobre os grandes sistemas jurídicos contemporâneos, a


partir do surgimento, formação e evolução da tradição jurídica ocidental, em busca de
seu próprio passado e de sua identidade, visando compreender as diversas instituições
sociais e políticas surgidas desde a Antiguidade até os dias atuais.
● Investigar sobre os povos que mais contribuíram para a formação das instituições
jurídicas que hoje disciplinam o convívio social do homem em sociedade na tradição
ocidental em confronto com a tradição jurídica não-ocidental.
● Instigar o debate acerca do fenômeno da globalização dos sistemas jurídicos
contemporâneos.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1ª UNIDADE: OS DESAFIOS DOS NOVOS DIREITOS PARA A CIÊNCIA JURÍDICA


1.1. Direito Comparado ou internacionalização do Direito
2

1.2. Comparação Sincrônica e Diacrônica e a historicidade dos direitos: sobre a atual e a


futura evolução dos direitos e das culturas jurídicas
1.3. A teoria dos Sistemas Jurídicos de Joseph Raz: o problema da individualização do Direito

2. O MUNDO E SUAS TRADIÇÕES JURÍDICAS: A (RE)APROXIMAÇÃO DOS


SISTEMAS JURÍDICOS E A EVOLUÇÃO DA POLÍTICA JURÍDICA

2.1. A formação da tradição jurídica ocidental: família romano-germânica, a família da


common law e a família dos direitos socialistas
2.2. Direito Público e privado da Europa continental
2.3 Direito Consuetudinário Inglês e Africano – 317 a 398 (190 e ss.)
2.4 Direito russo e soviético

3. PERSPECTIVAS DOS SISTEMAS JURÍDICOS NÃO-OCIDENTAIS

3.3. Direito Muçulmano ou Islâmico


3.4. Direito da Índia
3.5. Direito do Extremo Oriente (direito chinês e japonês)
3.6. Direito africano

4. O SISTEMA JURÍDICO BRASILEIRO: SUA FORMAÇÃO E EVOLUÇÃO

4.1. O Brasil Colônia e as leis portuguesas


4.2. O Brasil Reino
4.3. O Brasil Império
4.4. O Brasil República
4.5. Sistema jurídico atual e suas inclinações

5. A MODERNIDADE: O SURGIMENTO DAS CONCEPÇÕES CIENTÍFICAS E SEUS


EFEITOS (CATASTRÓFICOS) SOBRE O DIREITO

5.1. Discussão da atual crise do direito, do Estado e do papel da dogmática, com o


esgotamento do paradigma liberal-individualista-normativista
5.2. Novos direitos, Globalização e Internacionalização do Direito: universalidade dos
Direitos Humanos versus relativismo cultural os

Metodologia:

Aulas dialogadas e dialetizadas com a utilização de recursos áudios-visuais (quadro-branco e


data-show). Utilização do método expositivo, no qual o assunto é apresentado ao acadêmico
de forma lógica e estruturada, priorizando a discussão em grupo do conteúdo e a participação
da turma por meio de seminários com abordagem pontual de temas específicos do conteúdo
pertinente a matéria.

Trabalhos individuais, em grupos e atividades orais (debates, seminários, etc.). Leitura e


fichamento de obras que fazem parte da bibliografia básica e/ou complementar. Os trabalhos
serão elaborados em conformidade com as normas da ABNT e digitalizados.
3

Avaliação

Apresentação de trabalhos escritos e realização de seminários em grupo com exposição


de temas específicos, a fim de que os alunos pesquisem e formem sua concepção junto ao
assunto apresentado, bem como atividades orais com debates em grupos após a
explanação oral dos temas selecionados pelo docente.

Após cada apresentação, os grupos reunidos poderão discutir o conhecimento assimilado


acerca de um sistema jurídico e compará-lo com aquele que o aluno estudou a fim de
verificar suas semelhanças e dessemelhanças como também identificar pontos fortes e
fracos em ambos sistemas jurídicos.

Para a confecção do trabalho escrito e dos seminários os discentes poderão utilizar de


textos, artigos, resumo, periódicos, filmes, e afins, relacionados ao conteúdo
programático.

O processo avaliativo será contínuo (diagnóstico e somativo), por meio de observação


quanto à participação, ao interesse e à pontualidade na apresentação e entrega de
trabalhos individuais e em grupos. Espera-se que as apresentações orais e/ou por escrito
demonstrem conhecimento do conteúdo, coerência, adequação, consciência crítica e
postura profissional. Serão realizados da seguinte forma:

AV 1 – Seminários e trabalho escrito dos temas abaixo relacionados (6,0)


GRUPO 1 - Direito Público e privado da Europa continental – 20/03
GRUPO 2 - Direito Consuetudinário Inglês e Africano – 21/03 (manhã)
GRUPO 3 - Direito russo e soviético – 21/03 (manhã)
GRUPO 4 - Direito Islâmico – 21/03 (manhã)
GRUPO 5 - Direito Indiano – 21/03 (manhã)
GRUPO 6 - Direito do Extremo Oriente (direito chinês e japonês) – 21/03 (tarde)
GRUPO 7 - Direito Africano – 21/03 (tarde)
GRUPO 8 - Sistema Jurídico brasileiro: formação e evolução – 21/03 (tarde)

AV 2 – Fichamentos dos textos abaixo (2,0)


1. A teoria dos Sistemas Jurídicos de Joseph Raz
2. Gênese, evolução e universalidade dos direitos humanos à diversidade cultural

MBAYA, Etienn-Richard. Gênese, Evolução e universalidade dos direitos humanos frente à


diversidade de culturas. Estud. av. vol.11 no.30 São Paulo May/Aug. 1997. Disponível em:
https://doi.org/10.1590/S0103-40141997000200003>.
 
MAXWEL. A teoria dos Sistemas jurídicos de J. Raz. PUC-Rio - Certificação Digital N.
0621488/CÁ. Disponível em: <https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/19586/19586_2.PDF>.

AV 3 – Debates e participação oral (2,0)


Discussões acerca dos diversos sistemas jurídicos com o escopo verificar suas
semelhanças e dessemelhanças como também identificar pontos fortes e fracos em ambos
sistemas jurídicos.
4

OBS: Para os seminários e trabalhos escritos a turma deverá se dividir em grupos


composto por 3 alunos. A duração das apresentações será de 40 minutos e 20 minutos
para os debates. Para apresentações orais os grupos poderão usar de recursos de slides,
quadro, filmes, trechos de áudios visuais, textos enfim, todo recurso material que
contribua para assimilação do conteúdo. Os fichamentos devem ser individuais e
digitados, entregues em sala de Aula impresso com capa e identificação do discente,
disciplina e docente.

BIBLIGRAFIA BÁSICA

LOSANO, Mário G. Os grandes sistemas jurídicos: Introdução aos sistemas jurídicos europeus e
extra-europeus. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

DAVID, René. Os grandes sistemas do Direito Contemporâneo. Trad. Hermínio A. Carvalho. São
Paulo: Martins Fontes, 1996.

WOLKMER, Antônio Carlos. História do Direito no Brasil. Rio de Janeiro: Forense, 2005.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MBAYA, Etienn-Richard. Gênese, Evolução e universalidade dos direitos humanos frente


à diversidade de culturas. Estud. av. vol.11 no.30 São Paulo May/Aug. 1997. Disponível
em: https://doi.org/10.1590/S0103-40141997000200003>.

MAXWEL. A teoria dos Sistemas jurídicos de J. Raz. PUC-Rio - Certificação Digital N.


0621488/CÁ. Disponível em: <https://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/19586/19586_2.PDF>.

AGUIAR, Ana Lúcia de. História dos sistemas jurídicos contemporâneos. São Paulo:
Pillares, 2010.

LOPES, José Reinaldo de Lima. O Direito na História: lições introdutórias. 4ª ed. São
Paulo: Atlas, 2012.

WOLKMER, Antonio Carlos. Fundamentos de História do Direito. 7ª ed. Belo Horizonte:


Del Rey, 2012.