Você está na página 1de 23
Lógica de Programação Cap. 1
Lógica de Programação
Cap. 1

Prof. Nilton Costa Junior

Disciplina: Programação

Turma: A1PRG

IFSP- CAMPUS SALTO

1

18/02/2011

Lógica
Lógica
2 18/02/2011
2
18/02/2011

Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir

determinado objetivo.

 Lógica de programação é a técnica de encadear pensamentos para atingir determinado objetivo. IFSP- CAMPUS

IFSP- CAMPUS SALTO

Sequência Lógica
Sequência Lógica
3 18/02/2011
3
18/02/2011

Sequência Lógica são passos executados até atingir um objetivo ou solução de um

problema.

 Sequência Lógica são passos executados até atingir um objetivo ou solução de um problema. IFSP-
 Sequência Lógica são passos executados até atingir um objetivo ou solução de um problema. IFSP-
 Sequência Lógica são passos executados até atingir um objetivo ou solução de um problema. IFSP-
 Sequência Lógica são passos executados até atingir um objetivo ou solução de um problema. IFSP-

IFSP- CAMPUS SALTO

Instruções
Instruções
realização ou 4 18/02/2011
realização ou
4
18/02/2011

Instruções são um conjunto de regras ou

normas

definidas

para a

emprego de algo. Em informática, é o que

indica a um computador uma ação

elementar a executar. Exemplo: Receita de um omelete de batatas

IFSP- CAMPUS SALTO

Instruções
Instruções

Descascar as

batatas

Instruções Descascar as batatas IFSP- CAMPUS SALTO B a t e r o s o v
Instruções Descascar as batatas IFSP- CAMPUS SALTO B a t e r o s o v

IFSP- CAMPUS SALTO

Bater os ovos

Instruções Descascar as batatas IFSP- CAMPUS SALTO B a t e r o s o v
Misturar e fritar 5 18/02/2011
Misturar e fritar
5
18/02/2011
Algoritmo
Algoritmo
6 18/02/2011
6
18/02/2011

formalmente uma

Um

algoritmo

é

sequência finita de passos que levam a

execução de uma tarefa. Podemos pensar

em algoritmo como uma receita, uma seqüência de instruções que dão cabo de

uma meta específica. Estas tarefas não

podem ser redundantes nem subjetivas na

sua definição, devem ser claras e precisas.

IFSP- CAMPUS SALTO

Exemplos de Algoritmos
Exemplos de Algoritmos

Chupar uma bala:

1.

Pegar uma bala

2.

Retirar o papel

3.

Chupar a bala

4.

Jogar o papel no lixo

bala 2. Retirar o papel 3. Chupar a bala 4. Jogar o papel no lixo IFSP-

IFSP- CAMPUS SALTO

7 18/02/2011
7
18/02/2011
Exemplos de Algoritmos
Exemplos de Algoritmos
C 8 18/02/2011
C
8
18/02/2011

=

Somar dois números quaisquer:

1.

2.

3.

Escreva o primeiro número no retângulo “A”

Escreva o segundo número no retângulo “B”

Some o número do retângulo “A” com o número do

retângulo “B” e coloque o resultado no retângulo “C”

A

+

B

“A” com o número do retângulo “B” e coloque o resultado no retângulo “C” A +
“A” com o número do retângulo “B” e coloque o resultado no retângulo “C” A +

IFSP- CAMPUS SALTO

Programas
Programas
9 18/02/2011
9
18/02/2011

Os programas de computadores nada mais são do que algoritmos escritos numa

linguagem de computador (Pascal, C,

Cobol, Fortran, Visual Basic entre outras) e que são interpretados e executados por

uma máquina, no caso um computador.

Notem que dada esta interpretação

rigorosa, um programa é por natureza muito

específico e rígido em relação aos algoritmos

da vida real.

IFSP- CAMPUS SALTO

Exemplo de Programa em “C”
Exemplo de Programa em “C”

// Escreve “Alo Mundo

#include <stdio.h>

main()

{

printf(“Alo Mundo ”);

}

IFSP- CAMPUS SALTO

10 18/02/2011
10
18/02/2011

na tela do computador

Etapas de desenvolvimento de um software (programa)
Etapas de desenvolvimento de
um software (programa)
11 18/02/2011
11
18/02/2011
Etapas de desenvolvimento de um software (programa) 11 18/02/2011 IFSP- CAMPUS SALTO

IFSP- CAMPUS SALTO

Etapas de desenvolvimento de um software (programa)
Etapas de desenvolvimento de
um software (programa)

Planejamento :

Define-se

um plano inicial, 12 18/02/2011
um
plano
inicial,
12
18/02/2011

considerando a abrangência do sistema, missão e

objetivos, cronogramas, análise de custo x benefício e

levantamento inicial de informações, dentre outros.

Análise: Corresponde à análise de requisitos (necessidades) e definição de modelos, servindo de

base para o processo de implementação do software.

IFSP- CAMPUS SALTO

Etapas de desenvolvimento de um software (programa)
Etapas de desenvolvimento de
um software (programa)
13 18/02/2011
13
18/02/2011

Projeto : Detalhes do projeto são especificados de forma a atender aos requisitos do sistema identificado

na etapa de análise.Os aspectos computacionais são

considerados e os algoritmos dos programas a serem

implementados são construídos nesta fase.

Implementação : É feita a transição dos algoritmos para a linguagem de programação, ou ainda, dizemos

que ocorre a atividade de codificação.

IFSP- CAMPUS SALTO

Etapas de desenvolvimento de um software (programa)
Etapas de desenvolvimento de
um software (programa)
14 18/02/2011
14
18/02/2011

Testes: Necessários para verificar se o sistema está

funcionando da forma correta. Todas as partes do

sistema devem ser testadas por uma equipe de

usuários.

Manutenção : Essa fase pode durar vários anos. São

ajustes e melhorias feitos de acordo com as

necessidades. Os ajustes podem ser ocasionados por

vários motivos: erros de projeto identificados após a

implementação e o teste do software, inovações

tecnológicas, novas necessidades e evolução do

sistema, dentre outros.

IFSP- CAMPUS SALTO

Desenvolvendo Algoritmos
Desenvolvendo Algoritmos
15 18/02/2011
15
18/02/2011

Pseudocódigo : Os algoritmos são escritos em uma linguagem chamada de pseudocódigo . Esta

linguagem é uma forma escrita de fácil compreensão,

que representa as instruções de um algoritmo

independentemente da linguagem de programação e,

portanto, não existe um formalismo rígido de como

deve ser escrito um algoritmo.

Exemplos de pseudocódigos:

Entre com o valor “A”

Entre com o valor “B”

Se “A” for maior que “B” então imprima “A”

Se não imprima “B”

IFSP- CAMPUS SALTO

Regras para escrita de Algoritmos
Regras para escrita de
Algoritmos
16 18/02/2011
16
18/02/2011

Usar somente um verbo por frase

Imaginar que você está escrevendo um algoritmo

para pessoas que não trabalham com informática

Usar frases curtas e simples

Ser objetivo

Procurar usar palavras que não tenham sentido dúbio

(duplo sentido)

IFSP- CAMPUS SALTO

Fases de um Algoritmo
Fases de um Algoritmo
SAÍDA 17 18/02/2011
SAÍDA
17
18/02/2011

De forma geral, os algoritmos devem separar os problemas em três fases fundamentais:

ENTRADA

PROCESSAMENTO

geral, os algoritmos devem separar os problemas em três fases fundamentais: ENTRADA PROCESSAMENTO IFSP- CAMPUS SALTO

IFSP- CAMPUS SALTO

Fases de um Algoritmo
Fases de um Algoritmo

Com o auxílio da nossa memória

executam diversos processos

como controlar, comparar,

combinar, deduzir, etc.

Percepção das Saída dos impressões sensoriais resultados do processo do pensamento
Percepção das
Saída dos
impressões
sensoriais
resultados do
processo do
pensamento

IFSP- CAMPUS SALTO

18

18/02/2011

Exemplo de Algoritmo
Exemplo de Algoritmo
faremos três 19 18/02/2011
faremos
três
19
18/02/2011

Imagine o seguinte problema: Calcular a média anual de PRG (MA) dos alunos do integrado de automação.

Os alunos realizarão quatro provas: P1, P2, P3 e P4

Onde:

Média Final = P1+ P2 + P3 + P4

Para

montar

perguntas:

o

4

algoritmo

proposto

IFSP- CAMPUS SALTO

Exemplo de Algoritmo
Exemplo de Algoritmo
20 18/02/2011
20
18/02/2011

a) Quais são os dados de entrada?

R: Os dados de entrada são P1, P2, P3 e P4

b) Qual será o processamento utilizado?

R: O procedimento será somar todos os dados de

entrada e depois dividir o resultado por (4)

quatro: (P1+P2+P3+P4)/4

c) Quais serão os dados de saída:

R: O dado de saída será a media anual (MA):

MA = (P1+P2+P3+P4)/4

IFSP- CAMPUS SALTO

Exemplo de Algoritmo
Exemplo de Algoritmo
21 18/02/2011
21
18/02/2011

Algoritmo:

Receba a nota da prova1 (P1)

Receba a nota de prova2 (P2)

Receba a nota de prova3 (P3)

Receba a nota da prova4 (P4)

Some todas as notas e divida o resultado por 4

Mostre o resultado da divisão (MA)

IFSP- CAMPUS SALTO

Teste de Mesa  Após desenvolver um algoritmo ele deverá sempre ser testado. Este teste
Teste de Mesa
 Após desenvolver um algoritmo ele deverá
sempre ser testado. Este teste é chamado de
TESTE DE MESA, que significa, seguir as
instruções do algoritmo de maneira precisa
para verificar se o procedimento utilizado
está correto ou não. Veja o exemplo:
P1
P2
P3
P4
MA
8,0
7,5
9,0
6,5
7,75
4,0
3,0
6,0
6,0
4,75
22
IFSP- CAMPUS SALTO
18/02/2011
Referências bibliográficas
Referências bibliográficas
23 19/02/2011
23
19/02/2011

Moraes , Paulo Sérgio. Lógica de Programação. Unicamp -

Centro de Computação DSC, 2000.

Preto, Tânia Martins. Lógica de Programação. CURITIBA

JULHO/2007.

IFSP- CAMPUS SALTO