Você está na página 1de 7
Nome Identidade Órgão Exp.: Assinatura Processo Seletivo – Escolas Técnicas de Educação Profissional do Estado
Nome Identidade Órgão Exp.: Assinatura Processo Seletivo – Escolas Técnicas de Educação Profissional do Estado
Nome Identidade Órgão Exp.: Assinatura Processo Seletivo – Escolas Técnicas de Educação Profissional do Estado
Nome Identidade Órgão Exp.: Assinatura
Nome
Identidade
Órgão Exp.:
Assinatura
Nome Identidade Órgão Exp.: Assinatura Processo Seletivo – Escolas Técnicas de Educação Profissional do Estado

Processo Seletivo – Escolas Técnicas de Educação Profissional do Estado de Pernambuco / Forma de Organização SUBSEQUENTE

Língua Portuguesa

TEXTO 1

Em nossa sociedade (ocidental) existem quatro categorias etárias pelas quais os seres humanos passam ao longo da vida: infância, juventude, maturidade e velhice. Tais categorias são conceitos genéricos que abarcam uma diversidade de representações e gradações variáveis no tempo, no espaço e nos vários domínios da vida social. Mas, não obstante as variações, essa classificação simplificada compreende o que entendemos como processo vital, natural e inalterável da condição humana.

Na cultura de massa das sociedades integradas à modernidade capitalista, juventude é uma categoria privilegiada e aparece como mais que uma designação para uma categoria de idade. É também uma palavra "mágica", que evoca um estado de espírito e físico ideal, perseguido por uma massa de indivíduos de várias idades. Trata-se de uma identidade social comunicada e reconhecida na medida em que os indivíduos consomem os signos-produtos da indústria da juventude.

Nesse sentido, podemos definir juventude sob duas perspectivas. Na perspectiva das ‘obrigações e integração social dos indivíduos’, juventude é o período na vida do indivíduo relacionado ao desenvolvimento psicobiológico e ao grau de responsabilidade, tido como fase de transição entre a não responsabilidade social (infância) e a responsabilidade social plena. Toda pessoa passa pela juventude e ganha maturidade quando é considerada um indivíduo socialmente formado. E o contexto de cada trajetória define a especificidade de cada geração.

Na perspectiva das ‘necessidades existenciais das massas’, juventude é um complexo de representações na mídia, cujos signos e símbolos são manipulados no domínio do consumo e introjetados por cada pessoa, que lhes dá um sentido específico. A pessoa será sempre jovem enquanto estiver existencialmente em formação, atenta à dinâmica do mercado e aberta para as inovações e transformações que se dão no mundo. Juventude está associada a um padrão de beleza e isso envolve um aumento progressivo de cuidados com o corpo, cuidados que, em geral, tendem a atenuar e dissimular a idade sociobiológica e causar a impressão de vitalidade perene. Além disso, envolve toda uma preocupação em seguir modas de vestuário e praticar certos tipos de atividades. Juventude, então, significa uma "idade mídia", isto é: uma categoria trans-etária, incorporada pela cultura de massa como mito da "eterna juventude", que reforça o estigma da velhice em nossa sociedade.

Letícia C. R. Vianna. Texto disponível em:

http://vsites.unb.br/ics/dan/Serie121empdf.pdf.

Acesso em 14/01/2011. Excerto adaptado.

01. Assinale a alternativa na qual se apresenta a síntese do conteúdo global do Texto 1.

A) Em nossa sociedade, costuma-se dividir a vida dos seres humanos em quatro categorias etárias: infância, juventude, maturidade e velhice.

B) A juventude é uma fase da vida pela qual toda pessoa tem que passar para atingir a maturidade, sinalizada pela formação social.

C) A noção de ‘juventude’ está associada a um padrão de beleza, a cuidados exagerados com a aparência física e à impressão de vitalidade perene.

D)

Na

cultura de massa, a noção de ‘juventude’ envolve

aspectos que extrapolam a simples questão de uma faixa etária.

E)

‘Juventude’ é um conceito que se aplica a todas as pessoas, uma vez que o processo de formação nunca se completa de fato.

02. Para a autora do Texto 1, ‘juventude’ pode ser definida segundo duas perspectivas, que são:

a do desenvolvimento biopsicossocial; e a das representações na mídia.

B) a da responsabilidade social; e a do nível de consumo

A)

na sociedade capitalista.

C)

a do estado de espírito; e a do estado físico de cada indivíduo e particular.

D)

a do amadurecimento sociobiológico; e a do nível de

cuidados com o corpo.

 

E)

a do envelhecimento natural; e a da responsabilidade social dos indivíduos.

03. contexto

No

do

Texto

1,

a

expressão

“idade

mídia”

significa:

A) o período na vida de todos os indivíduos em que eles alcançam o mais alto grau de responsabilidade perante a sociedade de consumo.

B) uma noção que não envolve exatamente a idade dos indivíduos, mas uma identidade social gerada pela indústria da juventude.

C) a fase da vida em que as pessoas buscam dissimular

a idade sociobiológica, por meio de cuidados

excessivos com seu corpo.

D) a idade em que a pessoa se sente sempre jovem e, por isso, fica atenta à dinâmica do mercado e aberta para as inovações do mundo.

E) uma fase da vida em que as pessoas começam a se preocupar demasiadamente com a moda e com a prática de certas atividades.

04. É correto afirmar que o Texto 1 é, predominantemente:

A) narrativo.

B) injuntivo.

C) expositivo.

D) dissertativo.

E) descritivo.

05. Por suas características e finalidades, é correto afirmar que o Texto 1 circula, privilegiadamente, na esfera:

A)

literária.

 

B)

jurídica.

C)

jornalística.

 

D)

publicitária.

E)

acadêmica.

06. não

“Mas,

obstante

as

variações,

essa

classificação

simplificada compreende o que entendemos como processo vital, natural e inalterável da condição humana.”. O segmento destacado nesse trecho tem o mesmo valor de:

A)

apesar das variações.

B)

por

conta das variações.

C)

além das variações.

D)

no

que tange às variações.

E)

tendo em vista as variações.

07. Analise as proposições abaixo, no que se refere às regras de concordância.

1)

Sempre haverá pessoas interessadas em permanecer jovens.

2)

Falta, em nossa sociedade, orientações para que os jovens sejam menos consumistas.

3)

O excesso de preocupações e cuidados com o corpo em nada contribuem para a real juventude.

4)

Sem dúvida, a maioria dos jovens acredita que é imortal.

Estão corretas:

A) 1, 2, 3 e 4.

B) 2 e 4, apenas.

C) 1 e 4, apenas.

D) 2, 3 e 4, apenas.

E) 1 e 2, apenas.

TEXTO 2

Durante meu almoço de hoje, que, devido ao programa de rádio que faço, sempre é depois das 13 horas, estava assistindo a um jornal televisivo e apresentaram uma matéria sobre uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Pernambuco, que traçou o novo perfil dos estudantes universitários no Estado. Eu fiquei embasbacada com as conclusões da pesquisa.

Segundo a reportagem, o comportamento do jovem está mudando. “Eles estão mais conscientes e preocupados, não só com o futuro, mas com as questões do dia a dia.” Para os jovens entrevistados, a lei seca deve continuar impondo limites ao uso do álcool. Além disso, sonham com a estabilidade no mercado de trabalho e acham que não há melhor programa de lazer do que a prática de esportes e a ida à praia, teatros e cinemas. Até aí, perfeito! Muito bom! Mesmo!

Mas o que me chamou a atenção foi que, segundo a pesquisa, que ouviu 600 estudantes na faixa de 22 anos, de Recife, os jovens pernambucanos são contra a legalização das drogas e contra o aborto. 81% dos entrevistados discordam da liberação da maconha, 76% são contra o aborto. Será que eu sou tão maluca, ou esses “jovens” estão cada vez mais com cabeça de velhos?

Achei até engraçado o comentário do repórter, que disse: “para os especialistas, o acesso ao conhecimento e à educação faz com que os jovens desenvolvam senso crítico e responsabilidade e, nesse caso, o conservadorismo pode ter efeitos positivos.” Senso crítico? Não vejo raciocínio lógico para tantos jovens serem contra o aborto e contra a legalização da maconha, que resolveriam grandes problemas sociais.

Com a pesquisa, concluo que o jovem está cada vez mais bitolado, dominado e acomodado.

Texto disponível em: http://camiladiesel.wordpress.com/2009/08/15/os- jovens-estao-mais-conservadores-isso-me-preocupa. Acesso em 14/01/2011. Adaptado.

08. A autora do Texto 2 dirige sua crítica, principalmente:

A) à Universidade Federal de Pernambuco, por ter traçado um perfil equivocado dos estudantes universitários no Estado.

B) à metodologia aplicada na pesquisa realizada, que coletou dados de um universo pouco representativo de estudantes pernambucanos.

C) aos especialistas, por acreditarem que o acesso ao conhecimento e à educação faz com que os jovens desenvolvam senso crítico e responsabilidade.

D) aos jovens entrevistados, por terem manifestado opinião contrária à da autora, no que respeita a questões polêmicas da atualidade.

E) aos estudantes que ainda sonham com a estabilidade no mercado de trabalho e que gostam de praticar esportes.

09. Dentre as características abaixo, assinale a única que está presente no Texto 2.

A) Farto uso de metáforas.

B) Alto grau de formalidade.

C) Prevalência da conotação.

D) Presença de desvios gramaticais.

E) Discurso em primeira pessoa.

10. A autora do Texto 2 considera que “os jovens estão cada vez mais bitolados, dominados e acomodados”, porque eles:

A) forneceram informações falsas a uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Pernambuco.

B) se revelaram contrários à legalização das drogas e à prática do aborto.

C) demonstraram estar mais conscientes e preocupados com questões polêmicas.

D) defenderam a ideia de que a lei seca deve continuar impondo limites ao uso do álcool.

E) conseguiram desenvolver forte senso crítico e responsabilidade.

11. da leitura do Texto 2, o leitor conclui que sua

Ao final

autora é:

A) bastante conservadora, no que diz respeito à liberação das drogas e ao aborto.

B) a favor da opinião dos especialistas, de que os jovens desenvolveram senso crítico.

C) contrária à opinião dos jovens entrevistados, no que se refere à liberação da maconha e ao aborto.

D) contra a ideia de que a liberação das drogas e da prática do aborto resolveria problemas sociais.

E) radicalmente contrária a pesquisas que tomam os jovens como objeto de estudo.

12. Eu fiquei embasbacada com as conclusões da pesquisa.” Com essa informação, a autora pretendeu dizer que as conclusões da pesquisa a deixaram:

A) estupefata.

B) enraivecida.

C) desequilibrada.

D) tranquila.

E) entusiasmada.

13. O terceiro parágrafo é iniciado da seguinte maneira: “Mas

O termo

o que me chamou a atenção foi destacado nesse trecho indica que:

A) um segmento explicativo será introduzido.

B) o texto sofrerá mudança na direção argumentativa.

C) um parágrafo conclusivo será iniciado.

D) ideias já ditas anteriormente serão repetidas.

E) o segmento anterior do texto será parafraseado.

que [

].”.

14. Sobre aspectos morfossintáticos do Texto 2, analise as proposições a seguir.

1)

No trecho: “Durante meu almoço de hoje, que, devido ao programa de rádio que faço, sempre é depois das 13 horas, estava assistindo a um jornal

televisivo [

]”,

o segmento destacado tem valor

causal.

2)

No trecho: “Para os jovens entrevistados, [

].

Além

disso, sonham com a estabilidade no mercado de trabalho e acham que não há melhor programa de

lazer do que [

são os mesmos.

os sujeitos dos verbos destacados

]”,

3) No trecho: “para os especialistas, o acesso ao conhecimento e à educação faz com que os jovens desenvolvam senso crítico e responsabilidade”, o sinal indicativo de crase é opcional.

Está(ão) correta(s):

A) 2, apenas.

B) 3, apenas.

C) 1 e 2, apenas.

D) 2 e 3, apenas.

E) 1, 2 e 3.

TEXTO 3 Às vezes eu acho que o sinal mais evidente de que existe vida
TEXTO 3
Às vezes eu acho que o sinal
mais evidente de que existe
vida inteligente em algum
lugar do universo é o de que
ninguém até agora tentou
entrar em contato conosco.

Imagem disponível em: www.caviarcompingadinho.blogspot.com. Acesso em 14/01/2011.

15. O pensamento do garoto, no Texto 3, expressa:

A) decepção com a humanidade.

B) esperança de um futuro melhor.

C) desejo de mudar o mundo.

D) crítica aos seres extraterrestres.

E) revolta quanto ao estado do planeta.

16. O termo ‘conosco’, usado no Texto 3, se refere:

A) às crianças da Terra.

B) a todos os seres vivos.

C) aos extraterrestres.

D) aos destruidores da natureza.

E) aos habitantes da Terra.

TEXTO 4

“Para efeitos didáticos, considera-se que o brasileiro tem início em 1836, com a publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de

Magalhães, e da Revista Niterói, em Paris, e permanece no cenário literário até 1881, quando ocorre a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, romance realista de

, romance

e a publicação de naturalista de Aluísio Azevedo.”

17. Assinale a alternativa na qual se encontram os termos e/ou expressões que completam corretamente o Texto 4.

A) Realismo – Machado de Assis – Quincas Borba.

B) Arcadismo – Aluísio de Azevedo – O cortiço.

C) Romantismo – Machado de Assis – O mulato.

D) Realismo – José de Alencar – O cortiço.

E) Modernismo – Aluísio de Azevedo – O mulato.

18. Correlacione os poetas românticos da coluna à esquerda com seus respectivos poemas, na coluna à direita.

1)

Gonçalves Dias

(

)

Navio Negreiro

2)

Álvares de Azevedo

(

)

Meus oito anos

3)

Casimiro de Abreu

(

)

Se eu morresse amanhã

4)

Castro Alves

(

)

Canção do Exílio

A

sequência correta, de cima para baixo, é:

A) 4, 3, 2, 1.

B) 1, 2, 3, 4.

C) 3, 2, 1, 4.

D) 2, 1, 4, 3.

E) 1, 4, 3, 2.

“Em socorro ao homem do campo que não encontra o que ansiava na cidade e que não pode voltar a sua origem, surge, na segunda metade do século XVIII, uma Arte e uma Literatura que vão transportar esse homem de volta para o campo, por meio de obras que têm como conteúdo a caracterização de um ambiente natural que fornece ao homem as riquezas e belezas das quais ele necessita.”

(Disponível em: http://rosabe.sites.uol.com.br. Acesso em 14/01/2011).

19.

O

texto acima trata do:

A)

realismo.

B) parnasianismo.

C) romantismo.

D) arcadismo.

E) barroco.

20.

São características do movimento literário barroco, no Brasil:

1)

contraposição de temas, de assuntos, de motivos e de elementos expressivos.

2)

uso exagerado de imagens, de figuras de sintaxe, de metáforas difíceis e de floreios literários.

3)

forte religiosidade, expressa em temas religiosos.

4)

visão pessimista do mundo.

Estão corretas:

A) 2, 3 e 4, apenas.

B) 1, 3 e 4, apenas.

C) 1, 2 e 4, apenas.

D) 1, 2 e 3, apenas.

E) 1, 2, 3 e 4.

Matemática

21. Se um objeto em movimento percorre q quilômetros em d dias e h horas, quantos quilômetros o objeto percorre por dia?

A) 24q/(24d + h)

B) q/(24d + h)

C) 24d/(d + 24h)

D) 24q/(24h + d)

E) q/(24h + d)

22. No começo do dia, a razão entre o número de cães e de gatos de um abrigo de animais é de 11 para 12. Ao longo do dia, são admitidos 10 cães e 8 gatos e nenhum dos animais é liberado. Se, no final do dia, o número de cães excede o de gatos, qual era o número total de cães e gatos no abrigo, no começo do dia?

A) 23

B) 46

C) 69

D) 92

E) 115

23. Lançando simultaneamente dois dados perfeitos, qual a probabilidade de os números obtidos serem naturais consecutivos?

A) 2/9

B) 5/18

C) 1/3

D) 7/18

E) 4/9

24. Um palestrante proferiu uma conferência de 60 minutos para um auditório cheio. Se 40% da audiência assistiu à palestra inteira, 10% cochilou durante toda a palestra, metade dos restantes assistiu a um quarto da palestra e a outra metade assistiu a três quartos da palestra, qual o número médio de minutos que os presentes assistiram à palestra?

A) 40 minutos

B) 39 minutos

C) 38 minutos

D) 37 minutos

E) 36 minutos

25. Um número natural n é perfeito se n é igual à soma dos divisores naturais de n que são menores do que n, como ocorre, por exemplo, com o número 6, que é um número perfeito, pois 6 = 1 + 2 + 3. Qual dos naturais nas alternativas abaixo é perfeito?

A) 20

B) 22

C) 24

D) 26

E) 28

26. função f tem domínio o conjunto dos reais diferentes de

A

0

e 1, e contradomínio o conjunto dos números reais. Se f

satisfaz

f (

x

1

1 x

x

)

=

qual o valor de f(2)?

A) 2

B) 3/2

C) 4/3

D) 5/4

E) 6/5

para todo x no seu domínio,

27. Para uma festa, foram confeccionados 40 chapéus de

base

medindo 15cm e geratriz 25cm. Quanto foi usado de papelão (considere somente a área lateral do cone)?

papelão, na forma de cone

retos,

com

raio da

25 cm Dado: use a aproximação π ≈ 3,14. 15 cm 2 A) 4,41m 2
25 cm
Dado: use a aproximação π ≈ 3,14.
15 cm
2
A) 4,41m
2
B) 4,51m
2
C) 4,61m
2
D) 4,71m
2
E) 4,81m

28. Se o PIB (Produto Interno Bruto) de um país aumenta 5%

a cada ano, em quantos anos, contados a partir de hoje, o

PIB desse país duplicará? Dados: use as aproximações ln

2 0,7 e ln 1,05 0,05.

A) 12 anos

B) 13 anos

C) 14 anos

D) 15 anos

E) 16 anos

29. Uma sequência com três números reais forma uma progressão aritmética com primeiro termo 5. Se o primeiro termo é mantido, 2 é adicionado ao segundo e 9 é adicionado ao terceiro, obtemos uma progressão geométrica. Se a progressão geométrica tem termos não nulos, qual o valor do terceiro termo?

A) 17

B) 18

C) 19

D) 20

E) 21

30. Uma companhia tem três minas, X, Y e Z, de níquel, cobre

e ferro. Na tabela a seguir estão os percentuais de níquel, cobre e ferro em cada uma das minas.

Níquel

Cobre

Ferro

X 1%

2%

3%

Y 2%

5%

7%

Z 1%

3%

1%

Usando as minas X, Y e Z, pretende-se obter 7 toneladas de níquel, 18 toneladas de cobre e 16 toneladas de ferro. Quantas toneladas serão usadas da mina X?

A) 180

B) 190

C) 200

D) 210

E) 220

31. Duas semirretas com origem em um ponto O formam entre si um ângulo de 45º. Se o ponto A está em uma das

semirretas, o ponto B está na outra e a distância entre A e

B é 1, qual a maior distância possível entre O e A?

A O 1 B A) 3
A
O
1
B
A) 3

B) 1,7

C) 1,6

D) 1,5 E) 2
D) 1,5
E)
2

32. Quando o preço do sanduíche de uma padaria é de R$ 5,00, são vendidas 36 unidades por dia. Uma pesquisa com os consumidores da padaria revelou que, a cada

diminuição de R$ 0,10 no preço do sanduíche, o número de unidades vendidas por dia aumentaria de um. Ajustando adequadamente o preço do sanduíche, qual o faturamento máximo que a padaria pode obter com sua

venda?

A) RS 184,70

B) R$ 184,80

C) R$ 184,90

D) R$ 185,00

E) R4 185,10

33. Se

os

números

reais

positivos a

e b satisfazem

igualdades a b = b a e b = 4a, qual o valor de a?

A)

B)

C)

D)

E)

as

34. Uma escola está preparando uma excursão para 400 estudantes. A companhia de transportes tem 10 ônibus de 50 lugares e 8 ônibus de 40 lugares. O número de motoristas disponíveis é 9. O aluguel do ônibus com maior capacidade é de R$ 800,00 e de R$ 600,00 para o ônibus menor. Escolhendo adequadamente o número de ônibus de cada tipo, qual o menor custo possível com os ônibus para a excursão?

A) R$ 6.200,00

B) R$ 6.300,00

C) R$ 6.400,00

D) R$ 6.500,00

E) R$ 6.600,00

35. Júnior, Marcos e Nelson lançam, cada um e nessa ordem, um dado perfeito, com suas faces enumeradas de 1 a 6. Qual a probabilidade de Nelson ser o primeiro a obter um 5? Sugestão: Observe que a probabilidade de Nelson obter um 5, pela primeira vez, no n–ésimo lançamento, é de (5/6) 3n-1 .(1/6).

A) 23/91

B) 24/91

C) 25/91

D) 26/91

E) 27/91

36. Duas faixas, com largura constante de 1cm, se interceptam formando um ângulo α. Qual a área da região comum às faixas, em cm 2 ?

1 A) 1/sen α B) 1/(1 – sen α) C) 1/sen 2 α D) E)
1
A) 1/sen α
B) 1/(1 – sen α)
C) 1/sen 2 α
D)
E) 1/cos 2 α
1

37. Um paralelepípedo reto tem altura de 4cm e base um

quadrado com lado medindo 3cm. Um orifício na forma de um cilindro reto é feito no paralelepípedo, obtendo-se um novo sólido. Os pontos B e C na ilustração são extremos de um diâmetro de uma base do cilindro e são colineares com os pontos A e D, que são vértices do paralelepípedo

e na face contendo B e C. Se os pontos B e C dividem AD em três segmentos de mesmo comprimento, qual o volume do sólido? Indique o valor mais próximo. Dado:

use a aproximação π ≈ 3,14.

D C B A A) 27 cm 3 28 cm 3 C) D) 30 cm
D
C
B
A
A) 27 cm 3
28 cm 3
C)
D) 30 cm 3
B)
29 cm 3
E) 31 cm 3

38. Se as medidas dos ângulos de um triângulo, em graus, A,

B e C, satisfazem as equações

3sen A + 4cos B = 6 e 4sen B + 3cos A = 1, qual a medida do ângulo C?

A) 30 o

B) 45 o

C) 60 o

D) 90 o

E) 150 o

39. Os pontos D e E dividem a hipotenusa BC de um triângulo retângulo ABC em três segmentos de mesmo comprimento. Se AE = sen x e AD = cos x, para algum x em graus com 0 < x < 90 o , qual a medida de BC?

C E D A B
C
E
D
A
B

A) 3/

8
8

B) 3/

7
7

C) 3/

6
6

D) 3/

5
5

E) 3/

3
3

40. Ao escolhermos aleatoriamente um divisor natural de 12, qual a probabilidade de ele ser menor que 5?

A) 1/6

B) 2/3

C) 1/3

D) 2/3

E) 5/6