O que é Bioma?

Biomas são grandes ecossistemas terrestres com uma fisionomia vegetal característica, determinada principalmente pela influencia de fatores macroclimáticos. Possuem padrão homogêneo de estrutura e função, em escala continental ou regional. Os biomas são geralmente caracterizados e identificados por suas plantas mais abundantes, razão pela qual falamos em formações fitogeográficas. (fito: planta). Os principais Biomas terrestres são: Tundra, Taiga, Floresta Temperada, Floresta Tropical, Campos e Desertos

.

Biomas mundiais
 Tundra
A tundra ocorre no hemisfério norte, próximo à região de gelo permanente (calota polar), formando um cinturão entre as latitudes de 60° e 80° Norte. O clima muito frio e seco dessa região apresenta apenas três meses menos frios no ano. No solo o degelo só ocorre no verão, formando grandes brejos. As plantas características da tundra são herbáceas, como o capim e o junco, além de muitos musgos, liquens e alguns poucos arbustos. A fauna está representada por renas, lemingues (pequenos roedores), ptármigas (aves do tamanho de um pombo), raposas, caribus, bois almiscarados, lebres árticas, lobos árticos, muitos insetos e aves migratórias.

que não perdem as folhas nos meses frios do ano. dentre outros animais. linces. Por essa razão esse bioma é também chamado floresta decídua temperada ou floresta caducifólia.Tundras. . As plantas típicas são as coníferas. carvalhos e bétulas. Ocorrem principalmente na Europa e na América do Norte. A vegetação desse bioma é muito diversificada. bordos. Alguns animais hibernam durante o inverno. As árvores que constituem a floresta temperada perdem as folhas no inverno. Canadá. grupo ao qual pertencem pinheiros — árvores sempre verdes. ursos. com invernos rigorosos. suas folhas são decíduas.  Floresta temperada As florestas temperadas são bem desenvolvidas em regiões de clima temperado. composta de faias. A fauna está representada por lobos. alces. dentre outras plantas. no hemisfério norte. Floresta Boreal. lebres. norte do Canadá  Floresta boreal A floresta boreal (taiga) localiza-se em regiões de clima frio. cervos. caracterizado pelas quatro estações do ano bem definidas. isto é. Ocorre principalmente ao sul da tundra.

anfíbios e invertebrados. como orquídeas. da Ásia e da Austrália. Além dos mamíferos. há grande diversidade de aves. por exemplo) e de mamíferos terrícolas (cotias. . que oscilam normalmente entre 21 e 32 °C. apresentando grande diversidade de mamíferos arborícolas (macacos e preguiças. rico em matéria orgânica. ocupando grande parte das Américas Central e do Sul e algumas áreas da África. capivaras. dentre outros. as árvores nunca perdem suas folhas de uma só vez em uma estação específica. A matéria orgânica que atinge o solo é logo degradada. Como os minerais liberados são rapidamente aproveitados pela densa vegetação. pois as altas temperaturas e a umidade aceleram os processos de decomposição. esquilos. de crescimento rápido e "sempre verde". répteis. compreendendo javalis. As folhas das árvores são geralmente grandes. antas e outros).O solo dessas florestas é profundo. com extremidade afilada em goteira e superfície lisa. o solo nessas florestas é muito pobre. ou seja. Floresta temperada. Esse bioma apresenta vegetação abundante. samambaias e bromélias. Essas regiões são caracterizadas por altos índices de precipitação e por temperaturas elevadas. onças. A fauna é rica. o que facilita o escoamento da água. Nos troncos e ramos normalmente existem muitos liquens e diversas espécies de trepadeiras e epífitas. Sua fauna é muito diversificada. além de ocorrer em várias ilhas da região equatorial. leões-damontanha. Itália  Floresta tropical A floresta tropical ocorre ao norte e ao sul da linha do equador.

além das gramíneas. Savanas: campos onde há. arbustos e árvores. Amazônia. Ocorrem em regiões sujeitas a períodos de seca. Ocorrem principalmente nas Américas do Norte e do Sul. A vegetação é composta basicamente de plantas herbáceas e árvores de pequeno porte. As pradarias da América do Norte e os pampas da Argentina. região nordeste do Brasil  Desertos . Os campos podem ser classificados em: Estepes: campos onde predominam gramíneas. Brasil  Campos ou Pradarias Os campos são formações abertas. onde a pluviosidade é geralmente baixa. Savana. Os campos cerrados. do Uruguai e do sul do Brasil são exemplos de estepes. na Ásia. na África e na Austrália. Caatinga. que cobrem cerca de 30% do território brasileiro. e a caatinga são exemplos de savana.Floresta tropical. encontradas tanto em regiões tropicais como em regiões temperadas.

E composta basicamente de gramíneas e plantas arbustivas. Ocorrem principalmente na África (deserto do Saara). Deserto do Atacama Biomas brasileiros . enquanto as noites muitas vezes são extremamente frias.Os desertos encontram-se ao redor das latitudes 30° Norte ou Sul. as temperaturas são altas. A vegetação do deserto é pouco abundante e muito esparsa. na Austrália. Durante o dia. no C na Bolívia e no Brasil. que apresentam uma série de adaptações ao ambiente de (xeromorfismo): caules que armazenam água e folhas transformadas em espinhos. em regiões de baixa pluviosidade e baixa umidade do ar. como os cactos. o que diminui a de transpiração. nos Estados Unidos.

solo. quando se cortam as arvores. . apresenta-se como um ecossistema extremamente complexo e delicado. jacaré-coroa. Tocantins e Maranhão. Mato Grosso. arrancam-se ou queimam-se os troncos? Cortada a vegetação nativa. o que tem levado à drástica redução da população dessas plantas. macaco-prego araçari (tucano). espécies de grande porte como a castanheira. haveria uma sucessão secundária? A Amazônia. a seringueira (de onde se extrai o látex para a fabricação de borracha). graças às quais já foram feitas descobertas importantes na. de modo que a ausência de qualquer um deles é suficiente para desarranjar o ecossistema. confere-lhe uma infinidade de inter-relações ecológicas. Além disso. O que acontece. Todos os elementos — clima. Todos contribuem para a manutenção do equilíbrio. No Brasil a floresta Amazônica distribui-se por nove estados: Acre. Amapá. Floresta Amazônica A Amazônia é a maior floresta tropical do mundo. nos últimos anos a extração de mogno e cerejeira na floresta Amazônica aumentou muito. que é a maior floresta tropical do mundo e tem sua maior porção em território brasileiro. o crescimento de pastos ou mesmo plantações de milho. Pará. Além desse grande numero de plantas. Dentre as plantas podemos citar o cupuaçu. Entretanto. retirando-se a densa cobertura vegetal. (ou quatá). abrigando cerca de 20% de todas as espécies vivas do planeta. Sua maior parte localiza-se no território brasileiro. Sua incrível diversidade biológica. entulhando-os. o poraquê (peixeelétrico). então. cana-de-açúcar e outros vegetais pode ocorrer. Floresta Amazônica: uma comunidade clímax. fauna e flora — estão tão estreitamente relacionados que não se pode considerar nenhum deles como principal. Roraima. Rondônia. arara-vermelha. o guaraná'. como é o caso do curare e do quinino (bom remédio Como os estoques de madeira estão se esgotando. pois não haverá reposição de detritos orgânicos. do qual cobre cerca de 40%. Se desmatada. A diversidade biológica dessa floresta é a maior do mundo. essa camada de húmus provavelmente se esgotará em dois ou três anos. palmeiras como o açaí. na Amazônia está a maior variedade de espécies de animais: macaco aranha. a fina camada de húmus pode garantir o renascimento rápido de uma vegetação natural de novo porte. Esse bioma abriga também inúmeras espécies de plantas medicinais. as chuvas quase contínuas da Amazônia atingirão diretamente os solos. "lavando" seus nutrientes e desagregando os sedimentos. jacaré-açu. o tucumã e o inajá. Amazonas. a sumaúma (conhecida como "o gigante da Amazônia") e o angelim. formada por embaúbas e arbustos. peixes como o pirarucu. que serão transportados em forma de areia para depressões e rios.

Trilha na região Amazônica. o solo se tornará nu e cada vez mais arenoso. o ecossistema estaria destruído. como testemunho do que fora o ecossistema primitivo. Não se deve fazer o contrário: ocupar. Dificilmente a região se transformaria em um deserto total. Mas. Dentre as aves ameaçadas de extinção destacam-se a araponga (também conhecida como "voz da mata Atlântica"). Talvez a melhor maneira de colonizar a Amazônia seja exatamente cultivar pequenas áreas como se fossem ilhas de ocupação. a peroba e o cedro. estendendo-se desde o Rio Grande do Norte até o sul em montanhas e planícies litorâneas.Pouco a pouco. Brasil  Mata Atlântica A mata Atlântica também é uma floresta tropical. encontra-se muito devastada em virtude da grande ocupação humana. o jacu e o macuco. pois os ventos alísios oriundos do oceano são capazes de garantir a umidade necessária para algumas formas de vegetação. derrubar e utilizar toda a floresta. de qualquer maneira. como o mico-leão-dourado. a jacutinga. o jacarandá. ameaçadas de extinção. dentre as quais o pau-brasil. Não haverá uma sucessão secundária levando ao restabelecimento da mesma comunidade clímax anterior. Atualmente. Nessa mata há grande diversidade de plantas. restando apenas 7% da vegetação original. em meio ao imenso oceano verde. deixando apenas certo número de reservas naturais. o jequitibá. incluindo vários mamíferos ameaçados de extinção. A fauna é diversificada. a onça-pintada e o mono carvoeiro (o maior macaco das Américas). .

 Caatinga . costa brasileira  Mata de araucárias A mata de araucárias ocorre na região Sul do Brasil. Santa Catarina. estendendo-se de São Paulo e sul de Minas Gerais até o norte do Rio Grande do Sul. A gralha-azul e a gralha-picaça são aves típicas dessa região. A madeira do pinheiro-do-paraná tem grande importância econômica e por isso a espécie tem sido intensamente explorada. principalmente no Paraná e em Santa Catarina. Nessas regiões predominam o pinheiro-do-paraná (Araucária angustifolia) e o pinheiro do gênero Podocarpus. o que vem provocando drásticas reduções da mata: hoje corresponde a menos de 2% do que foi originalmente.Mata Atlântica. Mata de Araucárias.

e também em pequenas extensões do Amazonas. formando os campos de indaiás) e capim-flecha (chega a atingir 2. ave praticamente extinta. elevadas. O clima no cerrado é quente. a cascavel.A caatinga ocorre na região Nordeste. . Mato Grosso e Minas Gerais. murici. mesmo nas estações secas o solo contém quantidade razoável de água a partir de 2 m de profundidade. Paraíba e Pernambuco. retirando a água necessária para sua sobrevivência. Mato Grosso do Sul. Algumas das principais plantas encontradas no cerrado são: araçá. A fauna da caatinga inclui animais como o corrupião. por exemplo. Apesar da pouca chuva. principalmente no verão. sendo menor apenas que a Floresta Amazônica. como o xiquexique. indaiá (palmeira de caule subterrâneo que em certos locais domina a paisagem. com estação seca rigorosa. o que se observa em certas plantas da caatinga. o gavião-carcará e a ararinha-azul. Assim. São Paulo. em locais onde as chuvas são irregulares. principalmente nos estados de Tocantins. Caatinga. Ocorrem na região Centro-Oeste.5 m de altura e pega fogo com facilidade). gabiroba. desde que fertilizados e corrigidos em sua acidez pela adição de calcário. as raízes de muitas plantas aprofundam-se até atingir o lençol freático subterrâneo. A palavra caatinga tem sua origem na língua tupi e significa mata branca (caa = mata. Paraná. pau-terra. nome sugerido pelo aspecto esbranquiçado dos galhos das árvores que perdem suas folhas na época da seca. embora chova em certas épocas do ano. região nordeste do Brasil  Cerrado O cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. especialmente nas cactáceas. Goiás. tinga = branca). Outro mecanismo de proteção contra a perda de água é a redução das folhas a espinhos. fato que constitui um mecanismo de proteção contra a perda de água. as secas são prolongadas e as temperaturas. Os solos dos cerrados são considerados úteis para a agricultura.

ou campos sulinos.A fauna é muito rica. incluindo a ema — a maior ave das Américas. Dentre os mamíferos. dentre outros. Pampas. Goiás  Pampas Os pampas. Um importante fator ecológico do cerrado é o fogo. tamanduá. podemos citar: lobo-guará. Cerrado brasileiro. cascas espessas ou caules subterrâneos. ocorrem no Rio Grande do Sul e apresentam vegetação herbácea. atividade muito comum na região. causado por diversos fatores. onça-pintada. como por exemplo. propícia à criação de gado. Rio Grande do Sul  Pantanal . como raios. As plantas possuem adaptação para enfrentar o fogo. anta. tatu e veadocampeiro.

patos-selvagens. Embora o número de espécies seja inferior ao registrado na Amazônia e no cerrado. No caso das aves. cervo-do-pantanal e onça-pintada. A flora do Pantanal está representada pela carandá. Nesses locais há plantas típicas de brejos. desde o Amapá até Santa Catarina. formando pequenas lagoas entremeadas por terras firmes. cachara. Mesmo nos meses mais secos. além de participar de modo fundamental na produtividade das regiões costeiras. buriti e manduvi. dentre outras espécies. estima-se que Pantanal reúna a maior concentração do continente. muitas regiões ainda permanecem alagadas. . No entanto número de indivíduos de cada espécie é muito maior no Pantanal. É um ecossistema extremamente importante. O Pantanal apresenta fauna muito rica.O Pantanal abrange os estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. inundando extensas áreas. piranha. onde os rios da bacia do rio Paraguai extravasam suas águas nos meses de cheia. Outros representantes da fauna pantaneira são dourados. observando-se com freqüência árvores inteiras ocupadas por grupos de garças. de campo e de floresta. sucuri. arara-azul. Pantanal. jacaré-do-papo-amarelo. jaburus ou tuiuiús (ave símbolo da região). É uma região plana. e em locais com inundações raras pode-se encontrar uma vegetação típica de cerrado. Mato Grosso do Sul  Manguezal O manguezal desenvolve-se na região litorânea onde os rios desembocam no mar. pois constitui locais usados por grande número de animais marinhos para a reprodução. estendendose pela Bolívia e pelo Paraguai.

Manguezais. área litorânea do nordeste brasileiro .

html .wikipédia.Geografia geral e do Brasil. 2005. São Paulo Saraiva.Geografia geral e do Brasil. pg329 LUCCI.Elian Alabi.Elian Alabi. Sônia.br/biomas/images. 2005. Saraiva.Bibliografia LUCCI. pg335 LOPES. São Paulo. São Paulo.org. 2005. Saraiva. pgs568 a 572 https://www. Biologia Volume Único.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful