Conteúdo extraído do Superarquivo da revista Superinteressante (http://w w w .superinteressante.c om.

br/superarquivo/) 1/11/2005 00:00:00

Arte ou ciência?
As duas coisas viram uma só no prêmio fotográfico inglês Visions of Science, que reúne as melhores imagens relacionadas a temas científicos - e muitas vezes produzidas em laboratório. Confira algumas da fotos vencedoras Texto M arcos Nogueira

A ORIGEM DA VIDA Autor: John Brackenbury, zoólogo Categoria: conceitos A obra – uma combinação de fotografias com intervenções de Photoshop – representa a panspermia. Este é o nome da teoria que afirma que as sementes da vida (no caso, os ovos) estão espalhadas pelo Universo e caíram na Terra.

SAL E PIM ENTA Autor: David M cCarthy, microscopista Categorias: close-up e geral Esta é a grande vencedora do Visions of Science, que levou também o troféu de melhor foto de close-up – objetos vistos de muito perto. David M cCarthy, chefe da unidade de microscopia eletrônica da Universidade de Londres, simplesmente fotografou um cristal de sal marinho ao lado de um grão de pimenta-do-reino. As cores foram acrescentadas mais tarde pelo software Photoshop.

M OVIM ENTO DA CÉLULA CANCEROSA Autora: Anne Weston, médica Categoria: medicina e vida Isto é o mais próximo (literalmente) que se pode chegar da metástase – o processo pelo qual o câncer se espalha pelos órgãos. Na foto de Anne Weston, tirada por um microscópio digital e colorida por computador, uma célula cancerosa se movimenta na direção de um poro. A imagem foi produzida em um centro de pesquisa que busca novos métodos de tratamento da doença.

CRISE DE ENXAQUECA Autora: Debbie Ayles, artista plástica Categoria: ciência encontra a arte O concurso Visions of Science, promovido pelo laboratório Novartis em parceria com o jornal inglês The Daily Telegraph, admite qualquer um com interesse por ciência e fotografia. A autora desta imagem, artista plástica, sofre de enxaqueca– que pode atrapalhar a percepção visual. É assim que ela enxerga um celeiro durante uma crise. A tela foi fotografada posteriormente.

CRISTAIS DE PARACETAM OL Autor: Spike Walker, fotomicroscopista

superinteressante.2011 Editora Abril S. o autor usou uma tela de barras paralelas para filtrar a iluminação. Um bom exemplo disso é um clipe que não afunda devido à tensão superficial da água. as obras do concurso têm nomes bastante auto-explicativos. Para faturar o prêmio de foto de ação. em que se podem ver a estrutura celular (em azul) e o sistema vascular (em vermelho). Todos os direitos reservados. Trata-se do caule de um girassol. O camarão vive na anêmona-marinha que aparece ao fundo.A. A borboleta foi registrada por uma câmera digital comum. TENSÃO SUPERFICIAL Autor: Robert Anderson. estudante Categoria: jovem fotógrafo – até 16 anos A vencedora do prêmio juvenil apresentou uma montagem.com. Jim Greenfield mergulhou a 10 metros de profundidade no mar de Curaçao.br/superarquivo/2005/conteudo_414158. . Com essa foto. a presença das anêmonas indica que ali é a região dos "lava-rápidos". Coisas como fenômenos físicos que podem ser observados a olho nu. enquanto a imagem atrás dela foi capturada por uma máquina fotográfica acoplada a um microscópio eletrônico. o exprofessor de biologia Spike Walker bateu outros 533 concorrentes na categoria arte. fotógrafo amador Categoria: prêmio especial do ano de Einstein O prêmio especial contemplou fotos que tinham a física como tema. são só cristais do analgésico paracetamol vistos através de um microscópio. disse Spike ao Telegraph. Para realçar as distorções que o peso do objeto produz na superfície. fotógrafo Categoria: ação Como se percebe. Endereç o desta matéria: http://www.shtml 1987 . BORBOLETA NO CAULE Autora: Rachel Shillcock. CAM ARÃO LIM PANDO OS DENTES DE UM PEIXE-LAGARTO Autor: Jim Greenfield. "Espero que algumas pessoas se espantem com o fato de que uma pílula branca e redonda pode ter uma estrutura cristalina atraente e colorida". Para o peixe-lagarto.Categoria: arte M ontanhas polares de Urano? Não. nas Antilhas Holandesas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful