1 - Q193092 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia A guarda dos arquivos se inscreve

na duração, no tempo longo da vida dos homens e das instituições, ao contrário das necessidades da comunicação, da informação e, em geral, da documentação, que são orientadas para a atualidade e o imediato . Neste trecho de seu livro Arquivos para quê? (São Paulo, 2010), a) arquivos públicos e arquivos privados. b) arquivo permanente e arquivo corrente. c) arquivologia e ciência da informação. d) arranjo e descrição. e) atividades-fim e atividades-meio. 2 - Q193093 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia O princípio do respeito à ordem original tem sido objeto de polêmica na área arquivística. Uns preferem considerá-lo de forma estrita, respeitando a ordem física que os documentos tinham na fase corrente. Outros o entendem à luz do fluxo natural com que foram produzidos, traduzindo- o como princípio do respeito à a) organicidade. b) sucessão arquivística. c) jurisdição arquivística. d) integridade. e) temporalidade. 3 - Q193094 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Ao contrário dos museus, bibliotecas e centros de documentação, que formam seus acervos a partir do mecanismo da coleção, os documentos de arquivo são reunidos por processo de a) sucessão. b) alienação. c) reintegração d) acumulação. e) prescrição. 4 - Q193095 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Dá-se o nome de recolhimento ao ingresso de documentos a) no arquivo intermediário. b) no arquivo central. c) no arquivo permanente. d) nos centros de restauro. e) nas câmaras de fumigação. 5 - Q193096 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia As funções de gestão financeira, recursos materiais e recursos humanos estão presentes em todas as instituições e configuram as chamadas atividades a) estruturais. b) específicas. c) de missão. d) eventuais. e) de suporte. 6 - Q193097 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia No âmbito de uma instituição arquivística, o histórico do órgão produtor, o levantamento de suas atividades, a análise da situação do acervo (dimensões, organização, estado de conservação) e dos recursos materiais e a) guia de fundos. b) inventário topográfico. c) cadastro patrimonial. d) diagnóstico. e) memorial. 7 - Q193098 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia De acordo com critério baseado na responsabilidade, os documentos de primeira idade ficam sob a custódia a) do arquivo intermediário. b) do arquivo permanente. c) de empresa de guarda terceirizada. d) de um centro de documentação. e) do órgão produtor. 1

8 - Q193099 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia À sequência de diligências e ações prescritas para o curso do documento, desde o momento da produção ou recepção até a solução ou o cumprimento de sua função administrativa, dá-se o nome de a) fluxo. b) tradição. c) tramitação. d) comunicação. e) percurso. 9 - Q193100 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Schellenberg considera valores probatórios dos documentos aqueles decorrentes da prova que contêm da organização e suas funções. Quanto aos valores inerentes ao seu conteúdo, chama-os de a) informativos. b) legais. c) testemunhais. d) intrínsecos. e) jurídicos. 10 - Q193101 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia A condição sob a qual se extinguem prazos para aquisição ou perda de direitos contidos nos documentos, sendo por isso mesmo importante para a demarcação de sua vigência, é a a) precaução. b) prescrição. c) prevenção. d) procrastinação. e) prolação. 11 - Q193102 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Os acórdãos de natureza administrativa do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região são documentos a) cujo recolhimento não é recomendável. b) que, por seu valor histórico, devem ingressar no arquivo permanente. c) que, uma vez eliminados, dispensam ata de avaliação. d) passíveis de descarte, depois de cumprir estágio no arquivo intermediário. e) sobre os quais deve recair processo de amostragem. 12 - Q193103 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Os valores mediatos dos documentos de arquivo opõem- se aos chamados valores a) primários. b) permanentes. c) históricos d) eternos. e) secundários. 13 - Q193104 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Atenção: Para responder às questões de números 33 a 35, considere o texto abaixo transcrito.

_ Quanto ao tipo documental, trata-se de a) cadastro de pessoa física. b) precatório trabalhista. c) recibo de documento desentranhado. d) planilha de contagem de tempo de serviço. e) processo trabalhista. 14 - Q193105 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia 2

O original deste documento pertence ao arquivo a) da Prefeitura Municipal de Maceió. b) da Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas. c) pessoal de João da Silva. d) do Ministério Público do Estado de Alagoas. d) fechada. e) etimológica. 15 - Q193106 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Se o documento for digitalizado e ficar disponível na internet, para fins de consulta pública, seu gênero pode a) iconográfico. b) aberto c) digital. d) textua e) virtual. 16 - Q193107 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Ampliação, contato e negativo correspondem, no caso de documentos fotográficos, a diferentes modalidades a) espécie. b) formato. c) forma. d) contexto. e) suporte. 17 - Q193108 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Além da lista alfabética das denominações adotadas, o vocabulário controlado - instrumento que auxilia o arquivista na elaboração e aplicação de planos de classificação de documentos - contém as diferentes atividades ordenadas pelas funções ou pela estrutura do órgão produtor. Tal componente do vocabulário a) codificada. b) categorizada. c) aberta. d) fechada. e) etimológica. 18 - Q193109 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia A organização dos arquivos, como enfatizou Janice Gonçalves, significa dar visibilidade às funções e atividades do organismo produtor. De acordo com a terminologia adota- da por alguns profissionais da área, o instrumento utilizado nessa tarefa recebe nomes distintos, conforme a etapa em que se encontram os a) da tabela de temporalidade. b) do registro topográfico. c) do plano de destinação. d) do quadro de arranjo. e) da tabela de equivalência. 19 - Q193110 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia A descrição de cada peça documental é característica do a) índice. b) inventário. c) guia. d) repertório. e) catálogo. 20 - Q193111 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia O conjunto articulado de informações referentes a uma unidade de descrição é conhecido por a) verbete. b) dossiê. c) registro. d) ficha. e) notação. 21 - Q193112 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia 3

c) dissolução química.TRT . e) editoração e publicidade. a) a eliminação de documentos produzidos por insti. c) difusão cultural e assistência educativa. que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos. 27 .19ª Região (AL) .2011 . dos chamados serviços de a) reprografia e informática.2011 . 23 . e) combustão.” Assim se exprime Heloísa Bellotto. 22 . b) o inventário. d) a custódia.2011 . b) descrição e referência. com a população escolar. b) fumigação a vácuo. de 8 de janeiro de 1991.TRT . traduz uma das macrofunções do arquivo: a) o acesso. 25 .Ao contrário do descritor. criados e mantidos em ambiente tecnológico de contínua alteração e crescente complexidade. as instituições arquivísticas preocupam-se com a projeção que podem ter sobre a comunidade e.Q193115 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia A possibilidade de consulta aos documentos. nome do destinatário. seja como resultado de autorização legal. indicação de anexo.19ª Região (AL) . seja como consequência da elaboração de instrumentos de pesquisa. assunto.19ª Região (AL) . na forma da legislação em vigor. em especial.2011 . código de classificação.Analista Judiciário .Analista Judiciário . aquele que desfigurar ou destruir documentos de valor temporário. e) a avaliação.Q193117 ( Prova: FCC .Q193114 ( Prova: FCC . d) consulta e instrumental de pesquisa. e) o guia.159. c) limita-se a indicar a função do documento.TRT . 26 . b) valor primário. Valem-se.19ª Região (AL) .Arquivologia / Arquivologia A Lei nº 8. b) é retirada do texto do documento. c) a conservação.Q193118 ( Prova: FCC . data de produção.Q193113 ( Prova: FCC . para tanto. ao afirmar que o primeiro instrumento a ser elaborado por uma instituição a) a cronologia.Arquivologia / Arquivologia Embora não seja sua função precípua.Analista Judiciário . o Conselho Nacional de Arquivos estabeleceu os metadados que devem acompanhá-los quando de seu encaminhamento para instituições de custódia: nome do autor. civil e administrativa.Arquivologia / Arquivologia Considerando a natureza específica dos arquivos digitais. a eliminação de documentos deverá ser feita. partindo do geral para o parcial. e) ficará sujeito à responsabilidade penal. b) a ordenação.TRT .2011 . c) o diagnóstico.Arquivologia / Arquivologia Observando critérios de preservação ambiental. data da transmissão. data da captura ou arquivamento. d) a tabela de temporalidade.TRT .Analista Judiciário . destinatária de recentes políticas voltadas para a valorização do patrimônio documental. e) encabeça a ficha que dá acesso ao documento.Arquivologia / Arquivologia “A elaboração dos instrumentos de pesquisa deve ser sucessiva.2011 . d) são públicos os conjuntos de documentos produzidos e recebidos por instituições de caráter público e por entidades privadas encarregadas da gestão de serviços públicos.Analista Judiciário . d) permite a recuperação da tipologia documental.tuições públicas e de caráter público só será realizada b) todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular ou de interesse c) os documentos cuja divulgação ponha em risco a segurança da sociedade e do Estado ficam desobrigados de classificação depois de 10 (dez) anos. nome do setor responsável pela execução da ação a) gênero. data do recebimento. a) fragmentação mecânica. c) restrição de acesso. 24 . d) congelamento.19ª Região (AL) .19ª Região (AL) .Analista Judiciário .Q193116 ( Prova: FCC . a palavra-chave a) traduz o conceito ou assunto do documento. 4 .TRT .

19ª Região (AL) . b) Open Systems Interconnection (OSI). imagem em movimento ou som. c) escala de cinza.Analista Judiciário . d) metadado.Q193121 ( Prova: FCC . c) do nível hierárquico do órgão produtor.Q193122 ( Prova: FCC .19ª Região (AL) . e) da reputação do signatário. transformando-os em documentos de extensão txt. Os traslados.2011 . apenas.Q193124 ( Prova: FCC . 34 .2011 .TRT . 28 . com valor de guarda permanente. b) número de armazenamento. terão de ser autenticados pela autoridade competente Está correto o que consta em a) I.Arquivologia / Arquivologia Quando a leitura de cada fotograma é feita de maneira perpendicular à largura do microfilme. devendo ser recolhidos ao arquivo público de sua esfera de atuação ou preservados pelo III.Q193125 ( Prova: FCC . d) II e III.TRT . só deverá ocorrer se estiver prevista na tabela de temporalidade do órgão. d) do modo de transmissão e custódia.Arquivologia / Arquivologia Para permitir a leitura de textos digitalizados por escâner. c) I e III. conteúdo e foco.Q193120 ( Prova: FCC .Analista Judiciário .TRT .19ª Região (AL) . Os documentos oficiais ou públicos.19ª Região (AL) . b) da chancela de um oficial de justiça. direitos autorais e densidade. conteúdo e órgão de custódia. c) Off-Line Reader (OLR).TRT .Analista Judiciário . b) disponibilizar apenas um mecanismo de atribuição de identificadores a classes do plano de classificação.2011 .19ª Região (AL) . sabe-se que foi aplicada. entre a) impedir que os usuários autorizados acrescentem novas rubricas ao plano de classificação de documentos.Analista Judiciário . 33 . por e) permitir acesso público ao controle do sistema operacional e ao gerenciador do banco de dados.nada de metadados e de conteúdo do documento. para produzirem efeitos legais em juízo ou fora dele.2011 .Arquivologia / Arquivologia Sobre a microfilmagem de documentos oficiais.Analista Judiciário . b) horizontal. não poderão ser eliminados após a microfilmagem. e) método de ordenação.TRT . A eliminação de documentos oficiais ou públicos.Q193119 ( Prova: FCC . d) fornecer interface que possibilite a pesquisa combi. evitando variações 5 . aprovada pela autoridade competente na esfera de atuação do II. a posição a) transversal. escala de cores e dimensões.TRT . e) vertical.Arquivologia / Arquivologia Na identificação da imagem digital. b) I e II.2011 . e) ponto de início. 32 .Arquivologia / Arquivologia A confiabilidade de um documento está relacionada ao momento em que é produzido. 31 . a) American Standard Code for Information Interchange (ASCH).2011 . as sinaléticas básicas são: a) restrições de uso. apenas. d) Post Office Protocol (POP).Q193123 ( Prova: FCC . 30 . d) justaposta.Analista Judiciário . após a microfilmagem.2011 .d) estágio de preparação.Arquivologia / Arquivologia Um Sistema Informatizado de Gestão Arquivística de Documentos (SIGAD) deve ter como requisito. c) paralela.TRT . ao passo que sua a) do uso de sinais de validação. continuação e ponto final. e) Optical Character Recognition (OCR). apenas. apenas.Arquivologia / Arquivologia O adequado armazenamento de documentos de arquivo implica a) manter a temperatura entre 15 e 22 °C e a umidade relativa do ar entre 45% e 60%. c) rejeitar documentos cujo conteúdo inclua imagem fixa. no processo de microfilmagem. 29 .19ª Região (AL) .Analista Judiciário . considere: I. e) I. II e III. as certidões e as cópias em papel ou em filme de documentos microfilmados.19ª Região (AL) .

19ª Região (AL) .19ª Região (AL) . c) o índice ideográfico.2011 . impedindo a proliferação de insetos.Analista Judiciário .Q193131 ( Prova: FCC .TRT . c) particularidades regionais. b) o roteiro de apoio.Arquivologia / O instrumento que serve para indicar o ato (citação.2011 .Q193127 ( Prova: FCC . chama-se a) autoclave.19ª Região (AL) . e) 1995. b) gratificação por tempo de serviço. d) admite estratificação. 37 . facultou aos Tribunais do Trabalho a eliminação de autos findos com mais de cinco anos.19ª Região (AL) .Arquivologia / Arquivologia O equipamento de fechamento hermético.Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia Na aplicação do Código de Classificação e da Tabela de Temporalidade.23ª REGIÃO (MT) .2011 . o Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região indicou como de guarda permanente inúmeros a) indenização por dano moral coletivo.Arquivologia / Arquivologia No âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região. d) pirômetro. e) anemômetro. b) higrômetro. penhora.2011 .b) proporcionar banhos semanais de luz fluorescente ao material em suporte-papel. e) câmara escura. b) 1998. e) expor as embalagens à incidência direta da luz solar. 40 . contados a partir da data de seu arquivamento.Arquivologia / Arquivologia Em função da data de criação do Tribunal Regional do Trabalho .2011 .Arquivologia / Arquivologia A Lei nº 7.Analista Judiciário .Q171863 ( Prova: FCC . 35 . e) desconsidera toda e qualquer população acima de 10. c) 1982. c) jaqueta. a estratégia da guarda amostral.19ª Região (AL) .Alagoas.2011 . e) retribuição por invenções e patentes. chama-se a) carta precatória.Q193126 ( Prova: FCC . pois as de aço estão permanentemente sujeitas a processo de ferrugem.2011 . 6 .TRT . d) utilizar estantes de madeira. utiliza-se o a) barômetro. aplicada para a) aceita 20% como percentual máximo de margem de erro.TRT . 38 . d) 2001. b) é coordenada pelo Sistema de Arquivos do Estado de Alagoas. de modo a fortalecer c) pulverizar o interior das caixas e pastas com BHC. cuja prática se requisita de juiz de outra circunscrição.TRT . o Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região adotou como instrumento auxiliar e remissivo a) o manual de procedimentos.Q193128 ( Prova: FCC . quando se trata de séries heterogêneas.Analista Judiciário . 36 . d) a lista de eliminação. 41 . 39 .TRT . Pela Resolução Administrativa nº 24.000 unidades documentais. apreensão ou qualquer medida processual). foi fixado no ano de a) 2000.19ª Região (AL) . d) câmara de segurança.Q193130 ( Prova: FCC . d) trabalho com proteção especial. o corte cronológico. que visa preservar os processos judiciais dos primeiros tempos da instituição.627.Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia Na medição da umidade relativa do ar.TRT . a vácuo. destinado à fumigação de documentos (medida profilática que lhes é aplicada quando ingressam no arquivo permanente). de 10 de novembro de 1987.TRT . e) a planilha de equivalência.Q193129 ( Prova: FCC . c) termômetro.Analista Judiciário . c) depende da anuência do Conselho Nacional de Arquivos. b) forno. de 2004.Analista Judiciário .

Q171869 ( Prova: FCC . 42 . como afirma Renato Tarciso Barbosa de Souza. é documento do gênero a) iconográfico.Analista Judiciário .2011 . c) cartográfico.23ª REGIÃO (MT) . forma. e) uma concessão de direito. caderno.2011 . espécie.Arquivologia / Processo de execução fiscal. 48 . b) audiovisual. d) identificação e contextualização.TRT . com a perspectiva de elaboração de instrumentos de pesquisa.Q171864 ( Prova: FCC . 7 . forma e técnica de registro.Analista Judiciário .2011 .TRT .TRT . formato. c) o mapeamento das unidades de arquivamento. sendo o a) um instrumento normativo. c) fontes relacionadas.Analista Judiciário .Q171866 ( Prova: FCC . c) forma. espécie e forma. e) espécie. 44 .b) foral.Arquivologia / Se entendermos a classificação como a ação intelectual de construir esquemas para agrupar os documentos a partir de princípios estabelecidos. tipo. d) decimal. b) um registro reivindicatório.23ª REGIÃO (MT) .Q171870 ( Prova: FCC . d) formato.2011 .2011 . b) pontos de acesso e indexação de assuntos. 43 . c) caducidade.2011 . suporte. 45 .Analista Judiciário .TRT . numa relação igualmente significativa. Schellenberg a) temporalidade. e) enciclopédico. e) debênture. d) imprescritibilidade. d) o levantamento das unidades de descrição. e) autenticidade. suporte e tipo. para fins de controle topográfico da documentação.Arquivologia / Um enorme cartaz emoldurado (pôster). e) tridimensional. c) uma transcrição legitimada. em letras garrafais. e) o modo como se dispõem os tipos documentais dentro das divisões estabelecidas no esquema de 47 .Q171868 ( Prova: FCC . 46 . de acordo com suas dimensões b) a guarda de documentos em mobiliário que lhes é reservado nas áreas em que se dividem os depósitos.Analista Judiciário . d) acórdão. b) dicionário. o processo de ordenação a) a ação física de colocar os documentos em pastas ou caixas nas estantes. reproduz dispositivo legal a ser cumprido por todos.Arquivologia / Ao definir arranjo como o processo de agrupamento dos documentos singulares em unidades significativas e também o de agrupamento de tais unidades entre si. atestado e certidão são espécies documentais distintas.23ª REGIÃO (MT) .23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / Ao ordenar os documentos de acordo com a disposição numérica atribuída aos documentos em sua sucessão a) dígito-terminal. b) organicidade.23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / Embora apresentem fórmulas semelhantes. b) suporte.Analista Judiciário . c) carta patente.Q171865 ( Prova: FCC .TRT .TRT . destinada a a) condições de acesso e uso. contrato e cópia são exemplos de a) tipo. d) textual.Analista Judiciário . tipo e formato.TRT .Arquivologia / A Norma Brasileira de Descrição Arquivística (NOBRADE) acrescentou à ISAD(G) uma área nova. formato e espécie.Q171867 ( Prova: FCC . d) um diploma ascendente. c) numérico cronológico. cujo conteúdo.2011 .23ª REGIÃO (MT) .23ª REGIÃO (MT) .

c) apoio cultural.Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias. e) gestor de autenticidade. 51 .Q171871 ( Prova: FCC . b) grande variação de temperatura nas substâncias de processamento.Arquivologia / As instituições arquivísticas preocupadas com a divulgação de seu acervo junto à comunidade dispõem de a) abstracts.TRT .23ª REGIÃO (MT) . c) auditor digital. c) data cronológica. e) afirma serem invioláveis a intimidade. na legislação brasileira. b) fiscal de criptografia. 49 . mediante contratos de gestão. que pode a) inventário. o mais abrangente e popular .Arquivologia / A administração do acesso aos arquivos encontra. ) Quando da microfilmagem de documentos de arquivo é possível aparecer.2011 .Q171872 ( Prova: FCC .TRT .Analista Judiciário . nas matrizes de primeira geração. podem ser omitidos.23ª REGIÃO (MT) . 8 .23ª REGIÃO (MT) .Q171877 ( Prova: FCC .Q171875 ( Prova: FCC .TRT .23ª REGIÃO (MT) . 53 .23ª REGIÃO (MT) . 54 .2011 .23ª REGIÃO (MT) .2011 .Arquivologia / Um documento de arquivo é autêntico quando a) ostenta todos os sinais de validação.Arquivologia / Dentre os instrumentos de pesquisa. b) data tópica. d) índice. deixando o filme entrar em contato com superfície cortante da processadora.2011 .Analista Judiciário .Analista Judiciário . e) corresponde fielmente ao original. Tal defeito deve-se a a) manuseio descuidado. no exercício do habeas data . 50 . preceitos por vezes conflitantes. mediante processo de identificação estabelecido nas práticas definidas na Infraestrutura de Chaves Públicas (ICP). c) reserva aos parlamentares a condição de propor ações que objetivem anular toda e qualquer medida lesiva d) transfere para instituições não governamentais.Arquivologia / Nos verbetes que descrevem unitariamente os documentos processuais que integram o arquivo permanente de uma instituição. b) empréstimo. c) filme torcido ou amassado antes ou durante o processamento.TRT . e) guia.Q171876 ( Prova: FCC .e) conteúdo e estrutura.2011 . lavagem ou secagem. estaduais e municipais. d) transmitido e preservado sem adulteração. o chamado craquelamento da emulsão. administrando sua consulta. e) espécie/tipo.2011 . segundo Heloísa Bellotto. d) digital manager.Analista Judiciário . a honra e a imagem das pessoas.TRT . b) as informações nele contidas são verdadeiras. b) repertório.23ª REGIÃO (MT) .Analista Judiciário . Ao mesmo tempo em que assegura a todos o direito de receber dos órgãos públicos informações de seu a) faculta apenas aos militares a prerrogativa de obter certidões em repartições públicas para esclarecimento b) estabelece sistema de taxas e emolumentos para que.TRT . a incumbência de administrar os arquivos federais.Analista Judiciário .Q171874 ( Prova: FCC . d) notação. e) referência. d) reprografia. protegendo as 55 . a vida privada. dados sobre a) número de protocolo. por irrelevantes. 52 .2011 . as pessoas conheçam as informações que sobre si constam nos bancos de dados governamentais. c) catálogo.Analista Judiciário .Q171873 ( Prova: FCC . dá-se o nome de a) autoridade de registro.Arquivologia / À organização que distribui certificados digitais aos usuários finais. c) assinado pela autoridade máxima da instituição.TRT .

de forma manual ou mecânica. de efeito antiestático. c) pergaminhos. d) certificação digital.23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / Quanto maior o número de pixels utilizados no processo de captura digital de determinada imagem.Analista Judiciário . é especialmente recomendado para a) filmes de sais de prata.TRT . A diferença entre o material de biblioteca e o de arquivo independe de técnica de registro. que consiste em a) encerrá-los em recipiente hermeticamente fechado. apenas. museus e centros de documentação formam seus acervos por meio de Está correto o que se afirma em a) I.Arquivologia / A propósito do paralelismo entre as diferentes instituições de custódia de documentos.Arquivologia / À sequência de bits que usa algoritmos específicos. b) paleografia.Q171854 ( Prova: FCC .TRT .Arquivologia / A disciplina que tem por objeto a estrutura formal e a autenticidade dos documentos é a a) bibliologia.23ª REGIÃO (MT) .Q171853 ( Prova: FCC . 9 .23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / A fim de proteger os documentos em suporte-papel.Arquivologia / Um fundo é aberto quando a) a entidade produtora continua em atividade. e) menos qualidade terá sua reprodução. submetendo-os a fumigação. d) preencher suas eventuais falhas com polpa de papel. utiliza-se a técnica da encapsulação.Analista Judiciário . III.Q171881 ( Prova: FCC .2011 . b) cifração digital.Q171879 ( Prova: FCC . fixando-as por meio de adesivo. 62 . b) colocá-los entre duas superfícies de poliéster transparente cujas bordas são seladas.Q171852 ( Prova: FCC . 57 .23ª REGIÃO (MT) . e) vazamento de luz na cabeça da filmadora ou na sala de revelação.TRT .Analista Judiciário . c) assinatura digital.Q171880 ( Prova: FCC . 58 . apenas.Analista Judiciário . e) decifração digital. apenas. considere as I. Ao museu histórico devem ser recolhidos os documentos de arquivo de valor permanente. b) menos necessidade haverá de lhe aplicar iluminação direta. 59 . d) diplomática.2011 . d) seus documentos mais importantes ficam expostos.2011 . e) papéis ácidos.23ª REGIÃO (MT) . b) há espaço suficiente para armazenamento do acervo. c) sigilografia. c) reunir as folhas avulsas entre capas. 60 . b) palimpsestos.2011 . c) maior grau de compressão alcançará o arquivo. b) I e II. e) I e III.2011 . d) II e III. c) não sofre restrições de acesso. 61 .TRT .TRT .2011 .23ª REGIÃO (MT) . e) utilizar agentes químicos para destruir insetos e micro-organismos xilófagos. c) I.Analista Judiciário .TRT .Arquivologia / O mobiliário de aço tratado com pintura sintética.Analista Judiciário . d) fitas magnéticas. 56 . e) ecdótica. a) mais elevada será sua resolução linear.2011 .Analista Judiciário . II e III.TRT .Q171878 ( Prova: FCC . apenas. suporte ou II.d) ângulo da luminária da filmadora baixo demais. Ao contrário dos arquivos. d) mais reduzida a escala de tonalidades de cinza que obterá.23ª REGIÃO (MT) . chaves criptográficas e certificados digitais para autenticar a identidade do signatário e confirmar a integridade do documento dá-se o nome de a) chave digital.

Arquivologia / O ato pelo qual determinado documento passa a constituir processo. constitui o chamado prazo de a) prescrição. 68 . b) portarias. no tamanho máximo.e) seus documentos são desclassificados. c) cartas circulares.TRT . Tribunal de Alçada. é conhecido pelo nome de a) intimação. e) por derrogação. 69 . d) autuação.23ª REGIÃO (MT) .23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / O período durante o qual os documentos permanecem no arquivo corrente ou no arquivo intermediário. b) só aceita petições em formato PDF. por operação. a a c) Tribunal Pleno.TRT .2011 .TRT .Analista Judiciário . 10 . homologação de transação extrajudicial e consignação em pagamento.Arquivologia / A possibilidade de examinar ou conhecer documentos sigilosos por permissão excepcional configura a a) livre. Tribunal Regional do Trabalho.2011 . data de publicação e órgão julgador. c) tramitação. habeas data e dissídio coletivo. de 2 megabytes . e) memorandos.2011 .23ª REGIÃO (MT) . 64 . execução de título extrajudicial e restauração de autos. Nesse último a) Supremo Tribunal Federal. de acordo com a tabela de temporalidade.23ª REGIÃO (MT) . qualquer que seja seu remetente. destaca-se o de Jurisprudência.2011 .2011 . 2 a Vara e 1a Vara.23ª REGIÃO (MT) .Arquivologia / Dentre os serviços que o Tribunal Regional do Trabalho da 23 a Região oferece por meio de seu site .TRT . e) exceção de incompetência. b) recolhimento.Analista Judiciário . para fins de transmissão.23ª REGIÃO (MT) . utilizado no âmbito da a) admite o fracionamento da petição e dos documentos que a acompanham. e) expedição. b) contenciosa.Arquivologia / O Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos (e-DOC). exprimem-se por meio a) decretos.Analista Judiciário . são de guarda permanente.Arquivologia / Os atos administrativos do Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 23 a Região.Analista Judiciário .Analista Judiciário . dos desembargadores federais. redator. Tribunal de Justiça. agravo regimental e recurso de multa. d) não expede comprovantes de recebimento da petição. quando voltados para os interesses gerais da instituição. no âmbito da gestão de documentos e informações. relator.Q171860 ( Prova: FCC . cujos parâmetros de pesquisa são: texto. depois de recebido no setor de protocolo de uma entidade. 65 . 66 . 67 . data de julgamento. e) Tribunal Superior do Trabalho. c) desconsidera as petições transmitidas fora do horário de atendimento ao público.TRT . embargos à arrematação e reintegração de posse. c) conflito de competência.TRT . 63 .23ª REGIÃO (MT) .Q171857 ( Prova: FCC .2011 .Q171856 ( Prova: FCC . Tribunal de Alçada. c) transferência. e) exige a apresentação posterior de originais ou fotocópias autenticadas. d) execução de termo de ajuste de conduta. entre outros. 2 Turma e 1 Turma.Analista Judiciário . b) recolhimento. Tribunal Regional do Trabalho.Q171861 ( Prova: FCC .Analista Judiciário .TRT . b) Superior Tribunal de Justiça. juízes e servidores. os processos de a) exceção de impedimento.Arquivologia / De acordo com a Tabela de Temporalidade de Documentos Unificada da Justiça do Trabalho de 1 o e 2o Graus. Superior Tribunal de Justiça e Tribunal Superior do Trabalho. d) Tribunal Regional Federal.Q171855 ( Prova: FCC .2011 .Q171859 ( Prova: FCC . d) editais. c) de segurança. b) embargos à adjudicação.Q171858 ( Prova: FCC . d) de custódia.

para seu ingresso definitivo no acervo histórico. b) apoio cultural.2009 . c) cronológicos. 70 . 73 . d) de relevância.Analista Judiciário . 76 .Q171862 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . c) o verbete e a entrada. c) arranjados e descritos em função dos interesses da pesquisa histórica. b) probatório. pessoa ou evento.Arquivologia / Arquivologia ) O conjunto articulado de informações referentes a determinada unidade de descrição e o termo pelo qual se dá acesso a ela configuram. d) a súmula e a sinalética.Analista Judiciário .Analista Judiciário . utiliza critérios a) de procura.Analista Judiciário .TRE-PI . b) o resumo e o descritor. d) a tabela de equivalência.TRT .Analista Judiciário . c) o inventário analítico.2009 . além da seleção por tema. e) proceder à análise diplomática das séries. significa.Q122486 ( Prova: FCC . 72 . b) a relação de transferência.Q122484 ( Prova: FCC . publicações.Analista Judiciário . pública ou privada. nas instituições a) referência. respectivamente.TRE-PI .Q122482 ( Prova: FCC . 75 .Q122487 ( Prova: FCC . e) a ementa e o índice. c) manter o princípio do respeito à ordem original.Arquivologia / Arquivologia ) O instrumento de controle e localização física das unidades de arquivamento é a) o registro topográfico.d) retenção. para liberação de espaço nos depósitos. a) o sumário e a palavra-chave.TRE-PI .2009 . agrupados. e) destinação. cidade. e) diplomáticos e tipológicos.2009 . e) liberados de toda e qualquer restrição de acesso.Arquivologia / Arquivologia / Arquivos Deixar os documentos provenientes de uma instituição. e) secundário.Q122485 ( Prova: FCC .2009 . d) legal. valorizando os itens mais antigos.Arquivologia / Arquivologia ) Quando os documentos de arquivo atingem a terceira idade. a) adotar um formato sistêmico de gestão. devem ser a) reavaliados. estado). consulta e frequência de uso.TRE-PI . que lhes devolvem sua função probatória. b) digitalizados e descartados.Arquivologia / Arquivologia ) Uma das modalidades de repertório é a que. no âmbito dos arquivos permanentes.2009 .Q122483 ( Prova: FCC .TRE-PI . importância ou interesse. conferências. b) geográficos (bairro.TRE-PI . c) intrínseco. d) autenticados pelos cartórios. o a) informativo. b) utilizar o método estrutural de arranjo.Arquivologia / Arquivologia ) Exposições.23ª REGIÃO (MT) . d) reprografia. concursos e visitas programadas fazem parte. sem misturá-los a outros. 71 . e) atendimento ao público. e) a relação de recolhimento.Arquivologia / Quando um documento passa a servir a fins distintos daqueles para os quais foi originalmente produzido. c) manutenção e zeladoria. d) praticar o chamado respeito aos fundos. 11 .2011 . 74 .

2009 . d) processamento de dados.Q122490 ( Prova: FCC . 82 . c) reprodução fac-similar. c) geração. e) subordinam-se aos do Poder Legislativo Federal. e) respeitar a intimidade das pessoas e garantir a segurança do Estado. por iniciativa do Projeto Resgate de Documentação Histórica Barão do Rio Branco.TRE-PI .Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia / Legislação. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos).159. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). b) encapsulamento. e) substituição.Arquivologia / Arquivologia / A reprodução dos documentos da Capitania do Piauí (1684-1828) existentes no Arquivo Histórico Ultramarino. em Lisboa. 78 .TRE-PI . d) anistiar os crimes cometidos durante os regimes de exceção. 12 . e) criptografado.Analista Judiciário . 80 . os arquivos do Poder Judiciário Federal a) ficam sob a custódia do Supremo Tribunal Federal. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). 79 .073.77 .2009 .Q122488 ( Prova: FCC . c) acompanham as normas dos sistemas de arquivo dos Estados em que se encontram sediados.2009 .TRE-PI . d) deteriorado. do a) complemento.Analista Judiciário . _ Na sinalética preconizada para a microfilmagem. abriga dispositivos contraditórios e de difícil gestão relacionados ao acesso.TRE-PI .Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8. b) segurança.Arquivologia / Arquivologia / Considere o símbolo a seguir. inspirada em preceitos constitucionais. Embora o direito à informação esteja assegurado. ) A Lei nº 8.TRE-PI . c) manter positiva a imagem do país ante os tribunais internacionais.2009 .Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia ) O conjunto de atividades necessárias para transferir a informação digital de suportes obsoletos ou deteriorados para outros mais novos é conhecido como a) recolhimento. d) devem ser depositados nos arquivos dos municípios em que estão localizadas as diferentes comarcas. estabelece que a) a eliminação de documentos produzidos por instituições públicas será realizada mediante autorização da b) o acesso a documentos sigilosos referentes à honra e à imagem das pessoas será restrito por um prazo c) todos têm direito de receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular ou de interesse d) a incorporação de documentos de origem privada aos arquivos públicos depende de parecer do Conselho e) competem aos arquivos do Poder Legislativo Federal a gestão e o recolhimento dos documentos produzidos e recebidos pelos Tribunais e outros órgãos judiciários.Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8.TRE-PI . que regulamenta a Lei nº 8. b) incompleto.se esse símbolo quando o documento estiver a) ilegível. de 3 de janeiro de 2002. A legislação arquivística brasileira.Analista Judiciário .Q122491 ( Prova: FCC .159.Q122489 ( Prova: FCC .Q122492 ( Prova: FCC . há limites para o a) esquecer o passado e cultivar os heróis nacionais.159.Q122493 ( Prova: FCC . ) Em razão do Decreto nº 4. b) fazem parte do Sistema Nacional de Arquivos. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos).159.2009 .2009 . 81 . registra. b) preservar a autoridade das instituições civis e salvaguardar as honras militares. c) em língua estrangeira.Analista Judiciário .

d) literários. e) clonagem. Jenkinson serviu-se desta comparação negativa para acentuar uma característica que costuma acompanhar as definições clássicas de arquivo. 89 . c) funcionais. e) expor os documentos em suporte-papel à radiação ultravioleta. pois ocupam espaço mínimo. d) depositá-lo em câmara a vácuo.Q122496 ( Prova: FCC . como os objetos de um museu.2009 . os documentos formam agrupamentos de acordo com critérios estritamente a) temáticos. e) históricos.TRE-PI .d) migração. b) permitir que o dióxido de enxofre e os óxidos de nitrogênio criem uma película de proteção nos papéis. a) manter as janelas abertas. d) velatura e criptografia. b) dispensam o trabalho dos arquivistas. b) gênero. c) estabelecer política de controle ambiental da temperatura e da umidade. do ponto de vista da conservação dos documentos. d) só admitem o índice como instrumento descritivo. sua a) naturalidade.Q122495 ( Prova: FCC . e) demandam métodos de leitura e conservação distintos dos que se aplicam a documentos em suporte86 . b) singularidade.Analista Judiciário . porque são de competência dos técnicos de informática.Q122408 ( Prova: FCC . e) impermeabilizá-lo.Q122497 ( Prova: FCC .TRE-PI .TRE-PI .Analista Judiciário . c) suporte. 87 .Arquivologia / Arquivologia / Considera-se intervenção adequada. 88 .Analista Judiciário . estabilizar um documento significa a) colocá-lo na posição horizontal.Arquivologia / Arquivologia ) Os arquivos não são documentos colecionados artificialmente. c) não podem ser considerados autênticos. em gavetas ou caixas. 84 . isto é. d) integridade. c) intercalar folhas em branco entre suas páginas. b) metáforas e outras figuras de linguagem.Arquivologia / Arquivologia ) Ao contrário do tratamento biblioteconômico. b) interromper processo de deterioração do suporte ou de seus agregados. e) contexto.Analista Judiciário .2009 . 13 .2009 . promovendo seu gradativo resfriamento. evitando oscilações acentuadas.Arquivologia / Arquivologia ) As coleções ostentam documentos reunidos segundo critérios variáveis.Arquivologia / Arquivologia / Para efeitos de preservação e conservação.Analista Judiciário . que valoriza o conteúdo dos documentos. c) capilaridade. b) discursivos.Q122413 ( Prova: FCC .TRE-PI .Q122403 ( Prova: FCC . e) unicidade. a fim de proteger a documentação textual.TRE-PI . Nos arquivos. 85 . tanto natural quanto artificial. a abordagem a) formato.Q122494 ( Prova: FCC .2009 . 83 . já que suas informações são desprovidas de contexto.2009 .TRE-PI .Arquivologia / Arquivologia / Documentos Diferentemente dos que representam a realidade por analogia física. d) aumentar os níveis de acidez e oxidação da celulose.Analista Judiciário . para que a luz natural do sol ilumine e aqueça o ambiente.2009 . c) sinais heterográficos. manuscritas ou impressas. e) notação alfanumérica. por meio de plastificação ou aplicação de spray.2009 . pois carecem de sinais de validação. entretanto. d) tamanho.Analista Judiciário .TRE-PI .Arquivologia / Arquivologia / Documentos Os chamados documentos eletrônicos a) não precisam ser avaliados. os documentos digitais utilizam a) códigos binários.

91 . apenas.Arquivologia / Arquivologia ) O código adotado pelo Conselho Nacional de Arquivos no processo de classificação dos documentos resultantes das atividades-meio da Administração Pública foi criticado pelos profissionais da área. seja indiretamente. 95 .2009 .Analista Judiciário .TRE-PI .TRE-PI .TRE-PI .TRE-PI . d) a forma que antecede a elaboração de manuscritos. condições de conservação. sem limitação a) impermeabilidade. b) atender às consultas dos órgãos de origem. b) atemporalidade.2009 . b) o conjunto dos documentos notariais. e) invariabilidade. e) manter a guarda dos documentos recolhidos. d) desenvolver ações educativas junto às escolas da região. d) imprescritibilidade. por impor a) decimal.Q122428 ( Prova: FCC . c) entrevistar antigos funcionários da instituição.Q122424 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia / Arquivo O arquivo intermediário cumpre.Analista Judiciário .Q122419 ( Prova: FCC .Q122455 ( Prova: FCC . c) os assuntos fiquem relacionados segundo sua disposição temporal. frequência de uso) e das condições de infraestrutura de que dispõe (edifício. apenas. a de a) promover a descrição do acervo.90 . quando sua disposição física coincide com os critérios de busca estabelecidos. e) duplex. apenas. e) os temas sejam ordenados de acordo com as unidades territoriais a que se referem. entre outras funções.Analista Judiciário . b) plano de destinação.Analista Judiciário . d) os assuntos secundários fiquem subordinados aos assuntos principais. c) variadex. sob a forma de instrumento auxiliar.TRE-PI .Arquivologia / Arquivologia / Protocolo. d) permanentes. A opção pela ordem temática enciclopédica determina a) todos os assuntos sejam distribuídos alfabeticamente. b) haja uma combinação entre números sequenciais e sucessão temporal dos documentos.Analista Judiciário . seja diretamente. e) correntes.Analista Judiciário . 93 .Arquivologia / Arquivologia ) A descrição e análise das atividades.Arquivologia / Arquivologia / Gestao A gestão de documentos. d) unitermo.Analista Judiciário . e) a primeira etapa do processo de avaliação de documentos.Arquivologia / Arquivologia ) Nos arquivos correntes. b) dígito-terminal.2009 . costuma-se utilizar métodos que permitem a recuperação dos documentos.Q122452 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . bem como da situação dos documentos nela acumulados (quantidade. c) inventário topográfico. de acordo com a legislação brasileira.2009 . 97 .Q122433 ( Prova: FCC .2009 . c) intermediários.TRE-PI .Q122443 ( Prova: FCC .2009 . e) diagnóstico de arquivos.Arquivologia / Arquivologia ) Entende-se por notação a) o material sobre o qual as informações são anotadas. a) guia de fontes. ) 14 . c) caducidade.Arquivologia / Arquivologia ) O atributo pelo qual os arquivos públicos podem ser reivindicados pelo Estado que os produziu.Q122438 ( Prova: FCC .2009 .2009 . c) o código de localização dos documentos no acervo. é um conjunto de procedimentos e operações a) intermediários e permanentes. instrumentos de acesso disponíveis. 96 . b) correntes e intermediários. mobiliário. funções e competências da instituição.TRE-PI . 94 . 92 . datas-limite.TRE-PI . d) plano de armazenamento.

e) são de valor permanente os documentos que comprovam a origem do órgão produtor. fita magnética e digitação. c) minuta. 98 .2009 .Q122474 ( Prova: FCC . Quando se trata de documentação audiovisual. os documentos costumam ser equivocadamente nomeados pela técnica de registro. 15 . no entanto. como ocorre. no âmbito dos arquivos. 101 . b) cópia.dários de documentos oficiais se os analisarmos em relação a dois aspectos: a) a prova que contêm da organização e funcionamento do órgão governamental que os produziu. c) a eliminação de documentos precede a elaboração de tabelas de temporalidade.Arquivologia / Arquivologia ) Uma avaliação bem sucedida não pode prescindir de outra importante função arquivística.Q122476 ( Prova: FCC . pelo invólucro ou pelo suporte.TRE-PI .Arquivologia / Arquivologia ) A estrutura formal dos atos escritos permite distinguir.2009 . b) da informatização. d) rascunho.TRE-PI . d) parcialidade. e) carta reversal.2009 .TRE-PI . c) consulta. c) o programa educativo. 102 . papel e fotografia. 103 . com O primeiro aspecto de que trata o autor deste texto. b) a conservação preventiva.Analista Judiciário .Q122478 ( Prova: FCC . o renomado arquivista norteamericano Schellenberg. espécies e tipos documentais. b) caixa. d) disco óptico. problemas. que é a a) informalidade.TRE-PI . 100 . e) a elaboração de instrumentos de pesquisa. b) despacho.Analista Judiciário .2009 .2009 . e) duplicidade.Arquivologia / Arquivologia ) O ato pelo qual se pede a determinada autoridade ou instituição novo exame de decisão tomada chama-se a) recurso. sonora ou iconográfica. d) foral. que deve a) da difusão. e b) a informação que contêm sobre pessoas.Analista Judiciário . c) veracidade.Arquivologia / Arquivologia ) O texto sujeito a correções e rasuras.Analista Judiciário .Q122470 ( Prova: FCC . d) a avaliação. podendo ostentar sinais de supressões.TRE-PI . é correto afirmar que a) o valor mediato de um documento depende de sua vigência jurídico-administrativa.TRE-PI . condições etc. c) diapositivo. e) ementa. c) da classificação. e) da conservação. cassete e filme. a) disco.Analista Judiciário . coisas.2009 . acréscimos e substituições. b) autenticidade. b) os documentos produzidos pelas atividades-meio devem ser totalmente eliminados..Q122460 ( Prova: FCC .Q122465 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia / Avaliação de Em relação à avaliação. negativo e cartucho. d) deve ocorrer no fim da fase intermediária do ciclo vital dos documentos. entidades.Dentre as atividades rotineiras do serviço de protocolo de documentos está a) o controle de tramitação.Analista Judiciário . e) gravação. álbum e vídeo. é a) original. alude à mais importante qualidade dos documentos de arquivo.Arquivologia / Arquivologia ) Pode-se determinar mais facilmente os valores secun. 99 . d) do tombamento.

Q104594 ( Prova: FCC . 106 .Analista Judiciário .TRT .1ª REGIÃO (RJ) . c) a série.Q104589 ( Prova: FCC .TRT .TRT .Arquivologia / Arquivologia / Tipologia Os dois polos constituintes do documento.Analista Judiciário . 108 .Analista Judiciário . d) o assunto.Q122481 ( Prova: FCC .TRE-PI .TRT . 110 . oferecendo-lhes atualização contínua.1ª REGIÃO (RJ) . para fins de preservação. como os a) guias. e) inventários analíticos e catálogos. os catálogos tomam por uni. c) referencial.1ª REGIÃO (RJ) .Arquivologia / A inexistência de consenso quanto à denominação dos instrumentos de pesquisa tem levado os profissionais a) inventários sumários e guias. b) a reunião das comissões de avaliação.Analista Judiciário .104 . b) técnica de registro e suporte. d) guias de fontes.1ª REGIÃO (RJ) .2009 . d) remissivo.Arquivologia / inventários analíticos e catálogos. estantes.TRE-PI .quado dos documentos. prateleiras e gavetas. d) autoria e datação.Arquivologia / O instrumento de controle que indica o lugar exato ocu. são a) gênero e formato. a) treinar os funcionários.Analista Judiciário . b) apontador. d) a digitalização dos documentos em pior estado de conservação.Q104593 ( Prova: FCC .Q104592 ( Prova: FCC .Arquivologia / Na implantação de um sistema eletrônico de gestão arquivística de documentos. 109 .Q104590 ( Prova: FCC . recomenda o Conselho Nacional de Arquivos a adoção de requisitos não funcionais.2009 . c) a indexação do conteúdo dos seus documentos mais antigos.Arquivologia / Nos arquivos permanentes. b) catálogos.2011 . c) elaborar instrumentos de pesquisa e promover sua publicação. na ordem de numeração dos depósitos. e) aparência e essência.Analista Judiciário .2011 .dade de descrição a) o acervo.Analista Judiciário .Arquivologia / Dentre as atividades que antecedem imediatamente o arranjo de um fundo que acaba de ingressar no a) o levantamento da evolução institucional da entidade produtora dos documentos. e) repertórios.1ª REGIÃO (RJ) . c) repertórios e inventários. e) o documento. qualifica-se como a) topográfico. garantindo seu acesso. e) a microfilmagem de suas principais séries docu.Arquivologia / Arquivologia ) Depois que o acervo de uma instituição foi convenientemente descrito por meio de inventários.TRT . b) guias e catálogos. pode-se proceder à elaboração de instrumentos que tomam por referência a unidade documental.Q122480 ( Prova: FCC . e) geográfico. d) catálogos e índices.lecer a temporalidade dos documentos.2011 .pado pelas unidades de arquivamento.Analista Judiciário . 111 .mentais. do ponto de vista tipológico.TRT . 107 .1ª REGIÃO (RJ) .2011 . b) o fundo. d) divulgar o acervo e apresentá-lo a público não especializado e) prestar apoio reprográfico a usuários internos e externos. salas. como a) o registro e a captura.2011 .2011 . 105 . 16 . c) índices. c) estrutura e substância. para estabe. b) orientar o usuário externo quanto ao manuseio ade.Q104591 ( Prova: FCC .

b) I e II.2011 . para os profissionais encarregados de identificar os a) direito de preempção.TRT . instituição do Poder Executivo (pois só passou a integrar o Poder Judiciário pela Constituição de 1946) sinaliza. c) sinaléticas. e) fichas.Q104596 ( Prova: FCC .Q104595 ( Prova: FCC . e) I. b) etiquetas.Arquivologia / O fato de a Justiça do Trabalho ter sido. d) a avaliação e a destinação. b) o Poder Executivo instituirá. na origem. d) jaquetas.1ª REGIÃO (RJ) . c) I e III.TRT .b) o uso de padrões abertos. _ _ Está correto o que se afirma em a) I. e) a classificação. inserem-se nos filmes as chamadas a) advertências. apenas.1ª REGIÃO (RJ) .Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias.TRT .2011 . d) II e III. vida privada.1ª REGIÃO (RJ) .Analista Judiciário . apenas. 114 . c) o acesso e a segurança. exceção feita aos representantes das Forças Armadas. d) o acesso aos documentos públicos de interesse particular ou de interesse coletivo ou geral será ressalvado exclusivamente nas hipóteses em que o sigilo seja ou permaneça imprescindível à segurança da sociedade e e) os documentos públicos que contenham informações relacionadas à intimidade.Analista Judiciário .TRT .1ª REGIÃO (RJ) . II e III.Arquivologia / Considere as disposições abaixo.2011 . no âmbito da Casa Civil da Presidência da República. a) os documentos públicos que contenham informações cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado poderão ser classificados por 20 (vinte) anos. ) A fim de oferecer informações técnicas importantes sobre a microforma. honra e imagem de pessoas só poderão ser consultados mediante autorização do presidente da República. no máximo. Comissão de Averiguação e Análise de Informações Sigilosas. de 5 de maio de 2005.Analista Judiciário .Arquivologia / De acordo com a Lei no 11. 115 . b) imprescritibilidade. c) jurisdição arquivística. 112 .111. e) classificação de segurança. 113 .Analista Judiciário .Q104597 ( Prova: FCC . apenas. d) confidencialidade. 17 . apenas.2011 .Q104598 ( Prova: FCC . com a finalidade de decidir sobre a aplicação de tabelas de c) nenhuma pessoa poderá solicitar à Comissão de Averiguação e Análise de Informações Sigilosas a revisão de suas decisões.

e) rolo inicial. alteração e registros dos eventos de sua tramitação. d) autorizada.Analista Judiciário .Q104601 ( Prova: FCC .TRT .1ª REGIÃO (RJ) .Analista Judiciário . No caso do do.TRT .Analista Judiciário . c) supõe o compartilhamento das chaves e facilita o processo de autenticação.2011 . c) página retirada.Q104602 ( Prova: FCC .Diretrizes do preservador e Diretrizes do produtor .116 .Arquivologia / A maceração corresponde à eliminação de documentos por a) fragmentação mecânica.2011 .Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias.mentos são ventilados. b) o sistema operacional empregado no arquivo é obje. estabelece: “O documento institucional deve ter garantida a hora legal do momento de sua produção. c) autenticidade.1ª REGIÃO (RJ) . e) corresponde ao histórico de todas as intervenções ou tentativas de intervenção feitas no arquivo. c) repressiva.TRT . _ significa a) repetição de imagem.2011 . aparece a seguinte definição: “Cópia autoritária. A mais a) autoral.Q104599 ( Prova: FCC . 121 . 120 .TRT .Q104604 ( Prova: FCC . uma para fechar e outra para abrir o arquivo. c) os equipamentos utilizados na gestão de docu.2011 . e) impositiva. 18 . aprovado pelo Conselho da Justiça Federal em 2008.Arquivologia / Nas recentes publicações do Projeto InterPARES no Brasil sobre a preservação de documentos arquivísticos digitais . embora torne o sistema mais vulnerável.2011 . O programa de gestão documental deve possuir um meca.TRT .nismo de protocolo para os documentos. com tradução e revisão do Arquivo Nacional e da Câmara dos Deputados -. 118 . deverá ser prevista a utilização de uma Autoridade de Tempo a) organicidade. Manifestação de um documento arquivístico considerada pelo produtor como sendo o seu documento arquivístico oficial e que está comumente sujeita a controles de procedimentos que não são exigidos para outras manifestações”. b) tempestividade. a criptografia assimétrica a) conta com um par de chaves.Analista Judiciário . b) é especialmente indicada quando um mesmo agente (usuário ou sistema) cripta e decripta a informação.matizados de Gestão de Processos e Documentos do Judiciário Brasileiro). b) imersão em líquido.Q104600 ( Prova: FCC . b) ditatorial. e) periodicidade.Arquivologia / O MoReq-Jus (Modelo de Requisitos para Sistemas Infor.Arquivologia / Nos sistemas de gestão de documentos eletrônicos.to de nova licitação. 117 .Analista Judiciário .1ª REGIÃO (RJ) . d) propicia rapidez no cálculo das operações.TRT .1ª REGIÃO (RJ) .Arquivologia / Entende-se por refreshing a técnica pela qual a) o ambiente dos depósitos de documentos é mantido sob a mesma temperatura. b) documento restaurado. ) No processo de microfilmagem.1ª REGIÃO (RJ) .1ª REGIÃO (RJ) .2011 .Q104603 ( Prova: FCC . d) os documentos eletrônicos mudam periodicamente para novos suportes.cumento digital. 119 . e) os papéis parcialmente destruídos por xilófagos são “obturados”. d) confiabilidade. d) papel rasgado.

o direito de petição aos poderes públicos. suporte e forma.1ª REGIÃO (RJ) . com variação mensal de +/ − 10%. forma e formato.TRT . d) formato.TRT . gênero. entre outros dispositivos relevantes para a área arquivística. d) incidência direta da luz do sol sobre as estantes. b) gênero.1ª REGIÃO (RJ) . legitimadas por um texto dotado de valor legal. tipo. folha e papel constituem. d) permanente e o arquivo central.2011 .5 °C.Q104570 ( Prova: FCC . d) caducidade. espécie. do Distrito Federal e dos municípios proteger os documentos. exemplos de a) tipo.TRT . constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público. possuir atribuições específicas e estáveis. e) corrente e o arquivo central.2011 . c) equivalência. a honra e a imagem das pessoas. 125 . c) técnica de registro. 126 . que a) o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante. b) é competência comum da União. c) fumigação semanal das prateleiras e gavetas.1ª REGIÃO (RJ) .Arquivologia / Contrato.Q104571 ( Prova: FCC . rascunho.Q104568 ( Prova: FCC . gênero.Arquivologia / Dentre as medidas favoráveis à conservação de documentos em suporte-papel. c) documentação. b) coleções. será feita mediante o pagamento de taxas. salvo quando a tais direitos se sobrepõem a liberdade de imprensa e a pesquisa científica. forma. para defesa de direitos e esclarecimento de situações de interesse pessoal. c) corrente e o arquivo intermediário.Analista Judiciário .Arquivologia / 19 .Analista Judiciário . gênero. isto é.2011 . b) proveniência.TRT . 122 .c) sucção. tipo e suporte.tais são as a) acervos. como representantes da vontade do povo. com variação diária de +/.Analista Judiciário . ao seu potencial como fonte para a história”.Q104566 ( Prova: FCC . dos estados.Arquivologia / A Constituição de 1988 determina. e) combustão. suporte. deputados e senadores.Q104567 ( Prova: FCC . Ana Maria Camargo refere-se ao atributo a) organicidade. e) cabe com exclusividade aos vereadores. c) são invioláveis a intimidade. será concedido por meio de habeas corpus . dispor de chefe responsável e com poder decisório em seu nível hierárquico . e) espécie. as obras e outros bens de valor histórico. e) temperatura média de 15 °C. a vida privada. alvará de soltura. tipo.Arquivologia / Assumir denominação e existência jurídica próprias. d) patrimônio arquivístico. e) imparcialidade. d) laminação.2011 . técnica de registro.1ª REGIÃO (RJ) .1ª REGIÃO (RJ) . respectivamente. d) a obtenção de certidões em repartições públicas.1ª REGIÃO (RJ) . a passagem de documentos para o a) intermediário e o arquivo permanente. formato e suporte.1ª REGIÃO (RJ) . b) umidade relativa entre 65% e 75%.TRT .Analista Judiciário . artístico e cultural.Analista Judiciário .2011 . 123 . 124 .TRT . suporte e espécie.Arquivologia / Transferência e recolhimento são termos que designam. 127 .2011 . 128 . respectivamente. ter posição definida na hierarquia administrativa.Q104605 ( Prova: FCC .Q104569 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . recomenda-se a) impermeabilização das áreas de cobertura do ediício. e) fundos. forma.TRT . resultantes de ato preciso e datado.Analista Judiciário .2011 .Arquivologia / Ao afirmar que “um dos traços distintivos dos arquivos é o fato de serem alheios ao uso secundário que deles se pode fazer. b) central e o arquivo intermediário.

Arquivologia / O documento comporta. como sinal de validação. c) suporte. a) a notificação do adjudicante.Q104575 ( Prova: FCC .TRT .Q104573 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . 129 . 131 . d) fluxograma. c) a assinatura do juiz.1ª REGIÃO (RJ) .1ª REGIÃO (RJ) ._ _ _ Trata-se de representação gráfica conhecida por a) organograma.1ª REGIÃO (RJ) .TRT . c) holograma.2011 . b) forma. b) forma.Arquivologia / Cada via do documento é uma modalidade de a) tipo. c) suporte.Analista Judiciário . 130 .1ª REGIÃO (RJ) .Q104572 ( Prova: FCC .Analista Judiciário .2011 . e) espécie. e) programa. b) cronograma. d) o texto processado.Q104574 ( Prova: FCC . 132 . e) o recibo do adjudicante.TRT . carta de adjudicação é a) tipo.Arquivologia / Do ponto de vista documental. d) gênero.Analista Judiciário . d) gênero. e) espécie.2011 .TRT .Arquivologia / 20 .2011 . b) a guia de encaminhamento das vias.

de 16/12/2008). 135 . d) delega aos usuários a responsabilidade pelo sigilo de sua assinatura digital. advogados e peritos.1ª REGIÃO (RJ) .Analista Judiciário . d) o desarquivamento. a tabela de temporalidade do Tribunal Regional do Trabalho da 1° Região considera de guarda permanente a) as fichas de inscrição de candidatos b) os editais dos concursos.TRT .2011 . e) amostragem. e) dia do mês.Arquivologia / De acordo com o Conselho Nacional de Justiça.1ª REGIÃO (RJ) . 4. 2 e 4 dígitos.Q104579 ( Prova: FCC . ficaram estabelecidos seis campos.Q104577 ( Prova: FCC . 1. 136 . c) as planilhas de avaliação oral.Arquivologia / A operação que consiste na retirada de peça ou documento do corpo dos autos.Arquivologia / A seleção de documentos representativos do conjunto a que pertencem pode ser efetuada por meio da a) encapsulação. PDF e EPS.Q104581 ( Prova: FCC . b) é serviço de uso obrigatório para as partes.Analista Judiciário .Q104580 ( Prova: FCC . para a identificação de tais documentos. e) implica o fracionamento da petição em blocos de até três páginas. 138 . conforme se observa no quadro abaixo.1ª REGIÃO (RJ) . d) foxing.2011 . c) o desentranhamento. b) reintegração. 137 . b) código do distrito ou vara.Arquivologia / A qualidade pela qual um documento serve à gestão das atividades orçamentárias. e) os planos de trabalho. c) suporta operações com arquivos JPG. respectivamente.Q104576 ( Prova: FCC .1ª REGIÃO (RJ) . d) os cronogramas das provas. b) legal. é destinado ao a) domicílio do interessado.TRT .2011 .TRT . tributárias e contábeis de a) fiscal.Analista Judiciário .1ª REGIÃO (RJ) . encimado pelas letras DD. e) administrativo. c) jurídico. o Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos (e-DOC) a) permite o envio de petições destinadas ao Supremo Tribunal Federal.2011 .Analista Judiciário . GIF.1ª REGIÃO (RJ) .Analista Judiciário .2011 . d) econômico.TRT . 134 . e) a distribuição.TRT . c) cópia fotostática.Arquivologia / 21 . por solicitação de ofício ou a) o recolhimento. c) departamento ou comarca. 2.TRT . que trata da informatização do processo judicial. TIF.Analista Judiciário . 133 .2011 . d) dígito verificador. _ O segundo campo.Arquivologia / Dentre os documentos gerados pelo processo seletivo de juízes substitutos. b) a transferência. com 7.Q104578 ( Prova: FCC . que uniformizou a numeração dos processos nos órgãos do Poder Judiciário (Resolução no 65. do Tribunal Superior do Trabalho.Pela Instrução Normativa no 30/2007.

Q104582 ( Prova: FCC . no caso de documentos a) verdadeiro e falso. d) heterógrafo e hológrafo. 140 . do formato e do tipo. da forma e do invólucro. c) a forma. d) o formato.TRT . c) ostensivo e sigiloso. a) de direção. c) da técnica de registro.1ª REGIÃO (RJ) .Q104585 ( Prova: FCC . objetivos e indicadores de desempenho. e) a técnica de registro. c) constitutivos. _ _ 22 . 142 . estratégias. do suporte e da cromia. de acordo com sua análise diplomática. d) administrativos.Q104583 ( Prova: FCC . b) o tipo.Analista Judiciário . b) de reunião.Q104584 ( Prova: FCC . por exemplo. e) publicados no Diário Oficial .1ª REGIÃO (RJ) .Analista Judiciário . da técnica de registro e do formato.1ª REGIÃO (RJ) . identificar a) o gênero. do invólucro e do suporte.Arquivologia / Examine o Ato n.Arquivologia / Os documentos audiovisuais.Analista Judiciário .Analista Judiciário . estabelece as modalidades de acesso aos a) acessados por qualquer servidor. 143 . a relação entre negativo e positivo é similar àquela que. e) executivos. b) divulgados na Internet. de 5 de agosto de 1999.Arquivologia / A justaposição de determinada espécie documental ao adjetivo ou à locução adjetiva capaz de exprimir sua funcionalidade permite.Q104586 ( Prova: FCC .TRT . entendido como o conjunto de elementos relacionados que têm por fim organizar a gestão de suas unidades organizacionais mediante o estabelecimento e a implementação de políticas. e) autógrafo e apócrifo.Arquivologia / Nas fotografias analógicas. estatuto e regimento são considerados.1ª REGIÃO (RJ) . d) do formato.O Sistema de Gestão (SIG) do TRT/RJ.Analista Judiciário .2011 . c) vistos apenas pelos gestores das unidades organizacionais. 139 . são modos comuns de a) do invólucro.2011 .TRT . iconográficos e sonoros são frequentemente identificados a partir de critérios distintos daqueles que se aplicam aos do gênero textual. no âmbito dos arquivos. 141 . e) da forma.TRT . cassete e filme. pela arquivista canadense Louise Gagnon-Arguin. Gravação.2011 .2011 . 245.1ª REGIÃO (RJ) .TRT . b) da extensão. obedientes a fórmulas de longa tradição no mundo das relações jurídicas de uma dada sociedade. d) liberados a pessoas especialmente credenciadas. e atribua a cada uma das partes numeradas à direita o nome correto que têm.Arquivologia / Decreto de criação.2011 . b) original e cópia.

argumentação. respectivamente.2010 . ressalva e encerramento protocolar. notificação.2011 .trita ordem cronológica. espécie e tipo.Analista Judiciário . c) da relação de comparação. e) tipo. d) nominação. fotografia. respectivamente. resolução. imposição e validação final. b) introdução.Q104587 ( Prova: FCC . À luz a) agrupá-los em função de seu conteúdo informacional.Analista Judiciário . b) utilizar.Arquivologia / O princípio da “santidade” da ordem original é bastante polêmico entre os profissionais da área. formato e espécie. rascunho e códice são. exemplos de a) espécie. b) gênero. corroboração e protocolo final. à seguinte partição: a) apresentação. gênero. c) formato. carta rogatória. gênero. b) do termo de eliminação. d) separar os documentos de acordo com o grau de sua força probatória. cláusulas e conclusão. suporte. determinação. tipo. dispositivo. forma e formato. 145 . sobretudo quando seu entendimento é associado apenas à disposição física dos documentos no arquivo corrente. c) qualificação inicial. e) do registro de autoridade.1ª REGIÃO (RJ) . exposição de motivos. 146 .1ª REGIÃO (RJ) .8ª Região (PA e AP) .TRT . 144 . técnica de registro. medidas e peroração.Arquivologia / A correspondência entre diferentes notações dos mesmos documentos é feita por meio a) do quadro de arranjo.Q82660 ( Prova: FCC . d) técnica de registro.Analista Judiciário . e) dividir o fundo por espécies documentais.Arquivologia / Petição. suporte. e) titulação. c) observar o fluxo natural e orgânico com que foram produzidos.TRT . independentemente das funções que cumpriram. exposição. motivação. em seu arranjo no arquivo permanente.TRT . forma. formato.Q104588 ( Prova: FCC . forma. d) da tabela de equivalência.2011 . gênero e forma. a es. consideração.Os campos de números I a V correspondem. formato. 23 . intenção. técnica de registro e tipo.

2010 . Disposição ou conjunto de medidas resultantes do entendimento de duas ou mais partes. e) informativo. proposta e sentença. d) trilha de auditoria. b) representante digital. homologação e despacho.2010 .2010 . foi traduzida pelo CONARQ.TRT .Arquivologia / Observe as definições abaixo. b) chave pública.Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias.2010 . Referem-se elas. b) legal. entre outros fatores. em caráter definitivo. c) acordo. b) reproduzir instrumentos de pesquisa. b) proposição.Analista Judiciário . utilizada para identificar as reproduções digitais de documentos que.Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias.Analista Judiciário .Q82656 ( Prova: FCC . recurso e acórdão. manutenção.8ª Região (PA e AP) .147 . c) equivalente digital. e) subproduto digital. Ato pelo qual se pede a determinada autoridade ou instituição novo exame de decisão tomada. b) o memorando é o veículo mais adequado para o tratamento de assuntos oficiais entre os diferentes órgãos c) a formalidade de tratamento diz respeito. 148 . e) partilha.8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário . c) mediato.Arquivologia / Quando um documento demonstra a aquisição. embargo e epílogo.8ª Região (PA e AP) . 151 .TRT . transferência.TRT . nas Recomendações para digitalização de a) substituto digital. às seguintes espécies documentais: a) contrato. d) histórico. a) o e-mail deve ser evitado como meio de comunicação para transmissão de documentos.2010 . e) sistema de metadados.Analista Judiciário . c) garantir a transferência de documentos de órgãos da segurança pública. ) A microfilmagem de segurança tem por objetivo a) economizar espaço físico ocupado por documentos.2010 .Analista Judiciário . não são digitais. 24 .TRT .Arquivologia / De acordo com o Manual de processos administrativos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (Belém. 149 . Decisão proferida por tribunal. modificação ou extinção de a) intrínseco.Analista Judiciário . títulos e dimensões. d) cópia digital.TRT .Q82655 ( Prova: FCC . qualquer que e) a transmissão de informações por fax é preferível à troca de mensagens que utiliza a Internet. requerimento e parecer. como ocorre e) as ações de digitalização não devem ser realizadas em detrimento das ações de conservação convencional 152 . ao contrário do que ocorre com os metadados de seu ambiente tecnológico.Q82658 ( Prova: FCC . respectivamente. I.Q82654 ( Prova: FCC . II. c) certificação digital. 150 .8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário . 153 .Q82659 ( Prova: FCC .8ª Região (PA e AP) .8ª Região (PA e AP) .TRT .Q82653 ( Prova: FCC .2010 .Arquivologia / É correto afirmar que a) a resolução óptica que garante legibilidade ao documento digitalizado depende da identificação de seus b) as características físicas dos documentos originais não precisam ser registradas. do ponto de vista da d) as sinaléticas básicas para as imagens digitais dizem respeito a autores. c) a utilização de filtros para a geração de matrizes digitais é altamente recomendável.Q82657 ( Prova: FCC . III. d) provisão.TRT . em sua forma original.8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / A expressão digital surrogate . ) O conjunto de informações registradas que permite o rastreamento de intervenções ou tentativas de intervenções nos documentos digitais ou no sistema computacional de uma entidade é conhecido como a) criptografia. à necessária uniformidade das d) o ofício é a modalidade de comunicação entre unidades administrativas de um mesmo órgão.

TRT . c) conversão. c) estereografía e termografia. dizse a) autógrafo.Analista Judiciário .TRT . c) aprovar as grades curriculares e programas dos cursos superiores de Arquivologia.Analista Judiciário .Q82647 ( Prova: FCC . c) fumigação. 156 .TRT . d) implementar a política nacional de arquivos públicos e privados em todo o país. 158 . d) apoio cultural. estaduais e municipais. b) varredura.d) evitar o manuseio de documentos de valor permanente. b) emulação. exposições. 159 .Analista Judiciário . e) captura.Q82648 ( Prova: FCC .Q82651 ( Prova: FCC .TRT . independentemente de ostentar sua assinatura.Arquivologia / Um dos procedimentos mais eficazes para preservar documentos é a retirada de poeira e outros resíduos estranhos que neles se acumulam. b) apócrifo.Analista Judiciário .Analista Judiciário .Q82652 ( Prova: FCC . cursos.Analista Judiciário . b) reprografia.Arquivologia / Para restaurar documentos danificados em suportepapel. aceitando as mesmas a) migração. 155 . 157 . e) processamento técnico. conferências e outras iniciativas destinadas a divulgar o arquivo e a mostrar à sociedade sua importância fazem parte do chamado serviço de a) informatização. d) liofilização. b) padronizar os instrumentos descritivos dos arquivos dos poderes executivo.Arquivologia / De acordo com o Decreto n° 4.Q82649 ( Prova: FCC . às técnicas de a) acidificação e umidificação. c) ferruginoso.Analista Judiciário .2010 . entre outras.8ª Região (PA e AP) . pode-se recorrer. b) fungistático. d) magnificação e redução. c) heterodoxo.TRT .8ª Região (PA e AP) . c) protocolo. a) gerenciar transferências e recolhimentos no âmbito das instituições federais.2010 . legislativo e judiciário.2010 .8ª Região (PA e AP) . a finalidade do Sistema Nacional de Arquivos é.2010 .Arquivologia / A estratégia de preservação digital que se baseia na utilização de recursos computacionais para fazer uma tecnologia atual funcionar com as características de outra que se tornou obsoleta. e) original. d) exportação.Arquivologia / Um documento com grau de concentração de íons de hidrogênio superior a 7 é considerado a) alcalino.2010 . 160 .703/2002. d) aquoso. e) tombar a documentação mais antiga das instituições arquivísticas brasileiras.Arquivologia / Quando um documento é escrito pelo próprio autor.8ª Região (PA e AP) .TRT . e) cópia vesicular e cópia fotostática. e) ácido. 154 .2010 .Arquivologia / Publicações. d) verídico.TRT .Q82650 ( Prova: FCC . basicamente.8ª Região (PA e AP) . e) impedir falsificação e adulterações de documentos.2010 .8ª Região (PA e AP) . b) reenfibragem e velatura.8ª Região (PA e AP) . Tal prática é conhecida como a) obturação.Q82646 ( Prova: FCC . 25 . e) higienização.

avaliados.TRT .2010 . para fins de avaliação.Arquivologia / Juntada é a ação pela qual a) um processo é reunido a outro.Analista Judiciário .8ª Região (PA e AP) . e) Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário.8ª Região (PA e AP) . no 163 . e) deixa de ser consultado pelos órgãos produtores. 164 .Arquivologia / Caracterizar o documento de arquivo como união entre uma informação e um suporte não basta. e) substituir a microfilmagem como técnica de preservação. c) identificar o meio genético e a funcionalidade da informação. de forma compatível com a norma b) cria normas brasileiras. c) os documentos de um processo são a ele reintegrados. b) distintos.8ª Região (PA e AP) . Transferência e recolhimento são termos a) sinônimos. b) garantir pleno acesso aos documentos. b) Procuradoria Nacional da Memória Estatal. 165 . 166 . d) indicar o autor. em a) reprografia. c) cessam as restrições que impediam sua consulta.Q82642 ( Prova: FCC .2010 .Arquivologia / A desclassificação de um documento ocorre quando a) é descartado. pois o primeiro significa a entrada de documentos no arquivo corrente e o segundo.8ª Região (PA e AP) .Q82643 ( Prova: FCC .TRT . d) se distribuem os documentos de um processo. e) fundamenta-se em literatura predominantemente arquivística. e) mencionar o formato sob o qual se apresenta.TRT .8ª Região (PA e AP) . no d) distintos. a data e o assunto de que trata. acondicionados e acompanhados de instrumento descritivo que permita sua identificação e controle. cuja a) Projeto Nacional de Arquivos e Memoriais.Arquivologia / Com o objetivo de racionalizar a avaliação dos documentos do Poder Judiciário. 26 . c) proíbe a utilização dos códigos americanos no processo de identificação dos documentos públicos.2010 .TRT . d) Proteção Nacional à Memória do Judiciário.Analista Judiciário . e) se insere em um processo documento que dele passa a fazer parte integrante. b) não se identifica seu contexto de produção.TRT .TRT .Q82644 ( Prova: FCC .Arquivologia / Em resolução de 18 de outubro de 1995.8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário .Q82641 ( Prova: FCC . b) dois documentos são comparados. em caráter provisório.Q82645 ( Prova: FCC .2010 . podendo ser usados indistintamente. d) escapa aos critérios de ordenação estabelecidos. criou-se o PRONAME.Analista Judiciário . b) estabelecer sua data crônica e tópica.Analista Judiciário . 162 .2010 . pois o primeiro significa a entrada de documentos no arquivo intermediário e o segundo.Arquivologia / A principal justificativa para as políticas de digitalização de arquivos é a) obedecer padrões impostos pela ISO. higienizados. pois é a) conhecer o sentido da mensagem veiculada. d) regulamenta planos de classificação e tabelas de temporalidade no âmbito dos arquivos públicos.2010 .Arquivologia / Os procedimentos de duplicação e reprodução de documentos que dispensam a impressão chamamse. no e) distintos.TRT .2010 . totalmente distintas das formuladas para outros países. pois o primeiro significa a entrada de documentos no arquivo intermediário e o segundo.Analista Judiciário . c) Processo Nacional de Memorialização.161 .TRT .Q82640 ( Prova: FCC . 167 . em caso de extravio. c) facilitar a adoção de normas internacionais de descrição.8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / A NOBRADE (Norma Brasileira de Descrição) a) estabelece diretivas para a descrição de documentos arquivísticos. d) impedir a obsolescência dos programas de migração de dados. 168 . no processo de avaliação.Analista Judiciário . para nova autuação.Q82638 ( Prova: FCC .Q82639 ( Prova: FCC .8ª Região (PA e AP) . pois o primeiro significa a entrada de documentos no arquivo permanente e o segundo.Analista Judiciário . o Conselho Nacional de Arquivos estabelece que os documentos transferidos ou recolhidos devem ser organizados.2010 . no arquivo c) distintos.

d) guias de recolhimento.Q82633 ( Prova: FCC .Analista Judiciário .Q82637 ( Prova: FCC . e) planos de destinação. c) o tipo e o formato. c) fim do rolo. e) o estatuto. b) técnica ou prática.Arquivologia / O instrumento de gestão capaz de oferecer.Analista Judiciário . c) científica ou teórica. d) a tabela.8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário .8ª Região (PA e AP) . a sinalética acima indica a) original ilegível.2010 . c) fotografia.Analista Judiciário .Analista Judiciário .8ª Região (PA e AP) . funcionamento.Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias.2010 . b) os princípios de proveniência e organicidade.Q82636 ( Prova: FCC . d) a autoria e a destinação.2010 . 172 . 171 .TRT .TRT .Q82635 ( Prova: FCC . _ No processo de microfilmagem de documentos. b) o diretório. e) administrativa ou judiciária. 169 . e) início do rolo. dados sobre estrutura. encarregando-se de a) sua descrição e difusão. 170 . 174 .TRT . 27 . ) Observe a figura abaixo.TRT .Arquivologia / A tabela de equivalência estabelece concordância entre diferentes a) sistemas ortográficos. 173 . predominam a) as razões de criação e uso. d) normativa ou impositiva. c) o diagnóstico. d) microfotografia.TRT .2010 . c) seu diagnóstico e planejamento. no âmbito de uma instituição. c) temporalidades. e) sua distribuição e tramitação.Q82634 ( Prova: FCC .Arquivologia / O setor de protocolo recebe os documentos de uma instituição.Analista Judiciário . e) a classificação e a temporalidade.TRT .Q82632 ( Prova: FCC . e) micrografia. b) texto deteriorado.8ª Região (PA e AP) . d) seu descarte e acondicionamento.2010 .Arquivologia / Na determinação do valor primário de um documento.Arquivologia / O processo é uma unidade documental formada no decorrer de ação a) conclusiva ou decisória.8ª Região (PA e AP) . d) continuação em outro rolo.b) termografia. b) notações.2010 . b) sua avaliação e digitalização. quantidade e estado físico dos documentos é a) o glossário.8ª Região (PA e AP) .

de acordo com a Lei n° 8. tramitação. 176 . basicamente.TRT . e) antes considerados sigilosos e confidenciais.Arquivologia / Quando trata da sistemática do arranjo em arquivos permanentes.Q82627 ( Prova: FCC . c) seu gênero. e) sua tipologia. b) que já foram devidamente higienizados e microfilmados. d) modelo matricial. de 16 de dezembro de 2008. d) sua gênese.TRT . 179 . d) ficam armazenados em depósitos correntes e intermediários. cuja sequência tem início na data de criação do tribunal e chega.Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8.8ª Região (PA e AP) .TRT . e) meio genético. com vistas ao recolhimento.8ª Região (PA e AP) . e) a missão do Conselho Nacional de Arquivos. com dois dígitos. com quatro dígitos.Analista Judiciário . com c) AAAA. é reservado para o registro do dia da autuação do processo. do Conselho Nacional de Justiça.175 . b) paradigma pós-custodial. c) usuários internos e externos.TRT . b) só podem ser ordenados alfabeticamente.TRT . b) a política nacional de arquivos. d) a gestão de documentos.Analista Judiciário . definem. com sete dígitos. c) unicidade. à guarda ou à eliminação. c) por meio de instrumentos de pesquisa ou autorização legal. 181 . 28 . Tal relação é hoje entendida como a) organicidade.Analista Judiciário . c) a competência dos arquivos públicos.Q82629 ( Prova: FCC . Schellenberg fala em relação significativa entre os documentos componentes do fundo. de modo ininterrupto. estabeleceu a uniformização do número dos processos nos órgãos do Poder Judiciário.2010 .Q82631 ( Prova: FCC .2010 .2010 .8ª Região (PA e AP) . cuja duração depende. b) seu estado de conservação.2010 . é indicativo do órgão ou segmento do Poder Judiciário. e) diretores e subordinados. uso. com dois dígitos.Q82626 ( Prova: FCC . c) estão sempre organizados segundo sua destinação final. a a) coordenadorias e departamentos. ) As atividades técnicas ligadas ao processo de produção. avaliação e arquivamento corrente e intermediário.159.TRT . reservando-se o código 1 para a e) DD. b) áreas de jurisdição e abrangência.159.Q82625 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . seguido do número da respectiva vara.8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / Um fundo de arquivo difere de uma coleção porque os documentos que o compõem a) são passíveis de descrição. d) que dispõem de rampas para portadores de necessidades especiais.8ª Região (PA e AP) .TRT .Q82628 ( Prova: FCC .Arquivologia / Os documentos das séries que integram os arquivos correspondem.Analista Judiciário . d) funções e atividades. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). identifica o número do processo. a) o sistema nacional de arquivos. até os dias atuais.2010 . de a) sua vigência.Analista Judiciário . com um dígito. registra o número do tribunal regional. 180 .8ª Região (PA e AP) .Q82630 ( Prova: FCC . e) são naturalmente produzidos e acumulados.2010 .Arquivologia / O ciclo vital dos documentos corresponde a uma sucessão de fases. 178 . 177 .Arquivologia / Entende-se por acesso a possibilidade de consulta aos arquivos a) nos próprios depósitos em que os documentos estão armazenados. b) TR. Foi então adotada a estrutura NNNNNNNa) NNNNNNN.2010 . no âmbito das entidades produtoras.8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / A resolução n° 65.Analista Judiciário . d) J. destina-se ao registro do mês e do ano de ajuizamento do processo.

TRT . d) como componentes de conjuntos orgânicos.8ª Região (PA e AP) .2010 . e) atendimento ao público.8ª Região (PA e AP) . d) digitalização.8ª Região (PA e AP) .Q82618 ( Prova: FCC .TRT . e) restaurado e microfilmado.Arquivologia / Instrumentos de pesquisa são ferramentas de a) controle de qualidade.2010 . 29 .TRT .Q82617 ( Prova: FCC . c) forma.2010 .Q82620 ( Prova: FCC . e) microfilmagem ou digitalização.2010 .8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário . 188 . b) permanente e analítico. que a) os processos cautelares de arresto podem ser destruídos depois de cinco anos. c) classificação. c) como expressão autoral. d) maceração ou trituração.Arquivologia / Uma carta precatória.TRT .TRT . e) do ponto de vista de sua natureza multimidiática. c) orgânico e vital. arquivistas e d) as sentenças normativas.8ª Região (PA e AP) . 183 . e) os prazos de guarda indicados são os mínimos a serem cumpridos. c) avaliação.2010 .Arquivologia / A tipologia diferencia-se da diplomática por estudar os documentos a) em sua configuração interna. b) os processos de remuneração. podem ser eliminadas. b) tipo. e) formato.182 .Q82624 ( Prova: FCC . c) ascendentes. 187 . d) indivisível e coeso.Q82622 ( Prova: FCC . b) horizontais.Analista Judiciário .Q82621 ( Prova: FCC . 185 . e) descendentes. aprovada pela Resolução CSTJ n° 67/2010.Q82623 ( Prova: FCC .TRT .TRT .Analista Judiciário . do ponto de vista documental.Arquivologia / O método estrutural é usado no processo de a) descarte. verbas indenizatórias e benefícios são de guarda permanente. b) restauro. depois de cinco anos no arquivo intermediário. os documentos que partem dos administrados para as autoridades a) verticais. c) dentre as categorias profissionais especiais figuram explicitamente administradores.Analista Judiciário . b) guarda ou eliminação.Analista Judiciário .8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / Destinação significa o encaminhamento de documentos para a) conservação preventiva ou restauro.Arquivologia / De acordo com sua gênese.Q82619 ( Prova: FCC . 186 . c) armazenamento vertical ou horizontal. d) categoria. 184 .8ª Região (PA e AP) . b) descrição.TRT .Analista Judiciário .2010 . b) a partir de seus sinais de validação. é exemplo de a) gênero.2010 .Arquivologia / Integridade arquivística é atributo segundo o qual um fundo deve se conservar a) classificado e descrito.Analista Judiciário .Analista Judiciário . 189 .2010 . d) transversais.8ª Região (PA e AP) .Arquivologia / Observa-se na Tabela de temporalidade de documentos unificada da Justiça do Trabalho de 1° e 2° graus .

8ª Região (PA e AP) .TRT .Analista Judiciário . 197 .Analista Judiciário .Q82611 ( Prova: FCC .Arquivologia / A norma ISAD(G) propõe a padronização da descrição arquivística a partir de estruturação multinível. e) uma rede múltipla de informações.TRT . e) a série. c) séries. a ABNT recomenda o uso de numeração progressiva. da fase corrente para a intermediária. o apêndice a) comporta as partes que.TRT .Q71184 ( Prova: FCC .2010 . 195 . facilitando sua reintegração. a a) estabelecer as linhas do tratamento documental. a) uma relação hierárquica.8ª Região (PA e AP) .Analista Judiciário . essencialmente. d) impede a dispersão dos fundos.8ª Região (PA e AP) . d) a pasta.8ª Região (PA e AP) . 30 .Agente Técnico Legislativo Especializado .Analista Judiciário . e) tabelas de temporalidade. processos e dossiês.Arquivologia / Os arquivistas não podem prescindir da utilização de vocabulários controlados e tesauros quando da a) índices.8ª Região (PA e AP) . c) o gênero. 191 .AL-SP .Q82613 ( Prova: FCC .2010 .Arquivologia / Um guia de arquivo destina-se.Arquivologia / A ordenação de uma série documental a) dispensa a necessidade de elaborar planos de classificação e tabelas de temporalidade. b) guias. d) relações de recolhimento.2010 .TRT .2010 .Q71185 ( Prova: FCC . 193 .TRT . c) é elaborado pelo autor e complementa sua argumentação. b) subnormas diferenciadas.TRT . d) indexar o conteúdo dos grupos e subgrupos. c) permite a avaliação de seu conteúdo.8ª Região (PA e AP) . por lapso do autor. 196 . d) indica os nomes de pessoas e instituições que tiveram algum tipo de participação na feitura do trabalho. dotando-os de sinais de validação e d) dar visibilidade às funções e atividades do organismo produtor do arquivo. c) orientar os consulentes em suas buscas.Analista Judiciário . comprovar ou ilustrar o trabalho.2010 . apenas a partir de instrumentos de acesso. e) classificação.Agente Técnico Legislativo Especializado . deixando claras as relações e) propiciar aos usuários (primários e secundários) o conhecimento da temporalidade dos documentos. b) compatibilizar os sistemas de notação adotados. e) justificar critérios de destinação de documentos. e) é texto de outro autor. e) evita a consulta a dezenas de documentos. 194 .Q82614 ( Prova: FCC .História / Para que se evidencie a relação lógica entre as partes de um relatório técnico-científico.d) preservação. o local e a data de impressão e outras características gráficas do trabalho.Arquivologia / Um plano de classificação visa dar acesso aos documentos e a) permitir o expurgo dos documentos. d) um sistema unilateral de dados.Q82612 ( Prova: FCC .Q82615 ( Prova: FCC .AL-SP .Q82616 ( Prova: FCC .História / Segundo a norma ABNT NBR 6029. foram acrescentadas durante o processo de impressão do b) registra o nome do impressor. utilizado para fundamentar. 192 . De acordo com esse sistema.2010 . impedindo a transgressão dos princípios da unicidade e indivisibilidade c) garantir o caráter probatório dos documentos de um ou mais fundos. b) facilita o recolhimento do arquivo.2010 .2010 . b) a caixa. c) listas de transferência. já que estabelece prazos que determinam seus períodos de vigência e b) facilitar o trabalho do arquivista.Analista Judiciário . quando se deseja localizar apenas um deles.Arquivologia / O caráter coletivo dos documentos de arquivo faz com que sua unidade básica de descrição seja a) o assunto. sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. 190 .

d) dos poderes executivo e judiciário estaduais. fica excluído de sua numeração sequencial. 31 . b) do poder executivo estadual (administração direta e indireta).História / Sentenças de genere. b) microfilmagem de preservação e digitalização.AL-SP . de Alcântara Machado. por conta da baixa qualidade do papel que lhes serviu de suporte. c) a legislação extravagante. a título de mote. b) os títulos são separados do número por travessão ou vírgula.AL-SP . publicado em 1929. cumprindo funções administrativas e sociais múltiplas. b) no Arquivo Público do Estado de São Paulo. b) todo e qualquer material que.2010 . precedendo cada título.Q71182 ( Prova: FCC .2010 .2010 . c) do poder executivo estadual e das prefeituras municipais paulistas. e) utilização de filme-matriz e filme-cópia. 201 . e) a citação que. d) a indicação.Agente Técnico Legislativo Especializado . d) deve-se limitar a progressão até a seção quinária.Q71180 ( Prova: FCC . c) crédito.Agente Técnico Legislativo Especializado .Agente Técnico Legislativo Especializado . b) editorial. na mesma ordem e grafia em que a matéria vem distribuída no seu interior.2010 . do nome da editora responsável. seções e outras partes de um livro ou de uma publicação periódica científica impressa. Muitos títulos são conhecidos apenas por referência. constituem hoje patrimônio inestimável.História / O livro Vida e morte do bandeirante. d) os autos inquisitoriais.Q71183 ( Prova: FCC . intercalado no miolo do livro.AL-SP . precede o trabalho ou alguma das partes em que se subdivide. e) nos cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais. d) microfilmagem em rolo. d) legenda bibliográfica.História / Entende-se por epígrafe a) a cobertura de papel que protege a capa de determinada publicação.a) o indicativo de seção é alinhado na margem direita. c) no Arquivo Histórico Municipal de São Paulo. compromissos de irmandade e assentamentos de batismo são tipos documentais a) em arquivos pessoais e familiares. e) não se pode recorrer ao negrito para destacar as seções. a partir de 1827. Outras coleções encontram-se incompletas e em mau estado de conservação. no final do livro. 198 . c) a relação das páginas e linhas em que ocorrem erros.História / Preciosas fontes para o conhecimento do passado. e) as cartas jesuíticas.AL-SP . d) no Arquivo Metropolitano de São Paulo.Agente Técnico Legislativo Especializado . estudou o cotidiano dos moradores de São Paulo nos séculos XVII e XVIII e tornou-se importante referência para os pesquisadores a) os inventários e testamentos. chama-se a) sumário. 200 . já que deles não restou nenhum exemplar.2010 .Agente Técnico Legislativo Especializado . com as devidas correções.Agente Técnico Legislativo Especializado . e) índice. e) dos poderes executivo e legislativo estaduais.História / A enumeração das divisões. 202 .2010 .AL-SP .Q71179 ( Prova: FCC . o Arquivo Público do Estado de São Paulo é precipuamente responsável pela custódia de documentos gerados pelos órgãos a) do poder público estadual (executivo.Q71181 ( Prova: FCC . do excessivo manuseio a que foram submetidas ou das condições inadequadas de armazenamento e acondicionamento de seus exemplares remanescentes. 203 . c) gravação em fita magnética e disco óptico. b) os relatos de viajantes. microficha e ultraficha. c) é facultativo o emprego de algarismos romanos.História / Embora possua fundos originários de outras entidades. os jornais e as revistas que. A fim de a) reprodução eletrostática e fotostática. 199 .AL-SP . legislativo e judiciário).Q71178 ( Prova: FCC . começaram a circular na Província de São Paulo.

AL-SP . b) cópia por contato. e) fac-símile. b) à presença de iluminuras nas letras iniciais de seus capítulos. 208 . onde se concentram xilófagos e outros microrganismos nefastos. c) de conhecimento restrito da organização. denominam-se documentos ostensivos aqueles a) cuja divulgação não prejudica a organização.2010 . c) traslado. c) clonagem. xerografia e similares dá-se o nome de a) reprografia.Q71174 ( Prova: FCC .Agente Técnico Legislativo Especializado .2010 . termocópia. d) ao emprego pioneiro de fotogravuras ao longo do texto. c) ao tempo decorrido desde seu aparecimento (mais de cem anos).História / A reprodução de um documento com o mesmo aspecto e o mesmo tamanho do original é conhecida por a) transcrição. 207 .AL-SP . 32 .Q57741 ( Prova: FCC .Agente Técnico Legislativo Especializado . b) geração. a temperatura.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Arquivologia / Classificação de documentos.AL-SP .Q71173 ( Prova: FCC . de modo a impedir seu manuseio direto e facilitar a obtenção de cópias b) utilizar luz natural e lâmpadas fluorescentes na iluminação das salas de depósito. a digitalização de documentos antigos e raros tem como a) favorecer o desenvolvimento de softwares e equipamentos de informática. em 1836. tirando partido dos raios c) evitar o uso de mesas de higienização.História / Questões sobre prèsas maritimas.Q71175 ( Prova: FCC .2010 .AL-SP . por meio de instrumentos.História / Ao conjunto de processos de reprodução que recorrem às técnicas de fotocópia.2010 . 205 . 209 . d) controlar. se comparada aos meios convencionais de registro de informações.AL-SP . microfilmagem. d) cópia de distribuição.Q71172 ( Prova: FCC . heliografia.2010 . d) que requerem excepcional grau de segurança. 206 . 210 .204 . d) diminuir o espaço por eles ocupado nos acervos.Agente Técnico Legislativo Especializado .História / Já que a tecnologia digital é um meio mais frágil e instável de armazenamento. de tradicional família portuguesa. eletrocópia. e) diversificar os serviços prestados pelas instituições de custódia.História / Os maiores e mais representativos conjuntos de obras raras em instituições públicas de São Paulo são os a) do Arquivo Público do Estado de São Paulo e do Arquivo Edgard Leuenroth (Universidade Estadual de b) da Divisão de Acervo Histórico da Assembleia Legislativa de São Paulo e do Instituto Histórico e Geográfico c) do Instituto de Estudos Brasileiros (Universidade de São Paulo) e da Biblioteca Mário de Andrade d) do Centro de Documentação e Memória (Universidade Estadual Paulista) e da Biblioteca da Faculdade de e) do Arquivo Histórico Municipal de São Paulo e da Fundação Arquivo e Memória de Santos.Q71177 ( Prova: FCC .AL-SP . o grau de umidade e os poluentes no depósito em e) manter o pH do papel (do documento ou do material que serve para acondicioná-lo) abaixo do nível 6. b) garantir amplo acesso ao seu conteúdo c) estimular a formação de profissionais especializados.AL-SP . b) cuja divulgação prejudica a organização. Sua raridade não se deve apenas à a) à importância social do autor. de José Maria de Avelar Brotero.Agente Técnico Legislativo Especializado . ) Quanto à natureza do assunto.Agente Técnico Legislativo Especializado .2010 . e) revelação. e) ao fato de ser um "incunábulo" local. dentre os quais o de a) plastificar as folhas avulsas. e) cujo conhecimento por pessoa não autorizada constitui quebra de sigilo. d) replicação.História / A conservação de documentos antigos e raros em suporte convencional depende da adoção de uma série de procedimentos preventivos. foi o primeiro livro publicado em São Paulo.2010 . tendo sido impresso na Typographia de Costa Silveira.Q71176 ( Prova: FCC .Agente Técnico Legislativo Especializado .

d) ordem mnemônica.AL-SP . ) Os documentos apresentados em suportes sintéticos. d) termo de encerramento. e) dicionário e indexação coordenada. c) tabela de eliminação.2010 . 217 .AL-SP .Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Os métodos de arquivamento de documentos dividem-se em duas classes. d) informáticos. ou recolhidos aos arquivos permanentes. São elas: a) numérica e mnemônica.Q57734 ( Prova: FCC . e) tabela de temporalidade. em papel emulsionado ou não.AL-SP .2010 . d) considerados e ligados por hífen.2010 . ) O instrumento de destinação que determina os prazos em que os documentos devem ser mantidos nos arquivos correntes e/ou intermediários.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / É correto afirmar que.Q57735 ( Prova: FCC . 216 . c) ordem numérica duplex. e) filmográficos. d) apensar. 212 . Júnior. c) permanentes. c) colocados após o nome completo. Conceitos Fundamentais.AL-SP .Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Arquivologia / Tabela de temporalidade. e) protocolar. 213 . tais como Filho. d) especiais.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Arquivologia / Classificação de documentos. b) ordem alfabética.AL-SP . b) direta e indireta. contendo fotografias. b) correntes.Q57740 ( Prova: FCC . 214 . c) micrográficos. 215 .2010 .AL-SP . d) alfabética e numérica.Q57737 ( Prova: FCC . denomina-se a) tabela mnemônica.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Arquivos constituídos de documentos em curso ou frequentemente consultados denominam-se a) intermediários.2010 . b) lista de eliminação.211 . 218 . b) iconográficos. para arquivar documentos seguindo a regra de alfabetação.Q57739 ( Prova: FCC . os sobrenomes que exprimem grau de parentesco. mediante determinação de uma autoridade a) anexar. b) autuar. c) recolher.2010 . devem ser a) considerados apenas se forem nomes estrangeiros.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / 33 .AL-SP .Q57736 ( Prova: FCC .Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / A ação de unir temporariamente um documento a um processo.AL-SP . c) básica e padronizada. e) ordem geográfica. desenhos e gravuras denominam-se a) cartográficos. b) desconsiderados parte integrante do último sobrenome.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / O método de se arquivar documento pelo arquivamento ideográfico denomina-se a) por assunto. entre parênteses.Q57732 ( Prova: FCC .2010 . diapositivos. e) considerados parte integrante do último sobrenome.Q57738 ( Prova: FCC . Neto e Sobrinho.2010 . e) transitórios.

Arquivologia / Arquivologia / Digitalização é o processo pelo qual se reproduzem documentos por a) microfotografia. b) tabela de equivalência.Analista de Documentação .2010 . evitando oscilações acentuadas.Analista de Documentação . consiste em a) redução de alcalinidade.Q57731 ( Prova: FCC . e) aplica reforço. c) cálculo de danos provocados pelo calor.MPU .MPU . a literatura arquivística a) disco óptico.2007 .Arquivologia / Arquivologia / Para a mudança de suporte com vistas à guarda prolongada de documentos.MPU . d) elevação do pH. 219 . 34 . distribuição e tramitação de documentos denomina-se a) destinação. b) arquivamento.Arquivologia / Arquivologia / A desacidificação. classificação. dos elementos do conteúdo de um documento ou grupo de documentos. ) A lista sistemática. processo usado nos documentos em suporte-papel. 221 . 224 .Q57348 ( Prova: FCC . a fim de proteger livros e folhas avulsas. d) cópia figurada. disposta em determinada ordem para indicar sua localização no texto.Analista de Documentação . denomina-se a) índice. pois ocupam espaço mínimo. c) exercer política de controle ambiental de temperatura e umidade.Analista de Documentação . para que a luz natural do sol ilumine e aqueça o ambiente.MPU . e) combate à ferrugem por meio de encapsulação. registro.Analista de Documentação .Arquivologia / Arquivologia / Dentre as técnicas de restauração. b) emite raios ultravioletas para facilitar a leitura de documentos danificados. d) expor os documentos em suporte-papel à radiação ultravioleta. 225 . b) filme de sais de prata.Q57346 ( Prova: FCC . b) manter as janelas abertas.Arquivologia / Arquivologia / Constituem intervenções adequadas. d) organização documental. b) controle do grau de umidade. 223 .2007 . por meio de velatura. c) repertório. na fase de utilização. d) videodisco.MPU .MPU .No processo de gestão de documentos.2007 . c) reforça os bordos do documento por meio de papel ou material similar. c) fita magnética. b) dispensam o trabalho dos arquivistas. e) inventário. seja natural ou artificial. e) disco rígido. 222 . b) processo fotostático. a) permitir que o dióxido de enxofre e os óxidos de nitrogênio criem uma película de proteção nos papéis. d) catálogo. c) protocolo.Agente Legislativo de Serviços Técnicos e Administrativos / Arquivologia / Conceitos Fundamentais.Q57350 ( Prova: FCC . a reenfibragem é a que a) preenche as falhas dos documentos com polpa de papel.AL-SP . e) varredura eletrônica. e) avaliação. c) processo eletrostático.2007 . pormenorizada. na perspectiva da conservação dos documentos de arquivo.Q57349 ( Prova: FCC .Q57345 ( Prova: FCC .2007 . a atividade de recebimento.2007 . a qualquer face de uma folha de papel. Armazenamento de Documentos.Analista de Documentação .Q57347 ( Prova: FCC . 220 . e) aumentar os níveis de acidez e oxidação da celulose. d) elimina as manchas marrons que aparecem no papel pela ação da umidade e da ferrugem. em favor do dos cientistas da informação.Arquivologia / Arquivologia / Os documentos eletrônicos a) não precisam ser avaliados.

d) das Forças Armadas e dos órgãos da administração estadual indireta. inventários e catálogos). os documentos audiovisuais.Arquivologia / Arquivologia / Consideram-se federais os arquivos a) do Ministério Público da União e das Comarcas. b) a inclusão dos documentos bibliográficos dentro da categoria dos textuais. 229 .Analista de Documentação . coord. sonoro ou uma combinação dessas diferentes linguagens.2007 .2007 . c) uma combinação heterogênea de critérios definidores de gênero. o documento arquivístico eletrônico pode ser considerado a partir das regras de representação de seu conteúdo.Arquivologia / Arquivologia / As sinaléticas servem para a) medir o grau de acidez do microfilme.Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias. d) demandam métodos de leitura e conservação diferentes dos que se aplicam a documentos em suportee) admitem apenas a indexação do seu conteúdo. Dicionário brasileiro de terminologia arquivística.MPU . c) que serão futuramente digitalizados. os filmográficos.Analista de Documentação .MPU . c) da Presidência da República e do Supremo Tribunal Federal. 226 . Rio de Janeiro: Arquivo Nacional. e) a inclusão dos documentos cartográficos dentro da categoria dos iconográficos.Analista de Documentação . b) representa um avanço no processo que alia a abertura dos arquivos à transparência do Estado. já que a eles não se aplicam os princípios arquivísticos.Analista de Documentação .111. p. 228 . Com tal a) questiona o estatuto probatório de todo e qualquer documento arquivístico eletrônico.Analista de Documentação .2007 .MPU .Q57341 ( Prova: FCC . c) reafirma a necessidade de colocar à disposição dos historiadores. 230 . cujo suporte é completamente dissociado do conteúdo que pretende veicular. d) enfatiza a impossibilidade de se fazer uma abordagem diplomática do documento eletrônico. d) cuja autenticidade não pode ser comprovada. e) do Ministério das Relações Exteriores e dos municípios que abrigam projetos de exploração de minério. os iconográficos. são similares.MPU . 2005. Silvia Ninita de Moura.Arquivologia / Arquivologia / Segundo Rosely Curi Rondinelli (Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos: uma abordagem teórica da diplomática arquivística contemporânea. formato. 11.c) são desprovidos de autenticidade. Rio de Janeiro: Editora FGV. por meio dos arquivos. imagético. expresso no caput da pergunta anterior.2007 . c) defende a idéia de que só pode haver documento autêntico em ambiente tradicional. de 5 de maio de 2005. d) indicar a remoção temporária de um rolo de microfilme. 2002.Q57342 ( Prova: FCC . 5o da Constituição Federal e dá outras providências. assumindo o caráter textual. a) diminui os prazos de acesso a documentos sigilosos. 231 .Q57339 ( Prova: FCC . pois as regras de representação que presidem sua forma nada têm a ver com os suportes convencionais. aspectos de d) admite a possibilidade de certos documentos ficarem sob sigilo eterno.MPU .Arquivologia / Arquivologia / A Lei n. 227 . e) de caráter instrumental (guias.Analista de Documentação . a) uma perfeita sintonia entre o sentido adotado por Rosely Curi Rondinelli. b) alertar sobre a iminência de deterioração física dos filmes de sais de prata.Q57344 ( Prova: FCC . p. b) desprovidos de cópias. b) do Distrito Federal e dos Estados que fazem fronteira com países da América Latina.Arquivologia / Arquivologia / São exemplos de gênero documental. os cartográficos. ) A microfilmagem de substituição incide sobre documentos a) de valor temporário. os bibliográficos. controlando sua longevidade.2007 . gráfico.MPU . os eletrônicos. e) exclui os chamados documentos eletrônicos do universo dos documentos arquivísticos. b) considera que os elementos constitutivos dos documentos de arquivo. que regulamenta a parte final do disposto no inciso XXXIII do caput do art. com prazos de restrição de acesso e) fixa o período máximo de 30 anos de confidencialidade para documentos que afetem a honra e a 35 . eletrônicos ou não. pois não ostentam sinais de validação.Q57343 ( Prova: FCC .Q57340 ( Prova: FCC . 57). e) fornecer informações básicas sobre o documento microfilmado. e aquele preconizado pelo Arquivo Nacional. com recurso a linguagem. d) a recusa em atribuir autonomia aos documentos micrográficos. anteriormente fixados pela Lei de Arquivos. c) identificar cada fotograma inserido em jaquetas. de acordo com o Arquivo Nacional (ESTEVÃO. 99).2007 .

Analista de Documentação . e) reproduz. e) catálogos e inventários.Arquivologia / Arquivologia / Uma das pretensões da Norma Brasileira de Descrição Arquivística . d) praticam o tombamento dos bens edificados de caráter histórico.Q57332 ( Prova: FCC . bibliotecas.MPU .Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8.2007 . todas as características do documento. em um único nível. Em sua especificidade. 36 .2007 . Arquivos permanentes: tratamento documental. b) guias e inventários. câmaras e cartórios dos municípios situados dentro do território de cada unidade da Federação. de origem pública ou privada. e) ficam encarregados do depósito legal de todas as obras monográficas. b) incentivar a redundância.Q57334 ( Prova: FCC . d) contém informações sumárias sobre os serviços prestados pela instituição.Analista de Documentação . promovendo a gradativa d) é responsável pela gestão do protocolo único no âmbito do serviço público federal.Conarq: a) vincula-se ao Congresso Nacional. bem como do testemunho jurídico e histórico. b) configuração formal assumida pelos documentos de acordo com seu suporte.Arquivologia / Arquivologia / O Conselho Nacional de Arquivos . em sua estrutura. Heloísa Liberalli. 238 .Analista de Documentação .2007 .MPU . d) catálogos seletivos e guias.159.232 .2007 . considerando-os patrimônio nacional. 235 . os arquivos públicos a) reúnem documentos que comprovam as atividades desenvolvidas por diferentes organismos estatais ao b) dividem com os museus militares a obrigação de recolher e manter em sigilo todos os artefatos produzidos c) realizam a coleta seletiva de documentos e informações que corroboram as hipóteses formuladas pelos projetos de pesquisa das universidades que lhes ficam próximas. o de fiscalizar o exercício profissional.Q57333 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia / Arquivos. tecnológica. em 1991.2007 . (BELLOTTO. c) seqüência de unidades de um mesmo tipo documental.2007 . com a finalidade de elaborar leis de proteção ao patrimônio arquivístico b) deve funcionar como órgão central do Sistema Nacional de Arquivos. e) contexto (estrutural ou funcional) em que se produzem os documentos.Arquivologia / Arquivologia / Guia Um guia de arquivo a) apresenta thesaurus que reflete as relações hierárquicas dos documentos do acervo. o arranjo físico dos documentos.MPU .Q57335 ( Prova: FCC .Analista de Documentação .MPU . a trajetória que vai do particular para o geral. de 8 de janeiro de 1991) estabelece que a) o acesso a documentos sigilosos referentes à honra e à imagem das pessoas será restrito por um prazo b) competem aos arquivos públicos estaduais a gestão e o recolhimento dos documentos produzidos pelas prefeituras. ) A Lei de Arquivos (Lei n.MPU .MPU .Nobrade é a) dotar o Brasil de normas compatíveis com as internacionais em vigor.Analista de Documentação .159. como meio preferencial de análise.Q57336 ( Prova: FCC .MPU . c) índices e catálogos.Arquivologia / Arquivologia / O programa descritivo de uma instituição arquivística deve priorizar a) edição de textos e catálogos seletivos. d) evitar formas discursivas para proceder à contextualização dos documentos. c) demarcar.Arquivologia / Arquivologia / A série pode ser definida como a) conjunto de documentos reunidos em torno de um evento. d) processo acumulado no decurso de uma ação administrativa ou judiciária. entre outros. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos).2007 . c) tem por objetivo.Analista de Documentação . b) toma como unidade de descrição os itens documentais.Analista de Documentação . 236 . 8. e) foi criado. e) abarcar. como estratégia de formação para os profissionais da área. c) a incorporação de documentos de origem privada aos arquivos públicos depende de parecer do Conselho d) o descarte de documentos produzidos por instituições públicas só será realizado mediante autorização do e) todos têm direito de receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular ou de interesse 233 . pessoas e lugares referidos nos documentos. c) indexa nomes de instituições. centros de documentação e museus têm co-responsabilidade no processo de recuperação da informação. cultural e social.Q57337 ( Prova: FCC . para impedir que os bibliotecários assumissem a organização das instituições 234 . 237 .Q57338 ( Prova: FCC . em benefício da divulgação científica.

MPU . Assim é que a) compromisso é o registro contabilizado da fruição de um determinado benefício. a série de perguntas formuladas por escrito para serem respondidas também por escrito. d) termo de encerramento. formato.2007 .Analista de Documentação . como documento. e) sucessão arquivística.Q57326 ( Prova: FCC . 37 .Q57325 ( Prova: FCC . 244 .MPU . c) quadro de arranjo.2007 . Como fazer análise diplomática e análise tipológica de documento de arquivo. e) suas atividades. e) postura é a exposição sumária de itens a serem cumpridos dentro de determinado prazo. a transcrição de informações registradas em documento de assentamento ou processo.Q57327 ( Prova: FCC . e constituição. c) formato. é exemplo de a) gênero.Q57331 ( Prova: FCC . b) a forma que antecede a elaboração de manuscritos. c) filme e caixa-arquivo. fidedigno ou credível (BELLOTTO. servindo de base jurídica ou consensualmente válida para que o documento. baseando-se especialmente a) sua estrutura organizacional. d) espécie. d) unidade de armazenamento. formato. correto em sua estrutura semântica.Analista de Documentação .Analista de Documentação .Q57330 ( Prova: FCC .Q57328 ( Prova: FCC . sinal de validação.Arquivologia / Arquivologia / Papel.Arquivologia / Arquivologia / O contrato de aluguel. c) suporte.MPU . respectivamente. forma. e certidão.Arquivologia / Arquivologia / Entende-se por notação a) o conjunto dos documentos notariais. d) a primeira etapa no processo de arranjo documental.2007 . 241 .239 . d) sua jurisdição. b) prospecto é a autorização emitida por autoridade competente para a realização de um evento. modalidades de a) gênero. c) o material sobre o qual as informações são registradas.Arquivologia / Arquivologia / O esquema segundo o qual se organizam os arquivos permanentes é conhecido como a) notação binária. feita por funcionário de fé pública. b) reintegração. e) o código de localização dos documentos no acervo. e) livro e papel. o conjunto de direitos e obrigações de uma entidade. e) forma.2007 .Arquivologia / Arquivologia / Constituem exemplos de suporte: a) fita magnética e disco óptico. 242 .2007 . 243 .Arquivologia / Arquivologia / O método funcional de arranjo pressupõe o conhecimento da entidade produtora. b) pergaminho e manuscrito. e questionário. b) tipo.MPU . e citação. 245 .MPU .Analista de Documentação . técnica de registro e espécie. d) papiro e guia-fora. o trabalho científico apresentado d) atestado é a declaração sobre pessoa ou situação. tipo e gênero. e portaria. ato pelo qual se determinam providências de caráter administrativo. se apresente como legítimo. descritor e técnica de registro. c) receita é a prescrição de medicamentos a serem ministrados. formato e instrumento de acesso. cópia e livro são.Analista de Documentação .Q57329 ( Prova: FCC . b) seu organograma.Arquivologia / Arquivologia / Segundo a disposição e a natureza das informações que ostentam.2007 . feita por autoridade.Analista de Documentação . b) unidade de arquivamento.Analista de Documentação . 240 . manuscrito.MPU .MPU . as espécies documentais diplomáticas obedecem a fórmulas convencionadas. Heloísa Liberalli.2007 . c) seu ciclo vital.

reservando-se os números às suas 38 .MPU .2007 .Arquivologia / Arquivologia / Aos arquivos intermediários compete. 251 . seqüência de diligências e ações prescritas para o andamento de documentos de natureza administrativa. b) os documentos de guarda permanente são desprovidos de valor primário. e) da passagem de documentos da fase intermediária para a permanente. devem ser 250 . c) os documentos de valor administrativo asseguram a aquisição. e) processar tecnicamente os documentos de origem privada.Q57321 ( Prova: FCC . b) atender às consultas dos órgãos produtores. b) seleção. d) os valores probatórios e históricos são mutuamente excludentes.2007 . b) de pesquisa sobre a estrutura e o funcionamento da entidade acumuladora dos documentos. isto é.Analista de Documentação . e) os documentos de mais de cinqüenta anos. passam a constituir chaves para sua localização física.2007 .Arquivologia / Arquivologia / No método dígito-terminal. 246 . condição pela qual se renovam os dispositivos que asseguram aquisição ou perda de 247 . de acordo com sua entrada no arquivo. até seu julgamento ou solução. entre outras atividades. d) do estabelecimento de remissivas entre documentos da fase corrente e da fase intermediária. competência legalmente atribuída a determinados documentos relacionados com o e) prescrição.MPU . que pela lei brasileira já não surtem efeito legal. para efeitos de avaliação.Q57324 ( Prova: FCC .MPU .Q57322 ( Prova: FCC .MPU . que a) os valores probatórios e informativos podem ser coincidentes. 252 . d) é preciso assegurar a representatividade da instituição ao longo do tempo. b) a correspondência expedida. e) todos os documentos de valor probatório têm valor legal. a) promover a descrição do acervo. c) do registro de documentos a serem digitalizados e/ou microfilmados.2007 .Arquivologia / Arquivologia / A análise dos documentos deve considerar. a) as unidades de arquivamento são divididas em grande classes temáticas numeradas consecutivamente. b) segurança.2007 .2007 . isto é. a) os valores secundários dos documentos têm precedência sobre os primários. técnica de registro.MPU .Q57318 ( Prova: FCC . ordenação e classificação de c) vigência.MPU . podendo subdividir-se em classes subordinadas mediante o uso de números justapostos aos dos assuntos b) cada documento recebe um número de ordem crescente. isto é.Analista de Documentação . lidos da direita para a esquerda. c) só têm valor histórico os documentos correspondentes às atividades-fim da instituição. reproduzido em tantas fichas quantos forem os descritores ou palavras-chave a ele relacionados.Analista de Documentação . distribuídos ambos conforme a d) cada número de ordem atribuído aos documentos é decomposto em pequenos grupos de dois ou três dígitos que. pode ser completamente eliminada.Analista de Documentação . isto é.Arquivologia / Arquivologia / No processo de avaliação.Q57319 ( Prova: FCC .Q57323 ( Prova: FCC .Q57320 ( Prova: FCC . c) desenvolver ações educativas junto às escolas da região. forma e formato. 248 .e) suporte. e) autenticação.Analista de Documentação . d) estimular a pesquisa histórica.Arquivologia / Arquivologia / À passagem dos documentos para o arquivo permanente é atribuído o nome técnico de a) transferência. c) os assuntos secundários ficam subordinados aos assuntos principais. isto é. d) registro de entrada.Analista de Documentação .Arquivologia / Arquivologia / Tabela A elaboração de tabelas de temporalidade resulta a) da eliminação de documentos repetitivos e supérfluos.Analista de Documentação .2007 .MPU . por ser formada de cópias. e) as letras correspondem às classes principais dos documentos. manutenção e extinção de direitos. qualidade pela qual permanecem efetivos e válidos os encargos e disposições contidos nos d) jurisdição. c) recolhimento. esquema preestabelecido para armazenamento. 249 .Arquivologia / Arquivologia / Tabela Em uma tabela de temporalidade é importante indicar prazos de a) retenção.

natural e orgânica. correlacionando-as com os b) combina elementos físicos e lógicos no processamento automático de dados das diferentes áreas do c) permite obter a mesma polaridade dos documentos originais produzidos pelos organismos da d) avalia o suporte lógico dos diferentes sistemas operacionais aplicados às atividades-fim e atividadesmeio e) estabelece relação de equivalência entre diferentes sistemas de notação adotados nas secretarias de 255 . coisas. nas É correto concluir que a) as duas afirmativas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira. e) veracidade. tramitação.MPU .Analista de Documentação . com que o órgão governamental haja tratado.MPU .2007 .e) distribuição de correspondência e controle de tramitação dos documentos.MPU . c) base de dados.2010 .Agente Administrativo / Arquivologia / Classificação de Analise as seguintes afirmativas: O arquivo corrente ou de primeira idade possui características que se diferenciam das características dos PORQUE é constituído de documentos em curso ou consultados frequentemente. a teoria arquivística fundamentase no da a) unicidade. c) acessibilidade.2007 .. alienação. b) recebem documentos das entidades que cumprem a obrigação do depósito legal. em razão de sua inalienabilidade.2007 . classificação. d) reúnem documentos produzidos para fins administrativos. d) duplicidade. conservados nos escritórios. condições etc.Q57315 ( Prova: FCC . podem ser reivindicados. os arquivos a) acumulam objetos tridimensionais representativos da cultura material de uma determinada sociedade.Q57311 ( Prova: FCC . pelo qual os arquivos constituem uma formação progressiva. o diagnóstico da situação das unidades produtoras de a) identifica as competências. c) autenticidade.Q57313 ( Prova: FCC .Q57316 ( Prova: FCC . pelo qual os arquivos conservam seu caráter único em função do contexto em que foram e) organicidade.DNOCS .MPU . pelo qual os arquivos refletem a estrutura.2007 . jurídicos e legais. 254 . 258 .Analista de Documentação . as funções e as atividades da entidade de 260 .2007 . a prova que contêm da organização e funcionamento do órgão governamental que os produziu. funções e atividades do poder público estadual.Arquivologia / Arquivologia / Ao contrário das demais instituições de custódia de documentos. Arquivos modernos: princípios e técnicas.Analista de Documentação . 256 .MPU .Analista de Documentação . e) registram a propriedade legal resultante de alterações de direito de transmissão entre pessoas físicas e 257 . sob determinadas condições a guarda dos documentos de 259 . a d) a medida legal que impede a destruição.Q57312 ( Prova: FCC .2007 .Q57314 ( Prova: FCC . pelo qual os fundos devem ser preservados sem dispersão.Arquivologia / Arquivologia / Teoria Entre outros princípios. destruição ou b) indivisibilidade.Arquivologia / Arquivologia / Gestao Ao conjunto de medidas e rotinas visando à racionalização e à eficiência na criação.Arquivologia / Arquivologia / Gestao Na implantação de um sistema estadual de arquivos.Analista de Documentação . a deterioração ou a exportação de documentos que integram o e) o conjunto das propriedades que possibilitam. d) ciência da informação. b) gestão de documentos. T. pelo qual os documentos devem ser organizados em obediência às competências da d) cumulatividade. conferindo-lhes fé pública.R. O primeiro aspecto de que trata o clássico autor norteamericano diz respeito a uma importante qualidade dos a) informalidade. b) probabilidade. mutilação. e b.Arquivologia / Arquivologia / Pode-se determinar mais facilmente os valores secundários de documentos oficiais se os analisarmos em relação a dois aspectos: a. a informação que contêm sobre pessoas. problemas. c) redigem e instrumentalizam contratos ajustados entre as pessoas. uso primário e avaliação de documentos de arquivo costuma-se denominar a) sistema de informações. 39 . e) gerenciamento de dados.Analista de Documentação . (SCHELLENBERG.Q31051 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia / Entende-se por princípio da proveniência a) a recomendação de manter a individualidade dos arquivos quanto às instituições ou pessoas que lhes b) a competência juridicamente atribuída a uma instituição para proceder à avaliação e à destinação de seus c) o atributo pelo qual os arquivos públicos.MPU . entidades.

DNOCS . c) a primeira afirmativa é verdadeira e a segunda falsa.159. ostensiva ou sigilosa. c) II. quanto à natureza do assunto. faz parte do chamado serviço de a) referência. III. c) integridade.Arquivologia / Arquivologia / Conceitos A divulgação das atividades e do acervo de um arquivo junto à comunidade. Dentro do gênero de documentos escritos. e) as duas afirmativas são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira. não necessitam ser de III. e) reprografia. 265 . contendo imagens estáticas. a correspondência merece tratamento especial. 264 . cursos. V. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). b) I. a amplitude e o alcance das restrições ao direito que visa coactar a sua histórica tirania seria um verdadeiro e inadmissível paradoxo.Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8.Analista Judiciário . II e III. d) III. 262 . II.2009 .Q25326 ( Prova: FCC .2010 . a classificação de ostensivo é dada aos documentos que.Q25323 ( Prova: FCC .b) a primeira afirmativa é falsa e a segunda verdadeira.Q31050 ( Prova: FCC . IV. II e V. b) não foi colocado ao lado de espécies similares. 263 . e incide sobre a Lei no 8. c) em suporte fílmico resultantes da microrreprodução de imagens.159.TJ-PI .Analista Judiciário .Analista Judiciário . a classificação de ostensivo é dada aos documentos que podem ser de conhecimento público. b) em suportes sintéticos. c) cessam as restrições que impediam sua consulta. IV e V.TJ-PI . A observação é de Marlon Alberto Weichert.2009 . É correto o que consta APENAS em a) II. 266 .2009 . e) I. O princípio que justifica o fato a) unicidade. sede de comarca.Q25325 ( Prova: FCC .2009 . em especial sobre o dispositivo que afirma: 40 . d) é recuperado por descritores ou palavras-chave.Agente Administrativo / Arquivologia / Classificação de Documentos iconográficos são aqueles a) com dimensões e rotações variáveis.Arquivologia / Arquivologia / Principios. exposições.dor. a classificação de ostensivo é dada aos documentos cuja divulgação não prejudica a administração. d) as duas afirmativas são falsas. b) apoio cultural. tratados ou armazenados em computa. contendo registros fonográficos. conferências e outras iniciativas.Arquivologia / Arquivologia / Classificação Um documento é desclassificado quando a) a organicidade do fundo a que pertence está comprometida.DNOCS . por sua natureza. no processo de ordenação. por meio de publicações. b) territorialidade.2010 . a classificação de ostensivo é dada aos assuntos que requeiram excepcional grau de segurança. por ato seu. arquitetônicas ou de e) produzidos. contendo repre.sentações geográficas. com a anuência do Tribunal de Justiça. em papel emulsionado ou não. c) consulta. d) processamento técnico. A respeito de natureza do assunto de uma I. ) Numa cidade do interior.Q31049 ( Prova: FCC .Agente Administrativo / Arquivologia / Tipologia documental. d) autenticidade. embora não requeiram alto grau de segurança. 261 . seu conhecimento por pessoa não-autorizada pode ser prejudicial a um indivíduo. podendo ser. IV e V. procurador regional da República. a classificação de ostensivo é dada aos assuntos que.TJ-PI . IV e V. Se o direito fundamental constitucional objetiva limitar a arbitrariedade do Poder Executivo na abertura de seus arquivos. Supor que o próprio subjugado ao direito possa definir.Q25324 ( Prova: FCC . mediante a utilização de técnicas d) em formatos e dimensões variáveis.Analista Judiciário . os documentos acumulados pelo Poder Judiciário são entregues à custódia do arquivo público municipal. e) o quadro de arranjo não o contempla em nenhuma categoria. e) proveniência.TJ-PI .

b) do plano de classificação.Arquivologia / Arquivologia / Gestao documental.TJ-PI . a adoção a) do tesauro.Arquivologia / Arquivologia / Definições.2009 .TJ-PI . inventários topográficos e tabelas de temporalidade são considerados. b) seu caráter probatório.Analista Judiciário . Na percepção da renomada arquivista alemã Angelika Menne-Haritz.Analista Judiciário . a) pesquisa. b) a edição fac-similar de documentos.Arquivologia / Arquivologia / Suportes documentais. b) SIGnals for ADministration. 272 .Arquivologia / Arquivologia / Teoria das Durante a fase corrente. 268 .Analista Judiciário . Classificação de documentos. autora do texto acima. Ordenamento dos arquivos.a) É dever do Poder Público a gestão documental e a proteção especial a documentos de arquivos. Durante a fase permanente.go Civil c) Decreto fixará as categorias de sigilo que deverão ser obedecidas pelos órgãos públicos na classificação d) A cessação de atividade de instituições públicas e de caráter público implica o recolhimento de sua documentação à instituição arquivística pública ou a sua transferência à instituição sucessora.Q25321 ( Prova: FCC . por quem e por quê. o fator distintivo entre o uso primário e secundário dos documentos de arquivo é a mudança de a) sua capacidade operativa.2009 . c) Standard Informations for Governments and Agencies under Development. no programa descritivo de uma instituição de custódia de arquivos permanentes. ) Quanto mais hierarquizado for o universo das funções e atividades de um organismo. e) o repertório. 271 . c) encapsular bases de dados. em maio de 2009.Q25318 ( Prova: FCC . como ferramenta de tratamento técnico dos seus documentos.TJ-PI . d) o índice. e) da tabela de temporalidade. 269 . segue-se ao guia.2009 . e) seu conteúdo.TJ-PI . e) Os arquivos privados podem ser identificados pelo Poder Público como de interesse público e social.Arquivologia / Arquivologia / Definições. e) promover a redução da massa documental acumulada.TJ-PI .2009 . Usados como ferramentas.Q25317 ( Prova: FCC . desde que sejam considerados como conjuntos de fontes relevantes para a história e desenvolvimento científico 267 .Analista Judiciário . c) o inventário. d) seu formato. Tecnologia da informação. a) o catálogo. 270 . d) Sinalética Internacional para Gestão de Arquivos e Documentos. ) Levando em consideração a ordem hierárquica dos níveis de classificação. Depois de arquivados.Q25320 ( Prova: FCC . Principios. os documentos indicam o que tem que ser feito. 41 . c) do inventário topográfico. ) Nas recomendações elaboradas pelo Arquivo Nacional sobre a matéria e submetidas a consulta pública.Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos. e) Sistema de Informação e Gestão Automática de Documentos.2009 . indicam até que ponto evoluiu o processo e em que bases podem ser tomadas as próximas decisões. a digitalização dos arquivos tem como justificativa principal a) substituir a microfilmagem como meio de preservação. d) da amostragem. planos de classificação. Conceitos Fundamentais. como instrumento de apoio à administração. b) permitir a aplicação das normas internacionais de descrição. à cultura.2009 . eles mostram quem fez o quê e por que razão.TJ-PI .Q25319 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . significa a) Sistema Informatizado de Gestão Arquivística de Documentos. Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias. mais se recomenda. ao desenvolvimento científico e como elementos de prova e b) Os registros civis de arquivos de entidades religiosas produzidos anteriormente à vigência do Códi. Teoria das tres idades. c) sua proveniência. ) Organogramas. ) A sigla SIGAD. d) garantir amplo acesso aos documentos.Q25322 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . adotada pelo Conselho Nacional de Arquivos.

b) as classes não distinguem as atividades-meio das atividades-fim. e) os gêneros sonoros. Convênios O exemplo faz jus às inúmeras críticas dirigidas ao Código pela comunidade de a) a numeração adotada resulta da combinação de dois métodos: o dígito-terminal e o duplex. e) sejam iluminadas por lâmpadas fluorescentes. Quando os documentos em suporte-papel apresentam falhas.2009 . ) Ao contrário do dossiê.Analista Judiciário .Q25311 ( Prova: FCC . e) ação educativa.2009 . Classificação de documentos. d) testemunham fatos memoráveis e históricos. b) fiquem próximas dos lençóis freáticos.Q25312 ( Prova: FCC . o processo reúne documentos relacionados com a) um tema ou assunto. um dos procedimentos de restauração mais a) etiquetagem. de modo a oferecer armazenamento contínuo.Q25316 ( Prova: FCC . c) um funcionário ou servidor. modificação ou extinção de direitos.Arquivologia / Arquivologia / Conservação.Q25314 ( Prova: FCC . Microfilmagem e ao uso das novas tecnologias. iconográficos e audiovisuais sobrepujaram. b) irrigação.TJ-PI .Analista Judiciário . d) os documentos não são mais tributários de um suporte único e estável.Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos.b) amostragem. Métodos de Arquivamento.TJ-PI .TJ-PI .Q25313 ( Prova: FCC . c) controle. estabelece que as a) sejam submetidas a testes que avaliem suas condições estruturais de resistência a cargas. manutenção. Ajustes.Analista Judiciário . d) um paciente ou cliente.2009 .Arquivologia / Arquivologia / Métodos de Arquivamento. Programas e Projetos de Trabalho 003 Relatórios de Atividades 004 Acordos. Tecnologia da informação.Arquivologia / Arquivologia / Classificação Os documentos de valor legal ou jurídico distinguem-se dos demais porque a) são necessários para a consecução das atividades correntes da instituição.TJ-PI . c) são autuados e protocolados por agente administrativo. b) uma ação administrativa ou judiciária.TJ-PI .TJ-PI . Contratos. espécies e) atos de assentamento são privativos de instituições cartorárias e não poderiam ficar subordinados à 275 . os textuais. a fim de impedir o ressecamento dos documentos em suportec) sejam posicionadas nos prismas de maior insolação do edifício. fala-se em a) a web garante a integridade dos dados veiculados.Q25315 ( Prova: FCC . 274 . e) demonstram a aquisição.2009 .Analista Judiciário . 278 . b) ostentam timbre do órgão produtor e assinatura da autoridade responsável. d) restauração. e) um fato ou evento. b) as ideias e pensamentos deixaram de se expressar por meio de palavras. cuja radiação ultravioleta é benéfica para os diferentes 277 . nas suas Recomendações para a produção e o armazenamento de documentos de arquivo (2005). c) a legibilidade dos textos depende agora de expertise em criptografia.Analista Judiciário . 42 . c) plastificação.2009 . em número. para evitar o uso de instrumentos d) tenham mais de 300 m. sem divisão interna. d) liofilização. c) documentos de valor permanente encontram-se misturados aos de descarte imediato. 273 . ) Com o desenvolvimento das novas tecnologias da informação e da comunicação. ) Examine as classes propostas pelo Código de Classificação de Documentos elaborado pelo Conselho Nacional 000 Administração Geral 001 Modernização e Reforma Administrativa 002 Planos.Analista Judiciário . e) reenfibragem.Arquivologia / Arquivologia / Definições.Arquivologia / Arquivologia / Conservação. 276 . transferência.2009 . d) as subdivisões do conjunto maior (Administração Geral) utilizam diferentes critérios: atividades. A Câmara Técnica de Conservação de Documentos do Conselho Nacional de Arquivos.

279 - Q25310 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Microfilmagem Utilizado nas sinaléticas que acompanham o processo de microfilmagem de documentos de arquivo, o símbolo

_ a) o original é colorido. b) o original está ilegível. c) roedores deixaram marcas de sua passagem no papel. d) faltam quatro páginas ao exemplar. e) o texto está perfurado por cupins ou outros xilófagos. 280 - Q25309 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Tipologia O instrumento pelo qual uma pessoa recebe de outra poderes para, em seu nome, praticar atos ou a) a designação. b) o precatório. c) a carta de recomendação. d) a procuração. e) a carta declaratória. 281 - Q25308 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Conceitos O resumo que antecede ou sucede um ato normativo é denominado a) abstract. b) sumário. c) índice. d) súmula. e) ementa. 282 - Q25307 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Suportes Ata, livro, fita magnética e negativo correspondem, respectivamente, a a) tipo, gênero, espécie e suporte. b) gênero, espécie, forma e técnica de registro. c) espécie, formato, suporte e forma. d) tipo, forma, formato e suporte. e) formato, tipo, técnica de registro e gênero. 283 - Q25306 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Ordenamento Disco óptico e DVD são exemplos, respectivamente, de a) técnica de registro e espécie. b) forma e suporte. c) gênero e tipo. d) espécie e técnica de registro. e) suporte e formato. 284 - Q25305 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Tipologia Atestado e certidão são espécies documentais com redação semelhante, mas convém não confundi-los. a) emana de funcionário de fé pública, a certidão pode ser produzida por qualquer autoridade governamental. b) é documento diplomático descendente, a certidão é ato de relação ascendente. c) é documento supressivo, a certidão apresenta-se com caráter substantivo. d) é uma declaração, a certidão é transcrição legitimada. e) admite informações falsas, a declaração só exprime a verdade. 285 - Q25304 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Tipologia A tipologia documental tem por objeto a) os caracteres utilizados nos manuscritos de cada época. b) a técnica de registro aplicada aos diferentes textos. c) os prazos de vigência das informações registradas. 43

d) assinaturas e outros sinais de validação. e) a lógica orgânica dos conjuntos documentais. 286 - Q25303 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Conceitos Quando se examinam hoje as funções do profissional que atua junto aos arquivos, percebe-se que ficaram bastante ampliadas, abrangendo até mesmo as chamadas tarefas préarquivísticas, isto é, aquelas que antecedem o início do ciclo vital dos documentos. As tarefas mencionadas eram tradicionalmente executadas pelos profissionais de a) Organização & Métodos. b) Informática. c) Gestão do Conhecimento. d) Ciência da Informação. e) Biblioteconomia. 287 - Q25302 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Conceitos Tal alargamento pode ser atribuído a) a imposições da legislação emanada do Conselho Internacional de Arquivos e das entidades que o b) ao fenômeno da globalização, que exige padrões administrativos comuns às diferentes nações. c) ao modelo de governança corporativa adotado pelas instituições públicas e privadas. d) à opacidade do Estado e ao mau uso das infor- mações governamentais. e) à necessidade de estabelecer metadados para os documentos criados em meio eletrônico. 288 - Q25301 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Gestao O desafio essencial que se apresenta aos arquivos públicos brasileiros na atualidade é o da transferência, no seu devido tempo, das grandes massas documentais produzidas pela máquina administrativa, as quais, passada a sua primeira idade (tramitação, utilização imediata e guarda nos arquivos correntes), vão para os arquivos intermediários e, posteriormente, para os permanentes. Essa transferência implica a passagem por O texto é retirado do livro de Heloísa Bellotto, Arquivos permanentes: tratamento documental, e faz a) arranjo. b) microfilmagem. c) recolhimento. d) avaliação. e) ordenação. 289 - Q25300 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos; Conceitos Fundamentais; Produção de documentos; ) Para compreender o contexto de produção dos documentos de arquivo, é preciso conhecer as funções e atividades desenvolvidas pelo organismo que os acumulou. No caso das instituições públicas, as fontes a) as memórias dos titulares. b) os atos normativos (legislação). c) as notícias publicadas em jornais e revistas. d) os currículos dos dirigentes. e) os registros notariais. 290 - Q25299 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Classificação Os documentos pertencentes a um determinado fundo têm como característica essencial o fato de a) guardarem relações orgânicas entre si. b) apresentarem-se sob um único gênero. c) perderem rapidamente seu valor informativo. d) não possuírem instrumentos de busca. e) serem todos da mesma espécie e tipo. 291 - Q25298 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Classificação Diz-se que um fundo é aberto quando a) contém apenas documentos permanentes. b) seus documentos são de livre acesso. c) o órgão produtor ainda está em atividade. d) é submetido a processo de classificação. e) dispõe de instrumentos de pesquisa. 44

292 - Q25297 ( Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia / Definições; ) Arquivo é o conjunto de documentos escritos, desenhos e material impresso, recebidos ou produzidos oficialmente por determinado órgão administrativo ou por um de seus funcionários, na medida em que tais a) adotada pelo Conselho Nacional de Arquivos, em resolução de 1995. b) apresentada no famoso manual da Associação dos Arquivistas Holandeses, de 1898. c) assumida por Marilena Leite Paes em seu livro Arquivo: teoria e prática, cuja primeira edição é de 1986. d) integrada à Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). e) inserida no Dicionário brasileiro de terminologia arquivística, publicado pelo Arquivo Nacional em 2005. 293 - Q23154 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia O Conselho Nacional de Arquivos recomenda, para a área de armazenamento de documentos, a) o aproveitamento de subsolos e porões. b) posição sob prismas de grande insolação. c) filtros bloqueadores de radiação UV. d) sistemas integrados de energia elétrica, aeração e climatização. e) o uso de estantes e armários de madeira. 294 - Q23153 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia O método pelo qual se coloca a folha de papel a ser reforçada entre duas folhas transparentes de a) laminação. b) liofilização. c) reenfibragem. d) cartonagem. e) encadernação. 295 - Q23152 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Manchas de cor castanha, causadas ao papel por umidade, ferrugem ou impurezas químicas, são conhecidas a) craquelê. b) terceira idade. c) catapora. d) foxing. e) flores do sepulcro. 296 - Q23151 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia O registro das informações que permitem o rastreamento das tentativas de intervenção ou das intervenções efetivamente realizadas nos documentos digitais recebe o nome de a) trilha de auditoria. b) autoridade de registro. c) Infraestrutura de Chaves Públicas (ICP). d) sistema operacional. e) Digital Object Identifier (DOI). 297 - Q23150 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Com as mudanças tecnológicas e a rápida obsolescência dos recursos computacionais, os documentos armazenados em meio digital são transferidos de determinados suportes, plataformas ou formatos para a) reprografia, termografia ou revelação. b) microfilmagem, digitalização ou estereografia. c) leitura óptica, cópia fotostática ou fotografia. d) conversão, atualização ou reformatação. e) maceração, velatura ou magnificação. 298 - Q23149 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia Em meio eletrônico, a atividade de reconhecimento que se caracteriza pelo estabelecimento de relação única, exclusiva e intransferível entre uma chave de criptografia e uma pessoa física, jurídica, máquina ou aplicação a) o hipertexto. b) a marca d'água digital. c) a certificação digital. d) o carimbo de tempo. e) o link. 299 - Q23148 ( Prova: FCC - 2009 - TRT - 3ª Região (MG) - Analista Judiciário - Arquivologia / Arquivologia 45

c) rolo de 16 mm.3ª Região (MG) . 46 .TRT .2009 . c) autorizou o uso da Norma Brasileira de Descrição nas bases de dados informatizadas. 301 .Arquivologia / Arquivologia / Gestao documental.Analista Judiciário . d) não ser regulamentada por lei.3ª Região (MG) .Q23143 ( Prova: FCC . b) podem ser descartados após 5 anos. Armazenamento de Documentos. b) oferecer segurança e durabilidade. significa a) início do rolo. é correto apontar o fato de a) permitir reprodução policromática. de 8 de janeiro de 1991.Q23145 ( Prova: FCC . a classificação. e) admitir intervenção na imagem captada.3ª Região (MG) . d) determinou o tombamento de processos de valor histórico.3ª Região (MG) .Analista Judiciário . c) ter equipamentos baratos de leitura. e) rolo de 35 mm. de 3 de janeiro de 2002. o Conselho Nacional de Arquivos.TRT .Arquivologia / Arquivologia / Lei nº 8.159.Q23147 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia No âmbito da Justiça Trabalhista. d) constituem patrimônio da humanidade. 302 . ) De acordo com a legislação vigente.Arquivologia / Arquivologia Os documentos acumulados pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3º Região são da competência a) da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho.159. 303 . e) propôs a formação de comitês gestores e comissões permanentes de avaliação. significa Considere o símbolo abaixo. c) são desclassificados a partir da data de seu arquivamento._ O símbolo.Q23146 ( Prova: FCC .159. Lei nº 8. O símbolo.2009 . de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). b) do Ministério do Trabalho e Emprego. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos).Arquivologia / Arquivologia Dentre as vantagens da microfilmagem. 300 .2009 .2009 . por meio da Resolução nº 26. b) fim do rolo.3ª Região (MG) .Analista Judiciário . entre outras. 304 . o arranjo.073.2009 . que regulamenta a lei nº 8. ) De acordo com o Decreto nº 4. a descrição e a execução das demais tarefas necessárias à guarda e à conservação dos documentos.Q23144 ( Prova: FCC . de 6 de a) criou um sistema de protocolo unificado para todos os tribunais regionais.TRT . a) os documentos intermediários dos órgãos públicos federais são encaminhados para o Arquivo Nacional. utilizado nas sinaléticas do processo de microfilmagem.TRT . utilizado nas sinaléticas do processo de microfilmagem. b) nomeou equipes interdisciplinares de gestão da informação.Analista Judiciário . os documentos acumulados pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3º Região a) integram o Sistema Nacional de Arquivos.Analista Judiciário . b) os arquivos privados declarados de interesse público e social são incorporados ao acervo das instituições c) o Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo (SIGA) é órgão subordinado ao Sistema Nacional de d) as empresas e serviços notariais e de registro que exercem atividade de microfilmagem de documentos e) são atribuições dos técnicos de arquivo. e) devem ter sua guarda terceirizada.TRT . d) continua em outro rolo.

embora secundária.2009 .Analista Judiciário . Classificação de _ _ Para que se possa fazer uma leitura horizontal coerente.3ª Região (MG) .2009 . d) do Arquivo Público Mineiro. e) corporativo e de processamento técnico. para além dessa competência. 307 . d) fórmula.TRT .TRT . Classificação de documentos. a contar da data de seu d) as Forças Armadas se obrigam a entregar ao Arquivo Nacional todas as séries acumuladas pelo Exército.TRT .Q23139 ( Prova: FCC .Q23141 ( Prova: FCC . d) educativo e de apoio cultural.Q23142 ( Prova: FCC .Analista Judiciário . Tabela de temporalidade.3ª Região (MG) .Q23140 ( Prova: FCC .c) do Poder Judiciário Federal.3ª Região (MG) . que justifica e alimenta sua criação e desenvolvimento. Conceitos Fundamentais. e) forma.3ª Região (MG) .Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos. p.Analista Judiciário . da Casa Civil. ) terceira linha é a) guia de fontes. Lei nº 8. cumpre-lhe ainda uma atividade que.2009 . b) comutativo e de auxílio ao leitor. de Heloísa Bellotto (Arquivos permanentes. é correto afirmar que a) a Comissão de Averiguação e Análise de Informações Sigilosas.lhes informações de modo a servir ao administrador. de 8 de janeiro de 1991 (Lei de Arquivos). c) o prazo máximo de sigilo não pode ultrapassar o período de 30 anos. 305 . honra e imagem das pessoas devem ser ocultadas 306 . b) formato. 227). e) as informações relacionadas a intimidade.Arquivologia / Arquivologia Considere o trecho abaixo. c) domiciliar e de empréstimo de documentos. ) A propósito da atual política brasileira de acesso aos documentos públicos. o preenchimento a) assunto. Conceitos Fundamentais.Analista Judiciário . e) do Ministério Público do Trabalho. a quem cabia decidir sobre a b) cabe ao Ministério Público da União disciplinar a proteção a informações produzidas pelo Poder Legislativo e pelo Poder Judiciário que comprometam a segurança da sociedade e do Estado. c) órgão produtor. vida privada. 47 . ao cidadão e ao historiador. transferindo. a partir do cabeçalho do quadro. custodiar. 2007.2009 . Os arquivos públicos existem com a função precípua de recolher. é a que melhor pode A autora refere-se ao serviço a) comunitário e de informação em linha. Mas.Arquivologia / Arquivologia / Principios.159. preservar e organizar fundos documentais originados na área governamental.Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos. 308 .TRT . Principios.

relacionando-as com os documentos do arquivo.Arquivologia / Arquivologia O objetivo da classificação é a) identificar as unidades de arquivamento.Analista Judiciário . e) dar visibilidade às funções e às atividades da instituição.Q23132 ( Prova: FCC . de modo a contribuir para o processo de seleção.Arquivologia / Arquivologia O documento pelo qual uma pessoa recorre à autoridade judicial para garantir direito ameaçado de violação a) convocatória.2009 .2009 . b) dispensam o uso de instrumentos de localização.2009 . As rubricas com que se distinguem os diferentes documentos de uma instituição a partir do contexto imediato do qual se originaram (atividades. b) avaliação.Analista Judiciário .Arquivologia / Arquivologia / Conceitos Fundamentais. ) segunda linha é a) dossiê. c) supõem a indexação coordenada. Métodos de Arquivamento. d) tombamento.Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos. b) ao ano de seu arquivamento. 310 .Analista Judiciário .Q23135 ( Prova: FCC .TRT . para permitir sua localização nos depósitos.2009 . b) liminar.3ª Região (MG) . c) ordenar os documentos de uma série. e) à data de seu registro em cartório.3ª Região (MG) .Analista Judiciário .TRT . c) armazenamento.3ª Região (MG) .2009 .Analista Judiciário . primeira linha é a) repertório. Classificação de documentos. e) dependem de recursos informatizados.Q23137 ( Prova: FCC .TRT . d) ao local em que foi produzido. Conceitos Fundamentais.3ª Região (MG) . c) prontuário. e) códice. Gestao documental.3ª Região (MG) . e) inventário sumário. d) só podem ser utilizados em empresas privadas. b) facilitar a elaboração de um índice alfabético remissivo dos documentos de determinado fundo. b) fundo.Analista Judiciário . 309 . b) coleção. 312 .2009 .Q23133 ( Prova: FCC .Q23136 ( Prova: FCC . 313 . facilitando sua recuperação. d) atribuir valores primários e secundários aos documentos. 315 .Analista Judiciário . funções.Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos. c) ao seu período de vigência. Conceitos Fundamentais. Principios.TRT .Q23138 ( Prova: FCC .b) inventário topográfico.3ª Região (MG) . 48 .3ª Região (MG) .Q23134 ( Prova: FCC .Arquivologia / Arquivologia A data tópica de um documento corresponde a) ao ano em que foi eliminado. c) documentação. 314 . e) inventário analítico. c) medida cautelar. d) dossiê.TRT . e) ordenação. d) miscelânea.TRT . c) guia. Ordenamento dos arquivos. d) catálogo.2009 .TRT . estruturas) resultam do processo de a) classificação. 311 .Arquivologia / Arquivologia Os métodos diretos de arquivamento a) baseiam-se em sistemas numéricos. Classificação de documentos.

Q23126 ( Prova: FCC .3ª Região (MG) . Conceitos Fundamentais. assunto. formato e forma.Q23130 ( Prova: FCC . espécie jurídica. d) derivados dos atos normativos.Q23128 ( Prova: FCC . Tabela de temporalidade. espécie. b) tipo.Q23129 ( Prova: FCC . pois esclarecem questões vazadas em outros documentos. forma e gênero. suporte e técnica de registro.TRT . tipo.3ª Região (MG) .TRT . 318 . 317 . Suportes documentais. c) vigência.Analista Judiciário .2009 . 319 . isto é. 321 .Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos.TRT . edital de citação.Analista Judiciário . Conceitos Fundamentais. sua a) idoneidade. Classificação de arquivos.2009 . Definições.Arquivologia / Arquivologia / Tipologia documental. b) derivados dos atos de assentamento. códice e rascunho são. d) iconográfico. a) espécie. A documentação cartográfica é uma modalidade do gênero a) eletrônico. ) Atos comprobatórios são a) de cumprimento obrigatório. c) bibliográfico.Analista Judiciário .TRT . e) formato. d) tipologia.2009 . espécie. d) suporte. b) textual. Conceitos Fundamentais.2009 .2009 .TRT . e) substância.Arquivologia / Arquivologia _ 49 . c) acordos de vontade.3ª Região (MG) . é importante considerar a qualidade pela qual permanecem efetivos e válidos os encargos e as disposições contidos nos documentos.Analista Judiciário . b) formulário.Analista Judiciário . série e suporte. c) espécie.2009 .Q23127 ( Prova: FCC . ) Edital.Analista Judiciário . d) tipo. respectivamente. tipo e linguagem.3ª Região (MG) .Q23131 ( Prova: FCC .TRT .Arquivologia / Arquivologia / Gestao documental. e) informativo.d) instrução normativa. ) No processo de avaliação.Arquivologia / Arquivologia Caderno e livro são exemplos de a) formato. e) forma. 316 .3ª Região (MG) . e) opinativos. c) espécie diplomática. 320 . e) notificação. b) transparência.3ª Região (MG) .Arquivologia / Arquivologia / Classificação de arquivos.

3ª Região (MG) . já que são todos de valor c) a homogeneidade das ações transitadas em julgado dispensa o uso de estratos para representação do d) os historiadores devem estabelecer uma hierarquia de assuntos relevantes para nortear a amostra.Analista Judiciário .Q23122 ( Prova: FCC . 2007).Analista Judiciário .2009 . e) as características repetitivas e comuns aos processos têm precedência sobre seu ineditismo ou mérito 323 . d) os nomes das ações especiais são idênticos aos dos tipos documentais que delas resultam.3ª Região (MG) .tição.Analista Judiciário . Ordenamento dos arquivos. b) as ações especiais inseridas na segunda coluna estão em ordem alfabética.TRT .3ª Região (MG) . b) prazo de retenção. é correto a) os códigos da primeira coluna revelam a utilização do método dígito-terminal. Chega! Além de mencionar eliminações de documentos feitas sem qualquer critério.Arquivologia / Arquivologia O Sistema Integrado de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos do Tribunal Regional do Trabalho a) gera ao remetente o comprovante de entrega da pe.TRT .Arquivologia / Arquivologia Os documentos que apresentam valor primário e que são indispensáveis à manutenção das atividades cotidianas de uma pessoa física ou jurídica constituem. Teoria das tres idades.Arquivologia / Arquivologia Na tabela de temporalidade.TRT . isto é. 50 . 322 . c) termo de encerramento. b) não aceita documentos em formato PDF. 326 . manifestou-se contrário ao método de a) cada processo corresponde a uma classe. os a) arquivos intermediários. e) a quarta coluna registra a destinação final dos documentos. 325 .Analista Judiciário . Definições. d) não exime o usuário da apresentação posterior de documentos originais. o historiador Fernando Teixeira da Silva afirmou: A Justiça do Trabalho já descartou demais.Arquivologia / Arquivologia A passagem de documentos para o arquivo permanente ocorre mediante a) transferência. c) nem todos os documentos têm o mesmo período de guarda temporária. d) influxo.3ª Região (MG) . b) sistemas de protocolo. e) é um serviço de uso obrigatório para o envio de toda e qualquer petição.Arquivologia / Arquivologia / Gestao documental. e) plano de destinação.TRT .2009 . 324 . c) arquivos correntes.Q23123 ( Prova: FCC . o universo documental tem tantas classes quantos forem b) os processos com maior tempo de tramitação são excluídos da amostra.2009 .3ª Região (MG) . ) Em palestra proferida no II Encontro Nacional da Memória da Justiça do Trabalho (Campinas.Q23125 ( Prova: FCC . segundo Jean. a permanência dos documentos no arquivo corrente e no arquivo intermediário é a) relação de recolhimento.Q23121 ( Prova: FCC .2009 .Analista Judiciário . b) recolhimento. c) admite o fracionamento da petição e dos documentos que a acompanham. d) processos e expedientes. c) encaminhamento. d) plano de arquivamento._ O quadro abaixo foi retirado do "Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade e Destinação de Autos Findos de Processos Judiciais" do Tribunal Regional do Trabalho da 3º Região. e) remoção.Yves Rousseau e Carol Couture.Q23124 ( Prova: FCC . Com base no quadro.2009 . e) sistemas de gestão informacional.TRT .

330 . Embora não haja modelos formalmente instituídos para cumprir essa tarefa.2009 .2009 .2007 . forma.Área Administrativa / Arquivologia / Contrato.3ª Região (MG) . à eliminação e ao recolhimento de documentos é conhecida como a) política de arquivos.Arquivologia / Arquivologia / Gestao documental. ao contrário do que ocorre com os documentos de museu. b) serem preservados na sua totalidade. d) o método de ordenação dos documentos textuais.2009 . e) possuírem valor para fins outros que não aqueles para os quais foram produzidos ou acumulados.2009 .3ª Região (MG) . dotando as séries de elementos de coesão espontânea e estruturada. razão pela qual se e) os documentos não serem concebidos fora dos requisitos da atividade prática.3ª Região (MG) . respectivamente. conferindo-lhes ordenação empregado no organismo produtor é mais natural. técnica de registro. 332 . forma. minuta. o atributo se deve ao fato de a) não existir.Analista Judiciário . tipo. e) normativo. b) haver a pretensão de simular o caráter necessariamente subjetivo dos documentos.Arquivologia / Arquivologia Uma das características dos documentos de arquivo é a naturalidade com que são reunidos.TRT . suporte e formato.Q23117 ( Prova: FCC . d) espécie.Arquivologia / Arquivologia Para que sejam considerados de arquivo. d) seu teor informativo.Q23119 ( Prova: FCC . à transferência. de acordo com Schellenberg. d) grande parte dos documentos constituírem ameaça aos interesses do órgão produtor. b) sua proveniência. e) a identidade de seu destinatário.Analista Judiciário . nenhuma obrigatoriedade quanto à acumulação de documentos. que se realiza de forma contínua e progressiva. b) legislação arquivística.Arquivologia / Arquivologia O memorando é exemplo de ato a) de assentamento. c) enunciativo.TRT .Analista Judiciário . 51 .TRE-SE . Segundo Luciana Duranti. 328 . forma e tipo. c) a intenção de seu signatário. à propriedade.Arquivologia / Arquivologia A competência legalmente atribuída a uma instituição quanto à entrada.Q9023 ( Prova: FCC . exemplos a) grupo.Q23116 ( Prova: FCC . e) o sistema de segurança do edifício. subsérie. 331 . e) patrimônio arquivístico. 333 . 329 .3ª Região (MG) . Principios. formato e suporte. contrato de prestação de serviços. disco magnético e livro são. à custódia.2009 .Q23118 ( Prova: FCC . as funções e as atividades do órgão. b) a estrutura organizacional. suporte e espécie.327 . c) série. tipos. sem mutilação.TRT . no âmbito da administração (pública ou privada). ) Um documento é autêntico quando preenche os requisitos necessários para que se reconheça a) seu valor histórico.Q23115 ( Prova: FCC . cabendo aos servidores ou agentes criar suas próprias normas arquivísticas. b) gênero. seu ponto de partida é o a) o nível de escolaridade e o salário dos servidores.Analista Judiciário .3ª Região (MG) . b) de ajuste. c) o acondicionamento dos documentos audiovisuais e iconográficos. Conceitos Fundamentais. d) apresentarem regularidade e uniformidade de espécies.TRT .3ª Região (MG) . subgrupo.2009 .Q23120 ( Prova: FCC . os documentos devem obedecer a uma dupla condição: terem sido produzidos ou acumulados na consecução de um determinado objetivo e a) manterem o arranjo que lhes foi dado pelo órgão que os produziu ou acumulou.Arquivologia / Arquivologia Qualquer proposta de intervenção nos arquivos governamentais supõe a realização de um diagnóstico. d) sucessão arquivística.Analista Judiciário . série.Técnico Judiciário .TRT . d) de correspondência. modificação ou destruição das partes que os c) seguirem uma linha imaculada de custódia ininterrupta e responsável. formatos e suportes. c) jurisdição arquivística. gênero.Analista Judiciário .TRT .

c) obra de referência.Área Administrativa / Arquivologia / Para um eficiente programa de conservação preventiva. que indica. 335 . inibindo a penetração de raios ultravioletas. ) O conceito de instrumento de pesquisa.TRE-SE .Área Administrativa / Arquivologia / Dentre os instrumentos de pesquisa elaborados para atender ao programa descritivo dos arquivos a) o inventário. Nessa linha de a) ao contrário das bibliotecas. localiza. 339 . série. organizam seu universo documental a partir de descritores e 338 . d) à semelhança dos museus. c) ao contrário das bibliotecas.Técnico Judiciário . b) a elaboração de tabelas de temporalidade e a eliminação de documentos desprovidos de valor. 337 . 336 . b) ao contrário dos museus. não dispõem de documentos iconográficos.Área Administrativa / Arquivologia / Teoria Considerando as características dos arquivos em cada etapa de seu ciclo vital. d) o instrumento de pesquisa típico da fase corrente é o guia.2007 . da passagem dos documentos da fase intermediária para a permanente. b) prescrição. publicada ou não. e) vigência. e) à semelhança dos centros de documentação. para efeitos de sua eventual publicação.Técnico Judiciário . é aplicado. com a perspectiva de disponibilizar repertórios dos documentos mais e) bancos de dados e outros produtos do advento da tecnologia da informação.Q5770 ( Prova: FCC . na ordem de numeração das estantes e prateleiras. séries d) formas seletivas de descrição. b) transcrições integrais de documentos isolados. por oferecer uma visão panorâmica das e) os critérios de classificação dos documentos correntes devem ser substituídos. gênero e forma. d) princípio da proveniência. que relaciona descritores ou palavras-chave capazes de recuperar o conteúdo dos documentos. para fins de preservação dos documentos mais antigos.TRE-PB . Definições. ) A qualidade pela qual os documentos de arquivo evidenciam fatos e permitem reconstituir a estrutura e o funcionamento da instituição responsável por sua acumulação é conhecida como a) valor probatório.Q9022 ( Prova: FCC . que identifica.TRE-SE . que toma por unidade a peça documental. só comportam documentos manuscritos e dactiloscritos. por aqueles que privilegiam temas ligados à pesquisa histórica.TRE-SE .e) fundo.2007 . b) o guia.Técnico Judiciário . é preciso a) preencher as falhas dos documentos com polpa de papel. d) evitar oscilações acentuadas de temperatura e umidade nos depósitos de documentos. grupo. a) mecanismos de controle topográfico do acervo. depois de cumpridos os prazos estabelecidos nas tabelas de temporalidade. e) plastificar e encapsular os documentos avulsos. c) o calendário de eventos e a programação cultural da instituição. que oferece uma visão panorâmica dos seus diferentes fundos.Q9020 ( Prova: FCC . Arquivos Permanentes. no âmbito dos arquivos permanentes.TRE-PB .2007 . d) o catálogo.TRE-PB . Conceitos Fundamentais. Arquivos Permanentes.Q9021 ( Prova: FCC .Técnico Judiciário . com exclusividade. b) promover a digitalização dos documentos por processo fotostático. resume ou transcreve fundos. e) o registro e a movimentação de documentos. pode-se afirmar que a) os documentos da fase intermediária correspondem aos que foram gerados no desempenho das atividadesb) a freqüência de uso e a validade das disposições contidas nos documentos constituem critérios para a c) o processo de avaliação decorre da transferência.Q5768 ( Prova: FCC . o lugar ocupado pelas unidades e) a edição de textos. reúnem documentos desprovidos de autonomia.Técnico Judiciário .Técnico Judiciário . d) a microfilmagem e a digitalização de arquivos de valor intermediário. 340 .2007 .2007 .Área Administrativa / Arquivologia / Teoria das tres idades. têm uma função social de lazer e entretenimento.Área Administrativa / Arquivologia / Dentre as atividades desenvolvidas pelos serviços de protocolo incluem-se a) a redação de ofícios e seu encaminhamento. isto é. os manuais de Arquivologia costumam definir os procedimentos da área comparando-os aos praticados pelas demais instituições de custódia de documentos. que transcreve na íntegra certos documentos.Área Administrativa / Arquivologia / Inspirados no clássico autor Schellenberg. c) o índice. Instrumentos de Pesquisa. grupos.Q5766 ( Prova: FCC . nas instituições de custódia permanente. c) aumentar o grau de acidez e oxidação dos documentos em suporte-papel. c) jurisprudência.2007 . 52 .

53 .

54 .

55 .

56 .

57 .

58 .

59 .

60 .

61 .

62 .

63 .

64 .

65 .

66 .

67 .

68 .

69 .

70 .

71 .

72 .

73 .

74 .

75 .

76 .

77 .

78 .

79 .

80 .

81 .

82 .

83 .

84 .

85 .

86 .

87 .

88 .

89 .

90 .

91 .

92 .

93 .

94

95

96

97 .

98 .

99 .

100 .

101 .

102 .

103 .

104 .

105 .

B 06.B 261.C 273.B 166.C 248.A 178.C 26.B 335.A 96.D 81.B 75.D 290.B 168.A 247.E 137.B 140.B 03.B 134.E 10.C 223.E 311.B 109.B 283.B 93.C 256.A 165.D 284.B 65.E 295.B 49.E 182.D 305.E 202.D 307.B 11.E 123.B 221.E 43.E 117.C 94.C 232.D 235.D 92.D 179.B 257.A 12.B 31.D 231.C 214.C 05.E 64.E 95.B 210.E 15.E 108.C 308.A 212.A 281.A 67.C 314.E 255.D 128.E 103.A 300.D 138.B 224.D 79.B 299.C 236.E 73.B 105.B 181.B 149.E 32.B 45.E 209.D 207.D 328.D 288.E 153.D 09.E 331.A 180.E 222.B 327.D 211.D 62.C 110.C 57.A 258.A 113.E 242.D 157.A 84.A 322.A 19.C 83.D 35.E 269.C 339.E 17.E 271.B 323.B 55.B 158.A 34.C 267.D 245.C 74.D 142.B 280.C 240.D 185.D 25.C 177.D 111.B 121.D 187.A 146.A 91.B 58.C 18.A 296.C 183.E 287.C 125.D 278.E 196.E 340.E 263.D 309.E 29.C 190.B 302.D 100.A 203.B 151.D 76.A 132.E 07.A 329.B 160.D 170.A 99.C 228.B 69.E 02.E 97.E 189.01.B 237.C 114.E 324.A 30.E 119.E 71.C 301.A 72.A 60.E 291.A 304.B 243.D 54.A 326.C 23.E 293.C 98.D 70.C 201.A 277.B 127.E 173.C 87.A 22.B 246.A 268.E 147.C 37.A 239.E 184.E 59.D 262.A 139.A 334.C 276.D 16.E 249.A 167.A 106 .C 279.D 144.D 13.D 04.D 169.E 250.D 253.E 218.C 61.D 321.B 186.A 233.A 118.C 172.B 199.E 227.C 150.C 195.A 244.C 292.C 330.D 198.B 230.D 120.C 251.B 337.C 66.A 289.B 77.B 275.C 206.D 338.D 130.A 51.B 131.A 08.D 294.A 156.C 106.A 53.D 298.D 104.D 217.D 47.A 208.D 68.D 155.A 313.C 325.A 36.A 219.E 39.B 254.C 260.D 241.A 317.B 310.E 161.E 24.A 188.C 122.B 115.A 148.E 332.A 63.A 264.E 89.E 234.C 174.B 197.A 102.E 205.D 90.C 336.B 274.E 238.E 136.E 215.D 163.D 124.E 285.D 316.C 52.E 164.A 225.E 80.B 88.C 143.D 28.E 315.E 312.B 86.B 20.C 42.E 48.A 200.C 162.D 204.C 154.B 21.A 107.A 286.A 135.E 112.C 303.A 252.A 306.D 318.E 82.A 116.D 41.D 266.B 38.C 159.B 145.C 282.A 46.D 192.A 171.C 141.D 85.C 194.B 193.C 152.A 126.A 220.C 78.C 50.B 213.B 333.A 191.E 56.A 270.E 133.D 259.B 101.E 297.C 33.C 320.A 229.C 14.B 272.B 27.B 176.B 216.D 40.B 265.D 226.B 319.A 44.A 129.E 175.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful