Você está na página 1de 18
AULA 6 ATIVIDADE PRIMÁRIA 3 – PROCESSAMENTO DE PEDIDOS 1

AULA 6

AULA 6 ATIVIDADE PRIMÁRIA 3 – PROCESSAMENTO DE PEDIDOS 1

ATIVIDADE PRIMÁRIA 3 – PROCESSAMENTO DE PEDIDOS

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1. Introdução Por que

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1. Introdução

Por que o Processamento de Pedidos é tão importante?

Porque é uma atividade crítica em termos de tempo necessário para disponibilizar o produto ao cliente e porque é esta atividade que dá início a todo o processo de movimentação, separação e entrega dos produtos.

e porque é esta atividade que dá início a todo o processo de movimentação, separação e

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1. Introdução A

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1. Introdução

A velocidade e precisão das informações de venda podem determinar a eficiência das operações logísticas, sendo i

f

t

h

a or c

í

ave para o n ve

l d

t

e serv ço pres a

d

o ao c

li

t

en e.

Comunicações lentas e imprecisas podem causar:

1. Maior custo para a empresa

2. Excesso de estoque

3. Falta de previsão de transporte

4. A

programação

da

produção

desnecessárias

pode

gerar

preparações

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1. Introdução Pode-se

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1. Introdução

Pode-se enumerar quatro características essenciais da entrada e processamento de pedidos:

1 – A natureza da entrada e processamento de pedidos

2 – As atividades básicas do sistema de entrada de pedidos

3 – Os enfoques alternativos para a entrada e processamento de pedidos

4 – Os procedimentos operacionais do sistema de entrada de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1 – A natureza

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1 – A natureza da entrada e processamento de pedidos

A entrada e o processamento de pedidos referem-se às atividades de coleta, verificação e transmissão de informações

d

d

li

as rea za

d

e ven

as.

Pedidos chegam à empresa

Entrada ao cliente

za d e ven as. Pedidos chegam à empresa Entrada ao cliente Entrada dos pedidos Separação
za d e ven as. Pedidos chegam à empresa Entrada ao cliente Entrada dos pedidos Separação

Entrada dos pedidos

Separação do pedido e carregamento

Entrada dos pedidos Separação do pedido e carregamento Verificação do estoque Formação e Separação do pedido

Verificação do estoque

Entrada dos pedidos Separação do pedido e carregamento Verificação do estoque Formação e Separação do pedido

Formação e Separação do pedido

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1 – A natureza

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1 – A natureza da entrada e processamento de pedidos

Existem outras atividades de comunicação de pedidos que devem ser levadas em conta, apesar de não fazerem “

parte ( na teoria ) do ciclo do pedido:

1. Verificação de crédito

2. Follow up com o cliente

3. Cobrança e confirmação de pagamento

4. Composição de carga

5. Verificação de freqüência de rota

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 1 – A natureza

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

1 – A natureza da entrada e processamento de pedidos

Impactos de atrasos no tempo de ciclo

1. O processamento pode ser automatizado.

2. Conforme a duração do processamento do pedido, o tempo de resposta do sistema logístico pode ser bastante afetado.

3. Reduzir o tempo de processamento de pedidos pode ser mais fácil e mais barato do que alterar o fluxo físico dos produtos.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 2 – As atividades

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

2 – As atividades básicas do sistema de entrada de pedidos

A entrada de pedidos ou fluxo de informações de ordens de vendas age como um “gatilho” no processo de atendimento ao cliente.

Pode-se de forma didática adotar 3 subdivisões:

1. Entrada de pedidos.

2. Tratamento de pedidos.

3. Relatórios de andamento de pedidos.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 2 – As atividades

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

2 – As atividades básicas do sistema de entrada de pedidos

1.

Entrada de pedidos.

 

É

a

maneira

pela

qual

a

informação

de

venda

é

fornecida,

o

que

é

transmitido

e

como

é

feita

a

comunicação.

Pode ser realizada por contato telefônico, diretamente com a força de vendas (por anotações ou usando recursos de informática), por formulário padrão, por dispositivos portáteis (palm top), via Web, etc.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 2 – As atividades

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

2 – As atividades básicas do sistema de entrada de pedidos

2. Tratamento de pedidos.

Após a entrada dos pedidos há uma série de atividades que devem ser feitas antes de o pedido ser montado e despachado. Muitas vezes é necessário decodificar pedidos recebidos de forma incompatível. Exemplos:

1 – Verificar preço lançado

4 – Verificação de crédito do cliente 5 – Estimar datas de entrega

2 – Consolidar valores de vendas

3 – Examinar disponibilidade de itens em estoque

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 2 – As atividades

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

2 – As atividades básicas do sistema de entrada de pedidos

3. Relatórios de andamento de pedidos.

Como nem todas as ordens podem ser atendidas no tempo de ciclo normal, a empresa deve estar preparada para atender à necessidade de acompanhamento por parte do cliente de suas solicitações de compra.

O relatório de andamento pode não diminuir o tempo de ciclo, mas é importante na composição de serviços oferecidos ao cliente.

Atualmente este item não é mais considerado um diferencial, mas sim uma condição necessária para empresas de ponta.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 3 – Os enfoques

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

3 – Os enfoques alternativos para a entrada e processamento de pedidos

O processamento de pedidos pode ser feito de infinitas maneiras. Na maior parte dos casos, as empresas procuram velocidade e precisão. No entanto, devem ser considerados objetivos realistas de custos.

Para ilustrar a diferença entre diversas opções, vamos comparar um sistema manual e outro altamente automatizado.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 3 – Os enfoques

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

3 – Os enfoques alternativos para a entrada e processamento de pedidos

1. Sistema Manual:

Como o

eletrônicos (são transmitidos por telefone, portadores,

correio, etc.).

Apresentam baixo custo inicial e maior adaptabilidade.

São mais apropriados para empresas de poucos pedidos ou que precisam de flexibilidade para várias situações de vendas.

meios

próprio

nome

diz,

é

feito

sem

usar

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 3 – Os enfoques

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

3 – Os enfoques alternativos para a entrada e processamento de pedidos

2. Sistema Automatizado:

Aplicam-se para grandes volumes de processamento, reduzindo um excedente de mão-de-obra que tornaria o processo inviável.

São sujeitos a riscos de interrupção e por isso devem ser trabalhados sempre com formas de contingência (ex. sistemas de reserva de passagens de companhias aéreas).

Possibilitam a integração de todos os fluxos de informação dentro da empresa (podendo ser feito por um sistema de gestão integrado) e apresentam alta velocidade de atualização.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 4 – Os procedimentos

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

4 – Os procedimentos operacionais do sistema de entrada de pedidos

Apenas um bom projeto do sistema de entrada e processamento de pedidos não assegura a velocidade e precisão desejadas.

No entanto, várias medidas nas transações de vendas ou pedidos podem ser tomadas para melhorar a precisão, diminuir o tempo para executá-las e aumentar sua eficiência.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 4 – Os procedimentos

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

4 – Os procedimentos operacionais do sistema de entrada de pedidos

1. Formação de lotes

Servem para controlar a alocação de carga de trabalho no sistema, especialmente quando os pedidos são enviados de diversos pontos (fontes).

O vendedor pode coletar pedidos por uma semana e então despachá-los ou “inputá-los” num dia predeterminado.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 4 – Os procedimentos

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

4 – Os procedimentos operacionais do sistema de entrada de pedidos

2. Pedido mínimo

Muitas empresas estabelecem uma política de tamanho mínimo de pedido para aceitar uma ordem de venda, buscando assim economias de escala em transporte e atendimento.

Esta política reduz o n° de pedidos necessários para um dado volume de negócios, diminuindo, portanto, os custos do processamento do pedido.

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos

Aula 6 – Ativ. 1ª - Processamento de pedidos PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS 4 – Os procedimentos

PROCESSAMENTOPROCESSAMENTO DEDE PEDIDOSPEDIDOS

4 – Os procedimentos operacionais do sistema de entrada de pedidos

3. Prioridades no atendimento dos pedidos

Estabelecer regras de priorização para rotinas de processamento de pedidos significa reconhecer que alguns pedidos são mais importantes que outros para a empresa. A seqüência de atendimento pode afetar o tempo de ciclo.

Uma regra mais sofisticada poderia identificar clientes com um índice de priorização que indicasse sua maior importância e exigir a obediência a este esquema no processamento.