Você está na página 1de 38

DIAGRAMA DE FASES

Veremos nesse capítulo:

-Terminologia associada aos diagramas e as tranformações de fases.

-Apresentação e Interpretação dos diagramas.

-Desenvolvimento de microestruturas.

O que são diagramas de fases?
O que são diagramas de fases?

São mapas que permitem prever a microestrutura dos materiais em função da temperatura e composição de cada componente.

O que são diagramas de fases? São mapas que permitem prever a microestrutura dos materiais em

E precisamos, ainda, entender o que é limite de solubilidade:

éa concentração máxima de átomos de soluto que pode se dissolver no solvente para formar uma solução sólida.

E precisamos, ainda, entender o que é limite de solubilidade : éa concentração máxima de átomos

Quando o limite de solubilidade é ultrapassado forma-se uma segunda fase com composição distinta

Por fim, precisamos compreender o conceito de FASES:

uma fase pode ser definida como uma porção

homogênea

de

um

sistema

que

possui

características físicas e químicas uniformes.

Uma única fase

Uma única fase Sistema homogêneo Duas ou mais fases Sistema heterogêneo A maioria das ligas metálicas

Sistema homogêneo

Duas ou mais fases

Uma única fase Sistema homogêneo Duas ou mais fases Sistema heterogêneo A maioria das ligas metálicas

Sistema heterogêneo

A maioria das ligas metálicas são sistemas heterogêneos

Diagrama de fases Binários B A O Cu eo Ni são solúveis um no outro no
Diagrama de fases Binários
B
A
O
Cu
eo
Ni
são solúveis
um
no
outro
no
estado
sólido para todas
composições:

as

Estrutura cristalina, raios atômicos, eletronegatividade e valências semelhantes. Linha líquidus e linha sólidos Temperatura de fusão para o Cu eo Ni puro!

Interpretação dos Diagramas de Fases

Informações Importantes:

1)Fases que estão presentes. 2)As composições dessas fases. 3)As porcentagens ou frações das fases.

Como saber quais as fases e composições presentes?

É preciso apenas localizar o ponto temperatura- composição no diagrama de fases e observar com qual(is) fase(s) o campo de fases correspondente está

identificado. B A
identificado.
B
A

O ponto A:

40% de Cu .

60% de Ni e

Como esse ponto está localizado dentro da região , exclusivamente a fase estará presente.

Eo ponto B uma liga com

55%

Ni

e

45%

Cu,

consistirá

tanto na fase quanto na fase líquida.

Como saber quais as fases e composições presentes?

Através da LINHA DE AMARRAÇÃO.

Como saber quais as fases e composições presentes? Através da LINHA DE AMARRAÇÃO. LINHA DE AMARRAÇÃO

LINHA DE AMARRAÇÃO no ponto B

Composição da fase líquida:

C L = 31,5%Ni 68,5% Cu

Composição da fase sólida:

C = 42,5%Ni 57,5% Cu

Como determinar a quantidade das fases?

Através da REGRA DA ALAVANCA.

Como determinar a quantidade das fases? Através da REGRA DA ALAVANCA . Ponto A = trivial

Ponto A = trivial

Vamos considerar o ponto B (35% de Ni e 65% de Cu):

Fase líquida: L = S R+S
Fase líquida:
L
= S
R+S
Fase sólida: S = R R+S
Fase sólida:
S
= R
R+S
L
L

= C -C0

C

-CL

= Co-CL

C

-CL

S
S

Como determinar a quantidade das fases?

Como determinar a quantidade das fases?

Desenvolvimento da Microestrutura

Representação esquemática do desenvolvimento da microestrutura durante a solidificação para a liga 35% Ni 65% Cu

Desenvolvimento da Microestrutura Representação esquemática do desenvolvimento da microestrutura durante a solidificação para a liga 35%

Sistemas Eutéticos Binários

Três regiões monofásicas ( , e L);

A fase é uma solução sólida rica em cobre (prata é o soluto);

A fase é uma solução sólida rica em prata (o cobre éo soluto);

O limite de solubilidade para a fase corresponde a linha fronteira CBA.

Sistemas Eutéticos Binários Três regiões monofásicas ( , e L); A fase é uma solução sólida

Sistemas Eutéticos Binários

Eutético: Aquec L(C E ) (C E ) + (C E ) Resf
Eutético:
Aquec
L(C E )
(C E ) + (C E )
Resf

Sistemas Eutéticos Binários

Eutético:

Resf

L(C E ) (C E ) + (C E ) Aquec
L(C E )
(C E ) + (C E )
Aquec

Reações Eutetóides e Peritéticos

Reação Peritética + L

Diagrama Cu-Zn

Reações Eutetóides e Peritéticos Reação Peritética + L Diagrama Cu-Zn Resf Reação Eutetóide + Aquec Resf
Reações Eutetóides e Peritéticos Reação Peritética + L Diagrama Cu-Zn Resf Reação Eutetóide + Aquec Resf
Reações Eutetóides e Peritéticos Reação Peritética + L Diagrama Cu-Zn Resf Reação Eutetóide + Aquec Resf

Resf

Reação Eutetóide

+ Aquec
+
Aquec

Resf

Aquec
Aquec

Diagrama de fases Fe-C

A compressão do diagrama Fe-C é extremamente importante, pois através dele é possível obter informações sobre a

microestrutura das ligas de Fe-C em função da temperatura e composição.

Existe uma forte correlação entre a microestrutura e as propriedades mecânicas das ligas.

Diagrama de fases Fe-C

De todos os sistemas de ligas binários o mais importante é o formado pelo ferro e ono

o car

b

AÇOS E FERROS FUNDIDOS!

O sistema ferro-carbono

A Estado líquido B C L+Fe 3 C Ferro Puro D Estado sólido AÇOAÇO FERROFERRO FUNDIDO
A
Estado líquido
B
C
L+Fe 3 C
Ferro Puro
D
Estado sólido
AÇOAÇO
FERROFERRO FUNDIDO
FUNDIDO
Fonte: Callister, 2008.

Ferrita

Ferrita FERRO = FERRITA Estrutura - CCC Temperatura de existência = até 912 C Solubilidade máx.

FERRO = FERRITA

Estrutura - CCC

Temperatura de existência = até 912 C Solubilidade máx. do carbono = 0,022% a 727 C É mole e dúctil.

Ferrita -visualização

Aparência da ferrita fotomicrografia.

Identificação

Ferrita -visualização Aparência da ferrita fotomicrografia. Identificação

Ferrita- - Austenita

FERRO = AUSTENITA

Estrutura= CFC Temperatura de existência = 912-1394 C

Solubilidade máx. do carbono = 2,14% a 1147 C mais

É

d ura.

Ferrita- - Austenita FERRO = AUSTENITA Estrutura= CFC Temperatura de existência = 912-1394 C Solubilidade máx.

Ferrita - visualização

Aparência da ferrita - Austenita fotomicrografia.

Identificação

Ferrita - visualização Aparência da ferrita - Austenita fotomicrografia. Identificação

Ferrita -

A FERRITA FERRITA

é virtualmente exceto

a

mesma que a

pela

faixa

de

, temperatura

em

que

cada

uma

existe.

CComo

é

estável

somente

a

altas

temperaturas,

não

tem

interesse

comercial.

Ferrita - A FERRITA FERRITA é virtualmente exceto a mesma que a pela faixa de ,
O ferro puro, ao ser aquecido, experimenta alterações na sua estrutura cristalina antes de fundir. FERRO
O
ferro
puro,
ao
ser
aquecido,
experimenta
alterações na sua estrutura cristalina antes de
fundir.
FERRO = FERRITA CCC
Transf. polimórfica
FERRO = AUSTENITA - CFC
Transf. polimórfica
FERRO = FERRITA - CCC
TF= 1538 C

duas

se

Cementita (Fe 3 C) Fusão da cementita L+Fe 3 C ÉÉ duradura ee frágil. frágil.
Cementita (Fe 3 C)
Fusão da
cementita
L+Fe 3 C
ÉÉ duradura ee frágil.
frágil.

Eixo das composições

L+Fe 3 C
L+Fe 3 C
Pontos importantes no diagrama de fases Fe-C (L(L ++ FeFe 33 C)C) Eutético Eutético L+Fe 3
Pontos importantes no diagrama de fases Fe-C
(L(L ++ FeFe 33 C)C)
Eutético
Eutético
L+Fe 3 C
(( ++ FeFe 33 C)C)
Eutetóide
Eutetóide

Desenvolvimento das microestruturas: liga Fe-C de

composição eutetóide

(0,76% de C)

Desenvolvimento das microestruturas: liga Fe-C de composição eutetóide (0,76% de C) Ponto a = somente austenita

Ponto a= somente austenita até 727 o C.

Ao cruzar 727 o Ce até o ponto b, a austenita se transforma de acordo com a reação:

++ FeFe 33 CC..

Microestrutura

camadas

alternadas

ou

lamelas

compostas pelas duas fases e

Fe 3 C,

que

se

formam

simultaneamente..

Desenvolvimento das microestruturas: liga Fe-C de

composição eutetóide

(0,76% de C)

Desenvolvimento das microestruturas: liga Fe-C de composição eutetóide (0,76% de C) liga Fe-C de composição eutetóide

liga Fe-C de composição eutetóide (0,76% de C)

Essa microestrutura é conhecida por

PERLITA.

PERLITA

Desenvolvimento das microestruturas: liga Fe-C de composição eutetóide (0,76% de C) liga Fe-C de composição eutetóide

Microestrutura PERLITA

Microestrutura PERLITA As camadas claras mais grossas representam a fase ferrita , enquanto a fase cementita

As camadas claras mais grossas

representam

a

fase

ferrita,

enquanto

a

fase

cementita

aparece como lamelas finas, a

maioria

apresentando cor

escura.

Mecanicamente, a PERLITA

apresenta propriedades

intermediárias entre a macia e

dúctil ferrita e a dura e frágil

cementita.

Agora, vamos ver o desenvolvimento das microestruturas para uma liga Fe-C que possui entre 00,,022022 ee 00,,7676%% dede CC. Esta é

conhecida como ligaliga hipoeutetóide

hipoeutetóide (menos que o eutetóide)

Agora, vamos ver o desenvolvimento das microestruturas para uma liga Fe-C que possui entre 00,,022022 ee

Ponto c(875 o C)= somente austenita.

Pt

d

on o(

775

o

C) =fases + .

Ponto e= maior proporção da fases .

Ponto f= a fase austenita se transforma

em perlita de acordo com a reação:

++ FeFe 33 C.C.

Agora, vamos ver o desenvolvimento das microestruturas

para uma liga Fe-C que possui entre 00,,022022 ee 00,,7676%% dede CC. Esta

é conhecida como ligaliga

eutetóide)

hipoeutetóide

hipoeutetóide

(menos

que

o

Agora, vamos ver o desenvolvimento das microestruturas para uma liga Fe-C que possui entre 00,,022022 ee

=é chamada ferrita eutetóide (ferrita

presente na perlita). Nova formada

= acima

de

Te,

é

chamada

ferrita

proeutetóide (ferrita antes do eutetóide).

Ferrita que não conseguiu transformação

total

Fotomicrografia de um aço com 0,38 %C que possui uma microestrutura composta por perlita e ferrita

Fotomicrografia de um aço com 0,38 %C que possui uma microestrutura

composta por perlita e ferrita proeutetóide.

Ampliação 635X

Aço hipoeutetóide!

Ligas hipereutetóides (mais que o eutetóide): liga Fe-C que possui entre 0,760,76 ee 2,14%2,14% dede CC.

Ligas hipereutetóides (mais que o eutetóide): liga Fe-C que possui entre 0,760,76 ee 2,14%2,14% dede CC

Ponto g= somente austenita.

Ponto h= a fase cementita começa a se

formar. É chamada cementita proeutetóide

(não muda - antes do eutetóide).

Ponto i= toda a austenita é convertida em

perlita.

A

microestrutura

restante

perlita + cementita.

consistirá

em

Fotomicrografia de um aço com 1,4 %C que possui uma microestrutura composta por uma rede de

Fotomicrografia de um aço com 1,4 %C que possui uma microestrutura

composta por uma rede de cementita proeutetóide que envolve as colônias

de perlita.

Ampliação 1000X

Aço hipereutetóide!

Glossário

Glossário