Você está na página 1de 55

CÓRTEX CEREBRAL

FUNÇÕES CORTICAIS SUPERIORES

O que nos torna


tipicamente humanos?
Cérebro Cérebro
Primitivo Complexo
Córtex liso Sulcos e giros

Na evolução dos mamíferos houve um grande


aumento das áreas corticais associativas
Córtex
• Parte mais
externa do
cérebro.

• Num milímetro
cúbico de tecido
do córtex,
existem
aproximadamen
te 105 neurônios
e 109 sinapses.
CORTEX CEREBRAL HUMANO
Órgão do pensamento

CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL
Áreas de projeção (primarias)
Sensitiva
Motora
Áreas de associação
Secundarias sensitivas e motoras
Terciárias

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO CÓRTEX


Projeção sensorial e cognição
Planejamento e iniciação de movimentos
voluntários
Processos mentais complexos (pensamento,
raciocínio)
Compreensão e expressão da linguagem
Memória e Aprendizagem
Experiências emocionais e motivacionais

Áreas de Brodman
Áreas funcionais do córtex

Em relação ao sistema visual


Área 17 (Sensorial Unimodal; área visual primária)
Áreas 18, 19, 20, 21 e 37 (Associativa Unimodal)

2 a 4 mm de espessura
2500 cm2 de área
86 bilhões de neurônios
ASSIMETRIA
FUNCIONAL DO
CÓRTEX

Lateralidade

Linguagem: forma de comunicação cuja


produção de sons contem significados que
descrevem objetos, eventos, pessoas,
opiniões, sentimentos, etc. Nas pessoas
destras, a expressão e compreensão da
linguagem é controlada pelo lado esquerdo do
cérebro.
ESQUERDO: “ 2+2 = 4 " ESQUERDO: responsável pelo pensamento lógico
DIREITO : “2+2 = Dois patos na lagoa " "A chuva é a água evaporada dos mares e rios que se
condensa nas nuvens e cai na terra.“

DIREITO: responsável pela criatividade. “Ah, ah, as


nuvens estão espirrando!"
FUNCÕES ESPECIFICAS
FUNCÕES GLOBAIS
HEMISFERIO HEMISFERIO
ESQUERDO DIREITO
Análise do campo Analise do campo
visual D visual E
Fala, Escrita Prosódia
Identificação Reconhecimento da
de pessoas Categoria pessoas
Identificação Reconhecimento da
de objetos e animais categoria
objetos
Compreensão Compreensão
da linguagem musical
Leitura Compreensão
prosódica
Relações Relações
Espaciais Espaciais
quantitativas qualitativas

Pessoa destra
LOBOS CEREBRAIS
SULCO CENTRAL Tato e outras áreas
Área motora voluntária sensoriais
LOBO PARIETAL
LOBO FRONTAL:
Pensamento Área de interpretação

ÁREA DE BROCA
Parte motora
LOBO OCCIPTAL
da fala
Visão

PONTE e BULBO CEREBELO


respiração e Equilíbrio
batimentos cardíacos
CÓRTEX CEREBRAL

CLASSIFICAÇÃO
FILOGENÉTICA
Arquicórtex Hipocampo

Paleocórtex Uncus e giro parahipocampal

Neocórtex Restante do córtex cerebral


CÓRTEX CEREBRAL
CITOARQUITETURA
ISOCÓRTEX
CÓRTEX CEREBRAL

CITOARQUITETURA

CÉLULAS GRANULARES:
SENSITIVAS
CÓRTEX CEREBRAL

CITOARQUITETURA

CÉLULAS PIRAMIDAIS:
MOTORAS
NEOCÓRTEX

2 a 4 mm de espessura
2500 cm2 de área

Cérebro : 86 bilhões de
neurônios
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS

ÁREAS DE
BRODMANN
Imagens funcionais do cérebro (PETscan)
Córtex cerebral
Homúnculos

19
Área Somestésica 1ª
TATO, PRESSÃO,TEMPERATURA, DOR,
PROPRIOCEPÇÃO CONSCIENTE E
VISCEROCEPÇÃO
• Giro pós-
central
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAIS CORPORAIS
SOMESTÉSICAS
Área Vestibular 1ª -
EQUILÍBRIO
• Giro pós-
central
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS - ÁREA VESTIBULAR

> Próxima da Área Somestésica que corresponde à Face

> Nota Clínica: Importante para orientação no espaço


Área Gustativa – 1ª
• Giro pós-central
Área Auditiva 1ª
• Giro
Temporal
Transverso
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS - ÁREA AUDITIVA – 1ª

> Giro Temporal Transverso Anterior (giro de Heschl)

> Nota Clínica: Lesão bilateral nos giros causa surdez


completa, já a unilateral causa PERDAS BILATERAIS
CORTEX AUDITIVO
Toda a via auditiva tem uma
representação tonotópica
(bilateral) da membrana basilar, até
a área de projeção no córtex
auditivo primário (lobo temporal).

O córtex auditivo possui um mapa


de representação colunar das
freqüências sonoras.

Córtex auditivo primário (A1)


A área de projeção primaria da
audição é ativada por todos os sons

Córtex auditivo secundário (A2)


Ativado apenas por sons da
linguagem falada, os fonemas

Área de Werneck
Área de associação sensorial:
compreensão das palavras não só
ouvidas mas lidas.
Área Visual – 1ª

• Lábios do
Sulco
Calcarino

> Nota Clínica: Lesão unilateral nos lábios causa


cegueira bilateral
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS - ÁREA OLFATÓRIA – 1ª

> Parte anterior do Úncus e do Giro Para-hipocampal

> Nota Clínica: Epilepsia local causa crises uncinadas


(cheiros que não existem)
Área Motora – 1ª

• Giro pré-
central
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS - ÁREA MOTORA
PRIMÁRIA
O Esquerdo controla os movimentos do lado direito do
corpo e o Direito, o lado esquerdo.

Ambos os hemisférios estão interligados por conexões


inter-hemisfericas e operam de maneira coordenada]

a) Corpo caloso (900milhoes de fibras)


b) Comissuras anterior
c) Comissura do hipocampo - movimentos
emocionalmente coordenados
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS SECUNDÁRIAS
• ÁREA SOMESTÉSICA SECUNDÁRIA- lóbulo parietal superior
(Brodmann 5 e parte da 7)
• ÁREA VISUAL SECUNDÁRIA- anterior a área primaria e lobo
temporal (Brodmann 18, 19, 20, 21 e 37)
• ÁREA AUDITIVA SECUNDÁRIA- Circunda a área primária
(Brodmann 22)
> Função: Áreas Gnósicas
visual, auditiva e
somestésica

> Nota Clínica: Cegueira


e Surdez Verbal
Percepção de objetos
Via Ventral: reconhece o que são os objetos

V1: Via visual primaria; V2: Via visual secundaria, etc

Acromatopsia (visão sem cor): lesão


restrita no lobo occipital medial: perda da
percepção de cores sem perder qualquer
acuidade (Um antropólogo em Marte). Não
conseguem mais nem imaginar ou se
lembrar da cores.
Área da Linguagem

• Giro Frontal inferior


(Broca)
• Giros temporal
superior, angular,
supramarginal e parte
do lobo parietal
( área de Werneck )
TELENCÉFALO
ÁREAS MOTORAS SECUNDÁRIAS
• ÁREA MOTORA SUPLEMENTAR- região medial do giro
frontal superior (Brodmann 6)
• ÁREA PRÉ-MOTORA - face lateral do giro frontal superior
(Brodmann 6)
• ÁREA DE BROCA- parte triangular e opercular do giro
frontal inferior (Brodmann 44 e 45)
> Função: Áreas de
planejamento e execuçao
de atos motores

> Nota Clínica: lesão da


área de Broca causa
afasia
TELENCÉFALO
ÁREAS FUNCIONAS TERCIÁRIAS
• ÁREA PRÉ-FRONTAL- área não motora do lobo frontal
•ÁREA TEMPOROPARIETAL- lóbulo parietal inferior (Brodmann
39 e 40)
• ÁREA LÍMBICA- giro do cíngulo, para-hipocampal e
hipocampo

> Função:
. Controle do
comportamento e
manutenção da atenção
. Percepção espacial e
síndrome de negligencia
GNOSIA: capacidade de percepção e interpretações das informações
sensoriais que chegam nas áreas sensoriais associativas.
Agnosia: incapacidade de interpretar sensações unimodais especificas
PRAXIA: capacidade de executar movimentos planejados (intencionais) ou
voluntários.

Apraxia: distúrbio do controle motor voluntário. Não há paralisia muscular;


ocorre erros de execução das tarefas desejadas ou total incapacidade para
realizá-las.
As áreas associativas polimodais nos dão a experiência completa

As FUNÇÔES CORTICAIS
SUPERIORES expressam a
nossa humanidade: contar
uma história individual ou
coletiva, educar e ser
educado, comunicar-se
através da linguagem
Afasia de Broca (Lesões no lado dominante)
- Não fala fluentemente (telegráfico)
- Dificuldade de transformar idéias/pensamentos em
uma seqüência de sons com significado.
- Dificuldade para escrever (agrafia)

Esse afásico sente-se muito frustrado ao perceber


que não está sendo compreendido

Lesões no lado não dominante


Perde a prosódia (melodia da fala e expressão
emocional da expressão verbal).

Jorge está aqui.


Jorge está aqui!
Jorge está aqui?
...ou da escrita. A linguagem é um dos processos
cognitivos mais complexos do ser humano.

Expresso o
pensamento através
da linguagem
falada ...

“Cérebro”

Podemos além de pensar, amar,


planejar e prever
acontecimentos futuros, raciocinar,
memorizar, compor e apreciar a
música, criar ferra mentas, cantar,
tocar instrumentos musicais, andar de
bicicleta e etc,,,
Afasia de Wernicke (lado dominante)

- Não compreende a linguagem falada


- Não consegue ler (alexia)
- Escreve de forma incompreensível (agrafia)
- Fala fluentemente mas de forma ininteligível.

“Fomos de carro na ponte para


pirâmides vermelhas estavam
curvando os pastadores de grama”
AGNOSIAS VISUAIS
(Lesões de regiões infero-temporal nas áreas 18, 20 e 21)

EXEMPLOS DE AGNOSIAS
Agnosia visual aperceptiva: Enxerga normalmente
mas não sabe dizer o que são os objetos.
Região anterior
do Lobo temporal
Agnosia visual associativa: Enxerga normalmente
(e copia os objetos) mas não consegue desenhar
por conta própria. Sabe para que serve mas não
consegue mentalizar.

Prosopagnosia
Forma de agnosia visual em que o paciente sabe
que está vendo uma face mas não sabem dizer de Córtex
quem. infero-temporal

Região posterior
do lobo temporal
CÓRTEX PRE-
FRONTAL
Planos para ações futuras
Phineas Cage
Encarregado de obras, considerado respeitável, caráter
acima de qualquer dúvida, inteligente e racional. Era afável
cuja relação interpessoal mostrava grande capacidade de
interação e confiança social.

O acidente: uma barra de ferro (3cm de diâmetro e 1,2 m)


perfurou o olho esquerdo e saiu pelo topo da sua cabeça.

Sintomas e sinais (Síndrome frontal)


- Perturbações da personalidade com desinibição,
impulsividade e perda da capacidade de planejamento
- Distração fácil (não segue um plano)
- Dificuldade em fazer previsões baseado em fatos
- Exageradamente teimoso
- Falta de ambição
- Perda de senso de responsabilidade
- Falta de senso de propriedade social

Lobotomia pre-frontal (“sossega leão” com intervenção cirúrgica)


(Assista a “Um estranho no ninho”)
CÓRTEX ASSOCIATIVO
PARIETAL

Espaço e Atenção
Lado
Onde está a outra metade?
ignorado
pelo Anton Raederscheidt pintor alemão
cérebro sofreu um AVC que causou uma lesão no
lobo parietal direito. Os sinais da doença
foram revelados em suas obras. Veja a
evolução de seus auto-retratos após a
lesão.

O paciente ignora a existência da metade


oposta do seu próprio corpo e
simplesmente deixa de lavá-la, vesti-la.

Ao vêr a parte do corpo ou tocá-lo insiste


em dizer que “não lhe pertence”.
TELENCÉFALO
ÁREA LÍMBICA
Giro do cíngulo, para-hipocampal, hipocampo e área pré-
frontal

> Função: Regular processo emocional, Memória e


aprendizagem
TELENCÉFALO

ÁREAS FUNCIONAS