Você está na página 1de 30

Síntese

Sequência 4
Síntese da sequência 4

Camilo
Castelo
Branco
Síntese da sequência 4

Vida de Camilo Castelo Branco

1825: Nasce em Lisboa.


1835: Parte para Trás-os-Montes.
1841: Casa com Joaquina Pereira, de quem tem uma filha.
1842: Abandona a mulher e a filha.
1844 a 1845: Estuda medicina.
1846: É encarcerado na cadeia da Relação do Porto por rapto de Patrícia Emília,
de quem tem também uma filha.
1858: Vive com Ana Plácido, que abandona o marido.
1860: Foge à perseguição da justiça. Entrega-se no Porto à prisão «por crime
de adultério».
1861: É julgado e absolvido.
1864: Vai viver para S. Miguel de Seide, Famalicão, com Ana Plácido.
1890: Irremediavelmente cego, suicida-se em Seide.
Síntese da sequência 4

Obra de Cesário Verde

1850: Escreve Anátema, primeira novela de relevo da sua obra.


1858: Publica Carlota Ângela, primeira novela passional típica do Autor.
1861: Escreve na prisão Amor de perdição, a sua obra mais célebre.
1864: Nos anos seguintes, Camilo escreve imenso, para sustentar a família.
Síntese da sequência 4

Camilo Castelo
Branco: a obra
como crónica
da mudança social

Amor de Espaço social e


Camilo e a
perdição: a ação revolta do «Eu»
mudança social
principal romântico
Síntese da sequência 4

 O amor de dois jovens, Simão Botelho e Teresa


Amor de de Albuquerque, contrariado pelas respetivas
perdição: a ação
principal famílias, que se odeiam.
 Teresa vai para o convento por se recusar a
casar com Baltasar Coutinho, seu primo.
 Simão vai para a cadeia, por ter assassinado
Baltasar.
 Teresa acaba por morrer no convento.
 Simão morre também alguns dias depois.
Síntese da sequência 4

 A obra foi escrita durante o período em que Camilo


Espaço social e se encontrava preso, acusado, tal como Ana
revolta do «Eu»
Plácido, de adultério.
romântico
 Camilo transferiu para a obra o sentimento de
revolta e o desencanto pelo seu país, onde a
conduta humana era determinada por
condicionantes que esmagavam os indivíduos,
negando-lhes a possibilidade de conquistar a
felicidade e de optar de acordo com as leis do seu
coração.
Síntese da sequência 4

 Camilo opõe ao mundo envelhecido e rígido dos


Camilo e a preconceitos, das imposições familiares, dos
mudança social tabus sociais, um mundo ainda «novo» da
revolução dos sentimentos, dos direitos do
coração e da pulsão romântica.
Síntese da sequência 4

Estrutura e visão
global da obra

“Morreu
“ Amou” “ Perdeu-se” amando”
Síntese da sequência 4

“ Amou” Introdução;
Capítulo I até ao capítulo IX.

“Perdeu-se” Capítulo X até ao capítulo XX.

“Morreu
amando” Conclusão.
Síntese da sequência 4

Sugestão biográfica (Simão e narrador)

O enredo ficcional do romance baseia-se em episódios «biográficos» de um seu


tio paterno, Simão António Botelho.

Ligado ao protagonista, pela Amor: um sentimento exclusivo e


similitude da situação psicológica de doloroso, que nada pode deter e que
ambos e até pela coincidência do comanda o destino de Simão e de
local onde, também por amor, se via Teresa, ligados para sempre, até na
encarcerado. morte.
Síntese da sequência 4

Construção do herói
romântico

Ele luta contra todos os preconceitos e hipocrisias sociais, defendendo até ao


fim o seu amor.

Essa procura do ideal leva-o a ter atitudes menos Simão revela-se


ponderadas devido ao seu temperamento violento, corajoso, honesto e
impulsivo e irrefletido, revelando em certa medida possuidor de
a maneira de ser de Camilo Castelo Branco. nobreza moral.
Síntese da sequência 4

Linguagem e estilo

A
concentração
Narrador Diálogos
temporal da
ação
Síntese da sequência 4

 O narrador «é» a voz do Escritor, que conta

Narrador apaixonadamente a história, não se coibindo de


condenar, elogiar.
 O narrador surge assim como uma figura sensível,
apaixonada, atuante.
Síntese da sequência 4

 A novela inicia-se em 1779, com o casamento de


A
concentração Domingos Botelho, e termina com a morte de
temporal da Simão, Teresa e Mariana, em março de 1807.
ação
Síntese da sequência 4

 Encontramos diálogos de vários tipos, preenchendo


várias funções. São diálogos de informação, de
Diálogos
expansão sentimental, de confrontação, de decisão.
Síntese da sequência 4

Relações
entre
personagens

Outras
Os que amam Os que odeiam
personagens
Síntese da sequência 4

Os que amam

Simão Teresa Mariana Baltazar


Síntese da sequência 4

Simão

 Caracteriza-se pela violência e pela irresponsabilidade.


 Apaixonado por Teresa, transforma-se, tornando-se responsável.
 O seu génio violento regressa, quando vê impossibilitado o seu amor-
paixão, assassinando Baltasar Coutinho.
 É preso e condenado ao degredo, morrendo posteriormente.
Síntese da sequência 4

Teresa

 Com 15 anos, apaixona-se por Simão, com quem namora durante três
meses, sem que ninguém saiba.
 Descoberto o seu amor, este é impedido pelo pai.
 Castigada com a ida para um convento, por não aceitar casar com o
primo Baltasar, onde acaba por morrer, tuberculosa e desenganada das
suas ilusões amorosas.
Síntese da sequência 4

Mariana

 Filha de João da Cruz, que ajudou Simão, apaixona-se por ele.


 Apesar do seu amor por Simão, ela servirá mesmo de intermediária
infeliz entre este e Teresa.
 Acompanha Simão na cadeia e vai com ele para o degredo, suicidando-
se na viagem.
Síntese da sequência 4

Baltazar

 Baltasar, primo de Teresa apaixona-se por ela, mas o seu amor não é
correspondido.
 Apesar disso, insiste em casar-se com Teresa.
 Organiza um atentado contra Simão, mas é assassinado por ele.
Síntese da sequência 4

Os que odeiam

Tadeu de Domingos
Albuquerque Botelho
Síntese da sequência 4

Tadeu de
Albuquerque

 Pai de Teresa, impede o amor da filha devido ao ódio que nutre pelo pai de
Simão.
 O ódio a Simão aumenta quando este assassina Baltasar.
 Caracteriza-se por ser uma personagem cega e pelo ódio profundo.
Síntese da sequência 4

Domingos
Botelho

 Odeia violentamente Tadeu de Albuquerque, contribuindo assim


para a infelicidade do filho.
Síntese da sequência 4

Outras
personagens

D. Rita João da
Rita
Preciosa Cruz
Síntese da sequência 4

D. Rita Preciosa

 Mãe de Simão, vivendo um casamento infeliz, só ajuda Simão


quando ele necessita, sem que o marido se aperceba.
Síntese da sequência 4

Rita

 Irmã mais nova de Simão a quem Teresa conta o seu segredo de


amor.
 Espancada pelo pai quando tenta ir ver Simão à prisão.
 Anos mais tarde, escreve uma carta ao autor narrando o que
testemunhou no passado e mostrando o seu amor pelo irmão
infeliz.
Síntese da sequência 4

João da Cruz

 Pai de Mariana, violento e destemido, ajuda Simão


recolhendo-o em sua casa.
 Aceita que sua filha acompanhe Simão na prisão.
Síntese da sequência 4

Amor e morte: a carta de despedida de Teresa


constitui a última grande encenação de Amor de
perdição.

A atração da morte: a convicção desta atração


O amor- paixão para a desgraça torna-se dolorosa quando o herói
se sente preso às vítimas por fortes laços afetivos.

Amor eterno: uma história de amor que enlaça


para sempre dois seres e os arrasta, sob a mão de
um destino inexorável, para a morte.