Você está na página 1de 8

 

FÉRIAS – Reforma Trabalhista


 

O que diz a reforma trabalhista sobre férias?

A princípio o artigo 134 da CLT fora mantido, sendo


certo que as férias serão concedidas por ato do
empregador, em um só período, nos 12 meses
subsequentes à data em que o empregado tiver
adquirido o direito.

2
 

Mas então, quais são as novidades?

A CLT passou a permitir, desde que haja concordância do


empregado, o fracionamento das férias em três períodos, um
dos quais não poderá ser inferior a 14 dias corridos, e os demais
não poderão ser inferiores a 05 dias corridos, cada um.

O fracionamento passou a ser permitido também para menores


de 18 anos e maiores de 50 anos.

OBS: Sobre fracionamento, para os casos de dois períodos,


deve-se levar à risca a nova regra contida na CLT, ou seja, um
dos períodos não poderá ser inferior a 14 dias corridos e o
restante (o segundo) não poderá ser inferior a 05 dias corridos.

3
 

Mas então, quais são as novidades?

Exemplo:

Imagine um colaborador que queira fracionar as suas férias e


converter parte em abono pecuniário, onde o mesmo “vende” 10
dias e gozará de 20 dias. No caso, o fracionamento só poderá
ser de um período de 14 dias e outro de 06 dias.

4
 

Novidade em relação ao abono pecuniário

Com as novas possibilidades de fracionamento, e tendo isso


muito bem definido entre o colaborador e a empresa, o abono
pecuniário poderá ser pago juntamente com os dias de gozo do
primeiro período de férias. A opção de pagamento no segundo
período permanece inalterada.

Exemplo 1:
1º Período: 06 dias em descanso + 10 em dinheiro (abono pecuniário)
2º período: 14 dias em descanso

Exemplo 2:
1º Período: 05 dias em descanso
2º Período: 15 dias em descanso + 10 em dinheiro (abono pecuniário)

5
 

Novidade em relação a data de início das férias

É vedado o início das férias no período de 2 dias que


antecedam feriado ou dia de repouso semanal
remunerado.

6
 

Considerações finais

De forma compacta, as novidades previstas na “nova” CLT


relacionada a férias são essas, todavia, vale ressaltar a
necessidade de também se observar o que está disposto nas
normas coletivas de cada categoria (Acordo Coletivo/Convenção
Coletiva), pois podem trazer tratamento específico para uma ou
mais situações.

Exemplo: Início das férias somente em segundas-feiras


(Tecnomotor Eletrônica e Distribuidora Matriz).

Havendo novidades quanto a isso, buscaremos sempre


informá-los de forma oportuna.

7
 

Dúvidas?

Conte sempre conosco:

Departamento Pessoal
Ramais 235 / 317
dp@tecnomotor.com.br
anderson@tecnomotor.com.br