Pesquisa Avançada
O Laboratório de Ciência para a Vida, na Suécia, vem desenvolvendo tecnologias avançadas de sequenciamento de DNA. A missão da SciLife-U é identificar fatores de risco genéticos, sequências e mecanismos moleculares de doenças humanas.

.O Grande Desafio Encontrar genes para doenças humanas implica em milhares de amostras de sangue de pacientes e controles de indivíduos sadios.

se mostrou muito mais fácil para encontrar genes de doenças com poucas amostras. ampliando a seleção das raças. Os humanos têm selecionado os cães por atributos específicos.Como o cão pode ajudar? O aprimoramento de diversas raças. . Isso fez com que o mapeamento do genoma. fosse particularmente mais fácil em cães.

A.U. . pelo Instituto Broad. que agora lidera um grupo de pesquisa com sede em Uppsala. em Cambridge (E.Como isso Funciona? O inicio da investigação aconteceu com o levantamento de todo o genoma do cão. realizado há alguns anos atrás. A cadela Boxer Tasha foi escolhida para ser o tema do trabalho que foi liderado por Kerstin Lindblad-Toh .).

no genoma. onde a doença é comum. Realiza-se uma pesquisa detalhada das áreas encontradas em várias raças.A doença é ligada a uma região do genoma! Ao comparar perfis genéticos de cães doentes e saudáveis tentou-se encontrar. . a diferença entre doentes e saudáveis. Isso é chamado de mapeamento de associação do genoma.

A doença é ligada a uma região do genoma! Acr it -s ( t ç ) tr s iti s rt t s cr t lt r çõ s s r it ri r ri s s l tr it s r ç s t tic s s r çõ s. s j . .

tecidos. Investiga-se como o corpo funciona ao ser alterado genéticamente. além de amostras de sangue. é preciso. Para isso.O que acontece quando o gene é descoberto? Quando o gene e a mutação são encontrados inicia-se estudos funcionais. .

O que acontece quando o gene é descoberto? São selecionadas doenças que também podem ocorrer em humanos. onde várias raças mostram os mesmos padr es genéticos. . espera-se encontrar alteraç es no gene que tornam o cão doente. Através do mapeamento detalhado das região.

é mais complicado para estudar. Esta abordagem é difícil e também esbarra em problemas a partir de uma perspectiva ética. .O melhor amigo do homem! Espécies com uma grande quantidade de variação genética. como homem.

faz com que este seja um modelo ideal para a investigação médica. A baixa variabilidade genética do cão o torna menos complicado de estudar geneticamente.O melhor amigo do homem! A combinação única de um cão com alta incidência a uma determinada doença e menor complexidadde de sua estrutura genética. .

alergias. . Existem diferentes tipos de câncer em cães.O melhor amigo do homem! Não há nenhuma outra espécie. doenças cardiovasculares e neurológicas. que tão frequentemente vá ao médico. para diagnósticos e tratamento. As doenças mais comuns que afetam os seres humanos estão afetando também os cães. exceto o homem.

ao nível da genética. muitas vezes comem a mesma comida e as atividades físicas são semelhantes. os cães têm vantagem como um modelo para doenças humanas. .O melhor amigo do homem! Cães permanecem essencialmente no mesmo ambiente. Para as doenças em que fatores ambientais desempenham um papel importante.

a variação genética é muito limitada. Nos cães de raça. foram Lobos! Há pelo menos 15.Uma vez. . ao contrário dos seres humanos. o que lançou as bases para o que mais tarde se tornaria em centenas de raças de cães.000 mil anos atrás. foram domesticados os primeiros lobos.

.Porque que a Suécia? Os cães são muito bem documentados no Stud Book do Kennel Club da Suécia (SKK). O controle dos pedigrees é uma fonte segura para pesquisas de herança genética.

Amigos melhores! A história original do cão moldou o material genético sob a forma de raças. . infelizmente. também significou em uma elevação dos risco de ter doenças genéticas. A pesquisa pode eventualmente ajudar os cães e os seres humanos a se tornarem mais saudáveis.

Pesquisas em andamento: Câncer .Osteosarcoma Cardiomiopatia dilatada Neuropatia sensorial Diabetes mellitus Dermatite atópica Distúrbios da tireóide Mielopatia degenerativa Epilepsia idiopática Displasia Renal Doença de Addison Pressão arterial e metabólicas Febre Familiar do Shar-Pei Atrofia progressiva da retina .Melanoma Câncer .

mapeamento do gene da doença funcional Kerstin Lindblad-Toh.uu. Uppsala. # Departamento de Bioquímica Médica e Microbiologia. Norbyvägen.se . Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC). Lausanne. Centro de Biologia Evolutiva da Universidade Uppsala.lindblad @ imbim. E-mail: matthew. Espanha.Artigos de Pesquisa: O legado de domesticação: acúmulo de mutaç es deletérias no genoma do cão Fernando Cruz*. Avd. Carles Vilà# . biogênicos.webster @ imbim. Uppsala. Suíça. da Universidade de Lausanne. María Luisa s / n. Universidade de Uppsala. E-mail: toh-kerstin. Uppsala. Genoma e Sistemática. Suécia. Suécia. professora da Universidade de Uppsala. #Departamento da Evolução. e Matthew Webster T.se Genoma canino. Suécia. jEstación Biológica de Doñana.j *Departamento de Ecologia e Evolução. 41013 Sevilha.uu.

Karolinska Institutet. Oslo. 2 Departamento de Ciências Clínicas. Uppsala. Wagner5. Suécia. 5 Departamento de Biologia Celular e Molecular. E. Rolf Wibom4. Uppsala. 6 Departamento de Bioquímica Médica e Microbiologia. Suécia. Hultin Karin Jäderlund2. Nils-Göran Larsson4. Göran Andersson1. Åke Hedhammar2. Universidade de Uppsala. Escola Norueguesa de Ciências Veterinárias. Uppsala. Erik Holmqvist5.3.Responsáveis pelas pesquisas e textos citados: Izabella Baranowska1. . Universidade Sueca de Ciências Agrícolas.6* Ciências Agrícolas. 3 Departamento de Ciências da Companion Animal Clínica. Suécia. Inger Nennesmo4. Uppsala. Nadja Heidrich5. Gerhart H. Suécia. em Estocolmo. na Suécia. 4 Departamento de Medicina Laboratorial. Leif Andersson1. Noruega. Universidade de Uppsala.

Ramal: 1911 URL da Homepage: http://www. RJ .: (24) 24531888. Rua Sargento Victor Hugo n 161 .Brasil Tel.Autores Acadêmicos da Trabalho de Genética Turma do 1º.edu. Período Professor Claudio Cirne Neide Fernandes Romero Dutra Simone Dutra Yuri Luiz Felipe FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DOM ANDRÉ ARCO VERDE.Fátima 27600-000 .Valenca.faa.br .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful