Você está na página 1de 24

PE 180: Indicadores de

sustentabilidade
Prof. Gilberto De Martino Jannuzzi
2º. Semestre 2009
Aula 1
Aula 1

1) OBJETIVO DO CURSO;
2) NATUREZA E IMPORTÂNCIA DOS
INDICADORES
Objetivo do curso
• Organizar definições e conceitos sobre
desenvolvimento sustentável
• Revisão bibliográfica
• Exemplos aplicados a área de energia
Avaliação
• Seminário de alunos:
– Tema 1: O que é “greenwashing”
– Tema 2: Pegada ecológica, “carbon footprint”
– Tema 3: Certificados ambientais
– Tema 4: Sustentabilidade de biocombustíveis
• Exposição oral e redação de monografia
Tópicos a serem abordados durante o curso
• A natureza dos indicadores
• Indicadores, modelos, culturas, visões
• O que são indicadores de desenvolvimento sustentável?
– O que é desenvolvimento sustentável?
– Em busca de indicadores para DS
– Sistemas sustentáveis: implicações
• A escolha de indicadores
• Processos para escolha de conjuntos de indicadores
• Um quadro referencial para definir indicadores
• Definindo e usando indicadores: exemplos
– Implementação, monitoramento e melhoria dos indicadores
Bibliografia básica
• Hartmut Bossel. Indicators fos Sustainable Development:
Theory, Method, Applications. International Institute for
Sustainable Development, 1999
• “Introduction to the Workshop.”
http://www.sustainablemeasures.com/Training/Indicators/Int
roduction.html.
• Meadows, Donella. Indicators and Information Systems for
Sustainable Development. The Sustainability Institute, 1998.
• Scott, Jiusto. “An indicator framework for assessing US state
carbon emissions reduction
efforts (with baseline trends from 1990 to 2001).” Energy
Policy, 2008.
Introdução e contexto
• DS parece ser um consenso
• O que é DS?
• Como podemos saber se estamos em curso de
DS?
• Indicadores
• Como escolher?
Aula 1
• Objetivo:
– Discutir a natureza e importância de indicadores
– Como surgem os indicadores ?
– Nossa necessidade de controle e monitoramento
de sistemas que nos interessam
– A escolha de indicadores é crítica para esse
controle e monitoramento
Indicadores: sua natureza e
importância
• Usamos indicadores como parte de nossa vida
cotidiana
– Notas, avaliações escolares
– Nossa saúde: temperatura, cor, exames de sangue,
pressão arterial, etc
– Consumo de combustível nos veículos
– Economistas: preços, inflação, juros, taxas de
câmbio
continuação
• Temos várias palavras para designar um “indicador”
– Sinal
– Sintoma
– Nota, grau
– Medida, medições
– Dados
• É uma maneira que temos para resumir informações,
entender o mundo, planejar e tomar decisões
Indicadores surgem a partir de nossos
valores
(medimos aquilo que nos
parece importante)

Indicadores criam novos valores


(damos importância àquilo que
medimos)
Dê exemplos de indicadores
• Como você escolhe seu local de férias?
• Como você sabe se sua família está bem?
• Que indicadores você usa para avaliar o
presente governo?
• Como você escolhe que carro comprar?
• O que você usaria para avaliar a situação de
sua sociedade daqui 50 anos?
Valores
• Alguns valores ( indicadores) são comuns
ou até universais, outros não!
– Quantificáveis ou não
– Subjetivos

valores indicadores
Objetivo dos indicadores
Metas ou situação
desejada

Entrada Sistema Saída

Percepção de necessidade de
Intervenção
mudanças – situação indesejada
A importância de saber escolher
• Exemplo: PIB
– Nem sempre maximizar o PIB significa reduzir
disparidades de renda, proteção ambiental, etc.
• Indicadores são importantes mas também
perigosos
• Decisões são tomadas para corrigir ou intervir
em sistemas com o objetivo de atingir
determinadas metas
Usamos indicadores
• Para determinar nossa percepção de uma
situação indesejada
• Para determinar nossas ações de intervenção
no sistema
• Para avaliar o sucesso ou não de nossa
intervenção
• É importante saber escolher bem os
indicadores
Erros mais comuns
• Super-agregação
– Muitos fatores heterogêneos agregados em um
único indicador. Ex. PIB
• Busca de quantificação em detrimento daquilo
que é realmente importante
– Área coberta por mata, em lugar da diversidade,
saúde das árvores
– Toneladas de lixo químico em lugar do grau de sua
toxidade
continuação
• Erros conceituais de entendimento do problema
(sistema)
– Preço de petróleo como indicador de disponibilidade do
recurso, e não como reflexo de especulação
• Incompletude
• Confiança exagerada
• Distanciamento da realidade ou da experiência direta
• Manipulação de informação
A escolha de indicadores é crítica
• Indicadores condicionam a maneira de
agirmos no sistema em questão
• As vezes mudar indicadores podem
representar a maneira mais significativa de
alterarmos o sistema.
Exemplo
• Quando novas casas na Holanda foram
construídas com o medidor de consumo de
eletricidade no hall de entrada, de maneira
bastante visível (em lugar de estar fora da
casa, ou no porão), o consumo de energia caiu
para um terço, embora não houvesse nenhum
aumento de preço.
Leitura obrigatória para próxima
aula
Revising Indicators of Sustainable Development -
Status and Options: Background paper. United
Nations Division for Sustainable Development,
Expert Group Meeting on Indicators of
Sustainable Development, New York, 3-4 October
2006