*\,F

JANTAR NATALÍCIO AGIR

031t2/21

AGIR SI.IRGru DE UMA NECESSIDADE IMPEzuOSA, DE LUTAR CONTRA O ROUBO, AGRESSÃO P EXTORSÃO. ESCOLI{ENDO.SE ITAÁCTCOS PARA UMA ONDA LABORIOSA, SABENDO QT-IE TERIAMOS UMA MELHORIA NA ACÇÃO.
O

A A}{DREIA NORTENHA COM O CALÃO A ASSUMIR A SUA POUCA DCPERIENCIA, NÃO TEM DGRESSÃO. CORRENDO PARA O FRIO NORTE A FUGIR RUMO AOS BRAÇOS ROBUSTOS DO SEU RAPAGÃO.

A CARLA ANSIOSA NÃO PÁRA DE FALA& BROTANDO TANTO SENTTMENTO E EMOÇÃO ACI{A QUE O SEU LABOR NÃO ESTÁ A DAR, CRI.ANDO ANGUSTIA NO CORAÇÃO EM AFLIÇÃO.
A I» CARLA FERREA NO ATL A BATALHAR PARA OS ALLTNOS AGTREM COM CORRECÇÃO. BARCO REVOLTO EM MAR AGITADO A REMAR, EVITANDO TEMPESTADE DE AFOGADA REACÇÃO

A CRISTINA FRIA INVESTIGA COM O SEU OLHAR CASOS MAFIOSOS DE DIFÍCIL RESOLUÇÃO. FRENETICA DE TANTO TRABAIHO SEM PARA& FAZ OS ALI.INOS DESMAIAR DE TANTA PRESSÃO.
A ISABEL DE BARzuGA ARREDONDADA A ANDAR, OLHOS BEM ABERTOS PARA MATERNA FIINÇÃO. ESPERA ANSIOSA PELOS REBENTOS A FORTIFICAR, DESEJANDO DOS DEUSES ALGIIMA ORIENTAÇÃO.

zú:z.nIuo, POETA DE SI,BLIME FULGoR A RIMA& ESPREMENDO AS MENINGES PARA SUMA INSPIRAÇÃO, PORTA-SE COMO UM HUMILDE MORTAL A PASSAR VERSOS PARA O PAPEL COM DESAJEITADO TROPEÇÃO.

LUÍS, PAI DA CRIANÇA, COM ARCHOTE A ILUMINAR CAMINHO COM GARBO E PERSISTENTE CLARÃO, IVIARCA}iDO UM RITMO FOGOSO SEM RELAXA& PARA SURGIRNO FINAL TTMA VITORIOSA E)(PLOSÃO.

DEDTCAÇÃO, DE MUITOS PROBLEMAS MULTIPLICAR ULTRAPASSA}IDO pARA AcELERA LIGETRo A META coMo trM FrrRAcÃo.

nwEsuaou o DoMrNGos coM ATENTA

o ftaxm MATEMÁTICo EM sEU cuIDADoso soMAR

A MARINA FORMGUINHA SEMPRE A TRABALHAR No DESEJo rERMANENTE DE ATTNGIR A pERrEtçÃo, GUERREIRA COM O COMPUTADOR MALANIDRO A LUTAR DESAFIANDo AS HERCULEAS TAREFAS DE ErelçÃo. A TELMA T TUiTAÁUCANO SEU ESTIMADO CALAR ATENTA Ao srMpLES poRMENoR DE oRGANrzeçÃo, PREOCI]PADA COM OS SEUS ACTOS EM ACERTAR NÃo rRETENDENDo cRrAR euAreuEn acrreÇÃo.

FABRICA DA POLVORA, 2I DE DEZEMBRO DE 2OO3-T2.I9

uM ABRAÇo solrDÁpuo

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful