Você está na página 1de 5

Universidade Estadual de Gois UnU Itumbiara

Curso de Farmcia Disciplina: Farmacotcnica e Cosmetologia I

Ayanda Dantas, Ana Paula dos Santos, Bruna Menzes, Jlio Cesar Teodoro, Michelly Gomes

100 ml

Fenobarbital leo de laranja Propilenoglicol lcool etlico 96GL Sorbitol 70% Corante caramelo gua destilada qsp

0,4 g 0,025 mL 10,0 mL 20,0 mL 60,0 mL qs 100,0 mL

Princpio ativo Flavorizante Co-solvente, viscosificante Co-solvente Viscosificante, edulcorante Cor caracterstica Solvente

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Em um bquer adiciona-se o lcool etlico e o Fenobarbital, dissolvendo-se este com o auxlio de um basto de vidro. Em seguida, adiciona-se o leo de laranja e homogeneza-se a soluo. Acrescenta-se o propilenoglicol e o sorbitol em seguida, homogenezase novamente a soluo. Completa-se o volume da soluo de elixir com gua destilada em qsp 100 ml, novamente homogeneizando o contedo do bquer. Acrescenta-se, por final, o corante, cerca de uma ponta de esptula suficiente. Em seguida, filtra-se o elixir e verifica-se o volume. Envasa-se o produto final em vidro mbar.

Elixir uma forma farmacutica lquida hidroalcolica, lmpida, apresentando um teor alcolico na faixa de 20% a 50%. Princpio ativo Fenobarbital um antiepiltico e hipntico.

Se todos os ingredientes fossem misturados e o Fenobarbital adicionado por ltimo, este se dissolveria com dificuldade.
Um teor alcolico reduzido no suficiente para manter o Fenobarbital em soluo, o que pode acarretar em uma precipitao deste.

Como o leo de laranja imiscvel em gua, tambm necessria a adio deste primeiramente no lcool.

College of Health Sciences. Pharmaceutics II. Arbia Saudita, 2009-2010, 41 p. Department of Pharmacy - Taibah University.