Você está na página 1de 1

Educadores da rede municipal de Sinop exigem reparao salarial Os educadores da rede municipal de Sinop (500 km ao Norte de Cuiab) entraram

em greve na ltima segunda-feira (10) por causa do no cumprimento da promessa do prefeito Juarez Alves da Costa, de equiparar os salrios dos tcnicos. Em 2013 a categoria realizou uma paralisao de 32 dias aps o vencimento do prazo apontado pelo prefeito para o pagamento do reajuste. Ao assumir o cargo no ano passado o prefeito prometeu categoria que em outubro reajustaria em 17,45% o salrio do apoio administrativo, pois essa a porcentagem da defasagem salarial em relao aos tcnicos administrativos. "No comeo do ano ele se comprometeu com a categoria de que iria pagar a reparao salarial, mas no cumpriu. Fizemos uma greve, mas o gestor afirma que no pode pagar por causa do percentual que j est comprometido com a folha de pagamento. Mas enquanto isso alguns funcionrios ganham salrios altssimos", explica a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Pblico de Mato Grosso (Sintep/MT) subsede Sinop, Sidinei Oliveira Cardoso. A greve na rede municipal j atinge 50% da categoria e continua por tempo indeterminado. A subsede realizou um estudo que prova a viabilidade da reparao salarial de acordo com as verbas da Prefeitura, o que motivou a nova paralisao em 2014. "O prefeito preferiu acionar a Justia do que cumprir o que prometeu publicamente para a categoria. Nossa greve continua e iremos lutar para que os trabalhadores possam ser valorizados", enfatiza Sidinei.

Interesses relacionados