P. 1
Exercícios de dinamica

Exercícios de dinamica

|Views: 24.984|Likes:
Publicado poradenilza silva

More info:

Published by: adenilza silva on Oct 26, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/29/2013

pdf

text

original

2009

Exercício: Dinâmica

Apostila de Física Prof. Adenilza 24/10/2009

Exercícios 1º) (ITA) De acordo com as leis da mecânica newtoniana, se um corpo de massa constante: a) tem velocidade escalar constante, é nula a resultante das forças que nele atuam b) descreve uma trajetória retilínea com velocidade escalar constante, não há forças atuando nele c) descreve um movimento com velocidade vetorial constante, é nula a resultante das forças nele aplicadas d) possui velocidade vetorial constante, não há forças aplicadas no corpo e) está em movimento retilíneo e uniforme é porque existem forças nele aplicadas Resolução: Pela teoria ⇒ Alternativa C

2º)(UNIP) Considere uma pedra arremessada para cima a partir da superfície terrestre. Enquanto a pedra estiver subindo, podemos afirmar que:

a) a Terra atrai a pedra e a pedra repele a Terra, com forças de mesma intensidade b) a Terra repele a pedra e a pedra atrai a Terra, com forças de mesma intensidade c) a Terra atrai a pedra e a pedra atrai a Terra, porém, a atração da Terra é muitíssimo mais intensa d) a Terra e a pedra se repelem mutuamente, com forças de mesma intensidade e) A Terra e a pedra se atraem mutuamente, com forças de mesma intensidade Resolução: Ação e reação. Alternativa E

03). (MACK) Uma pessoa, no interior de um elevador que sobe com movimento acelerado, exerce no piso uma força de módulo: a) maior que o do seu peso, somente quando a aceleração é maior que a da gravidade b) zero, quando a aceleração é a da gravidade c) igual ao do seu peso d) maior que o do seu peso e) menor que o do seu peso Resolução: A resultante deve ser para cima, logo N > P. Alternativa D

4ª)(FEI) Faz-se uma força F atuar sucessivamente sobre dois corpos, A e B, que adquirem, respectivamente, acelerações a e b, com a = 2 b. Se a mesma força F for aplicada ao sistema formado pelos dois corpos A e B ligados rigidamente, a aceleração do sistema será: a) a + b b) 3 b c) 3 a d) a/3 e) b/3

5º) (ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade 50 N ao bloco A, conforme a figura. Os blocos A e B possuem massas, respectivamente, 2,0 kg e 3,0 kg. As superfícies de contato são perfeitamente lisas. Determine a aceleração dos corpos

a) b) c) d) e)

5 10 15 20 25

6º) (FUVEST) Um carrinho A, de 20 kg de massa, é unido a um bloco B, de 5 kg, por meio de um fio leve e inextensível, conforme a figura abaixo. Inicialmente o sistema está em repouso devido à presença do anteparo C, que bloqueia o carrinho A (g = 10m/s2).

a) Qual o valor da força que o anteparo C exerce sobre o carrinho A ? b) Retirado o anteparo C, com que aceleração o carrinho A se movimenta ?

7º) Os objetos L, M e N, cujos pesos são 10 N, 15 N e 8 N, respectivamente, estão suspensos por um arame muito leve, como mostra a figura abaixo. Qual é a força que o fio suporta entre L e M ? a) 33 N b) 25 N c) 23 N d) 8 N e) 2 N

8º) Na figura abaixo, a roldana R tem massa desprezível e não há atrito entre ela e o fio. O corpo A possui massa 4,0 kg. Sabe-se que o corpo B desce com movimento acelerado e aceleração de módulo 2,0 m/s2. Adote g = 10 m/s2 e calcule: a) a massa de B. b) a intensidade da força que traciona o fio.

9º) No sistema abaixo, o corpo 1 de massa 6kg está preso na posição A. O corpo 2 tem massa de 4 kg. Despreze o atritos e adote g = 10m/s2. Abandonando o corpo 1, a sua velocidade ao passar pela posição B será de:

10º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40 N e a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20 N. O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco em movimento é:

a) ligeiramente maior que 20 N b) igual a 40 N c) ligeiramente menor que 40 N d) ligeiramente maior que 40 N e) impossível de ser estimada

11º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo inicialmente em repouso e seu apoio horizontal são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100 N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F a) F = 10 N b) F = 30 N c) F = 60 N d) F = 80 N e) F = 90 N

12º) (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:

13º) (ITA) Um corpo desliza sobre um plano inclinado, cujo coeficiente de atrito de deslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano com a horizontal para que a velocidade do corpo se mantenha constante? a) 15° b) 30° c) 45° d) 60° e) 75°

14º) (MACK) Um carro se desloca em uma trajetória horizontal retilínea com aceleração constante de 5 m/s2. Adotando g = 10 m/s2 e sabendo que 60% da força do motor é gasta para vencer a força de atrito, podemos afirmar que o coeficiente de atrito entre as rodas do carro e a pista é: a) 0,80 b) 0,75 c) 0,70 d) 0,65 e) 0,50

15º) (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de 30 N e 10 N de intensidade, respectivamente, conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos é de:

16º) (ITA) Um pequeno bloco de madeira de massa m = 2kg encontra-se sobre um plano inclinado que está fixo no chão, como mostra a figura. Qual é a menor força F com que devemos pressionar o bloco sobre o plano para que o mesmo permaneça em equilíbrio? O coeficiente de atritoestático entre o bloco e a superfície do plano inclinado éµ = 0,40. Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m aceleração da gravidade g = 9,8 m/s2

17º) (UN-PR) Um móvel sujeito unicamente à ação de uma força de intensidade constante, porém dirigida sempre na direção perpendicular à sua velocidade instantânea,adquire movimento: a) circular uniforme b) retilíneo uniformemente variado c) circular uniformemente variado d) circular com aceleração variável e) retilíneo com aceleração variável

18º) .Um automóvel percorre uma estrada plana a 90 km/h, descrevendo uma curva de 125 m de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10 m/s2. Assim sendo, o coeficiente de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que o automóvel faça a curva, é: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,3 d) 0,4 e) 0,5

19º) (UNISA) Um avião descreve um loop num plano vertical, com velocidade de 720 km/h. Para que no ponto mais baixo da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no banco seja o triplo de seu peso, é necessário que o raio do loop seja de: (g = 10 m/s2) a) 0,5 km b) 1,0 km c) 1,5 km d) 2,0 km e) 2,5 km

20º) Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as superfícies de um corpo, inicialmente em repouso, e seu apoio horizontal P são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F: a) F = 10N b) F = 30N c) F = 60N d) F = 80N

21º) Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40N e a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20N.O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco emmovimento é: a) ligeiramente maior que 20N. b) igual a 40N. c) ligeiramente menor que 40N. d) ligeiramente maior que 40N. e) impossível de ser estimada. 22º) O corpo A, mostrado na figura, é constituído de material homogêneo e tem massa de 2,5kg. Considerando-se que o coeficiente de atrito estático entre a parede e o corpo A vale 0,20 e que a aceleração da gravidade seja 10m/s2, o valor mínimo da força F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação mostrada na figura, é: a) 275 N b) 25 N c) 125 N d) 225 N e) 250 N

23º)m corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando a corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons: a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40

24º) 4. Assinale a alternativa que representa o enunciado da Lei da Inércia, também conhecida como primeira Lei de Newton. a) Qualquer planeta gira em torno do Sol descrevendo uma órbita elíptica, da qual o Sol ocupa um dos focos. b) Dois corpos quaisquer se atraem com uma força proporcional ao produto de suas massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre eles. c) Quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage sobre o primeiro com uma força de mesma intensidade e direção, mas de sentido contrário. d) A aceleração que um corpo adquire é diretamente proporcional à resultante das forças que nele atuam, e tem mesma direção e sentido dessa resultante. e) Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que sobre ele estejam agindo forças com resultante não nula. Resposta: Alternativa: e 26º) Dois blocos, A e B, de massas 2,0 kg e 6,0 kg,
respectivamente, e ligados por um fio, estão em repouso sobre um plano horizontal. Quando puxado para a direita pela força mostrada na figura, o conjunto adquire aceleração de 2,0 m/s2 Nestas condições, pode-se afirmar que o módulo da resultante das forças que atuam em A e o módulo da resultante das forças que atuam em B valem, em newtons, respectivamente: a) 4 e 16 b) 16 e 16 c) 8 e 12 d) 4 e 12. e) 1 e 3

Resposta: Alternativa: a

27º) Um corpo de 40N de peso está em repouso, apoiado sobre uma superfície horizontal de coeficiente de atrito estático µe = 0,3 e coeficiente de atrito cinético µc = 0,2. Determine: a) a força horizontal mínima capaz de fazer o corpo se mover. b) a força horizontal mínima necessária para manter o corpo em movimento.

28º) . Um corpo de massa 15kg está em repouso, sobre uma superfície horizontal, submetido à ação de uma força F = 30N, paralela ao apoio. Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio vale 0,4 e o coeficiente de atrito cinético vale 0,3, determine a intensidade da força de atrito agente sobre o corpo.Adote g = 10m/s2

29º) Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,2 a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco? b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento?

30. (FUVEST) Um bloco de 5kg que desliza sobre um plano horizontal está sujeito às forças F = 15N, horizontal para a direita, e fat = 5N, de atrito horizontal para a esquerda. g = 10m/s2 a) Qual a aceleração do bloco ? b) Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície?

31. Um bloco de massa m = 2,0kg é puxado por uma força F de intensidade 10N, sobre um plano horizontal, como mostra a figura.

O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano é µ = 0,20 g = 10m/s2 Determine a aceleração adquirida pelo bloco.

32. Um corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando ao corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons:

a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40

33. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,5. a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco ? b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento ?

34. (UF-MG) Um bloco de massa m = 0,5kg move-se sobre uma mesa horizontal, sujeito à ação de uma força horizontal de 5,0N e de uma força de atrito de 3,0N. Considerando-se queo bloco partiu do repouso, determine: g = 10m/s2 a) a velocidade do mesmo, após percorrer 2,0m. b) o coeficiente de atrito entre esse bloco e a mesa.

35. (Med. Taubaté) Uma esfera de vidro é lançada sobre uma mesa e, após certo tempo, pára. Isto acontece porque durante o movimento: a) a resultante de todas as forças que agem sobre a esfera é nula; b) a força de atrito equilibra a força inicial que deu origem ao movimento; c) a força de atrito é a única força que solicita a esfera (força resultante) e age em sentido contrário ao sentido do deslocamento; d) a força do peso do corpo sobrepuja a força de atrito; e) a força de reação da mesa anula a força de atrito

36. (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é: g = 10m/s2

37. (FUVEST) O coeficiente de atrito entre um móvel e a superfície horizontal sobre a qual se desloca é 0,3. O móvel tem massa de 8kg e apresenta movimento uniforme. Sendo a aceleraçãoda gravidade local g = 10m/s2, determine: a) a intensidade da reação normal de apoio sobre o móvel. b) a intensidade da força de atrito que age sobre o móvel. c) a intensidade da força que atua sobre o móvel, no sentido do movimento.

38. Um corpo de massa 5kg encontra-se em repouso sobre uma superfície horizontal. Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio é 0,4, qual o valor mínimo da força horizontal capaz de fazê-lo mover-se ? a) 2N b) 10N c) 18N d) 20N e) n.d.a.

39. FGV) Um bloco de 4kg é puxado por uma força constante horizontal de 20N sobre uma superfície plana horizontal, adquirindo uma aceleração constante de 3m/s2. Logo, existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale, em N: a) 5 b) 8 c)12 d)16 e)17

40. (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de intensidade 30 N e 10 N respectivamente, conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos tem intensidade: a) 24 N b) 30 N c) 40 N d) 10 N e) 18 N

41. (FUVEST) O corpo A de massa 4,0 kg está apoiado num plano horizontal, preso a uma corda que passa por uma roldana, de massa e atrito desprezíveis, e que sustenta em sua extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg.

Nestas condições o sistema apresenta movimento uniforme. Adotando determine: a) o coeficiente de atrito entre A e o plano;

g = 10 m/s2,

b) a massa que devemos. acrescentar a B para que a aceleração do sistema tenha módulo igual a 2,0 m/s2.

42. Dois móveis M e N ligados por uma corda de peso desprezível deslocam-se sobre um plano, sob a ação de uma força de 15 N aplicada na direção do deslocamento. Não há atrito entre M e o plano, porém o coeficiente de atrito de escorregamento entre o corpo N e o plano vale 0,2. As massas de M e N são respectivamente 1 kg e 3 kg.

Adote g = 10 m/s2 A aceleração do sistema é igual, em m/s2, a: a) 3,75 b) 1,25 c) 2,25 d) 0,15 e) 4,05

43. UF-ES) A figura mostra um bloco de massa 10 kg inicialmente em repouso sobre uma mesa, ao qual se aplica uma força horizontal F de intensidade 20 N. A aceleração da gravidadetem módulo 10 m/s2, o coeficiente de atrito estático é 0,3 eo cinético é 0,2. A intensidade da força de atrito entre o bloco e a mesa vale: a) 30 N b) 25 N c) 20 N d) 5 N e) zero

44. Um automóvel percorre uma estrada plana a 90km/h, descrevendo uma curva de 125m de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10m/s2. Assim sendo, o coeficiente de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que oautomóvel faça a curva, é: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,3 d) 0,4 e) 0,5

45. Supondo o mesmo coeficiente de atrito da questão for (0,2) e admitindo F = 100N, o corpo: a) sobe com aceleração 2,4m/s2. b) sobe com velocidade uniforme. c) fica parado. d) desce com aceleração 9,8m/s2. e) n.d.a.

O seguinte enunciado diz respeito às questões números 46 e 47

A figura indica um sólido de massa m = 10kg apoiado sobre um plano inclinado que forma um ângulo α com a horizontal e sujeito à ação de uma força constante F. A constante gravitacional do local é g = 10m/s2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta-se:

46. (FESP) Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano for igual a 0,2 o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a.

47. (FESP) Não havendo atrito, o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a 48. No sistema representado na figura, o fio e a polia são ideais, a massa do bloco A é 9,0 kg e a tração no fio tem módulo 36N. Supondo g = 10 m/s2 e desprezando o atrito, calcule: a) o módulo da aceleração do bloco A; b) a massa do bloco B.

49. (UCMG) O bloco da figura abaixo tem massa m = 1,0 kg e colocado sobre o plano inclinado está na iminência de deslizar. Nessas condições, o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície do plano vale:

50. (FEI) Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano horizontal. Aplica-se ao bloco uma força horizontal constante de intensidade 4,0N. O bloco adquire uma aceleração de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio aplica sobre o bloco

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->