Você está na página 1de 21

2009

Exercício: Dinâmica

2009 Exercício: Dinâmica Apostila de Física Prof. Adenilza 24/10/2009

Apostila de Física Prof. Adenilza

24/10/2009

1º)
1º)
Exercícios
Exercícios

(ITA) De acordo com as leis da mecânica newtoniana, se um corpo de massa constante:

a) tem velocidade escalar constante, é nula a resultante das forças que nele atuam

b) descreve uma trajetória retilínea com velocidade escalar constante, não há forças

atuando nele

c) descreve um movimento com velocidade vetorial constante, é nula a resultante das forças

nele aplicadas

d) possui velocidade vetorial constante, não há forças aplicadas no corpo

e) está em movimento retilíneo e uniforme é porque existem forças nele aplicadas

Resolução:

Pela teoria

Alternativa C

2º)(
2º)(

UNIP) Considere uma pedra arremessada para cima a

partir da superfície terrestre. Enquanto a pedra estiver subindo, podemos afirmar que:

Enquanto a pedra estiver subindo, podemos afirmar que: a) a Terra atrai a pedra e a

a) a Terra atrai a pedra e a pedra repele a Terra, com forças de mesma intensidade

b) a Terra repele a pedra e a pedra atrai a Terra, com forças de mesma intensidade

c) a Terra atrai a pedra e a pedra atrai a Terra, porém, a atração da Terra é muitíssimo mais

intensa

d) a Terra e a pedra se repelem mutuamente, com forças de mesma intensidade

e) A Terra e a pedra se atraem mutuamente, com forças de mesma intensidade

Resolução:

Ação e reação.

Alternativa E

03).
03).

(MACK) Uma pessoa, no interior de um elevador que sobe com movimento acelerado,

exerce no piso uma força de módulo:

a)

maior que o do seu peso, somente quando a aceleração é maior que a da gravidade

b)

zero, quando a aceleração é a da gravidade c) igual ao do seu peso

d)

maior que o do seu peso

e)

menor que o do seu peso

Resolução:

A resultante deve ser para cima, logo N > P. Alternativa D

4ª)
4ª)

(FEI) Faz-se uma força F atuar sucessivamente sobre dois corpos, A e B, que adquirem,

for aplicada ao

e B ligados rigidamente, a aceleração do sistema

respectivamente, acelerações a

e

b, com

A

a = 2 b. Se a mesma força

F

sistema formado pelos dois corpos

será:

a) a + b

b) 3 b

c) 3 a

d) a/3

e) b/3

dois corpos será: a) a + b b) 3 b c) 3 a d) a/3 e)
5º)
5º)

ao

bloco A, conforme a figura. Os blocos A e B possuem massas, respectivamente, 2,0 kg e 3,0 kg. As superfícies de contato são perfeitamente lisas. Determine a aceleração dos corpos

(ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade

50 N

lisas. Determine a aceleração dos corpos (ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade 50 N a)

a) 5

b) 10

c) 15

d) 20

e) 25

lisas. Determine a aceleração dos corpos (ESPM) Aplica-se uma força F de intensidade 50 N a)

de

massa, é unido a um bloco B, de 5 kg, por meio de um fio leve e inextensível, conforme a figura abaixo. Inicialmente o sistema está em repouso devido à presença do anteparo C, que bloqueia o carrinho A (g = 10m/s2).

(FUVEST) Um carrinho A, dedo anteparo C, que bloqueia o carrinho A (g = 10m/s2). 20 kg a) Qual o

20 kg

o carrinho A (g = 10m/s2). (FUVEST) Um carrinho A, de 20 kg a) Qual o

a) Qual o valor da força que o anteparo C exerce

sobre o carrinho A ?

b) Retirado o anteparo C, com que aceleração o

carrinho A se movimenta ?

anteparo C, com que aceleração o carrinho A se movimenta ? Os objetos L, suspensos por

Os objetos L,anteparo C, com que aceleração o carrinho A se movimenta ? suspensos por um arame muito

suspensos por um arame muito leve, como mostra a figura abaixo. Qual é a força que o fio suporta entre L e M ?

8 N, respectivamente, estão

M e N,

cujos pesos são

10 N,

15

N

e

entre L e M ? 8 N, respectivamente, estão M e N, cujos pesos são 10

a) 33 N

b) 25 N

c) 23 N

d) 8 N

e) 2 N

entre L e M ? 8 N, respectivamente, estão M e N, cujos pesos são 10
8º)
8º)

tem massa desprezível e não há

A possui massa 4,0 kg. Sabe-se que

o corpo B desce com movimento acelerado e aceleração de módulo

2,0 m/s2. Adote g = 10 m/s2

atrito entre ela e o fio. O corpo

Na figura abaixo, a roldana

R

e calcule:

a) a massa de B.

b) a intensidade da força que traciona o fio.

a massa de B. b) a intensidade da força que traciona o fio. está preso na
a massa de B. b) a intensidade da força que traciona o fio. está preso na

está preso na posição A. O corpo 2 tem

massa de 4 kg. Despreze o atritos e adote g = 10m/s2. Abandonando o corpo 1, a sua velocidade ao passar pela posição B será de:

No sistema abaixo, o corpo 1 de massa1, a sua velocidade ao passar pela posição B será de: 6kg 10º) Um bloco está

6kg

B será de: No sistema abaixo, o corpo 1 de massa 6kg 10º) Um bloco está
B será de: No sistema abaixo, o corpo 1 de massa 6kg 10º) Um bloco está
10º)
10º)

Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40 N

estático entre o bloco e a superfície vale 20 N. O valor da força

e a força máxima de atrito

horizontal mínima que coloca o bloco em movimento é:

a) ligeiramente maior que 20 N

b) igual a 40 N

c) ligeiramente menor que 40 N

d) ligeiramente maior que 40 N

e) impossível de ser estimada

ligeiramente maior que 40 N e) impossível de ser estimada Os inicialmente em repouso e seu

Osligeiramente maior que 40 N e) impossível de ser estimada inicialmente em repouso e seu apoio

inicialmente em repouso e seu apoio horizontal são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100 N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F

corpo

coeficientes

de

atrito

estático

e

cinético

entre

as

superfícies

de

um

a) F = 10 N

b) F = 30 N

c) F = 60 N

d) F = 80 N

e) F = 90 N

a) F = 10 N b) F = 30 N c) F = 60 N d)

(UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleraçãoa) F = 10 N b) F = 30 N c) F = 60 N d)

do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:

A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2.
(ITA) Um corpo deslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano

(ITA) Um corpodeslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano com a horizontal

deslizamento é µ = 3 /3.Qual deve ser o ângulo do plano com a horizontal para que a velocidade do corpo se mantenha constante?

inclinado, cujo coeficiente de atrito de

desliza sobre

um

plano

a) 15°

b) 30°

c) 45°

d) 60°

e) 75°

sobre um plano a) 15° b) 30° c) 45° d) 60° e) 75° MACK) Um carro

MACK) Um carro se desloca em uma trajetória horizontal retilínea com aceleraçãosobre um plano a) 15° b) 30° c) 45° d) 60° e) 75° constante de 5

constante de 5 m/s2. Adotando g = 10 m/s2 e sabendo que 60% da força do motor é gasta para vencer a força de atrito, podemos afirmar que o coeficiente de atrito entre as rodas do carro e a pista é:

podemos afirmar que o coeficiente de atrito entre as rodas do carro e a pista é:

a) 0,80

b) 0,75

c) 0,70

d) 0,65

e) 0,50

(FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de 30 N e 10 N de intensidade, respectivamente,conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de

conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos é de:

(ITA) Um pequeno bloco de madeira de massae a superfície, a força de contato entre os blocos é de: inclinado que está fixo

inclinado que está fixo no chão, como mostra a figura. Qual é a menor força F com que devemos pressionar o bloco sobre o plano para que o mesmo permaneça em equilíbrio? O coeficiente de atritoestático entre o bloco e a superfície do plano inclinado éµ = 0,40.

m = 2kg encontra-se sobre um plano

inclinado éµ = 0,40. m = 2kg encontra-se sobre um plano Dados: comprimento do plano inclinado

Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m aceleração da gravidade g = 9,8 m/s2

sobre um plano Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m
sobre um plano Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m altura h = 0,6 m
17º)
17º)

(UN-PR) Um móvel sujeito unicamente à ação de uma força de intensidade constante,

porém dirigida sempre na direção perpendicular à sua velocidade instantânea,adquire movimento:

a) circular uniforme

b) retilíneo uniformemente variado

c) circular uniformemente variado

d) circular com aceleração variável

e) retilíneo com aceleração variável

variável e) retilíneo com aceleração variável Um automóvel percorre uma estrada plana a 90 km/h,

Um automóvel percorre uma estrada plana a 90 km/h, descrevendo uma curva de 125variável e) retilíneo com aceleração variável m de de raio, num local onde a aceleração gravitacional

m

de

de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10 m/s2. Assim sendo, o coeficiente

atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que o automóvel faça a curva, é:

a)

b)

c)

d)

e)

0,1

0,2

0,3

0,4

0,5

faça a curva, é: a) b) c) d) e) 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5 19º) (UNISA)
19º)
19º)

(UNISA) Um avião descreve um loop num plano vertical, com velocidade de 720 km/h.

Para que no ponto mais baixo da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no banco seja o triplo de seu peso, é necessário que o raio do loop seja de: (g = 10 m/s2)

a) 0,5 km

b) 1,0 km

c) 1,5 km

d) 2,0 km

e) 2,5 km

de seu peso, é necessário que o raio do loop seja de: (g = 10 m/s2)
20º)
20º)

corpo,

inicialmente em repouso, e seu apoio horizontal P são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo é de 100N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, determine quais são as forças de atrito correspondentes aos seguintes valores sucessivos de F:

Os coeficientes de

atrito

estático

e

cinético

entre

as

superfícies

de

um

a) F = 10N

b) F = 30N

c) F = 60N

d) F = 80N

de um a) F = 10N b) F = 30N c) F = 60N d) F

Um bloco está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. Seu peso vale 40N ede um a) F = 10N b) F = 30N c) F = 60N d) F

a força máxima de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20N.O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco emmovimento é:

a) ligeiramente maior que 20N.

b) igual a 40N.

c) ligeiramente menor que 40N.

d) ligeiramente maior que 40N.

ligeiramente menor que 40N. d) ligeiramente maior que 40N. e) impossível de ser estimada. 22º) O

e) impossível de ser estimada.

22º)
22º)

O corpo A, mostrado na figura, é constituído de material homogêneo e tem massa de

2,5kg. Considerando-se que o coeficiente de atrito estático entre a parede e o corpo A vale 0,20 e que a aceleração da gravidade seja 10m/s2, o valor mínimo da força F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação mostrada na figura, é:

a) 275 N

b)

25 N

c) 125 N

d) 225 N

e) 250 N

F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação mostrada na figura, é: a) 275
F para que o corpo A fiquem equilíbrio, na situação mostrada na figura, é: a) 275
23º)
23º)

m corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal. A

força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando a corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons:

a) zero

b) 10

c) 18

d) 20

e) 40

vale, em newtons: a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 4. Assinale a

4. Assinale a alternativa que representa o enunciado da Lei da Inércia, tambémvale, em newtons: a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 conhecida como primeira

conhecida como primeira Lei de Newton.

a) Qualquer planeta gira em torno do Sol descrevendo uma órbita elíptica, da qual o Sol ocupa um dos focos.

b) Dois

massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre eles.

corpos

quaisquer

se

atraem

com

uma força proporcional ao produto de suas

c) Quando um corpo exerce uma força sobre outro, este reage sobre o primeiro com uma

força de mesma intensidade e direção, mas de sentido contrário.

d) A

forças que nele atuam, e tem mesma direção e sentido dessa resultante.

aceleração

que

um

corpo

adquire

é diretamente proporcional à resultante das

e) Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que sobre ele estejam agindo forças com resultante não nula.

Resposta:
Resposta:

Alternativa: e

26º)
26º)

kg,

respectivamente, e ligados por um fio, estão em repouso sobre um plano horizontal. Quando puxado para a direita pela força mostrada na figura, o conjunto adquire aceleração de 2,0 m/s 2

Dois blocos, A e

B,

de massas 2,0

kg

e

6,0

de 2,0 m/s 2 Dois blocos, A e B, de massas 2,0 kg e 6,0 Nestas

Nestas condições, pode-se afirmar que o módulo da resultante das forças que atuam em A e o módulo da resultante das forças que atuam em B valem, em newtons, respectivamente:

a) 4 e 16

b) 16 e 16

c) 8 e 12

d) 4 e 12.

e) 1 e 3

Resposta:

Alternativa: a

27º)
27º)

Um corpo de 40N de peso está em repouso, apoiado sobre uma superfície horizontal de

coeficiente de atrito estático µe = 0,3 e coeficiente de atrito cinético µc = 0,2. Determine:

a) a força horizontal mínima

capaz de fazer o corpo se mover.

b) a força horizontal mínima

necessária para manter o

corpo em movimento.

mínima necessária para manter o corpo em movimento. . submetido à ação de uma força F

.mínima necessária para manter o corpo em movimento. submetido à ação de uma força F =

submetido à ação de uma força F = 30N, paralela ao apoio. Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio vale 0,4 e o coeficiente de atrito cinético vale 0,3, determine a intensidade da força de atrito agente sobre o corpo.Adote g = 10m/s 2

superfície horizontal,

Um

corpo de massa

15kg

está

em

repouso,

sobre uma

Um corpo de massa 15kg está em repouso, sobre uma 29º) Um bloco de peso igual
29º)
29º)

Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre uma

superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,2

a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre o bloco?

b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento?

de atrito da superfície sobre o bloco? b) Qual a intensidade da força que atua sobre
30.
30.

(FUVEST) Um bloco de 5kg que desliza sobre um plano horizontal está sujeito às forças

F = 15N, horizontal para a direita, e fat = 5N, de atrito horizontal para a esquerda. g = 10m/s 2

a) Qual a aceleração do bloco ?

b) Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície?

Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície? Um bloco de massa m

Um bloco de massa m = 2,0kg é puxado por uma força F de intensidade 10N, sobre umQual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície? plano horizontal, como mostra a

plano horizontal, como mostra a figura.

10N, sobre um plano horizontal, como mostra a figura. O coeficiente de atrito entre o bloco

O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano é µ = 0,20 g = 10m/s2

Determine a aceleração adquirida pelo bloco.

g = 10m/s2 Determine a aceleração adquirida pelo bloco. 32. Um corpo de peso igual a
32.
32.

Um corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma superfície plana e horizontal.

A força máxima de atrito estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando ao corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de atrito, nessa situação, vale, em newtons:

a) zero

b) 10

c) 18

d) 20

e) 40

a) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 . Um bloco de peso igual

. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade constante sobre umaa) zero b) 10 c) 18 d) 20 e) 40 superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito

superfície horizontal, cujo coeficiente de atrito é 0,5.

a) Qual a intensidade da força de atrito da

superfície sobre o bloco ?

b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento ?

da força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento ? (UF-MG) Um bloco de

(UF-MG) Um bloco de massa m = 0,5kg move-se sobre uma mesa horizontal, sujeito àda força que atua sobre o bloco, no sentido do movimento ? ação de uma força

ação de uma força horizontal de 5,0N e de uma força de atrito de 3,0N. Considerando-se queo bloco partiu do repouso, determine:

g = 10m/s2

a) a velocidade do mesmo, após

percorrer 2,0m.

b) o coeficiente de atrito entre esse bloco e a mesa.

g = 10m/s2 a) a velocidade do mesmo, após percorrer 2,0m. b) o coeficiente de atrito

(Med. Taubaté) Umapára. Isto acontece porque durante o movimento: esfera de vidro é lançada sobre uma mesa

pára. Isto acontece porque durante o movimento:

esfera de vidro é lançada sobre uma mesa e, após certo tempo,

a) a resultante de todas as forças que agem sobre a esfera é nula;

b) a força de atrito equilibra a força inicial que deu origem ao movimento;

c) a força de atrito é a única força que solicita a esfera (força resultante) e age em sentido

contrário ao sentido do deslocamento;

d) a força do peso do corpo sobrepuja a força de atrito;

e) a força de reação da mesa anula a força de atrito

e) a força de reação da mesa anula a força de atrito (UNISA) No sistema abaixo,

(UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a do corpo B, 2kg. A aceleraçãoe) a força de reação da mesa anula a força de atrito do sistema é de

do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é:

g = 10m/s 2

do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre
do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. O coeficiente de atrito entre
37.
37.

(FUVEST) O coeficiente de atrito entre um móvel e a superfície horizontal sobre a qual se

desloca é 0,3. O móvel tem massa de 8kg e apresenta movimento uniforme. Sendo a aceleraçãoda gravidade local g = 10m/s2, determine:

a) a intensidade da reação normal de apoio sobre o

móvel.

b) a intensidade da força de atrito que age sobre o

móvel.

c) a intensidade da força que atua sobre o móvel, no

sentido do movimento.

da força que atua sobre o móvel, no sentido do movimento. Um corpo de massa 5kg

Um corpo de massa 5kg encontra-se em repouso sobre uma superfície horizontal.da força que atua sobre o móvel, no sentido do movimento. Sabendo que o coeficiente de

Sabendo que o coeficiente de atrito estático entre o corpo e o apoio é 0,4, qual o valor mínimo da força horizontal capaz de fazê-lo mover-se ?

a)

2N

b) 10N

c) 18N

d) 20N

e) n.d.a.

de fazê-lo mover-se ? a) 2N b) 10N c) 18N d) 20N e) n.d.a. 39. FGV)
39.
39.

FGV) Um bloco de 4kg é puxado por uma força constante horizontal de 20N sobre uma

superfície plana horizontal, adquirindo uma aceleração constante de 3m/s2. Logo, existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale, em N:

a) 5

b) 8

c)12

d)16

e)17

de 3m/s2. Logo, existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale,
40.
40.

(FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de intensidade 30 N e 10 N respectivamente,

conforme a figura. Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos tem intensidade:

a) 24 N b) 30 N c) 40 N d) 10 N e) 18 N
a) 24
N
b) 30
N
c) 40
N
d) 10
N
e) 18
N
a) 24 N b) 30 N c) 40 N d) 10 N e) 18 N (FUVEST)

(FUVEST) O corpo A de massa 4,0 kg está apoiado num plano horizontal, preso a umaa) 24 N b) 30 N c) 40 N d) 10 N e) 18 N corda

corda que passa por uma roldana, de massa e atrito desprezíveis, e que sustenta em sua extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg.

que sustenta em sua extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg. Nestas condições o sistema

Nestas condições o sistema apresenta movimento uniforme. Adotando determine:

g

=

10

m/s2,

a) o coeficiente de atrito entre A e o plano;

b) a massa que devemos. acrescentar a

igual a 2,0 m/s 2 .

B para que a aceleração do sistema tenha módulo

2 . B para que a aceleração do sistema tenha módulo 42. Dois móveis M e
2 . B para que a aceleração do sistema tenha módulo 42. Dois móveis M e
42.
42.

Dois móveis M e N ligados por uma corda de peso desprezível deslocam-se sobre um

plano, sob a ação de uma força de 15 N aplicada na direção do deslocamento. Não há atrito entre M e o plano, porém o coeficiente de atrito de escorregamento entre o corpo N e o plano vale 0,2. As massas de M e N são respectivamente 1 kg e 3 kg.

Adote g = 10 m/s 2

A aceleração do sistema é igual, em m/s 2 , a:

a) 3,75

b) 1,25

c) 2,25

d) 0,15

é igual, em m/s 2 , a: a) 3,75 b) 1,25 c) 2,25 d) 0,15 e)

e) 4,05

em m/s 2 , a: a) 3,75 b) 1,25 c) 2,25 d) 0,15 e) 4,05 UF-ES)

UF-ES) A figura mostra um bloco de massa 10 kg inicialmente em repouso sobre umaem m/s 2 , a: a) 3,75 b) 1,25 c) 2,25 d) 0,15 e) 4,05 mesa,

mesa, ao qual se aplica uma força horizontal F de intensidade 20 N. A aceleração da gravidadetem módulo 10 m/s 2 , o coeficiente de atrito estático é 0,3 eo cinético é 0,2. A intensidade da força de atrito entre o bloco e a mesa vale:

a) 30 N

b) 25 N

c) 20 N

d) 5 N

e) zero

bloco e a mesa vale: a) 30 N b) 25 N c) 20 N d) 5
bloco e a mesa vale: a) 30 N b) 25 N c) 20 N d) 5

Um automóvel percorre uma estrada plana a 90km/h, descrevendo uma curva de 125mbloco e a mesa vale: a) 30 N b) 25 N c) 20 N d) 5

de raio, num local onde a aceleração gravitacional é 10m/s2. Assim sendo, o coeficiente

de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que oautomóvel faça a curva, é:

a) 0,1

b) 0,2

c) 0,3

d) 0,4

e) 0,5

de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que oautomóvel faça a curva, é:

Supondo o mesmo coeficiente de atrito da questão for (0,2) e admitindocorpo: F = 100N, o a) sobe com aceleração 2,4m/s 2 . b) sobe com

corpo:

F = 100N, o

a) sobe com aceleração 2,4m/s 2.

b) sobe com velocidade uniforme.

c) fica parado.

d) desce com aceleração 9,8m/s 2 .

e) n.d.a.

parado. d) desce com aceleração 9,8m/s 2 . e) n.d.a. O seguinte enunciado diz respeito às

O seguinte enunciado diz respeito às questões números 46 e 47

enunciado diz respeito às questões números 46 e 47 A figura indica um sólido de massa

A figura indica um sólido de massa m = 10kg apoiado sobre um plano inclinado que forma um ângulo α com a horizontal e sujeito à ação de uma força constante F. A constante gravitacional do local é g = 10m/s2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta-se:

(FESP) Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano for igual a 0,2 o valor mínimo de= 10m/s2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta -se: F que

F que impede o movimento do corpo para baixo em N é:

a) 10

b) 44

c) 60

d) 76

e) n.d.a.

for igual a 0,2 o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para
47.
47.

(FESP) Não havendo atrito, o valor mínimo de F que impede o movimento do corpo para

baixo em N é:

a) 10

b) 44

c) 60

d) 76

e) n.d.a

corpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a

No sistema representado na figura, o fio e a polia são ideais, a massa do bloco A é 9,0 kgcorpo para baixo em N é: a) 10 b) 44 c) 60 d) 76 e) n.d.a

e a tração no fio tem módulo 36N. Supondo g = 10 m/s2 e desprezando o atrito, calcule:

a) o módulo da aceleração do bloco A;

b) a massa do bloco B.

o módulo da aceleração do bloco A; b) a massa do bloco B. 49. e colocado
o módulo da aceleração do bloco A; b) a massa do bloco B. 49. e colocado
49.
49.

e colocado sobre o plano

inclinado está na iminência de deslizar. Nessas condições, o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície do plano vale:

(UCMG) O bloco da figura abaixo tem massa

m

=

1,0

kg

o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície do plano vale: (UCMG) O bloco
50. Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano horizontal. Aplica-se ao
50.
50.

Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano horizontal. Aplica-se ao

bloco uma força horizontal constante de intensidade 4,0N. O bloco adquire uma aceleração de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio aplica sobre o bloco

(FEI)

de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio
de módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que o plano de apoio