Você está na página 1de 3

Exercícios de Máquinas de Corrente Contínua

Exercício 1 Um gerador-shunt CC, 55 kW, 250 V, tem uma resistência no circuito de campo de 62,5Ω, uma queda de tensão nas escovas de 3V, e uma resistência de armadura de 0,025Ω. Quando ele fornece a corrente nominal, com velocidade e tensão nominais, calcule:

a. As correntes de carga, campo e armadura;

b. A tensão gerada na armadura.

Exercício 2 Um gerador-série, CC, 10 kW, 250 V, tem uma queda de tensão nas escovas de 2V, uma resistência do circuito de armadura de 0,1Ω, e uma resistência do campo-série de 0,05Ω. Quando entrega a corrente nominal é entregue na velocidade nominal, calcule:

a. A corrente de armadura;

b. A tensão gerada na armadura.

Exercício 3 Um gerador-shunt longo, CC, 100 kW, 600 V, tem uma queda de tensão nas escovas de 5V, uma resistência no campo-série de 0,02 Ω, uma resistência do campo-shunt de 200 Ω, e uma resistência na armadura de 0,04Ω. Quando entrega a corrente nominal é entregue com velocidade nominal de 1200 rpm, calcule:

a. A corrente de armadura;

b. A tensão gerada na armadura.

Exercício 4 Um gerador com excitação independente tem uma característica de tensão sem carga de 125V, com uma corrente de campo de 2,1A, quando gira na velocidade de 1600 rpm. Supondo que está operando na porção reta da sua curva de saturação, calcule:

a. A tensão gerada quando a corrente de campo é aumentada para 2,6A;

b. A tensão gerada quando a velocidade é reduzida para 1450 rpm e a corrente de campo é aumentada para 2,8 A.

Exercício 5 Um gerador-shunt de 125V tem uma regulação de tensão de 5%. Calcule a tensão sem carga.

Exercício 6 Um gerador-shunt CC, 55 kW, 250 V é excitado separadamente para determinar sua queda de tensão, devido à reação da armadura. Sua resistência da armadura é 0,1235 Ω. Admitindo uma queda nas escovas de 3V, calcule:

a. A queda de tensão no circuito da armadura a plena carga, com velocidade e tensão nominais;

b. A queda de tensão devido à reação da armadura, se a tensão sem carga é 275V na velocidade nominal.

Exercício 7 Um motor-shunt CC, 220 V possui uma queda nas escovas de 5V, uma resistência na armadura de 0,2 Ω e uma corrente nominal para a armadura de 40 A. Calcule:

a. A tensão gerada na armadura sob estas condições de carga aplicada ao eixo;

b. Potência desenvolvida pela armadura em W;

c. Potência mecânica desenvolvida pela armadura em HP.

Exercício 8 Um motor-shunt CC, 125 V, tem uma queda de 2 V nas escovas, uma resistência na armadura de 0,1 Ω e fcem de 118 V quando é aplicada carga nominal ao eixo da armadura do motor. Calcule:

a. A corrente de carga nominal solicitada pela armadura;

b. A queda total de tensão no circuito da armadura.

Exercício 9 Um motor-shunt de 220 V tem velocidade de 1200 rpm, uma resistência na armadura de 0,2 Ω e uma queda nas escovas de 4V. O motor absorve uma corrente de armadura de 20 A quando ligado a uma fonte de tensão nominal para uma dada carga. À medida que a carga mecânica é aumentada, o fluxo polar aumenta de 15%, aumentando a corrente medida na armadura para 45 A. Calcule:

a. A fcem para uma carga de 20 A;

b. A fcem para uma carga de 45 A;

c. A velocidade para uma carga de 45 A.

Exercício 10 Um motor-série de 10 HP, 240 V, tem uma corrente de linha de 38 A e uma velocidade nominal de 600 rpm. O circuito da armadura e a resistência do campo- série, respectivamente, são 0,4 e 0,2 Ω. A queda de tensão nas escovas é 5 V. Presuma que o motor está operando na porção linear da sua curva de saturação com corrente da armadura menor que a nominal. Calcule:

a. A velocidade quando a corrente da carga cai para 20 A, para metade da carga nominal;

b. A velocidade a vazio quando a corrente de linha é 1 A;

c. A velocidade para carga nominal de 150% quando a corrente de linha é 60 A e o fluxo do campo-série é 125% do fluxo a plena carga devido à saturação.

Exercício 11 Um motor-série de 15 HP, 240 V, 500 rpm desenvolve um torque interno de 170 lb-pé para uma corrente nominal de 55 A na velocidade nominal. Considere a curva de saturação como uma linha reta para correntes abaixo da carga nominal e calcule os torques internos quando a corrente da armadura cai para:

a. 40 A;

b. 25 A;

c. 10 A.

Exercício 12 Um motor-shunt CC de 10 HP, 120 V, 1800 rpm possui uma resistência no circuito da armadura de 0,05 Ω e uma resistência no circuito de campo-shunt de 60Ω. A queda de tensão nas escovas é 2 V. Calcule:

a. A corrente de linha se o motor fosse conectado diretamente através de uma fonte de 120 V, sem a proteção de resistência de partida na armadura;

b. A resistência do resistor de partida que limitará a corrente a uma sobrecarga de 50% da corrente da armadura do motor no instante da partida;

c. A fcem para plena carga;

Respostas 1- 220 A; 4 A; 224 A / 258,6 V 2- 40 A / 258 V 3- 169,67 A / 615,18 V 4- 154,76 V / 151,04 V 5- 131,6 V 6- 27,17 V / 25 V 7- 207 V / 8280 W / 11,1 HP 8- 50 A / 5 V 9- 212 V / 207 V / 1358,5 rpm 10- 1198 rpm / 25185 rpm / 450 rpm 11- 89,9 lb-pé / 35,12 lb-pé / 5,62 lb-pé 12- 2362 A / 0,985 Ω / 114,2 V