P. 1
A Lua De Joana

A Lua De Joana

4.88

|Views: 25.844|Likes:
Publicado porTiago simoes
o resumo de a lua de joana
o resumo de a lua de joana

More info:

Published by: Tiago simoes on Jun 01, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/20/2013

pdf

text

original

A Lua De Joana

Ficha de Leitura

• Título: A Lua De Joana • Autora: Maria Teresa Maia Gonzalez • Editor: Editorial Verbo, 1ª edição • Local e data: Lisboa, Outubro de 1994 • Modo literário: narrativo

A Lua de Joana
• Este livro, conta a historia de uma rapariga chamada Joana que perde a sua melhor amiga Marta devido a uma overdose. Ela, como não se conforma com o facto de a sua melhor amiga ter morrido, decide escrever uma espécie de um diário, onde conta os problemas do dia-a-dia.

A Lua de Joana
• Joana é uma óptima aluna, contudo para passar todos os problemas decide apoiar-se na sua avó, grande amiga, conselheira e com um grande sentido de humor. Os pais de Joana sentiam nela uma pessoa adulta e responsável, por isso não se preocupavam, contudo os pais não lhe davam atenção. • Porque?

O porque de os pais de Joana não lhe dar a devida atenção?
• O pai de Joana era médico, por isso passava todo o seu tempo a cuidar de outros e em reuniões, e a sua mãe era dona de um pronto-avestir, embora não lhe ocupasse muito tempo, mas apesar de tudo Joana tinha o seu irmão, ao qual Joana o chamava de “Pré-histórico “, por causa da maneira de vestir e da decoração do seu quarto.

A Lua de Joana

• No meio do quarto de Joana existia uma lua acorrentada ao tecto e um baloiço imaginário construído só para Joana sempre na posição de quarto crescente. Quando Joana se sentia triste e sozinha mudava a lua para quarto minguante até se sentir alegre e disposta a começar uma

Quarto minguante

Quarto crescente

A Lua de Joana
• Quando a sua avó morreu e como os pais não lhe davam atenção, ela conheceu os amigos da sua amiga Marta (a Rita e o Diogo). Como estava sozinha apoiou-se na Rita e no Diogo, envolvendo-se também ela no mundo da droga. Começou a vender tudo o que tinha, até ao dia que se apercebeu que tinha a sua vida desgraçada e o quanto foi fácil que a sua amiga Marta tenha sido influenciada, tentou abandonar as drogas mas já era tarde…

Um dos textos
• “Querida Marta, Esta noite tive o pesadelo mais incrível de sempre!...Eu estava sozinha num lugar que parecia o céu, mas não era... Comecei a subir as escadas e, quando cheguei quase ao cimo, vi que estava alguém à minha espera. Era uma espécie de anjo, com um manto escuro, mas não tinha cara... percebi que tinha de segui-lo... Encolheu as pernas lentamente e fixou os olhos inchados naquele baloiço estranho suspenso no tecto em forma de lua. A lua estava em quarto crescente. Desapertou a correia do relógio e pousouo devagar sobre a mesinha. Agora, tinha

Opinião
• Adorei a obra, dado que este livro mostra-nos a realidade dos dias de hoje: o grande tormento que a droga é para todos (para a família, para os amigos e para a própria pessoa que comete esse erro)

Adjectivos
• Realista porque fala de um problema do dia-a-dia de muitos jovens • Fácil porque o português é acessível • Interessante porque queria sempre saber mais um bocado do contexto da historia.

Período de leitura
• Demorei 4 dias a ler.

Razões
• Eu escolhi este livro porque foi uma amiga minha que já tinha lido e recomendou-me a ler.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->