P. 1
Estudos para células de crianças

Estudos para células de crianças

4.93

|Views: 46.386|Likes:
Publicado porLista Modelo dos 12

More info:

Published by: Lista Modelo dos 12 on May 24, 2007
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/24/2015

pdf

text

original

LIÇÃO 1 O COMEÇO DAS CÉLULAS Passos do dia: Quebra-gelo: ˙ Pegue duas massas de modelar de cores diferentes.

Uma representa o pai e a outra a mãe. ˙ Misture as duas cores e mostre para as crianças que isso significa o casamento. ˙ Tire um pedacinho dessa massa misturada e diga-lhes que este pedacinho representa o filho deste casamento. ˙ Reparta alguns pedaços de massa com as crianças e peça-as para fazerem bolinhas, que representam os filhos desse casamento. ˙ Pergunte-lhes: O que os filhos têm em comum? ˙ Responda: Têm a mesma cor, porque todos são irmãos e têm os mesmos pais. ˙ Assim também é com a família de Deus, somos parecidos, porque somos todos irmãos e filhos do mesmo Pai, que é Deus. Princípio bíblico: Todos os que crêem são parte da família ˙ As crianças precisam saber que as células estão na Bíblia. Isso é invenção de Deus e não de homens. Texto: “ todos os que creram estavam juntos...” (Atos 2:44) Comentário do texto: O QUE É UMA CÉLULA? ˙ A célula é um grupo pequeno de pessoas que estão sempre juntas. QUE TIPO DE PESSOAS? ˙ Os que crêem em Jesus e O confessam como Senhor e Salvador de suas vidas. ˙ No livro de Atos está escrito como a igreja se reunia. As pessoas se reuniam no templo, onde adoravam a Deus, e também nas casas. “todos os que creram estavam juntos...”(Atos 2:44) ˙ COMO SERÁ QUE ELES FAZIAM COM TANTA GENTE? ˙ Eles se reuniam em muitas casas. Eram grupos pequenos, pois as casas eram pequenas e não cabia muita gente. Olhe o que a Bíblia diz: “... reuniam-se em grupos pequenos de casa em casa...” (Atos 2:46) SERÁ QUE HAVIA CRIANÇAS NESSAS REUNIÕES? Claro que sim. As crianças fazem parte da família. Quando as famílias se reuniam de casa em casa, as crianças também participavam juntamente com todos. O QUE ELES FAZIAM? Eles comiam juntos, oravam, louvavam a Deus. “...participavam das suas refeições com grande alegria, louvando a Deus...” Aplicação: A CELULA E UMA FAMILIA Por que a célula é uma família, se nós não somos parentes? Ora, quem disse que não somos parentes? Todos que receberam a Jesus no coração fazem parte da família de Deus. “Sois da família de Deus”, Efésios 2:19. Portanto, somos todos irmãos! Nós também nos reunimos de casa em casa, como os crentes da época de Atos faziam. Esses grupos de pessoas que se reúnem nas casas chamam-se CÉLULAS. Compartilhar: VOCE QUER FAZER PARTE DA CÉLULA DE CRIANÇAS? Pergunte as crianças se elas já convidaram a Jesus para entrar no seu coração. Se houver alguma criança que não tenha certeza, pergunte se ela gostaria de fazer isso, fazendo uma oração. Ore com ela. Depois, diga: “ Agora todos nós fazemos parte da família de Deus. Nós também somos uma célula.” Faça deste momento um momento especial para que as crianças saibam que algo importante está começando: ”A Célula de Crianças”. Fale para as crianças da importância de terem um compromisso de ir à reunião da célula. As crianças gostam de saber que pertencem a um grupo. Isso lhes dá uma sensação de importância, e elas de fato são. Elas precisam saber disso. Atividades: Caderno de atividades: se for possível, peça a cada criança um caderno grande para colar todas as atividades desta apostila. (faça uma premiação no final) Massa de modelar: cada criança deverá misturar duas massas de cores diferentes e fazer sua própria experiência: o que a família tem em comum? Vamos fazer o retrato da nossa célula? Momento da comunhão: Prepare uma ceia, com pão e vinho (suco) e celebre com as crianças o inicio da célula. Firmando uma aliança, lembrando que nós temos uma aliança com Deus e também uns com os outros.

Material: lápis de cor massa de modelar pão e suco de uva.

NA CÉLULA DE CRIANÇA O ALVO NÃO É O ENSINO, MAS O RELACIONAMENTO.
LIÇÃO 2 NÃO ESTAMOS SOZINHOS

Passos do dia: Quebra-gelo: ˙ Como é que a gente sabe onde é que é a cabeça da minhoca? ˙ Resposta: Fazendo cócegas no meio. A ponta que rir é a cabeça. ˙ Puxa! Quanta criança séria, vamos descobrir o sorriso lindo que cada um tem? ˙ Faça cócegas na barriga do seu colega, será que ele vai rir? Princípio bíblico: quem tem Jesus nunca está sozinho ˙ Todos os que já têm Jesus podem e devem viver unidos. ˙ A célula é o lugar de união, pois podemos estar perto uns dos outros.

˙ Levar as crianças a ver a célula como a sua turma Texto: “Como é bom quando os irmãos são amigos e unidos!” (Salmos 133:1) Comentário do texto: ˙ Deus de alegra quando os Seus filhos são unidos de verdade. Mas ás vezes a igreja cresce e fica tão grande que a gente nem conhece mais as pessoas. Como é que nós podemos ser amigos de tanta gente? ˙ Bem, Deus pensou nisto também. Ele sabia que os seus filhos iriam aumentar bastante, porque muitas pessoas iriam receber a Jesus nos seus corações. ˙ Deus inventou a família! Ele quer ter uma grande família. Mas, para sermos uma família de verdade, nós precisamos nos conhecer. Isso só é possível quando nos reunimos em grupos pequenos. Por isso nós precisamos da célula, porque nela nós podemos nos conhecer e viver como uma família. Aplicação: ˙ Na célula nós podemos viver unidos com os nossos irmãos. Mas, para isso, todos nós temos que receber a Jesus Cristo em nosso coração. Quantos já convidaram a Jesus para morar no seu coração? ˙ Líder: Dois momentos importantes aqui: Primeiro: levar as crianças a confessar a Jesus como Senhor s Salvador. Pergunte para aquelas crianças que ainda não receberam a Jesus se elas gostariam de recebe-lo. Então, fala uma oração de entrega com elas. Segundo: a importância da célula. Fale da importância de participar da célula: A célula é uma turma unida! Mas, é Jesus quem nos une! Pergunte: Quantos querem fazer parte dessa turma? ˙ Faça uma aliança – um compromisso de amar e cuidar uns aos outros. Isso mostrará a elas que a célula é séria e não um passa-tempo. ˙ Faça uma oração com todas as crianças, fazendo um compromisso. Depois, diga: Bem, então, agora você faz parte da célula de criança, você tem um grupo de irmãos que ama você, somos uma turma e ninguém vai ficar sozinho. Compartilhar: ˙ Diga á crianças que agora são todos amigos e irmãos, podemos confirmar uns nos outros. ˙ Pergunte se alguém se sente sozinho. Se alguma criança manifesta algum tipo de problema, peça as outra crianças para orarem com ela. ˙ No final, cante um cântico de comunhão.

Sugestão de cântico: “Oh! Quão bom e quão suave é... ”, “Como é precioso irmão...”, “Quero que valorize o que...”. Atividades: ˙ Pinte e cole as crianças na sua célula. (Cole no caderno de atividades). Depois, faça a Agendinha da célula. Ela nos ajudará a manter todos sempre unidos. ˙ Monte com antecedência uma “Agenda da Célula das Crianças” para cada um dos membros da célula. ˙ Cada criança pintará sua agenda e logo após escreverá o nome e o telefone de cada um dos amigos da célula. ˙ O líder deverá escrever para as crianças menores. ˙ Marque o dia em que todos devem ligar uns para os outros pela primeira vez. Momento da comunhão: ˙ A pipoca: Em alguns pedaços de papel escreva “história falsa” e em outra “história verdadeira”. Esconda os papéis com antecedência na sala onde acontecerá a reunião da célula. Peça as crianças para procurarem os papéis escondidos e depois elas descobrirão qual é a verdadeira história da pipoca. Quem achar a “história verdadeira” será servido antes dos outros. ˙ A história da pipoca: Leia: a pipoca já era usada pelos índios que habitavam a nossa terra. Eles começavam a fazer pipoca colocando a espiga inteira num espeto e levando-a ao fogo. Depois, jogavam os grãos soltos diretamente no fogo baixo. Finalmente, passaram a estourar a pipoca numa panela de barro de areia quente. ˙ Curiosidade: Você sabe por que a pipoca estoura? Porque tem água dentro do grãozinho! ˙ Servir pipoca. Material: ˙ lápis de cor ˙ pipoca.

NA CÉLULA DE CRIANÇA O ALVO NÃO É O ENSINO, MAS O RELACIONAMENTO.

LIÇÃO 3 DEUS DÁ VALOR ÁS CRIANÇAS

Passos do dia: Quebra-gelo: Leve um bolo de chocolate bem bonito e mostre-o antes de começar a compartilhar a lição. Peça a uma outra pessoa para sugerir partir o bolo apenas para os adultos, pois pode ser que não dê para todos. Depois, explique que o bolo é símbolo da bondade de Deus para conosco e que é para todos, até mesmo crianças. Sirva-o no final. O objetivo desta introdução é mostrar que as crianças fazem parte do povo de Deus, como será mostrado na lição. Portanto, elas são tão importantes para Deus como os adultos o são. Princípio bíblico: Deus ama a todos, não importa a idade. Texto: “Disse Moisés: havemos de ir com os nossos filhos e com as nossas filhas, celebrar a festa ao Senhor.” (Êxodo 10:8-11) Comentário do texto: ˙ Há muito tempo o povo de Deus sofreu muito como escravos numa terra chamada Egito. O rei do Egito chamava-se Faraó, ele era um rei muito poderoso mas, Deus ouviu o clamor do seu povo e chamou Moisés para libertar o povo e leva-los a uma terra chamada Canaã. ˙ Deus mandou Moisés dizer a Faraó que ele deveria deixar o povo de Deus partir. Quando Moisés disse isso, o rei tentou negociar dizendo que ele deixaria uma parte do povo ir, mas não deixaria as crianças, elas deveriam ficar no Egito. ˙ Moisés não aceitou, pois sabia que esta não era a vontade de Deus. As crianças faziam parte do povo de Deus e todos deveriam ser livres da escravidão. Por causa da atitude de Faraó, Deus castigou toda a terra do Egito e enviou uma praga de gafanhotos. ˙ Deus não queria libertar só os adultos; se fosse assim, ele teria aceitado a proposta de Faraó, mas Deus não a aceitou. Ele queria libertar todo o Seu povo no Egito e leva-lo para a boa terra de Canaã, onde ele seria um povo livre. Aplicação: ˙ A atitude de dar o bolo apenas aos adultos mostra a atitude de Faraó, enquanto que reparti-lo com todos, incluindo as crianças, mostra a atitude de Deus de salvar a todos. No Egito, Deus não queria libertar só os adultos. Ele queria salvar todo o seu povo, incluindo as crianças. Hoje Deus também quer salvar as crianças. ˙ Faraó tentou impedir que as crianças fossem morar naquela terra boa. Hoje também o diabo tenta impedir que as crianças recebam o presente de Deus, que é Jesus! O PRINCÍPIO BÍBLICO DEVE SER REPETIDO EM TODOS OS MOMENTOS DA LIÇÃO. ˙ Deus não deixou as crianças no Egito nas mãos do perverso Faraó. Deus é o mesmo hoje e Ele não deixará o diabo tocar na sua vida, porque ele te ama e Ele vai cuidar de você. Nas mãos de Deus você esta seguro! ˙ Deus tinha um plano para as crianças – leva-las para viverem livres da escravidão. Deus não mudou, hoje ele também deseja que todas as crianças sejam livres do poder do diabo. ˙ Deus venceu naquela época, e vencerá hoje também! ˙ Sabemos com somos importantes quando somos lembrados. É tão bom quando alguém se lembra da gente, não é mesmo? Bem, você pode ter certeza de que você é sempre lembrado, primeiro por Deus, porque você é importante para Ele e Ele nunca se esquece de você. Ele disse que nunca iria te deixar e jamais iria te abandonar – (nunca te deixarei, de maneira nenhuma te abandonarei), Hebreus 13:5. Em segundo lugar, você é lembrado na célula, porque somos uma família e todos são importantes. Compartilhar: ˙ Estimule as crianças a falar. Pergunte se elas se sentem importantes para Deus. ˙ Como sabemos que somos importantes para alguém? Resposta: Quando somos lembrados ˙ Deus se lembra das crianças? ˙ Por que você acha que sim, (ou não)? Sugestão de cântico: “Você tem o valor... ” Atividades: ˙ Pinte e recorte as crianças que estão atrás de Faraó e cole-as atrás de Moisés. (Cole no caderno de atividades) Momento da comunhão:

Servir o bolo (sugestão: dê ao bolo o nome de Canana, pois, todos têm direito de usufruir dele).

LIÇÃO 4 TODOS PRECISAM SER SALVOS

Passos do dia: Quebra-gelo: Recorte as figuras dos personagens ou objetos, enrole como um canudo e amarre com uma fita. Esconda cada um em um lugar diferente da sala. Dê às crianças uma pista e peça-lhes para procura-los. (Quente ou frio) Aquele que encontrar a pista e acertar o nome do personagem ou do objeto, ganha um pirulito. Só ganha quem conseguir achar o papel e acertar o nome. Dê o pirulito no final. Princípio bíblico: Todos são salvos pela fé em Jesus. As crianças também precisam de salvação, por isso elas precisam receber a Jesus. Texto: “Disse o Senhor a Moisés:... um cordeiro para cada família,... passe o sangue nas portas... o sangue vos será por sinal.” (Êxodo 12. Peça para uma criança ler os versículos 3, 7, 12 e 13). Comentário do texto: ˙ Puxa, Faraó é mesmo durão! Mesmo depois de tantas pragas, ele não deixou o povo de Deus sair do Egito. Mas, por causa da desobediência de Faraó, Deus, então, decide enviar a pior de todas as pragas: a morte dos primogênitos (o filho mais velho de toda família, inclusive dos animais). Muitos iriam morrer. ˙ Mas, Deus diz para Moisés como o Seu povo poderia se proteger dessa destruição que viria sobre a terra do Egito. ˙ Eles deveriam matar um cordeiro e passar o sangue do lado de fora da porta. O sangue era “o sinal” para que o anjo da morte não tocasse no filho mais velho daquela família. Tinha que ser “... um cordeiro para cada família”. Isso quer dizer que todos da família deveriam estar dentro de sua casa; assim estariam protegidos. ˙ Quando a praga destruidora veio, ela entrou nas casas e também no palácio do rei e o filho mais velho de Faraó foi morto, como muitos outros nas famílias dos egípcios. Mas, nas casas onde estava a marca do sangue na porta, a praga não entrou. Nestas casas, todos foram salvos. ˙ Depois disso, todo o povo de Deus saiu do Egito junto com Moisés para a terra que Deus havia lhes prometido. Aplicação: ˙ Jesus é o cordeiro de Deus. “Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”, (João 1: 29). ˙ Assim como a morte daquele cordeiro salvou a vida daquelas famílias lá no Egito, a morte de Jesus nos salvar ˙ Hoje, nós não precisamos mais matar um cordeiro como o povo fez no Egito. Aquele cordeiro apenas representava Jesus, que um dia iria morrer por todos, para nos dar a salvação. ˙ Assim como o sangue daquele cordeiro protegeu o povo de Deus lá no Egito, o sangue de Jesus hoje nos protege, pois o Seu sangue apaga todos os nossos pecados. ˙ Ser salvo pela fé significa “crer que Jesus morreu para te salvar”. Crer de verdade, assim como aquelas crianças que estavam com suas famílias lá no Egito creram que o sangue daquele cordeiro na porta da sua casa iria salva-los da morte. ˙ A sua parte é crer em Jesus, à parte de Deus é te salvar! Compartilhar: ˙ Por que hoje o povo de Deus não precisa mais matar um cordeiro e passar sangue na porta para ser salvo? ˙ O que significa ser salvo pela fé? Fé em que (quem)? Atividades: ˙ Dobradura (cole no Caderno de Atividades) ˙ Ligue as figuras Momento da comunhão: ˙ Você sabia que as famílias lá no Egito assaram e comeram a carne do cordeiro que foi morto, enquanto eles estavam dentro de suas casas? ˙ Eles chamaram este evento de “Páscoa”. Todo ano eles se reuniam para celebrar a páscoa – o dia em que Deus os livrou da morte. ˙ Nós também podemos comer e celebrar, pois Deus já nos livrou da morte do inferno. Agora que temos Jesus, nós estamos salvos! ˙ Vamos agradecer a Deus por isso? Faça uma oração de agradecimento antes de comerem o lanche.

LIÇÃO 5 NÃO BASTA CRER, É PRECISO CONFESSAR. Passos do dia: Quebra-gelo: Recorte algumas figuras de revistas (frutas, cores, legumes, atitudes...). Mostre três ou mais figuras de frutas para uma criança e peça para que primeiro pense na fruta que ele mais gosta entre as três. Diga: Nós só poderemos descobrir qual fruta ele escolheu, se ele nos disser. Agora então você vai CONFESSAR para nós a sua escolha, nós sabemos que ela está escondidinha dentro de você. Qual fruta você escolheu? (faça com três crianças). Moral da história: Só podemos descobrir a escolha de alguém quando ela confessa. Receber os visitantes. Peça as crianças que levaram visitantes, para apresenta-los á célula. Peça outra para receber com um abraço. Peça uma outra criança, ou a mesma anterior para orar agradecendo pela vida da criança que está visitando. (se houver mais de uma, ore individualmente, coloque uma criança com cada visitante). Cântico Cante uma música alegre de comunhão para receber os visitantes. Dê a cópia da letra as crianças que estão visitando e que não sabem cantar. Convide-os para cantarem com vocês. Princípio bíblico: Quem crê em Jesus, deve confessá-lo! As crianças precisam saber que confessar a Jesus é a maneira de recebe-lo. Texto: “ Se você confessar com sua boca que Jesus Cristo é O Senhor, crendo do fundo do coração que Deus O ressuscitou dentre os mortos, será salvo”.(Romanos 10 : 9) Comentário do texto: ˙ CONFESSAR é declarar com a boca. ˙ A Bíblia diz que nós devemos confessar a Jesus com a nossa boca, para podermos recebê-lo em nosso coração. ˙ Quando confessamos a Jesus, expressamos uma escolha, uma decisão em nosso coração: “Eu quero Jesus”. ˙ Não basta crer porque até o diabo, nosso inimigo, também crê que Jesus é o filho de Deus. É preciso confessar, declamar com a sua boca que você crê e O aceita como Senhor e Salvador de sua vida. CRER EM QUE? ˙ Crer no que a Bíblia diz. A Bíblia diz em Isaías 53, que Jesus sofreu em seu lugar, para que você não tivesse mais que sofrer. Diz que a cruz era para você; mas, Ele foi em seu lugar e morreu para que você não precisasse morrer. ˙ Crer que Jesus é o Filho de Deus, que morreu para perdoar os seus pecados e fazer de você um filho de Deus. ˙ Mas, lembre-se: só pode receber a Sua vida aqueles que crêem e confessam que Jesus é seu Senhor e Salvador. CONFESSAR O QUE? Confessar aquilo que a Bíblia diz. Que Jesus morreu por você e que você precisa dEle para ser salvo e ir para ao céu. Será que alguém que sofreu tanto em seu lugar, até a morte, merece confiança? Se você confia em Jesus, só lhe resta entregar a sua vida e Ele e receber a vida dEle dentro de você. Quando você crê, a porta do seu coração se abre e quando você confessa, Jesus entra e faz do seu coração a Sua casa. Aplicação: O BANQUETE ERA MEU E EU NÃO SABIA! NARRADOR: Era uma vez, um rapaz que em um concorrido sorteio ganhou uma passagem de ida e volta, para viajar em um navio transatlântico.

TIAGO: Oba, eu ganhei, eu ganhei! Vou viajar de navio! Que massa! AMIGOS: Que sorte, heim, cara! Não dá pra levar um amiguinho aí não?! TIAGO: Sinto muito, mas sorte não é pra todos. Vou é arrumar minhas malas! NO NAVIO: Nooosa! Como pode ser tão grande assim?! Puxa, e que luxo! Olha só quanta comida gostosa! Ai, será que está viagem vai durar muitas horas?! Estou começando a ficar com fome, e não tenho dinheiro nenhum. NARRADOR: Mal sabia ele que se tratava de uma viagem de 3 dias, e ao final do primeiro dia... TRIPULANTES DO NAVIO: Nossa que jantar especial! Tava gostoso demais!! Agora vamos para aquele salão, lá estarão servindo a sobremesa. TIAGO: Ei, moço! Você sabe quantas horas a mais de viagem nós ainda teremos?! FUNCIONÁRIO DO NAVIO: Ora, meu rapaz! Esta viagem durará mais dois dias! Não fique tão ansioso, logo nós chegaremos li. Este é um navio muito confortável, divirta-se! TIAGO: Tá... Como alguém pode se divertir escutando este barulho triste de um estômago roncando o tempo todo?! NARRADOR: No segundo dia, bem cedo... Tiago estava decidido, não agüentava mais, iria fazer uma proposta para os funcionários da cozinha, quem sabe eles aceitariam. TIAGO: Ehh... Sabe, teria possibilidade de eu trabalhar com vocês o resto desta viagem? Eu poderia lavar os pratos, e então vocês me davam um pouco de comida. COZINHEIRO: Do que você está falando?! Você não sabia que este bilhete lhe dá o direito à viagem e também as refeições do navio? Você não precisa pagar nada, meu rapaz. Entre que eu vou lhe servir aquilo que você quiser. TIAGO: (com cara de bobo) “Se o Tiago tivesse falado antes que queria comer, não teria passado tanta fome. Não basta sentir, é preciso falar”. Assim também acontece no relacionamento entre Jesus e as pessoas. Muitas pessoas pensam que são Filhos de Deus, mas nunca expressam uma decisão de segui-lo. NÃO BASTA CRÊR, É PRECISO CONFESSAR. Quando confessamos a Jesus, expressamos uma escolha, uma decisão em nosso coração: “Eu quero Jesus”. APELO Deus ama muito você. Ele sonha com você. Ele deseja muito morar no seu coração, só para ficar pertinho de você e ser o seu melhor amigo. Mas, para que isso aconteça, você precisa fazer uma escolha. JESUS É A ÚNICA ESCOLHA QUE LEVA A DEUS. Hoje, você pode fazer essa escolha e receber Deus em sua vida. Nunca mais você estará sozinho, porque Jesus estará sempre com você. Você crê em Jesus? Você quer confessar a Jesus hoje e recebe-lo em seu coração? Então, vamos fazer uma oração. Atividades As crianças da célula devem encenar a história: “O banquete era meu e eu não sabia” e fazer uma aplicação com Jesus. Muitas pessoas têm a oportunidade de receber a Jesus e ter vida de alegria e paz, mas não sabem disso. No final, peça a uma das crianças para dar uma pequena palavra, concluindo a história. Um momento para dar testemunhos. Lição 6 REVISAO Passo do dia NÓS JÁ FALAMOS SOBRE: ⋅ O começo das células ⋅ Que não estamos sozinhos ⋅ Que Deus dá valor às crianças ⋅ Que todos precisam ser salvos CAÇA AO TESOURO: Será utilizada para reforçar os temas vistos neste bloco. ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ Divida as crianças em dois grupos; Escreva o principio compartilhado em cada lição acima em papeis numerados. O papel número 1 será entregue pelo líder, a primeira pista dará a dica para encontrar o papel número 2 e assim por diante. Esconda os papeis (sem que as crianças vejam) em lugares estratégicos na sala. O último papel deve conter a seguinte mensagem: “Vá até o seu líder de célula” A última atividade da caça ao tesouro: recorte pedaços de papel carmen vermelho, representando o sangue do cordeiro, e dê um para cada criança. Elas deverão colar os papeis nas portas. Faça esta atividade sem tumulto, num espírito de reverencia, mostrando que assim aconteceu lá no Egito: o sangue colocado nas portas livrou o povo da morte.

⋅ ⋅ ⋅

Volte para dentro da casa: Aqui. Dentro da casa, vocês podem ver os papeis que simbolizam o sangue do cordeiro? Não. O povo naquela época também não podia ver o sangue, mas sabia que estava lá, e o livraria da morte. Cole nas crianças um pedaço do papel vermelho usado lá fora, e à medida que você for colando explique que assim também hoje nós temos o sangue de Jesus em nós. Nós não podemos ver, mas Deus vê e o diabo também: Para Deus nós não temos mais pecado, e o nosso inimigo não pode mais nos tocar. Ore agradecendo a deus por esta graça.

OBS: AS CRIANÇAS DEVEM LER O TEXTO SEMPRE NA BIBLIA. PROCURE MINISTRAR SEM LER A APOSTILA.

LIÇÃO 7 AJUDANDO UNS AOS OUTROS. Passos do dia: Quebra-gelo: Pilha de mãos: coloque as crianças sentadas em circulo. A primeira criança põe a mão virada para baixo e a próxima põe a sua mão em cima e diz: “ posso ajudar você”, uma outra põe a mão e diz:”Sê forte e corajoso”, assim também todos devem dizer, alternando as frases. Quando todas tiverem posto uma mão, segue-se com a outra. Uma vez feita à pilha, o primeiro jogador retira a mão do fundo e a coloca por cima. Vai-se aumentando a velocidade. Se um errar sua fala, finaliza-se o jogo. Princípio bíblico: Posso ajudar meu irmão. As crianças precisam aprender a amar e ajudar os seus irmãos, mesmo fazendo coisas simples, como dar uma palavra de fé para os que estão tristes. Texto: “ Se forte e corajoso”.(Josué 1: 6) Comentário do texto: ˙ No texto que nós lemos, Moisés tinha caminhado pelo deserto com o povo por muitos anos e então Moisés morreu. ˙ Deus chamou Josué para ficar no lugar de Moisés e levar o povo até Canaã. Josué teria que passar com o povo pelas grandes muralhas de Jericó, lutar contra o povo daquela cidade e vencer. Naquela hora, Deus sabia exatamente o que Josué precisava, então Deus disse: “Sê forte e corajoso!” Estas poucas palavras ajudaram Josué a vencer! Aplicação: COMO PODEMOS AJUDAR UNS AOS OUTROS? Falando Às vezes, nos sentimos tristes e sozinhos. Nestas horas precisamos de irmãos que nos ajudem e nos animem. Quando falamos o que a Bíblia diz, nós fortalecemos aqueles que estão fracos e eles se tornam fortes de novo, por causa da Palavra de Deus que falamos. Na verdade, não somos nós que fazemos coisa alguma, mas, é a Palavra de Deus em nossa boca que tem poder. Quando você vir o seu amiguinho com problemas, fale uma palavra de ânimo para ele, assim como Deus fez com Josué: “Sê forte e corajoso!” Podemos praticar isso em nossa célula, falando uns aos outros palavras de fé. De acordo com as necessidades: Devemos ajudar uns aos outros conforme a necessidade de cada um. Muitas vezes, nossos irmãos precisam mais do que de uma palavra de ânimo. Pode ser que eles estejam precisando de comida, de roupa e até mesmo de dinheiro. Precisamos aprender a repartir o que temos e ajudar aqueles que precisam. A Bíblia diz que Deus ama a quem dá com alegria. Na célula, ninguém deve passar necessidade alguma. Somos uma família e devemos ajudar uns aos outros em amor. Compartilhar Alguém já te ajudou, falando coisas como: “Vai dar certo! Jesus vai fazer! Jesus vai te dar?” (estimule-os a falar) Alguém já te ajudou, fazendo alguma coisa para você? Ex: ajudando a estudar para uma prova difícil. Comprando algo que você precisava muito? E VOCE JÁ AJUDOU ALGUEM, FALANDO OU FAZENDO ALGUMA COISA BOA? Curiosidade: Qual é o animal que tem uma das maiores línguas? É aquele que tem o maior pescoço!

A girafa é o animal que tem o pescoço mais comprido. Ela não tem dentes na frente, por isso, ela arranca as folhas com a língua, que pode medir quase meio metro de comprimento, uau!!! Que linguão!!! Quando uma pessoa fala demais dos outros, ela é chamada de linguaruda, ou seja, “língua grande”. Na verdade, a língua da pessoa não é grande, isto apenas significa que ela fala muito. Isso é feio e também é pecado. Se os animais pudessem falar, a girafa seria mesmo uma linguaruda. A girafa não pode falar, mas, nós podemos, e devemos ter muito cuidado com o que falamos. Devemos falar coisas boas aos nossos irmãos. Fale para o seu coleguinha alguma coisa que a Bíblia nos manda fazer uns aos outros. Ex: amar uns aos outros, perdoar, falar a palavra de Deus uns aos outros. Atividades Temos abaixo uma lista de problemas e soluções. Escreva (antes da reunião da sua célula) cada problema em um pedaço de papel de uma cor e cada solução em um papel de outra cor. Espalhe no chão os pedaços de papel, com a parte escrita para baixo e peça que cada membro da célula escolha um (cada criança poderá ficar com mais um papel). Escolha alguém para começar lendo um dos problemas, quem tiver o papel da solução deve sair do seu lugar e ficar ao lado da criança e dizer “Eu posso te ajudar”, em seguida ler a solução. Todos baterem palmas e quem leu a solução agora pode ler seu problema. E assim segue, o quebra-gelo até tudo ser resolvido. Momento de comunhão: antes de agradecer pelo lanche, fale da necessidade que muitas pessoas têm de comida. Estimule as crianças a contribuírem com a cesta básica que a célula arrecada todo mês.

SOLUÇAO ...Posso dividir meu lanche com você. ...Posso te fazer feliz brincando com você. ...Posso tirar da minha mesada e pagar para você. Você pode todas as coisas, pois é Jesus que te faz ficar forte. Posso te ajudar orando por seus pais para Que não briguem mais. Eu posso ser seu amigo.

PROBLEMA Estou com fome e esqueci meu lanche em casa. Estou muito triste. Queria tanto ir ao parque de diversão com vocês mas meu Pai disse que não tem dinheiro. Acho que sou fraco... Meu pai e minha mãe brigam muito, não sei o que fazer! Sinto-me tão sozinho, não tenho amigos...

SOLUÇAO ...Posso dividir meu lanche com você. ...Posso te fazer feliz brincando com você. ...Posso tirar da minha mesada e pagar para você. Você pode todas as coisas, pois é Jesus que te faz ficar forte. Posso te ajudar orando por seus pais para Que não briguem mais. Eu posso ser seu amigo.

PROBLEMA Estou com fome e esqueci meu lanche em casa. Estou muito triste. Queria tanto ir ao parque de diversão com vocês mas meu Pai disse que não tem dinheiro. Acho que sou fraco... Meu pai e minha mãe brigam muito, não sei o que fazer! Sinto-me tão sozinho, não tenho amigos...

SOLUÇAO ...Posso dividir meu lanche com você. ...Posso te fazer feliz brincando com você. ...Posso tirar da minha mesada e pagar para você. Você pode todas as coisas, pois é Jesus que te faz ficar forte. Posso te ajudar orando por seus pais para Que não briguem mais. Eu posso ser seu amigo.

PROBLEMA Estou com fome e esqueci meu lanche em casa. Estou muito triste. Queria tanto ir ao parque de diversão com vocês mas meu Pai disse que não tem dinheiro. Acho que sou fraco... Meu pai e minha mãe brigam muito, não sei o que fazer! Sinto-me tão sozinho, não tenho amigos... LIÇÃO 8 ORANDO PELOS NOSSOS AMIGOS

Passos do dia: Quebra-gelo: A lâmpada e o interruptor. ˙ Quando a lâmpada está apagada, o que acontece quando alguém aperta este interruptor aqui embaixo? A lâmpada imediatamente mostra toda a sua força, ela acende lá em cima. E, então todos os que estão na sala se beneficiam com a luz. Peça a algumas crianças acenderem a lâmpada e a outra para apagá-la. ˙ A Bíblia diz que tudo que ligamos na Terra terá sido ligado no céu (Mateus 16:19) ˙ Isto significa que quando oramos, o poder de Deus é visto, assim como a lâmpada foi acesa. E alguém será beneficiado com este poder, e também toda a sua família. ˙ A oração é que nos liga a Deus e libera Seu poder para mudar o coração das pessoas. Deus quer que oremos pelos nossos amigos. Princípio bíblico: Deus quer que oremos pelos nossos amigos Mostrar para as crianças que a oração é muito importante, a vida de outras pessoas depende da sua oração e leva-los a orar. Texto: “...jejuai e orai! Eu e minhas servas faremos o mesmo, depois irei falar com o rei...” (Éster 4:16) Comentário do texto: ˙ Ester era uma rainha muito bonita. Ela morava em um lindo palácio junto com o seu marido, o rei Assuero. ˙ Um dia Éster descobriu que havia um plano para acabar completamente com o seu povo, os judeus. ˙ A única maneira de salva-los, era se Ester pedisse ajuda para o rei. Mas, ela não podia ir á presença do rei sem ele chamá-la. ˙ Ester sabia que se ela fizesse isso ale poderia até mesmo morrer, pois seria uma desobediência ás ordens do rei. Mas, mesmo assim ela decidiu ir até a sua presença para salvar o seus amigos. ˙ Antes de ir, Ester orou e jejuou por três dias e pediu a Deus que salvasse o seu povo. ˙ Deus ouviu a oração de Ester. Ester falou com o rei e todo o seu povo foi salvo. Aplicação: ⋅ Deus quer que nós oremos pelos nossos amigos que ainda não receberam a Jesus no seu coração, porque Ele quer salva-los. ⋅ Se nós não por eles, eles irão para o inferno e nunca mais poderão sair de lá. Se Ester não orasse e pedisse a Deus pelos seus amigos, eles também teriam morrido. ⋅ È muito importante saber como se deve orar. Por isso, guarde bem essas duas coisas: Primeiro: ore de acordo com a vontade de Deus. ⋅ Qual á à vontade de Deus? À vontade de Deus é que todos sejam salvos. Isso está escrito na Sua Palavra. (1 Tm. 2:4) ⋅ Então, você pode orar pelos seus amigos, porque é à vontade de Deus salva-los. Segundo: Ore mais de uma vez.

Deus ouve a sua oração na primeira vez que ora, mas, o diabo tenta impedir as pessoas de conhecerem a Deus; por isso, é importante orar várias vezes. ⋅ Ester orou durante três dias, certamente ela orou mais de uma vez, por isso o seu povo foi salvo da morte. Compartilhar: ⋅ Você já orou por algum amigo seu? (A oração é muito importante. Quando nós oramos, Deus nos ouve e nos atende. Deus toca no coração das pessoas por quem nós oramos). ⋅ Alguém por quem você orou já se converteu? ⋅ Levar as crianças a lembrar de algum amigo, e a orara por ele. Ajude-as a orar. Atividades: ⋅ Crianças menores – Pintar Pedrinho orando (Cole no Caderno de Atividades) ⋅ Crianças Maiores – Cada criança deve escrever um a oração e pregar na cabeceira da cama para orar todos os dias, ate a próxima reunião. ⋅ Utilize a “ Agendinha de Célula ”: De dois em dois, peça para ligarem (ou visitarem) o companheiro e perguntarem se já fizeram sua oração naquele dia (Também podem orar um com o outro pelo telefone). Momento da comunhão: ⋅ Lembrar as crianças que muitas vezes nós deixamos de comer para orar, assim como a rainha Ester fez. Isso é jejum! ⋅ Avise que vocês também vão jejuar pela noite dos visitantes, para que eles sejam salvos. Quando chegar o dia você (o líder) vai avisar como será o jejum. ⋅ Agradeça pelo lanche.

LIÇÃO 9 FALANDO DO AMOR DE DEUS

Passos do dia: Quebra-gelo: ˙ Brincadeira: cabra-cega. ˙ Escolha 3 crianças e amarre uma venda em seus olhos. ˙ Diga-lhes para fazerem de conta que estão com muita fome e que tem uma coisa muito boa para se comer, escondidas em algum lugar na sala. Elas precisam encontrar, com os olhos vendados. ˙ As outras crianças precisam estar em silencio enquanto os 3 famintos procuram o tesouro escondido. ˙ Enquanto isso, o líder deve dizer: assim era nossa vida antes de conhecermos a Jesus. Vivíamos nas trevas. Precisávamos de Jesus, mas nos O procurávamos em lugares errados. ˙ Mas Deus nos ama tanto que nos deu Seu filho Jesus. Jesus morreu por nos enquanto ainda estávamos nas trevas, pois foi Ele quem nos tirou das trevas e nos trouxe para a Sua luz. (tire as vendas dos olhos das crianças). (mostre para elas onde estava o alimento-deve estar embrulhado como um presente-bolacha recheada, ou chocolate, ou bolo ou doce... – diga-lhes que no final da reunião vamos poder compartilhar juntos deste presente.) Princípio bíblico: “Deus quer que falemos do Seu amor para as pessoas.” As crianças também podem e devem falar de Jesus. Mostrar como falar de Jesus aos amigos. Texto: “Então Filipe explicou a passagem da Escritura, anunciou-lhe Jesus...e o Eunuco respondeu: creio que Jesus é o Filho de Deus.” Atos 8:26 Comentário do texto: ˙ Filipe era um dos discípulos de Jesus. Ele gostava de falar de Jesus para as pessoas. ˙ Uma vez, Filipe encontrou um homem que estava viajando para sua terra, Filipe aproveitou e falou de Jesus para aquele homem. ˙ Aquele homem creu nas suas palavras e disse que queria receber a Jesus em sua vida. Filipe orou com ele e o batizou ali mesmo pelo caminho, onde havia água. ˙ O homem seguiu para a sua terra, salvo e feliz. Aplicação: ⋅ Parece tão simples falar de Jesus, não é mesmo? ⋅ Mas realmente é, basta falar com fé. ⋅ Mas, o que você deve falar? PRIMEIRO: ⋅ FALE O QUE A BIBLÍA DIZ: Deus ama a todos, por isso, Ele enviou Jesus para nos salvar. ⋅ Só Jesus pode salvar as pessoas do inferno, por isso elas precisam crer nele e receber a Jesus em seu coração. ⋅ A Bíblia é a verdade e tudo que ela diz é a verdade. ⋅ SEGUNDO: ⋅ FALE DA SUA EXPERIÊNCIA COM JESUS, por exemplo: diga como você recebeu a Jesus na sua vida, como Jesus te ajuda nos momentos difíceis e como é bom viver com Jesus, pois Ele te faz uma criança feliz, e, alem disso, você tem certeza que é salvo e vai para o céu. ⋅ Não perca oportunidades, fale do amor de Jesus para seus amigos. Compartilhar: ⋅ Quem já falou de Jesus para outra pessoa? ⋅ O que você falou? ⋅ A pessoa creu em Jesus? ⋅ Você orou com ela? ⋅ Você acha que se a pessoa não receber a Jesus na primeira vez que você falar com ela, isso é sinal de que é melhor desistir? Atividades: Crianças menores de 5 anos – Pintar Pedrinho, colar aneizinhos de macarrão no cabelo dele. (cole no caderno de atividades) Brinque de caça ao tesouro (uma caixa de chocolate) – coloque as pistas antes de começar a reunião. ⋅ PISTA 1: Sei que Jesus me ama. (dica para Pista 2 – vá para um lugar onde podemos sentar) ⋅ PISTA 2: Sei que Jesus ouve minha oração. (dica para pista 3...) ⋅ PISTA 3: Sei que Ele quis se encontrar comigo. (dica para pista 4 – O tesouro está...)

PISTA 4: Jesus é o meu maior tesouro (cole no tesouro) – Divida o tesouro, a criança o encontrou primeiro tem o direito de escolher os bombons que mais gostar. Divida o restante entre as crianças. Momento da comunhão: ⋅ Lembre as crianças que um bom momento para falar de Jesus aos seus amigos é quando estiverem comendo juntos. ⋅ Faça um treino com eles. Peça para eles praticarem uns com os outros. ⋅ Depois sirva o lanche.

Passos do dia: Quebra-gelo: Brincadeira: “Passe o Bastão”: Utilize algum objeto para ser o bastão. Sentados no chão, a brincadeira deve começar com o professor, mas todos devem responder à pergunta: Em que lugar podemos falar de Jesus para um amigo? (na escola, no parque...) O professor responde e passa o bastão para a criança do lado responder e assim o bastão vai passando até que alguém erre (deve pagar uma prenda e sair: falar um versículo, dar um abraço em alguém, dar um beijo no papai, cantar, fazer uma mímica para que descubram...) Princípio bíblico: Deus quer mostrar o Seu amor através de você. Aprender a aproveitar as oportunidades de estar com os amigos, para expressar o amor de deus por eles. Texto: “Amarás ao teu próximo como a você mesmo”.Lucas 10:25-37 Comentário do texto: ˙ Jesus contou está historia para ensinar como podemos demonstrar amor. O homem que foi assaltado não era ninguém importante, mas Deus o amava assim mesmo, por isso aqueles homens que passaram por ele deveriam ter ajudado pois, aqueles homens diziam que amavam a Deus e que conheciam a Sua palavra. ˙ Só que aqueles homens demonstraram que eles só falavam que amavam a Deus e ao próximo da boca pra fora, mas, na verdade eles não demonstravam amor nenhum. O homem que ajudou o homem ferido, era um samaritano, um povo que vivia em Samária, ele não conhecia tão bem a Palavra de Deus como os outros, mas ele realmente tinha um coração cheio de amor, por isso, ele ajudou o ferido. ˙ Jesus perguntou: qual deles fez a coisa certa? O que vocês acham? Aplicação: ⋅ O homem que demonstrou amor ao próximo foi certamente o samaritano que ajudou o homem ferido. ⋅ Sabe, é muito importante orar pelos seus amigos e também falar de Jesus para eles. Mas, se você não demonstrar amor, de nada vai adiantar. ⋅ Sebe por quê? A Bíblia diz que Deus nos ama, mas até mesmo Deus teve de provar o Seu amor por nós. E Ele fez isso, enviando Jesus para morrer em nosso lugar. ⋅ Por isso, você também precisa demonstrar o quanto você ama a Deus. ⋅ E você faz isso obedecendo a Sua Palavra. A Palavra de Deus diz que você deve amar o seu próximo. Podemos demonstrar amor com gestos de amor. 1. Quando aquele samaritano ajudou o ferido, ele estava demonstrando amor. 2. Quando Jesus morreu na cruz, ele estava nos dizendo o quanto ele nos amava. 3. Você também pode expressar o amor de Deus as pessoas que ainda não conhecem a Jesus. Como você pode fazer isso? ⋅ Ajudando os seus amigos quando estiverem em dificuldades. Sabe às vezes você ora, fala de Jesus para seus amigos mas, mesmo assim eles não entendem. Mas quando você age como Jesus, fica mais fácil de entender. Uma pequena história: ⋅ Certa vez um garoto que amava muito Jesus tentou falar do amor de Deus a um amigo seu que estava com problemas. Mas, esse amigo não entendia o que lê falava sobre Deus amá-lo. O

LIÇÃO 10 EXPRESSANDO O AMOR DE DEUS

garoto crente então, descobriu que seu amigo estava triste porque estava com problemas, ele tinha uma dívida com outros garotos e não tinha como pagar. Então o garoto pegou todas as suas economias e pagou a dívida para seu amigo. Depois ele disse que Jesus havia pago uma dívida muito maior pôr ele, a dívida dos seus pecados, porque Ele o amava. Ai sim, o seu amigo pode entender o grande amor de Jesus por ele. Aproveite as oportunidades e expresse o amor de Deus! Compartilhar: ALGUEM AQUI JÁ TE PAGOU UMA DIVIDA QUE NÃO ERA SUA? ⋅ Jesus pagou uma dívida que não era Dele. Ele escolheu ir para a cruz no seu lugar. Ele fez isso por amor! VOCE TERIA CORAGEM DE FAZER UMA COISA DIFICIL, SÓ PARA AJUDAR UM AMIGO? ⋅ Você pode precisar fazer coisas difíceis para demonstrar amor. Mas, você pode fazer coisas simples, como por exemplo: brincar com aquele coleguinha que ninguém gosta de brincar, dividir o seu lanche com um colega que esqueceu ou que não tem dinheiro para comprar, deixar seu amiguinho brincar com os seus brinquedos quando ele for na sua casa. ALGUEM JÁ FEZ ISSO ALGUMA VEZ? ⋅ Precisamos aprender a amar e não apenas falar que amamos. Há muitas maneiras de demonstrar amor. ⋅ Expresse amor uns pelos outros assim como Jesus expressou por vocês. Atividades: ⋅ Líder: Monte uma atividade desta lição: “Na casa do Zeca... Na casa do Beto” e conte a historia para eles. Então, peça para cada criança montar a sua própria historia. Momento da comunhão: Sirva uns aos outros em amor! Peça as crianças para servirem umas as outras (com ordem), e diga: “Essa é uma expressão de amor por você!” LIÇÃO 11 A NOITE DOS VISITANTES Passos do dia: “VENHA COMO VOCÊ ESTÁ” Receber os visitantes. Peça para as crianças que levaram visitantes, apresentem, falando os seus nomes para as outras crianças. Dê as boas vindas às crianças que visitam. Diga que estão tão alegres com a presença delas, que vocês irão cantar uma musica para recebe-las. Quebra-gelo: Combine com uma das crianças para que vá ao banheiro, antes do inicio da reunião e suje sua camiseta, com um pouco de pasta de dente. Quando ela entrar na sala, diga: Nossa como sua camiseta está suja!! (a criança responde) Mas deixa eu ficar assim mesmo, por favor! Sujo assim! O que vocês acham, crianças, ele pode ficar aqui com a gente? (deixe que respondam) Líder: Sente aqui com a gente. Você é mais importante do que suas roupas. Cântico: Escolha um cântico que fale de amor e que as crianças possam cantar uns para os outros. Cante para as crianças que estão visitando. Princípio bíblico: Deus aceita você como você é. Levar as crianças a se sentirem aceitas por Deus e a entregarem as suas vidas a Ele. Texto: “Filho de Davi, tem compaixão de mim!” – Marcos 10:46-52. Comentário do texto: ˙ Muitas pessoas que sofriam de todo tipo de doenças e problemas, foram até Jesus pedir ajuda. Jesus sempre os ajudava e os curava. ˙ Uma dessa pessoa era um cego, que ficava sentado na entrada de uma cidade. Este cego era como um mendigo hoje. E, quando ele percebeu que Jesus passava por ali, não se importo com o que os outros iriam pensar, gritou bem alto pedindo para Jesus cura-lo, e Ele o curou. Aplicação: 1.Jesus nos ajuda quanto temos problemas: ⋅ Jesus disse para irmos até ele quando tivermos problemas, isso significa que devemos ir como estamos.

Algumas pessoas pensam que não precisam de Deus e que podem resolver seus problemas sozinhos, mas porque ficar sozinho se nós temos Jesus que pode ajudar? ⋅ Se aquele cego não pedisse para Jesus o curar, Jesus teria ido embora e aquele homem continuaria cego para o resto de sua vida. Mas porque ele pediu e não teve vergonha de ir até Jesus, ele foi curado. ⋅ Jesus não apenas resolve os seus problemas, Ele muda você. 2.Todo tem um problema chamado: Pecado! ⋅ Mesmo que você não esteja passando por nenhum problema, a Bíblia diz que todos precisam ter um encontro com Jesus, porque todos pecaram e o pecado afasta as pessoas de Deus. As crianças também têm esse problema e precisam de Jesus para resolve-lo. ⋅ Jesus é o único que pode resolver o problema do pecado e dar o perdão. ⋅ Só assim você pode ter Deus em sua vida e ser salvo para sempre. ⋅ Ser salvo é o mesmo que ter Jesus morando no seu coração, isso não significa que nunca mais você terá problemas, mas quando você tiver algum, Jesus estará com você para te ajudar, você nunca mais vai estar sozinho. Testemunho: ⋅ O líder pode primeiro compartilhar algo que aconteceu em sua própria vida, que o deixou tão envergonhado, que naquela época ele não teve coragem de contar pra ninguém. ⋅ Depois a criança que vai testemunhar deve contar alguma coisa que também o impedia de ir até Jesus e como Jesus o ajudou. ⋅ Então pergunte para as crianças: Algum dia aconteceu algo parecido com você? Algo que te deixou triste e envergonhado e você pensou que Deus nunca poderia te perdoar? Apelo: ⋅ Jesus quer ajudar você! Ele esta aqui agora, você pode recebe-lo no seu coração se você quiser. ⋅ “Venha como você está” não importa o que você tenha feito, ou como você está se sentindo. Não tenha vergonha, Jesus ama você e Ele te aceita como você é. ⋅ Você gostaria de fazer uma oração e pedir para Ele perdoar os seus pecados e entrar na sua vida? ⋅ OBS: O LIDER TEM LIBERDADE PARA FAZER O APELO DIFERENTE SE ACHAR NECESSARIO. O importante é que fique claro e que as crianças sejam tocadas. ⋅ Faça a oração de entrega junto com todas as crianças. Depois pergunte quem fez essa oração pela primeira vez, e convide para ir à frente. Pergunte se ela fez a oração de todo o coração e se realmente ela entregou o seu coração a Jesus. (é importante que fique claro para a criança o que significa essa entrega). Ore novamente com estas crianças e peça as crianças da célula para orar junto e no final abraça-las. ⋅ Anote os nomes, endereços e telefones, para visitas. Atividades: Desafio: “ As coisas antigas já passaram. Como elas estão hoje?!” Líder: desenhe antes, o contorno de um corpo humano em uma cartolina. Na reunião, mostre o contorno do com os cartões colados. Diga que esta era nossa vida antes de conhecer a Jesus: sujos com o pecado. Nos fomos a Jesus do jeito que estávamos, e pedimos que ele tirasse o nosso pecado e viesse morar em nosso coração, e Ele fez isso! Hoje nós podemos vencer estes pecados: A Palavra de deus é que nos ajuda a VENCER. Seu desafio é descobrir qual é o versículo que vence cada um destes pecados e colar por cima. TODAS AS IDADES – descubra os SETE erros e pinte (cole no caderno de atividades). Momento da comunhão: Leve um lanche especial neste dia. As crianças da célula devem servir os visitantes primeiro. No final de uma lembrancinha para os visitantes com o tema “Jesus aceita como você é”. Convide-os para voltarem e fazer da célula a sua nova família.

Lição 12 Revisão 1. Nós já falamos de: Ajudar uns aos outros

De orar pelos nossos amigos De falar de Jesus para aqueles que ainda não o conhecem E também de expressar o amor de Deus. Tudo isso é muito importante, e não pense que é difícil. Na verdade quando temos Jesus em nós, é Ele quem faz tudo por nós. Apenas precisamos deixar o seu amor encher o nosso coração. Assim, sra fácil ajudar, orar, falar e expressar o seu amor. Apenas deixe as pessoas verem Jesus através de você. 2. Uma pequena história: Elisa, uma garota alegre disse para sua mãe: mãe, eu te amo! E saiu correndo para brincar. Não parou para arrumar o seu quarto, que a mãe havia lhe pedido para fazer. Lucas, deu um beijo a sua mãe e disse: eu te amo!. Depois foi jogar vídeo game e esqueceu-se de guardar os seus brinquedos que estavam espalhados pela casa toda. Carine, disse a sua mãe: eu te amo, mamãe! Então ajudou a sua mãe a guardar a louça da cozinha nos armários, e ainda ajudou a olhar o seu irmãozinho pequeno rindo e brincando, enquanto a mãe fazia a comida. Qual dos três você acha que amava mais a mãe? É sem duvida aquela que ajudou mais. É tão fácil dizer: “eu te amo”. Mas o que nós fazemos é que demonstra realmente o quanto nós amamos. 3. Escolha alguns jogos das atividades das lições passadas.

LIÇÃO 13 O CAMINHO PARA DEUS É LIVRE

Passos do dia: Quebra-gelo: Não importa a idade Comece dizendo: todos podem tocar em Deus! O líder deve dizer seu nome e sua idade. A criança do lado do líder deve dizer seu nome e sua idade e o nome e a idade do líder, e assim, sucessivamente. Assim, todos falarão o seu nome e a sua idade e o nome e a idade da criança ao seu lado. Finalize com o líder, e depois todos repetirão novamente: todos podem tocar em Deus! Princípio bíblico: Todos podem tocar em Deus. Levar as crianças a desejarem e terem um relacionamento com Deus. Texto: “Deixe vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus”. Marcos 10:13-16. Comentário do texto: ˙ Muitas pessoas queriam ficar perto de Jesus, tocá-lo e ouví-lo de perto. Até mesmo as crianças. Jesus percebia as crianças perto dele e quando Ele falava, falava para as crianças também. ˙ Mas, certa vez, um grupo de crianças queria tocar em Jesus para serem abençoadas por ele. Mas os discípulos acharam que aquilo não era importante e não deixaram as crianças chegarem perto de Jesus. Ele viu isso e deu a maior bronca nos discípulos, dizendo que eles deveriam deixar as crianças chegarem perto dele, pois ele também queria toca-las. ˙ Jesus considerava a presença das crianças muito importante, afinal, ele veio para dar vida a todos independente de idade. Jesus então, ensinou uma lição para os discípulos. Aplicação: A lição que Jesus ensinou para os discípulos serve para nós hoje. Mas, o que será que Ele ensinou de tão importante? 1°) o caminho para Jesus é livre. ⋅ Isso quer dizer que todos, até mesmo as crianças podem falar e tocar em Jesus. ⋅ A maneira que nós falamos hoje com Ele é através da oração. Quando nós oramos Ele nos responde a oração. ⋅ Nós também podemos toca-lo, quando nós tocamos em Jesus, nós sentimos alguma coisa diferente dentro de nós, às vezes é uma paz enorme, às vezes é alegria ou então amor por Ele e pelas pessoas, e às vezes até choramos porque ficamos sem palavras. ⋅ A verdade é que Ele está presente quando falamos com Ele, porque Jesus é real e nada nem ninguém pode impedir você de ter um encontro com Ele, basta você querer de todo o seu coração. ⋅ Se você já tem Jesus morando no seu coração, você pode curti a companhia dele o tempo todo com você. Isso é muito bom! 2°) Jesus sempre tem tempo para as crianças. ⋅ A qualquer hora e lugar você pode falar com Jesus. Ele sempre irá ouvi-lo. Ele não está ocupado. ⋅ Assim como aquelas crianças foram recebidas por Jesus, ele recebe você com muito amor. Jesus tem tempo para você; e você, tem tempo pra Ele? ⋅ Muitas vezes você fica fazendo tantas coisas, acorda da manha toma café, vai para a escola, depois brinca com os colegas, assiste televisão, e acaba o dia e você nem se lembrou de falar com Jesus. ⋅ Afinal, Jesus é ou não o seu melhor amigo? ⋅ Bem, se não é, Ele pode se tornar, mas, se Ele é, então curte a companhia dele. Pois, Ele tem o maior prazer de gastar tempo com você. Marque um horário todos os dias para você falar com Ele a sós, assim vocês vão se conhecer melhor a cada dia. Compartilhar: ⋅ O caminho para Deus é livre! O que isso quer dizer? ⋅ Você acha que Deus tem tempo de responder à oração de uma criança? ⋅ Será que Deus fala com uma criança como Ele fala com um adulto? ⋅ Você já sentiu Deus tocando em você alguma vez? ⋅ Se você pudesse chegar perto de Jesus, como aquelas crianças, o que você falaria para ele? Atividades: ⋅ Escreva uma carta para Jesus, dizendo o que está no seu coração. ⋅ Depois peça para as crianças fecharem os olhos, enquanto cada um lê sua carta em voz alta, como se fosse uma oração.

⋅ Cole a carta no caderno de atividades. ⋅ Crianças menores: colorir Jesus com as crianças. Momento da comunhão: Vamos festejar o caminho livre pra Deus.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->