Você está na página 1de 24

MISSÃO CARISMÁTICA INTERNACIONAL

Publicado pelo Ministério de Casais

Calle 22c # 31-01


2 69 36 03

Elaborado por José Maria e Clara Villanueva

Diagramação Victor Ramirez

Santafé de Bogotá DC Colômbia

Ano 2000
TEMA 1
A PROSPERIDADE DE DEUS PARA O CASAL
___________________________________________________________________________

A. META
Que o casal compreenda a bênção financeira que o Senhor tem dado ao seu lar.

B. INDICADORES
• Que o casal entenda o princípio de autoridade na área financeira.
• Que o casal desenvolva a criatividade em suas finanças.
• Que o casal conheça o princípio da companhia em sua bênção financeira.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
Gn. 1:26-28
Gn. 2:15,19,20
Gn. 2:21-24
Gn. 2:25

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
Lembre
- “Sua atitude e motivação despertarão o interesse dos alunos”.

D.1 Autoridade: Princípio de prosperidade Gn. 1:26-28.


• Criou-nos a Sua imagem.
• Criou tudo para que dominássemos.
• Criou tudo em abundância.

D.2 Criatividade Gn. 2:15,19-20


• Mente para tomar decisões (Nomes dos animais)
• Idéias para fazer negócios honestos

D.3 Companhia Gn. 2:21-24


• Desfrutá-la
• Ter boas relações
• Amor e intimidade
• Sentimentos aceitos Gn 2:25
• Aceitar-nos como somos, como filhos de Deus.
• Lares divididos por contendas, zelos, invejas, infidelidade, vícios, amargura,
falta de perdão.
• Filhos rebeldes. Pais negligentes.
• Se esta situação não mudar haverá maldição.
• A decisão que os pais tomam determina o destino da nação.
• Deus quer que os pais voltem-se para os filhos, e logo promete que os filhos
voltar-se-ão para os pais.

E. CONCLUSÃO
O casal deve compreender este princípio para aplicá-lo em suas finanças o qual
representará uma bênção nesta área.

F. AVALIAÇÃO
• Avalie os conceitos mediante um questionário.
• Anote em seu caderno os 3 princípios que Deus dá a um casal na área
financeira.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Salmo 112
Metodologia: Palestra. Exercícios em equipe

H. TAREFA
Faça uma lista de como tem conduzido suas finanças e como Deus lhe tem
motivado a levá-las.
TEMA 2
APRENDENDO A RESOLVER AS IRRITAÇÕES DO CASAL

A. META
Que cada casal possa compreender a melhor maneira de levar sua relação de casal
em harmonia.

B. INDICADORES.
• Que o casal entenda as diferentes causas que lhe trazem irritação.
• Que o casal personalize sua responsabilidade nos conflitos.
• Que o casal entenda a obra do Espírito Santo para remover essas irritações.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO:
2 Tm. 3:1-5

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
• Incidentes que exasperam, provocam, irritam, enfadam.
• No matrimônio é onde mais se apresentam.
• Unidade de duas personalidades, antecedentes, perspectivas, estilos de vida
diferentes. Há necessidade de coordenar esforços, planos e decisões.

O que reforça as rusgas?


• Hábitos pessoais: pasta de dente, asseio pessoal.
• Gostos distintos: compras, móveis
• Hábitos sociais: chistes de mau gosto, falar muito.
• Administração da casa. Asseio, não lavar.

Épocas de maior irritabilidade


• Cansaço
• Aborrecimento
• Fome
• Depressão
• Enfermidade
• Jejum
• Mudanças hormonais

D.2 Atitude para vencer as irritações


• Pacificador Romanos 12:18
• Submissão Efésios 5:21
• Doçura Romanos 12:21
• Santidade (no pecado)
• Amor 1 Cor. 13:7-8
• Mansidão Salmo 62:5

C. CONCLUSÃO
O casal compreendeu que as causadoras são situações sem relevância e que há
uma solução quando se gera outro tipo de atitude espiritual na relação do casal.

D. AVALIAÇÃO
Avalie os conceitos mediante um questionário.

E. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: O estudo do caráter de Cristo dará um modelo sobre como agir nas
relações interpessoais.

F. METODOLOGIA
Recomenda-se o uso da metodologia de palestras com auxílio audiovisual. Deve-se
dar participação aos alunos na investigação bíblica.

G. TAREFA
Fazer um estudo do caráter que cada cônjuge tem e que áreas deve sujeitar ao
Espírito para obter a mudança.
TEMA 3
TRÊS FUNDAMENTOS PARA CONSTRUIR NOSSA CASA

A. META
Que cada aluno conheça princípios bíblicos que o ajudem a formar um lar.

B. INDICADORES
• Que cada casal compreenda e aplique a sabedoria em suas relações conjugais.
• Que cada casal exercite a prudência em seu convívio conjugal diário.
• Que cada casal tenha conhecimentos sólidos para a formação de um lar.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO:
Provérbios 24:3-4

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA.

D.1 Sabedoria
• Edificará a casa (Forte) Vr.5
• Temor a Deus Pv 1:7
• Livra-nos dos maus caminhos
Homens: Pv. 5 e 6:20-35
Mulheres: Pv 11:22; 12:4; 14:1

D.2 Prudência
Firmará a casa
Obediência à Palavra. Pv. 3:1-12 3e 3:21-32; Mt. 7:24; 25:1 (Enchimento do
Espírito Santo).

D.3 Ciência (Conhecimento)


Encherá a casa
Conhecimento da vontade de Deus. Vr.5 e Cl. 1:9-14

E. CONCLUSÃO
O casal compreendeu as estruturas bíblicas que contribuem para que tenha uma
relação de lar frutífero, curado e abençoado.

F. AVALIAÇÃO
Pode ser realizada pedindo-se ao casal um trabalho onde se faça o paralelo dos
fundamentos com os quais construíram sua relação e como a farão agora em
Cristo.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Livro de Provérbios cap. 8 e 9
Estudo da vida de Salomão
Metodológica
O método de palestra pode ser utilizado combinando com perguntas e respostas.
H. TAREFA
Fazer uma maquete simples no modelo de uma casa sobre estes três fundamentos
TEMA 4
A VANTAGEM DE SER DOIS

A. META
Que cada casal reconheça o valor que Deus lhes oferece no matrimônio e o porquê
de sua união.

B. INDICADORES
• Que cada casal valorize o apoio que são um para o outro na área secular.
• Que cada casal compreenda a função de animar e levantar o cônjuge em suas
fraquezas.
• Que cada casal valorize sua intimidade.
• Que cada casal entenda a bênção de serem dois para a guerra espiritual no lar.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
Eclesiastes 4:9-12

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
• Não permitir que o inimigo os divida e separe. Hoje mais do que nunca é
importante estarem unidos.

D.1 Vantagens de serem dois:


• Ver.9 – Melhor paga de seu trabalho, apoio, conselho, visão, menos carga
individual no manejo das finanças.
• Ver 10 – Um levantará o outro, na debilidade fortalecem-se um ao outro. Nos
momentos de depressão ou desânimo haverá motivação de um para com o outro.
• Ver 11 – Um aquecerá o outro na intimidade. Fidelidade absoluta.
• Ver.12 – Para prevalecer; resistir ao inimigo (Cordão de três dobras) se os dois
estão de acordo em algo, Deus responde.
E.CONCLUSÃO
O casal compreenderá quais são funções específicas em que um supre o outro e que
ao serem aplicadas em sua relação trarão bênção e amor profundo ao matrimônio.

F. AVALIAÇÃO
Os alunos podem investigar sobre casos, nos quais demonstre-se na Bíblia o apoio
que foram um para o outro, o homem e a mulher.

G.RECOMENDAÇÕES

Metodológicas
É recomendável a combinação entre perguntas e respostas e palestras. Além disso
fazer uso de recursos como listas de coisas pelas quais valoriza seu cônjuge.

G. TAREFA
Nesta semana o casal deverá colocar como meta mudar suas atitudes (cada um
deve identificar quais) com relação à valorização de seu cônjuge.
TEMA 6
PROCESSO NECESSÁRIO PARA CONSTRUIR UM ALTAR

A. META
Cada casal deve se envolver no processo que lhe assegurará uma vida conjugal
forte, equilibrada e estabelecida.

B. INDICADORES
• Que cada casal aperfeiçoe seu estilo de vida.
• Que cada casal afirme-se em sua vida espiritual para conquistar todas as áreas.
• Que cada casal se fortaleça no Senhor, em Seu amor e bênção.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
1Pe. 5:10-11

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
D.1 Aperfeiçoe Mt. 5:44-48 Primeiros passos
Ef. 4:12-13 Depender dos ministérios

D. 2 Afirme Hb. 13:1-9 Amor fraternal- hospitalidade


Leito sem mácula – sem avareza
Com graça
Pv. 16:12 Justiça
Is. 35:3 Os joelhos TREMENTES
Salmo 86:11 – Caminhar na verdade (Bíblia)
Com temor de Deus

D.3 Fortaleça Ecl. 7:19 Sabedoria


Is. 35:3 Mãos FRACAS
Zc. 10:12 Para caminhar em Seu nome.
Ef. 3:16 Fortaleza no homem interior.
Col. 1:11 Paciência e longanimidade

D.4 Estabelecimento (Fundar) Is. 54:11-17 Deus terminará Sua obra (Casa)
quando O servimos(V.17)
Mt. 7:25 Suas casas não cairão
1 Cor. 2:1-7 Vem o poder de Deus
Conhecemos os mistérios de Deus.

E. CONCLUSÃO
O casal compreendeu que é necessário construir um lar através de um processo
eficaz, o qual o Senhor coloca à sua disposição para que seja desenvolvido em cada
vida.

F. AVALIAÇÃO
A avaliação pode ser realizada no final por meio de um questionário que envolva os
quatro indicadores propostos.
G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Evangelho de Mateus 7:24

Metodológicas: É bom combinar os métodos de perguntas/ repostas e palestras


onde é ampliada a participação dos alunos. Utilizar também boas ilustrações.

H.TAREFA
Qualifique de 1 a 5 estes aspectos de seu lar.
Respeito _______
Oração ________
Fortaleza ______
Equilíbrio ______
Paciência ______
TEMA 7

CASAIS SENDO OBEDIENTES AO AMOR

A. META
Que cada casal conheça o verdadeiro amor que devem expressar em sua relação e
que alterará seu estilo de relacionamento.

B. INDICADORES
Que cada casal compreenda que o amor é um mandamento dado por Deus.
Que cada casal compreenda o que significa o amor.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
João 15:12-14

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
1 É um mandamento
A condição para cumpri-lo – Conhecer a Jesus e como Ele nos ama.

2 O amor é dar a vida


Entrega total
Fidelidade
Respeito
Até à morte (Para sempre)
Provérbios 10:12 (Morrer para o eu)
O ódio gera desavença, mas o amor cobrirá multidão de pecados.
Para amarmos devemos guardar a Palavra. João 14;23
Precisamos que Deus faça morada em nós e em nosso lar. Provérbios 15:17.
Não permitir que o amor esfrie
Mateus 24:12 “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará”.
Apocalipse 2:4 “Tenho, porém, contra ti que deixaste o
teu primeiro amor”.

E. CONCLUSÃO
O casal compreende que o amor de Deus é que deve ser vivido em sua relação, por
que é um amor incondicional.

F. AVALIAÇÃO
A avaliação dos conceitos será através de um questionário.
G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Ler 1 aos Coríntios 16
Metodológicas: Palestras
Bibliográficas: O Amor que não se Apaga.

H. TAREFA
Faça uma avaliação de sua relação como casal e avalie se no amor há compreensão
até hoje.
TEMA 8
CONSAGREMOS NOSSOS HINOS AO SENHOR

A.META
Que cada casal possa entregar seus filhos, emocional e espiritualmente ao Senhor
para que estes recebam as bênçãos de Deus.

B.INDICADORES
• Que cada casal reivindique as promessas bíblicas com respeito à sua
descendência.
• Que para cada casal sejam revelados os planos que Deus tem para seus filhos.
• Que cada casal entenda as condições que deve levar a cabo para que se
cumpram e se dêem esses benefícios.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
Lc. 1:5-25

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
A preocupação com os filhos é que se apartem, que não O conheçam, que não
sirvam ao Senhor.

D.1 Promessas do Senhor


• Teremos gozo e alegria, Não tristeza V.14
• Regozijamo-nos do novo nascimento. V.14

D.2 Planos de Deus com nossos filhos


• Serão grandes diante de Deus V.15
• Nenhum vício (bebidas, drogas).
• Serão cheios do Espírito Santo (Separados) Jr: 1
• Serão instrumentos (Servos de Deus) V.15
• Serão usados para restaurar lares V.17 (chamado de Elias)
• Ajudarão a outros filhos voltarem-se para Deus.
• Preparam uma nova nação para o Senhor.

D.3 Condições para que se cumpra.


• Exercer o sacerdócio (homens). Não delegá-lo V.5
• Ser justo diante de Deus, não dos homem
• Ser irrepreensível.
• Ser obediente à Palavra.
• Não parar de orar até ver a resposta. V.13
• Não permitir o medo porque criam-se laços sobre eles.
• Não duvidar das promessas. V.20

D. CONCLUSÃO
O casal compreendeu que seus filhos têm todo o respaldo e a promessa do
Senhor para serem homens e mulheres de sucesso, somente devem entregá-los
ao Senhor para que Ele opere.

E. AVALIAÇÃO
Enfatize em cada uma das divisões da aula a avaliação dos indicadores. Reafirme a
característica principal.

F. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Estudar a vida do sacerdote Eli.

Metodológicas: Introdução com perguntas e respostas para conhecer o estado do


curso e desta forma guiar a palestra.

H. TAREFA
Cada um dos casais deve fazer uma biografia de cada um de seus filhos, analisando
os aspectos tratados.
TEMA 10
A ORAÇÃO QUE TRANSFORMA OS LARES

A. META
Que cada casal desenvolva um espírito de oração em suas vidas para transformar
seu lar.

B. INDICADORES
• Que o casal conheça a atitude correta ao orar.
• Que o casal entenda que somente no nome de Jesus as orações são efetivas.
• Que o casal entenda que o perdão é prioritário em uma vida de oração.
• Que o casal entenda a importância da guerra espiritual.

C.FUNDAMENTO BÍBLICO

Tg. 1:2 e 6, 12

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
Lembre
• Sua atitude e motivação despertarão o interesse de seus alunos.

D.1 Uma atitude correta para com Deus.


D.2 No Nome de Jesus
• Jo. 14:12-14
• Jo. 15:16
• Jo. 16:23-24
• Pela obra de Jesus na cruz por nós. 1Jo. 3:8
Receber o perdão.
D.3 No perdão(Unção)do Espírito Santo.
Atos 1:8 Receberemos poder (autoridade)
Atos 10:38 Jesus foi exemplo
Intercede por nós Rm. 8:26
Reivindicando as promessas Jo 14:26

D.4 Em guerra contra o inimigo (Ofensivo)


Jr. 1:4-10
Mg. 4:9,10,13 Não somente chorando??????
Is 41:8-16 Trilhando

E. CONCLUSÃO
O casal deve desenvolver uma vida de oração excelente e eficaz que dará frutos
espirituais e materiais em sua relação conjugal e com seus filhos.

F. AVALIAÇÃO
A avaliação será realizada com um exercício prático de petições que queiram
colocar em oração e a resposta que o Senhor dá a estas. Lembre que aqui é preciso
um espírito de fé para trazer o poder de Deus em suas orações.
G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Oração de Daniel, oração de Neemias
Metodologia: Palestra
Bibliográficas: Oração chave do avivamento
Capítulo oração em família.

H. TAREFA
Investigue na Bíblia como o Senhor Jesus Cristo ensinou Seus discípulos a orar e
faça uma lista dos aspectos mais relevantes.
TEMA 11
A NECESSIDADE DO ESPÍRITO SANTO EM NOSSO
LAR
A. META
Que cada casal conheça a importância do Espírito Santo em sua relação conjugal.

B. INDICADORES

• Que cada casal entenda que o amor, a harmonia, e a cura são frutos do Espírito
• Que cada casal desfrute do perdão, fidelidade e ternura através do enchimento
do Espírito.
• Que cada casal conheça que a sabedoria, a unidade e a vida de oração vem
através do Espírito.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
Gálatas 5:16-26
Zacarias 4:6

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
Lembre
• “Sua atitude e motivação são evidenciadas pelo interesse de seus alunos”.
Gálatas 5:16-26
Zacarias 4:6
A primeira coisa que o Espírito Santo quer fazer é por ordem em nosso lar. Gn. 1:2
O que deve por em ordem?

D.1 Amor = Revivê-lo 1Cor. 13


Gl. 5:6 a fé opera pelo ouvir

Harmonia = Paz seja nesta casa


Santidade = Redargüe o pecado

D2 Perdão = Libertação do pecado


2Co. 3:17 Há liberdade
Fidelidade = a Deus, ao cônjuge
Ternura- Doçura- Romantismo

D3 Sabedoria = Saber falar, saber calar Jr. 12:12


Unidade = Estar de acordo = Planos
Metas
Educar filhos
Finanças
Investimentos
Oração = Interceder- Ajuda-nos nas fraquezas. Rm. 8:26
Que devemos fazer/
Pedir-Lhe. Lucas 11:11-13
E. CONCLUSAO
O casal compreenderá que seu lar somente será transformado pela presença do
Espírito Santo. Encontrará um novo modelo de lar com o fruto do Espírito.

F. AVALIAÇÃO
Avalie os conceitos mediante um questionário.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas – Livro de Atos.
Bibliográficas: Temperamentos controlados pelo Espírito (Tim La Haye)
Metodológicas. É bom combinar os métodos de perguntas e respostas com
palestras, onde se amplia a participação dos alunos.

I. TAREFA
Fazer uma lista das atitudes que devem ser mudadas para colocar o fruto do
Espírito.

=
TEMA 7

CASAIS SENDO OBEDIENTES AO AMOR

A. META
Que cada casal conheça o verdadeiro amor que devem expressar em sua relação e
que alterará seu estilo de relacionamento.

B. INDICADORES
Que cada casal compreenda que o amor é um mandamento dado por Deus.
Que cada casal compreenda o que significa o amor.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
João 15:12-14

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
1 É um mandamento
A condição para cumpri-lo – Conhecer a Jesus e como Ele nos ama.

2 O amor é dar a vida


Entrega total
Fidelidade
Respeito
Até à morte (Para sempre)
Provérbios 10:12 (Morrer para o eu)
O ódio gera desavença, mas o amor cobrirá multidão de pecados.
Para amarmos devemos guardar a Palavra. João 14;23
Precisamos que Deus faça morada em nós e em nosso lar. Provérbios 15:17.
Não permitir que o amor esfrie
Mateus 24:12 “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará”.
Apocalipse 2:4 “Tenho, porém, contra ti que deixaste o
teu primeiro amor”.

E. CONCLUSÃO
O casal compreende que o amor de Deus é que deve ser vivido em sua relação, por
que é um amor incondicional.

F. AVALIAÇÃO
A avaliação dos conceitos será através de um questionário.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Ler 1 aos Coríntios 16
Metodológicas: Palestras
Bibliográficas: O Amor que não se Apaga.

H. TAREFA
Faça uma avaliação de sua relação como casal e avalie se no amor há compreensão
até hoje.
TEMA 5

PROCEDIMENTO NECESSÁRIO PARA CONSTRUIR UM LAR

A. META
Cada casal deve envolver-se no processo que lhe assegurará uma vida conjugal forte,
equilibrada e estabelecida.

B. INDICADORES
Que cada casal aperfeiçoe seu estilo de vida.
Que cada casal afirme-se em sua vida espiritual para conquistar todas as áreas.
Que cada casal se fortaleça no Senhor, em Seu amor e bênção.

C. FUNDAMENTO BÍBLICO
1 Pedro 5:10-11

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
1 Aperfeiçoe Mateus 5:44-48 Primeiros passos
Efésios 4:12-13 Depender dos ministérios.

2 Afirme Hebreus 13:1-9 Amor fraternal – hospitalidade


Leito sem mácula – sem avareza
Com graça
Provérbios 16:12 Justiça
Isaías 35:3 – Os joelhos trementes
Salmos 86:11 – Caminhar na verdade (Bíblia)
- Com temor de Deus

D.3 Fortaleza Eclesiastes 7:19 Sabedoria


Isaías 35:3 Mãos mudadas
Zacarias 10:12 Para caminhar em Seu nome.
Efésios 3:16 Fortaleza no homem interior.
Colossenses 1:11 Paciência, longanimidade

4 Estabeleça (Fundar) Isaías 54:11-17 Deus terminará Sua obra (Casa) quando O
servimos (V.17)
Mateus 7:25 As casas não cairão.
1 Coríntios 2:1-7 Vem o poder de Deus
Conhecemos os mistérios de Deus.
E. CONCLUSÃO
O casal compreende que é necessário construir um lar através de um processo eficaz,
o qual o Senhor coloca à sua disposição para que seja desenvolvido em cada vida.

F. AVALIAÇÃO

A avaliação pode ser realizada no final, através de um questionário que envolva os


quatro indicadores propostos.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Evangelho de Mateus 7:24

Metodológicas: É interessante combinar os métodos de perguntas, respostas e


palestras, onde amplia-se a participação dos alunos. Utilizar também boas
ilustrações.

H. TAREFA
Qualifique de 1 a 5 estes aspectos de seu lar.
Respeito
Oração
Fortaleza
Equilíbrio
Paciência
TEMA 9

A NECESSIDADE DO ESPÍRITO SANTO EM NOSSO LAR

A. META
Que cada casal conheça a importância do Espírito Santo em ser relacionamento
conjugal.

B. INDICADORES
Que cada casal entenda que o amor, a harmonia e a santidade são fruto do Espírito.
Que cada casal desfrute do perdão, fidelidade e ternura através do enchimento do
Espírito.
Que cada casal conheça que a sabedoria, a unidade e a vida de oração vêm através
do Espírito.

C. FUNDAMENTOS BÍBLICOS
Gálatas 5:16-26
Zacarias 4:6

D. DESENVOLVIMENTO DO TEMA
Lembre
“Sua atitude e motivação é que despertarão o interesse de seus alunos”
Gálatas 5:16-26
Zacarias 4:6

A primeira coisa que o Espírito Santo quer fazer é colocar ordem em nosso lar.
Gênesis 1:2
O que deve pôr em ordem?

1 Amor = Revivê-lo 1Coríntios 13


Gálatas 5:6 a fé vem pelo ouvir
Harmonia = Paz seja nesta casa
Santidade = Redargüir ao pecado

2 Perdão = Libertação do pecado


2Coríntios 3:17 Há liberdade
Fidelidade = Com Deus e com o cônjuge.
Ternura – Doçura – Romantismo

3 Sabedoria = Saber falar, saber calar Jeremias 12:12


Unidade = Estar de acordo = Planos
Metas
Educar os filhos
Finanças
Investimentos
Oração = Interceder = Ajuda-nos nas fraquezas - Romanos 8;26
O que devemos fazer?
Pedi-Lo Lucas 11:11-13

E. CONCLUSÃO
O casal compreenderá que seu lar somente será transformado pela presença do
Espírito Santo. Encontrará um novo modelo de lar com o fruto do Espírito.

F. AVALIAÇÃO

Avalie os conceitos mediante um questionário.

G. RECOMENDAÇÕES
Bíblicas: Livro de Atos
Bibliográficas: Temperamentos Controlados pelo Espírito (Tim La Haye).
Metodológicas: É bom combinar os métodos de perguntas, respostas e palestras,
onde se amplia a participação dos alunos.

H. TAREFA
Fazer uma lista de atitudes que devem ser mudadas para colocar o fruto do Espírito.