P. 1
Versos

Versos

|Views: 267|Likes:
Publicado porAna De Jesus Santos
Versos feitos por mim e para mim. Pessoas a quem fiz versos e pessoas que fizeram versos para mim. Publico com muito carinho
Versos feitos por mim e para mim. Pessoas a quem fiz versos e pessoas que fizeram versos para mim. Publico com muito carinho

More info:

Published by: Ana De Jesus Santos on Feb 12, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/10/2012

pdf

text

original

Sections

1

PREFÁCIO Essas poucas e pequenas poesias foram escritas ao longo de minha vida, cada uma com um significado diferente. Pois revelam toda a minha experiência de vida, o meu sofrimento, meus sonhos, minhas ansiedades e minhas alegrias. Quando resolvi publicar este livrinho com minhas poesias, foi para dedicar às pessoas que foram importantes para mim e que de uma maneira ou de outra, deixaram marcas fortes, cicatrizes e saudades. Se chorei ou se sorri, eu sei que emoções eu vivi. Vivi o suficiente que hoje sou feliz, porque sei que não vivi em vão e não passei pela vida sem deixar marcas. Passei na certeza que eu tenho recordações marcantes, e que também deixei recordações fortes e bonitas nas pessoas que conviveram comigo e principalmente as que eu estou homenageando que foram amigos e um único amor de toda a minha vida que apesar de não ter casado com ele, mas nunca o esqueci e venho através dos meus versos e prosas, publicar para que eu possa compartilhá-los para que não sejam somente meus, mas também seus, deles e nossos. Agradeço aos meus amigos, agradeço aos meus filhos: Carla Cristina, Paula e Leandro, agradeço as minhas netinhas: Nise e Thaís e agradeço também aos meus pais, meus irmãos, sobrinhos e cunhado, que me apoiaram, ampararam e também me ensinaram a viver, a sorrir, a chorar, a sofrer, e, principalmente a amar. Deixo o meu abraço afetuoso e os meus beijos de saudades eternas.

MEU PRIMO De faces coradas Cabelos escuros, olhinhos pretinhos e brilhantes De traços tão puros, Nos lábios bailando Nos sonhos que tenho De dia após dia, no peito mantenho Que nunca se afasta de Meu coração Doce esperança redime meus erros, Alegra meu ser, traduz outros dias De paz e bonança, períodos felizes Fazem-me antevir, João tão meigo O primo querido Que sempre imagino Que um dia terei Envolve minh’alma, Povoa-me a vida, É o sonho mais belo De quantos sonhei. MEUS OLHOS Meus olhos são verdes como a esperança Que não perco de tê-lo um dia Dia após dia ele cresce e te alcança Ficam a florir como uma vistosa roseira Meus olhos às vezes ficam parados, Confusos e revoltados como o mar Transmitindo vivos raios difusos Quando desejo com você, me deleitar Eles ficam fixos no infinito ao te alcançar E surgem as lágrimas que revelam O quanto te amo, e que tudo fica mais belo Quando apenas os nossos olhos falam... 3

Meus olhos são verdes, são teus São lindos, ficam cinza a te desejar Quando uma história Conta nos ouvidos meus São ainda mais, duas ilhas acesas Esperando te encontrar! MEU SOFRIMENTO Meu sofrimento Noite e dia É tão grande Que até virou mania Mania de achar Que vou ser feliz Mania de pensar Que achei minha raiz Sem egoísmo que o ser emana Raiz da esperança Da dignidade humana Raiz da paz e bonança E com esse sofrimento Vou morrer Porque fico a todo o momento Pensando num jeito de te esquecer AMOR EM VERSO Ainda sinto o teu corpo ardente Daquele beijo dado com amor De loucura somente Que ainda guardo com grande dor Quem me dera estar em teus braços Nesse minuto de minha vida Quem me dera seguir teus passos Cada hora vivida Aceite, este verso que eu fiz Hoje que tenho o coração triste Porque partiste 4

Mas fazendo versos eu sou feliz Quando o tempo branquear teus cabelos Tu lembrarás de quem os fez E nas lembranças revivê-los Que a vida não desfez Se com Deus eu me encontrar Então chorarás com grande dor Mas se para o céu olhar Verás todas as estrelas em flor Pois serão versos de amor Que ainda te dou! ALEGRIA Quisera poder estar alguns anos atrás Para podermos recomeçar Uma vez mais Toda a minha alegria de viver Toda a minha felicidade Que a coisa mais linda, É ter você. AMOR INESQUECÍVEL Um brilho traduz no meu caminho Um som bonito com os olhos do meu amor Nessa minha vida tão cheia de espinho A me seduzir com ardor Sonho que sugo o teu mel Que mora na flor do meu coração Mas, que destino cruel Pois o que sempre habita é a solidão Às vezes te vejo a me sorrir A me querer como uma folha vadia E de repente te vejo sumir Na noite clara e esguia Ah! Que saudades da pele Do cheiro do teu corpo De coisa mais que morena Toca sino, toca mil esperanças Para eu me sentir pequena 5

Querendo proteção de sua asa serena Meu amor é um clarão Quero chuva para apagar A dor do meu coração Para amanhã eu poder estar Na floresta livre como um camaleão Passa rio, passa a vida dentro de mim, Só não passa essa paixão a me ferir sempre, enfim ... Como os raios de um trovão. SONHOS Quisera que eu pudesse cuidar dos seus olhinhos cansados E de tudo que mais belo aí reside Quisera que você pudesse me embalar No som desta fantasia, banhado com seu calor Sentir seu corpo sobre o meu a me desnudar Quisera que eu pudesse dizer: te amo baixinho ao seu ouvido E guardar só para nós dois estas palavras Palavras, que transformam em poesia Os sentimentos que moram em minh’alma Quisera que eu pudesse transformar as imagens Que povoam meus sonhos – em realidade Quisera que eu pudesse te abraçar a cada instante A cada minuto, a cada segundo do seu dia Sonhos e mais sonhos que engrandecem Minha vida de alegria e vitalidade Ainda me sinto sua menina, Pois embora eu seja tão mulher Menina-mulher, talvez tão pequenina 6

Diante de sua maturidade jovial Saber, ainda que virtual Sou tão amada. E sonho do meu jeito Que você me ama, que me possui com paixão Sem nenhuma sombra de ilusão. São sonhos e nada mais Suas mãos são para me tocar Quando você chegar Porque você foi feito sob medida pra mim Que privilégio, deixar você me amar... Você é assim um sonho pra mim... ANSEIOS Ontem, sonhei que estava à tarde num bar, E saboreava um bebia doce quente! A chuva caia tão fina sem cessar E arrastava uma saudade do teu abraço envolvente! Acendia um cigarro apesar de não fumar E via você passar em todos os carros na cidade Era tão engraçado! Ti fazia um aceno ligeiro Você não via, mas, sentia teu perfume Pagava a conta do bar E ainda ouvia ao fundo o som rústico de um violão Um solo de uma música do grupo malícia enchia o ar Sentia que um calor envolvia meu coração Na música embalada que dizia: deixa eu te amar? Entrava numa cabine telefônica e ti ligava O toque insistente de ocupado me deixava abandonada Quando desligava o telefone e me virava Você me dizia palavras de amor, de uma forma apressada Não dava tempo de nada Trocávamos beijos e carícias mais loucas O sino de uma igreja batia uma hora Ficávamos momentaneamente perdidos nas suas escadarias Era tudo tão rápido! Tua voz e tua presença Depois sumiam no deserto 7

Entrava na igreja e pedia a Deus pela sua saúde A cidade assim à noite e deserta, parecia mais sábia A chuva teimava em molhar minha solidão! Caminhava sozinha pra casa e dormia tonta de emoção! Acordava com teu olhos repletos de desejos Me agasalhando do frio, beijando meus sonhos! De repente, sorri tão feliz amor! Porque ti recito em versos! Ora! O sonho acabou ... Mas as suas mensagens são reais E agora fico esperando sempre o dia seguinte para ler E tenho a certeza que essa felicidade é bom demais VOU EMBORA PRO PASSADO "Vou-me embora pro passado" Que o passado é bom demais! Tem músicas românticas, rapazes bem vestidos Meninas encantadoras, e muitos festivais.. Vou-me embora pro passado Lá tem tudo que há de bom! Os rapazes usam camisa social As meninas meias finas de banlon Com vestido Tubinho E jeitinho encabulado Flertando bem de fininho. Lá no passado tem corso Lança perfume Rodouro Tem nos clubes carnaval Canções que são verdadeiros tesouros E na praia férias sem igual Domingo na matinê Chupando bala de caramelo Que chamava Frumelo A noite passeando pela praia Com o meu menino moreno e lindo Vou-me embora pro passado Pra não viver sufocada No passado é outro astral Se eu tiver qualquer saudade Escreverei pro presente 8

Que quando eu estiver cansada Deixarei que a vontade invada O pensamento da gente Lá no passado, tem muito mais futuro Porque contigo me encontrei Onde sou tão feliz que jamais te deixarei Vou-me embora pro passado ... ALEGRIA SONHADORA De uma felicidade encantadora Desde o primeiro dia que o vi Foi uma alegria sonhadora O instante que te conheci Você é a luz do meu ser A pureza do meu coração Toda alegria de meu viver A paz de uma canção Você é sol que me dá calor Você é o vento que me faz respirar Você é a luz que me dá amor Você é a vida que me faz sonhar MENINO MORENO Menino é assim que te vejo Meu menino de pele morena Com corpo esculpido de desejo E de aparência serena Você é a luz que emana calor Teus lábios tão afetuosos e ardentes Quando me beijavam transmitiam amor Ainda que me iludindo, os sinto transparentes Meus pensamentos vão além De qualquer imaginação Porque como uma Deusa Por incrível que pareça, você me mantém Quando fecho os olhos e fico a recordar Você me dá a nítida impressão De que ao passado posso voltar 9

É como se eu fosse de novo uma menina Ao teu lado poder desfrutar A mais linda sensação De sentir o volume ardente do seu corpo Sobre o meu tão cheio de emoção Mesmo que você não acredite Esta é a mais pura realidade Espero que você nunca perca o apetite Nesse mundo de instante... e cheio de dor Estou sempre a sua espera, a da felicidade. Meu doce, querido e eterno amor! PRA VOCÊ MEU ETERNO AMOR Hoje andando pelas ruas do bairro procurei ir pela Calçada que tinha sol para esquentar o meu corpo frio Da baixa temperatura que estava na sombra. O sol me aquecia com sua beleza Como se fosse tardes típicas de primavera. Aproveitando esse belo dia Fiquei passeando olhando vitrines pensando o que poderia Escrever pra você, mas nada vinha em minha mente. Foi quando passei pela porta de uma loja E vi um bebedouro de beija-flor Entrei e comprei para que esses bichinhos lindos Venham beber a água adocicada na minha janela E depois de novo invadir a sua porta E te levar um lindo beijo de amor Pra novamente dizer Ai que saudade d”ocê...! Mas queria te escrever mais E fiquei pensando nas palavras que ainda não estavam claras Quando cheguei a casa ainda nada vinha na minha cabeça Então resolvi cuidar do meu quintal que tem lindas plantas E olhando para a minha mini-roseira que dão pétalas vermelhas Cor da paixão, aí tive uma inspiração De perto fitava as rosas e telepaticamente Pedi pra elas que te levassem um recado de amor Elas simplesmente me revelaram Que as rosas não falam Elas exalam o perfume que roubam de ti Então cheirei a rosa delicadamente E fantasticamente a me encantar 10

Senti o seu cheiro de menino moreno curtido da praia Que vinha com a brisa do mar... Depois fui molhar a minha árvore Frondosa que dão lindas flores amarelas Como o sol que vem de você e em uma delas Incrivelmente te vi me piscando com seu sorriso Calmo e de menino levado e maroto. Que se dizia ser meu broto!!! Peguei essa flor em botão E guardei dentro do meu coração. Foi aí percebi Que tinha lindas palavras Pra escrever pra ti. COM TODO MEU CARINHO E hoje sinto que Não estou distante de vc E se prestar bem atenção Perceberá que estou sempre junto a vc Estou dentro do seu coração... Estou sempre no seu pensamento Como está sempre no meu A qualquer hora, em qualquer momento O longe para mim é perto E o meu carinho é todo seu. Portanto, não se preocupe, Pensando que estou ausente... O longe para nós não existe E quando achar que estou distante Abre o teu coração devagarzinho E sentirá dentro dele O meu afeto, o meu amor e o meu carinho...

TUDO QUE VOCÊ É.. Quando era nova desejava aventura Algo que fizesse meu coração bater mais rápido O que eu queria nunca soube de verdade Quando encontrei seu amor, descobri a aventura Quando tocava sua mão, meu coração batia mais rápido 11

Tudo o que queria em todo o mundo Pois você era o beijo prometido da primavera Que fazia com o que o solitário inverno parecesse distante Você era o ofegante silêncio da noite Que tremia ao se aproximar De uma canção de amor Você era o brilho que acende uma estrela As coisas que mais amo, é o que você ainda é Um dia, meus braços felizes te abraçarão E, um dia, conhecerei aquele momento divino Quando tudo o que você é, será meu ainda que por alguns instantes... AS TROVAS As trovas e versos faço cantando Pois levo a vida a sonhar E assim vc vai notando Como é bom poder te amar.... O QUE RESTA DE NÓS DOIS Na praia, nós éramos um casal de namorados que não sabíamos mesmo que éramos felizes Você me olhava tão apaixonado E ao mesmo tempo com tantas duvidas E eu dúvida nenhuma tinha Só certeza que queria ser sua mulher Mas eis que chega o destino cruel E separa esse casal de enamorados Ou o que separou foram as suas incertezas... Havia alegria nos cinemas matines No abraço escondido No beijo roubado E no amor que não se concretizou Porque não era permitido Na rua, havia casais de namorados iguais a nós que não sabiam mesmo que eram felizes E quando descobrimos isso outro dia, Já era tarde demais... E o que resta de nós dois? 12

Um caderno de poesias Lembranças e saudades sem trégua E a certeza em saber Que não vai poder nem pensar sequer Em me fazer sua mulher... ESTRELA Ontem à noite Sentada na varanda Olhei para o céu Vi uma estrela com um brilho diferente Com o meu olhar fixo percebi que ela também Pra mim olhava, me lembrei; Era você sussurrando palavras de amor Ah! fiquei inebriada e Tão encantada com você Enfeitando a minha noite de esplendor. Então conversei e logo pedi para ela Brilhar também em sua janela Para você perceber que eu estava retribuindo Palavras de amor. Ah! E para surpresa minha, estava à pequena estrelinha Derramando raios brilhantes e difusos Sob o seu telhado. Vá correndo sem sentir grande dor Do chão colherás todas as flores Pois são versos de amor que ainda te dou!!! AMOR Belo encanto te amar, Teus caminhos tortuosos; desvendar Deitar teu corpo cansado do dia-a-dia Do trabalho, falar com emoção Sobre as minhas coxas quentes do verão Sabe menino, estou te querendo sincero, Nas noites quentes e frias Espero o teu carinho suave ou histérico Meu corpo é longo mistério, Mas teu ser muitas vezes me espanta de amor, Porque procuras fazer sem grande dor Ah! quero tirar teu cansaço Cansaço que não finda Com o toque das minhas mãos, Embora sendo tão mulher sei que no fundo 13

Reparas o meu jeito forte de menina Sou toda da vida, meu rio sempre foi à rua Por isso estou sempre pronta Para a tua dor nua e crua Pela dor que se abriga no meu peito Sei que tu corres aos teus pequenos Sonhos desbotados de ilusão Trago teu cheiro nas minhas vestes, E também me fazem sentir fulgor Uma mistura de mel com dose de sal Porque não se pode fugir do tiro certeiro da dor, Sou tua mulher que sonha quando tu sonhas, Que beija tua boca quando tu choras nu de calor Vem pra mim. A vida não é tão feia assim: Meu nome é AMOR. COPACABANA Copacabana tão altiva e brejeira Copacabana tão menina e faceira Copacabana que hás de amar a vida inteira Mesmo que só tenhas a sensação de um bacana Mesmo assim tu estás de frente para o mar Mesmo não sabendo o que fazes em Copacabana Só para dizer que sempre hás de amar Copacabana, “A Princesinha do Mar” Copacabana, mesmo que já tenhas 100 anos Tu pareces que nasceste ontem Copacabana, dos bares, dos teus amores, do calçadão Copacabana, que nunca sai do teu coração! MAIS DO QUE AMIGA Você minha amiga, minha irmã Você que sempre esteve comigo Você que me deitou em seu divã Sem jamais negar o seu ouvido A me escutar nas horas difíceis Nas horas de sofrimento E na nossa juventude tão visíveis 14

Que compartilhamos em cada momento Hoje, nós amadurecidas Sentimos saudades e anseios Recordamos algumas alegrias E todos os nossos desejos A vida não foi como nos nossos sonhos Mas nos deu a certeza que os dias vividos Foram sofridos, mas não tão medonhos E que finalmente foram vencidos Agora brindemos ao nosso reencontro Regados com muito carinho e amor Ainda é tempo de procurarmos o encanto Sem tanto sofrimento e dor. Encontramos um jeito só nosso De mostrarmos ao mundo Que a felicidade ainda está a um passo Obrigada por me ajudar, obrigado por tudo. Você minha amiga de fé, minha irmã camarada! Ainda se lembra dessa frase, Que realmente selou nossa amizade?” NÃO EXISTE Não existem lágrimas Quando não nos apaixonamos Não existem dores Quando com o coração não sentimos Não existe o perdão Quando não temos intimidade Não existem tristezas Quando não sentimos a sexualidade Não existem esperanças Quando conhecemos alguém profundamente Não existe felicidade Quando não há sinceridade Mas existe amor Quando nos respeitamos Pois só amor constrói Quando ele é puro e verdadeiro 15

Sem cobrança, sem egoísmo Jamais ele dói MEUS TESOUROS Da minha vida Não posso me queixar Apesar de muito sofrida Consegui Tesouros deixar Não acumulei riquezas materiais Não tive sorte nos meus casamentos Mas acumulei Tesouros reais Meus três filhos, frutos de momentos Momentos gostosos, tão especiais Vocês gerados com amor Razão da minha vida Vocês sem angústia e dor Vocês as coisas mais lindas Que Deus pode me dar Todo o meu encantamento E que nesta folha quero registrar Todo o meu sofrimento Esquecido, e desapareceram No momento Que vocês nasceram Seus nomes quero revelar Para que todos fiquem sabendo Carla, Paula e Leandro Que jamais vou deixar de amar. TÃO DE REPENTE Nas ruas a trabalhar Caminhamos lado a lado Quando percebemos trocamos um olhar Como um casal de namorado Tão logo a noite caiu Cansados fomos beber E na rua aconteceu Um desejo ardente de te querer 16

Foi quando tu surgiste tão de repente Entrando em minha vida como um amor imaginário Ao longe o barulho da rua parecia indiferente Tornando tudo em volta secundário E assim, o amor nasceu e nós nem notamos Que a afeição aos poucos nos prendia E formamos dois ramos - eu e tu E, às horas desfolhamos... Vivendo sonhos verdes aos céus azuis da fantasia Tão simples e tão de repente Este amor nasceu tal como nasce Uma estrela no céu, uma flor de um botão Um beijo em tua boca, um riso em tua face Uma luz no teu olhar, a cantar dentro do coração “E que seja infinito... Enquanto dure” QUANDO PENSO EM VOCÊ Quantas de noites de luar penso em você. Seria maravilhoso se estivesses ao meu lado em uma dessas noites para contarmos as estrelas e que umas delas, falassem que o nosso amor é o mais puro. Como seria bom se nós pudéssemos nos divertir juntos, mas o destino assim não quis. Hoje abro a janela e vejo a chuva que não pára de cair e o vento não pára de soprar, um frio que eu sinto. Quem dera que você estivesse ao meu lado, para poder aquecer-me com seus abraços calorosos e aquele beijo tão gostoso que só você sabe dar. Sou feliz porque o tenho dentro do meu coração, mas hoje estou infeliz por estar longe de você, mas certamente algum dia, se o destino assim o quiser ficaremos juntos para sempre. FELICIDADE Iludida ainda pela minha juventude, com sonhos de achar que o meu Príncipe Encantado ainda iria aparecer, vivia sonhando acordada ou dormindo, nem me lembro mais, com algum homem que me fizesse feliz, que identificasse comigo e me deixasse nas nuvens o tempo inteiro. Então em cada homem que eu conhecia dizia para mim: - Será este o meu companheiro, aquele dos meus sonhos? Vivia cada momento para tentar ser feliz. O tempo se encarregou de me responder, desiludida vi realmente era o que não existia. 17

No entanto, hoje finalmente encontrei a verdade, vi que a felicidade não existe, e sim momentos de amor, momentos de prazer. Porque a felicidade é nada mais do que alguns momentos felizes. É delirar e fazer delirar a pessoa que no momento se pensa que ama. Felicidade foi o carinho que através da boca fez-me arrepiar de emoção, que há muito não sentia, dos beijos tão gostosos que ficarão gravados à eternidade, daquela mão mais atrevida a deslizar meu corpo encontrando partes tão sensuais, das frases tão sonhadas, do desejo tão ardente que me fez renascer, me sentir tão menina, tão namorada e de repente tão mulher. Voltei a ser o que sempre fui, e também alegre e feliz, sem censuras, sem brigas e tudo num ambiente tão gostoso; a música, seu corpo tudo tão envolvente, que finalmente aconteceu, o desejo de ser possuída e amada, e o desejo de possuir e amar por um “Ser de verdade”. Sonhos, quantos sonhos não nego, nesse momento fui tão feliz, muito feliz que tenho medo de acordar, porque finalmente me achei e te encontrei. SONHO Naquela nuvem que vejo aqui no meu quarto, escondida em minha triste solidão. De repente fico imaginando se você nela não está escondido, tentando a qualquer hora fazer-me uma surpresa, dizendo que és real que você veio me fazer feliz como sempre imaginei. Um homem, simples, leal, carinhoso, trabalhador, honesto, com as mesmas qualidades que eu, um homem lindo, um cavalheiro inesgotável de tanta bondade, tão altruísta que os que cercam não conseguem te abalar, um homem justo e calmo que todos hão de reparar. Você desce dessa nuvem num sorriso sem igual, me tira para dançar, aquela música que eu mais gosto a tocar no fundo “A Melodia Encantada”. E nós juntos abraçados, parecemos uma só pessoa, você toca os meus cabelos, e olhando para mim, como quisesse me dizer; que o jeito do meu olhar vadio e sereno esconde as lágrimas, o cisco, às coisas que mais belas residem no meu olhar. Sonhei tanto, que nem vi a nuvem passar. Passou como no meu sonho, como tudo na minha vida passa, só me restando mesmo, sempre ter vontade de sonhar! MEU SOBRINHO Meu sobrinho tão puro Menino tão alegre Menino rebelde Menino tão lindo Você é assim É o sobrinho querido 18

É o meu sobrinho adorado É o meu gorducho corado Com seus olhinhos brilhantes Com seu sorriso sincero Você é mais puro Que a água da fonte Você, é o que há de mais belo MEU PAI Você nasceu num ninho de amor e paz Você viveu com tantos sonhos Você era o meu amigo, meu tudo Você era o sorriso, alegria que a lembrança não desfaz Meu amor, minha vida Que deixou no mundo uma pessoa A sofrer de tanta saudade De você, minha paixão querida Se você estivesse vivo Certamente não estaria sofrendo mais Você não deixaria, eu sei Uma união tão desastrosa ir longe demais Por isso eu peço onde você estiver Olhe pela sua filha Que não agüenta mais sofrer Por uma pessoa que não merece o meu querer Hoje é o “Dia dos Pais” Que falta você me faz Que saudade, que saudade... Meu doce e querido “Pai” NISE Menina bonita, Menina alegre, Menina gorducha, Menina de pele branquinha De olhos amendoados Castanhos brilhantes, castanhos leais De um sorriso sincero e alegre Sorrisos – “Reais”. 19

Quando primeiras palavras sutis você me chamou: - bá ... bá, Depois bó ... bó e finalmente vó ... vovó! São as palavras mais doces que já escutei. Quando você estende suas mãozinhas pedindo colo e carinho para deitar em meu ombro e me fazer denguinho Eu digo: - alcancei o “Paraíso”! Você de nome tão doce, diferente Você de tantas gracinhas... e inteligente Quando me pega as mãos e me conduz Olhando para o teto e dizendo:- a uzzz! É mais um tesouro meu Que essa vida me deu. Você é um sonho encantado que ganhei, O sonho mais belo de tantos que sonhei. Você é minha, só minha Nininha, Você é minha, minha “netinha”!!! TE AMO!!!

THAÍS Menina, linda morena Menina de feições sisudas e atentas Menina com olhos expressivos e brilhantes Menina gorduchinha, de formas perfeitas tão pequeninas Menina de percepções fascinantes Você é mais uma razão do meu viver! Você é mais uma bênção que o Senhor me deu Você é o meu mais novo “Bem” que acumulei Você é mais um tesouro meu! Você também é mais um sonho encantado que ganhei, 20

O segundo sonho mais belo de tantos que sonhei. Você é minha, mais uma Nininha, Você também é minha, minha “netinha”!!! TE AMO!!! MÃE, Hoje é o seu dia de aniversário, Ah! que dia mais feliz, não é mesmo mãe? Oitenta e nove anos de lutas e vitórias. Então escute o que eu tenho para dizer: - Você é uma mulher brilhante, o que você já não sofreu nesta vida, e foi vitoriosa, você além de ter sido um exemplo de mãe, foi esposa e companheira de papai, o que você não passou com ele não é mesmo? - Você que sempre foi incansável, trabalhou e trabalhou, sempre nos mostrando o caminho do bem, da verdade, da luz, do altruísmo e de Deus, que jamais negou ajuda aos seus amigos e nunca desamparou um pobre sequer, sempre rezou para aqueles que se diziam inimigos seus, pois você mesmo nunca os considerou. - Você mulher, de fibra, batalhadora e amante da vida dos seus filhos, netos jamais deixou um filho e neto seus com fome, com frio, com sede, com doença, sempre dando liberdade e compreensão, esse era o seu jeito de mostrar o seu amor por nós, um jeito, aliás, lindo, foi o seu jeito de mostrar o verdadeiro amor, porque não interessaria se vivesse nos enchendo de beijinhos e carinhos, e nos transformasse em pessoas com personalidades distorcidas. - Você que enfrentou várias doenças e sobreviveu a todas elas com orgulho, vaidade e força de vontade. - Você realmente merece viver até os cem, duzentos sei lá! até quando Deus quiser, mas quero que saiba que você não viveu em vão, deixa para nós a maior de todas as heranças, a sua sabedoria, o verdadeiro amor!!! - Perdoe-me, mãe, por não poder estar sempre junto a ti de corpo presente, mas quero que saiba que estás sempre junto no meu coração pois eu te amo, como amo a mim mesma, como amo os meus filhos, como amo as minhas netas, nossa Senhora você não sabe o quanto!!! Perdoe-me se não posso fazer por você o que você merece, pois Deus assim não quis, não tenho dinheiro suficiente para te dar uma velhice tranqüila a altura da grande mulher e mãe que você é. Para finalizar quero te agradecer por tudo que você me deu e fez por mim, quero também te dizer mais, ai que saudade do avental todo sujo de ovo, ai que saudade do tempo que falava com facão na mão, ai que 21

saudade do meu tempo de infância, obrigada por você existir, obrigada por esse nome lindo que você me deu, pois tenho certeza que sou Ana para sempre de Jesus, obrigada por você ter sido minha mãe que eu me orgulho tanto, você é pessoa mais linda que eu já conheci! Te amo, te amo, te amo! ... Que Deus te dê forças o suficiente para que fique entre nós ainda por muito tempo. FELICIDADES!!! Você merece nesta vida mais que ninguém!!! Da sua filha Ana de Jesus Obs: Infelizmente Deus não quis que ela sobrevivesse mais, pois 10 dias depois de seu aniversário veio a falecer. Saudades eternas. HOMENAGEM A MAMÃE Minha mãe da terra que estás no céu Santificado seja o vosso nome junto a Jesus Rogai por nós seus filhos mortais, Que tanto precisamos continuar com nossa cruz. Hoje é o seu dia mais um ano com sua ausência Ah ! minha mãe que falta você me faz. Mas, tenho a certeza que aí do céu Você não nos perdeu de vista E tenhas a certeza também que nunca Te esqueci e sempre oro por ti. Mãe, hoje quero te homenagear neste teu dia Quero que olhes pra o teto da minha moradia Daí onde estás, verás o telhado todo iluminado Pois é o meu coração que te dou Derramando todo o me Amor! Da sua filha que só está esperando o dia Para te encontrar e ficarmos juntas para todo sempre. FELIZ DIAS DAS MÃES!!! Ai que saudades!!! Ai que saudades da minha infância De pular corda, do pique esconde, da amarelinha Da brincadeira de boneca, do pique bandeira Do patins, de andar de bicicleta, da porta da rua aberta à noite inteira 22

Ai que saudades do meus namoradinhos, Do ônibus escolar, do beijo amigo, Do amasso no portão, dos bilhetes com recadinhos, Das festas juninas, dos carnavais, Da jovem guarda, do bom rock roll, Das festas americanas e dos festivais. Dos bailes nos clubes.... Ai que saudades dos meus pais... Ai que saudades das cantigas de roda, Do vizinho solidário Do abraço do amigo, daquele namorado Que ainda manda flores Simples canções falando dos amores Ai que saudades dos morros verdes, Da brisa ao anoitecer, Do orvalho da madrugada e da Linda aurora ao entardecer Recordar – é viver.... O que foi felicidade me mata agora de saudades Velhos tempos, belos dias... Apesar do progresso e dos conceitos atuais O som que hoje escutamos, é realmente de balada, Cruzando as ruas da cidade de balas perdidas, com o som de rá tá tá tá... Morros de casebres de alvenaria, Onde está o verde que morava lá? Vamos minha gente, vamos mudar esta realidade Para que não sintamos mais tanta saudade Vamos viver felizes e sem dor Vamos empregar a palavra que Deus ensinou... O AMOR!!! HOMENAGEM A JESUS Nasceste, oh Jesus amado Nesta noite tão especial Nasceste cheio de luz e bondade Passando pelo mundo pregando caridade 23

Foste exemplo de altruísmo, generosidade Vieste para nos mostrar a dignidade Passaste pelo mundo sem riqueza e com humildade Mas ninguém entendeu a mensagem Que há na cruz Filho dileto do Grandioso Pai, morreu crucificado Quem não te seguires, então como morrerá? Volte logo, oh Senhor e todos os espíritos iluminados Vem dizer tudo de novo Que o amor é importante e só quem ama verdadeiramente Que poderá ser salvo, que poderá ter um espírito evoluído, porque amar é: generosidade, caridade, perdão, compreensão, respeito, dignidade e amizade. Salve, Salve, e obrigada Senhor Pela minha existência e tudo aquilo que me deste Inclusive pelo meu nome: Ana de Jesus

SAUDADE Saudade uma ponte estendida entre o passado e o presente. Lembranças que ficam em nossas mentes que gostaríamos de reviver com tanta intensidade do que foi. Saudade dói, machuca, mas as lembranças fazem com que possamos reviver sendo uma maneira de trazer também felicidade. Saudade dos pais que se foram, dos irmãos ou dos filhos que casaram, de uma época que marcou com alegria, que trouxe moda e que jamais morrerão nos nossos corações mesmo que quando formos dessa vida levaremos tudo que vivemos com intensidade e deixaremos saudades também em que fica a lembrar de nós, portanto, devemos viver com muita alegria e retidão no caminho de Deus para deixarmos um pouco de nós com lembranças boas e ter a certeza que será sempre bom sentirmos saudades, pois afinal - Recordar também é viver! EU SOU ASSIM... Eu sou filha de Oxalá, de Jesus, de Meishu Sama, do vento, da mata Da floresta, de todos os deuses menos daquele deus que me arrasa Sou filha do antagonismo, da utopia, do sim, do não, Dos meus sonhos, da realidade nua e crua, 24

Do ser ou não ser e também dona do meu coração. Alguns tentam com olhos doces me dizer “vem por aqui” Estendendo-me suas mãos seguras de que seria bom Se eu os ouvisse teria nos meus olhos ironia e cansaço E cruzo os braços e “nunca vou por ali”. Sigo minha cabeça e minha maior glória E exatamente essa: “não acompanhar ninguém” Não, não vou por aí! Só vou por onde Me levam meus próprios passos... Se o que busco saber ninguém me responde Por que me repetis: "vem por aqui!"? Prefiro escorregar nos becos lamacentos, Redemoinhar aos ventos, Como farrapos, arrastar os pés sangrentos, A ir por aí... Se vim ao mundo, foi Só pra ser feliz junto com meus semelhantes Fazer desse mundo um Paraíso constante E desenhar meus próprios pés no caminho da vida! Quem sois vós Para me dar impulsos, ferramentas e coragem Para eu derrubar os meus obstáculos?... Se o que corre, nas vossas veias é o sangue velho dos avós, E vós amais somente o que é fácil!? Eu amo o Longe e a Miragem, Amo os abismos, as torrentes, os desertos... Vós tendes estradas, jardins, canteiros, pátria, tetos, E também tendes regras, e tratados, filósofos e sábios... Não que eu não os tenha Mas, tenho mais a minha Loucura! Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura, E sinto espuma, o sangue, e cânticos nos lábios... Deus é meu guia, mais ninguém! Todos tiveram pai, todos tiveram mãe; Mas eu, que nunca principio nem acabo, Nasci do amor que há entre o bem e o mal Ah, que ninguém me dê piedosas intenções, Ninguém me peça definições! Ninguém me diga: "vem por aqui"! 25

A minha vida é um vendaval que se soltou, É uma onda que se levantou, É um átomo a mais que se animou... Não sei por onde vou, Não sei para onde vou Mas, “Sei que não vou por aí!" (Trechos adaptados da música Cântigo Negro – Maria Bethania)

INTRODUÇÃO Na primeira parte do livro foi publicado poesias feitas por mim, que foi dedicado a pessoas que foram importantes para mim durante a vida. Esta segunda parte tem a mesma finalidade, de dedicar à publicação pessoas que escreveram poesias, contos, prosas, músicas e versos para mim. Alguns deixaram registrados em papel e outros deixaram suas palavras marcadas em minha memória, que são palavras parecidas daqueles que escreveram e merecem também todo o meu respeito e minha admiração. Quando resolvi fazer esta pequena, mas sincera homenagem a eles foi porque eu pude perceber que sou privilegiada, por saber que fui amada por pessoas tão especiais, e poucas são as pessoas que mal conseguem ter um amigo e eu tenho tantos. 26

Essas poesias são realmente muito bonitas que valem a pena compartilhar com o público leitor. Também uma maneira que encontrei de transmitir, a pessoas carentes, românticas, desacreditadas, sofredoras etc., que por mais que o sofrimento e a solidão façam parte da vida, é sempre tempo de recomeçar e procurar um novo amor, porque ele realmente existe, e qualquer forma de amar é sempre muito gratificante e importante. No entanto, quero enfatizar os nomes dessas pessoas que fazem e fizeram parte da minha vida. São eles: João Rodrigues (primeiro namorado e eterno amor), Vicente Luis Braga Pereira, Carmelita Castello Branco Freitas e Corrêa (irmã de coração), Célia Regina Borely (amiga e poetisa) e meus filhos Carla Cristina dos Santos de Faria, Paula dos Santos de Faria e Leandro dos Santos Moreira. Por isso venho homenagear a essas pessoas publicando o que eles carinhosamente escreveram para mim em algum momento que com eles convivi e agradecer o carinho dos meus filhos que foram à razão da minha luta pela vida e que também me deram amor e carinho. . SAUDADES Um dia em minha vida tu surgiste Trazendo a luz do céu em teu olhar Sorriu-me a vida, quando tu sorriste, Com teu sorriso apagaste o meu pesar Eu que vivia uma existência triste E tinha os olhos gastos de chorar, Fui feliz até o dia em que partistes E me deixastes para não mais voltar Foi-se contigo todo meu prazer, Ao deixar-me levaste o que trouxeste, Toda minha alegria de viver, Toda a felicidade que me destes, Se eu tinha tão cedo de perder-te, Se tinhas que partir: “Por que vieste?” SOFREDOR Era noite quando chegastes E contigo me veio o amor Que de longe trouxeste 27

Pra me fazer sofredor E agora que partistes E me deixastes na solidão Há uma dor que insiste No fundo do meu coração Dor que me traz saudades Dos longos beijos de amor Gravados a eternidade Desta afeição em flor Que não teve felicidade E me deixou sofredor O VERBO AMAR Te amei era de longe que te olhava E de longe me olhavas vagamente Ah, quanta coisa nesse tempo a gente Sente, que a alma da gente se faz escrava Te amava como inquieto adolescente Tremendo ao te enlaçar... E te enlaçava, Adivinhando esse mistério ardente Do mundo, em cada beijo que te dava Te amo e com o tempo, assim vou conjugando os tempos todos desse amor, enquanto segue a vida, vivendo... E eu, vou te amando Amar-te é o meu destino, a minha lei E é por isto que eu digo, o verbo é um canto Te amei, te amava, te amo e te amarei. (J.G. de Araujo Jorge) PARTIDA Nunca mais te vi, e desde que partiste Penso em ti, Ana, constantemente Nas minhas noites de saudades, só e triste Delirando, sonho que voltaste novamente São tantos dias passados Sem te ver... sem te falar... 28

Dias tão amargurados Não vale a pena contar Tu vens e partes para distante, Deixando aqui sem saber, Alguém que a todo instante Sofre por teu querer E a dor que não cabe nesses versos, Tristezas que foram e serão só minhas, Ninguém as pode perceber decerto, Mas aqui estão nas entrelinhas. MULHER Eu te amo por que me encantas Tu a mais linda das santas A mais santa das mulheres OLHOS Olhos de gato, olhos que animam o meu corpo de festa. Sinto falta da luz verde que transmite reais segredos ao penetrar nos meus como duas bolas de fogo acesas de amor Olhos redondos, calmos, que desenham o percurso que faço na claridade do teu ser. Olhos que mais parecem duas poças paradas, nublados de paixão; a me seduzir com a nitidez de seus encantos. Olhos vadios, serenos, com jeito de sono, eternamente vivos a riscar os meus como um raio preciso e galopante Olhos de bailarino, lindos como os nossos dias; que nunca deixam os meus dançarem vazios. Ah! olhos que me buscam de longe, que me buscam de perto famintos na alegria silenciosa de contemplar a doçura dos meus com a mesma força que os teus és para mim. Olhos experimentados, fixos, que nunca hei deixá-los partir. Olhos que brilham para mim, que cobrem o meu nome de seda. Desejo ser o cisco, as lágrimas, o tudo que de tão belo aí reside, e que me despem assim apaixonados. Espelho emoções ao tê-los tão íntimos e junto dos meus. é como viver um sonho de menino, sonho tão nobre; caminhando pela noite obscura, mas iluminada pela luz eterna que teus olhos me conduz. Olhos de mel, brilhantes como o sol. Olhos meus, olhos tais, olhos criança, olhos... 29

DESVIO Olhos claros de gato bailam no espaço com tal intensidade e brilho, que desvio a possibilidade da fatalidade deste olhar. E o trajeto que este traduz, desnudam caminhos secretos, caminhos que varrem minuciosamente os detalhes desse canto aberto, aceso no céu da boca, nas salivas de quem sempre quis, sonhou ou dormiu molhado na beira do mar; madrugada acesa, marcas reais de pés colados nas areias. Existem ansiedades de olhos fixos e incertos com jeito de menina que chora em busca de um olhar que acolhe toda a nudez de seus sentimentos frágeis, como gaivotas a oscilar no fundo dos seus próprios olhos. Olhos nitidamente implumes que divaga feito cristais finos a tecer continuamente esse estado de só ser. Certos olhos desviam mutuamente a todo instante, no receio de desfazerem como duas bolas de fogo incandescentes, a escorrer esses afagos como disparos precisos em seus desejos mais loucos. Recordo-me da luminosidade desse jeito lindo de olhar-me como quem quer tudo e nada. Então, desvio desse ato na velocidade de um feixe eletrônico, simulando. Ignorar certos ângulos, onde teus olhos agora são como conjuntos de teias sucessivas, suspensas nesses claros dias de alegria, onde me recolho sozinho e gravo os movimentos mais puros. E ao sentir as mudanças nas suas tonalidades que revestem minha face de luz, desvio e só me afundo, me confundo e no fundo me embolo nesse fio calmo, tranqüilo que me arrepia e delira meus traços de ser. Teimo sempre nesse desvio como uma borboleta linda que voa além do teu céu, sem habitar, porém, nenhum corpo, nenhuma casa. Desvio também do cobertor como uma bailarina que salta nua e se aquece nas curvas de um movimento mais profundo. Ah! Desvio de mim. Sei apenas, da arte desse desvio como um menino que acende olhares vadios; só criança. SEGREDOS Teus anseios pairam no ar como teias de aranha suspensas querendo engolir o próximo instante como uma ninfa bela, metade seda, metade fera a sorrir como quem tudo e nada sabe desse jogo mirabolante do viver. Teus segredos caminham somente dentro de ti, rasgando teu íntimo com a potencialidade da tua existência; travas tudo, 30

travas a dor e não trazes contigo nenhuma dor, não ti revelas jamais, nem perante a ti mesma. Pois quando teces a tua vida, tu seguras firme, parece um sonho brado e lá está teu corpo como uma tocha de fogo incendiando a alma, lutando talvez como Calabar. E não há reis nem plebeus que te façam escorrer esses segredos que te silenciam e correm nesses mares através das correntezas. Somente aqueles que fluem nas tuas veias, aparam com as mãos a essência desses segredos, como quem tivesse o fio nobre da arte, escorrendo pelos dedos ao descobrir todos os encantos do teu ser. AMIGA Caminho de rei se traduz neste horizonte, quanta clareza transmite teus dias. Hoje tornei-me, herói, pois você é mais que muro, que luz a iluminar o meu destino. Sigo teu rastro, teu cheiro, tua jovialidade. Escorre claramente do meu corpo uma sensível vibração de tê-la dentro de mim, assim como um amigo, assim como um mito, uma tocha de fogo incessante. Tornei-me gigante, teus passos é uma fonte cristalina que jorra no meu ser. Aprendi a lutar como uma fera incansável, a lutar por esses ideais, ainda que confusos. De repente, a ponte cai, meus passos são interrompidos bruscamente, a mão perde a firmeza, falha. Desalinham-se todas as minhas forças, tropeço nessa mesma madrugada que dantes lhe vira sempre acesa de alegria e prazer. Meu ego se rompe, rasgo a alma e penetro numa obscuridade fatídica. A verdade passa ser uma grande atriz deserta que vaga nos arredores do meu espírito. Um grito agudo e cruel suicida meu ser. Tento desesperadamente dominar o corpo, acreditar que tudo é apenas sonho, histórias de infâncias. Um fio de amargura lava todo meu ser. Meus ombros se curvam, minhas veias gelam, tudo me confunde, penso que estou morta! Não, não foi você que se foi, claro que não! Eu é que fui no seu lugar, que envelheci mais do que minha própria dor. Estamos mortos? Ah! me nego em estar vivo, não sei o que faço da vida. Quem sabe, talvez dê para uma criança brincar ou para matar a fome de um mendigo. Talvez vá me perder nesse mundo de loucos. Olha, espere, eu já estou indo, você está sorrindo? Não, não fale, deixa que eu advinho. Não fale muito, você está doente, também estou. Fica quieta, não vai se amarrotar, depois o sorriso não sai bonito. 31

Agora chega de conversas, preciso beber uma coisa pra poder encontrar com você, é questão de segundos. Olha, estou indo com aquela roupa mais bonita, aquela roupa que você gosta, estou indo ao seu encontro assim como você sempre quis assim brilhante a renascermos juntos e ao encontro de uma galáxia onde a vida é uma mulher linda e infinita. PENSADORA Pedaços de carinhos figuram como figurinhas soltas nas dobras da tua roupa, e soltas iluminam o ar como tua jovialidade acende esses dias claros de verão. Colhes o mais perfeito mel que a abelha traduz na flor. Quanta clareza vejo no teu ser que alinha pequenos pedaços de sonhos que vão se formando feitos quebra-cabeças através dessas estradas ou numa curva de um caminho mais bonito, mais nítido. E teus olhos captam as maravilhas desses impulsos como um corpo claro na febre qualquer de um desatino, ora incendiando corações, ora divagando como uma folha deserta colada no tempo. Sei que saltas em direção a ti no instante em que travas pai, mãe: surge a dor. Certas idéias cobrem teu ego como lençóis brandos e brancos, enquanto tu bailas no espaço como se estivesses sempre suspensa, pelas minhas próprias mãos de poetisa, de poetas a rasgarem de sol tua face, desenhando um tema quase que invisível; aguça e desponta nos dedos, percorrem o teu corpo, como se o mesmo dessa vez estivesse flutuando nesses mares azuis de ilusões. Em cena, no silêncio, o dedo do poeta acusa: SOLIDÃO. Hoje percorres sabiamente um ideal ainda que obscuro, persistindo no momento em que olhas em volta e um longo caminho a espera. Então percorres, e no mesmo não há surpresas, nem aparências cansadas. Talvez ao longo do mesmo um sorriso claro invade, és tu caminhando a buscar a perfeição de ti mesma como uma “Pensadora”, e como pensadora atravessa sua própria história a reviver milhões de emoções num leito profícuo onde a luz torna-se o seio da vida, a razão de um espera menina, acordada pra vida, assim atenta e linda a tecer caminhos de gente que se interpõe como se fossem filósofos crentes que a ti acrescentam os mistérios da vida. Tudo invade, porém nada para ti é segredo. Apenas fatos que se firmam; e daqui, das minhas janelas posso ver e sentir tua passagem triunfal, não igual e no teu íntimo alguma coisa encerra, penetro, afio coração; a experiência em ti escorre como tintas pintando o mundo de amor, de calor. Poucos conhecem tal estrada, poucos, mas muito poucos mesmo brilham como tu. És, uma pomba branca cruzando céus haverá sábios para definirte? SEU CARNAVAL 32

Ah! Chegou o seu carnaval, vai amanhecer na avenida, lutar pela sua escola, adormecer na avenida, sambar até o coração pular para conquistar o primeiro lugar. Lá vem o seu salgueiro de vermelho e branco, coração aperta, sente todo o corpo arrepiar. É casada com o samba; traz na veia uma batida mais forte, uma cadência bonita, gingando e girando na gira. E nesta hora é muita pequena diante de tanta emoção. Lava seu corpo de lágrimas, se benze e entra toda a iluminar e incrementar todo o seu povão com o seu canto, entusiasmo e alegria. Dá tudo de si nesta hora, pensa até que não tem mãe! Ou é a tal Ana de Amsterdã! Fica tonta de emoção quando vê a sua escola “sacudir” todo “veneno” da sua força na avenida. Sai devagarzinho, olhando para trás, parece que deixou um pedaço de si no asfalto nos confetes, nas Colombinas, sai meio “Bamba” de coração na mão a abraçar seus amigos, pedindo a Deus que ilumine suas cabeças “vermelhas e brancas” para que no outro ano possam estar juntos a morrer de prazer de todas as vezes que pisarem na avenida. Sua escola vai subir, subir que nem balão no céu, batucando até quarta-feira de cinzas, virando as noites para então no sábado acordar São Pedro no céu com arte para ele ver que “inferno” que é aqui embaixo. MUSA Admiro esta musa como uma mulher inatingível, que brilha nua em cima de um objeto metálico que ofusca e desaparece, acenando de qualquer estrela, vinda de uma galáxia desconhecida. Não sei bem como ela é, sei apenas que seu visual é algo de outro planeta, que tenho e não tenho nada de concreto. Junto suas formas e vejo algo do seu corpo sobressair com muita intensidade, luz e calor. Minhas veias saltam na busca desse algo surpreendente que invade o meu ser. Tento uma ação rápida, recuo, retorno, talvez uma ação de pegar. Penso que esse algo supera todos os meus objetivos. Ela é minha? Ela é minha... Ah! Assim, dourada cabelos loiros, corpo de sereia, semblante azul, ora parece uma musa invisível ora visível, um ser fascinante, como histórias de ficção. Sonho acordado de ser somente uma célula que compõe esse corpo que vaga estranhamente imantando no universo meu coração. Só eu a vejo e mais ninguém. Meu coração “terreno” soluçando pelas 33

madrugadas espera alguma coisa atuar e de repente uma idéia alucinante: “abro as nuvens” e ela surge do nada, assim bem mulher, dos ventos a remexer todos os meus sonhos com suas formas sinuosas. Olho em volta e um grande detalhe aguça e reflete saindo em forma de flor nesse tempo embriagado de amor; imagino ser o seu parceiro a vagar no infinito a bailar na sua beleza e penetrar nesse algo místico como um herói também inatingível a flutuar neste teu céu, numa febre contínua e atroz a querer-te, beijar-te, mesmo que não tenhas cor, cheiro; há de ter o gosto da lua, de sol e estrelas a cair devagarzinho para mim. Rapto o meu ser e viajo inconscientemente nesse espaço ao encontro do teu ser como um louco ao encontro do falível, de uma esfera a sair do meu habitat como um animal sem origens. PAPO DE AMIZADE Maravilhoso rever-te, te ver assim tão bem. Reproduzir tuas formas de mulher na minha cabeça de menino. Penso que não é minha intenção emocionar-te, mas estou diante de um ser humano incrível a ponto de arrepiar também minhas estruturas. Às vezes penso que alguma coisa divaga, não sei se de repente é um pouco do ser, do teu perfume, ou talvez tuas mãos assim tão expressivas e carinhosas. Momentos lindos reverem-te, pois, meu ser canta, min’alma veleja. Ressalto a imensa alegria de tê-la como minha amiga, assim como uma pessoa que cultivo com doçura e experiência, Agora te desejo mil. Que este novo ninho seja uma alegria, uma mesa posta em claros dias de alegria, de amor, compreensão e paz. Vale a pena recomeçar ainda que tarde, ainda que depois, que dois minutos atrás. Devo aplaudir-te sem sombras de nenhum ressentimento. O que brilha é a vida, e esta é um seio, é um coração palpitante que borbulha e se afoga em emoções todos os dias. Quisera afiar as cordas do teu coração, obter um som, diminuir a dor de querer algo. Mas não posso, posto que qualquer querer é uma chama que não se apaga. Devo dizer que te adoro. No mais amo a tua amizade. Sucesso! E não esqueça: é, e sempre será um eterno milagre rever-te, estar ao seu lado. Do amigo, com imenso carinho. CONSOLO 34

Os sofrimentos são muitos, eu sei. E todo cristão é perseguido somente por ser um servo de Deus. Creio que este coração pequenino não agüenta mais nenhuma injustiça, mas Deus, nosso pai supremo há de vir consolar suas lágrimas e sua alma justa. Você é como aquele passarinho que dorme em meio à tempestade, a ventania, aos trovões e nada em volta te abala, porque este é o sono dos justos de quem coloca a cabecinha no travesseiro e repousa tranqüilo. Sei que andas aflita, casadas: a luta é grande e diante desta, o filho de Deus há de triunfar. E aquele que é de Deus o mal não toca e nem ousa atravessar os teus caminhos. Ó Deus: que mal há de sofrer uma cristã que consegue perdoar seus inimigos? Que Deus te liberte de todas as ações malignas, de todos os espíritos mundanos que estejam interpondo-se na sua vida; porque o teu olho é bom, então Ana, todo teu corpo é luz. Conte comigo, acredite-me, porque apesar de todos os pesares ninguém pode apagar o que o nosso coração sente, contém e guarda no peito. Te gosto muito. Tenha fé que esse mal há de escoar nas profundezas do inferno. No mais, que Deus te dê firmeza, fibra, coragem, paz e amor (mais do que você já os possui). Um ósculo sincero e santo no nome de nosso Senhor Jesus Cristo. VOCÊ Você que vem carregando com carinho e emoção um novo ser dentro de ti, que tem curtido esse novo instante como se fosse também criança, alguma coisa cutuca e mexe com seu coração. Está mais viva do que antes tentando construir um pedacinho de sonho para ver um sorriso em câmara lenta na boca do seu amor. Algumas vezes vem varrendo toda sua vida e percebe o quanto foi e, és MULHER. Pois nessas estradas que percorreu, já viu de tudo, já viu muitos sonhos passeando rentes as suas janelas. Você que decidiu aprender tudo de novo, certa desse passo, recomeça outra vez. Pensa que é um tanto confusa, sentimentos se perdem no tempo, você um quebra-cabeça difícil de montar, precisa de tempo para se apaixonar. No fundo é mera ilusão, pois nada para você é mistério, no 35

entanto embala esse sonho de menina e se vê como tal, só para ver que bicho vai dar. Mas voltando em sua auto-reflexão é muito bom saber e sentir que tem um alguém que te espera para contar do seu dia, que te espera para sentir o calor do teu ventre, para assumir uma condição de amor, respeito à amizade, é muito bom tê-lo perto de ti, sente-se apaixonada. Suspira, pensa que move a si própria, pois precisa de tino para ti conquistar, você é laço apertado querendo o seu quero ou não quero. Você se olha no espelho, repassa todos os seus rascunhos de mulher e vem chorando devagarzinho aguardando um mimo, uma idéia que incremente e penetre no fundo do seu ser para sentir a complexidade da sua pessoa assim terna, carinhosa, sofrida, porém hoje recompensada, pois divide a sua vida com um homem que de repente te conseguiu tirar da sua boca expressões sinceras de profundo amor e amizade. São cinco a brincar nesse circo, a chorar de emoção e se passa a se traduzir ou acrescentar algo mais: no fundo seus atos ti emocionam, somente porque está partindo outra vez, partindo para ser feliz e essa partida não tem fim. PÃO E SOLIDÃO Às vezes, preciso chorar tudo de vez Navegar dentro dos teus olhos A buscar uma notícia que console minha dor! Durante a ausência do meu ex-amor Espero tentar mudar o meu viver abandonado Jurei suavemente contornar outros olhos Entrar na tua vida sem danos, sem dor Sentir os teus momentos e te respeitar sempre! Ultrapassar meus limites para sair do outro lado curado Saber que você existe nas horas de neblina e primavera é tão bom! Bater a tua porta e encontrar teu carinho Alimento meu espírito através do teu amor Paro para te dizer que te gosto mais do que o início Traduzo este instante e filtro teu vazio até te preencher feliz! Imensamente te admiro por tudo que és Sei das tuas qualidades, dos teus defeitos e então, Teço devagar meus sentimentos para que não haja prantos entre nós Aconteço no teu dia-a-dia sem iludir meu coração Devo te mostrar que meu coração só vacila diante de mim 36

Observe às vezes meus sonhos repletos de lágrimas Suavizo minh’alma com o perfume de Cristo. Somente o tempo nos dirá sim ou não! Amor ou amizade! Qualquer privilégio que vem de você me tempera Não chore, tenho milhares de coisas para aprender com você, Tudo que vem de você, é formoso, é paciente e brilhante, Olha, temos um trato e nos temos demais regadas de pão e solidão, Saiba que, haja o que houver, nós sempre nos teremos – Sempre! MÃOS Mãos que afagam meu corpo ... Que labutam no dia-a-dia! Que preparam nossos alimentos com prazer Que seguram com carinho seu filho caçula! Mão que às vezes me acenam um adeus... Que me aquecem, me protegem da dor Que me embelezam e se afinam como os anus! Mãos que me acordam singelas em flor! Mãos tão marcadas pelo tempo, pela vida ... Mãos que oram e tremem amorosas Que dançam sozinhas sobre a luz da lua Que deslizam em mim tão calorosas! Mãos de Deus, mãos de todos os países, Que constroem castelos de pedras Que me alimentam felizes! Que guardam segredos e desventuras Mãos que não ousam afagarem sua própria face Que deslizam na cabeça de todo mundo como mar Que seguram nos meus sonhos minha cintura indecente! Que me impedem de chorar. Mãos tão calmas! Tão atraentes! Tão experientes! Sempre dispostas a trabalhar Mãos de menina, amarrotando meus cabelos contentes, Que passeiam pelo céu a voar. Mãos que me buscaram sempre! Mãos grandiosas, operárias, altivas, tão caridosas! Mãos que curam qualquer coisa, qualquer gente. Mãos preciosas que valorizam as rosas. Mãos de mãe, de mulher, de irmã, de menina! 37

Mãos expressivas cheiram a uvas. Guardas essas linhas falhas pra mim, pra Carla, pra Paula, pra Leandro. Mãos que vadiam nas próprias lágrimas! Mãos pra toda obra, pra toda hora, pra toda arte! Neste instante, aperto as tuas mãos com ternura! E peço a Deus que una as tuas com as deles na eternidade! Como um elo, e pelo prêmio amável de nos doar uma grande lição de vida! SONHO IMPERDÍVEL Tu és forte Tu és um apache Ninguém te fere Ninguém te toca Ninguém te mata Tu tens um sonho imperdível de vencer e vencer. Tu acreditas em ti no teu tempo, na tua hora, no teu olhar e nos teus punhos Tu nasceste da união do fogo, do trabalho e da luz E no ventre de tua mãe, já respiravas do teu jeito só Teus inimigos não te abalam, aprendeste a te defender e a ser a grande vítima Agora planeja um salto mais alto, planejas voar e vencer Teu lado terra de te diz que agora é pra valer Como uma jovem a representar a vida A vida tão imensa e tão vermelha A representar a vida num pequeno palco todo azul E eu ali no meio deste sonho imperdível dançava com você ao som da voz precisa de Maria Bethânia onde ela cantava: “Ninguém revelarei o meu segredo e nem direi quem é o meu amor”. Teu amor espera, o tempo vem Teu amor, não vai embora. Acreditas em ti. Teu amor, o teu vencer é imperdível, é sonhado, é monumental, intelectual e até sensual. És terra, és touro-boi, és forte, és mulher, és rara, És tu, és magna, irreverente, presente, ativa E se eu não vou, não te incomodas Se eu não te quero, não ficas triste Aprendeste a conviver com a tua própria solidão E na tua solidão, fazes mil coisas diferentes. 38

Tua cabeça trabalha melhor Podes sentir teus gestos mais nobres No fim de tudo és uma estrada iluminada, enfeitada de orquídeas lilases viçosas, elegantes como teu ser na busca mais imperdível do ano: VENCER E VENCER. Vencer a tudo e a todos Mostrar para vocês que é a Ana E se de repente te cortam as veias, Amanhã hão de beber o cálice amargo da tua vingança Ah! tu és um pouco vingativa, meu bem! Adoras fazer amor comigo E mais um pouco, rolas na minha cama Beijas a minha boca ou talvez me abandones Atualmente tens seis tesouros imperdíveis Tu, vencer, teus filhos, teu livro, tua solidão e tua mãe. Mas podes ficar apenas com quatro Vencer, teu livro, teus filhos e tua mãe. Mas, não te perturbas e nem choras com a minha decisão porque talvez na última noite de verão hás de me envolver nos teus braços. Depois como num passe de mágica, quem sabe não me deixas voar feliz para os braços do meu país? FILHA DE OXALÁ Você é filha de Oxalá Você é terra em qualquer lugar Não adianta apagarem a mediunidade do teu ser É você que acende a luz para teu Oxalá. E cuida do teu altar com carinho. Ninguém vai secar teus olhos de ódio e miséria. Tua cabeça é teu guia. E teu guia é um homem formoso que atravessa teus caminhos como um cisne branco nesta selva. Tu não desejas mal pra ninguém, apenas olha e olha até filtrares todas as inverdades e maldades que o mundo te revela através de pessoas sem luz a cruzar teu destino na velocidade do raio. Tudo que te pertence e até o que vai te pertencer é seu já está posto e seguro nas tuas mãos. Acredite! Você é filha da justiça, do bem, da paz e só assim anulas todo povo de que tenta tombar inutilmente tua vida. Eles arquitetam, eles planejam, eles incendeiam, mas, tudo não passa de um vento forte e nada mais, porque és GUERREIRA, és branca e galega. “Se não vencer o inimigo, batalha não é batalha, por isso, com Jesus tu vencerás a batalha”. 39

A rosa que levas para teu pai Oxalá é tão altiva! Que já a vejo adornar com graciosidade em alto mar. O que vai de coração o mar não devolve. Quando mergulhares teu corpo nas águas do mar, sairás leve como o coração do teu amor. Leva pai, leva tua angústia, teu sofrer, tua dor e a ilusão de um sentimento forte que domina todo teu ser como mulher. Que teu pai Oxalá proteja teus filhos das mazelas desta vida. Que teu pai abrace tua família e traga nas ondas saúde, harmonia, paz, alegria, felicidade, dinheiro. Ah! que o nosso bom Deus acampe um querubim da guarda nos quatro cantos da tua casa livrando a todos nós de assaltos e dos homens implacáveis! Que teu pai Oxalá te livre da aflição e da perda... Você é o tudo e o nada, você é parte do mistério de Deus. Você é a mão experiente da luxúria e do lixo, o termômetro que invade meus dias claros-escuros. Ninguém nasceu para te prender. Ninguém! Mas, sei que agasalhas no coração de um amor verdadeiramente iluminado. A moça da praia diz que tu andas bonita, alegre e mais feliz. Porque só ela sabe que nadas no fundo do mar em simbiose com os peixes, com as algas e que continuas fiel a jogar segredos de quem ama e é amada. Eu não cheguei por acaso na tua casa. Eu trago comigo na alma a estrela de maior grandeza que perfumará eternamente teus caminhos de puro nardo. E você completará este ciclo com a beleza da tua caridade obediente e sábia. Que Deus te abençoe e te faça feliz sempre! Sempre! ESTRELA GUIA Para o meu desespero você não fumou Fiquei esperando teu beijo molhado de saliva e cigarro nos lábios Não arranquei nenhum som da tua boca, nada vibrou Fingi não me importar com isso, mas ... e os lírios? Ana, eu quero sentir a notícia que o teu corpo transmite Invadir teu íntimo a ponto de me confessares loucuras tais que minha cabeça não esqueça detalhe por detalhe! Ainda te deixo tonta de desejos por telefone, seus ais. Quero te contar coisas que façam teu corpo vibrar, suar de amor Talvez assim não resistirás e mostrarás uma outra mulher que só eu sei que existe dentro deste mar Que mal nadei por medo de me apaixonar Eu vou viajar, não sei bem quando volto Mas quando voltar quero esta ligeiramente exausto 40

e perdido a te procurar num sopro E sem encontrar vou te seduzir por telegrama via Embratel, sei lá! E quando você ouvir minha voz há de sentir o calor do meu coração fiel a desejar segredos da tua boca com paixão, delicadeza e agonia sem dor Batendo sílaba por sílaba numa paz infinita! Não gosto quando foges da direção dos meus olhos Quando intenciono te abraçar você percebe quem somos Então fecho meu mundo e vou delirar Quando acendo teu dia e te cubro o rosto com os meus cabelos Na verdade enxergas um menino agasalhado pelas tuas mãos quentes, suaves, ardentes e tão sós! Minha poesia abriga um sonho tão próximo! Como um rio a correr, uma vida inteira para aprender e prender esse tempo tão formoso! Tão intenso! como a magnitude do teu ser Tomara Deus que você seja parte da minha estrela guia. Exatamente a luz que brilha e combina com a tua alma! Ah! Você é linda! Que todo meu céu te admira! E assim nada dói demais ... FELIZ ANIVERSÁRIO Aniversário é sempre uma data muito importante na vida da gente, pois é através da mesma que fazemos uma reflexão de tudo que realizamos, de todos os erros e acertos. É através também dessa introspecção é que crescemos a cada ano, a cada aniversário. No final das contas são as dúvidas, os anseios e os desejos de tudo que passou e passa vivamente ao longo dos anos. Feliz aniversário, pode até ser uma frase “careta” meio boba, mas muito importante principalmente para quem realmente vive profundamente todos os instantes da vida com afinco e jovialidade. E esse dia significa experiência, vida, prazer, alegria de se estar completando mais um ano, por que não de vitórias. A você os meus mais veementes votos de sinceridade, amor e carinho e um mundo de grandes realizações; posto que nunca é tarde para recomeçar toda uma vida repleta de emoções, como é a sua e sempre será. Pois só quem viveu e vive tão intensamente como você é que percebe a alegria também de ter mais que uma amiga, digamos um tesouro mais valioso do que qualquer coisa que possa engrandecer nosso ego. 41

PAPO DE AMIZADE Maravilhoso falar com você pelo telefone. Reproduzir sua imagem de mulher menina na minha cabeça. Penso que não é minha intenção te emocionar, mas estou falando para um ser humano incrível, a ponto de abalar também minhas estruturas. Às vezes penso que alguma coisa divaga, não sei se de repente é um pouco do ser ou da sua voz ainda tão bonita e carinhosa. Momentos lindos te escrever, meu ser canta, minha’alma veleja. Ressalto a imensa alegria de tê-lo como minha amiga, assim como uma pessoa que cultivo com doçura e experiência. O que brilha dentro de mim é também sua amizade, a vida, pois esta é um seio, é um coração palpitante que borbulha e se afoga em emoções todos os dias. Quisera afiar as cordas do meu coração, obter um som, diminuir a dor de querer te rever, te abraçar, conter as minhas dores etc e tal. Mas não posso, posto que qualquer querer é uma chama que não se apaga. Devo dizer que te adoro e amo ter sua amizade. E não se esqueça é, e sempre será um eterno milagre, te rever, te falar, enfim estar ao lado. Deste amigo, com carinho... CONSELHO Ouça minha amiga O conselho que te dou Não se deixe abater Por este amor que passou A vida não é só Só feita de paixão A vida tem cor Tem flor, tem ilusão Suba num lugar bem alto E veja, lá de cima Quanta gente sofre por amor Muito mais do que você Você precisa sentir Que não é só num sol Que se acha um sorriso A lua e a chuva meu bem Também tem motivo pra rir Trazem felicidade Depois quando a desilusão passar Corra por aí e veja o que é sorrir 42

Numa criança a brincar. AMIGA Você, que nunca me cobrou Que como exemplo de vida Deu-me sua vida Você que nunca me recriminou nos erros Sempre mostrou O caminho certo Você, o ombro sempre amigo Acalentou meu choro No calor da compreensão Você, amiga Magia em extinção Que só eu possuo Você que quando pediu Pediu pra mim mesma Você é a ilusão refeita O sonho que se faz Você é o Anjo da Paz Que me eleva até “Ele”. TRÊS VEZES UMA MULHER Tradução da música Three Times a Lady Graças aos momentos Que você me deu As recordações estão todas na minha mente E agora que chegamos Ao fim do nosso arco íris Há alguma coisa que gostaria de dizer bem alto Você é uma vez, duas vezes, três vezes uma mulher, E eu te amo Sim, você é uma vez, duas vezes, três vezes uma mulher, E eu te amo, eu te amo Você dividiu comigo meus sonhos Minhas alegrias, minhas angústias Você fez minha vida, valer a pena ser vivida E se eu tivesse que viver 43

A minha vida de novo Eu gastaria cada e todos os momentos com você Quando nós estamos juntos Os momentos eu os alimento Com cada batida no meu coração Tocá-la, segurá-la Senti-la, precisar de você Não há nada que possa nos separar Ana, você é maravilhosa! VOCÊ Ana verdadeiro e, portanto, único amor que afinal encontrei Ninbu que me encanta e fascina Ana que me envolve com sua aura divina Você é brejeira, é faceira, é doce, é meiga, é a primeira é única mulher que me fez sentir verdadeiramente homem Você é uma mulher completa, ao par, de um ser humano incrível E a amo profundamente e tudo farei para merecer o seu amor. MÃE Para que chorar por uma pessoa que não te ama? Você sempre disse que nós devemos gostar de quem nos dá valor, e em primeiro lugar gostar mais de si mesmo, não gosto de ver você sofrer assim, a vida mãe nos ensina muitas coisas e não é a primeira vez que está passando por isso, então seja forte como você sempre foi, e dá a volta por cima, pois você tem três filhos que te amam muito e nunca vão te deixar. Qualquer coisa que você precisar pode contar comigo, pois sempre fui sua amiga. Você é bonita, nova, está com saúde tem tudo para encontrar uma pessoa que realmente te dê o valor que merece, ou então vamos cair na folia. Você nunca precisou de ninguém ao seu lado para ser feliz. Mãe, não sei o que escrevo mais para te animar, só sei que eu não gosto de te ver sofrendo assim, principalmente porque és um exemplo de vida para mim, uma supermãe, super-amiga, e principalmente Super-Mulher. 44

Te amo Paula MÃE Palavras doces... Através de você vim ao mundo, pequenina sem defesa: Você me defendia, me alimentava e conseguia até saber através de um choro o que eu queria. Você me entendia... Cresci menina levada, desobediente, mesmo na malcriação: você conseguia saber o que eu queria. Você me entendia... Adolescente, fase da rebeldia, auto-afirmação, que fase difícil! sempre nas nossas conversas, você sabia o que eu queria. Você me entendia... Sempre achei que quando crescesse todo mundo me entenderia. Mas quantas surpresas!!! Que bom que eu tive você! Mãe, filho é a coisa mais importante da vida, realmente é o nosso tesouro, mas fique sabendo que ter tido você e continuar tendo, sempre foi e vai continuar sendo MARAVILHOSO!!! Obrigada por tudo. Te amo Paula Santos

45

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->