Você está na página 1de 12

Secretaria Executiva

Engenharia - SEDUC

MEMORIAL DESCRITIVO

ESPECIFICAÇÕES PARA A EXECUÇÃO DA SUBESTAÇÃO AÉREA DE ATÉ 150 KVA

ÍNDICE

.........................................1 2 – RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA:..........................2 4....................1 ..................................................................................................................................2 4...........................................................................................................................3..............3 ..................................................Instalação de Condutores elétricos.............................9 5...................................................................................................................................2 ...........................................................................2 4.......................................Instalações elétricas e Subestação Aérea................................................................................9 .............................3 ......................................................Considerações gerais...............................................4 4.............3...................4 4.........................1 – OBJETO:..............Observações sobre materiais e equipamentos..............................2 ...........5 ........................Reparos e limpeza geral da obra:............................................4 .....................................3...........................................................................................5 4..............3...................................................................................................4 4......................................................7 4.......1 ......Limpeza Preventiva:..............6 4................4 ....1 4 – PROCEDIMENTOS PARA AS EXECUÇÕES DOS SERVIÇOS:........................................Marcas e modelos adotados para os equipamentos e materiais elétricos................................................................................3.............................................................................................................1 3 – DISPOSIÇÕES GERAIS:.......................0 ............................................Montagem de quadros e caixas........................Normas Técnicas Aplicáveis e Controle.................Montagem dos eletrodutos..................

acabamentos. 2 – RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA: ♦ Recolher ART de projeto e execução de obra junto ao CREA. ♦ Atender todos os itens relativos à segurança do trabalho. impostos. equipamentos e mão de obra necessária à execução de todos os serviços finais. taxas. ♦ Preenchimento do diário de obras padrão.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC 1 – OBJETO: Execução da instalação da subestação aérea de até 150 kVA. Materiais não aprovados pela fiscalização e serviços mal feitos não serão aceitos. ♦ Instalação de canteiro de obras. 3 – DISPOSIÇÕES GERAIS: ♦ O prazo máximo para execução dos serviços é de 29 dias corridos. e tudo mais necessário ao término das obras. ♦ Obedecer todas as normas técnicas relativas a cada serviço. 1 . conforme especificações da NT 002 da COELCE. nos termos do memorial e obedecendo-se ao projeto fornecido. incluindo-se todo o fornecimento de materiais. pisos. interna e externamente. instalações elétricas. bem como as instruções dos fabricantes na aplicação dos materiais. ♦ Limpeza final e completa da obra. ♦ Reparar eventuais danos causados às construções vizinhas decorrentes do desenvolvimento de suas atividades. ♦ Erros por parte da Contratada na execução do serviço são de sua exclusiva responsabilidade. tapumes. desmontagem e limpeza no término dos serviços. ♦ Os serviços serão aceitos se executados com materiais e mão de obra de 1ª categoria. placa de identificação. ♦ Arcar com todos os recolhimentos legais. ♦ Retirada de entulho periódica e no final dos serviços. detalhes deste memorial descritivo e projetos fornecidos pela SEDUC. de conformidade com a Lei. pinturas. obedecendo plenamente às especificações e também as instruções da fiscalização. A obra deverá ser entregue em perfeitas condições de utilização e funcionamento.

− Ensaios de isolamento (tensão aplicada durante 1 minuto. 2 .2 . em cada caso específico. e a critério da FISCALIZAÇÃO: − Testes de qualidade e bom funcionamento do circuito de Aterramento. ou em normas da ABNT e outras pertinentes. devidamente aprovados pela FISCALIZAÇÃO. os seguintes itens. Entende-se por primeira qualidade ou qualidade extra o nível de qualidade mais elevado da linha do material ou equipamento a ser utilizado que satisfizer as especificações da ABNT/INMETRO e demais normas citadas.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC ♦ Qualquer modificação de projetos ou especificações somente com autorização prévia da Fiscalização. − Demais ensaios necessários e solicitados pela FISCALIZAÇÃO. direta e indiretamente relacionadas.Observações sobre materiais e equipamentos Todos os materiais e ou equipamentos fornecidos pela CONTRATADA. as normas editadas pela ABNT e COELCE. As principais normas a serem seguidas serão a NBR 5410(ABNT) e NT 002(COELCE).Normas Técnicas Aplicáveis e Controle Além dos procedimentos técnicos indicados a seguir. A programação dos testes de ensaios deverá abranger no que couber. de maneira a manter o padrão de qualidade previsto para as obras e serviços em questão e de acordo com as normas nacionais vigentes. registrado no Diário de Obras. deverão ser de Primeira Qualidade ou Qualidade Extra. com os materiais e serviços objetos das obras e serviços. 4 – PROCEDIMENTOS PARA AS EXECUÇÕES DOS SERVIÇOS: 4. 60 Hz). Os casos não abordados serão definidos pela FISCALIZAÇÃO.1 . entre outros. 4. que apresentarem defeitos na execução. terão validade contratual para todos os fins de direito. No caso de serviços executados com materiais ou equipamentos fornecidos pela CONTRATADA. estes serão refeitos à custa da mesma e com material ou equipamento às suas expensas. − Outros ensaios e testes citados nos itens a seguir.

no caso de materiais e ou equipamentos equivalentes. − Indicação de marca. mediante amostras apresentadas à FISCALIZAÇÃO antes da aquisição do material e ou equipamento. de acordo com sua natureza. a CONTRATADA. a proposta de substituição. especificações e contrato. só poderá ser feita quando autorizada pela FISCALIZAÇÃO e nos casos previstos no contrato. dos pedidos de substituição. de acordo com o que reza o contrato entre as partes sobre a equivalência. O mesmo procedimento será adotado no caso do material e ou equipamento entregue não corresponder à amostra previamente apresentada. só serão efetuados quando cumpridas as seguintes exigências: − Declaração de que a substituição se fará sem ônus para a CONTRATANTE. nome de fabricante ou tipo comercial. equivalência e atendimento às condições estabelecidas nos projetos. os mesmos deverão ser substituídos pelo novo modelo. por qualquer motivo. Quando houver motivos ponderáveis para a substituição de um material e ou equipamento especificado por outro. − Outros casos não previstos serão resolvidos pela FISCALIZAÇÃO. sem ônus adicional para a CONTRATANTE. de modo a utilizá-las em substituição às peças recomendadas e de dimensões adequadas. que se destinam a definir o tipo e o padrão de qualidade requerido. É vedada a utilização de materiais improvisados ou usados em substituição aos tecnicamente indicados para o fim a que se destinam. − A substituição do material e ou equipamento especificado. O material e ou equipamento. A aprovação será feita por escrito. cobertos ou não. ficando sua guarda sob a responsabilidade da CONTRATADA. seja por corte ou outro processo. Ambos os casos serão definidos pela FISCALIZAÇÃO. por intermédio da FISCALIZAÇÃO. etc. instruindo-a com as razões determinadas do pedido de orçamento comparativo. 3 . for adquirido sem aprovação da FISCALIZAÇÃO deverá. desde que comprovada sua eficiência. por escrito. em tempo hábil. assim como não será tolerado adaptar peças. que. de acordo com as normas da ABNT. tenha saído de fabricação ou encontrarem-se obsoletos. apresentará. Os materiais ou equipamentos deverão ser armazenados em locais apropriados. ser retirado e substituído pela CONTRATADA. dentro de 72 horas. depois de satisfeitas as exigências dos motivos ponderáveis ou aprovada a possibilidade de atendê-las.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Caso o material ou equipamento especificado nos projetos ou memoriais. O estudo e aprovação pela CONTRATANTE.

tais como: braçadeiras. Siemens. e sistemas diversos.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC A FISCALIZAÇÃO deverá ter livre acesso a todos os almoxarifados de materiais. Fortilit. graxa. tês. Reiplas. modelos. etc. serão da linha e da mesma fabricação dos eletrodutos. porcas e arruelas. respectivamente. joelhos. cruzetas. de modo a torná-las completas. Conectores das Hastes Aterramento deverá ser feita com solda isotérmica.1 . material de vedação de roscas. OBSERVAÇÕES: Buchas. adaptadores.3 . Akros.2 . 4. para acompanhar os trabalhos e conferir marcas. Eletrodutos e tubulações em geral embutidas: Tigre. os seguintes materiais: . 4.. arruelas. parafusos.Instalações elétricas e Subestação Aérea 4. sem falhas ou omissões que venham a prejudicar o perfeito funcionamento dos conjuntos.Marcas e modelos adotados para os equipamentos e materiais elétricos • • • • • • Condutores: Pirelli. Serão de fornecimento da CONTRATADA. Scoth 33+ ou similar. Alcoa. curvas.3. validades. Soldas estanho: Best ou similar.3. quer constem ou não nos desenhos referentes a cada um dos serviços. e outros elementos que se completam. Fita isolante: Pirelli P44. Furukawa. etc. equipamentos. braçadeiras e outros acessórios. talco. que possuam certificado INMETRO. caps. niples. ferramentas. Disjuntores norma UL: Siemens ou similar. especificações.Considerações gerais A CONTRATADA deverá montar os equipamentos e materiais necessários às instalações elétricas. Nambei ou similares. chumbadores.Materiais para complementação de tubulações. reduções. etc. arames galvanizados para fiação e guias. Amanco ou similar. 4 .

anilhas. etc. a ser constatado pela FISCALIZAÇÃO na ocasião dos testes.Materiais para complementação de fiação. condutos e equipamentos cuidadosamente instalados em posição firmemente ligados às estruturas de suporte e aos respectivos pertences.. tais como: eletrodo de solda elétrica. Para todos os circuitos deverá haver equilíbrio de fases. A FISCALIZAÇÃO ou seus prepostos poderão inspecionar e verificar qualquer trabalho de construção e montagem. bem como efetuar os testes de isolamento. massas isolantes e de vedação. oxigênio e acetileno. bem como para a execução de ensaios e coleta de informações relacionadas com o serviço. materiais para emendas e derivações. Completadas as instalações deverá a CONTRATADA verificar a continuidade dos circuitos. etc. e que caso não seja verificado deverá ser refeito pela CONTRATADA. folhas de serra. Todas as instalações deverão ser executadas com esmero e bom acabamento com todos os condutores. tais como: conectores.3. fitas isolantes. Todas as provas e os testes de funcionamento dos Circuitos e equipamentos serão feitos na presença da FISCALIZAÇÃO. ponteiros. e deverá ser na presença da FISCALIZAÇÃO. 5 . Todos os equipamentos e materiais danificados durante o manuseio ou montagem. . para os quais deverão ser observadas as normas da ABNT citadas no item NORMAS TÉCNICAS DA ABNT APLICÁVEIS.Materiais para uso geral. a qualquer tempo e.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC . brocas. formando um conjunto mecânico e eletricamente satisfatório e de boa aparência.3 . estopa. etc. de eletrodutos deverão ser feitas com conexões da própria fábrica e de preferência com conexões de raio longo.COELCE. para isso. Deverão ser fornecidos todos os meios necessários a tais inspeções. deflexões. 4. cocientes. Todas as instalações deverão estar de acordo com os requisitos da ABNT. deverão ser substituídos ou reparados as expensas da CONTRATADA e à satisfação da FISCALIZAÇÃO.Montagem dos eletrodutos As curvas. materiais aprovados pela ABNT e INMETRO e deverão ser feitas de acordo com o projeto básico a ser elaborado e padrões aprovados pela Concessionária de Energia Elétrica . terminais. deverá ter livre acesso ao local dos trabalhos. Todas as roscas deverão ser conforme as normas da ABNT citadas no item NORMAS TÉCNICAS DA ABNT APLICÁVEIS.

3. As conexões e ligações deverão ser nos melhores critérios para assegurar durabilidade. perfeita isolação e ótima condutividade elétrica. deverão correr paralelos ou perpendiculares às paredes e estruturas. a qualquer tempo. Não serão aceitas emendas nos circuitos alimentadores principais e secundários. As cores padronizadas para fiação serão as seguintes: a) fases . só podendo ocorrer nas caixas. Não utilizar fios rígidos. em cabos com um só lance. serem enfiados e desenfiados. ou conforme projetos.Instalação de Condutores elétricos. Os eletrodutos deverão ser unidos por meio de luvas ou caixas de passagem. Todos os condutores serão cabos flexíveis. etc. as emendas serão sempre efetuadas em caixas de passagem com dimensões apropriadas. Durante a construção e montagem. 4.cinza ou amarelo. todas as extremidades dos eletrodutos. As emendas e derivações dos condutores deverão ser executadas de modo assegurar resistência mecânica adequada e contato elétricos perfeitos e permanentes por meio de conectores apropriados. conduletes.4 . Quando aparentes. para emendas será cuidadoso. As caixas de passagem em alvenarias deverá ter no mínimo 5 cm de brita 0(zero). caixas de passagem. Os condutores de baixa tensão serão empregados conforme bitolas e tipos indicados nos desenhos do projeto. Estas proteções não deverão ser removidas antes da colocação dos cabos.vermelho preto e branco.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Os eletrodutos deverão ser cortados perpendicularmente ao eixo. Igualmente o desencapamento dos fios. 6 . b) neutro . d) terra .verde. na qual os condutores possam. sem prejuízo para seu isolamento e sem ser preciso interferir na tubulação. c) retorno . a interligação dos quadros deverá ser feita sempre. deverão ser vedados com tampões e tampas adequadas.azul. Os eletrodutos serão instalados de modo a constituir uma rede contínua de caixa a caixa.

para cabos de baixa tensão. ou conforme determinado no projeto. Todas as conexões em cabos serão executadas com conectores do tipo pressão (sem solda). O uso de lubrificantes deverá ser restrito a tipos de efeito neutro sobre os eletrodutos. sendo as emendas devidamente estanhadas. caixas de passagem. sendo uma no centro de distribuição. capa interna de PVC 70°C e externa pirevinil .Tipo Sintenax .marca Pirelli. por conectores e terminais. 7 . Alcoa. sob pressão de parafuso. Nambei. Todos os circuitos deverão ser identificados através de anilhas plásticas das marcas já especificadas. condutores e seus revestimentos e isentos de quaisquer impurezas. ou conforme determinado no projeto. recortes de quaisquer imperfeições. interruptores. Os cabos deverão ser cobertos com lubrificantes adequados de forma a facilitar sua introdução nos eletrodutos. − Condutores de seção maior que acima especificados. e as demais nas tomadas. especialmente materiais abrasivos e a tipos que não adiram de maneira permanente aos cabos e fios. 4. Siemens. caixas octogonal.3.5 . que deverão ser previamente aprovados pela FISCALIZAÇÃO. Todos os condutores deverão ter suas superfícies limpas e livres de talhos. Furukawa.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Os condutores só poderão ter emendas nas caixas de passagem. Os circuitos alimentadores gerais serão em cobre eletrolítico com isolamento antichama. etc. aprovados pelo INMETRO.1000V . devendo nesses pontos. serem devidamente isolados com fita isolante plástica de alta fusão PIRELLI ou 3M. Todos os materiais e conectores serão de cobre de alta condutividade. O isolamento das emendas e derivação deverá ter características no mínimo equivalentes às dos condutores utilizados. − Cabos e cordões flexíveis de seção igual ou menor que 4mm² com as pontas dos condutores previamente endurecidas com soldas de estanho. luminárias. As ligações dos condutores aos bornes de aparelhos e dispositivos deverão obedecer aos seguintes critérios: − Cabos de seção igual ou menor que 6 mm².Montagem de quadros e caixas. Utilizar talco ou parafina. estanhados e com espessura conforme especificações.

quando embutidas nas paredes deverão facear o revestimento da alvenaria e serão niveladas e aprumadas de modo a não resultar excessiva profundidade depois do revestimento. conforme diagrama unifilar e esquema funcional. O dimensionamento interno dos quadros deverá ser sobre conjunto de manobra e controle de baixa tensão da ABNT. sendo que os furos deverão ser executados com serra copo de aço rápido. quando embutidos em paredes deverão facear o revestimento da alvenaria e serão nivelados e aprumados. Todos os quadros deverão conter plaquetas de identificação acrílicas 2x4 cm. e lixadas as bordas do furo. atendendo as normas da ABNT citadas no item NORMAS TÉCNICAS DA ABNT APLICÁVEIS. ou seja. Os quadros. e demais pertinentes. 8 . bitola mínima de 14 USG. Serão construídos em estrutura auto-suportável constituídos de perfis metálicos e chapa de aço. apresentado nos respectivos desenhos de projeto.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Os quadros elétricos serão constituídos. A fixação dos eletrodutos aos quadros será feita por meio de buchas ou arruelas metálicas. indicados nos respectivos diagramas trifilares. adequado a uma perfeita ventilação dos componentes elétricos. As caixas de tomadas e interruptores de 2"x4" serão montadas com o lado menor paralelo ao plano do piso. sendo para tanto isolados. fixadas no quadro e uma tabela plastificada com a descrição dos circuitos Os quadros deverão abrigar no seu interior todos os equipamentos elétricos. para os diversos circuitos e para o próprio quadro. os quadros deverão ser inofensivos a pessoas. As caixas. Além da segurança para as instalações que abriga. Os diferentes quadros de uma área serão perfeitamente alinhados e dispostos de forma a não apresentarem conjunto desordenado. transparentes com escrita cor preta. em suas partes aparentes não deverá haver qualquer tipo de perigo de choque. interruptores e outros serão embutidos de forma a não oferecer saliências ou reentrâncias capazes de coletar poeira. Os quadros deverão possuir os espaços de reserva. bem como em outras tomadas. Os quadros para montagem aparente serão fixados às paredes através de chumbadores. pintados com tinta epóxi entre 2 demãos de tinta anti-óxido. em quantidades e dimensões necessárias a sua perfeita fixação. Deverá ser previsto ainda espaço para eventual condensação de umidade. As caixas com equipamentos para instalação aparente deverão seguir as indicações do projeto.

6 . subsiste na forma da Lei. emitido juntamente com a última medição.. danos estes eventualmente causados às obras ou serviços existentes. reconstruídos ou repostos itens. objetos desta licitação. serão recebidos provisoriamente por esta através de Laudo de Recebimento de Obra. 6. entrada de pó. aparafusadas na estrutura e frontalmente por portas providas de trinco e fechadura. Montagem da Subestação Aérea deverá esta de acordo com as Normas Técnica da concessionária de Energia Elétrica COELCE.4 . bem como recebida toda a documentação exigida neste memorial e nos demais documentos contratuais. deverão ser reparados. correção e segurança dos trabalhos. e de seus complementos.Limpeza Preventiva: A CONTRATADA deverá proceder periodicamente à limpeza das obras e serviços e de seus complementos removendo os entulhos resultantes. 4. Após a conclusão da limpeza interna e externa das obras e serviços deverão ser aplicados produtos para conservação e embelezamento dos pisos. Terminados os serviços. 5.3. Aceitas as obras e os serviços. como no canteiro de obras e serviços e adjacências provocadas com a execução da obra. materiais.0 .Montagem da Subestação Aérea.Recebimento das obras e serviços: Concluídos todas as obras e serviços. ou a itens já executados da própria obra e ou serviços. sem causar poeiras e ou transtornos ao funcionamento da Escola. equipamentos. etc. de modo a proteger contra quaisquer contatos acidentais externos.0 . danificados por culpa da CONTRATADA. para bota fora apropriado. O envolvimento dos equipamentos deverá ser completo. 4.Reparos e limpeza geral da obra: Após a conclusão dos serviços e também durante sua execução.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Os quadros deverão ser fechados lateral e posteriormente por blindagens e chapas de aço removível. NT-002/2001. sem ônus para a CONTRATANTE. 9 . tanto do interior da mesma. penetração de água insetos e roedores. a responsabilidade da CONTRATADA pela qualidade. se estiverem em perfeitas condições atestada pela FISCALIZAÇÃO. das esquadrias. etc. a CONTRATADA deverá providenciar a retirada das instalações do canteiro de serviços e promover a limpeza geral das obras e serviços. repintados. vizinhos ou trabalhos adjacentes. dos vidros. e depois de efetuados todos os testes e ensaios necessários.

podendo utilizá-los. Este fato será levado em consideração quando do recebimento definitivo. O recebimento em geral também deverá estar de acordo com a NBR-5675. 10 . a CONTRATANTE entrará de posse plena das obras e serviços. para os defeitos de origem da utilização normal da Escola.Secretaria Executiva Engenharia – SEDUC Desde o recebimento.