Você está na página 1de 21

O Papel das Associações na

Participação Activa Ambiental

Sérgio Diogo Caetano
Julia Bentz

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Sumário
‐ A participação activa ambiental como pilar do desenvolvimento sustentável

‐ A actividade dos Amigos dos Açores em prol da participação activa ambiental

‐ A experiência participativa no Projecto Coastwatch‐Europe

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação como direito e dever
Todos têm direito a um ambiente de vida humano, sadio e ecologicamente
equilibrado e o dever de o defender.
Artigo 66.º da Constituição Portuguesa

É dever dos cidadãos (…) colaborar na criação de um ambiente sadio e


ecologicamente equilibrado e na melhoria progressiva e acelerada da
qualidade de vida.
Artigo 40.º da Lei de Bases do Ambiente

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
A Convenção de Aarhus
‐ Assinada em Aarhus, na Dinamarca, em 1998, foi adoptada pela Comunidade
Europeia e pelos seus Estados‐Membros em Junho de 1998
‐ Em Portugal ratificada em 2003.
‐ Esta convenção garante a todos os cidadãos o direito de participação activa em
matérias ambientais

Acesso à  Participação   Acesso à 


justiça do público informação

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Modelos de participação pública
Informação Consulta Envolvimento Cooperação Capacitação
Disponibilizar  Obter opiniões do  Trabalhar  Cooperar com o  Colocar a tomada 
informação ao  público  directamente com  público em todos  de decisão final 
público para  relativamente às  o público durante  aspectos de  nas mãos do 
assistí‐lo de  análises,  o processo,  decisão , como o  público. 
perceber o  alternativas e/ou  assegurando que  desenvolvimento 
problema, as  às decisões. as preocupações de alternativas e 
alternativas e/ou  sejam entendidos  de soluções. 
as soluções. e considerados. 

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Possibilidades de participação

Grupos de pressão

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação não formal ‐ Protesto

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação e desenvolvimento sustentável
‐ Pode aferir‐se do desenvolvimento de uma dada sociedade através do nível
de participação dos seus cidadãos ‐ todos podem ajudar a um mundo melhor
‐ A participação activa ambiental é fulcral para o sucesso das políticas
ambientais e do desenvolvimento sustentável
‐ Apesar de existirem diversos meios, porque são baixos os níveis de
participação em Portugal e nos Açores?

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Amigos dos Açores – Associação Ecológica
‐ ONGA de âmbito regional com 25 anos e cerca de 1000 associados
‐ Defender a natureza, o ambiente e a paz
‐ Contribuir para a construção de um mundo mais limpo, mais justo e pacífico
‐ Métodos de trabalho e de intervenção não violentos
‐ Constante procura no maior envolvimento de cidadãos

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Informação ambiental
‐ Debates
‐ Sessões de esclarecimento
‐ Acções de formação

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Informação ambiental
‐ Publicações periódicas
‐ Publicação de livros e brochuras
‐ Publicação de folhetos informativos

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Promoção ambiental
‐ Material escolar
‐ Cartazes promocionais
‐ Outros materiais promocionais (e.g. agendas, escalas fotográficas)

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Sensibilização Ambiental
‐ Gestão de Ecotecas, com acção fundamentalmente escolar
‐ Gestão de visitas à Gruta do Carvão
‐ Realização de saídas de campo e outras actividades de natureza

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Campanhas
‐ Campanhas de monitorização (e.g. Coastwatch Europe, Pé alerta)
‐ Campanhas de acção directa (e.g. SOS Cagarro)
‐ Campanhas de pressão (e.g. contra touradas de morte)

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação – Processos de decisão e protesto
‐ Denúncias
‐ Pareceres
‐ Participação em discussões públicas e conselhos consultivos

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Participação Activa Ambiental – Balanço
‐ Maior participação nas actividades de contacto directo com a natureza,
principalmente as de carácter mais lúdico (e.g. passeios pedestres)
‐ Dificuldade de envolvimento de cidadãos em campanhas de monitorização e
na participação em processos de decisão
‐ Necessidade de se repensarem alguns métodos de atracção de cidadãos e
associados para diversas temáticas ambientais

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
Amigos dos Açores e Coastwatch Europe
‐ Experiência consolidada na colaboração com o GEOTA
‐ Constante procura de melhoria da promoção da campanha na tentativa de
maximizar a participação
‐No entanto, os participantes são compostos fundamentalmente por órgãos
sociais da Associação, estagiários , ecotecas e escolas
‐ Cada vez mais complexo o envolvimento de voluntários
‐ Recorrentes as referências à complexidade do formulário

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
AA e Coastwatch Europe ‐ 2008
‐ Acções de promoção e sensibilização em diversos contextos
‐Adaptação de formulário para a realidade regional e simplificação
‐ Adaptação de formulário Coastwatch Kids
‐ Formulários e normas de preenchimento, mapas e tabela de marés online

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
AA e Coastwatch Europe ‐ 2008
‐ Maior cobertura da costa que no ano transacto (essencialmente estagiários)
‐ A cobertura pelas escolas e ecotecas mais importantes ao nível simbólico
‐ Escassa a colaboração de voluntários
‐ Permanência da dificuldade da atractividade

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
AA e Coastwatch Europe ‐ 2009
‐ Apostar numa ainda maior e melhor divulgação
‐ Procura de maior cooperação institucional com outras associações e
agrupamentos de escuteiros
‐ Cruzamento de actividades do Projecto com outras actividades mais
populares (e.g. passeios pedestres, saídas fotográficas, SOS Cagarro)

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio
AA e Coastwatch Europe ‐ 2009
‐Edição de maior numero de materiais de divulgação e promoção

Seminário Um olhar sobre a biodiversidade | Funchal, 30 de Abril – 02 de Maio