Você está na página 1de 2
CONESC ÁREAS DE ATUAÇÃO DO SANITARISTA Coordenação Nacional dos Estudantes de Saúde Coletiva Desenvolvimento, monitoramento, análise
CONESC
ÁREAS DE ATUAÇÃO
DO SANITARISTA
Coordenação Nacional dos
Estudantes de Saúde Coletiva
Desenvolvimento, monitoramento, análise
e avaliação da situação de saúde e de tec-
nologias empregadas nos sistemas, servi-
ços e unidades de saúde; Acompanhamen-
to e avaliação das ações de detecção ou
prevenção de qualquer mudança nos fato-
res determinantes e condicionantes da
saúde individual ou coletiva; Intervenção
nos problemas sanitários decorrentes do
meio ambiente, da produção e circulação
de bens e da prestação de serviços; À
prestação de assessoria e cooperação téc-
nica aos municípios, na área de atribuição
do cargo; Ao fortalecimento da mobiliza-
ção, participação e controle social em saú-
de; À regulação, fiscalização, controle e
ouvidoria em saúde; À promoção, organi-
zação e garantia do acesso universal e
equitativo aos serviços e ações de saúde,
especialmente de caráter coletivo; À ges-
tão do trabalho e da educação em saúde;
Ao fortalecimento da pesquisa, avaliação
e incorporação tecnológica em saúde; À
comunicação e educação em saúde; À
redução do impacto de emergências e de-
sastres em saúde e controle ambiental.
Informações sobre o Produto/Serviço
Coordenação Nacional dos Estudantes de Saúde Coletiva
www.conesc.org
falecomaconesc@gmail.com
Telefone: 55 555 5555
 

Graduação em Saúde Coletiva

As transformações sociais, po- líticas e históricas do nosso país des- pertam o surgimento de novos atores que se interessam por defender e con- tribuir no processo de consolidação do SUS. Um novo ator, dentre outros, que se insere nesse palco de disputas e lutas, somos NÓS, a Graduação em Saúde Coletiva. Um ator que se apre- senta dentro do Sistema e que vem discutir e aprofundar o nosso debate em defesa do SUS. O Campo da Saúde Coletiva, tradicionalmente, se fez como um importante espaço em defesa de um sistema universal, gratuito e público. E as dificuldades na consolidação do

Graduação em Saúde Coletiva As transformações sociais, po- líticas e históricas do nosso país des- pertam

Mapa dos estados que possuem a

Graduação na Área da Saúde

Coletiva

SUS provocaram na Saúde Coletiva, a necessidade de expandir seus saberes e práticas através da formação de atores sociais comprometidos com a defesa do SUS desde o seu processo de formação na graduação. A graduação em Saúde Coletiva, é uma realidade espalhada pelos 5 can- tos deste país, mais de 15 universidades já possuem a graduação implementada e mais de 20 já discutem e criarão a graduação nos próximos semestres. A constituição desse novo ator vem para preencher uma lacuna exis- tente para assegurar o Direito à saúde para o nosso povo. A necessidade de profissionais que não estejam apenas comprometidos com desenvolvimento corporativista de suas atividades, como é de costume no campo da Saúde, mas que tenham como pauta central das suas ações a garantia de uma saúde pública, gratuita e estatal para o Brasil. Um pro- fissional que se abra para a discussão com as demais for- mações profis- sionais em busca de saí- das que sejam construídas coletivamente.

Graduação em Saúde Coletiva As transformações sociais, po- líticas e históricas do nosso país des- pertam

Fonte: SGEP/MS

Somos

atores

em busca da transformação, que temos na defesa irrestrita do SUS a defesa por uma nova sociedade, e que acreditamos que o País é Rico quando se tem Saúde. É com o intuito de contribuir para a transformação da nossa sociedade que surgimos como estudantes, professores,

extensionistas e pesquisadores

Enfim,

... guerreiros transformadores, com o obje- tivo de revolucionar. E por uma revolu- ção no Direto à Saúde que nos apresen- tamos, somamos surgimos. É nessa contribuição que avança-

remos, viveremos e batalharemos, e en- quanto houver algo que impeça o avan- çar de um Sistema Único Público e Es- tatal, estaremos nas universidades e nas ruas, no trabalho e na sociedade, lutando por sua implementação. E quando já for implementado não descansaremos um minuto para que possamos evitar todo e qualquer retrocesso.

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO SANITARISTA

Gestão, promoção e atenção à saúde; Vigilância, investigação e contro- le de determinantes sociais, riscos e da- nos à saúde e demais condicionantes do processo saúde-doença-cuidado;