Você está na página 1de 17
NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PRINCESA ISABEL, PB 2010/2011 Marcos Ordonho Direção Geral

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

PRINCESA ISABEL, PB

2010/2011

DE TRABALHOS ACADÊMICOS PRINCESA ISABEL, PB 2010/2011 Marcos Ordonho Direção Geral Luciana Nunes Cordeiro

Marcos Ordonho Direção Geral

Luciana Nunes Cordeiro Direção de Ensino

Sayonara Abrantes de Oliveira Direção de Projetos Especiais

Djalma Toscano de Oliveira Neto Coordenador PROBEXT

Feliciana de Medeiros Fernandes Bolsista

SUMÁRIO 1 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA 2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 2.1 MODELO DE CAPA 2.2

SUMÁRIO

1 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA

2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

2.1 MODELO DE CAPA

2.2 MODELO DA FOLHA DE ROSTO

2.3 MODELO DE SUMÁRIO

3 NUMERAÇÃO DAS PÁGINAS

4 DISTRIBUIÇÃO DOS CAPÍTULOS NO DECORRER DOS

TRABALHOS

5 PALAVRAS EM ITÁLICO

6 CITAÇÕES

6.1 CITAÇÕES DIRETAS

6.2 CITAÇÃO DA CITAÇÃO

6.3 CITAÇÕES INDIRETAS

7 REFERÊNCIAS

7.1 LIVRO

7.2 CAPÍTULO DE LIVRO

7.3 ENDEREÇO ELETRÔNICO

6.3 CITAÇÕES INDIRETAS 7 REFERÊNCIAS 7.1 LIVRO 7.2 CAPÍTULO DE LIVRO 7.3 ENDEREÇO ELETRÔNICO 8 NOTAS
NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR – 14724) Para digitarmos trabalhos acadêmicos a
NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR – 14724) Para digitarmos trabalhos acadêmicos a

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR 14724)

Para digitarmos trabalhos acadêmicos a serem entregues como requisito de avaliação das disciplinas do IFPB CAMPUS PRINCESA ISABEL, será exigida a seguinte formatação:

1 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO GRÁFICA

1º Passo Escolha do Papel O papel a ser utilizado é A4 (21 cm X 29,7 cm), para chegar até essa configuração no programa de informática Microsoft Word 2007 segui-se a seguinte sequência: Clicar na opção LAYOUT DE PÁGINA terceiro item na parte superior da página; Clicar em CONFIGURAR PÁGINA; Quando a janela abrir clicar na opção PAPEL (figura1); Na opção TAMANHO DO PAPEL seleciona o A4 (21 cm X 29,7 cm), por fim clica em OK para confirmar.

o A4 (21 cm X 29,7 cm), por fim clica em OK para confirmar. Figura 1

Figura 1

2º Passo Configuração da Letra/Fonte Este formato é selecionado na opção INÍCIO na barra superior da página.

O trabalho deve ser digitado com fonte Times New Roman ou Arial 1 tamanho 12,

O trabalho deve ser digitado com fonte Times New Roman ou Arial 1

tamanho 12, exceto o título na capa e na folha de rosto, o qual será

no tamanho maior que 12 e em negrito.

3º Passo Configuração das Margens Para essa configuração segue-se a sequência seguinte: Na opção LAYOUT DE PÁGINA clicamos em CONFIGURAR PÁGINA (figura 2) e formataremos as opções MARGENS: ESQUERDA 3 cm; SUPERIOR 3 cm; DIREITA 2 cm e; INFERIOR 2 cm. A MEDIANIZ é 0 cm e sua POSIÇÃO é ESQUERDA. A ORIENTAÇÃO é Retrato, tendo o cuidado de na opção APLICAR

A escolher No documento inteiro, com a conclusão desses passos

confirma a configuração clicando em OK.

1 Times new Roman diminui o texto e Arial aumenta o texto.

passos confirma a configuração clicando em OK. 1 Times new Roman diminui o texto e Arial
passos confirma a configuração clicando em OK. 1 Times new Roman diminui o texto e Arial

Figura 2

4º Passo – Formatação do Parágrafo Segue-se clicando na opção PARÁGRAFO (figura 3) onde formataremos

4º Passo Formatação do Parágrafo Segue-se clicando na opção PARÁGRAFO (figura 3) onde formataremos o alinhamento 2 , os recuos e espaçamentos. RECUO à ESQUERDA 0 cm; à DIREITA 0 cm; ESPECIAL 3 PRIMEIRA LINHA , por 1,25 cm essa ultima pode configurar-se ,também, através do teclado na tecla tab (figura 4) . Os ESPAÇAMENTOS:

ANTES 0 pt; DEPOIS 0 pt e; ENTRE LINHAS 1,5 linhas.

Daqui em diante dividiremos a formatação por partes (elementos pré-textuais, textuais, pós-textuais) 4 .

2 O alinhamento será dividido em pré textual que é centralizado e o textual que é justificado.

3 Refere-se ao espaçamento parágrafo que é de 1,25 cm.

4 Elementos pré-textuais é composto do sumário para trás capa/folha de rosto/sumário, textuais está entre o sumário e as referências introdução/desenvolvimento/conclusão, pós-textuais fica da referência ao índice referência/glossário/apêndice/apêndice/anexo/índice.

pós-textuais fica da referência ao índice referência/glossário/apêndice/apêndice/anexo/índice. Figura 3 Figura 4
pós-textuais fica da referência ao índice referência/glossário/apêndice/apêndice/anexo/índice. Figura 3 Figura 4

Figura 3

pós-textuais fica da referência ao índice referência/glossário/apêndice/apêndice/anexo/índice. Figura 3 Figura 4

Figura 4

2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa – para formatarmos a capa clicaremos na opção LAYOUT DE PÁGINA,

2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Capa para formatarmos a capa clicaremos na opção LAYOUT DE PÁGINA, em seguida na opção PARÁGRAFO (figura5) em RECUOS E ESPAÇAMENTO no campo GERAL utilizar em ALINHAMENTO a forma CENTRALIZADA e NO NÍVEL DO TÓPICO o modo CORPO DE TEXTO, e no campo RECUO selecionar na opção ESPECIAL o tipo NENHUM.

e NO NÍVEL DO TÓPICO o modo CORPO DE TEXTO, e no campo RECUO selecionar na
e NO NÍVEL DO TÓPICO o modo CORPO DE TEXTO, e no campo RECUO selecionar na

Figura 5

2.1 MODELO DE CAPA (Figura 6) Figura 6 Especificações e Diferenças da Formatação da Capa:

2.1 MODELO DE CAPA (Figura 6)

2.1 MODELO DE CAPA (Figura 6) Figura 6 Especificações e Diferenças da Formatação da Capa: 

Figura 6

2.1 MODELO DE CAPA (Figura 6) Figura 6 Especificações e Diferenças da Formatação da Capa: 

Especificações e Diferenças da Formatação da Capa:

Cabeçalho: Deve constar o nome da instituição, do curso e o da cadeira/matéria. Deverá ser com letra maiúscula, sem negrito, fonte 12 e espaçamento 1,5 cm.

Nome do (a) (s) aluno (a) (s): Com a mesma formatação do cabeçalho, fica entre o mesmo e o título do trabalho.

Título do Trabalho: Localizado no centro da página deve está com a seguinte formatação: Letra maior que 12, de preferência 16, caixa alta e em negrito.

No final da página coloca-se o nome da cidade em caixa alta, sem negrito e logo abaixo o período que está sendo cursado. Ex.: 2010.2.

2.2 MODELO DA FOLHA DE ROSTO (Figura 7) Figura 7 Especificações e Diferenças da Formatação

2.2 MODELO DA FOLHA DE ROSTO (Figura 7)

2.2 MODELO DA FOLHA DE ROSTO (Figura 7) Figura 7 Especificações e Diferenças da Formatação da

Figura 7

2.2 MODELO DA FOLHA DE ROSTO (Figura 7) Figura 7 Especificações e Diferenças da Formatação da

Especificações e Diferenças da Formatação da Folha de Rosto:

Nome do (a) (s) aluno (a) (s): Caixa alta, sem negrito;

Título do Trabalho: Localizado entre o nome do(s) aluno(s) e

a descrição e objetivo do trabalho, deve está com a seguinte

formatação: Fonte da letra maior que 12, de preferência 16,

caixa alta e em negrito;

Descrição e objetivo do trabalho: Esse espaço é destinado para especificar a quem foi entregue o trabalho, o curso, a turma, o turno, a instituição, o objetivo do trabalho e a cadeira/matéria cursada. A formatação deve ser com o recuo

a direita de 7,5 cm e espaçamento simples;

Pula duas linhas e na terceira coloca o nome do professor sem negrito;

No final da página coloca-se o nome da cidade, sem negrito,

sem caixa alta e logo abaixo o período que está sendo cursado. Ex.: 2010.2.

2.3 MODELO DE SUMÁRIO (Figura 8) Figura 8 Especificações e Diferenças da Formatação do Sumário

2.3 MODELO DE SUMÁRIO (Figura 8)

2.3 MODELO DE SUMÁRIO (Figura 8) Figura 8 Especificações e Diferenças da Formatação do Sumário No

Figura 8

2.3 MODELO DE SUMÁRIO (Figura 8) Figura 8 Especificações e Diferenças da Formatação do Sumário No

Especificações e Diferenças da Formatação do Sumário

No sumário coloca-se os tópicos e sub-tópicos do trabalho. A começar pelo:

Título que é em caixa alta, em negrito e centralizado (Ctrl + E);

Da um enter vazio e começa com o número unitário, 1 ou 2

espaço e o título do tópico, no caso do exemplo

ou 3 (

),

acima é a introdução, maiúsculo e em negrito;

A parir do momento que vira um subtópico sendo dois números 2.1, por exemplo, a letra é maiúscula, mas sem negrito;

Um tópico do subtópico, exemplo 4.3.1, fica somente com a primeira letra maiúscula, com negrito;

Com 4 (quatro) números 5.1.1.2, por exemplo, é a primeira

letra em maiúscula, sem negrito;

Com cinco números 4.1.3.2.1, por exemplo, a palavra fica com a primeira maiúscula e em itálico.

3 NUMERAÇÃO DAS PÁGINAS A contagem do número de páginas inicia-se a partir da folha

3 NUMERAÇÃO DAS PÁGINAS

A contagem do número de páginas inicia-se a partir da folha de rosto, ou seja, não conta a capa. Salientando que a numeração das

páginas começa a ser indicada após o sumário. O número de cada folha deve estar impresso no canto superior da folha à sua direita, a 2

cm da borda superior do papel A4.

Para colocar a numeração da página usa as seguintes ferramentas:

Na barra superior clica em INSERIR, depois clica no ícone NÚMERO DE PÁGINA (figura 9), escolhe a opção INICIO DE PÁGINA e quando aparecer a janela clica na opção NÚMERO SEM FORMATAÇÃO 3, após isso clica novamente no ícone NÚMERO

DE PÁGINAS e agora escolhe a opção FORMATAR NÚMERO DE

PÁGINAS, na janela em INICIAR EM:, digita um 0, para que a

página da capa não seja contada a partir do 1.

para que a página da capa não seja contada a partir do 1. Figura 9 Como
para que a página da capa não seja contada a partir do 1. Figura 9 Como

Figura 9

Como dito anteriormente, só aparece o número da página a partir da iniciação didática, que geralmente é a Introdução, para que esse número da página não apareça na capa e folha de rosto 5 segui-se o seguinte processo: Na opção INSERIR clica no ícone FORMAS, escolhe uma forma, um retângulo, por exemplo (figura 10). Ao adicionar a forma em cima do número, na barra superior aparecerão as opções de formatação, escolhe a cor branca e SEM CONTORNO (figura 11) para que a forma seja imperceptível, já que essa é a intenção para com a numeração da página, nesse caso.

5 Onde está numerada com o 0 (zero) e 1 (um), respectivamente.

Figura 10 Figura 11
Figura 10 Figura 11

Figura 10

Figura 10 Figura 11
Figura 10 Figura 11

Figura 11

4 DISTRIBUIÇÃO DOS CAPÍTULOS NO DECORRER DOS TRABALHOS Cada capítulo corresponde a um tema e/ou

4 DISTRIBUIÇÃO DOS CAPÍTULOS NO DECORRER DOS TRABALHOS

Cada capítulo corresponde a um tema e/ou subtema que está sendo tratado. Por isso, ele deve começar em página própria ou página nova, mesmo que o capítulo anterior de seu trabalho tenha terminado em uma única linha. Para começar um capítulo coloca o número unitário, o título do tópico, dá dois enter vazios e no terceiro escreve o texto.

Se o capítulo tiver subtópicos do tipo 1.1, em diante 6 , não é necessário passar para uma página nova, dá dois enter vazios, no terceiro escreve o título do sub-tópico, dar mais um enter e digita o texto.

6 Se o capítulo tiver subtópicos de 1.1.1 ou 1.1.1.1 segue a mesma formatação

1.1.

de 1.1.1 ou 1.1.1.1 segue a mesma formatação 1.1. 5 PALAVRAS EM ITÁLICO Palavras Estrangeiras (exceto

5 PALAVRAS EM ITÁLICO

Palavras Estrangeiras (exceto nomes próprios) e; Nomes de Obras: Ex.: Lixo: Reciclagem e sua História (2006) 7 .

6 CITAÇÕES

6.1 CITAÇÕES DIRETAS

As citações diretas podem ser com mais de 3 linha ou com menos de 3 linha. Caso apareça no texto componentes ou itens que não sejam de interesse reproduzir, esses serão omitidos utilizando [ no tamanho menor a citação.

]

7 O nome da obra fica escrito em itálico seguido do ano de sua publicação entre parênteses sem itálico.

Se a citação for com mais de 3 linhas devem ser feitas com parágrafos diferentes,

Se a citação for com mais de 3 linhas devem ser feitas com parágrafos diferentes, sem aspas, com recuo de 4cm à esquerda, fonte tem tamanho 10 e espaçamento entre linhas Exemplo: Não é tarefa fácil associar o pensamento dos heróis sádicos construídos por Sade com o espírito de sua época, pois, em suas obras, ele brinca com as fronteiras da ordem e da moral possíveis em seu tempo, como se pode apreender das considerações de Giannattasio:

4 CM

se pode apreender das considerações de Giannattasio: 4 CM A relação entre Sade e sua época

A relação entre Sade e sua época só pode ser apreendida como produto de um autor que, contra as tendências de seu tempo, afirma o imaginário como fonte de potência do homem [ testemunhando um estreitamento das fronteiras do possível, um esforço em submeter às forças do caos àquelas da ordem (GIANNATTASIO, 2000, p. 32).

]

do caos àquelas da ordem (GIANNATTASIO, 2000, p. 32). ] Se a citação for com menos

Se a citação for com menos de 3 linhas ela será escrita no próprio texto entre aspas, seguida pelo sobrenome do autor, data de publicação e páginas, com tamanho 12.

Exemplo: Na busca de compreender o pensamento de Sade, é necessário extrair elementos do contexto histórico no qual o mesmo viveu, mesmo que na maior parte do tempo confinado e recluso. Pois, “Representando uma recriação literária de fatos históricos, procedimento que o marquês reivindica inúmeras vezes ao longo de sua obra” (MORAES, 1996, p. 250 e 251).

6.2 CITAÇÕES INDIRETAS

Uma citação é indireta quando fala da idéia de algum autor, porém sem transcrevê-la tal como foi dita no texto original. Ela não vem entre aspas, seguido do sobrenome do autor, ano da publicação.

Exemplo: O ser humano, através de sua capacidade de reflexão crítica, procura interpretar os fenômenos verificados no mundo

empírico, procurando descobrir as relações de causas e efeitos e princípios (DESILECK, 1980). 6.3 CITAÇÃO

empírico, procurando descobrir as relações de causas e efeitos e princípios (DESILECK, 1980).

6.3 CITAÇÃO DA CITAÇÃO

Ocorre quando um autor faz uma citação já citada por outro autor, em sua obra, e essa citação da citação presente nesta obra, pode ocorrer de duas formas descritas abaixo. Sendo assim, segue-se a seguinte formatação:

1) Se tiver acesso à obra original coloca-se o sobrenome do autor do documento original, ano e página seguido da palavra apud 8 , e ainda o sobrenome do autor da obra de onde foi retirada, ano e página.

Exemplo: (John Dewey. Apud RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa cientifica. P. 17).

8 Citado por.

ao projeto de pesquisa cientifica . P. 17). 8 Citado por. 2) Se não houver a

2) Se não houver a acessibilidade de consultar a obra original colocam-se as informações que possuir, seguida apud, sobrenome do autor da obra consultada, ano e página.

Exemplo: “[

usado como título de posse” (ABREU Apud SIMONSEN, 1954, p.336).

]

9 mas este ato foi mais tarde, muitas vezes invocado e

7 REFERÊNCIAS

Nas referências constam as fontes de onde foram retiradas algumas citações, pesquisas e informações para que seu trabalho fosse construído. O espaçamento usado entre as linhas é simples. Podem ser referências de:

9 O colchete e as reticências são usados no inicio, meio e fim da citação que não é retirada completamente da fonte, suprimindo algum trecho.

7.1 LIVRO Se houver apenas um autor colocam-se as seguintes informações: Sobrenome do autor em

7.1 LIVRO

Se houver apenas um autor colocam-se as seguintes informações:

Sobrenome do autor em caixa alta, nome no autor apenas com a primeira letra maiúscula, nome do livro, em negrito, cidade da publicação, editora e o ano. Esquema:

SOBRENOME, Nome. Título do livro. Cidade: Editora, ano. Se houverem dois ou três autores usa-se ponto e vírgula entre um autor e outro, nesse caso o livro é organizado por isso coloca-se a sigla (Org.), depois dos nomes dos autores. Esquema:

SOBRENOME, Nome; SOBRENOME, Nome (Org.). Título do livro. Cidade: Editora, ano. Se houverem mais de três autores usa-se a expressão et al. Esquema:

SOBRENOME, Nome et al. Título do livro. Cidade: Editora, ano.

Nome et al. Título do livro. Cidade: Editora, ano. 7.2 CAPÍTULO DE LIVRO Usa-se a palavra

7.2 CAPÍTULO DE LIVRO

Usa-se a palavra In para indicar o autor do livro todo, se for o mesmo do capítulo substitui por um travessão. Esquema:

SOBRENOME, Nome (do autor do capítulo). Título do capítulo. In:

SOBRENOME, Nome (do autor do livro) (Org.) Nome do Livro. Cidade: Editora, ano, paginas do capitulo.

7.3 ENDEREÇO ELETRÔNICO

Deve fazer o seguinte esquema:

SOBRENOME, Nome. Título da matéria. Nome do site. Cidade, dia mês, ano (publicação na internet). Disponível em: endereço HTTP do site. Acesso em: dia mês. Ano e horário. Exemplo:

SILVA, I. G. Pena de morte para o nascituro, O estado de S. Paulo. São Paulo, 19 set. 1998. Disponível em:

<HTTP://www.providadamilia.org/pena-morte-nascituro.htm>. Acesso em: 20 out. 2010 às 18h 30 min. 8 NOTAS DE

<HTTP://www.providadamilia.org/pena-morte-nascituro.htm>. Acesso em: 20 out. 2010 às 18h 30 min.

8 NOTAS DE RODAPÉ

Apresentam informações adicionais ou que o autor não quer colocar no texto para não fazer com que o leitor se perca um pouco do tema. Essa nota localiza-se no rodapé da página. Fica separada do texto com uma linha de 20 batidas ou 5 cm, que começa na margem esquerda. No editor de texto Microsoft Word 2007 existe uma função que faz essa configuração automaticamente, para fazê-lo basta seguir as seguintes instruções:

Na barra superior da página clica em Referências, do lado esquerdo escolhe a opção Inserir Nota de Rodapé (figura 12);

O numero surgirá na palavra selecionada e a nota de rodapé respectiva aparecerá no final da página onde se deve digitar a sua especificação (figura 13).

de rodapé respectiva aparecerá no final da página onde se deve digitar a sua especificação (figura
de rodapé respectiva aparecerá no final da página onde se deve digitar a sua especificação (figura

Figura 12

Figura 13 As Notas de Rodapé são Notas Explicativas Notas explicativas: Explica uma idéia no
Figura 13 As Notas de Rodapé são Notas Explicativas Notas explicativas: Explica uma idéia no

Figura 13

As Notas de Rodapé são Notas Explicativas

Notas explicativas: Explica uma idéia no corpo do texto, permitindo uma maior interação sobre o assunto citado, se o leitor achar necessário. Exemplo:

o assunto citado, se o leitor achar necessário. Exemplo: Figura 14
o assunto citado, se o leitor achar necessário. Exemplo: Figura 14

Figura 14

http://www.unit.br/downloads/manuais/citacoes-e-referencias1.pdf