Você está na página 1de 16

1

A C A RTA D E P E R O VA Z D E C A M I N H A ( 0 1 D E M A I O D E 1 5 0 0)

S e n h o r,

p o s t o q u e o C a p i t ã o - m o r d e s t a Vo s s a f r o t a , e a s s i m o s o u t r o s
c a p i t ã e s e s c r e v a m a Vo s s a A l t e z a a n o t í c i a d o a c h a me n t o d e s t a Vo s s a
terra nova, que se agora nesta navegação achou, não deixarei de
t a m b é m d a r d i s s o m i n h a c o n t a a Vo s s a A l t e z a , a s s i m c o mo e u m e l h o r
p u d e r, a i n d a q u e — p a r a o b e m c o n t a r e f a l a r — o s a i b a p i o r q u e
todos fazer!
To d a v i a t o me Vo s s a A l t e z a m i n h a i g n o r â n c i a p or b o a v o n t a d e , a q u a l
b e m c e r t o c r e i a q u e , p a r a a f o r mo s e n t a r n e m a f e a r, a q u i n ã o h á d e p ôr
mais do que aquilo que vi e me pareceu. Da marinhagem e das
s i n g r a d u r a s d o c a mi n h o n ã o d a r e i a q u i c o n t a a Vo s s a A l t e z a —
p o r q u e o n ã o s a b e r e i f a z e r — e o s p i l o t o s d e v e m t er e s t e c u i d a d o . E
p o r t a n t o , S e n h o r, d o q u e h e i d e f a l a r c o me ç o : E d i g o q u ê :
A p a r t i d a d e B e l é m f o i — c o mo Vo s s a A l t e z a s a b e , s e g u n d a - f e i r a 9
de março. E sábado, 14 do dito mês, entre as 8 e 9 horas, nos
achamos entre as Canárias, mais perto da Grande Canária. E ali
a n d a m o s t o d o a q u e l e d i a e m c a l m a , à vi s t a d e l a s , o br a d e t r ê s a
q u a t r o l é g u a s . E d o mi n g o , 2 2 d o d i t o m ê s , à s d e z h o r a s m a i s o u
m e n o s , h o u v e mo s v i s t a d a s i l h a s d e C a b o Ve r d e , a s a b e r d a i l h a d e
S ã o N i c o l a u , s e g u n d o o d i t o d e P e r o E s c o l a r, p i l o t o .
N a n o i t e s e g u i n t e à s e g u n d a - f e i r a a m a n h e c e u , s e p er d e u d a f r o t a
Va s c o d e A t a í d e c o m a s u a n a u , s e m h a v e r t e mp o f o r t e o u c o n t r á r i o
p a r a p o d e r s e r ! F e z o c a p i t ã o s u a s d i l i g ê n c i a s p a r a o a c h a r, e m u ma s
e o u t r a s p ar t e s . M a s . . . n ã o a p a r e c e u m a i s !
E a s s i m s e g u i mo s n o s s o c a mi n h o , p o r e s t e m a r d e l o n g o , a t é q u e
terça-feira das Oitavas de Páscoa, que foram 21 dias de abril,
t o p a m o s a l g u n s s i n a i s d e t er r a , e s t a n d o d a d i t a I l h a — s e g u n d o o s
pilotos diziam, obra de 660 ou 670 léguas — os quais eram muita
q u a n t i d a d e d e e r v a s c o m p r i d a s , a q u e o s m a r e a n t e s c h a ma m b o t e l h o ,
e a s s i m m e s m o o u t r a s a q u e d ã o o n o me d e r a b o- d e - a s n o . E q u a r t a -
f e i r a s e g u i n t e , p e l a m a n h ã , t o p a mo s a v e s a q u e c h a ma m f u r a b u c h o s .
N e s t e m e s m o d i a , a h o r a s d e v é s p e r a , h o u v e mo s v i s t a d e t er r a ! A
s a b e r, p r i me i r a m e n t e d e u m gr a n d e mo n t e , mu i t o a l t o e r e d o n d o ; e d e
o u t r a s s e r r a s m a i s b a i x a s a o s u l d e l e ; e d e t er r a c h ã , c o m g r a n d e s
a r v o r e d o s ; a o q u a l m o n t e a l t o o c a p i t ã o p ô s o n o me d e O M o n t e
P a s c o a l e à t e r r a A Te r r a d e Ve r a C r u z !
M a n d o u l a n ç a r o p r u m o . A c h a r a m v i n t e e c i n c o br a ç a s . E a o s o l -
p o s t o u m a s s e i s l é g u a s d a t er r a , l a n ç a mo s â n c o r a s , e m d e z e n o v e
b r a ç a s — a n c o r a g e m l i mp a . A l i f i c a mo - n o s t o d a a q u e l a n oi t e . E
q u i n t a - f e i r a , p e l a m a n h ã , f i z e mo s v e l a e s e g u i mo s e m d i r e i t u r a à
t e r r a , i n d o o s n a v i o s p e q u e n o s d i a n t e — p or d e z e s s e t e , d e z e s s e i s ,
q u i n z e , c a t o r z e , d o z e , n o v e b r a ç a s — a t é m e i a l é g u a d a t er r a , o n d e
2
t o d o s l a n ç a mo s a n c o r a s , e m f r e n t e d a b o c a d e u m r i o . E c h e g a r í a m o s
a esta ancoragem às dez horas, pouco mais ou menos.
E d a l i a v i s t a mo s h o me n s q u e a n d a v a m p e l a p r a i a , u n s s e t e o u o i t o ,
s e g u n d o d i s s e r a m o s n a v i o s p e q u e n o s q u e c h e g a r a m p r i me i r o . E nt ã o
lançamos fora os batéis e esquifes. E logo vieram todos os capitães
d a s n a u s a e s t a n a u d o C a p i t ã o - m o r. E a l i f a l a r a m. E o C a p i t ã o
m a n d o u e m t e r r a a N i c o l a u C o e l h o p a r a v er a q u e l e r i o . E t a n t o q u e
e l e c o me ç o u a i r- s e p a r a l á , a c u d i r a m p e l a p r a i a h o me n s a o s d o i s e
aos três, de maneira que, quando o batel chegou à boca do rio, já lá
estavam dezoito ou vinte.
P a r d o s , n u s , s e m c o i s a a l g u m a q u e l h e s c o b r i s s e s u a s v e rg o n h a s .
Tr a z i a m a r c o s n a s m ã o s , e s u a s s e t a s . Vi n h a m t o d o s r i j a m e n t e e m
direção ao batel. E Nicolau Coelho lhes fez sinal que pousassem os
a r c o s . E e l e s o s d e p u s e r a m. M a s n ã o p ô d e d e l e s h a v e r f a l a n e m
e n t e n d i m e n t o q u e a p r o v e i t a s s e , p o r o m a r q u e b r ar n a c o s t a . S o me n t e
a r r e me s s o u - l h e u m b a r r e t e v e r me l h o e u ma c a r a p u ç a d e l i n h o q u e
levava na cabeça, e um sombreiro preto. E um deles lhe arremessou
u m s o m b r e i r o d e p e n a s d e a v e , c o m p r i d a s , c o m u ma c o p a z i n h a d e
p e n a s v er m e l h a s e p a r d a s , c o m o d e p a p a g a i o . E o u t r o l h e d e u u m
r a ma l g r a n d e d e c o n t i n h a s br a n c a s , m i ú d a s q u e q u er e m p a r e c e r d e
a l j ô f a r, a s q u a i s p e ç a s c r e i o q u e o C a p i t ã o m a n d a a Vo s s a A l t e z a . E
c o m i s t o s e v o l v e u à s n a u s p or s e r t ar d e e n ã o p o d e r h a v er d e l e s m a i s
f a l a , p o r c a u s a d o m a r.
À noite seguinte ventou tanto sueste com chuvaceiros que fez caçar
as naus. E especialmente a Capitânia. E sexta pela manhã, às oito
horas, pouco mais ou menos, por conselho dos pilotos, mandou o
Capitão levantar ancoras e fazer vela. E fomos de longo da costa,
c o m o s b a t é i s e e s q u i f e s a ma r r a d o s n a p o p a , e m d i r e ç ã o n o r t e , p a r a
v e r s e a c h á v a mo s a l g u m a a b r i g a d a e b o m p o u s o , o n d e n ó s
f i c á s s e mo s , p a r a t o ma r á g u a e l e n h a . N ã o p o r n o s j á m i n g u a r, m a s p o r
n o s p r e v e n i r mo s a q u i . E q u a n d o f i z e m o s v e l a e s t a r i a m j á n a pr a i a
a s s e n t a d o s p er t o d o r i o o b r a d e s e s s e n t a o u s e t e n t a h o m e n s q u e s e
h a v i a m j u n t a d o a l i a o s p o u c o s . F o mo s a o l o n g o , e m a n d o u o C a p i t ã o
aos navios pequenos que fossem mais chegados à terra e, se achassem
pouso seguro para as naus, que amainassem.
E velejando nós pela costa, na distância de dez léguas do sítio onde
tínhamos levantado ferro, acharam os ditos navios pequenos um
r e c i f e c o m u m p o r t o d e n t r o , m u i t o b o m e m u i t o s e g u r o , c o m u ma m u i
l a rg a e n t r a d a . E m e t e r a m- s e d e n t r o e a m a i n a r a m. E a s n a u s f o r a m- s e
c h e g a n d o , a t r á s d e l e s . E u m p o u c o a n t e s d e s o l - p ô s t o a ma i n a r a m
t a m b é m, t a l v e z a u ma l é g u a d o r e c i f e , e a n c o r a r a m a o n z e b r a ç a s .
E estando Afonso Lopez, nosso piloto, em um daqueles navios
p e q u e n o s , f o i , p o r m a n d a d o d o C a p i t ã o , p o r s e r h o me m v i v o e d e s t r o
p a r a i s s o , m e t e r- s e l o g o n o e s q u i f e a s o n d a r o p or t o d e n t r o . E t o mo u
d o i s d a q u e l e s h o me n s d a t e r r a q u e e s t a v a m n u ma a l ma d i a : m a n c e b o s
e de bons corpos. Um deles trazia um arco, e seis ou sete setas. E na
3
p r a i a a n d a v a m mu i t o s c o m s e u s a r c o s e s e t a s ; m a s n ã o o s
a p r o v e i t o u . L o g o , j á d e n o i t e , l e v o u- o s à C a p i t â n i a , o n d e f o r a m
recebidos com muito prazer e festa.
A feição deles é serem pardos, um tanto avermelhados, de bons
rostos e bons narizes, bem feitos. Andam nus, sem cobertura alguma.
Nem fazem mais caso de encobrir ou deixa de encobrir suas
v e rg o n h a s d o q u e d e mo s t r a r a c a r a . A c e r c a d i s s o s ã o d e g r a n d e
i n o c ê n c i a . A mb o s t r a z i a m o b e i ç o d e b a i x o f u r a d o e m e t i d o n e l e u m
o s s o v e r d a d e i r o , d e c o mp r i m e n t o d e u m a m ã o t r a v e s s a , e d a g r o s s u r a
d e u m f u s o d e a l g o d ã o , a g u d o n a p o n t a c o m o u m f u r a d o r. M e t e m - n o s
p e l a p a r t e d e d e n t r o d o b e i ç o ; e a p ar t e q u e l h e s f i c a e n t r e o b e i ç o e
os dentes é feita a modo de roque de xadrez. E trazem-no ali
e n c a i x a d o d e s o r t e q u e n ã o o s m a g o a , n e m l h e s p õ e e s t o r v o n o f a l a r,
n e m n o c o m e r e b e b e r.
Os cabelos deles são corredios. E andavam tosquiados, de tosquia
a l t a a n t e s d o q u e s o b r e - p e n t e , d e b o a gr a n d e z a , r a p a d o s t o d a v i a p or
c i m a d a s o r e l h a s . E u m d e l e s t r a z i a p or b a i x o d a s o l a p a , d e f o n t e a
fonte, na parte detrás, uma espécie de cabeleira, de penas de ave
a m a r e l a , q u e s e r i a d o c o mp r i m e n t o d e u m c o t o , m u i b a s t a e m u i
cerrada, que lhe cobria o toutiço e as orelhas. E andava pegada aos
c a b e l o s , p e n a p o r p e n a , c o m u m a c o n f e i ç ã o br a n d a c o mo , d e m a n e i r a
tal que a cabeleira era mui redonda e mui basta, e mui igual, e não
f a z i a m í n g u a m a i s l a v a g e m p a r a a l e v a n t a r.
O C a p i t ã o , q u a n d o e l e s v i e r a m , e s t a v a s e n t a d o e m u ma c a d e i r a , a o s
p é s u m a a l c a t i f a p o r e s t r a d o ; e b e m v e s t i d o , c o m u m c o l a r d e o ur o ,
m u i g r a n d e , a o p e s c o ç o . E S a n c h o d e To v a r, e S i mã o d e M i r a n d a , e
Nicolau Coelho, e Aires Corrêa, e nós outros que aqui na nau com ele
í a m o s , s e n t a d o s n o c h ã o , n e s s a a l c a t i f a . A c e n d e r a m- s e t o c h a s . E e l e s
e n t r a r a m. M a s n e m s i n a l d e c o r t e s i a f i z e r a m, n e m d e f a l a r a o
C a p i t ã o ; n e m a a l g u é m . To d a v i a u m d e l e s f i t o u o c o l a r d o C a p i t ã o , e
começou a fazer acenos com a mão em direção à terra, e depois para
o c o l a r, c o mo s e q u i s e s s e di z e r- n o s q u e h a v i a o ur o n a t e r r a . E
t a m b é m o l h o u p a r a u m c a s t i ç a l d e p r a t a e a s s i m m e s m o a c e n a v a p ar a
a terra e novamente para o castiçal, como se lá também houvesse
prata!
M o s t r a r a m- l h e s u m p a p a g a i o p a r d o q u e o C a p i t ã o t r a z c o n s i g o ;
t o m a r a m- n o l o g o n a m ã o e a c e n a r a m p a r a a t e r r a , c o mo s e o s
h o u v e s s e a l i . M o s t r a r a m- l h e s u m c a r n e i r o ; n ã o f i z e r a m c a s o d e l e .
M o s t r a r a m- l h e s u ma g a l i n h a ; q u a s e t i v er a m m e d o d e l a , e n ã o l h e
q u e r i a m p ô r a m ã o . D e p o i s l h e p e g a r a m, m a s c o m o e s p a n t a d o s .
D e r a m- l h e s a l i d e c o me r : p ã o e p e i x e c o z i d o , c o n f e i t o s , f a r t é i s , m e l ,
f i g o s p a s s a d o s . N ã o q u i s e r a m c o me r d a q u i l o q u a s e n a d a ; e s e
p r o v a v a m a l g u m a c o i s a , l o g o a l a n ç a v a m f o r a . Tr o u x e r a m- l h e s v i n h o
em uma taça; mal lhe puseram a boca; não gostaram dele nada, nem
q u i s e r a m m a i s . Tr o u x e r a m- l h e s á g u a e m u ma a l b a r r a d a , pr o v a r a m
4
c a d a u m o s e u b o c h e c h o , m a s n ã o b e b e r a m; a p e n a s l a v ar a m a s b o c a s
e lançaram-na fora.
Vi u u m d e l e s u ma s c o n t a s d e r o s á r i o , b r a n c a s ; f e z s i n a l q u e l h a s
dessem, e folgou muito com elas, e lançou-as ao pescoço; e depois
t i r o u - a s e m e t e u - a s e m v o l t a d o br a ç o , e a c e n a v a p a r a a t e r r a e
n o v a m e n t e p a r a a s c o n t a s e p ar a o c o l ar d o C a p i t ã o , c o m o s e d a r i a m
ouro por aquilo.
I s t o t o m á v a mo s n ó s n e s s e s e n t i d o , p o r a s s i m o d e s e j a r mo s ! M a s s e
e l e q u e r i a d i z e r q u e l e v a r i a a s c o n t a s e m a i s o c o l a r, i s t o n ã o
q u e r í a mo s n ó s e n t e n d e r, p o r q u e l h o n ã o h a v í a mo s d e d ar ! E d e p o i s
t o r n o u a s c o n t a s a q u e m l h a s d e r a . E e n t ã o e s t i r a r a m- s e d e c o s t a s n a
a l c a t i f a , a d o r mi r s e m p r o c ur a r e m m a n e i r a s d e e n c o b r i r s u a s
v e rg o n h a s , a s q u a i s n ã o er a m f a n a d a s ; e a s c a b e l e i r a s d e l a s e s t a v a m
bem rapadas e feitas.
O C a p i t ã o m a n d o u p ô r p o r b a i x o d a c a b e ç a d e c a d a u m s e u c o x i m; e
o d a c a b e l e i r a e s f o r ç a v a - s e p o r n ã o a e s t r a g a r. E d e i t a r a m u m m a n t o
p o r c i ma d e l e s ; e c o n s e n t i n d o , a c o n c h e g a r a m- s e e a d o r m e c e r a m .
S á b a d o p e l a m a n h ã m a n d o u o C a p i t ã o f a z e r v e l a , f o mo s d e ma n d a r a
e n t r a d a , a q u a l e r a m u i l a rg a e t i n h a s e i s a s e t e b r a ç a s d e f u n d o . E
e n t r a r a m t o d a s a s n a u s d e n t r o , e a n c or a r a m e m c i n c o o u s e i s br a ç a s
— a n c o r a d o u r o q u e é t ã o g r a n d e e t ã o f o r mo s o d e d e n t r o , e t ã o
seguro que podem ficar nele mais de duzentos navios e naus. E tanto
que as naus foram distribuídas e ancoradas, vieram os capitães todos
a e s t a n a u d o C a p i t ã o - mo r. E d a q u i m a n d o u o C a p i t ã o q u e N i c o l a u
C o e l h o e B a r t o l o me u D i a s f o s s e m e m t er r a e l e v a s s e m a q u e l e s d o i s
homens, e os deixassem ir com seu arco e setas, aos quais mandou
d a r a c a d a u m u ma c a mi s a n o v a e u ma c a r a p u ç a v e r m e l h a e u m
rosário de contas brancas de osso, que foram levando nos braços, e
u m c a s c a v e l e u m a c a mp a i n h a . E m a n d o u c o m e l e s , p a r a l á f i c a r, u m
m a n c e b o d e g r e d a d o , c r i a d o d e d o m J o ã o Te l o , d e n o me A f o n s o
Ribeiro, para lá andar com eles e saber de seu viver e maneiras. E a
m i m m a n d o u q u e f o s s e c o m N i c o l a u C o e l h o . F o mo s a s s i m d e f r e c h a
d i r e i t o s à p r a i a . A l i a c u d i r a m l o g o p e r t o d e d u z e n t o s h o me n s , t o d o s
n u s , c o m a r c o s e s e t a s n a s m ã o s . A q u e l e s q u e n ó s l e v a mo s a c e n a r a m-
lhes que se afastassem e depusessem os arcos. E eles os depuseram.
M a s n ã o s e a f a s t a r a m mu i t o . E m a l t i n h a m p o u s a d o s e u s ar c o s
q u a n d o s a í r a m o s q u e n ó s l e v á v a mo s , e o m a n c e b o d e g r e d a d o c o m
e l e s . E s a í d o s n ã o p a r ar a m m a i s ; n e m e s p e r a v a m u m p e l o o ut r o , m a s
antes corriam a quem mais correria. E passaram um rio que aí corre,
d e á g u a d o c e , d e m u i t a á g u a q u e l h e s d a v a p e l a br a g a . E m u i t o s
o u t r o s c o m e l e s . E f o r a m a s s i m c o r r e n d o p a r a a l é m d o r i o e n t r e u ma s
m o i t a s d e p a l me i r a s o n d e e s t a v a m o u t r o s . E a l i p ar a r a m . E n a q u i l o
tinha ido o degredado com um homem que, logo ao sair do batel, o
a g a s a l h o u e l e v o u a t é l á . M a s l o g o o t or n a r a m a n ó s . E c o m e l e
v i e r a m o s o u t r o s q u e n ó s l e v á r a mo s , o s q u a i s v i n h a m j á n u s e s e m
carapuças.
5
E e n t ã o s e c o me ç a r a m d e c h e g a r m u i t o s ; e e n t r a v a m p e l a b e i r a d o
mar para os batéis, até que mais não podiam. E traziam cabaças d'
á g u a , e t o ma v a m a l g u n s b a r r i s q u e n ó s l e v á v a m o s e e n c h i a m - n o s d e
água e traziam-nos aos batéis. Não que eles de todo chegassem a
bordo do batel. Mas junto a ele, lançavam-nos da mão. E nós
t o m á v a mo - l o s . E p e d i a m q u e l h e s d e s s e m a l g u m a c o i s a .
Levava Nicolau Coelho cascavéis e manilhas. E a uns dava um
c a s c a v e l , e a o u t r o s u ma m a n i l h a , d e m a n e i r a q u e c o m a q u e l a e n c a r n a
q u a s e q u e n o s q u e r i a m d ar a m ã o . D a v a m- n o s d a q u e l e s a r c o s e s e t a s
e m t r o c a d e s o mb r e i r o s e c a r a p u ç a s d e l i n h o , e d e q u a l q u e r c o i s a q u e
a g e n t e l h e s q u e r i a d a r. D a l i s e p a r t i r a m o s o u t r o s , d o i s m a n c e b o s ,
q u e n ã o o s v i mo s m a i s .
Dos que ali andavam, muitos — quase a maior parte — traziam
aqueles bicos de osso nos beiços. E alguns, que andavam sem eles,
traziam os beiços furados e nos buracos traziam uns espelhos de pau,
que pareciam espelhos de borracha. E alguns deles traziam três
daqueles bicos, a saber um no meio, e os dois nos cabos.
E andavam lá outros, quartejados de cores, a saber metade deles da
s u a p r ó p r i a c o r, e m e t a d e d e t i n t ur a pr e t a , u m t a n t o a z u l a d a ; e o u t r o s
quartejados d' escaques. Ali andavam entre eles três ou quatro moças,
b e m n o v i n h a s e g e n t i s , c o m c a b e l o s m u i t o p r e t o s e c o mp r i d o s p e l a s
c o s t a s ; e s u a s v e rg o n h a s , t ã o a l t a s e t ã o c e r r a d i n h a s e t ã o l i mp a s d a s
cabeleiras que, de as nós muito bem olharmos, não se
e n v e rg o n h a v a m.
A l i p o r e n t ã o n ã o h o u v e m a i s f a l a o u e n t e n d i me n t o c o m e l e s , p o r a
b a r b a n a d e l e s s e r t a ma n h a q u e s e n ã o e n t e n d i a n e m o u v i a n i n g u é m .
A c e n a m o s - l h e s q u e s e f o s s e m . E a s s i m o f i z e r a m e p a s s a r a m- s e p ar a
além do rio. E saíram três ou quatro homens nossos dos batéis, e
encheram não sei quantos barris d' água que nós levávamos. E
t o r n a mo - n o s à s n a u s . E q u a n d o a s s i m v í n h a mo s , a c e n a r a m- n o s q u e
v o l t á s s e mo s . Vo l t a mo s , e e l e s m a n d a r a m o d e gr e d a d o e n ã o q ui s e r a m
q u e f i c a s s e l á c o m e l e s , o q u a l l e v a v a u ma b a c i a p e q u e n a e d u a s o u
t r ê s c a r a p u ç a s v e r m e l h a s p a r a l á a s d a r a o s e n h o r, s e o l á h o u v e s s e .
N ã o t r a t a r a m d e l h e t i r ar c o i s a a l g u m a , a n t e s m a n d a r a m- n o c o m t u d o .
M a s e n t ã o B a r t o l o me u D i a s o f e z o u t r a v e z t o r n a r, q u e l h e d e s s e
aquilo. E ele tornou e deu aquilo, em vista de nós, a aquele que o da
p r i me i r a a g a s a l h a r a . E e n t ã o v e i o - s e , e n ó s l e v a m o - l o .
E s s e q u e o a g a s a l h o u er a j á d e i d a d e , e a n d a v a p or g a l a n t e r i a , c h e i o
de penas, pegadas pelo corpo, que parecia seteado como São
S e b a s t i ã o . O u t r o s t r a z i a m c a r a p u ç a s d e p e n a s a ma r e l a s ; e o u t r o s , d e
v e r me l h a s ; e o u t r o s d e v e r d e s . E u ma d a q u e l a s m o ç a s e r a t o d a t i n g i d a
d e b a i x o a c i ma , d a q u e l a t i n t u r a e c e r t o e r a t ã o b e m f e i t a e t ã o
r e d o n d a , e s u a v e rg o n h a t ã o g r a c i o s a q u e a m u i t a s m u l h e r e s d e n o s s a
t e r r a , v e n d o - l h e t a i s f e i ç õ e s e n v e rg o n h a r a , p o r n ã o t er e m a s s u a s
c o m o e l a . N e n h u m d e l e s er a f a n a d o , m a s t o d o s a s s i m c o mo n ó s . E
c o m i s t o n o s t o r n a mo s , e e l e s f o r a m - s e .
6
À tarde saiu o Capitão-mor em seu batel com todos nós outros
c a p i t ã e s d a s n a u s e m s e u s b a t é i s a f o l g a r p e l a b a í a , p er t o d a p r a i a .
M a s n i n g u é m s a i u e m t e r r a , p o r o C a p i t ã o o n ã o q u e r e r, a p e s a r d e
ninguém estar nela. Apenas saiu — ele com todos nós — em um
i l h é u g r a n d e q u e e s t á n a b a í a , o q u a l , a q u a n d o b a i x a m a r, f i c a m u i
vazio. Com tudo está de todas as partes cercado de água, de sorte que
n i n g u é m l á p o d e i r, a n ã o s e r d e b a r c o o u a n a d o . A l i f o l g o u e l e , e
t o d o s n ó s , b e m u ma h o r a e m e i a . E p e s c a r a m l á , a n d a n d o a l g u n s
m a r i n h e i r o s c o m u m c h i n c h o r r o ; e m a t a r a m p e i x e mi ú d o , n ã o m u i t o .
E depois volvemo-nos às naus, já bem noite.
A o d o mi n g o d e P a s c o e l a p e l a m a n h ã , d e t er m i n o u o C a p i t ã o i r o u v i r
m i s s a e s e r mã o n a q u e l e i l h é u . E m a n d o u a t o d o s o s c a p i t ã e s q u e s e
arranjassem nos batéis e fossem com ele. E assim foi feito. Mandou
a r ma r u m p a v i l h ã o n a q u e l e i l h é u , e d e n t r o l e v a n t ar u m a l t a r m u i b e m
arranjado. E ali com todos nós outros fez dizer missa, a qual disse o
p a d r e f r e i H e n r i q u e , e m v o z e n t o a d a , e o f i c i a d a c o m a q u e l a m e s ma
voz pelos outros padres e sacerdotes que todos assistiram, a qual
m i s s a , s e g u n d o m e u p a r e c e r, f o i o u v i d a p o r t o d o s c o m m u i t o pr a z e r e
devoção. Ali estava com o Capitão a bandeira de Cristo, com que
s a í r a d e B e l é m, a q u a l e s t e v e s e mp r e b e m a l t a , d a p a r t e d o
Evangelho.
Acabada a missa, desvestiu-se o padre e subiu a uma cadeira alta; e
n ó s t o d o s l a n ç a d o s p o r e s s a a r e i a . E pr e g o u u m a s o l e n e e p r o v e i t o s a
pregação, da história evangélica; e no fim tratou da nossa vida, e do
a c h a m e n t o d e s t a t er r a , r e f e r i n d o - s e à C r u z , s o b c u j a o b e d i ê n c i a
viemos, que veio muito a propósito, e fez muita devoção.
E n q u a n t o a s s i s t i mo s à m i s s a e a o s e r m ã o , e s t a r i a n a p r a i a o u t r a t a n t a
g e n t e , p o u c o m a i s o u m e n o s , c o mo a d e o n t e m , c o m s e u s a r c o s e
s e t a s , e a n d a v a f o l g a n d o . E o l h a n d o - n o s , s e n t a r a m. E d e p o i s d e
acabada a missa, quando nós sentados atendíamos a pregação,
l e v a n t a r a m- s e m u i t o s d e l e s e t a n g e r a m c o r n o o u b u z i n a e c o m e ç a r a m
a s a l t a r e d a n ç a r u m p e d a ç o . E a l g u n s d e l e s s e m e t i a m e m a l ma d i a s
— duas ou três que lá tinham — as quais não são feitas como as que
eu vi; apenas são três traves, atadas juntas. E ali se metiam quatro ou
c i n c o , o u e s s e s q u e q u er i a m , n ã o s e a f a s t a n d o q u a s e n a d a d a t er r a , s ó
a t é o n d e p o d i a m t o ma r p é .
A c a b a d a a p r e g a ç ã o e n c a mi n h o u - s e o C a p i t ã o , c o m t o d o s n ó s , p a r a
o s b a t é i s , c o m n o s s a b a n d e i r a a l t a . E m b a r c a mo s e f o m o s i n d o t o d o s
e m d i r e ç ã o à t e r r a p a r a p a s s a r m o s a o l o n g o p o r o n d e e l e s e s t a v a m,
indo na dianteira, por ordem do Capitão, Bartolomeu Dias em seu
e s q u i f e , c o m u m p a u d e u ma a l m a d i a q u e l h e s o m a r l e v a r a , p a r a o
entregar a eles. E nós todos trás dele, a distância de um tiro de pedra.
C o m o v i r a m o e s q u i f e d e B a r t o l o me u D i a s , c h e g a r a m- s e l o g o t o d o s à
á g u a , m e t e n d o - s e n e l a a t é o n d e m a i s p o d i a m . A c e n a r a m- l h e s q u e
p o u s a s s e m o s ar c o s e m u i t o s d e l e s o s i a m l o g o p ôr e m t e r r a ; e o u t r o s
n ã o o s p u n h a m.
7
Andava lá um que falava muito aos outros, que se afastassem. Mas
n ã o j á q u e a m i m m e p ar e c e s s e q u e l h e t i n h a m r e s p e i t o o u m e d o . E s t e
q u e o s a s s i m a n d a v a a f a s t a n d o t r a z i a s e u ar c o e s e t a s . E s t a v a t i n t o d e
t i n t u r a v e r me l h a p e l o s p e i t o s e c o s t a s e p e l o s q u a d r i s , c o x a s e p er n a s
a t é b a i x o , m a s o s v a z i o s c o m a b ar r i g a e e s t ô m a g o e r a m d e s u a
p r ó p r i a c o r. E a t i n t u r a e r a t ã o v e r me l h a q u e a á g u a l h a n ã o c o m i a
n e m d e s f a z i a . A n t e s , q u a n d o s a í a d a á g u a , e r a m a i s v e r me l h o . S a i u
u m h o me m d o e s q u i f e d e B a r t o l o m e u D i a s e a n d a v a n o m e i o d e l e s ,
s e m i mp l i c a r e m n a d a c o m e l e , e m u i t o m e n o s a i n d a p e n s a v a m e m
f a z e r- l h e m a l .
Apenas lhe davam cabaças d' água; e acenavam aos do esquife que
saíssem em terra. Com isto se volveu Bartolomeu Dias ao Capitão. E
v i e m o - n o s à s n a u s , a c o me r, t a n g e n d o t r o mb e t a s e g a i t a s , s e m o s
m a i s c o n s t r a n g e r. E e l e s t o r n a r a m- s e a s e n t a r n a pr a i a , e a s s i m p o r
e n t ã o f i c a r a m.
Neste ilhéu, onde fomos ouvir missa e sermão, espraia muito a água
e descobre muita areia e muito cascalho. Enquanto lá estávamos
foram alguns buscar marisco e não no acharam. Mas acharam alguns
camarões grossos e curtos, entre os quais vinha um muito grande e
m u i t o g r o s s o ; q u e e m n e n h u m t e m p o o v i t a ma n h o . Ta m b é m a c h a r a m
cascas de berbigões e de amêijoas, mas não toparam com nenhuma
p e ç a i n t e i r a . E d e p o i s d e t e r mo s c o mi d o v i e r a m l o g o t o d o s o s
c a p i t ã e s a e s t a n a u , p o r o r d e m d o C a p i t ã o - m o r, c o m o s q u a i s e l e s e
a p o r t o u ; e e u n a c o m p a n h i a . E p e rg u n t o u a t o d o s s e n o s p a r e c i a b e m
m a n d a r a n o v a d o a c h a m e n t o d e s t a t er r a a Vo s s a A l t e z a p e l o n a v i o
dos mantimentos, para a melhor mandar descobrir e saber dela mais
d o q u e n ó s p o d í a mo s s a b e r, p o r i r m o s n a n o s s a v i a g e m .
E e n t r e m u i t a s f a l a s q u e s o b r e o c a s o s e f i z e r a m f o i di t o , p o r t o d o s
o u a m a i o r p ar t e , q u e s e r i a m u i t o b e m. E n i s t o c o n c o r d a r a m. E l o g o
q u e a r e s o l u ç ã o f o i t o ma d a , p e rg u n t o u m a i s , s e s e r i a b e m t o m a r a q u i
p o r f o r ç a u m p a r d e s t e s h o m e n s p a r a o s m a n d a r a Vo s s a A l t e z a ,
d e i x a n d o a q u i e m l u g ar d e l e s o u t r o s d o i s d e s t e s d e g r e d a d o s .
E c o n c o r d ar a m e m q u e n ã o e r a n e c e s s á r i o t o ma r p o r f o r ç a h o m e n s ,
p o r q u e c o s t u me er a d o s q u e a s s i m à f o r ç a l e v a v a m p a r a a l g u m a p a r t e
d i z e r e m q u e h á d e t u d o q u a n t o l h e s p e rg u n t a m; e q u e m e l h o r e mu i t o
m e l h o r i n f o r m a ç ã o d a t e r r a d a r i a m d o i s h o m e n s d e s s e s d e gr e d a d o s
q u e a q u i d e i x á s s e m o s d o q u e e l e s d a r i a m s e o s l e v a s s e m p or s e r
g e n t e q u e n i n g u é m e n t e n d e . N e m e l e s c e d o a p r e n d e r i a m a f a l a r p ar a o
saberem tão bem dizer que muito melhor estoutros o não digam
q u a n d o c á Vo s s a A l t e z a m a n d a r. E q u e p o r t a n t o n ã o c u i d á s s e m o s d e
a q u i p o r f o r ç a t o ma r n i n g u é m , n e m f a z e r e s c â n d a l o ; m a s s i m , p a r a o s
d e t o d o a m a n s a r e a p a z i g u a r, u n i c a m e n t e d e d e i x a r a q u i o s d o i s
d e g r e d a d o s q u a n d o d a q u i p a r t í s s e m o s . E a s s i m f i c o u d e t er m i n a d o p o r
parecer melhor a todos.
A c a b a d o i s t o , d i s s e o C a p i t ã o q u e f ô s s e mo s n o s b a t é i s e m t er r a . E
v e r- s e - i a b e m, q u e j a n d o e r a o r i o . M a s t a mb é m p a r a f o l g a r mo s .
8
F o mo s t o d o s n o s b a t é i s e m t e r r a , a r ma d o s ; e a b a n d e i r a c o n o s c o .
Eles andavam ali na praia, à boca do rio, para onde nós íamos; e,
a n t e s q u e c h e g á s s e m o s , p e l o e n s i n o q u e d a n t e s t i n h a m, p u s e r a m t o d o s
o s a r c o s , e a c e n a r a m q u e s a í s s e mo s . M a s , t a n t o q u e o s b a t é i s p u s e r a m
a s p r o a s e m t er r a , p a s s a r a m- s e l o g o t o d o s a l é m d o r i o , o q u a l n ã o é
m a i s a n c h o q u e u m j o g o d e m a n c a l . E t a n t o q u e d e s e mb a r c a mo s ,
a l g u n s d o s n o s s o s p a s s a r a m l o g o o r i o , e m e t e r a m- s e e n t r e e l e s . E
a l g u n s a g u a r d a v a m ; e o u t r o s s e a f a s t a v a m. C o m t u d o , a c o i s a er a d e
maneira que todos andavam misturados. Eles davam desses arcos com
s u a s s e t a s p o r s o m b r e i r o s e c a r a p u ç a s d e l i n h o , e p or q u a l q u e r c o i s a
que lhes davam. Passaram além tantos dos nossos e andaram assim
m i s t u r a d o s c o m e l e s , q u e e l e s s e e s q u i v a v a m, e a f a s t a v a m - s e ; e i a m
a l g u n s p a r a c i ma , o n d e o u t r o s e s t a v a m. E e n t ã o o C a p i t ã o f e z q u e o
t o m a s s e m a o c o l o d o i s h o me n s e p a s s o u o r i o , e f e z t o r n ar a t o d o s . A
gente que ali estava não seria mais que aquela do costume. Mas logo
q u e o C a p i t ã o c h a m o u t o d o s p ar a t r á s , a l g u n s s e c h e g a r a m a e l e , n ã o
p o r o r e c o n h e c e r e m p o r S e n h o r, m a s p o r q u e a g e n t e , n o s s a , j á
passava para aquém do rio. Ali falavam e traziam muitos arcos e
c o n t i n h a s , d a q u e l a s j á d i t a s , e r e s g a t a v a m - n a s p o r q u a l q u er c o i s a , d e
t a l m a n e i r a q u e o s n o s s o s l e v a v a m d a l i p ar a a s n a u s m u i t o s a r c o s , e
s e t a s e c o n t a s . E e n t ã o t o r n o u- s e o C a p i t ã o p a r a a q u é m d o r i o . E
logo acudiram muitos à beira dele.
A l i v e r í e i s g a l a n t e s , p i n t a d o s d e p r e t o e v e r me l h o , e q u a r t e j a d o s ,
a s s i m p e l o s c o r p o s c o m o p e l a s p e r n a s , q u e , c er t o , a s s i m p a r e c i a m
b e m . Ta mb é m a n d a v a m e n t r e e l e s q u a t r o o u c i n c o m u l h e r e s , n o v a s ,
que assim nuas, não pareciam mal. Entre elas andava uma, com uma
c o x a , d o j o e l h o a t é o q u a d r i l e a n á d e g a , t o d a t i n g i d a d a q u e l a t i nt u r a
p r e t a ; e t o d o o r e s t o d a s u a c or n a t u r a l . O u t r a t r a z i a a mb o s o s j o e l h o s
com as curvas assim tintas, e também os colos dos pés; e suas
v e rg o n h a s t ã o n u a s , e c o m t a n t a i n o c ê n c i a a s s i m d e s c o b e r t a s , q u e n ã o
h a v i a n i s s o d e s v e rg o n h a n e n h u ma .
Ta m b é m a n d a v a l á o u t r a m u l h e r, n o v a , c o m u m m e n i n o o u m e n i n a ,
atado com um pano aos peitos, de modo que não se lhe viam senão as
perninhas. Mas nas pernas da mãe, e no resto, não havia pano algum.
E m s e g u i d a o C a p i t ã o f o i s u b i n d o a o l o n g o d o r i o , q u e c o r r e r e nt e à
p r a i a . E a l i e s p e r o u p o r u m v e l h o q u e t r a z i a n a m ã o u ma p á d e
almadia. Falou, enquanto o Capitão estava com ele, na presença de
todos nós; mas ninguém o entendia, nem ele a nós, por mais coisas
q u e a g e n t e l h e p e rg u n t a v a c o m r e s p e i t o a o u r o , p o r q u e d e s e j á v a mo s
s a b e r s e o h a v i a n a t er r a .
Tr a z i a e s t e v e l h o o b e i ç o t ã o f u r a d o q u e l h e c a b i a p e l o b ur a c o u m
g r o s s o d e d o p o l e g a r. E t r a z i a m e t i d o n o b u r a c o u m a p e d r a v e r d e , d e
n e n h u m v a l o r, q u e f e c h a v a p o r f o r a a q u e l e b ur a c o . E o C a p i t ã o l h a
f e z t i r a r. E e l e n ã o s e i q u e d i a b o f a l a v a e i a c o m e l a p a r a a b o c a d o
C a p i t ã o p a r a l h a m e t e r. E s t i v e mo s r i n d o u m p o u c o e di z e n d o c h a l a ç a s
sobre isso. E então enfadou-se o Capitão, e deixou-o. E um dos
9
n o s s o s d e u - l h e p e l a p e d r a u m s o m b r e i r o v e l h o ; n ã o p or e l a v a l e r
a l g u m a c o i s a , m a s p a r a a mo s t r a . E d e p o i s h o u v e - a o C a p i t ã o , cr e i o ,
p a r a m a n d a r c o m a s o u t r a s c o i s a s a Vo s s a A l t e z a .
A n d a mo s p o r a í v e n d o o r i b e i r o , o q u a l é d e m u i t a á g u a e m u i t o b o a .
A o l o n g o d e l e h á m u i t a s p a l me i r a s , n ã o m u i t o a l t a s ; e m u i t o b o n s
p a l m i t o s . C o l h e mo s e c o me m o s m u i t o s d e l e s . D e p o i s t o r n o u- s e o
C a p i t ã o p a r a b a i x o p a r a a b o c a d o r i o , o n d e t í n h a mo s d e s e mb a r c a d o .
E além do rio andavam muitos deles dançando e folgando, uns diante
o s o u t r o s , s e m s e t o ma r e m p e l a s m ã o s . E f a z i a m - n o b e m. P a s s o u - s e
e n t ã o p ar a a o u t r a b a n d a d o r i o D i o g o D i a s , q u e f o r a a l m o x a r i f e d e
S a c a v é m , o q u a l é h o me m g r a c i o s o e d e pr a z e r. E l e v o u c o n s i g o u m
g a i t e i r o n o s s o c o m s u a g a i t a . E m e t e u - s e a d a n ç a r c o m e l e s , t o ma n d o -
os pelas mãos; e eles folgavam e riam e andavam com ele muito bem
ao som da gaita. Depois de dançarem fez ali muitas voltas ligeiras,
andando no chão, e salto real, de que se eles espantavam e riam e
folgavam muito. E conquanto com aquilo os segurou e afagou muito,
t o m a v a m l o g o u m a e s q u i v e z a c o m o d e a n i ma i s m o n t e z e s , e f o r a m- s e
para cima.
E e n t ã o p a s s o u o r i o o C a p i t ã o c o m t o d o s n ó s , e f o mo s p e l a pr a i a , d e
l o n g o , a o p a s s o q u e o s b a t é i s i a m r e n t e s à t e r r a . E c h e g a mo s a u ma
g r a n d e l a g o a d e á g u a d o c e q u e e s t á p er t o d a pr a i a , p or q u e t o d a
a q u e l a r i b e i r a d o m a r é a p a u l a d a p o r c i ma e s a i a á g u a p o r mu i t o s
l u g a r e s . E d e p o i s d e p a s s a r mo s o r i o , f o r a m u n s s e t e o u o i t o d e l e s
m e t e r- s e e n t r e o s m a r i n h e i r o s q u e s e r e c o l h i a m a o s b a t é i s . E l e v a r a m
dali um tubarão que Bartolomeu Dias matou. E levavam-lho; e
lançou-o na praia.
B a s t a r á q u e a t é a q u i , c o m o q u e r q u e s e l h e s e m a l g u ma p a r t e
a m a n s a s s e m, l o g o d e u ma m ã o p a r a o u t r a s e e s q u i v a v a m , c o m o
pardais do cevadouro. Ninguém não lhes ousa falar de rijo para não
se esquivarem mais. E tudo se passa como eles querem — para os
b e m a m a n s a r mo s !
Ao velho com quem o Capitão havia falado, deu-lhe uma carapuça
v e r me l h a . E c o m t o d a a c o n v e r s a q u e c o m e l e h o u v e , e c o m a
carapuça que lhe deu tanto que se despediu e começou a passar o rio,
f o i - s e l o g o r e c a t a n d o . E n ã o q u i s m a i s t o r n a r d o r i o p ar a a q u é m. O s
outros dois o Capitão teve nas naus, aos quais deu o que já ficou
dito, nunca mais aqui apareceram — fatos de que deduzo que é gente
b e s t i a l e d e p o u c o s a b e r, e p o r i s s o t ã o e s q u i v a . M a s a p e s a r d e t u d o
i s s o a n d a m b e m c u r a d o s , e m u i t o l i mp o s . E n a q u i l o a i n d a m a i s m e
convenço que são como aves, ou alimárias montezinhas, as quais o ar
f a z m e l h o r e s p e n a s e m e l h o r c a b e l o q u e à s m a n s a s , p or q u e o s s e u s
c o r p o s s ã o t ã o l i mp o s e t ã o g or d o s e t ã o f o r mo s o s q u e n ã o p o d e s e r
mais! E isto me faz presumir que não tem casas nem moradias em que
s e r e c o l h a m ; e o a r e m q u e s e cr i a m o s f a z t a i s . N ó s p e l o m e n o s n ã o
v i m o s a t é a g o r a n e n h u ma s c a s a s , n e m c o i s a q u e s e p ar e ç a c o m e l a s .
10
Mandou o Capitão aquele degredado, Afonso Ribeiro, que se fosse
o u t r a v e z c o m e l e s . E f o i ; e a n d o u l á u m b o m p e d a ç o , m a s a t ar d e
r e g r e s s o u , q u e o f i z e r a m e l e s v i r : e n ã o o q u i s e r a m l á c o n s e n t i r. E
d e r a m- l h e a r c o s e s e t a s ; e n ã o l h e t o ma r a m n a d a d o s e u . A n t e s , di s s e
e l e , q u e l h e t o ma r a u m d e l e s u m a s c o n t i n h a s a m a r e l a s q u e l e v a v a e
fugia com elas, e ele se queixou e os outros foram logo após ele, e
l h a s t o m a r a m e t o r n ar a m - l h a s a d a r ; e e n t ã o m a n d a r a m- n o v i r. D i s s e
q u e n ã o v i r a l á e n t r e e l e s s e n ã o u ma s c h o u p a n i n h a s d e r a m a v e r d e e
d e f e t e i r a s mu i t o g r a n d e s , c o mo a s d e E n t r e D o ur o e M i n h o . E a s s i m
n o s t o r n a m o s à s n a u s , j á q u a s e n o i t e , a d o r mi r.
S e g u n d a - f e i r a , d e p o i s d e c o m e r, s a í mo s t o d o s e m t e r r a a t o m a r á g u a .
A l i v i er a m e n t ã o m u i t o s ; m a s n ã o t a n t o s c o m o a s o u t r a s v e z e s . E
t r a z i a m j á m u i t o p o u c o s ar c o s . E e s t i v e r a m u m p o u c o a f a s t a d o s d e
n ó s ; m a s d e p o i s p o u c o a p o u c o m i s t u r a r a m- s e c o n o s c o ; e a b r a ç a v a m -
nos e folgavam; mas alguns deles se esquivavam logo. Ali davam
alguns arcos por folhas de papel e por alguma carapucinha velha e
por qualquer coisa. E de tal maneira se passou a coisa que bem vinte
ou trinta pessoas das nossas se foram com eles para onde outros
muitos deles estavam com moças e mulheres. E trouxeram de lá
m u i t o s ar c o s e b a r r e t e s d e p e n a s d e a v e s , u n s v er d e s , o u t r o s
a m a r e l o s , d o s q u a i s c r e i o q u e o C a p i t ã o h á d e m a n d a r u m a a mo s t r a a
Vo s s a A l t e z a .
E segundo diziam esses que lá tinham ido, brincaram com eles.
N e s t e d i a o s v i m o s m a i s d e p er t o e m a i s à n o s s a v o n t a d e , p or
andarmos quase todos misturados: uns andavam quartejados daquelas
t i n t u r a s , o u t r o s d e m e t a d e s , o u t r o s d e t a n t a f e i ç ã o c o mo e m p a n o d e
ras, e todos com os beiços furados, muitos com os ossos neles, e
b a s t a n t e s s e m o s s o s . A l g u n s t r a z i a m u n s o ur i ç o s v e r d e s , d e ár v o r e s ,
que na cor queriam parecer de castanheiras, embora fossem muito
m a i s p e q u e n o s . E e s t a v a m c h e i o s d e u n s gr ã o s v er m e l h o s , p e q u e n i n o s
q u e , e s m a g a n d o - s e e n t r e o s d e d o s , s e d e s f a z i a m n a t i n t a mu i t o
v e r me l h a d e q u e a n d a v a m t i n g i d o s . E q u a n t o m a i s s e m o l h a v a m , t a n t o
m a i s v e r m e l h o s f i c a v a m. To d o s a n d a m r a p a d o s a t é p or c i m a d a s
o r e l h a s ; a s s i m m e s mo d e s o b r a n c e l h a s e p e s t a n a s . Tr a z e m t o d o s a s
testas, de fonte a fonte, tintas de tintura preta, que parece uma fita
p r e t a d a l a rg u r a d e d o i s d e d o s .
E o Capitão mandou aquele degredado Afonso Ribeiro e a outros
d o i s d e g r e d a d o s q u e f o s s e m m e t e r- s e e n t r e e l e s ; e a s s i m m e s mo a
D i o g o D i a s , p o r s e r h o me m a l e g r e , c o m q u e e l e s f o l g a v a m. E a o s
d e g r e d a d o s o r d e n o u q u e f i c a s s e m l á e s t a n o i t e . F o r a m- s e l á t o d o s ; e
a n d a r a m e n t r e e l e s . E s e g u n d o d e p o i s d i z i a m, f o r a m b e m u ma l é g u a e
m e i a a u ma p o v o a ç ã o , e m q u e h a v e r i a n o v e o u d e z c a s a s , a s q u a i s
d i z i a m q u e er a m t ã o c o m p r i d a s , c a d a u m a , c o m o e s t a n a u c a p i t â n i a . E
e r a m d e m a d e i r a , e d a s i l h a rg a s d e t á b u a s , e c o b e r t a s d e p a l h a , d e
r a z o á v e l a l t u r a ; e t o d a s d e u m s ó e s p a ç o , s e m r e p a r t i ç ã o a l g u ma ,
t i n h a m d e d e n t r o mu i t o s e s t e i o s ; e d e e s t e i o a e s t e i o u m a r e d e a t a d a
11
c o m c a b o s e m c a d a e s t e i o , a l t a s , e m q u e d o r mi a m . E d e b a i x o , p ar a
se aquentarem, faziam seus fogos. E tinha cada casa duas portas
pequenas, uma numa extremidade, e outra na oposta.
E d i z i a m q u e e m c a d a c a s a s e r e c o l h i a m t r i nt a o u q u ar e n t a p e s s o a s , e
q u e a s s i m o s e n c o n t r a r a m ; e q u e l h e s d e r a m d e c o me r d o s a l i m e n t o s
q u e t i n h a m , a s a b e r m u i t o i n h a me , e o u t r a s s e m e n t e s q u e n a t e r r a d á ,
q u e e l e s c o m e m. E c o mo s e f a z i a t ar d e f i z e r a m- n o s l o g o t o d o s t o r n a r ;
e n ã o q u i s e r a m q u e l á f i c a s s e n e n h u m . E a i n d a , s e g u n d o d i z i a m,
queriam vir com eles.
R e s g a t a r a m l á p o r c a s c a v é i s e o u t r a s c o i s i n h a s d e p o u c o v a l o r, q u e
l e v a v a m , p a p a g a i o s v er m e l h o s , m u i t o gr a n d e s e f o r m o s o s , e d o i s
v e r d e s p e q u e n i n o s , e c a r a p u ç a s d e p e n a s v er d e s , e u m p a n o d e p e n a s
d e m u i t a s c o r e s , e s p é c i e d e t e c i d o a s s a z b e l o , s e g u n d o Vo s s a A l t e z a
t o d a s e s t a s c o i s a s v e r á , p o r q u e o C a p i t ã o v o- l a s h á d e m a n d a r,
s e g u n d o e l e d i s s e . E c o m i s t o v i e r a m; e n ó s t o r n a m o - n o s à s n a u s .
Te r ç a - f e i r a , d e p o i s d e c o me r, f o m o s e m t e r r a , f a z e r l e n h a , e p a r a
lavar roupa. Estavam na praia, quando chegamos, uns sessenta ou
s e t e n t a , s e m ar c o s e s e m n a d a . Ta n t o q u e c h e g a mo s , v i er a m l o g o p a r a
nós, sem se esquivarem. E depois acudiram muitos, que seriam bem
d u z e n t o s , t o d o s s e m a r c o s . E m i s t u r a r a m- s e t o d o s t a n t o c o n o s c o q u e
uns nos ajudavam a acarretar lenha e metê-las nos batéis. E lutavam
c o m o s n o s s o s , e t o m a v a m c o m pr a z e r. E e n q u a n t o f a z í a m o s a l e n h a ,
c o n s t r u í a m d o i s c a r p i n t e i r o s u ma gr a n d e c r u z d e u m p a u q u e s e
ontem para isso cortara. Muitos deles vinham ali estar com os
c a r p i n t e i r o s . E cr e i o q u e o f a z i a m m a i s p a r a v e r e m a f e r r a m e n t a d e
ferro com que a faziam do que para verem a cruz, porque eles não
tem coisa que de ferro seja, e cortam sua madeira e paus com pedras
feitas como cunhas, metidas em um pau entre duas talas, mui bem
atadas e por tal maneira que andam fortes, porque lhas viram lá. Era
j á a c o n v er s a ç ã o d e l e s c o n o s c o t a n t a q u e q u a s e n o s e s t o r v a v a m n o
q u e h a v í a m o s d e f a z e r.
E o Capitão mandou a dois degredados e a Diogo Dias que fossem lá
à a l d e i a e q u e d e m o d o a l g u m v i e s s e m a d or mi r à s n a u s , a i n d a q u e o s
m a n d a s s e m e m b o r a . E a s s i m s e f o r a m . E n q u a n t o a n d á v a mo s n e s s a
m a t a a c o r t a r l e n h a , a t r a v e s s a v a m a l g u n s p a p a g a i o s e s s a s á r v or e s ;
v e r d e s u n s , e p a r d o s , o u t r o s , gr a n d e s e p e q u e n o s , d e s o r t e q u e m e
p a r e c e q u e h a v e r á m u i t o s n e s t a t er r a . To d a v i a o s q u e v i n ã o s e r i a m
mais que nove ou dez, quando muito. Outras aves não vimos então, a
n ã o s e r a l g u ma s p o mb a s - s e i x e i r a s , e p a r e c e r a m- m e m a i o r e s b a s t a n t e
do que as de Portugal. Vários diziam que viram rolas, mas eu não as
v i . To d a v i a s e g u n d o o s a r v or e d o s s ã o m u i m u i t o s e g r a n d e s , e d e
infinitas espécies, não duvido que por esse sertão haja muitas aves!
E c e r c a d a n o i t e n ó s v o l v e mo s p a r a a s n a u s c o m n o s s a l e n h a .
E u c r e i o , S e n h o r, q u e n ã o d e i a i n d a c o n t a a q u i a Vo s s a A l t e z a d o
f e i t i o d e s e u s ar c o s e s e t a s . O s a r c o s s ã o p r e t o s e c o mp r i d o s , e a s
12
s e t a s c o m p r i d a s ; e o s f e r r o s d e l a s s ã o c a n a s a p a r a d a s , c o n f o r me
Vo s s a A l t e z a v e r á a l g u n s q u e c r e i o q u e o C a p i t ã o a E l a h á d e e n v i a r.
Q u a r t a - f e i r a n ã o f o mo s e m t er r a , p o r q u e o C a p i t ã o a n d o u t o d o o d i a
no navio dos mantimentos a despejá-lo e fazer levar às naus isso que
c a d a u m p o d i a l e v a r. E l e s a c u d i r a m à p r a i a , m u i t o s , s e g u n d o d a s n a u s
v i m o s . S e r i a m p e r t o d e t r e z e n t o s , s e g u n d o S a n c h o d e To v a r q u e p ar a
lá foi. Diogo Dias e Afonso Ribeiro, o degredado, aos quais o
Capitão ontem ordenara que de toda maneira lá dormissem, tinham
v o l t a d o j á d e n o i t e , p o r e l e s n ã o q u er e r e m q u e l á f i c a s s e m . E t r a z i a m
p a p a g a i o s v er d e s ; e o u t r a s a v e s p r e t a s , q u a s e c o m o p e g a s , c o m a
diferença de terem o bico branco e rabos curtos. E quando Sancho de
To v a r r e c o l h e u à n a u , q u e r i a m v i r c o m e l e , a l g u n s ; m a s e l e n ã o
a d m i t i u s e n ã o d o i s m a n c e b o s , b e m d i s p o s t o s e h o me n s d e pr o l .
Mandou pensar e curá-los mui bem essa noite. E comeram toda a
r a ç ã o q u e l h e s d e r a m, e m a n d o u d a r- l h e s c a m a d e l e n ç ó i s , s e g u n d o
ele disse. E dormiram e folgaram aquela noite. E não houve mais este
d i a q u e p ar a e s c r e v e r s e j a .
Quinta-feira, derradeiro de abril, comemos logo, quase pela manhã, e
fomos em terra por mais lenha e água. E em querendoo Capitão sair
d e s t a n a u , c h e g o u S a n c h o d e To v a r c o m s e u s d o i s h ó s p e d e s . E p o r e l e
a i n d a n ã o t er c o mi d o , p u s e r a m- l h e t o a l h a s , e v e i o- l h e c o mi d a . E
c o m e u . O s h ó s p e d e s , s e n t a r a m- n o c a d a u m e m s u a c a d e i r a . E d e t u d o
q u a n t o l h e s d e r a m, c o m e r a m m u i b e m , e s p e c i a l m e n t e l a c ã o c o z i d o
f r i o , e ar r o z . N ã o l h e s d e r a m v i n h o p or S a n c h o d e To v a r d i z e r q u e o
n ã o b e b i a m b e m.
A c a b a d o o c o m e r, m e t e m o - n o s t o d o s n o b a t e l , e e l e s c o n o s c o . D e u
u m g r u m e t e a u m d e l e s u m a a r ma d u r a g r a n d e d e p o r c o m o n t ê s , b e m
r e v o l t a . E l o g o q u e a t o mo u m e t e u - a n o b e i ç o ; e p or q u e s e l h e n ã o
q u e r i a s e g u r a r, d er a m- l h e u m a p o u c a d e c e r a v e r me l h a . E e l e a j e i t o u -
lhe seu adereço da parte de trás de sorte que segurasse, e meteu-a no
b e i ç o , a s s i m r e v o l t a p a r a c i m a ; e i a t ã o c o n t e n t e c o m e l a , c o mo s e
tivesse uma grande jóia. E tanto que saímos em terra, foi-se logo com
ela. E não tornou a aparecer lá.
A n d a r i a m n a p r a i a , q u a n d o s a í m o s , oi t o o u d e z d e l e s ; e d e a í a p o u c o
c o m e ç a r a m a v i r. E p a r e c e - m e q u e v i r i a m e s t e d i a a pr a i a
quatrocentos ou quatrocentos e cinqüenta. Alguns deles traziam arcos
e s e t a s ; e d e r a m t u d o e m t r o c a d e c a r a p u ç a s e p or q u a l q u e r c o i s a q u e
l h e s d a v a m . C o m i a m c o n o s c o d o q u e l h e s d á v a mo s , e a l g u n s d e l e s
b e b i a m v i n h o , a o p a s s o q u e o u t r o s o n ã o p o d i a m b e b e r. M a s q u e r- m e
p a r e c e r q u e , s e o s a c o s t u ma r e m, o h ã o d e b e b e r d e b o a v o nt a d e !
Andavam todos tão bem dispostos e tão bem feitos e galantes com
s u a s p i n t u r a s q u e a g r a d a v a m. A c a r r e t a v a m d e s s a l e n h a q u a n t a
p o d i a m , c o m m i l b o a s v o n t a d e s , e l e v a v a m- n a a o s b a t é i s . E e s t a v a m
já mais mansos e seguros entre nós do que nós estávamos entre eles.
F o i o C a p i t ã o c o m a l g u n s d e n ó s u m p e d a ç o p o r e s t e ar v o r e d o a t é u m
ribeiro grande, e de muita água, que ao nosso parecer é o mesmo que
13
v e m t e r à p r a i a , e m q u e n ó s t o ma m o s á g u a . A l i d e s c a n s a mo s u m
p e d a ç o , b e b e n d o e f o l g a n d o , a o l o n g o d e l e , e n t r e e s s e ar v o r e d o q u e é
tanto e tamanho e tão basto e de tanta qualidade de folhagem que não
s e p o d e c a l c u l a r. H á l á m u i t a s p a l m e i r a s , d e q u e c o l h e m o s mu i t o s e
b o n s p a l mi t o s .
A o s a i r mo s d o b a t e l , d i s s e o C a p i t ã o q u e s e r i a b o m i r mo s e m
d i r e i t u r a à cr u z q u e e s t a v a e n c o s t a d a a u m a á r v or e , j u n t o a o r i o , a
f i m d e s e r c o l o c a d a a ma n h ã , s e x t a - f e i r a , e q u e n o s p u s é s s e m o s t o d o s
d e j o e l h o s e a b e i j á s s e m o s p a r a e l e s v er e m o a c a t a me n t o q u e l h e
t í n h a m o s . E a s s i m f i z e mo s . E a e s s e s d e z o u d o z e q u e l á e s t a v a m ,
a c e n a r a m - l h e s q u e f i z e s s e m o m e s mo ; e l o g o f o r a m t o d o s b e i j á - l a .
Parece-me gente de tal inocência que, se nós entendêssemos a sua
f a l a e e l e s a n o s s a , s e r i a m l o g o cr i s t ã o s , v i s t o q u e n ã o t ê m n e m
e n t e n d e m cr e n ç a a l g u ma , s e g u n d o a s a p a r ê n c i a s . E p or t a n t o s e o s
degredados que aqui hão de ficar aprenderem bem a sua fala e os
e n t e n d e r e m , n ã o d u v i d o q u e e l e s , s e g u n d o a s a n t a t e n ç ã o d e Vo s s a
A l t e z a , s e f a r ã o c r i s t ã o s e h ã o d e cr e r n a n o s s a s a n t a f é , à q u a l pr a z a
a N o s s o S e n h o r q u e o s t r a g a , p or q u e c e r t a m e n t e e s t a g e n t e é b o a e d e
b e l a s i m p l i c i d a d e . E i mp r i m i r- s e - á f a c i l m e n t e n e l e s q u a l q u e r c u n h o
q u e l h e q u i s e r e m d a r, u ma v e z q u e N o s s o S e n h or l h e s d e u b o n s
c o r p o s e b o n s r o s t o s , c o mo a h o me n s b o n s . E o E l e n o s p ar a a q u i
t r a z e r c r e i o q u e n ã o f o i s e m c a u s a . E p or t a n t o Vo s s a A l t e z a , p o i s
tanto deseja acrescentar a santa fé católica, deve cuidar da salvação
d e l e s . E p r a z e r á a D e u s q u e c o m p o u c o t r a b a l h o s e j a a s s i m!
E l e s n ã o l a v r a m n e m c r i a m . N e m h á a q u i b oi o u v a c a , c a b r a , o v e l h a
ou galinha, ou qualquer outro animal que esteja acostumado ao viver
d o h o me m . E n ã o c o me m s e n ã o d e s t e i n h a m e , d e q u e a q u i h á m u i t o , e
d e s s a s s e me n t e s e f r u t o s q u e a t er r a e a s á r v o r e s d e s i d e i t a m . E c o m
i s t o a n d a m t a i s e t ã o r i j o s e t ã o n é d i o s q u e o n ã o s o mo s n ó s t a n t o ,
c o m q u a n t o t r i g o e l e g u m e s c o me m o s .
N e s s e d i a , e n q u a n t o a l i a n d a v a m , d a n ç a r a m e b a i l a r a m s e mp r e c o m
o s n o s s o s , a o s o m d e u m t a mb o r i l n o s s o , c o m o s e f o s s e m m a i s a m i g o s
nossos do que nós seus. Se lhes a gente acenava, se queriam vir às
n a u s , a p r o n t a v a m- s e l o g o p ar a i s s o , d e m o d o t a l , q u e s e o s
c o n v i d á r a m o s a t o d o s , t o d o s v i er a m . P o r é m n ã o l e v a m o s e s t a n oi t e à s
n a u s s e n ã o q u a t r o o u c i n c o ; a s a b e r, o C a p i t ã o - m o r, d o i s ; e S i mã o d e
M i r a n d a , u m q u e j á t r a z i a p o r p a g e m ; e A i r e s G o me s a o u t r o , p a g e m
t a m b é m. O s q u e o C a p i t ã o t r a z i a , er a u m d e l e s u m d o s s e u s h ó s p e d e s
q u e l h e h a v i a m t r a z i d o a pr i m e i r a v e z q u a n d o a q u i c h e g a m o s — o
q u a l v e i o h o j e a q u i v e s t i d o n a s u a c a m i s a , e c o m e l e u m s e u i r mã o ; e
f o r a m e s t a n o i t e m u i b e m a g a s a l h a d o s t a n t o d e c o m i d a c o mo d e c a ma ,
d e c o l c h õ e s e l e n ç ó i s , p a r a o s m a i s a m a n s a r.
E hoje que é sexta-feira, primeiro dia de maio, pela manhã, saímos
e m t e r r a c o m n o s s a b a n d e i r a ; e f o m o s d e s e mb a r c a r a c i ma d o r i o ,
c o n t r a o s u l o n d e n o s p ar e c e u q u e s e r i a m e l h o r a r v or a r a c r u z , p ar a
melhor ser vista. E ali marcou o Capitão o sítio onde haviam de fazer
14
a c o v a p a r a a f i n c a r. E e n q u a n t o a i a m a br i n d o , e l e c o m t o d o s n ó s
o u t r o s f o m o s p e l a cr u z , r i o a b a i x o o n d e e l a e s t a v a . E c o m o s
r e l i g i o s o s e s a c e r d o t e s q u e c a n t a v a m , à f r e n t e , f o mo s t r a z e n d o - a d a l i ,
a modo de procissão. Eram já aí quantidade deles, uns setenta ou
o i t e n t a ; e q u a n d o n o s a s s i m v i r a m c h e g a r, a l g u n s s e f o r a m m e t e r
d e b a i x o d e l a , a j u d a r- n o s . P a s s a mo s o r i o , a o l o n g o d a p r a i a ; e f o m o s
c o l o c á - l a o n d e h a v i a d e f i c a r, q u e s e r á o b r a d e d o i s t i r o s d e b e s t a d o
rio. Andando-se ali nisto, viriam bem cento cinqüenta, ou mais.
P l a n t a d a a cr u z , c o m a s a r ma s e a d i v i s a d e Vo s s a A l t e z a , q u e
p r i me i r o l h e h a v i a m p r e g a d o , ar m a r a m a l t ar a o p é d e l a . A l i di s s e
missa o padre frei Henrique, a qual foi cantada e oficiada por esses já
ditos. Ali estiveram conosco, a ela, perto de cinqüenta ou sessenta
d e l e s , a s s e n t a d o s t o d o s d e j o e l h o a s s i m c o mo n ó s . E q u a n d o s e v e i o
a o E v a n g e l h o , q u e n o s e rg u e mo s t o d o s e m p é , c o m a s m ã o s
levantadas, eles se levantaram conosco, e alçaram as mãos, estando
a s s i m a t é s e c h e g a r a o f i m; e e n t ã o t o r n a r a m- s e a a s s e n t a r, c o m o n ó s .
E q u a n d o l e v a n t a r a m a D e u s , q u e n o s p u s e mo s d e j o e l h o s , e l e s s e
p u s e r a m a s s i m c o mo n ó s e s t á v a mo s , c o m a s m ã o s l e v a n t a d a s , e e m t a l
m a n e i r a s o s s e g a d o s q u e c e r t i f i c o a Vo s s a A l t e z a q u e n o s f e z m u i t a
devoção.
Estiveram assim conosco até acabada a comunhão; e depois da
c o m u n h ã o , c o mu n g a r a m e s s e s r e l i g i o s o s e s a c e r d o t e s ; e o C a p i t ã o
com alguns de nós outros. E alguns deles, por o Sol ser grande,
l e v a n t a r a m- s e e n q u a n t o e s t á v a m o s c o mu n g a n d o , e o u t r o s e s t i v e r a m e
f i c a r a m. U m d e l e s , h o m e m d e c i n q ü e n t a o u c i n q ü e n t a e c i n c o a n o s , s e
conservou ali com aqueles que ficaram. Esse, enquanto assim
e s t á v a mo s , j u n t a v a a q u e l e s q u e a l i t i n h a m f i c a d o , e a i n d a c h a m a v a
outros. E andando assim entre eles, falando-lhes, acenou com o dedo
p a r a o a l t a r, e d e p o i s m o s t r o u c o m o d e d o p a r a o c é u , c o mo s e l h e s
d i s s e s s e a l g u ma c o i s a d e b e m; e n ó s a s s i m o t o m a mo s !
A c a b a d a a m i s s a , t i r o u o p a d r e a v e s t i m e n t a d e c i ma , e f i c o u n a a l v a ;
e a s s i m s e s u b i u , j u n t o a o a l t a r, e m u ma c a d e i r a ; e a l i n o s p r e g o u o
E v a n g e l h o e d o s A p ó s t o l o s c u j o é o d i a , t r a t a n d o n o f i m d a pr e g a ç ã o
d e s s e v o s s o p r o s s e g u i me n t o t ã o s a n t o e v i r t u o s o , q u e n o s c a u s o u
mais devoção.
Esses que estiveram sempre à pregação estavam assim como nós
olhando para ele. E aquele que digo, chamava alguns, que viessem
a l i . A l g u n s v i n h a m e o u t r o s i a m- s e ; e a c a b a d a a pr e g a ç ã o , t r a z i a
N i c o l a u C o e l h o m u i t a s c r u z e s d e e s t a n h o c o m cr u c i f i x o s , q u e l h e
f i c a r a m a i n d a d a o u t r a v i n d a . E h o u v er a m p or b e m q u e l a n ç a s s e m a
c a d a u m s u a a o p e s c o ç o . P or e s s a c a u s a s e a s s e n t o u o p a dr e f r e i
H e n r i q u e a o p é d a cr u z ; e a l i l a n ç a v a a s u a a t o d o s — u m a u m —
a o p e s c o ç o , a t a d a e m u m f i o , f a z e n d o - l h a p r i me i r o b e i j a r e l e v a n t a r
a s m ã o s . Vi n h a m a i s s o m u i t o s ; e l a n ç a v a m- n a s t o d a s , q u e s e r i a m
o b r a d e q u a r e n t a o u c i n q ü e n t a . E i s t o a c a b a d o — e r a j á b e m u ma
h o r a d e p o i s d o m e i o d i a — v i e m o s à s n a u s a c o m e r, o n d e o C a p i t ã o
15
trouxe consigo aquele mesmo que fez aos outros aquele gesto para
o a l t a r e p ar a o c é u , ( e u m s e u i r mã o c o m e l e ) . A a q u e l e f e z m u i t a
h o n r a e d e u - l h e u ma c a m i s a m o u r i s c a ; e a o o u t r o u ma c a m i s a
destoutras.
E segundo o que a mim e a todos pareceu, esta gente, não lhes falece
o u t r a c o i s a p ar a s e r t o d a c r i s t ã , d o q u e e n t e n d e r e m - n o s , p or q u e a s s i m
t o m a v a m a q u i l o q u e n o s v i a m f a z e r c o mo n ó s m e s m o s ; p o r o n d e
pareceu a todos que nenhuma idolatria nem adoração têm. E bem
c r e i o q u e , s e Vo s s a A l t e z a a q u i m a n d a r q u e m e n t r e e l e s m a i s d e v a g a r
a n d e , q u e t o d o s s e r ã o t or n a d o s e c o n v e r t i d o s a o d e s e j o d e Vo s s a
A l t e z a . E p o r i s s o , s e a l g u é m vi e r, n ã o d e i x e l o g o d e v i r c l ér i g o p a r a
o s b a t i z a r ; p o r q u e j á e n t ã o t er ã o m a i s c o n h e c i m e n t o s d e n o s s a f é ,
pelos dois degredados que aqui entre eles ficam, os quais hoje
também comungaram.
E n t r e t o d o s e s t e s q u e h o j e v i e r a m n ã o v e i o m a i s q u e u ma m u l h e r,
m o ç a , a q u a l e s t e v e s e mp r e à m i s s a , à q u a l d e r a m u m p a n o c o m q u e
s e c o b r i s s e ; e p u s e r a m- l h o e m v o l t a d e l a . To d a v i a , a o s e n t a r- s e , n ã o
s e l e mb r a v a d e o e s t e n d e r mu i t o p a r a s e c o b r i r. A s s i m , S e n h o r, a
inocência desta gente é tal que a de Adão não seria maior — com
r e s p e i t o a o p u d o r. O r a v e j a Vo s s a A l t e z a q u e m e m t a l i n o c ê n c i a v i v e
se se convertera, ou não, se lhe ensinarem o que pertence à sua
s a l v a ç ã o . A c a b a d o i s t o , f o m o s p er a n t e e l e s b e i j a r a c r u z . E
d e s p e d i mo - n o s e f o m o s c o m e r.
C r e i o , S e n h o r, q u e , c o m e s t e s d o i s d e g r e d a d o s q u e a q u i f i c a m,
ficarão mais dois grumetes, que esta noite se saíram em terra, desta
n a u , n o e s q u i f e , f u g i d o s , o s q u a i s n ã o v i er a m m a i s . E c r e mo s q u e
f i c a r ã o a q u i p o r q u e d e m a n h ã , p r a z e n d o a D e u s f a z e mo s n o s s a p a r t i d a
daqui.
E s t a t e r r a , S e n h o r, p a r e c e - m e q u e , d a p o n t a q u e m a i s c o n t r a o s u l
v i m o s , a t é à o u t r a p o n t a q u e c o n t r a o n or t e v e m , d e q u e n ó s d e s t e
p o r t o h o u v e mo s v i s t a , s e r á t a m a n h a q u e h a v e r á n e l a b e m v i n t e o u
v i n t e e c i n c o l é g u a s d e c o s t a . Tr a z a o l o n g o d o m a r e m a l g u m a s
p a r t e s gr a n d e s b a r r e i r a s , u ma s v e r me l h a s , e o u t r a s b r a n c a s ; e a t e r r a
d e c i ma t o d a c h ã e m u i t o c h e i a d e gr a n d e s a r v o r e d o s . D e p o n t a a
p o n t a é t o d a p r a i a . . . m u i t o c h ã e m u i t o f o r mo s a . P e l o s e r t ã o n o s
p a r e c e u , v i s t a d o m a r, m u i t o g r a n d e ; p or q u e a e s t e n d e r o l h o s , n ã o
p o d í a m o s v e r s e n ã o t e r r a e a r v or e d o s — t e r r a q u e n o s p a r e c i a m u i t o
extensa.
A t é a g o r a n ã o p u d e mo s s a b e r s e h á o ur o o u p r a t a n e l a , o u o u t r a c o i s a
de metal, ou ferro; nem lha vimos. Contudo a terra em si é de muito
b o n s a r e s f r e s c o s e t e mp e r a d o s c o m o o s d e E n t r e - D o u r o- e - M i n h o ,
p o r q u e n e s t e t e mp o d ' a g o r a a s s i m o s a c h á v a mo s c o mo o s d e l á .
Á g u a s s ã o m u i t a s ; i n f i n i t a s . E m t a l m a n e i r a é gr a c i o s a q u e ,
q u e r e n d o - a a p r o v e i t a r, d a r- s e - á n e l a t u d o ; p o r c a u s a d a s á g u a s q u e
t e m!
16
C o n t u d o , o m e l h o r f r u t o q u e d e l a s e p o d e t i r ar p a r e c e - m e q u e s e r á
s a l v a r e s t a g e n t e . E e s t a d e v e s e r a pr i n c i p a l s e m e n t e q u e Vo s s a
A l t e z a e m e l a d e v e l a n ç a r. E q u e n ã o h o u v e s s e m a i s d o q u e t e r Vo s s a
Alteza aqui esta pousada para essa navegação de Calicute bastava.
Q u a n t o m a i s , d i s p o s i ç ã o p ar a s e n e l a c u mp r i r e f a z e r o q u e Vo s s a
A l t e z a t a n t o d e s e j a , a s a b e r, a c r e s c e n t a m e n t o d a n o s s a f é !
E d e s t a m a n e i r a d o u a q u i a Vo s s a A l t e z a c o n t a d o q u e n e s t a Vo s s a
t e r r a v i . E s e a u m p o u c o a l o n g u e i , E l a m e p e r d o e . P or q u e o d e s e j o
q u e t i n h a d e Vo s t u d o d i z e r, m o f e z p ôr a s s i m p e l o m i ú d o . E p o i s
q u e , S e n h o r, é c e r t o q u e t a n t o n e s t e c a rg o q u e l e v o c o m o e m o u t r a
q u a l q u e r c o i s a q u e d e Vo s s o s e r v i ç o f o r, Vo s s a A l t e z a h á d e s e r d e
m i m mu i t o b e m s e r v i d a , a E l a p e ç o q u e , p o r m e f a z e r s i n g u l a r m e r c ê ,
m a n d e v i r d a i l h a d e S ã o To m é a J o rg e d e O s ó r i o , m e u g e n r o — o
que d' Ela receberei em muita mercê.
B e i j o a s m ã o s d e Vo s s a A l t e z a .
D e s t e P o r t o S e g u r o , d a Vo s s a I l h a d e Ve r a C r u z , h o j e , s e x t a - f e i r a ,
p r i me i r o d i a d e m a i o d e 1 5 0 0 .

P e r o Va z d e C a mi n h a .