PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA: VALORIZANDO AS DIFERENÇAS JUSTIFICATIVA: Levando se em consideração que o ser humano carrega consigo arraigado uma

cultura preconceituosa com relação a raça negra, e sabendo que as questões de preconceitos não são inatas, ou seja, instintivas, e sim são plantadas nelas pelos adultos, será tomado com base esse pressuposto, para que a escola não cruze os braços diante dessa situação, haja vista que, a escola é formadora de opiniões e deve desenvolver seu papel lutando pela igualdade social.. OBJETIVO ESPECÍFICO:
   

Difundir a cultura afrodescendente; Valorizar os costumes afrodescendentes por nós incorporados; Conhecer os ritmos afros para a valorização da peculiaridade de cada indivíduo; Histórias infantis sobre o tema; Pesquisas em revistas e materiais informativos;

Procedimentos
Diálogos; Roda de conversa; Momento novidade; Esclarecimento sobre o tema e apontamentos necessários sobre o tema; Desenhos; Ilustração da história; Poesias; Construção de história em quadrinhos; Desenho dirigido; Apreciação e reprodução de telas de autores que pintaram sobre a cultura negra; Valorização da pintura ( colorido) em destaque na cultura afro- descendente; Músicas; Danças; Confecção de máscaras.

 

No segundo trimestre deste ano participei do curso A Cor da Cultura, onde os encontros foram dedicado à África com sugestões de atividades, textos, músicas e histórias para serem trabalhados com os alunos. O Plano de Ação de 2013 apresenta alunos da 4ºano que apresentaram dança de Capoeira, tendo o envolvimento da professora malu, que ensaiou os alunos para a apresentação.• Os alunos participam com uma alegria contagiante. Confeccionei a a boneca Abayomi com os alunos em uma oficina que teve na escola na semana cultural.• A palavra Abayomi tem origem no povo Iorubá e quer dizer encontro precioso. Livros Animados e as histórias do programa Livros Animados Utilizamos data show para contar histórias africanas como: Menina Bonita do Laço de Fita, A Botija de Ouro e alguns musicais com temas afrodescendentes. Histórias Confecção de Máscaras com alunos da 8ªsérie

A Cor da Cultura• A lei 10.639/03 determina o ensino da cultura afrodescendente nas escolas brasileiras.• O curso A Cor da Cultura proporcionou debates com abordagens significativas sobre como se trabalhar a influência da cultura africana no cotidiano da sala de aula, sem deixar de lado as questões raciais e discriminatórias presentes neste ambiente e nas diversas instituições sociais.

conhecer a diversidade étnica do povo brasileiro.639/03 e destaca objetivos como trabalhar a igualdade racial. a raça humana. valorizar a herança cultural africana. avaliando o desempenho nas atividades e o interesse durante a realização das tarefas . não só no período próximo à comemoração do Dia da Consciência Negra. AVALIAÇÃO: Será feita mediante a participação do aluno. As pequenas ações de combate ao racismo e ao preconceito se constituem grandes passos no caminho da superação e da valorização de uma cultura afrobrasileira. Talvez um dia possamos ouvir que a história mudou e que em todos os lugares se reconheça a existência de uma só raça.• Esta cultura foi historicamente marcada como inferior e relegou seus representantes a uma vida de luta e combate às injustiças. mas também nos diversos projetos desenvolvidos ao longo do ano letivo Na busca da inclusão étnico-racial e pela conscientização e valorização das raças que formam a população brasileira. As ações interventivas propiciam momentos marcantes na aprendizagem e permitem que o trabalho realizado pelos professores seja eficaz e faça a diferença no desenvolvimento dos alunos.    A cultura afro-brasileira precisa se constituir num tema de destaque presente na prática pedagógica de nossas escolas. desigualdades e exclusões resultantes do preconceito e do descrédito no potencial de uma raça. .O projeto cita a lei 10.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful