Você está na página 1de 2

E S C O L A E .B . 2 ,3 D R .

F R A N C I S C O C A B R I TA E di ç ão 1
O utub r o d e 2 00 8

NOTÍCIAS DA BIBLIOTECA
NOVIDADES
ANO LECTIVO 2008/09 BIBLIOGRÁFICAS
BIBLIOTECA DÁ AS BOAS-VINDAS AOS
ALUNOS DO 5.º ANO DE ESCOLARIDADE No âmbito das novidades
bibliográficas, recentemen-
Visita do 5.º Ano - turma A - Ler ou consultar uma grande variedade te catalogadas, apresenta-
de livros, revistas e jornais. mos os seguintes títulos:
Como já tem - Utilizar os computadores para fazerem
sido habitual, em os seus trabalhos ou se divertires com
anos lectivos jogos interactivos.
anteriores, a Equipa - Ter acesso à Internet para navegarem e
da Biblioteca recebeu todas as turma do descobrirem um mundo de informação. Ciências:
5.º ano de escolaridade, para dar as boas- - Ver alguns dos filmes e documentários Enciclopédia
vindas e desejar aos novos alunos, que preferidos, em Vídeo ou DVD. dos Minerais
ingressam no 2.º ciclo, um grande sucesso - Ouvir música, enquanto trabalham ou
no novo ano lectivo. O mesmo desejo estudam.
estende-se, obviamente, a todos os alunos - Realizar trabalhos individuais ou em
das escolas que integram o nosso grupo.
agrupamento, já que foi sugerido aos Além de tudo isto, as Bibliotecas
funcionários das bibliotecas das outras organizam um conjunto de actividades e Geografia e
escolas, realizarem Visitas Guiadas aos iniciativas, entre elas, Feira do Livro, Ciências
novos alunos desses estabelecimentos de Poesia na Escola, Clube de Leitura, Livro Naturais:
ensino. do Mês, Livro Mistério, Concursos com O Clima
Nesta recepção aos alunos do 5.º atribuição de prémios e... muitas outras,
ano, foi apresentado o projecto das nossas para as quais os alunos vão ser
bibliotecas e o papel das mesmas como convidados a participar. Para isso,
espaço de recursos múltiplos para a inscrevam-se como leitores das
Ciências
realização de trabalhos ou para ocupação bibliotecas da vossa escola. Estamos à Físico-
de tempos livres. químicas:
Como foi referido, as Bibliotecas
Explora a
são lugares agradáveis, onde os alunos Ciência
podem escolher o que pretendem fazer:

20 DE OUTUBRO
DIA INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR
Ciências:
No próximo dia 20 de Outubro comemora-se o Dia Internacional da Biblioteca Explora o
Escolar. O objectivo desta celebração é assinalar o papel relevante que as bibliotecas Universo
escolares desempenham na formação dos seus utilizadores/alunos, como centros de
cultura e saber. Este mês é, simultaneamente, o Mês do Livro.
Durante o mês de Outubro, está patente uma Exposição de Livros do P.N.L.
(Plano Nacional de Leitura) e no dia 27 do mesmo mês, pelas 10h10m, terá lugar na
nossa biblioteca uma Sessão de Leitura de Contos e Poemas com a presença de alu- H.G.P. e
nos do 5.º ano de escolaridade, respectivos professores de Língua Portuguesa e História:

alguns pais e Encarregados de Educação. Esta actividade pretende promover o gosto Reis de
pelo livro e pela leitura. Portugal
P á gi n a 2

EXPOSIÇÃO DE PINTURA CELINA ALBERTO


“A minha Rota da Seda” - professora -
de 10 a 17 de Novembro
Celina Alberto nasceu em Moçambique em 1955 e exerce a sua
actividade profissional ligada ao ensino do Inglês e do Alemão, na
Escola Secundária de Albufeira. Reside actualmente em Tunes. É auto-
didacta na actividade artística e afirma ter iniciado a sua “Rota da
Seda”, em 1995. Tem participado em algumas exposições individuais e
colectivas.

Inicialmente pintou a óleo, mas o seu gosto preferencial pela


pintura em seda surge, quando descobriu este material, no contexto de um atelier, para o efeito. Deslo-
cou-
cou-se, então, ao Extremo Oriente (China, Malásia, Indonésia, Índia) e aí familiarizou-
familiarizou-se com a textura e a qualidade desse mate-
rial nas suas mais variadas diferenças técnicas, usadas pelas populações autóctones. Em França, em contacto com as indústria s
das sedas, em Lion, ligadas à alta costura, aprecia a particularidade deste material e os efeitos criativos da pintura indust rial.
rial. Os
seus conhecimentos relativamente à seda são reforçados com abundante literatura que vai adquirindo, por interesse e custo pró-
prios.

A seda é o cadinho donde brota a originalidade do seu trabalho, já que entre a artista e o mate-
rial se estabelece um diálogo, um percurso a construir, pois a seda e as suas peculiares características
não a deixam fazer o que pretende. A especificidade do material, em molhado, e a fluidez das tintas
vão criando estruturas pictóricas, como um exercício de controle, pois as ideias
são levadas pela cadência da permeabilidade da seda, que se impõe como um
desafio e uma barreira a enfrentar, mas que lhe dão identidade. As suas cores
são intensas e expressivas, traduzindo sentimentos e emoções fortes. O acto
pictórico reduz-
reduz-se, então, a uma sistemática aprendizagem e exercício em cons-
trução.

SUGESTÃO DE LEITURA 


Alice Vieira nasceu em Lisboa. É licenciada em Germânicas e a partir de 1969 dedica-se profissionalmente
ao jornalismo. Em 1989 decide dedicar-se por inteiro à escrita. Neste contexto, a sua ficção prima pela literatu-
ra infanto-juvenil, onde inúmeros contos e pequenas histórias são testemunho do seu variado e riquíssimo ima-
ginário, com personagens reais e, por vezes, fantásticas, até.
«Quero-vos como a comida quer ao sal», assim definiu a princesa o seu amor pelo pai, numa velha história
da tradição popular.
É essa história que aqui se conta, adaptada ao teatro. Uma história onde se fala de amor, de ingratidão, de
sonhos, de remorsos, de longas viagens de aprendizagem, e de como se faz e desfaz um rei - ou seja, do que
acontece a um rei quando a coroa lhe cai da cabeça.
”Leandro, rei da Helíria” - Alice Vieira - Caminho 

Canto das Biografia de El-Rei


D. João V, de
Portugal
Personalidades
«O Magnânimo»
em Foco (Exposição a ver afixada num placar, na Biblioteca da
EB2,3 Dr. Francisco Cabrita)

Sítio da Correeira — Montechoro


E-mail:
BIBLIOTECA
Escola E.B. 2,3 Dr. Francisco 8200-112 Albufeira
Cabrita Telefone e fax: 289 586663 bibfranciscocabrita@gmail.com