Você está na página 1de 4

Estado Islâmico do Iraque e do Levante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
?????? ?????????
Estado Islâmico1 2
Flag of the Islamic State of Iraq and the Levant2.svg
Seal of the Islamic State of Iraq and the Levant.svg
Bandeira
Brasão de armas
Lema: ????? ?????? (Árabe)
"Baqiyah wa-Tatamaddad" (transliteração)
"Remanescendo e Expandindo"3 4
Hino nacional: ???? ?? ??? ??? (Árabe)
"Ummati, qad laha fajrun" (transliteração)
"Minha Nação, ao Amanhecer Apareceu"5 6
Localização Estado Islâmico do Iraque e do Levante
Mapa da Síria e
(2014):
Controlado
Controlado
Controlado
Controlado
Controlado
Controlado
Controlado

do Iraque no contexto da Guerra Civil Síria e da insurgência iraquiana
pelo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS)
por outros rebeldes sírios
pelo governo da Síria
pelo governo do Iraque
pelos curdos sírios
pelos curdos iraquianos
pela Frente al-Nusra

Capital Mosul7
Língua oficial Árabe
Governo Califado Islâmico1
- Califa1
Ibrahim8
Separação
da Síria e do Iraque
- Proclamação da independência 3 de janeiro de 20149
- Califado declarado 29 de junho de 20141
Fuso horário
UTC +3
Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) ou Estado Islâmico do Iraque e da Síria
(EIIS) é uma organização jihadista no Oriente Médio. O grupo é conhecido em árabe como ad-Da
wlat al-Islamiyah fi al-?Iraq wa sh-Sham, levando ao acrônimo árabe Da'ish ou Daesh.
Um califado foi proclamado em 29 de junho de 2014, Abu Bakr al-Baghdadi foi nom
eado como seu califa e o grupo passou a se chamar Estado Islâmico (em árabe: ??????
?????????, ad-Dawlat al-Islamiyah), mas não foi reconhecido pela comunidade intern
acional.1 8 O EIIL afirma autoridade religiosa sobre todos os muçulmanos do mundo1
0 e aspira tomar o controle de muitas outras regiões de maioria islâmica,2 a começar p
elo território da região do Levante, que inclui Jordânia, Israel, Palestina, Líbano, Chi
pre e Hatay, uma área no sul da Turquia.11 12
O grupo, em seu formato original, era composto e apoiado por vários grupos terrori
stas sunitas insurgentes, incluindo suas organizações antecessoras, como a Al-Qaeda
no Iraque (AQI) (2003-2006), o Conselho Shura Mujahideen (2006-2006) e o Estado
Islâmico do Iraque (ISI) (2006-2013), além de outros grupos insurgentes, como Jeish
al-Taiifa al-Mansoura, Jaysh al-Fatiheen, Jund al-Sahaba, Katbiyan Ansar al-Tawh
id wal Sunnah e vários grupos tribais iraquianos que professam o islamismo sunita.
O objetivo original do ISIS era estabelecer um califado nas regiões de maioria su
nita do Iraque. Após o seu envolvimento na guerra civil síria, este objetivo se expa
ndiu para incluir o controle de áreas de maioria sunita da Síria.13 O grupo islâmico f
oi designado como uma organização terrorista estrangeira por países como Estados Unido
s,14 Reino Unido,15 Austrália,16 Canadá,17 Indonésia18 e Arábia Saudita,19 além de também te
r sido classificado pela Organização das Nações Unidas (ONU),20 pela União Europeia e pela
s mídias do Ocidente e do Oriente Médio como grupo terrorista.21 22 23 24
O Estado Islâmico cresceu significativamente devido à sua participação na Guerra Civil Sír

No auge da Guerra do Iraque.1 Formação do grupo (1999 2006) 1.6 Recursos financeiros 3 Crimes de guerra 3.3 Denúncias de violência sexual 3.2 Tratamento dado aos civis 3.2. o jordaniano Abu Musab al-Zarqawi. yazidis.ia e ao seu líder.25 26 27 28 No decorrer da guerra civil síria. "Org anização de Base de Dados da Jihad na Mesopotâmia").1 Perseguição religiosa 3. em outubro de 2004. o I SIS teve uma grande presença nas províncias de Ar-Raqqah. Ki rkuk. seus antecessor es tinham uma presença significativa nas províncias iraquianas de Al Anbar. Denúncias de discriminação econômica e política con tra árabes sunitas iraquianos desde a queda do regime secular de Saddam Hussein ta mbém ajudaram a dar impulso ao grupo. instituições do governo ir aquiano e soldados italianos que faziam parte da coalizão militar internacional li derada pelos Estados Unidos. mas em fevereiro daquele ano. O grupo de Al-Zarqawi rompeu oficialmente com a red e al-Qaeda. Abu Bakr al-Baghdadi. depois de uma luta de poder de oi to meses.2 Governo e liderança 2. supostamente por sua bruta lidade e "notória intratabilidade". Idlib e Aleppo. de Osama bin Laden. adepto do salaf ismo jihadista.4 Auto-proclamado "Estado Islâmico" (junho de 2014 presente) 2 Estrutura 2.35 36 37 Índice [esconder] 1 História 1. ou serem condenados a pena de morte.3 Características 2. a Al-Qaeda cortou todos os laços com o grupo. mudando seu nome para Tanzim Qaidat al-Jihad fi Bilad al-Rafidayn (????? ????? ?????? ?? ???? ????????.1 Objetivos 2. além de terem de clarado Baquba como sua capital. cristãos armênios.31 22 O grupo é particularmente vi olento contra muçulmanos xiitas. o Jamaat al-Tawhid wal-Jihad. civis.34 O Estado Islâmico tinha ligações estreitas com a Al-Qaeda até 2014. Diyala e Bagdá. Após a invasão do Iraque em 2003.4 Regimento imposto aos civis conquistados 3.1 Guerra Civil Síria (2011-presente) 1. Nínive.5 Propaganda 2.29 30 O Estado Islâmico obriga as pessoas que vivem nas áreas que controla a se convertere m ao islamismo.32 O ISIS tem pelo menos quatro mil combatentes no Iraque33 que.2 Estado Islâmico do Iraque (2006-2013) 1. drusos.4 Ideologia e crenças 2.5 Destruição de Patrimônio da Humanidade 4 Designação como organização terrorista 5 Ver também 6 Referências 7 Ligações externas §História[editar | editar código-fonte] §Formação do grupo (1999 2006)[editar | editar código-fonte] Ver artigos principais: Invasão do Iraque em 2003 e Insurgência iraquiana Corpo de Abu Musab al-Zarqawi após ataque de forças dos Estados Unidos em 2006. maior parte de Salah-ad-Din e regiões de Babil. alcançou notoriedade nos estágios iniciais da insurgência iraquiana por conta de ataques suicidas contra mesquitas islâmicas xiitas. fundado em 1999. Zarq awi foi o fundador grupo militante Tawhid wal-Jihad. e seu grupo militante. já assumiram a responsabilidade por ataq ues que mataram milhares de civis. além d e ataques a alvos militares e do governo. shabaks e mandeanos. que mais tarde se tornaria o Estado Islâmico. Aqueles que se recusam podem sofrer tortura s e mutilações. além de viverem de acordo com a interpretação sunita da religião e sob a lei charia (o código de leis islâmico). também conhecida como Al-Qaeda no I . assírios.3 Estado Islâmico do Iraque e do Levante (2013 2014) 1.

o que resultou em dezenas de militantes capturados ou mortos. Em 7 de junho de 2006... Diyala e Bagdá e reivindicou a cidade de Baquba como a sua capital.38 39 40 Os ataques do grupo contra civis. forças governamentais e de segurança iraquianas. o CSM declarou o estabelecimento do Estado Islâmico do Iraque (ISI).46 sendo que Abu Om ar al-Baghdadi foi anunciado como seu Emir. o general Ra y Odierno. haviam sido mortos ou capturados. liv rar os sunitas da opressão dos rejeicionistas (xiitas) e cruzado ocupantes.. Em uma carta a al-Zarqa wi em julho de 2005..56 Até 2008. foram mortos em um ataque co njunto EUA-Iraque perto de Tikrit. uma série de ofensivas ira quianas e norte-americanas conseguiram expulsar os insurgentes de seus antigos r efúgios seguros. com apenas oi to restantes em geral.44 45 Um d ia depois. Abu Ayyub al-Masri e Abu Omar al-Baghdadi. a al-Qaeda no Iraque parecia ter perdido suas bases militares s eguras na província de Anbar e na região de Bagdá.. e spalhar o conflito para os vizinhos seculares do Iraque e entrar em confronto co m Israel. criar uma autoridade islâmica através de um califado.57 As suas tentativas violentas de governar seu território levou a uma reação de i raquianos sunitas e outros grupos insurgentes e um declínio temporário na grupo. que jurou por Alá que iria ". O que antes era dominado por indivíduos estrangeiros tornou-se cada vez mais dominado por cidadãos iraquianos". dois líderes d o grupo. que foi atribuído a uma série de fatores. que a carta diz que só "foi criado só para desafiar qualquer nova entidade islâmica".41 Em janeiro de 2006.. O Estado Islâmico do Iraque havia declarado a cidade como a sua capital.54 Entre julho e outubro de 2007.42 43 Em 12 de outubro de 2006.50 51 52 53 Em 2007.55 Em 2008. o comandante das forças norte-americanas no Iraque. a AQI passou a trabalhar em conjunto com vários grupos insurge ntes iraquianos menores sob o comando de uma organização guarda-chuva chamada o Cons elho Shura Mujahideen (CSM).60 Em uma conferência de imprensa em junho de 20 10. como as províncias Diyala e Al Anbar. diplomatas estrangeiros e comboios de soldados norte-america nos continuaram com aproximadamente a mesma intensidade. Ele disse que foram retirados da liderança da al-Qaeda no P . inclu indo recrutadores e financistas.58 No final de 2009. o CSM uniu-se com três grupos menores e seis tribos suni tas islâmicas para formar a "Coalizão Mutayibeen". as tropas norte-americanas realizaram operações de enfraquecimento do grupo . que incluía expulsar das forças norte-americanas do país.raque (AQI). o general Odierno informou que 80% dos 42 principais líderes da organização.47 Al-Masri foi nomeado Ministro da G uerra. al-Zarqawi foi morto em um a taque aéreo feito por forças dos Estados Unidos e foi sucedido como líder do grupo pel o militante egípcio Abu Ayyub al-Masri. para fazer a palavra do Deus supremo do mundo e para restaurar a glória do Islã . Ayman al-Zawahiri. afirmou que a organização "tem se transformado significativamente nos últim os dois anos. o grupo planejava tomar o poder das áreas centrais e ocidentais do Iraque e transformá-las em um Estado islâmico sunita. .49 O grupo ganhou força e no seu auge teve uma presença significativa nas províncias iraquianas de Al-Anbar.59 Em 18 de abril de 2010. re staurar nossos direitos mesmo que ao preço de nossas próprias vidas . em sua maioria sunitas. o último grande campo de batalha contra a organização. ". De acordo com um estudo elaborado por agências de inteligência dos Estados Unidos no início de 2007. o então vice-líder da al-Qaeda. o grupo descrevia-se como se estivesse em um estado de "crise extraordinár ia". qu e incluía seis províncias árabes do Iraque.. para a área da cidade de Mosul.. delineou um plano de quatro etapas para expandir a Guerra do Iraque.48 §Estado Islâmico do Iraque (2006-2013)[editar | editar código-fonte] Ver artigo principal: Guerra do Iraque Um exercício de treinamento conjunto entre militares dos Estados Unidos e do Iraqu e perto de Ramadi em novembro de 2009.

Abu Bakr al-Baghdadi foi apontado como o novo líder do Esta do Islâmico do Iraque. início dos protestos na Síria contra o governo de Bashar al-Assad. N os meses seguintes.68 Ele também declarou o iníci o de uma nova ofensiva no Iraque para libertar membros do grupo detidos nas prisõe s iraquianas. Liderados por um sírio conhecido com o Abu Muhammad al-Julani.66 67 Em julho de 2012.aquistão. também conhecido como Haji Bakr. com a nomeação de antigos oficiais militare s e de inteligência que serviram durante o regime de Saddam Hussein.69 §Guerra Civil Síria (2011-presente)[editar | editar código-fonte] Ver artigo principal: Guerra Civil Síria Em março de 2011. Samir al-Khlifawi. que cresceu rapidamente para uma força de combate forte.71 . pri ncipalmente por conta de ataques com carros-bomba e. al-Baghdadi lançou um comunicado de áudio on-line anunciando que o grupo estava voltando aos antigos redutos de que as tropas norte-americanas e s eus aliados sunitas os tinha expulsado em 2007 e 2008. tornaram-se cerca de um terço dos 25 principais comandantes de Baghdadi. al-Baghdadi começou a enviar m embros sírios e iraquianos do seu grupo. Esses homens.70 Em agosto de 2011. com experiência em guerrilha.71 72 Em 23 de janeiro de 2012. com apoio popular entre os sírios que fazem oposição ao governo Assad.64 65 Al-Baghdadi reabasteceu a liderança do grupo.68 A violência no Iraque havia começado a crescer em junho de 2012. a violência entre manifestantes e forças de segurança levou a uma militarização gradual do conflito. o grupo anunciou sua formação com o a Frente al-Nusra. que se tornou o comandante militar geral encarregado de supervisionar as operações do grup o. visto que muitos haviam sido mortos ou capturados. mais de 1 000 mortes mensais foram registradas pela primeira vez desde abril de 2008.61 62 63 Em 16 de maio de 2010. quase todos os quais tinha passado um tempo preso pelos militares norte-america nos. Um d eles era um ex-coronel. este grupo começou a recrutar combatentes e estabelecer células de todo o país. para a Síria pa ra estabelecer uma organização no interior do país. em julho de 2013.