Você está na página 1de 7
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL – UFC VIRTUAL PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL – UFC VIRTUAL PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL UFC VIRTUAL PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO EM PÚBLICA

GESTÃO DA REGULAÇÃO PORTFÓLIO 01

FORTALEZA

2015

GESTÃO DA REGULAÇÃO PORTFÓLIO 01

ALUNO:JOSIELTON LIMA PORTELA

Faça uma pesquisa dentre as diversas situações e identifique qual é a melhor estrutura de mercado para os consumidores. No caso do Brasil, qual são as estruturas de mercado que você identifica, cite exemplos. Em seguida, envie para o Solar.

ESTRUTURA DE MERCADO

No mercado de bens e serviços, as formas e mercado, são as seguintes: concorrência

perfeita, monopólio, concorrência monopolística (ou imperfeita) e oligopólio.

CONCORRÊNCIA PERFEITA

A Concorrência Perfeita (em PT-BR, Competição Perfeita) corresponde a uma

situação de mercado limite em que nenhuma empresa e nenhum consumidor têm poder suficiente para influenciar o preço ou a quantidade transacionada. Assim, numa situação de concorrência perfeita, cada empresa age individualmente sem necessidade de ter em conta as decisões das restantes, limitando-se a observar o preço praticado no mercado e a decidir que quantidade deseja vender a esse preço. Para que tal situação determinadas condições, nomeadamente:

Existência de um grande número de empresas a produzir o mesmo produto ou

serviço (bem), com dimensão e estrutura de custos semelhante e com igual acesso à informação, à tecnologia e aos fatores de produção;

Existência de um grande número de consumidores e todos com a mesma informação disponível sobre a oferta existente no mercado;

Existência de homogeneidade nos produtos ou serviços oferecidos no mercado;

Inexistência de barreiras à entrada ou à saída de empresas no mercado;

Não intervenção do Estado no mercado, deixando que as leis da oferta e da procura

funcionem livremente. Nestas condições, cada uma das empresas concorrentes enfrenta uma curva da procura horizontal, ou seja, perfeitamente elástica, não existindo, por isso, qualquer incentivo para praticar um preço diferente do preço de mercado. De facto, se uma empresa individualmente praticar um preço mais elevado do que o preço de mercado, perderá imediatamente toda a procura que lhe é dirigida, pois os produtos e serviços são perfeitamente homogêneos e os consumidores têm informação perfeita sobre a oferta existente; por outro lado, se a empresa decidir praticar um preço mais baixo do que o preço

de mercado também não resistirá muito tempo, pois numa situação de concorrência perfeita, o preço de mercado corresponde a uma situação de lucro económico nulo, pelo que um preço mais baixo originará uma acumulação de prejuízos não sustentáveis no longo prazo. A longo prazo, se existirem lucros anormais, isto é, lucros acima do lucro económico zero, tal atrairá novas empresas (dado que não existem barreiras à entrada) levando a um aumento da oferta e, consequentemente, a uma redução do preço de mercado, repondo o lucro económico em zero. Da mesma forma, se o lucro económico descer abaixo de zero, deverão começar a sair empresas (dado que não existem barreiras à saída) originando uma redução da oferta e, por isso a um aumento do preço de mercado, repondo novamente o lucro económico zero.

MONOPÓLIO Significado de "monopólio" sm (grmonopólion) - Domínio completo do mercado, geralmente pela união de várias empresas em cartéis ou trustes. Privilégio dado pelo governo a alguém, para poder, sem competidor, explorar uma indústria ou vender algum gênero especial.(Dicionários Michaelis Uol) Monopólio é a exploração sem concorrente de um negócio ou indústria, em virtude de um privilégio. É a posse ou o direito em caráter exclusivo. Ter o monopólio é possuir ou desfrutar da exploração de maneira abusiva, é vender um produto ou serviço sem concorrente, por altos preços. Do grego monos, que significa "um" e polein que significa "vender". Deter o monopólio é uma situação em que uma única empresa domina a oferta de determinado produto ou serviço. É quando o mercado é dominado por uma estrutura monopolista e não pelas leis de mercado, garantido-lhesuper lucro. A maioria dos países possui um conjunto de leis para impedir a formação de monopólio.

CONCORRÊNCIA MONOPOLÍSTICA (OU IMPERFEITA) A Concorrência Monopolística é uma forma de concorrência imperfeita e corresponde a uma situação em que existem numerosas empresas no mercado, mas que oferecem produtos ou serviços não totalmente homogéneos e, por isso, não totalmente substituíveis. Numa situação deste tipo, cada uma das empresas possui algum poder de mercado para influenciar o preço dos seus próprios produtos ou serviços. De facto, no seu produto

particular, diferenciado dos produtos dos restantes concorrentes, cada empresa funciona como um pequeno monopólio - a maior ou menor proximidade de uma situação de monopólio depende do grau de diferenciação (e, portanto do grau de substituição) existente entre os diferentes produtos oferecidos: se esse grau de substituição é reduzido, a concorrência será maior e está-se mais próximo da concorrência perfeita; se o grau de substituição é elevado, a concorrência será mais reduzida e está-se mais próximo de uma situação de monopólio.

OLIGOPÓLIO Corresponde a uma estrutura de mercado de concorrência imperfeita, no qual o mercado é controlado por um número reduzido de empresas, de tal forma que cada uma tem que considerar os comportamentos e as reações das outras quando toma decisões de mercado. No oligopólio, os bens produzidos podem ser homogéneos ou apresentar alguma diferenciação sendo que, geralmente, a concorrência se efetua mais ao nível de fatores como a qualidade, o serviço pós-venda, a fidelização ou a imagem, e não tanto ao nível do preço. As causas típicas do aparecimento de mercados oligopolistas são a escala mínima de eficiência e características da procura. Em tais mercados existe ainda alguma concorrência, mas as quantidades produzidas são menores e os preços maiores do que nos mercados concorrenciais, ainda que relativamente ao monopólio as quantidades sejam superiores e os preços menores.

CONCLUSÃO

Estado é a entidade responsável pela organização de um território e da vida da população ou do conjunto de populações que aí habitam «país soberano, com estrutura própria e politicamente organizado» e «o conjunto das instituições (governo, forças armadas, funcionalismo público etc.) que controlam e administram uma nação»(Dicionário Houaiss da língua portuguesa). O mundo está em constantes transformações, atualmente com a evolução da ciência e da tecnologia de comunicação (Internet), houve uma revolução, uma transformação nas interações sociais, estabelecendo uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. As distâncias foram superadas e as empresas passando a utilizassem cada vez mais

recursos tecnológicos para baratear os preços e também para estabelecerem contatos comerciais e financeiros de forma rápida e eficiente.

A MELHOR ESTRUTURA DE MERCADO PARA OS CONSUMIDORES Concorrência Perfeita ou Competição Pura: É a melhor estrutura de mercado para os consumidores pois é formado por vários ofertastes e vários demandantes, não gerando qualquer influência em relação à oferta e preço no mercado onde atua. Nesse tipo de estrutura de mercado, os preços são formados segundo a correlação entre oferta e procura, nenhum agente é grande o suficiente para influenciar o preço de mercado, sendo que a procura pode ser estabelecida de acordo com a categoria do bem ofertado, portanto num mercado competitivo cada firma tem que se preocupar apenas com a quantidade de produto que ela deseja produzir.

ESTRUTURAS DE MERCADO IDENTIFICADAS NO BRASIL

No Brasil podemos identificar essas estruturas de mercado. Nos serviços públicos

temos um exemplo clássico de monopólio a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos,

uma única empresa explorando o mercado o que torna os cidadãos muitas vezes reféns de

maus serviços prestados por parte da empresa.

A estrutura típica de empresa estatal impede a ECT de se adaptar aos novos tempos e buscar uma nova gama de produtos e serviços dentro daquilo que se propõe. O uso político-eleitoral dos Correios por partidos políticos, evidenciados nas ultimas eleições, é outro ponto que ferem disposições internas da empresa, e reflete na péssima qualidade da prestação do serviço a população. São encomendas que nunca chegam ao destino, embalagens violadas, correspondências entregues em endereço errado, além da dificuldade de utilizar o rastreamento disponível no site da empresa. Acredito que se houvesse mais de uma empresa na área essas situações seriam muito raras de acontecer. Cito o caso americano, que além da empresa estatal a United States Postal Service, tem também a FedEX e a United Parcel Service, a concorrência com essas empresas fez com que a US Postal Service modernizasse sua estratégia de negócios e também seus produtos e serviços.

REFERÊNCIAS :

http://www.knoow.net/cienceconempr/economia/concorrenciaperfeita.htm:pesquisado em: 03 de março de 2015 http://www.significados.com.br/monopolio/ : pesquisado em: 03 de março de 2015 http://www.knoow.net/cienceconempr/economia/concorrenciamonopolistica.htm pesquisado em: 05 de março de 2015 http://pt.wikipedia.org/wiki/Forma_de_mercado: pesquisado em: 05 de março de 2015