Você está na página 1de 7

PROJETO FONTE DE TENSÃO

Um outro projeto de fonte de tensão será estudado a partir de um exemplo com as seguintes

características:

1. Tensão de saída: 5V.

2. Corrente de saída: 0.5 A.

3. Tensão de entrada: 110Vef 10%.

Neste caso são empregadas as técnicas de retificação de onda completa usando transformador com derivação central (center tap), filtragem com capacitor e regulação serie com circuito integrado regulador, Figura 1.

Os capacitores C1 e C2 são do tipo eletrolítico devido a seus valores serem relativamente

altos e o capacitor C3 é do tipo poliéster para filtrar ruídos de “alta freqüência”. A tensão de saída encontra-se entre os pinos VREG do CI regulador e o terra.

encontra-se entre os pinos VREG do CI regulador e o terra. Figura 1 – Circuito da

Figura 1 – Circuito da Fonte.

O projeto é conduzido da saída para a entrada do circuito.

1. REGULAÇÃO DE TENSÃO

A tensão de saída na família de reguladores 78XX é informada pelos dois últimos

algarismos deste código. Assim para obtermos uma fonte cuja tensão de saída seja de 5V deve-se selecionar o CI 7805.

A seguir considera-se a tensão retificada e filtrada na entrada deste CI, Figura 2.

tensão retificada e filtrada na entrada deste CI, Figura 2. Vinmax Vinmin Figura 2 – Tensão

Vinmax

Vinmin

Figura 2 – Tensão no capacitor C1 da Figura 1.

M.A.Garms-2009

1

O valor Vdc sobre o capacitor C1 deverá ser maior que a tensão de saída da fonte. A especificação dos CI’s da família 78XX é de que a tensão de entrada deve ser pelo menos 2V acima da tensão de saída. Para este projeto adotou-se para os valores nominais Vdrop= Vsaida – Ventrada 5V, isto é: Vdc Vsaida + 5 = 5 + 5 = 10V.

Adotou-se uma variação da tensão da rede de 10% e um ripple V de 0,5 Vpp. Pode-se então escrever para Vinmin e Vinmax, sendo Vin a tensão na entrada do regulador (Figura 2) as seguintes expressões:

Vin min (Vdc  V / 2) 0,9 (10 0,5 / 2) 0,9 8,8V

Vin max (Vdc  V / 2) 1,1 (10 0,5 / 2) 1,1 11,3V

Nestas condições verifica-se que a tensão Vdrop mínima é de 8.8 - 5= 3.8V > 2V como requerido.

2. DISSIPADOR

A resistência térmica do CI 7805 é de RJC= 5 o C/W. Sendo sua potencia dissipada de

(10 - 5) V 0.5 A= 2.5 W então a resistência térmica do dissipador deve ser menor que:

RDA< (125-40) o C / 2.5W – 5 o C/W = 29 o C/W

Pelo catálogo “DS – DISSIPADORES” (www.hsdissipadores.com.br) selecionou-se o perfil HS2315 com resistência térmica especificada de 10.2 o C/W/4” (ver Apêndice).

Das correções indicadas pelo fornecedor só a relativo ao comprimento é aplicável: o comprimento selecionado é igual a 3 cm (contra 4”10cm para o qual o valor de RDA é especificado) e portanto a correção neste caso é de 1.82 (ver Apêndice) . Resulta uma resistência térmica do dissipador igual a:

RDA = 10.2 1.82= 18,5 o C/W < 29 o C/W OK.

3.

FONTE NÃO REGULADA

A

parte não regulada da fonte pode ser projetada com base na Figura 3 na qual se substituiu

o

regulador serie por uma carga fixa RL’ de valor (IQ é a corrente de polarização do CI

7805):

RL

'

Vdc

10

V

IL

IQ

0.5

A

4

mA

20

Esta substituição é uma aproximação, pois quando a carga desta fonte é o regulador este irá funcionar como um gerador de corrente (receptor de energia) e não como uma carga ôhmica, aqui denominada RL’. Na pratica verifica-se que esta aproximação fornece valores adequados ao projeto.

O projeto do capacitor e diodos segue o livro “Teoria e Desenvolvimento de Projetos de

Circuitos Eletrônicos”, Cipelli, Markus e Sandrini, paginas 57 a 58.

M.A.Garms-2009

2

Figura 3 – Etapa de retificação e filtragem da fonte. Resulta para o capacitor: C

Figura 3 – Etapa de retificação e filtragem da fonte.

Resulta para o capacitor:

C

1

 

Vdc

10

 

10

8,3

10

3

   
 

2

f RL

'

V

2

60

20

0,5

1200

10000

F

Calculando-se o valor de pico do sinal senoidal na saída de um dos enrolamentos do secundário do transformador obtém-se:

Vp

Vdc

1

1

4

fRL C

'

1

 

10 1

1

4

60

20

10

2

10 1

1

48

10 V

O diodo deve suportar uma tensão reversa maior que Vp = 210 = 20V e uma corrente

direta maior que (Vp/RL’) / 2 = (10/20) / 2= 250mA. Escolheu-se o diodo 1N4001.

Verifique consultando os dados do fabricante que esta escolha é adequada.

4. TRANSFORMADOR E FUSIVEL

O dados do transformador e do fusível, Figura 5, são obtidos a seguir:

A tensão em cada enrolamento secundário é dada por:

V 2

ef

Vp , 2
Vp
,
2

V

2

p

10

V

V

2

ef

10 /

2
2

7

Vef

A corrente em cada enrolamento secundário pode ser estimada pela potencia entregue a

carga RL’:

Ps

Vdc

2

10

2

RL '

20

5

W

2

V

2

ef

A corrente no primário será então de:

M.A.Garms-2009

I

2

ef

3

I

2

ef

Ps

5

2

V

2

ef

2

7

360 mAef

I

1

N

2

I 2

V

2

T

I

2

2

7

360

46

 

N

1

V 1

 

110

 

mAef

Finalmente, o fusível deverá suportar uma corrente da ordem de 5 a 10 vezes este valor:

escolheu-se um fusível de 250 mA.

5 a 10 vezes este valor: escolheu-se um fusível de 250 mA. 250 mA 2x 7Vef

250 mA

2x 7Vef @ 360 mAef

Figura 5 – Transformador.

5. COMENTÁRIOS

Utilizou-se no protótipo um transformador comercial de 7.5 + 7.5 Vef @ 0.5Aef.

Ressalta-se que a fonte a ser construída deverá ter uma maior capacidade de corrente de saída (>0.5A), pois foram selecionados componentes comerciais (transformador, diodos, capacitores e dissipador) com valores limites acima dos dimensionados.

Em Fontes deste tipo (retificação + filtragem + regulação) comumente utilizam-se reguladores integrados que incorporam tais dispositivos eletrônicos além de outros que permitem proteção contra curtos na saída e sobreaquecimento deste tipo de componente. Uma alternativa seria empregar um circuito “discreto” com transistor série, resistor e zener. Na verdade num CI tipo 78XX (ou 79XX) há um transistor série para regular a tensão de saída.

6. PROJETO PROPOSTO

Para que o aluno desenvolva um novo projeto, pede-se:

1-

Refaça os cálculos com os valores limites dos componentes comerciais utilizados e verifique se é verdadeira a afirmação feita na seção 5 (obter a capacidade de corrente de saída real desta fonte).

2-

Como indicação de atividade da fonte, insira (projete) um resistor em serie com um led (vermelho) em sua saída.

3-

Monte um protótipo com regulador integrado (7805). Teste-o em bancada

4- Estude o roteiro de projeto de fontes com regulação usando transistor, resistor e

zener - “Teoria e Desenvolvimento de Projetos de Circuitos Eletrônicos”, Cipelli, Markus e Sandrini, paginas 131 a 137.

5- Aplique este roteiro para substituir o CI 7805, do projeto de fonte de tensão de CC acima descrito (5V @ 0.5A), por um regulador serie formado por transistor, resistor e zener.

6- Simule no MultiSim o circuito projetado em (5) para esta fonte e verifique os

diversos valores do projeto.

7- Compare os dois projetos (vantagens e desvantagens) - transistor, resistor e zener CI 7805.

M.A.Garms-2009

4

1) Perfil selecionado

Apêndice - Dados do Dissipador

1) Perfil selecionado Apêndice - Dados do Dissipador M.A.Garms-2009 5

M.A.Garms-2009

5

2) Correção de T

2) Correção de  T M.A.Garms-2009 6

M.A.Garms-2009

6

3) Correção de Comprimento

3) Correção de Comprimento M.A.Garms-2009 7

M.A.Garms-2009

7