Você está na página 1de 3

Histórico

Uma fazenda pertencente a Francisco Pedro de Gomes Melo, no idos de 1825,


representou os primeiros sinais de povoamento na localidade.
A localidade de Lajes, por estar estrategicamente situada nos caminhos do sertão,
tornou-se um importante ponto de encontro e descanso de boiadeiros e fazendeiros em
viagens à procura de negócios, que aproveitavam a parada obrigatória para refrescar o
comboio e completar a carga vendida.
No ano de 1914, a estrada de ferro Sampaio Correia chegou à localidade, trazendo
com ela o progresso e impulsionando o desenvolvimento local. Em 25 de novembro do
mesmo ano, pela Lei nº 360, foi criado o município de Lajes, que na oportunidade
incorporou a sede do município de Jardim de Angicos.
O município mudou de nome por força do Decreto nº 268, de 30 de dezembro de
1943, passando a ser chamado de Itaretama, que significa região de pedras. Dez anos
depois, em 11 de dezembro de 1953, pela Lei no 1.032, retornou ao antigo nome; voltou
a ser Lajes.

Gentílico: lajense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Lajes, pela lei municipal, de 26-01-1895,
subordinado ao município de Jardim de Angicos.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Lajes, figura no
município de Jardim de Angicos.
Pela lei estadual nº 360, de 25-11-1914, a sede do antigo município de Jardim de
Angicos foi transferido para a povoação de Lajes.
Nos quadros do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o distrito de Lajes aparece
como sede do município de Jardim de Angicos.
Pela lei estadual nº 572, de 03-12-1923, Lajes é elevado à categoria de município.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município já denominado
Lajes é constituído do distrito sede. Não figurando o topônimo Jardim de Angicos.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-
1937.
Pelo decreto estadual nº 603, de 31-10-1938, são criados os distritos de Jardim de
Angicos e Pedra Preta e anexado ao município de Lajes.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é
constituído de 3 distritos: Lajes, Jardim de Angicos e Pedra Preta.
Pelo decreto-lei estadual nº 268, de 30-12-1943, o município de Lajes passou a
denominar-se Itaretama.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3
distritos: Itaretama ex-Lajes, Jardim de Angicos e Pedra Pedra.
Pela lei estadual nº 1032, de 11-12-1953, o município de Itaretama voltou a
denominar-se Lajes.
Pela lei estadual nº 62, de 21-12-1953, é criado o distrito de Caiçara do Rio do
Vento expovoado e anexado ao município de Lajes.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4
distritos: Lajes, Caiçara do Rio do Vento, Jardim de Angicos e Pedra Preta.
Pela lei estadual nº 2343, de 31-12-1958, é criado o distrito de Jandaíra ex-
povoado, criado com terras do distrito de Pedra Preta e anexado ao município de Lajes.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5
distritos: Lajes, Caiçara do Rio do Vento, Jardim de Angicos, Jandaíra e Pedra Preta.
Pela lei estadual nº 2755, de 08-05-1962, desmembra do município de Lajes o
distrito de Jardim de Angicos. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 2813, 19-01-1963, desmembra do município de Lajes o
distrito de Caiçara do Rio do Vento. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 2815, de 19-01-1963, desmembra do município de Lajes o
distrito de Pedra Preta. Elevado à categoria de município
Pela lei estadual nº 2971, de 29-10-1963, é criado o distrito de Firmamento e
anexado ao município de Lajes
Pela lei estadual nº 3036, de 27-12-1963, desmembra do município de Lajes o
distrito de Jandaíra. Elevado à categoria de município
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2
distritos: Lajes e Firmamento.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Transferência de sede
Pela lei estadual nº 360, de 25-11-1914, transfere a sede do município de Jardim
de Angicos para Lajes.
Alterações toponímicas municipais
Lajes para Itaretama alterado, pelo decreto-lei estadual nº 268, de 30-12-1943.
Itaretama para Lajes alterado, pela lei estadual nº 1032, de 11-12-1953.