Você está na página 1de 13

Leonardo V.

Pinheiro

Análise heurı́stica de usabilidade da


aplicação Estoque do Stoq
0.9.6-dobem-SVN

Dobem Software

Londrina - PR - Brasil
Maio de 2008
i

Sumário

1 Introdução p. 1

1.1 Licença de uso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 1

1.2 Apresentação do Autor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 1

2 Análises p. 2

2.1 Aplicação Estoque . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 2

2.1.1 Recebimento de Compra . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 4

2.1.2 Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 4

2.1.3 Retenção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 7

2.1.4 Histórico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 10
1

1 Introdução

Este documento mostra uma rápida e superficial análise heurı́stica de usabilidade do


programa Stoq versão 0.9.6-dobem-SVN. Os objetivos são trazer sugestões de melhorias
e fomentar maiores discussões para melhorar a usabilidade do programa.

As forma possı́veis de uso deste documento estão listadas na seção 1.1. Nenhuma outra
forma de uso é permitida, exceto quando houver permissão escrita da Dobem Software.

1.1 Licença de uso

Este documento pode ser utilizado sob a licença Creative Commons “Atribuição,
Uso Não-Comercial, Compartilhamento pela mesma Licença 2.5”. A versão oficial desta
licença pode ser encontrada no site http://creativecommons.org.

Opcionalmente, as melhorias sugeridas neste documento podem ser utilizadas em


códigos-fontes distribuı́dos sob licença GPL versão 2 ou 3.

Nenhuma outra forma de uso é permitida, exceto quando houver permissão escrita da
Dobem Software.

1.2 Apresentação do Autor

O autor, Leonardo Vilela Pinheiro, é graduado em Engenharia Elétrica com ênfase


em Eletrônica, e é consultor em sistemas que utilizam software. Reside atualmente em
Londrina-PR. Email: leonardo.pinheiro@dobemsoftware.com

A Dobem é uma empresa fornecedora de soluções em tecnologia, que utiliza soft-


ware livre para otimização de custo benefı́cio. Atua nas regiões de Londrina-PR. Site:
www.dobemsoftware.com
2

2 Análises

2.1 Aplicação Estoque

A figura 1 mostra a aplicação Estoque.

Figura 1: Aplicação Estoque.

Os menus podem ser vistos nas figuras 2, 3 e 4.

As barras de botões podem ser vistas nas figuras 5 e 6.


2.1 Aplicação Estoque 3

Figura 2: Aplicação Estoque, menu Estoque.

Figura 3: Aplicação Estoque, menu Pesquisasr.

Figura 4: Aplicação Estoque, menu Ajuda.

Figura 5: Aplicação Estoque, barra de botões superior.

Figura 6: Aplicação Estoque, barra de botões inferior.


2.1 Aplicação Estoque 4

Crı́tica:

• Os nomes dos botões “Receber” e “Transferência” não estão coerentes um com o


outro. O botão “Transferência” inicia um processo de transferência, portanto é cor-
reto o seu nome. O botão “Receber” inicia um processo de recebimento. Sugestão:
alterar “Receber” para “Recebimento”.

• Falta um botão para criar um novo item. Sugestão: inserir um botão “Novo” na
barra de botões superior, que permite criar um novo item.

• Falta um botão para ajustar a quantidade dos items. Sugestão: inserir um botão
“Ajustar” na barra de botões inferior, que permite alterar a quantidade de um item.
(Esta sugestão é atendida por uma outra, referente à função Retenção de Produto.)

2.1.1 Recebimento de Compra

Na aplicação Estoque, ao clicar-se no botão “Receber”, a janela “Recebimento de


Compra” é exibida (figura 7).

Crı́tica:

• Para o público-alvo micro e pequenas empresas, a quantidade de pedidos em aberto


tende a ser pequena. Não há por que esperar o usuário clicar em “Localizar” para
mostrar os pedidos em aberto. Sugestão: executar uma pesquisa assim que janela
for aberta.

2.1.2 Transferência

Na aplicação Estoque, ao clicar-se no botão “Transferência”, a janela “Transferência”


é exibida (figura 8).

Ao clicar-se no menu para selecionar um item, uma lista é mostrada (figura 9).

Crı́tica:

• No processo de transferência, é possı́vel selecionar itens somente pelo nome. Su-


gestão: permitir selecionar itens pelo seu código de barra e código de produto.

• O autor deste documento se pergunta como a lista de produtos (figura 9) apareceria


se houvesse uma lista muito grande de itens cadastrados no sistema. A lista sequer
2.1 Aplicação Estoque 5

Figura 7: Aplicação Estoque, recebimento de compra.

Figura 8: Aplicação Estoque, transferência.


2.1 Aplicação Estoque 6

Figura 9: Aplicação Estoque, transferência, selecionar item.

é exibida em ordem alfabética. Na opinião deste autor, há uma dificuldade muito
grande (para o usuário) em encontrar e selecionar um item. Sugestão: incluir do
lado direito do botão “Remover” um botão “Adicionar”, que vai abrir uma janela
parecida com a janela Pesquisa de Produtos, acessı́vel através da Aplicação Com-
pras, como pode ser visto na figura 10. Assim a janela Transferência ficaria parecida
com o desenho da figura 11.

O segundo passo da transferência pode ser visto na figura 12.

Crı́tica:

• A frase “Enviando unidade” não faz muito sentido e está sem os dois pontos (:).
Sugestão: alterá-la para “Unidade:”.

• A frase “Enviado:” não está adequada ao seu sentido. Sugestão: alterá-la para
“Responsável:”.

• A frase “Receber” não está adequada ao seu sentido, e está sem os dois pontos (:).
Sugestão: alterá-la para “Responsável:”.

• Seguindo as três sugestões anteriores, não ficou completamente claro o que é envio
e o que é recebimento. Sugestão: separar a janela em duas colunas: a primeira
2.1 Aplicação Estoque 7

Figura 10: Aplicação Compras, janela Pesquisa de Produtos.

com tı́tulo “Envio”, e abaixo dela colocar Unidade, Data e Responsável, e a coluna
“Recebimento”, e abaixo dela colocar sua Unidade, Data e Responsável.

2.1.3 Retenção

Ao selecionar-se um produto (em uma unidade especı́fica) e clicar-se em Retenção, é


exibida a janela “Retenção de Produto”. A figura 13 mostra o conteúdo do menu CFOP.

Crı́tica:

• A CFOP “Compra para comercialização” não é um CFOP para retenção de pro-


duto. É até possı́vel “reter” um produto com este CFOP, ou seja, é possı́vel fazer
uma “compra para comercialização” reduzindo a quantidade do item (é um bug).
Sugestão: manter este CFOP na lista, e modificar a funcionalidade “Retenção de
produto” para “Ajuste de quantidade”, e então permitir que um produto tenha
sua quantidade alterada para mais (compra de produto) ou para menos (venda ou
devolução). Esta alteração permitirá que as sugestões abaixo sejam também imple-
mentadas.
2.1 Aplicação Estoque 8

Figura 11: Protótipo da janela Transferência modificada.


2.1 Aplicação Estoque 9

Figura 12: Aplicação Estoque, transferência passo 2.

Figura 13: Aplicação Estoque, retenção.


2.1 Aplicação Estoque 10

• Segundo uma consultora contratada pela Dobem Software, muitas empresas cos-
tumam fazer o registro de movimentação do estoque sem especificar o motivo da
movimentação (por motivos anti-fiscalizatórios). Segundo a consultora, deve ser
dada a opção para o cliente de fazer o registro de movimentação com um motivo
“não especificado”. O autor desta análise segue a filosofia de que o software deve
refletir a vida real, e não colocar a empresa-cliente dentro de uma caixa, e portanto
ele concorda com a sugestão da consultora. Sugestão: permitir a movimentação em
estoque por motivo não especificado, configurável na aplicação Administrativo. Por
padrão, o “motivo não especificado” deve vir desativado, e o cliente pode ativá-lo
se quiser. Quando ativado, é exibida a opção “Motivo não especificado” (que na
verdade não corresponde a nenhuma CFOP) na lista de CFOP da janela “Retenção
de produto” (ou “Ajuste de produto”, se aplicada a sugestão de mudar o nome da
funcionalidade).

• Seguindo a sugestão já feita de incluir um botão “Novo” na aplicação Estoque, falta
uma CFOP para “cadastro inicial de estoque”. Sugestão: incluir no menu o item
“Cadastro inicial de estoque” (que na verdade não corresponde a nenhuma CFOP).

• O autor deu sugestões de incluir itens no menu CFOP que não correspondem a
CFOPs. Sugestão: alterar o tı́tulo do menu de “CFOP” para “Motivo”.

2.1.4 Histórico

Ao selecionar-se um produto (em uma unidade especı́fica) e clicar-se em Histórico, é


exibida a janela “Histórico de Produtos”. A figura 14 mostra a aba Retenção desta janela.

Crı́tica:

• O histórico exibido é de apenas um produto, entretanto o tı́tulo da janela é “Histórico


de Produtos”. Sugestão: alterar o nome da janela para “Histórico de Produto”.

• Seguindo uma sugestão anterior de renomear a funcionalidade “Retenção de pro-


duto” para “Ajuste de quantidade”, a aba “Retenção” deve ser renomeada para
Ajustes.
2.1 Aplicação Estoque 11

Figura 14: Aplicação Estoque, Histórico, Retenção.