Você está na página 1de 62

07/12/2015

L8112consol

07/12/2015 L8112consol PresidênciadaRepública CasaCivil SubchefiaparaAssuntosJurídicos

PresidênciadaRepública

CasaCivil

SubchefiaparaAssuntosJurídicos

Produçãodeefeito

PartesmantidaspeloCongressoNacional

Dispõesobreoregimejurídicodosservidorespúblicos

civisdaUnião,dasautarquiasedasfundaçõespúblicas

federais.

PUBLICAÇÃOCONSOLIDADADALEINº 8.112,DE11DEDEZEMBRODE1990,DETERMINADA PELOART. 13DALEINº9.527,DE10DEDEZEMBRODE1997.

OPRESIDENTE DA REPÚBLICA FaçosaberqueoCongressoNacional decretaeeusancionoa seguinteLei:

TítuloI

CapítuloÚnico

DasDisposiçõesPreliminares

Art. 1 o EstaLei institui oRegimeJurídicodos Servidores Públicos Civis daUnião, das autarquias, inclusiveasemregimeespecial,edasfundaçõespúblicasfederais.

Art.2 o ParaosefeitosdestaLei,servidoréapessoalegalmenteinvestidaemcargopúblico.

Art.3 o Cargopúblicoéoconjuntodeatribuiçõeseresponsabilidadesprevistasnaestruturaorganizacional quedevemsercometidasaumservidor.

Parágrafo único. Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileiros, são criados por lei, com denominação própria e vencimento pago pelos cofres públicos, para provimento em caráter efetivo ou em comissão.

Art.4 o Éproibidaaprestaçãodeserviçosgratuitos,salvooscasosprevistosemlei.

TítuloII

DoProvimento,Vacância,Remoção,RedistribuiçãoeSubstituição

CapítuloI

DoProvimento

SeçãoI

DisposiçõesGerais

Art.5 o Sãorequisitosbásicosparainvestiduraemcargopúblico:

I­anacionalidadebrasileira;

II­ogozodosdireitospolíticos;

07/12/2015

L8112consol

III­aquitaçãocomasobrigaçõesmilitareseeleitorais;

IV­oníveldeescolaridadeexigidoparaoexercíciodocargo;

V­aidademínimadedezoitoanos;

VI­aptidãofísicaemental.

§1 o Asatribuiçõesdocargopodemjustificaraexigênciadeoutrosrequisitosestabelecidosemlei.

§2 o Àspessoasportadorasdedeficiênciaéasseguradoodireitodeseinscreveremconcursopúblico paraprovimentodecargocujasatribuiçõessejamcompatíveiscomadeficiênciadequesãoportadoras;para

taispessoasserãoreservadasaté20%(vinteporcento)dasvagasoferecidasnoconcurso.

§3 o Asuniversidadeseinstituiçõesdepesquisacientíficaetecnológicafederaispoderãoproverseus cargoscomprofessores,técnicosecientistasestrangeiros,deacordocomasnormaseosprocedimentosdesta

Art.6 o Oprovimentodoscargospúblicosfar­se­ámedianteatodaautoridadecompetentedecadaPoder.

Art.7 o Ainvestiduraemcargopúblicoocorrerácomaposse.

Art.8 o Sãoformasdeprovimentodecargopúblico:

I­nomeação;

II­promoção;

V­readaptação;

VI­reversão;

VII­aproveitamento;

VIII­reintegração;

IX­recondução.

SeçãoII

DaNomeação

Art.9 o Anomeaçãofar­se­á:

I­emcaráterefetivo,quandosetratardecargoisoladodeprovimentoefetivooudecarreira;

II­emcomissão,paracargosdeconfiança,delivreexoneração.

Parágrafoúnico. A designaçãoporacesso, parafunçãodedireção, chefiaeassessoramentorecairá,

exclusivamente,emservidordecarreira,satisfeitososrequisitosdequetrataoparágrafoúnicodoart.10.

Parágrafoúnico. Oservidorocupantedecargoemcomissãooudenaturezaespecialpoderásernomeado paraterexercício,interinamente,emoutrocargodeconfiança,semprejuízodasatribuiçõesdoqueatualmente ocupa,hipóteseemquedeveráoptarpelaremuneraçãodeumdelesduranteoperíododainterinidade.(Redação

07/12/2015

L8112consol

Art.10. Anomeaçãoparacargodecarreiraoucargoisoladodeprovimentoefetivodependedeprévia habilitaçãoemconcursopúblicodeprovas oudeprovas etítulos, obedecidos aordemdeclassificaçãoeo prazodesuavalidade.

Parágrafo único. Os demais requisitos para o ingresso e o desenvolvimento do servidor na carreira, mediante promoção, ascensão e acesso, serão estabelecidos pela lei que fixar as diretrizes do sistema de carreiranaAdministraçãoPúblicaFederaleseusregulamentos.

Parágrafoúnico. Os demais requisitos paraoingressoeodesenvolvimentodoservidornacarreira, mediantepromoção,serãoestabelecidospelaleiquefixarasdiretrizesdosistemadecarreiranaAdministração

PúblicaFederaleseusregulamentos.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

SeçãoIII

DoConcursoPúblico

Art.11.Oconcursoserádeprovasoudeprovasetítulos,podendoserrealizadoemduasetapas,

conformedispuseremaleieoregulamentodorespectivoplanodecarreira.

Art. 11. Oconcursoserádeprovas oudeprovas etítulos, podendoserrealizadoemduas etapas, conforme dispuserem a lei e o regulamento do respectivo plano de carreira, condicionada a inscrição do candidato ao pagamento do valor fixado no edital, quando indispensável ao seu custeio, e ressalvadas as hipóteses de isenção nele expressamente previstas.(Redação dada pela Lei nº 9.527, de 10.12.97) (Regulamento)

Art.12. Oconcursopúblicoterávalidadedeaté2(dois)anos,podendoserprorrogadoumaúnicavez,por igualperíodo.

§1 o Oprazodevalidadedoconcursoeascondiçõesdesuarealizaçãoserãofixadosemedital,queserá publicadonoDiárioOficialdaUniãoeemjornaldiáriodegrandecirculação.

§2 o Nãoseabriránovoconcursoenquantohouvercandidatoaprovadoemconcursoanteriorcomprazode validadenãoexpirado.

SeçãoIV

DaPosseedoExercício

Art.13. Apossedar­se­ápelaassinaturadorespectivotermo,noqualdeverãoconstarasatribuições,os deveres, as responsabilidades e os direitos inerentes ao cargo ocupado, que não poderão ser alterados unilateralmente,porqualquerdaspartes,ressalvadososatosdeofícioprevistosemlei.

§1°Aposseocorreránoprazode30(trinta)diascontadosdapublicaçãodoatodeprovimento,prorrogável

pormais30(trinta)dias,arequerimentodointeressado.

§2°Emsetratandodeservidoremlicença,ouafastadoporqualqueroutromotivolegal,oprazoserá

contadodotérminodoimpedimento.

§2 o Emsetratandodeservidor,queestejanadatadepublicaçãodoatodeprovimento,emlicença

previstanosincisosI,IIIeVdoart.81,ouafastadonashipótesesdosincisosI,IV,VI,VIII,alíneas"a","b",

§3 o Apossepoderádar­semedianteprocuraçãoespecífica.

§4°Sóhaverápossenoscasosdeprovimentodecargopornomeação,acessoeascensão.

07/12/2015

L8112consol

§5 o Noatodaposse,oservidorapresentarádeclaraçãodebensevaloresqueconstituemseupatrimônio edeclaraçãoquantoaoexercícioounãodeoutrocargo,empregooufunçãopública.

§6 o Serátornadosemefeitooatodeprovimentoseapossenãoocorrernoprazoprevistono§1 o deste

artigo.

Art.14. Aposseemcargopúblicodependerádepréviainspeçãomédicaoficial.

Parágrafoúnico. Sópoderáserempossadoaquelequeforjulgadoaptofísicaementalmenteparao exercíciodocargo.

Art.15.Exercícioéoefetivodesempenhodasatribuiçõesdocargo.

§1°Éde30(trinta)diasoprazoparaoservidorentraremexercício,contadosdadatadaposse.

§2°Seráexoneradooservidorempossadoquenãoentraremexercícionoprazoprevistonoparágrafo

anterior.

§3°Àautoridadecompetentedoórgãoouentidadeparaondefordesignadooservidorcompetedar­lhe

exercício.

Art.15. Exercícioéoefetivodesempenhodasatribuiçõesdocargopúblicooudafunçãodeconfiança.

§1 o Édequinzediasoprazoparaoservidorempossadoemcargopúblicoentraremexercício,contados

§2 o Oservidorseráexoneradodocargoouserátornadosemefeitooatodesuadesignaçãoparafunção

deconfiança,senãoentraremexercícionosprazosprevistosnesteartigo,observadoodispostonoart.18.

§3 o Àautoridadecompetentedoórgãoouentidadeparaondefornomeadooudesignadooservidor

competedar­lheexercício.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

§4 o O início do exercício de função de confiança coincidirá com a data de publicação do ato de designação,salvoquandooservidorestiveremlicençaouafastadoporqualqueroutromotivolegal,hipóteseem que recairá no primeiro dia útil após o término do impedimento, que não poderá exceder a trinta dias da

Art.16. Oinício,asuspensão,ainterrupçãoeoreiníciodoexercícioserãoregistradosnoassentamento individualdoservidor.

Parágrafoúnico. Aoentraremexercício, oservidorapresentaráaoórgãocompetenteos elementos necessáriosaoseuassentamentoindividual.

Art. 17. A promoção ou a ascensão não interrompem o tempo de exercício, que é contado no novo posicionamentonacarreiraapartirdadatadapublicaçãodoatoquepromoverouascenderoservidor.

Art.17. Apromoçãonãointerrompeotempodeexercício,queécontadononovoposicionamentona carreiraapartirdadatadepublicaçãodoatoquepromoveroservidor. (RedaçãodadapelaLei nº 9.527, de

Art.18.Oservidortransferido,removido,redistribuído,requisitadooucedido,quedevaterexercícioem

outralocalidade,terá30(trinta)diasdeprazoparaentraremexercício,incluídonesseprazootemponecessário

aodeslocamentoparaanovasede.

Parágrafoúnico.Nahipótesedeoservidorencontrar­seafastadolegalmente,oprazoaqueserefereeste

artigoserácontadoapartirdotérminodoafastamento.

Art.18. Oservidorquedevaterexercícioemoutromunicípioemrazãodetersidoremovido,redistribuído, requisitado,cedidooupostoemexercícioprovisórioterá,nomínimo,deze,nomáximo,trintadiasdeprazo, contadosdapublicaçãodoato,paraaretomadadoefetivodesempenhodasatribuiçõesdocargo,incluídonesse

prazootemponecessárioparaodeslocamentoparaanovasede.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

07/12/2015

L8112consol

§1 o Nahipótesedeoservidorencontrar­seemlicençaouafastadolegalmente,oprazoaqueserefere

Art.19.Oocupantedecargodeprovimentoefetivoficasujeitoa40(quarenta)horassemanaisdetrabalho,

salvoquandoaleiestabelecerduraçãodiversa. Parágrafoúnico.Alémdocumprimentodoestabelecidonesteartigo,oexercíciodecargoemcomissão exigirádeseuocupanteintegraldedicaçãoaoserviço, podendooservidorserconvocadosemprequehouver interessedaadministração.

Art.19. Osservidorescumprirãojornadadetrabalhofixadaemrazãodasatribuiçõespertinentesaos respectivos cargos, respeitada a duração máxima do trabalho semanal de quarenta horas e observados os

§ 1° O ocupante de cargo em comissão ou função de confiança é submetido ao regime de integral dedicaçãoaoserviço,podendoserconvocadosemprequehouverinteressedaAdministração.(IncluídopelaLei

§1 o O ocupante de cargo em comissão ou função de confiança submete­se a regime de integral

dedicaçãoaoserviço,observadoodispostonoart.120,podendoserconvocadosemprequehouverinteresseda

Art.20. Aoentraremexercício,oservidornomeadoparacargodeprovimentoefetivoficarásujeitoa

estágioprobatórioporperíodode24(vinteequatro)meses,duranteoqualasuaaptidãoecapacidadeserão

objetodeavaliaçãoparaodesempenhodocargo,observadososseguintefatores:(VideEMCnº19)

Art. 20. Aoentraremexercício, oservidornomeadoparacargodeprovimentoefetivoficarásujeitoa estágioprobatórioporperíododetrintaeseismesesduranteoqualasuaaptidãoecapacidadeserãoobjetode avaliaçãoparaodesempenhodocargo,observadososseguintefatores:(RedaçãodadapelaMedidaProvisória

I­assiduidade;

II­disciplina;

III­capacidadedeiniciativa;

IV­produtividade;

V­responsabilidade.

Art.20. Aoentraremexercício,oservidornomeadoparacargodeprovimentoefetivoficarásujeitoa

estágioprobatórioporperíodode24(vinteequatro)meses,duranteoqualasuaaptidãoecapacidadeserão

objetodeavaliaçãoparaodesempenhodocargo,observadososseguintefatores:(VideEMCnº19)

I­assiduidade;

II­disciplina;

III­capacidadedeiniciativa;

IV­produtividade;

V­responsabilidade.

§1 o Quatromesesantesdefindooperíododoestágioprobatório,serásubmetidaàhomologaçãoda autoridadecompetenteaavaliaçãododesempenhodoservidor,realizadadeacordocomoquedispuseraleiou oregulamentodosistemadecarreira,semprejuízodacontinuidadedeapuraçãodosfatoresenumeradosnos incisosIaVdesteartigo.

§1 o Quatromeses antes defindooperíododoestágioprobatório,serásubmetidaàhomologaçãoda

07/12/2015

L8112consol

autoridadecompetenteaavaliaçãododesempenhodoservidor, realizadaporcomissãoconstituídaparaessa finalidade,deacordocomoquedispuseraleiouoregulamentodarespectivacarreiraoucargo,semprejuízoda continuidadedeapuraçãodosfatoresenumerados nos incisos IaVdesteartigo.(RedaçãodadapelaMedida

§1 o 4(quatro)mesesantesdefindooperíododoestágioprobatório,serásubmetidaàhomologaçãoda autoridadecompetenteaavaliaçãododesempenhodoservidor, realizadaporcomissãoconstituídaparaessa finalidade,deacordocomoquedispuseraleiouoregulamentodarespectivacarreiraoucargo,semprejuízoda continuidadedeapuraçãodosfatoresenumeradosnosincisosIaVdocaputdesteartigo.(Redaçãodadapela

§2 o Oservidornãoaprovadonoestágioprobatórioseráexoneradoou,seestável,reconduzidoaocargo

anteriormenteocupado,observadoodispostonoparágrafoúnicodoart.29.

§3 o Oservidoremestágioprobatóriopoderáexercerquaisquercargosdeprovimentoemcomissãoou funçõesdedireção,chefiaouassessoramentonoórgãoouentidadedelotação,esomentepoderásercedidoa outroórgãoouentidadeparaocuparcargosdeNaturezaEspecial,cargosdeprovimentoemcomissãodoGrupo­

§4 o Aoservidoremestágioprobatóriosomentepoderãoserconcedidasaslicençaseosafastamentos

previstosnosarts.81,incisosIaIV,94,95e96,bemassimafastamentoparaparticipardecursodeformação

§5 o Oestágioprobatórioficarásuspensoduranteaslicençaseosafastamentosprevistosnosarts.83, 84,§1 o ,86e96,bemassimnahipótesedeparticipaçãoemcursodeformação,eseráretomadoapartirdo

SeçãoV

DaEstabilidade

Art.21. Oservidorhabilitadoemconcursopúblicoeempossadoemcargodeprovimentoefetivoadquirirá

estabilidadenoserviçopúblicoaocompletar2(dois)anosdeefetivoexercício.(prazo3anos­videEMCnº19)

Art.22. Oservidorestávelsóperderáocargoemvirtudedesentençajudicialtransitadaemjulgadooude processoadministrativodisciplinarnoquallhesejaasseguradaampladefesa.

SeçãoVI

DaTransferência

Art.23.Transferênciaéapassagemdoservidorestáveldecargoefetivoparaoutrodeigualdenominação,

§1°Atransferênciaocorrerádeofícioouapedidodoservidor,atendidoointeressedoserviço,medianteo

§2°Seráadmitidaatransferênciadeservidorocupantedecargodequadroemextinçãoparaigualsituação

SeçãoVII

DaReadaptação

Art.24. Readaptaçãoéainvestiduradoservidoremcargodeatribuiçõeseresponsabilidadescompatíveis comalimitaçãoquetenhasofridoemsuacapacidadefísicaoumentalverificadaeminspeçãomédica.

§1 o Sejulgadoincapazparaoserviçopúblico,oreadaptandoseráaposentado.

§2°Areadaptaçãoseráefetivadaemcargodeatribuiçõesafins,respeitadaahabilitaçãoexigida.

07/12/2015

L8112consol

§2 o Areadaptaçãoseráefetivadaemcargodeatribuiçõesafins,respeitadaahabilitaçãoexigida,nívelde escolaridadeeequivalênciadevencimentose,nahipótesedeinexistênciadecargovago,oservidorexercerá

suasatribuiçõescomoexcedente,atéaocorrênciadevaga.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

SeçãoVIII

DaReversão

Art.25.Reversãoéoretornoàatividadedeservidoraposentadoporinvalidez,quando,porjuntamédica

oficial,foremdeclaradosinsubsistentesosmotivosdaaposentadoria.

I­porinvalidez,quandojuntamédicaoficialdeclararinsubsistentesosmotivosdaaposentadoria;ou

II­nointeressedaadministração,desdeque:(IncluídopelaMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

b)aaposentadoriatenhasidovoluntária;(IncluídopelaMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

§2 o Otempoemqueoservidorestiveremexercícioseráconsideradoparaconcessãodaaposentadoria.

§3 o NocasodoincisoI,encontrando­seprovidoocargo,oservidorexercerásuasatribuiçõescomo

§4 o Oservidorqueretornaràatividadeporinteressedaadministraçãoperceberá,emsubstituiçãoaos proventosdaaposentadoria,aremuneraçãodocargoquevoltaraexercer,inclusivecomasvantagensde

§5 o OservidordequetrataoincisoIIsomenteteráosproventoscalculadoscombasenasregrasatuais

sepermanecerpelomenoscincoanosnocargo.(IncluídopelaMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

Art.26. Areversãofar­se­ánomesmocargoounocargoresultantedesuatransformação. Parágrafoúnico. Encontrando­seprovidoocargo,oservidorexercerásuasatribuiçõescomoexcedente,

Art.27. Nãopoderáreverteroaposentadoquejátivercompletado70(setenta)anosdeidade.

SeçãoIX

DaReintegração

Art.28. Areintegraçãoéareinvestiduradoservidorestávelnocargoanteriormenteocupado,ounocargo

07/12/2015

L8112consol

resultantedesuatransformação,quandoinvalidadaasuademissãopordecisãoadministrativaoujudicial,com

ressarcimentodetodasasvantagens.

§1 o Nahipótesedeocargotersidoextinto,oservidorficaráemdisponibilidade,observadoodisposto

nosarts.30e31.

§2 o Encontrando­seprovidoocargo,oseueventualocupanteseráreconduzidoaocargodeorigem,sem direitoàindenizaçãoouaproveitadoemoutrocargo,ou,ainda,postoemdisponibilidade.

SeçãoX

DaRecondução

Art.29. Reconduçãoéoretornodoservidorestávelaocargoanteriormenteocupadoedecorreráde:

I­inabilitaçãoemestágioprobatóriorelativoaoutrocargo;

II­reintegraçãodoanteriorocupante.

Parágrafo único. Encontrando­se provido o cargo de origem, o servidor será aproveitado em outro,

observadoodispostonoart.30.

SeçãoXI

DaDisponibilidadeedoAproveitamento

Art.30. Oretornoàatividadedeservidoremdisponibilidadefar­se­ámedianteaproveitamentoobrigatório emcargodeatribuiçõesevencimentoscompatíveiscomoanteriormenteocupado.

Art.31. OórgãoCentraldoSistemadePessoalCivildeterminaráoimediatoaproveitamentodeservidor emdisponibilidadeemvagaquevieraocorrernosórgãosouentidadesdaAdministraçãoPúblicaFederal.

Parágrafoúnico. Nahipóteseprevistano§3 o doart.37,oservidorpostoemdisponibilidadepoderáser mantidosobresponsabilidadedoórgãocentraldoSistemadePessoalCivildaAdministraçãoFederal­SIPEC, até o seu adequado aproveitamento em outro órgão ou entidade. (Parágrafo incluído pela Lei nº 9.527, de

Art.32. Serátornadosemefeitooaproveitamentoecassadaadisponibilidadeseoservidornãoentrarem exercícionoprazolegal,salvodoençacomprovadaporjuntamédicaoficial.

CapítuloII

DaVacância

Art.33. Avacânciadocargopúblicodecorreráde:

I­exoneração;

II­demissão;

III­promoção;

VI­readaptação;

VII­aposentadoria;

VIII­posseemoutrocargoinacumulável;

07/12/2015

L8112consol

IX­falecimento.

Art.34. Aexoneraçãodecargoefetivodar­se­áapedidodoservidor,oudeofício.

Parágrafoúnico. Aexoneraçãodeofíciodar­se­á:

I­quandonãosatisfeitasascondiçõesdoestágioprobatório;

II­quando,tendotomadoposse,oservidornãoentraremexercícionoprazoestabelecido.

Art.35.Aexoneraçãodecargoemcomissãodar­se­á:

I­ajuízodaautoridadecompetente;

II­apedidodopróprioservidor.

Parágrafoúnico.Oafastamentodoservidordefunçãodedireção,chefiaeassessoramentodar­se­á:

I­apedido;

II­mediantedispensa,noscasosde:

a)promoção;

b)cumprimentodeprazoexigidopararotatividadenafunção;

c)porfaltadeexaçãonoexercíciodesuasatribuições,segundooresultadodoprocessodeavaliação,

conformeestabelecidoemleieregulamento;

d)afastamentodequetrataoart.94.(RevogadopelaLeinº9.527,de10.12.97)

CapítuloIII

DaRemoçãoedaRedistribuição

SeçãoI

DaRemoção

Art.36. Remoçãoéodeslocamentodoservidor,apedidooudeofício,noâmbitodomesmoquadro,com ousemmudançadesede.

Parágrafoúnico.Dar­se­áaremoção,apedido,paraoutralocalidade,independentementedevaga,para

acompanharcônjugeoucompanheiro,oupormotivodesaúdedoservidor,cônjuge,companheirooudependente,

condicionadaàcomprovaçãoporjuntamédica.

I­deofício,nointeressedaAdministração;(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

II­apedido,acritériodaAdministração;(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

a)paraacompanharcônjugeoucompanheiro, tambémservidorpúblicociviloumilitar, dequalquerdos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, que foi deslocado no interesse da

b)pormotivodesaúdedoservidor,cônjuge,companheirooudependentequevivaàssuasexpensase constedoseuassentamentofuncional,condicionadaàcomprovaçãoporjuntamédicaoficial;(IncluídopelaLei

c)emvirtudedeprocessoseletivopromovido,nahipóteseemqueonúmerodeinteressadosforsuperior

aonúmerodevagas,deacordocomnormaspreestabelecidaspeloórgãoouentidadeemqueaquelesestejam

07/12/2015

L8112consol

SeçãoII

DaRedistribuição

Art.37.Redistribuiçãoéodeslocamentodoservidor,comorespectivocargo,paraquadrodepessoalde

outroórgãoouentidadedomesmopoder, cujos planos decargos evencimentos sejam idênticos, observado sempreointeressedaadministração.

§1°Aredistribuiçãodar­se­áexclusivamenteparaajustamentodequadrosdepessoalàsnecessidades

dosserviços,inclusivenoscasosdereorganização,extinçãooucriaçãodeórgãoouentidade. § 2° Nos casos de extinção de órgão ou entidade, os servidores estáveis que não puderam ser redistribuídos,naformadesteartigo,serãocolocadosemdisponibilidade,atéseuaproveitamentonaformado

art.30.

Art.37.Redistribuiçãoéodeslocamentodoservidor,comorespectivocargo,paraoquadrodepessoalde

outro órgão ou entidade do mesmo Poder, observados a vinculação entre os graus de complexidade e responsabilidade, a correlação das atribuições, a equivalência entre os vencimentos e o interesse da

administração,compréviaapreciaçãodoórgãocentraldepessoal.(RedaçãodadapelaLeinº8.216,de1991)

Art.37. Redistribuiçãoéodeslocamentodecargodeprovimentoefetivo,ocupadoouvagonoâmbitodo quadrogeraldepessoal,paraoutroórgãoouentidadedomesmoPoder,compréviaapreciaçãodoórgãocentral doSIPEC, observadososseguintespreceitos:(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

I­interessedaadministração;(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

II­equivalênciadevencimentos;(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

III­manutençãodaessênciadasatribuiçõesdocargo;(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

VI­compatibilidadeentreasatribuiçõesdocargoeasfinalidadesinstitucionaisdoórgãoouentidade.

§ 1 o A redistribuição ocorrerá ex officio para ajustamento de lotação e da força de trabalho às necessidadesdosserviços,inclusivenoscasosdereorganização,extinçãooucriaçãodeórgãoouentidade.

§2 o Aredistribuiçãodecargosefetivosvagossedarámedianteatoconjuntoentreoórgãocentraldo SIPECeosórgãoseentidadesdaAdministraçãoPúblicaFederalenvolvidos.(IncluídopelaLei nº 9.527, de

§3 o Noscasosdereorganizaçãoouextinçãodeórgãoouentidade,extintoocargooudeclaradasua desnecessidade no órgão ou entidade, o servidor estável que não for redistribuído será colocado em

§4 o O servidor que não for redistribuído ou colocado em disponibilidade poderá ser mantido sob responsabilidadedoórgãocentral doSIPEC, eterexercícioprovisório, emoutroórgãoouentidade, atéseu

adequadoaproveitamento.(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

CapítuloIV

DaSubstituição

Art.38.Osservidoresinvestidosemfunçãodedireçãoouchefiaeosocupantesdecargosemcomissão

terão substitutos indicados no regimento interno ou, no caso de omissão, previamente designados pela autoridadecompetente.

07/12/2015

L8112consol

Art.38. Osservidoresinvestidosemcargooufunçãodedireçãoouchefiaeosocupantesdecargode Natureza Especial terão substitutos indicados no regimento interno ou, no caso de omissão, previamente

designadospelodirigentemáximodoórgãoouentidade.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

§1°Osubstitutoassumiráautomaticamenteoexercíciodocargooufunçãodedireçãoouchefianos

afastamentosouimpedimentosregulamentaresdotitular.

§1 o Osubstitutoassumiráautomáticaecumulativamente,semprejuízodocargoqueocupa,oexercício docargooufunçãodedireçãoouchefiaeosdeNaturezaEspecial,nosafastamentos,impedimentoslegaisou regulamentaresdotitularenavacânciadocargo,hipótesesemquedeveráoptarpelaremuneraçãodeumdeles

duranteorespectivoperíodo.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

§2°Osubstitutofarájusàgratificaçãopeloexercíciodafunçãodedireçãoouchefia,paganaproporção

dosdiasdeefetivasubstituição,observando­sequantoaoscargosemcomissãoodispostono§5°doart.62.

§2 o Osubstitutofarájusàretribuiçãopeloexercíciodocargooufunçãodedireçãoouchefiaoudecargo deNaturezaEspecial,noscasosdosafastamentosouimpedimentoslegaisdotitular,superioresatrintadias consecutivos,paganaproporçãodosdiasdeefetivasubstituição,queexcederemoreferidoperíodo.(Redação

Art.39. Odispostonoartigoanterioraplica­seaostitularesdeunidadesadministrativasorganizadasem níveldeassessoria.

TítuloIII

DosDireitoseVantagens

CapítuloI

DoVencimentoedaRemuneração

Art.40. Vencimentoéaretribuiçãopecuniáriapeloexercíciodecargopúblico,comvalorfixadoemlei.

Parágrafoúnico. Nenhumservidorreceberá,atítulodevencimento,importânciainferioraosalário­mínimo.

Art.41. Remuneraçãoéovencimentodocargoefetivo,acrescidodasvantagenspecuniáriaspermanentes estabelecidasemlei.

§1 o Aremuneraçãodoservidorinvestidoemfunçãooucargoemcomissãoserápaganaformaprevista

noart.62.

§2 o Oservidorinvestidoemcargoemcomissãodeórgãoouentidadediversadadesualotaçãoreceberá aremuneraçãodeacordocomoestabelecidono§1 o doart.93.

§3 o Ovencimentodocargoefetivo,acrescidodasvantagensdecaráterpermanente,éirredutível.

§4 o Éasseguradaaisonomiadevencimentosparacargosdeatribuiçõesiguaisouassemelhadasdo mesmo Poder, ou entre servidores dos três Poderes, ressalvadas as vantagens de caráter individual e as relativasànaturezaouaolocaldetrabalho.

Art.42. Nenhumservidorpoderáperceber,mensalmente,atítuloderemuneração,importânciasuperiorà soma dos valores percebidos como remuneração, em espécie, a qualquer título, no âmbito dos respectivos Poderes, pelos Ministros de Estado, pormembros do Congresso Nacional e Ministros do Supremo Tribunal Federal.

07/12/2015

L8112consol

Parágrafoúnico. Excluem­sedotetoderemuneraçãoasvantagensprevistasnosincisosIIaVIIdoart.

61.

Art.43.Amenorremuneraçãoatribuídaaoscargosdecarreiranãoseráinferiora1/40(umquarentaavos)

Art.44. Oservidorperderá:

I­aremuneraçãodosdiasemquefaltaraoserviço; II­aparceladeremuneraçãodiária,proporcionalaosatrasos,ausênciasesaídasantecipadas,iguaisou

superioresa60(sessenta)minutos;

III­metadedaremuneração,nahipóteseprevistano§2°doart.130.

II ­aparceladeremuneraçãodiária, proporcionalaos atrasos, ausências justificadas, ressalvadas as

concessõesdequetrataoart.97,esaídasantecipadas,salvonahipótesedecompensaçãodehorário,atéo

Parágrafo único. As faltas justificadas decorrentes de caso fortuito ou de força maior poderão ser compensadasacritériodachefiaimediata,sendoassimconsideradascomoefetivoexercício.(IncluídopelaLei

Art.45. Salvoporimposiçãolegal,oumandadojudicial,nenhumdescontoincidirásobrearemuneraçãoou

Parágrafoúnico. Medianteautorizaçãodoservidor,poderáhaverconsignaçãoemfolhadepagamentoa favordeterceiros,acritériodaadministraçãoecomreposiçãodecustos,naformadefinidaemregulamento.

§1º Medianteautorizaçãodoservidor, poderáhaverconsignaçãoem folhadepagamentoem favorde terceiros,acritériodaadministraçãoecomreposiçãodecustos,naformadefinidaemregulamento. (Redação

§2º Ototaldeconsignações facultativas dequetratao§1º nãoexcederátrintaecincoporcentoda remuneração mensal, sendo cinco por cento reservados exclusivamente para a amortização de despesas contraídaspormeiodecartãodecrédito (IncluídopelaMedidaProvisórianº681,de2015)

§1 o Medianteautorizaçãodoservidor, poderáhaverconsignaçãoemfolhadepagamentoemfavorde terceiros,acritériodaadministraçãoecomreposiçãodecustos,naformadefinidaemregulamento. (Redação

§2 o Ototal deconsignações facultativas dequetratao§1 o nãoexcederáa35% (trintaecincopor cento)daremuneraçãomensal,sendo5%(cincoporcento)reservados exclusivamentepara: (Redaçãodada

Art.46.Asreposiçõeseindenizaçõesaoerárioserãodescontadasemparcelasmensaisnãoexcedentesà

décimapartedaremuneraçãoouprovento,emvaloresatualizados.

Art.46.Asreposiçõeseindenizaçõesaoerárioserãopreviamentecomunicadasaoservidoredescontadas

§1 o A indenizaçãoseráfeitaem parcelas cujovalornãoexcedadez porcentodaremuneraçãoou

07/12/2015

L8112consol

§3 o Areposiçãoseráfeitaemumaúnicaparcelaquandoconstatadopagamentoindevidonomêsanterior

aodoprocessamentodafolha.(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.46. Asreposiçõeseindenizaçõesaoerário,atualizadasaté30dejunhode1994,serãopreviamente comunicadasaoservidorativo,aposentadoouaopensionista,parapagamento,noprazomáximodetrintadias, podendo ser parceladas, a pedido do interessado. (Redação dada pela Medida Provisória nº 2.225­45, de

§1 o Ovalordecadaparcelanãopoderáserinferioraocorrespondenteadezporcentodaremuneração,

§2 o Quandoopagamentoindevidohouverocorridonomêsanterioraodoprocessamentodafolha,a

§3 o Nahipótesedevalores recebidos em decorrênciadecumprimentoadecisãoliminar, a tutela antecipada ou a sentença que venha a ser revogada ou rescindida, serão eles atualizados até a data da

Art.47.Oservidoremdébitocomoerário,quefordemitido,exonerado,ouquetiverasuaaposentadoria

ou disponibilidade cassada, terá o prazo de 60 (sessenta) dias para quitar o débito. Parágrafo único. A não quitaçãododébitonoprazoprevistoimplicarásuainscriçãoemdívidaativa.

Art.47.Oservidoremdébitocomoerário,quefordemitido,exonerado,ouquetiversuaaposentadoriaou

disponibilidadecassada,ouaindaaquelecujadívidarelativaareposiçãosejasuperioracincovezesovalorde sua remuneração terá o prazo de sessenta dias para quitar o débito. (Redação dada pela Lei nº 9.527, de

§2 o Osvalorespercebidospeloservidor,emrazãodedecisãoliminar,dequalquermedidadecaráter antecipatóriooudesentença,posteriormentecassadaourevista,deverãoserrepostosnoprazodetrintadias, contados danotificaçãoparafazê­lo, sobpenadeinscriçãoem dívidaativa. (IncluídopelaLei nº 9.527, de

Art.47. Oservidoremdébitocomoerário,quefordemitido,exoneradoouquetiversuaaposentadoriaou disponibilidade cassada, terá o prazo de sessenta dias para quitar o débito. (Redação dada pela Medida

Parágrafoúnico. Anãoquitaçãododébitonoprazoprevistoimplicarásuainscriçãoemdívidaativa.

Art.48. Ovencimento,aremuneraçãoeoproventonãoserãoobjetodearresto,seqüestrooupenhora, excetonoscasosdeprestaçãodealimentosresultantededecisãojudicial.

CapítuloII

DasVantagens

Art.49. Alémdovencimento,poderãoserpagasaoservidorasseguintesvantagens:

I­indenizações;

II­gratificações;

III­adicionais.

§1 o Asindenizaçõesnãoseincorporamaovencimentoouproventoparaqualquerefeito.

§2 o Asgratificaçõeseosadicionaisincorporam­seaovencimentoouprovento,noscasosecondições indicadosemlei.

07/12/2015

L8112consol

Art.50. Asvantagenspecuniáriasnãoserãocomputadas,nemacumuladas,paraefeitodeconcessãode quaisqueroutrosacréscimospecuniáriosulteriores,sobomesmotítuloouidênticofundamento.

SeçãoI

DasIndenizações

Art.51. Constituemindenizaçõesaoservidor:

I­ajudadecusto;

II­diárias;

III­transporte.

IV­auxílio­moradia.(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

Art. 52. Os valores das indenizações, assim como as condições para a sua concessão, serão estabelecidosemregulamento. (VideMedidaProvisórianº301de2006)

Art. 52. Os valores das indenizações estabelecidas nos incisos I aIII doart. 51, assim como as condiçõesparaasuaconcessão,serãoestabelecidosemregulamento.(RedaçãodadapelaLeinº11.355, de

SubseçãoI

DaAjudadeCusto

Art.53.Aajuda­de­custodestina­seacompensarasdespesasdeinstalaçãodoservidorque,nointeresse

doserviço,passaraterexercícioemnovasede,commudançadedomicílioemcaráterpermanente.

Art.53. Aajudadecustodestina­seacompensarasdespesasdeinstalaçãodoservidorque,nointeresse doserviço,passaraterexercícioemnovasede,commudançadedomicílioemcaráterpermanente,vedadoo duplopagamentodeindenização,aqualquertempo,nocasodeocônjugeoucompanheiroquedetenhatambém

acondiçãodeservidor,vieraterexercícionamesmasede.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

§1 o Correm por conta da administração as despesas de transporte do servidor e de sua família, compreendendopassagem,bagagemebenspessoais.

§2 o Àfamíliadoservidorquefalecernanovasedesãoasseguradosajudadecustoetransporteparaa

localidadedeorigem,dentrodoprazode1(um)ano,contadodoóbito.

§3 o Nãoseráconcedidaajudadecustonas hipóteses deremoçãoprevistas nos incisos II eIII do parágrafoúnicodoart.36. (IncluídopelaMedidaprovisórianº632,de2013)

§3 o Não será concedida ajuda de custo nas hipóteses de remoção previstas nos incisos II e III do

parágrafoúnicodoart.36.(IncluídopelaLeinº12.998,de2014)

Art. 54. A ajudadecustoécalculadasobrearemuneraçãodoservidor, conformesedispuserem

regulamento,nãopodendoexcederaimportânciacorrespondentea3(três)meses.

Art.55. Nãoseráconcedidaajudadecustoaoservidorqueseafastardocargo,oureassumi­lo,em virtudedemandatoeletivo.

Art.56. Seráconcedidaajudadecustoàqueleque,nãosendoservidordaUnião,fornomeadoparacargo emcomissão,commudançadedomicílio.

Parágrafoúnico. NoafastamentoprevistonoincisoIdoart.93,aajudadecustoserápagapeloórgão cessionário,quandocabível.

07/12/2015

L8112consol

Art. 57. O servidor ficará obrigado a restituir a ajuda de custo quando, injustificadamente, não se

apresentarnanovasedenoprazode30(trinta)dias.

SubseçãoII

DasDiárias

Art.58.Oservidorque,aserviço,seafastardasedeemcarátereventualoutransitório,paraoutroponto

do território nacional, fará jus a passagens e diárias, para cobrir as despesas de pousada, alimentação e locomoçãourbana.

§1°Adiáriaseráconcedidapordiadeafastamento,sendodevidapelametadequandoodeslocamento

nãoexigirpernoiteforadasede.

Art.58. Oservidorque,aserviço,afastar­sedasedeemcarátereventualoutransitórioparaoutroponto doterritórionacionalouparaoexterior,farájus apassagens ediárias destinadas aindenizaras parcelas de despesas extraordináriacompousada, alimentaçãoelocomoçãourbana, conformedispuseremregulamento.

§1 o Adiáriaseráconcedidapordiadeafastamento,sendodevidapelametadequandoodeslocamento nãoexigirpernoiteforadasede, ouquandoaUniãocustear, pormeiodiverso, as despesas extraordinárias

§2 o Noscasosemqueodeslocamentodasedeconstituirexigênciapermanentedocargo,oservidornão farájusadiárias.

§3 o Tambémnãofarájusadiáriasoservidorquesedeslocardentrodamesmaregiãometropolitana, aglomeraçãourbanaoumicrorregião, constituídas pormunicípios limítrofes eregularmenteinstituídas, ouem áreasdecontroleintegradomantidascompaíseslimítrofes,cujajurisdiçãoecompetênciadosórgãos,entidades eservidores brasileiros considera­seestendida, salvosehouverpernoiteforadasede, hipóteses emqueas diáriaspagasserãosempreasfixadasparaosafastamentosdentrodoterritórionacional.(IncluídopelaLeinº

Art.59. Oservidorquereceberdiáriasenãoseafastardasede,porqualquermotivo,ficaobrigadoa

restituí­lasintegralmente,noprazode5(cinco)dias.

Parágrafoúnico. Nahipótesedeoservidorretornaràsedeemprazomenordoqueoprevistoparaoseu afastamento,restituiráasdiáriasrecebidasemexcesso,noprazoprevistonocaput.

SubseçãoIII

DaIndenizaçãodeTransporte

Art.60. Conceder­se­áindenizaçãodetransporteaoservidorquerealizardespesascomautilizaçãode meioprópriodelocomoçãoparaaexecuçãodeserviçosexternos,porforçadasatribuiçõesprópriasdocargo, conformesedispuseremregulamento.

SubseçãoIV

DoAuxílio­Moradia

SubseçãoIV

DoAuxílio­Moradia

Art.60­A. Oauxílio­moradiaconsistenoressarcimentodasdespesascomprovadamenterealizadaspelo servidorcomalugueldemoradiaoucommeiodehospedagemadministradoporempresahoteleira,noprazode

ummêsapósacomprovaçãodadespesapeloservidor.(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

I­nãoexistaimóvelfuncionaldisponívelparausopeloservidor;(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

07/12/2015

L8112consol

III­oservidorouseucônjugeoucompanheironãosejaoutenhasidoproprietário,promitentecomprador,

cessionáriooupromitentecessionáriodeimóvelnoMunicípioaondeforexercerocargo,incluídaahipótesede

V­oservidortenhasemudadodolocalderesidênciaparaocuparcargoemcomissãooufunçãode confiançadoGrupo­DireçãoeAssessoramentoSuperiores ­DAS, níveis 4, 5e6, deNaturezaEspecial, de

MinistrodeEstadoouequivalentes;(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

VI­oMunicípionoqualassumaocargoemcomissãooufunçãodeconfiançanãoseenquadrenas hipóteses doart. 58, §3 o , em relaçãoaolocal deresidênciaoudomicíliodoservidor; (Incluído pela Lei nº

VII­oservidornãotenhasidodomiciliadooutenharesididonoMunicípio,nosúltimosdozemeses,aonde forexercerocargoemcomissãooufunçãodeconfiança, desconsiderando­seprazoinferiorasessentadias

dentrodesseperíodo;e(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

VIII­odeslocamentonãotenhasidoporforçadealteraçãodelotaçãoounomeaçãoparacargoefetivo.

IX­odeslocamentotenhaocorridoapós30dejunhode2006.(IncluídopelaLeinº11.490,de2007)

Parágrafoúnico. ParafinsdoincisoVII,nãoseráconsideradooprazonoqualoservidorestavaocupando

outrocargoemcomissãorelacionadonoincisoV.(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

Art.60­C. Oauxílio­moradianãoseráconcedidoporprazosuperioracincoanosdentrodecadaperíodode

Parágrafoúnico. Transcorridooprazodecincoanosdeconcessão,opagamentosomenteseráretomado

seobservados,alémdodispostonocaput,osrequisitosdocaputdoart.60­B,nãoseaplicando,nocaso,o

parágrafoúnicodocitadoart.60­B.(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

Art.60­C. Oauxílio­moradianãoseráconcedidoporprazosuperioraoitoanosdentrodecadaperíododedoze

Parágrafoúnico. Transcorridooprazodeoitoanosdentrodecadaperíododedozeanos,opagamento

somenteseráretomadoseobservados,alémdodispostonocaput,osrequisitosdocaputdoart.60­B,nãose

Art.60­C. Oauxílio­moradianãoseráconcedidoporprazosuperiora8(oito)anosdentrodecadaperíodo de12(doze)anos. (IncluídopelaLeinº 11.784, de2008(RevogadopelaMedidaprovisórianº 632, de2013)

Parágrafoúnico. Transcorridooprazode8(oito)anos dentrodecadaperíodode12(doze)anos, o pagamentosomenteseráretomadoseobservados, além dodispostonocaput desteartigo, os requisitos do

Art.60­D. Ovalordoauxílio­moradiaélimitadoavinteecincoporcentodovalordocargoemcomissão ocupadopeloservidore,emqualquerhipótese,nãopoderásersuperioraoauxílio­moradiarecebidoporMinistro

Art.60­D. Ovalormensaldoauxílio­moradiaélimitadoavinteecincoporcentodovalordocargoem comissão,funçãocomissionadaoucargodeMinistrodeEstadoocupado.(RedaçãodadapelaMedidaProvisória

§1 o Ovalordoauxílio­moradianãopoderásuperarvinteecincoporcentodaremuneraçãodeMinistrode

§2 o Independentementedovalordocargoemcomissãooufunçãocomissionada,ficagarantidoatodosque

Art.60­D. Ovalormensaldoauxílio­moradiaélimitadoa25%(vinteecincoporcento)dovalordocargo emcomissão,funçãocomissionadaoucargodeMinistrodeEstadoocupado.(IncluídopelaLei nº 11.784, de

07/12/2015

L8112consol

§1 o Ovalordoauxílio­moradianãopoderásuperar25% (vinteecincoporcento)daremuneraçãode

§2 o Independentementedovalordocargoemcomissãooufunçãocomissionada,ficagarantidoatodos

Art.60­E. Nocasodefalecimento,exoneração,colocaçãodeimóvelfuncionalàdisposiçãodoservidorou

aquisiçãodeimóvel,oauxílio­moradiacontinuarásendopagoporummês.(IncluídopelaLeinº11.355,de2006)

SeçãoII

DasGratificaçõeseAdicionais

Art. 61. Além dovencimentoedas vantagens previstas nestalei, serãodeferidos aos servidores as seguintesgratificaçõeseadicionais:

Art.61. AlémdovencimentoedasvantagensprevistasnestaLei,serãodeferidosaosservidoresas

seguintesretribuições,gratificaçõeseadicionais:(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

I­gratificaçãopeloexercíciodefunçãodedireção,chefiaeassessoramento;

II­gratificaçãonatalina;

III­adicionalportempodeserviço;(RevogadopelaMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

IV­adicionalpeloexercíciodeatividadesinsalubres,perigosasoupenosas;

V­adicionalpelaprestaçãodeserviçoextraordinário;

VI­adicionalnoturno;

VII­adicionaldeférias;

VIII­outros,relativosaolocalouànaturezadotrabalho.

IX­gratificaçãoporencargodecursoouconcurso.(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

SubseçãoI

DaRetribuiçãopeloExercíciodeFunçãodeDireção,ChefiaeAssessoramento

Art.62.Aoservidorinvestidoemfunçãodedireção,chefiaouassessoramentoédevidaumagratificação

peloseuexercício.

§1°Ospercentuaisdegratificaçãoserãoestabelecidosemlei,emordemdecrescente,apartirdoslimites

estabelecidosnoart.42.

§2ºAgratificaçãoprevistanesteartigoincorpora­seàremuneraçãodoservidoreintegraoproventoda

aposentadoria, na proporção de 1/5 (um quinto) por ano de exercício na função de direção, chefia ou

assessoramento,atéolimitede5(cinco)quintos.

§3°Quandomaisdeumafunçãohouversidodesempenhadanoperíododeumano,aimportânciaaser

incorporadaterácomobasedecálculoafunçãoexercidapormaiortempo. §4°Ocorrendooexercíciodefunçãodenívelmais elevado, porperíodode12(doze)meses, após a incorporação da fração de 5/5 (cinco quintos), poderá haver a atualização progressiva das parcelas já incorporadas,observadoodispostonoparágrafoanterior.

§5ºLeiespecíficaestabeleceráaremuneraçãodoscargosemcomissãodequetrataoincisoII,doart.9°,

bem como os critérios de incorporação da vantagem prevista no parágrafo segundo, quando exercidos por servidor.

07/12/2015

L8112consol

Art.62. Aoservidorocupantedecargoefetivoinvestidoemfunçãodedireção,chefiaouassessoramento, cargodeprovimentoemcomissãooudeNaturezaEspecialédevidaretribuiçãopeloseuexercício.(Redação

Parágrafoúnico.Leiespecíficaestabeleceráaremuneraçãodoscargosemcomissãodequetrataoinciso IIdoart.9 o .(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.62­A.FicatransformadaemVantagemPessoalNominalmenteIdentificada­VPNIaincorporaçãoda

Parágrafoúnico. AVPNIdequetrataocaputdesteartigosomenteestarásujeitaàsrevisõesgeraisde

remuneraçãodosservidorespúblicosfederais.(IncluídopelaMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

SubseçãoII

DaGratificaçãoNatalina

Art.63. Agratificaçãonatalinacorrespondea1/12(umdozeavos)daremuneraçãoaqueoservidorfizer jusnomêsdedezembro,pormêsdeexercícionorespectivoano.

Parágrafoúnico.Afraçãoigualousuperiora15(quinze)diasseráconsideradacomomêsintegral.

Art.64. Agratificaçãoserápagaatéodia20(vinte)domêsdedezembrodecadaano.

Parágrafoúnico.(VETADO).

Art. 65. Oservidorexoneradoperceberásuagratificaçãonatalina, proporcionalmenteaos meses de exercício,calculadasobrearemuneraçãodomêsdaexoneração.

Art.66. Agratificaçãonatalinanãoseráconsideradaparacálculodequalquervantagempecuniária.

SubseçãoIII

DoAdicionalporTempodeServiço

Art.67.Oadicionalportempodeserviçoédevidoàrazãode1%(umporcento)poranodeserviçopúblico

efetivo,incidentesobreovencimentodequetrataoart.40.

Art.67.Oadicionalportempodeserviçoédevidoàrazãodecincoporcentoacadacincoanosdeserviço

públicoefetivoprestadoàUnião,àsautarquiaseàsfundaçõespúblicasfederais,observadoolimitemáximode

35%incidenteexclusivamentesobreovencimentobásicodocargoefetivo,aindaqueinvestidooservidorem

Parágrafoúnico.Oservidorfarájusaoadicionalapartirdomêsemquecompletaroanuênio.

SubseçãoIV

DosAdicionaisdeInsalubridade,PericulosidadeouAtividadesPenosas

Art.68. Osservidoresquetrabalhemcomhabitualidadeemlocaisinsalubresouemcontatopermanente comsubstânciastóxicas,radioativasoucomriscodevida,fazemjusaumadicionalsobreovencimentodo cargoefetivo.

Art. 68. Os servidores quetrabalhem com habitualidadeem locais insalubres, perigosos ouem contato permanentecomsubstânciastóxicas,radioativas,oucomriscodevida,fazemjusaumadicional,conformeos

07/12/2015

L8112consol

§1 o Oservidorquefizerjusaosadicionaisdeinsalubridadeedepericulosidadedeveráoptarporum

deles.

§2 o Odireitoaoadicionaldeinsalubridadeoupericulosidadecessacomaeliminaçãodascondiçõesou dosriscosquederamcausaasuaconcessão.

Art.69. Haverápermanentecontroledaatividadedeservidoresemoperaçõesoulocaisconsiderados penosos,insalubresouperigosos.

Parágrafoúnico. Aservidoragestanteoulactanteseráafastada,enquantoduraragestaçãoealactação, das operações elocais previstos nesteartigo, exercendosuas atividades emlocalsalubreeemserviçonão penosoenãoperigoso.

Art.70. Naconcessãodosadicionaisdeatividadespenosas,deinsalubridadeedepericulosidade,serão observadasassituaçõesestabelecidasemlegislaçãoespecífica.

Art.71. Oadicionaldeatividadepenosaserádevidoaosservidoresemexercícioemzonasdefronteiraou emlocalidadescujascondiçõesdevidaojustifiquem,nostermos,condiçõeselimitesfixadosemregulamento.

Art.72. OslocaisdetrabalhoeosservidoresqueoperamcomRaiosXousubstânciasradioativasserão mantidos sob controle permanente, de modo que as doses de radiação ionizante não ultrapassem o nível máximoprevistonalegislaçãoprópria.

Parágrafoúnico. Osservidoresaqueserefereesteartigoserãosubmetidosaexamesmédicosacada6 (seis)meses.

SubseçãoV

DoAdicionalporServiçoExtraordinário

Art.73. Oserviçoextraordinárioseráremuneradocomacréscimode50%(cinqüentaporcento)emrelação àhoranormaldetrabalho.

Art. 74. Somente será permitido serviço extraordinário para atender a situações excepcionais e

temporárias,respeitadoolimitemáximode2(duas)horasporjornada.

SubseçãoVI

DoAdicionalNoturno

Art.75. Oserviçonoturno,prestadoemhoráriocompreendidoentre22(vinteeduas)horasdeumdiae5

(cinco)horasdodiaseguinte,teráovalor­horaacrescidode25%(vinteecincoporcento),computando­secada

horacomocinqüentaedoisminutosetrintasegundos.

Parágrafoúnico. Emsetratandodeserviçoextraordinário,oacréscimodequetrataesteartigoincidirá

sobrearemuneraçãoprevistanoart.73.

SubseçãoVII

DoAdicionaldeFérias

Art.76. Independentementedesolicitação,serápagoaoservidor,porocasiãodasférias,umadicional

correspondentea1/3(umterço)daremuneraçãodoperíododasférias.

Parágrafoúnico. Nocasodeoservidorexercerfunçãodedireção,chefiaouassessoramento,ouocupar cargoemcomissão,arespectivavantagemseráconsideradanocálculodoadicionaldequetrataesteartigo.

SubseçãoVIII

07/12/2015

L8112consol

DaGratificaçãoporEncargodeCursoouConcurso

Art.76­A. AGratificaçãoporEncargodeCursoouConcursoédevidaaoservidorque,emcarátereventual:

I ­ atuar como instrutor em curso de formação, de desenvolvimento ou de treinamento regularmente

instituídonoâmbitodaadministraçãopúblicafederal;(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

II ­ participar de banca examinadora ou de comissão para exames orais, para análise curricular, para correção de provas discursivas, para elaboração de questões de provas ou para julgamento de recursos

intentadosporcandidatos;(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

III ­participardalogísticadepreparaçãoederealizaçãodeconcursopúblicoenvolvendoatividades de

planejamento, coordenação, supervisão, execução e avaliação de resultado, quando tais atividades não

estiveremincluídasentreassuasatribuiçõespermanentes;(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

IV ­participardaaplicação, fiscalizarouavaliarprovas deexamevestibularoudeconcursopúblicoou

supervisionaressasatividades.(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

§1

o Os critérios de concessão e os limites da gratificação de que trata este artigo serão fixados em

regulamento,observadososseguintesparâmetros:(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

I­ovalordagratificaçãoserácalculadoemhoras,observadasanaturezaeacomplexidadedaatividade

II ­aretribuiçãonãopoderásersuperioraoequivalentea120(centoevinte)horas detrabalhoanuais,

ressalvada situação de excepcionalidade, devidamente justificada e previamente aprovada pela autoridade máximadoórgãoouentidade, quepoderáautorizaroacréscimodeaté120(centoevinte)horas detrabalho

III­ovalormáximodahoratrabalhadacorresponderáaosseguintespercentuais,incidentessobreomaior

vencimentobásicodaadministraçãopúblicafederal:(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

a)2,2%(doisinteirosedoisdécimosporcento),emsetratandodeatividadeprevistanoincisoIdocaput

a)2,2%(doisinteirosedoisdécimosporcento),emsetratandodeatividadesprevistasnosincisosIeII

b)1,2%(uminteiroedoisdécimosporcento),emsetratandodeatividadeprevistanosincisosIIaIVdo

b)1,2%(uminteiroedoisdécimosporcento),emsetratandodeatividadeprevistanosincisosIIIeIVdo

§2 o AGratificaçãoporEncargodeCursoouConcursosomenteserápagaseasatividadesreferidasnos

incisosdocaputdesteartigoforemexercidassemprejuízodasatribuiçõesdocargodequeoservidorfortitular,

devendoserobjetodecompensaçãodecargahoráriaquandodesempenhadasduranteajornadadetrabalho,na

formado§4 o doart.98destaLei.(IncluídopelaLeinº11.314de2006)

§3 o A GratificaçãoporEncargodeCursoouConcursonãoseincorporaaovencimentoou salário do

servidorparaqualquerefeitoenãopoderáserutilizadacomobasedecálculoparaquaisqueroutrasvantagens, inclusiveparafins decálculodos proventos daaposentadoriaedas pensões. (IncluídopelaLei nº 11.314de

CapítuloIII

DasFérias

Art.77.Oservidorfarájusa30(trinta)diasconsecutivosdeférias,quepodemseracumuladas,atéo

máximode2(dois)períodos,nocasodenecessidadedoserviço,ressalvadasashipótesesemquehaja

legislaçãoespecífica.

Art.77. Oservidorfarájusatrintadiasdeférias,quepodemseracumuladas,atéomáximodedois

07/12/2015

L8112consol

períodos, nocasodenecessidadedoserviço, ressalvadas as hipóteses em quehajalegislaçãoespecífica. (RedaçãodadapelaLeinº9.525,de10.12.97) (FériasdeMinistro­Vide)

§1 o Paraoprimeiroperíodoaquisitivodefériasserãoexigidos12(doze)mesesdeexercício.

§2 o Évedadolevaràcontadefériasqualquerfaltaaoserviço.

§3 o Asfériaspoderãoserparceladasematétrêsetapas,desdequeassimrequeridaspeloservidor,eno

interessedaadministraçãopública.(IncluídopelaLeinº9.525,de10.12.97)

Art. 78. Opagamentodaremuneraçãodas férias seráefetuadoaté2(dois)dias antes doiníciodo respectivoperíodo,observando­seodispostono§1 o desteartigo.(FériasdeMinistro­Vide)

§1°Éfacultadoaoservidorconverter1/3(umterço)dasfériasemabonopecuniário,desdequeorequeira

compelomenos60(sessenta)diasdeantecedência.

§3 o Oservidorexoneradodocargoefetivo,ouemcomissão,perceberáindenizaçãorelativaaoperíodo dasfériasaquetiverdireitoeaoincompleto,naproporçãodeumdozeavospormêsdeefetivoexercício,ou

fraçãosuperioraquatorzedias.(IncluídopelaLeinº8.216,de13.8.91)

§4 o A indenizaçãoserácalculadacom basenaremuneraçãodomês em queforpublicadooato

Art.79. OservidorqueoperadiretaepermanentementecomRaiosXousubstânciasradioativasgozará

20(vinte)diasconsecutivosdeférias,porsemestredeatividadeprofissional,proibidaemqualquerhipótesea

acumulação.

Parágrafoúnico.Oservidorreferidonesteartigonãofarájus aoabonopecuniáriodequetrataoartigo

Art.80.Asfériassomentepoderãoserinterrompidaspormotivodecalamidadepública,comoçãointerna,

convocaçãoparajúri,serviçomilitaroueleitoraloupormotivodesuperiorinteressepúblico.

Art.80. Asfériassomentepoderãoserinterrompidaspormotivodecalamidadepública,comoçãointerna, convocação para júri, serviço militar ou eleitoral, ou por necessidade do serviço declarada pela autoridade máximadoórgãoouentidade.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97) (FériasdeMinistro­Vide)

Parágrafoúnico. Orestantedoperíodointerrompidoserágozadodeumasóvez,observadoodispostono

CapítuloIV

DasLicenças

SeçãoI

DisposiçõesGerais

Art.81. Conceder­se­áaoservidorlicença:

I­pormotivodedoençaempessoadafamília;

II­pormotivodeafastamentodocônjugeoucompanheiro;

III­paraoserviçomilitar;

IV­paraatividadepolítica;

07/12/2015

L8112consol

V­prêmioporassiduidade;

VI­paratratardeinteressesparticulares;

VII­paradesempenhodemandatoclassista.

§1 o AlicençaprevistanoincisoIseráprecedidadeexamepormédicooujuntamédicaoficial.

§1 o AlicençaprevistanoincisoI, bem comocadaumadesuas prorrogações, serãoprecedidas de exameporperíciamédicaoficial, observadoodispostonoart. 204.(RedaçãodadapelaMedidaProvisórianº

§1 o AlicençaprevistanoincisoIdocaputdesteartigobemcomocadaumadesuasprorrogaçõesserão

§2 o Oservidornãopoderápermaneceremlicençadamesmaespécieporperíodosuperiora24(vintee quatro)meses,salvonoscasosdosincisosII,III,IVeVII. (RevogadopelaLeinº9.527,de10.12.97)

§3 o ÉvedadooexercíciodeatividaderemuneradaduranteoperíododalicençaprevistanoincisoIdeste artigo.

Art.82. Alicençaconcedidadentrode60(sessenta)diasdotérminodeoutradamesmaespécieserá consideradacomoprorrogação.

SeçãoII

DaLicençaporMotivodeDoençaemPessoadaFamília

Art. 83. Poderáserconcedidalicençaaoservidorpormotivodedoençadocônjugeoucompanheiro,

padrastoou

graucivil,mediantecomprovaçãoporjuntamédicaoficial.

madrasta,ascendente,descendente,enteadoecolateralconsangüíneoouafimatéosegundo

§1°Alicençasomenteserádeferidaseaassistênciadiretadoservidorforindispensávelenãopuderser

prestadasimultaneamentecomoexercíciodocargo. §2°A licençaseráconcedidasem prejuízodaremuneraçãodocargoefetivo, até90(noventa)dias,

podendoserprorrogadaporaté90(noventa)dias,medianteparecerdejuntamédica,e,excedendoestesprazos,

semremuneração.

Art.83. Poderáserconcedidalicençaaoservidorpormotivodedoençadocônjugeoucompanheiro,dos pais,dosfilhos,dopadrastooumadrastaeenteado,oudependentequevivaàssuasexpensaseconstedoseu

Art.83. Poderáserconcedidalicençaaoservidorpormotivodedoençadocônjugeoucompanheiro,dos pais,dosfilhos,dopadrastooumadrastaeenteado,oudependentequevivaàssuasexpensaseconstedoseu assentamento funcional, mediante comprovação por perícia médica oficial. (Redação dada pela Medida

Art.83. Poderáserconcedidalicençaaoservidorpormotivodedoençadocônjugeoucompanheiro,dos pais,dosfilhos,dopadrastooumadrastaeenteado,oudependentequevivaasuasexpensaseconstedoseu

§1 o Alicençasomenteserádeferidaseaassistênciadiretadoservidorforindispensávelenãopuderser prestadasimultaneamentecomoexercíciodocargooumediantecompensaçãodehorário,naformadodisposto

§2 o Alicençaseráconcedidasemprejuízodaremuneraçãodocargoefetivo,atétrintadias,podendoser prorrogada por até trinta dias, mediante parecer de junta médica oficial e, excedendo estes prazos, sem remuneração,poraténoventadias. (RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

§2 o Alicençaseráconcedida,semprejuízodaremuneraçãodocargoefetivo,poratétrintadias,podendo serprorrogadaporatétrintadiase,excedendoestesprazos,semremuneração,poraténoventadias.(Redação

07/12/2015

L8112consol

§3 o Nãoseráconcedidanovalicençaemperíodoinferioradozemeses dotérminodaúltimalicença

§2 o Alicençaseráconcedida,semprejuízodaremuneraçãodocargoefetivo,poraté30(trinta)dias, podendo ser prorrogada por até 30 (trinta) dias e, excedendo estes prazos, sem remuneração, por até 90

§3 o Nãoseráconcedidanovalicençaemperíodoinferiora12(doze)mesesdotérminodaúltimalicença

§2º Alicençadequetrataocaput,incluídasasprorrogações,poderáserconcedidaacadaperíodode

dozemesesnasseguintescondições:(RedaçãodadapelaMedidaProvisórianº479,de2009)

§3 o Oiníciodointerstíciodedozemesesserácontadoapartirdadatadodeferimentodaprimeiralicença

§ 4 o A soma das licenças remuneradas e das licenças não remuneradas, incluídas as respectivas prorrogações, concedidas emummesmoperíododedozemeses, observadoodispostono§3 o , nãopoderá ultrapassaroslimitesestabelecidosnosincisosIeIIdo§2 o .(IncluídopelaMedidaProvisórianº479,de2009)

§2 o Alicençadequetrataocaput,incluídasasprorrogações,poderáserconcedidaacadaperíodode

dozemesesnasseguintescondições:(RedaçãodadapelaLeinº12.269,de2010)

§3 o Oiníciodointerstíciode12(doze)mesesserácontadoapartirdadatadodeferimentodaprimeira

§ 4 o A soma das licenças remuneradas e das licenças não remuneradas, incluídas as respectivas prorrogações,concedidasemummesmoperíodode12(doze)meses,observadoodispostono§3 o ,nãopoderá ultrapassaroslimitesestabelecidosnosincisosIeIIdo§2 o .(IncluídopelaLeinº12.269,de2010)

SeçãoIII

DaLicençaporMotivodeAfastamentodoCônjuge

Art. 84. Poderáserconcedidalicençaaoservidorparaacompanharcônjugeoucompanheiroquefoi deslocadoparaoutropontodoterritórionacional, paraoexteriorouparaoexercíciodemandatoeletivodos PoderesExecutivoeLegislativo.

§1 o Alicençaseráporprazoindeterminadoesemremuneração.

§2°Nahipótesedodeslocamentodequetrataesteartigo,oservidorpoderáserlotado,provisoriamente,

em repartição da Administração Federal direta, autárquica ou fundacional, desde que para o exercício de atividadecompatívelcomoseucargo.

§2 o Nodeslocamentodeservidorcujocônjugeoucompanheirotambémsejaservidorpúblico,civilou militar, dequalquerdos Poderes daUnião, dos Estados, doDistritoFederal edos Municípios, poderáhaver exercícioprovisórioemórgãoouentidadedaAdministraçãoFederaldireta,autárquicaoufundacional,desdeque

paraoexercíciodeatividadecompatívelcomoseucargo.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

SeçãoIV

DaLicençaparaoServiçoMilitar

Art. 85. Aoservidorconvocadoparaoserviçomilitarseráconcedidalicença, naformaecondições previstasna legislaçãoespecífica.

Parágrafoúnico. Concluídooserviçomilitar,oservidorteráaté30(trinta)diassemremuneraçãopara

07/12/2015

L8112consol

reassumiroexercíciodocargo.

SeçãoV

DaLicençaparaAtividadePolítica

Art.86. Oservidorterádireitoalicença,semremuneração,duranteoperíodoquemediarentreasua escolhaemconvençãopartidária,comocandidatoacargoeletivo,eavésperadoregistrodesuacandidatura peranteaJustiçaEleitoral.

§1°Oservidorcandidatoacargoeletivonalocalidadeondedesempenhasuasfunçõesequeexerçacargo

dedireção,chefia,assessoramento,arrecadaçãooufiscalização,deleseráafastado,apartirdodiaimediatoao

doregistrodesuacandidaturaperanteaJustiçaEleitoral,atéo15°(décimoquinto)diaseguinteaodopleito.

§1 o Oservidorcandidatoacargoeletivonalocalidadeondedesempenhasuasfunçõesequeexerça cargo de direção, chefia, assessoramento, arrecadação ou fiscalização, dele será afastado, a partir do dia imediatoaodoregistrodesuacandidaturaperanteaJustiçaEleitoral,atéodécimodiaseguinteaodopleito.

§2°Apartirdoregistrodacandidaturaeatéo15°(décimoquinto)diaseguinteaodaeleição,oservidor

farájusàlicençacomoseemefetivoexercícioestivesse,comaremuneraçãodequetrataoart.41.

§2 o Apartirdoregistrodacandidaturaeatéodécimodiaseguinteaodaeleição,oservidorfarájusà licença, assegurados os vencimentos docargoefetivo, somentepeloperíododetrês meses. (Redaçãodada

SeçãoVI

DaLicença­PrêmioporAssiduidade

DaLicençaparaCapacitação

Art.87.Apóscadaqüinqüênioininterruptodeexercício,oservidorfarájusa3(três)mesesdelicença,a

títulodeprêmioporassiduidade,comaremuneraçãodocargoefetivo.

§1°(Vetado).

§2°(Vetado).

§2°Os períodos delicença­prêmiojáadquiridos enãogozados peloservidorquevierafalecerserão convertidosempecúnia,emfavordeseusbeneficiáriosdapensão.(MantidopeloCongressoNacional)

Art.87. Apóscadaqüinqüêniodeefetivoexercício,oservidorpoderá,nointeressedaAdministração, afastar­sedoexercíciodocargoefetivo,comarespectivaremuneração,poratétrêsmeses,paraparticiparde

cursodecapacitaçãoprofissional.(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.88.Nãoseconcederálicença­prêmioaoservidorque,noperíodoaquisitivo:

I­sofrerpenalidadedisciplinardesuspensão;

II­afastar­sedocargoemvirtudede:

a)licençapormotivodedoençaempessoadafamília,semremuneração;

b)licençaparatratardeinteressesparticulares;

c)condenaçãoapenaprivativadeliberdadeporsentençadefinitiva;

d)afastamentoparaacompanharcônjugeoucompanheiro.

Parágrafoúnico.Asfaltasinjustificadasaoserviçoretardarãoaconcessãodalicençaprevistanesteartigo,

naproporçãode1(um)mêsparacadafalta.(RevogadopelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.89.Onúmerodeservidoresemgozosimultâneodelicença­prêmionãopoderásersuperiora1/3(um

Art.90. (VETADO).

07/12/2015

L8112consol

SeçãoVII

DaLicençaparaTratardeInteressesParticulares

Art. 91. A critériodaadministração, poderáserconcedidaaoservidorestável licençaparaotratode

assuntosparticulares,peloprazodeaté2(dois)anosconsecutivos,semremuneração.

Art.91.AcritériodaAdministração,poderáserconcedidaaoservidorocupantedecargoefetivo,desde

quenãoestejaemestágioprobatório,licençaparaotratodeassuntosparticularespeloprazodeatétrêsanos consecutivos,semremuneração,prorrogávelumaúnicavezporperíodonãosuperioraesselimite.(Redação

§1°Alicençapoderáserinterrompida,aqualquertempo,apedidodoservidorounointeressedoserviço.

§2°Nãoseconcederánovalicençaantesdedecorridos2(dois)anosdotérminodaanterior.

§2 o Nãoseconcederánovalicençaantes dedecorridos dois anos dotérminodaanterioroudesua

§3°Nãoseconcederáalicençaaservidoresnomeados,removidos,redistribuídosoutransferidos,antes

decompletarem2(dois)anosdeexercício.(RevogadopelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.91. AcritériodaAdministração,poderãoserconcedidasaoservidorocupantedecargoefetivo,desde quenãoestejaemestágioprobatório,licençasparaotratodeassuntosparticularespeloprazodeatétrêsanos

Parágrafoúnico. Alicençapoderáserinterrompida,aqualquertempo,apedidodoservidorounointeresse

SeçãoVIII

DaLicençaparaoDesempenhodeMandatoClassista

Art.92.Easseguradoaoservidorodireitoalicençaparaodesempenhodemandatoemconfederação,

federação, associação de classe de âmbito nacional, sindicato representativo da categoria ou entidade

fiscalizadoradaprofissão,comaremuneraçãodocargoefetivo,observadoodispostonoart.102,incisoVIII,

alíneac. Art.92. Éasseguradoaoservidorodireitoàlicençasemremuneraçãoparaodesempenhodemandatoem confederação, federação, associação de classe de âmbito nacional, sindicato representativo da categoria ou entidade fiscalizadora da profissão, observado o disposto na alínea "c" do inciso VIII do art. 102 desta Lei, conforme disposto em regulamento e observados os seguintes limites: (RedaçãodadapelaLei nº 9.527, de

Art.92.Éasseguradoaoservidorodireitoàlicençasemremuneraçãoparaodesempenhodemandatoem

confederação, federação, associação de classe de âmbito nacional, sindicato representativo da categoria ou entidade fiscalizadora da profissão ou, ainda, para participar de gerência ou administração em sociedade cooperativaconstituídaporservidorespúblicosparaprestarserviçosaseusmembros,observadoodispostona alíneac doincisoVIII doart. 102destaLei, conformedispostoem regulamentoeobservados os seguintes

I­paraentidadescomaté5.000associados,umservidor;(IncisoincluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

§1°Somentepoderãoserlicenciados servidores eleitos paracargos dedireçãoourepresentaçãonas

referidasentidadesatéomáximode3(três),porentidade.

§1 o Somentepoderãoserlicenciadosservidoreseleitosparacargosdedireçãoourepresentaçãonas referidas entidades, desde que cadastradas no Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado.

§2°Alicençateráduraçãoigualàdomandato,podendoserprorrogada,nocasodereeleição,eporuma

únicavez.

II ­ para entidades com 5.001 (cinco mil e um) a 30.000 (trinta mil) associados, 4 (quatro) servidores;

07/12/2015

L8112consol

§1 o Somentepoderãoserlicenciadososservidoreseleitosparacargosdedireçãoouderepresentação nas referidas entidades, desdequecadastradas noórgãocompetente. (RedaçãodadapelaLei nº 12.998, de

CapítuloV

DosAfastamentos

SeçãoI

DoAfastamentoparaServiraOutroÓrgãoouEntidade

Art.93.OservidorpoderásercedidoparaterexercícioemoutroórgãoouentidadedosPoderesdaUnião,

dosEstados,oudoDistritoFederaledosMunicípios,nasseguinteshipóteses:

I­paraexercíciodecargoemcomissãooufunçãodeconfiança; II­emcasosprevistosemleisespecíficas.

§1°NahipótesedoincisoIdesteartigo,oônusdaremuneraçãoserádoórgãoouentidadecessionária.

§2°Acessãofar­se­ámedianteportariapublicadanoDiárioOficialdaUnião.

§3°MedianteautorizaçãoexpressadoPresidentedaRepública,oservidordoPoderExecutivopoderáter

exercícioem outroórgãodaAdministraçãoFederal diretaquenãotenhaquadroprópriodepessoal, parafim determinadoeaprazocerto.

Art.93.OservidorpoderásercedidoparaterexercícioemoutroórgãoouentidadedosPoderesdaUnião,

II­emcasosprevistosemleisespecíficas.(RedaçãodadapelaLeinº8.270,de17.12.91)

§1 o NahipótesedoincisoI,sendoacessãoparaórgãosouentidadesdosEstados,doDistritoFederal ou dos Municípios, o ônus da remuneração será do órgão ou entidade cessionária, mantido o ônus para o

§2 o Nahipótesedeoservidorcedidoàempresapúblicaousociedadedeeconomiamista,nostermos dasrespectivasnormas,optarpelaremuneraçãodocargoefetivo,aentidadecessionáriaefetuaráoreembolso

§2º Nahipótesedeoservidorcedidoaempresapúblicaousociedadedeeconomiamista,nostermosdas respectivasnormas,optarpelaremuneraçãodocargoefetivooupelaremuneraçãodocargoefetivoacrescidade percentual daretribuiçãodocargoem comissão, aentidadecessionáriaefetuaráoreembolsodas despesas

realizadaspeloórgãoouentidadedeorigem.(RedaçãodadapelaLeinº11.355,de2006)

§4 o MedianteautorizaçãoexpressadoPresidentedaRepública,oservidordoPoderExecutivopoderáter exercícioemoutroórgãodaAdministraçãoFederaldiretaquenãotenhaquadroprópriodepessoal, parafim

determinadoeaprazocerto.(IncluídopelaLeinº8.270,de17.12.91)

§5 o Aplicam­seàUnião,emsetratandodeempregadoouservidorporelarequisitado,asregrasprevistas nos§§1 o e2 o desteartigo,conformedispuseroregulamento,excetoquandosetratardeempresaspúblicasou sociedadesdeeconomiamistaquerecebamrecursosfinanceirosdoTesouroNacionalparaocusteiototalou

parcialdasuafolhadepagamentodepessoal.(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

07/12/2015

L8112consol

§5ºAplica­seàUnião,emsetratandodeempregadoouservidorporelarequisitado,asdisposiçõesdos§§

§6ºAs cessões deempregados deempresapúblicaoudesociedadedeeconomiamista, quereceba recursosdeTesouroNacionalparaocusteiototalouparcialdasuafolhadepagamentodepessoal,independem

dasdisposiçõescontidasnosincisosIeIIe§§1ºe2ºdesteartigo,ficandooexercíciodoempregadocedido

condicionadoaautorizaçãoespecíficadoMinistériodoPlanejamento,OrçamentoeGestão,excetonoscasos

deocupaçãodecargoemcomissãooufunçãogratificada.(IncluídopelaLeinº10.470,de25.6.2002)

§7°OMinistériodoPlanejamento,OrçamentoeGestão,comafinalidadedepromoveracomposiçãoda

forçadetrabalhodos órgãos eentidades daAdministraçãoPúblicaFederal, poderádeterminaralotaçãoouo

exercíciodeempregadoouservidor,independentementedaobservânciadoconstantenoincisoIenos§§1ºe

SeçãoII

DoAfastamentoparaExercíciodeMandatoEletivo

Art.94. Aoservidorinvestidoemmandatoeletivoaplicam­seasseguintesdisposições:

I­tratando­sedemandatofederal,estadualoudistrital,ficaráafastadodocargo;

II ­ investido no mandato de Prefeito, será afastado do cargo, sendo­lhe facultado optar pela sua remuneração;

III­investidonomandatodevereador:

a)havendocompatibilidadedehorário,perceberáasvantagensdeseucargo,semprejuízodaremuneração

docargoeletivo;

b)nãohavendocompatibilidadedehorário,seráafastadodocargo,sendo­lhefacultadooptarpelasua

remuneração.

§1 o Nocasodeafastamentodocargo, oservidorcontribuiráparaaseguridadesocialcomoseem exercícioestivesse.

§2 o Oservidorinvestidoemmandatoeletivoouclassistanãopoderáserremovidoouredistribuídode ofícioparalocalidadediversadaquelaondeexerceomandato.

SeçãoIII

DoAfastamentoparaEstudoouMissãonoExterior

Art.95. Oservidornãopoderáausentar­sedoPaísparaestudooumissãooficial,semautorizaçãodo PresidentedaRepública,PresidentedosÓrgãosdoPoderLegislativoePresidentedoSupremoTribunalFederal.

§1 o Aausêncianãoexcederáa4(quatro)anos,efindaamissãoouestudo,somentedecorridoigual período,serápermitidanovaausência.

§2 o Aoservidorbeneficiadopelodispostonesteartigonãoseráconcedidaexoneraçãooulicençapara tratar de interesse particular antes de decorrido período igual ao do afastamento, ressalvada a hipótese de ressarcimentodadespesahavidacomseuafastamento.

§3 o Odispostonesteartigonãoseaplicaaosservidoresdacarreiradiplomática.

§4 o Ashipóteses,condiçõeseformasparaaautorizaçãodequetrataesteartigo,inclusivenoquese

refereàremuneraçãodoservidor,serãodisciplinadasemregulamento.(IncluídopelaLeinº9.527,de10.12.97)

Art.96. OafastamentodeservidorparaserviremorganismointernacionaldequeoBrasilparticipeoucom

oqualcooperedar­se­ácomperdatotaldaremuneração.(VideDecretonº3.456,de2000)

SeçãoIV

07/12/2015

L8112consol

DoAfastamentoparaparticipaçãoemprogramadepós­graduaçãostrictosensunopaís

Art.96­A. Oservidorpoderá,nointeressedaAdministração,edesdequeaparticipaçãonãopossaocorrer simultaneamentecom oexercíciodocargooumediantecompensaçãodehorário, afastar­sedoexercíciodo cargoefetivo,comarespectivaremuneração,paraparticiparemprogramadepós­graduaçãostrictosensuem

instituiçãodeensinosuperiornopaís.(IncluídopelaMedidaProvisórianº441,de2008)

§1 o Atododirigentemáximodoórgãoouentidadedefinirá,emconformidadecomalegislaçãovigente,os programas decapacitaçãoeos critérios paraparticipaçãoem programas depós­graduaçãonoPaís, com ou sem afastamento do servidor, que serão avaliados por um comitê constituído para este fim. (Incluído pela

§2 o Osafastamentospararealizaçãodeprogramasdemestradoedoutoradosomenteserãoconcedidos aos servidores titulares de cargos efetivos no respectivo órgão ou entidade há pelo menos três anos para mestradoequatroanosparadoutorado,incluídooperíododeestágioprobatório,quenãotenhamseafastado porlicençapara tratarde assuntos particulares para gozo de licença capacitação ou com fundamento neste

§3 o Osafastamentospararealizaçãodeprogramasdepós­doutoradosomenteserãoconcedidos aos servidores titulares decargos efetivonorespectivoórgãoouentidadehápelomenos quatroanos, incluídoo períododeestágioprobatório,equenãotenhamseafastadoporlicençaparatratardeassuntosparticularespara gozodelicençacapacitaçãooucomfundamentonesteartigo,nosquatroanosanterioresàdatadasolicitação

§4 o Osservidoresbeneficiadospelosafastamentosprevistosnos§§1 o ,2 o e3 o desteartigoterãoque permanecer no exercício de suas funções, após o seu retorno, por um período igual ao do afastamento

§5 o Casooservidorvenhaasolicitarexoneraçãodocargoouaposentadoria,antesdecumpridooperíodo

depermanência previstono§4 o desteartigo,deveráressarciroórgãoouentidade,naformadoart.47daLein o

§6 o Casooservidornãoobtenhaotítuloougrauquejustificouseuafastamentonoperíodoprevisto,

aplica­seodispostono§5 o desteartigo,salvonahipótesecomprovadadeforçamaioroudecasofortuito,a

critériododirigentemáximodoórgãoouentidade.(IncluídopelaMedidaProvisórianº441,de2008)

§7 o Aplica­seàparticipaçãoemprogramadepós­graduaçãonoExterior,autorizadonostermosdoart.95,

odispostonos§§1 o a6 o desteartigo.(IncluídopelaMedidaProvisórianº441,de2008)

SeçãoIV

DoAfastamentoparaParticipaçãoemProgramadePós­GraduaçãoStrictoSensunoPaís

Art. 96­A. O servidor poderá, no interesse da Administração, e desde que a participação não possa ocorrersimultaneamentecomoexercíciodocargooumediantecompensaçãodehorário,afastar­sedoexercício docargoefetivo, comarespectivaremuneração, paraparticiparemprogramadepós­graduaçãostrictosensu

eminstituiçãodeensinosuperiornoPaís.(IncluídopelaLeinº11.907,de2009)

§1 o Atododirigentemáximodoórgãoouentidadedefinirá,emconformidadecomalegislaçãovigente,os programas decapacitaçãoeos critérios paraparticipaçãoem programas depós­graduaçãonoPaís, com ou semafastamentodoservidor,queserãoavaliadosporumcomitêconstituídoparaestefim.(IncluídopelaLeinº

§2 o Osafastamentospararealizaçãodeprogramasdemestradoedoutoradosomenteserãoconcedidos aosservidores titulares decargos efetivos norespectivoórgãoouentidadehápelomenos 3(três)anos para

mestradoe4(quatro)anosparadoutorado,incluídooperíododeestágioprobatório,quenãotenhamseafastado

porlicençaparatratarde assuntos particulares para gozo de licença capacitação ou com fundamento neste

07/12/2015

L8112consol

artigonos2(dois)anosanterioresàdatadasolicitaçãodeafastamento.(IncluídopelaLeinº11.907,de2009)

§3 o Os afastamentos pararealizaçãodeprogramas depós­doutoradosomenteserãoconcedidos aos

servidorestitularesdecargoefetivonorespectivoórgãoouentidadehápelomenos4(quatro)anos,incluídoo

períododeestágioprobatório, equenãotenhamseafastadoporlicençaparatratardeassuntos particulares, paragozodelicençacapacitação ou com fundamento neste artigo nos 4 (quatro) anos anteriores à data da

solicitaçãodeafastamento.(IncluídopelaLeinº11.907,de2009)

§3 o Os afastamentos pararealizaçãodeprogramas depós­doutoradosomenteserãoconcedidos aos servidores titulares decargos efetivonorespectivoórgãoouentidadehápelomenos quatroanos, incluídoo períododeestágioprobatório,equenãotenhamseafastadoporlicençaparatratardeassuntosparticularesou comfundamentonesteartigo,nosquatroanosanterioresàdatadasolicitaçãodeafastamento.(Redaçãodada

§3 o Os afastamentos pararealizaçãodeprogramas depós­doutoradosomenteserãoconcedidos aos servidores titulares decargos efetivonorespectivoórgãoouentidadehápelomenos quatroanos, incluídoo períododeestágioprobatório,equenãotenhamseafastadoporlicençaparatratardeassuntosparticularesou comfundamentonesteartigo,nosquatroanosanterioresàdatadasolicitaçãodeafastamento.(Redaçãodada

§4 o Osservidoresbeneficiadospelosafastamentosprevistosnos§§1 o ,2 o e3 o desteartigoterãoque permanecernoexercíciodesuasfunçõesapósoseuretornoporumperíodoigualaodoafastamentoconcedido.

§5 o Caso o servidor venha a solicitar exoneração do cargo ou aposentadoria, antes de cumprido o períododepermanênciaprevistono§4 o desteartigo,deveráressarciroórgãoouentidade,naformadoart.47 daLein o 8.112,de11dedezembrode1990,dosgastoscomseuaperfeiçoamento.(IncluídopelaLeinº11.907,

§6 o Casooservidornãoobtenhaotítuloougrauquejustificouseuafastamentonoperíodoprevisto, aplica­seodispostono§5 o desteartigo,salvonahipótesecomprovadadeforçamaioroudecasofortuito, a

critériododirigentemáximodoórgãoouentidade.(IncluídopelaLeinº11.907,de2009)

§7 o Aplica­seàparticipaçãoemprogramadepós­graduaçãonoExterior,autorizadonostermosdoart.95 destaLei,odispostonos§§1 o a6 o desteartigo.(IncluídopelaLeinº11.907,de2009)

CapítuloVI

DasConcessões

Art.97. Semqualquerprejuízo,poderáoservidorausentar­sedoserviço:

I­por1(um)dia,paradoaçãodesangue;

II­por2(dois)dias,parasealistarcomoeleitor;

II­peloperíodocomprovadamentenecessárioparaalistamentoourecadastramentoeleitoral,limitado,em qualquercaso,adoisdias;e (RedaçãodadapelaMedidaprovisórianº632,de2013)

II­peloperíodocomprovadamentenecessárioparaalistamentoourecadastramentoeleitoral,limitado,em

qualquercaso,a2(dois)dias;(RedaçãodadapelaLeinº12.998,de2014)

III­por8(oito)diasconsecutivosemrazãode:

a)casamento;

b)falecimentodocônjuge,companheiro,pais,madrastaoupadrasto,filhos,enteados,menorsobguarda

oututelaeirmãos.

Art.98. Seráconcedidohorárioespecialaoservidorestudante,quandocomprovadaaincompatibilidade entreohorárioescolareodarepartição,semprejuízodoexercíciodocargo.

07/12/2015

L8112consol

Parágrafoúnico.Paraefeitododispostonesteartigo,seráexigidaacompensaçãodehorárionarepartição,

respeitadaaduraçãosemanaldotrabalho.

§1 o Paraefeitododispostonesteartigo,seráexigidaacompensaçãodehorárionoórgãoouentidadeque

§2 o Tambémseráconcedidohorárioespecialaoservidorportadordedeficiência,quandocomprovadaa necessidade por junta médica oficial, independentemente de compensação de horário. (Incluído pela Lei nº

§3 o As disposições do parágrafo anterior são extensivas ao servidor que tenha cônjuge, filho ou dependenteportadordedeficiênciafísica,exigindo­se,porém,nestecaso,compensaçãodehorárionaformado

§4 o Seráigualmenteconcedidohorárioespecial,vinculadoàcompensaçãodehorárionaformadoinciso

IIdocaputdoart.44destaLei,aoservidorquedesempenheatividadeprevistanosincisosIeIIdoart.76­A

§4 o Seráigualmenteconcedidohorárioespecial,vinculadoàcompensaçãodehorárioaserefetivadano

prazodeaté1(um)ano,aoservidorquedesempenheatividadeprevistanosincisosIeIIdocaputdoart.76­A

Art. 99. Aoservidorestudantequemudardesedenointeressedaadministraçãoéassegurada, na localidadedanovaresidênciaounamaispróxima,matrículaeminstituiçãodeensinocongênere,emqualquer época,independentementedevaga.

Parágrafoúnico. Odispostonesteartigoestende­seaocônjugeoucompanheiro,aosfilhos,ouenteados doservidorquevivamnasuacompanhia,bemcomoaosmenoressobsuaguarda,comautorizaçãojudicial.

CapítuloVII

DoTempodeServiço

Art.100. Écontadoparatodososefeitosotempodeserviçopúblicofederal,inclusiveoprestadoàs ForçasArmadas.

Art.101. Aapuraçãodotempodeserviçoseráfeitaemdias,queserãoconvertidosemanos,considerado oanocomodetrezentosesessentaecincodias.

Parágrafoúnico.Feitaaconversão,osdiasrestantes,atécentoeoitentaedois,nãoserãocomputados,

Art.102. Alémdasausênciasaoserviçoprevistasnoart.97,sãoconsideradoscomodeefetivoexercício osafastamentosemvirtudede:

I­férias;

II­exercíciodecargoemcomissãoouequivalente,emórgãoouentidadedosPoderesdaUnião,dos

Estados,MunicípioseDistritoFederal;

III­exercíciodecargooufunçãodegovernoouadministração,emqualquerpartedoterritórionacional,por

nomeaçãodoPresidentedaRepública;

IV­participaçãoemprogramadetreinamentoregularmenteinstituído;

IV­participaçãoemprogramadetreinamentoregularmenteinstituído,conformedispuseroregulamento;

IV­participaçãoemprogramadetreinamentoregularmenteinstituído,ouemprogramadepós­graduação

strictosensunopaís,conformedispuseroregulamento;(RedaçãodadapelaMedidaProvisórianº441,de2008)

IV­participaçãoemprogramadetreinamentoregularmenteinstituídoouemprogramadepós­graduação

07/12/2015

L8112consol

strictosensunoPaís,conformedispuseroregulamento;(RedaçãodadapelaLeinº11.907,de2009)

V ­desempenhodemandatoeletivofederal, estadual, municipal oudoDistritoFederal, excetopara promoçãopormerecimento;

VI­júrieoutrosserviçosobrigatóriosporlei;

VII­missãoouestudonoexterior,quandoautorizadooafastamento;

VII­missãoouestudonoexterior,quandoautorizadooafastamento,conformedispuseroregulamento;

VIII­licença:

a)àgestante,àadotanteeàpaternidade;

b)paratratamentodaprópriasaúde,até2(dois)anos;

b)paratratamentodaprópriasaúde,atéolimitedevinteequatromeses,cumulativoaolongodotempode serviço público prestado à União, em cargo de provimento efetivo; (Redação dada pela Lei nº 9.527, de

c)paraodesempenhodemandatoclassista,excetoparaefeitodepromoçãopormerecimento;

c)paraodesempenhodemandatoclassistaouparticipaçãodegerênciaouadministraçãoemsociedade cooperativaconstituídaporservidoresparaprestarserviçosaseusmembros,excetoparaefeitodepromoção

d)pormotivodeacidenteemserviçooudoençaprofissional;

e)prêmioporassiduidade;

e)paracapacitação,conformedispuseroregulamento;(RedaçãodadapelaLeinº9.527,de10.12.97)

f)porconvocaçãoparaoserviçomilitar;

IX­deslocamentoparaanovasededequetrataoart.18;

X­participaçãoemcompetiçãodesportivanacionalouconvocaçãoparaintegrarrepresentaçãodesportiva

nacional,noPaísounoexterior,conformedispostoemleiespecífica;

XI­afastamentoparaserviremorganismointernacionaldequeoBrasilparticipeoucomoqualcoopere.

Art.103. Contar­se­áapenasparaefeitodeaposentadoriaedisponibilidade:

I­otempodeserviçopúblicoprestadoaosEstados,MunicípioseDistritoFederal;

II­alicençaparatratamentodesaúdedepessoadafamíliadoservidor,comremuneração;

II­alicençaparatratamentodesaúdedepessoaldafamíliadoservidor,comremuneração,queexcedera

trintadiasemperíododedozemeses.(RedaçãodadapelaMedidaProvisórianº479,de2009)

II­alicençaparatratamentodesaúdedepessoaldafamíliadoservidor,comremuneração,queexcedera

30(trinta)diasemperíodode12(doze)meses.(RedaçãodadapelaLeinº12.269,de2010)

III­alicençaparaatividadepolítica,nocasodoart.86,§2 o ;

IV­otempocorrespondenteaodesempenhodemandatoeletivofederal,estadual,municipaloudistrital,

anterioraoingressonoserviçopúblicofederal;

V­otempodeserviçoematividadeprivada,vinculadaàPrevidênciaSocial;

VI­otempodeserviçorelativoatirodeguerra;

07/12/2015

L8112consol

VII­otempodelicençaparatratamentodaprópriasaúdequeexcederoprazoaqueserefereaalínea"b"

§1 o Otempoemqueoservidoresteveaposentadoserácontadoapenasparanovaaposentadoria.

§2 o SerácontadoemdobrootempodeserviçoprestadoàsForçasArmadasemoperaçõesdeguerra.

§3 o Évedadaacontagemcumulativadetempodeserviçoprestadoconcomitantementeemmaisdeum cargooufunçãodeórgãoouentidadesdosPoderesdaUnião,Estado,DistritoFederaleMunicípio,autarquia, fundaçãopública,sociedadedeeconomiamistaeempresapública.

CapítuloVIII

DoDireitodePetição

Art.104. ÉasseguradoaoservidorodireitoderequereraosPoderesPúblicos,emdefesadedireitoou interesselegítimo.

Art. 105. O requerimento será dirigido à autoridade competente para decidi­lo e encaminhado por intermédiodaquelaaqueestiverimediatamentesubordinadoorequerente.

Art.106. Cabepedidodereconsideraçãoàautoridadequehouverexpedidooatoouproferidoaprimeira

decisão,nãopodendoserrenovado.(VideLeinº12.300,de2010)

Parágrafoúnico. Orequerimentoeopedidodereconsideraçãodequetratamosartigosanterioresdeverão

serdespachadosnoprazode5(cinco)diasedecididosdentrode30(trinta)dias.

Art.107. Caberárecurso:(VideLeinº12.300,de2010)

I­doindeferimentodopedidodereconsideração;

II­dasdecisõessobreosrecursossucessivamenteinterpostos.

§1 o Orecursoserádirigidoàautoridadeimediatamentesuperioràquetiverexpedidooatoouproferidoa decisão,e,sucessivamente,emescalaascendente,àsdemaisautoridades.

§2 o Orecursoseráencaminhadoporintermédiodaautoridadeaqueestiverimediatamentesubordinadoo requerente.

Art.108. Oprazoparainterposiçãodepedidodereconsideraçãoouderecursoéde30(trinta)dias,a

contardapublicaçãooudaciência,pelointeressado,dadecisãorecorrida.(VideLeinº12.300,de2010)

Art.109. Orecursopoderáserrecebidocomefeitosuspensivo,ajuízodaautoridadecompetente.

Parágrafoúnico. Emcasodeprovimentodopedidodereconsideraçãooudorecurso, os efeitos da decisãoretroagirãoàdatadoatoimpugnado.

Art.110. Odireitoderequererprescreve:

I­em5(cinco)anos,quantoaosatosdedemissãoedecassaçãodeaposentadoriaoudisponibilidade,ou

queafeteminteressepatrimonialecréditosresultantesdasrelaçõesdetrabalho;

II­em120(centoevinte)dias,nosdemaiscasos,salvoquandooutroprazoforfixadoemlei.

Parágrafoúnico. Oprazodeprescriçãoserácontadodadatadapublicaçãodoatoimpugnadooudadata daciênciapelointeressado,quandooatonãoforpublicado.

Art.111. Opedidodereconsideraçãoeorecurso,quandocabíveis,interrompemaprescrição.

Art.112. Aprescriçãoédeordempública,nãopodendoserrelevadapelaadministração.

Art. 113. Paraoexercíciododireitodepetição, éasseguradavistadoprocessooudocumento, na

07/12/2015

L8112consol

repartição,aoservidorouaprocuradorporeleconstituído.

Art.114. Aadministraçãodeveráreverseusatos,aqualquertempo,quandoeivadosdeilegalidade.

Art.115. SãofataiseimprorrogáveisosprazosestabelecidosnesteCapítulo,salvomotivodeforçamaior.

Art.116. Sãodeveresdoservidor:

TítuloIV

DoRegimeDisciplinar

CapítuloI

DosDeveres

I­exercercomzeloededicaçãoasatribuiçõesdocargo;

II­serlealàsinstituiçõesaqueservir;

III­observarasnormaslegaiseregulamentares;

IV­cumprirasordenssuperiores,excetoquandomanifestamenteilegais;

V­atendercompresteza:

a)aopúblicoemgeral,prestandoasinformaçõesrequeridas,ressalvadasasprotegidasporsigilo;

b)àexpediçãodecertidõesrequeridasparadefesadedireitoouesclarecimentodesituaçõesdeinteresse

pessoal;

c)àsrequisiçõesparaadefesadaFazendaPública.

cargo;

VI­levaraoconhecimentodaautoridadesuperiorasirregularidadesdequetiverciênciaemrazãodo

VI ­ levar as irregularidades de que tiver ciência em razão do cargo ao conhecimento da autoridade superiorou,quandohouversuspeitadeenvolvimentodesta,aoconhecimentodeoutraautoridadecompetente

VII­zelarpelaeconomiadomaterialeaconservaçãodopatrimôniopúblico;

VIII­guardarsigilosobreassuntodarepartição;

IX­mantercondutacompatívelcomamoralidadeadministrativa;

X­serassíduoepontualaoserviço;

XI­tratarcomurbanidadeaspessoas;

XII­representarcontrailegalidade,omissãoouabusodepoder.

Parágrafoúnico. A representaçãodequetrataoincisoXII seráencaminhadapelaviahierárquicae apreciadapelaautoridadesuperioràquelacontraaqualéformulada, assegurando­seaorepresentandoampla defesa.

CapítuloII

DasProibições

Art.117. Aoservidoréproibido:(VideMedidaProvisórianº2.225­45,de4.9.2001)

07/12/2015

L8112consol

I­ausentar­sedoserviçoduranteoexpediente,sempréviaautorizaçãodochefeimediato;

II­retirar,sempréviaanuênciadaautoridadecompetente,qualquerdocumentoouobjetodarepartição;

III­recusarféadocumentospúblicos;

IV­oporresistênciainjustificadaaoandamentodedocumentoeprocessoouexecuçãodeserviço;

V­promovermanifestaçãodeapreçooudesapreçonorecintodarepartição;

VI­cometerapessoaestranhaàrepartição,foradoscasosprevistosemlei,odesempenhodeatribuição

quesejadesuaresponsabilidadeoudeseusubordinado;

VII­coagiroualiciarsubordinadosnosentidodefiliarem­seaassociaçãoprofissionalousindical,oua

partidopolítico;

VIII­mantersobsuachefiaimediata,emcargooufunçãodeconfiança,cônjuge,companheiroouparente

atéosegundograucivil;

IX­valer­sedocargoparalograrproveitopessoaloudeoutrem,emdetrimentodadignidadedafunção

pública;

X­participardegerênciaouadministraçãodeempresaprivada,desociedadecivil,ouexercerocomércio, excetonaqualidadedeacionista,cotistaoucomanditário; X­participardegerênciaouadministraçãodeempresaprivada,sociedadecivil,salvoaparticipaçãonos conselhosdeadministraçãoefiscaldeempresasouentidadesemqueaUniãodetenha,diretaouindiretamente, participaçãodocapitalsocial,sendo­lhevedadoexercerocomércio,excetonaqualidadedeacionista,cotistaou

X­participardegerênciaouadministraçãodesociedadeprivada,personificadaounãopersonificada,salvo aparticipaçãonos conselhos deadministraçãoefiscal deempresas ouentidades em queaUniãodetenha, direta ou indiretamente, participação no capital social ou em sociedade cooperativa constituída para prestar serviços a seus membros, e exercero comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário;

X ­participardegerênciaouadministraçãodesociedadeprivada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário; (Redação dada pela Medida

X ­participardegerênciaouadministraçãodesociedadeprivada, personificadaounãopersonificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário; (Redação dada pela Lei nº

XI ­atuar, comoprocuradorouintermediário, juntoarepartições públicas, salvoquandosetratarde benefíciosprevidenciáriosouassistenciaisdeparentesatéosegundograu,edecônjugeoucompanheiro;

XII­receberpropina,comissão,presenteouvantagemdequalquerespécie,emrazãodesuasatribuições;

XIII­aceitarcomissão,empregooupensãodeestadoestrangeiro;

XIV­praticarusurasobqualquerdesuasformas;

XV­procederdeformadesidiosa;

XVI­utilizarpessoalourecursosmateriaisdarepartiçãoemserviçosouatividadesparticulares;

XVII ­cometeraoutroservidoratribuições estranhas aocargoqueocupa, excetoem situações de emergênciaetransitórias;

XVIII­exercerquaisqueratividadesquesejamincompatíveiscomoexercíciodocargooufunçãoecomo

horáriodetrabalho;

07/12/2015

L8112consol

I

­participação nos conselhos de administração e fiscal de empresas ou entidades em que a União

detenha, diretaouindiretamente, participaçãonocapital social ouem sociedadecooperativaconstituídapara

prestarserviçosaseusmembros;e(IncluídopelaMedidaProvisórianº431,de2008).

II­gozodelicençaparaotratodeinteressesparticulares,naformadoart.91,observadaalegislação

Parágrafoúnico. AvedaçãodequetrataoincisoXdocaputdesteartigonãoseaplicanosseguintes

I ­participação nos conselhos de administração e fiscal de empresas ou entidades em que a União

detenha, diretaouindiretamente, participaçãonocapital social ouem sociedadecooperativaconstituídapara

prestarserviçosaseusmembros;e(IncluídopelaLeinº11.784,de2008

II­gozodelicençaparaotratodeinteresses particulares,naformadoart.91destaLei,observadaa

legislaçãosobreconflitodeinteresses.(IncluídopelaLeinº11.784,de2008

CapítuloIII

DaAcumulação

Art.118. RessalvadososcasosprevistosnaConstituição,évedadaaacumulaçãoremuneradadecargos públicos.

§1 o A proibiçãodeacumularestende­seacargos, empregos efunções em autarquias, fundações públicas,empresaspúblicas,sociedadesdeeconomiamistadaUnião,doDistritoFederal,dosEstados,dos TerritóriosedosMunicípios.

§2 o Aacumulaçãodecargos,aindaquelícita,ficacondicionadaàcomprovaçãodacompatibilidadede horários.

§3 o Considera­seacumulaçãoproibidaapercepçãodevencimentodecargoouempregopúblicoefetivo comproventosdainatividade,salvoquandooscargosdequedecorramessasremuneraçõesforemacumuláveis

Art.119.Oservidornãopoderáexercermaisdeumcargoemcomissão,nemserremuneradopela

participaçãoemórgãodedeliberaçãocoletiva.

Art.119. Oservidornãopoderáexercermaisdeumcargoemcomissão,excetonocasoprevistono parágrafoúnicodoart.9 o ,nemserremuneradopelaparticipaçãoemórgãodedeliberaçãocoletiva.(Redação

Parágrafo único. O disposto neste artigo não se aplica à remuneração devida pela participação em conselhosdeadministraçãoefiscaldasempresaspúblicasesociedadesdeeconomiamista,suassubsidiárias e controladas, bem como quaisquer entidades sob controle direto ou indireto da União, observado o que, a respeito,dispuserlegislaçãoespecífica.