Você está na página 1de 12

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

R$ 1,25

e

região
Foto: Denise Galli

Ano 4 | Nº 189 | Votorantim | 03 de outubro de 2016

Página 1

Fernando é eleito
prefeito de Votorantim

No discurso de vitória, Fernando Oliveira Souza (DEM) enalteceu sua equipe de campanha e relembrou a trajetória de seu pai, Zeca Padeiro, como prefeito. Fernando conquistou 32.468 votos e venceu seus adversários Jair
Cassola (PDT), Carlos Mineiro (PSDB) e Rodrigo Chizolini (PSOL). Páginas 4,5 e 6

Votorantim
registra um
caso de crime
eleitoral
Durante as eleições
municipais 2016 de
Votorantim, houve quatro suspeitas de boca
de urna e uma delas
configurou-se como
crime eleitoral. Pág. 10

Veja quem são
os 11 vereadores
eleitos
Pág.8

Câmara de
Votorantim renova
72% de sua
composição
Pág.8

Promotoria
Eleitoral
notificou sete
candidatos
O promotor eleitoral
Wellington Veloso, durante a
campanha, obteve a impugnação dos sete candidatos
que disputaram as eleições
deste ano no município,
com base na Lei da Ficha
Limpa. Pág. 11

Confira a votação
dos candidatos
a vereador
de Votorantim
Pág.9

TV Votorantim
realizou
cobertura
das eleições
Pág.2

Gaguinho é o
vereador mais
bem votado
Pág.9

Página 2

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Editorial

E agora prefeito?
Fernando Oliveira Souza (DEM), eleito ontem prefeito de Votorantim, com 32.468 votos, tem muitos
desafios pela frente, entre eles cumprir as promessas
de campanha que o conduziram ao cargo máximo do
Executivo do município.
Ele vai administrar, no primeiro ano de seu governo, que começa em 1º de janeiro de 2017, um orçamento de R$359.740.0000,00. R$304.500.000,00 é
para a administração direta e R$ 55.240.000,00 para a
administração indireta, que inclui a Fundação da Seguridade Social dos Servidores Públicos de Votorantim e
a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados
do Município de Votorantim (Agerv). Esse montante é
8,17% superior ao orçamento deste ano.
Esse dinheiro parece pouco diante dos muitos
problemas de Votorantim. É ai que o novo prefeito da
cidade deve fazer a diferença. Espera-se um perfil de
gestor arrojado, dinâmico e que tome ações rápidas,
tudo dentro da mais rígida forma de administrar di-

nheiro público.
Por ter recebido o apoio da maioria do eleitorado,
deve governar em benefício de todos como manda o
princípio da democracia.
Apesar de merecer um descanso, após uma jornada
cansativa e intensa vivida na campanha eleitoral, embora mais curta, não deve esperar 1º de janeiro para
começar a agir.
Não há a necessidade de se esperar muito para
anunciar o secretariado. Esses nomes já estão definidos
há tempo. Quanto mais cedo tornar público a sua equipe, mas rapidamente mostra à população como será a
sua administração.
Deve buscar apoio em todos os lugares que puder, iniciar um governo de transição, mergulhar no cotidiano da
Prefeitura. Tudo em benefício de Votorantim e sua gente.
De você, Fernando Oliveira, não se espera outra coisa
que não seja o melhor prefeito que essa cidade já teve. E
isso não é para alimentar a sua vaidade, para inflar o ego. É

TV Votorantim realiza
cobertura das eleições

para fazer história, a diferença.
Fernando, entendemos toda a dificuldade imposta
pela crise econômica, compreendemos que os repasses
estaduais e federais secaram, sabemos que há inadimplência no recolhimento de impostos municipais e todas outras
inúmeras dificuldades. Quanto você se colocou como candidato, certamente já sabia desse enorme desafio.
É exatamente por isso que você foi eleito. A melhor
política pública de saúde, educação infraestrutura, cultura,
lazer, esporte, social, obras, saneamento depende agora de
você. Os votorantinenses esperam isso de você.
Desejamos toda a sorte para que você, que faça um excelente governo, que possa administrar a cidade em paz,
que encontre na Câmara de Vereadores que também desejam uma Votorantim melhor e próspera, que tenha uma
oposição propositiva e positiva.
Parabéns Fernando
Votorantim te escolheu!

Fotos: Adriana Akagui

Professor, fundador e primeiro reitor da
Universidade de Sorocaba (Uniso), Aldo
Vannucchi esteve no estúdio da TV Votorantim para expor sua opinião e reflexão acerca
das eleições municipais deste ano. Segundo
ele, depois dos inúmeros escândalos que
envolveram políticos brasileiros nos últimos
anos, o eleitor está analisando os candidatos, seja vereador ou prefeito, antes de
votar. “A melhor forma de ser representado
tanto no Legislativo quanto no Executivo,
é analisar as propostas e os compromissos
de cada concorrente.” Sobre a proibição
do derrame de “santinhos” em locais de
votação, Vannucchi enalteceu a proposta da
Promotoria Eleitoral, em conjunto da OAB de
Votorantim, dizendo que, quem joga material político nas ruas, além de sujar as ruas da
cidade, agride o meio ambiente.

Foram 15 horas de programação
ao vivo, confira algumas das pessoas
que passaram pelos estúdios.

Toninho Munhoz

Para o contador e administrador de
empresas Antônio Pedro Ferraz, o Toninho
Munhoz, que também foi entrevistado
pela TV Votorantim, o eleitor votorantinense está caminhando por um voto de
renovação – seja para vereador, seja para
prefeito. “Sou a favor da renovação tanto da
Câmara como da Prefeitura. Precisamos de
uma nova mentalidade de gestão, com um
projeto de desenvolvimento sustentado e
com visão de futuro.” Sobre sua desistência
de não concorrer mais a parlamentar, Toninho Munhoz disse que desistiu da política
por problemas particulares de trabalho e
também de responsabilidades pessoais.

Erinaldo Alves da Silva

O prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) também fez questão de estar na TV Votorantim
para colocar suas ideias e opiniões sobre seu
mandato e, sobretudo, do pleito municipal.
Ele disse que completou 18 anos como prefeito do município e, dos quatro mandatos, este
atual foi o mais difícil, isso por conta da atual
crise econômica, que também pegou diretamente às prefeituras do País. “E o próximo prefeito também enfrentará o mesmo problema
que eu vivenciei desde 2013, quando assumi
a administração municipal. Espero, mesmo
assim, que ele tenha sucesso e faça com que
Votorantim cresça a cada dia mais.”

Expediente:
Provocare Editora e Comunicação Ltda ME

Professor Aldo
Vannucchi

MÍriam Cris carlos

A professora e pesquisadora do Mestrado em Comunicação e Cultura da
Universidade de Sorocaba (Uniso),
Míriam Cristina Carlos Silva, também
esteve no estúdio da TV Votorantim
e disse que o papel do educador e
da imprensa é fundamental no momento do voto. “O educador, nesse
momento, é importante para que
o eleitor tenha uma visão crítica e,
consequentemente, possa analisar e
votar bem no dia das eleições. Além
disso, penso que tendo uma imprensa isenta divulgando informações
relacionadas às eleições, é outro
fator preponderante para que, no
resultado final, tenham vereadores
e prefeito eleitos, que vão, de fato,
defender as causas da população.”

Diretores presidentes: Mônica Marsal e Werinton Kermes | Responsável Jurídico: Ailton Bueno Scorsoline (OAB: 154912/SP)
Edição: Valdinei Queiróz (MTB 65318/SP) | Jornalista Responsável: Werinton Kermes (MTB 29.860/SP) | Diagramação: Wilson Roberto Grillo Jr. / Jefferson Cascali de Lima
Endereço: Rua João Walter, 289 – sala 3 - Centro - Votorantim/SP - CEP 18110-020 |Telefone: (15) 3023-0702 | e-mail: redacao@gazetadevotorantim.com.br
Comercial: Katerina Beranger | Contato comercial: (15) 3247-1010| e-mail: comercial@gazetadevotorantim.com.br
Site: www.gazetadevotorantim.com.br | Facebook: | Impressão: Mar Mar Gráfica e Editora Ltda. – CNPJ 01.199.927/0001-65

As colunas assinadas são de total
responsabilidade de seus autores e
não necessariamente representam a
opinião do jornal.

03 de outubro de 2016

Gazeta de Votorantim

Página 3

Página 4

Cidades

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Denise Galli

Fernando comemorou a vitória na Praça de Eventos Lecy de Campos

Fernando vence seus adversários
e relembra trajetória política do pai
Valdinei Queiróz

O administrador de empresas e
ex-vereador Fernando Oliveira Souza
(DEM), 46 anos, é o novo prefeito de
Votorantim nos próximos quatro anos.
Ele venceu ontem (2) as eleições à prefeitura local com 32.468 votos, ante os
17.609 do adversário Jair Cassola (PDT),
que buscava voltar a governar a cidade.
Já Carlos Mineiro (PSDB) recebeu 5.564
e ficou na terceira posição. Rodrigo Chizolini (PSOL), por sua vez, obteve 2.717
e ficou na última colocação.
Fernando havia se candidato pela
primeira vez a prefeito no pleito municipal de 2012, mas acabou ficando atrás
de Erinaldo Alves da Silva (PSDB), que
foi eleito na ocasião; e de Carlos Augusto Pivetta (PT). Ele será empossado em
1º de janeiro, por José Antonio de Oliveira, o Gaguinho (DEM), 53 anos, eleito
com a maior votação entre os que disputaram uma cadeira na Câmara Municipal de Votorantim. A Lei Orgânica do
Município prevê que o candidato a
parlamentar que mais votos conquistar
assume a presidência da Casa na sessão
solene que dá posse ao prefeito, na sequência, a Câmara elege o presidente.
A apuração em Votorantim terminou
por volta das 19h20 com a contabilização
dos votos das 247 seções eleitorais.
O dia de votação nas eleições municipais transcorreu em clima de tranquilidade e, principalmente, muita confiança por parte dos candidatos a prefeito
de Votorantim. O resultado em Votorantim mostrou a credibilidade do jornal
Gazeta de Votorantim, que encomendou uma pesquisa de intenção de votos, mostrando Fernando na liderança.

Lê Baeza foi eleito vice-prefeito

Futuro prefeito
Emocionado, Fernando disse que fará
um governo ao lado do povo votorantinense. Comentou que irá informatizar a saúde, criando o Cartão Cidadão, bem como
descentralizar o atendimento para bairros,
retomando a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Nova 24 horas por dia.
Também mencionou que vai retomar com
o programa Bolsa Material e Uniforme, aumentar vagas em creches, qualificar e valorizar os servidores públicos do município.
Além disso, criará um espaço voltado
ao primeiro emprego para os jovens, reestruturar o CAT (Centro de Atendimento
ao Trabalhador) e a incubadora, fazendo
parcerias para gerar emprego e renda.
Fernando também comentou que irá revitalizar os centros esportivos e criar uma
clínica veterinária municipal e reformular
a coleta de resíduos. Sobre a segurança
pública, vai reestruturar a Guarda Civil
Municipal (GCM), colocando um guarda
em cada escola, além de criar o Comitê
de Segurança Integrada.

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Página 5

Cidades

Fernando
terá respaldo
da Câmara
Em uma de suas primeiras declarações depois de eleito prefeito de Votorantim, Fernando pediu
ontem apoio à nova Câmara Municipal. “Nesse momento, não há
mais partido político e, sim, pessoas
que estarão no Legislativo para ajudar o prefeito a aprovar bons projetos em benefício da população.”
Em conversa com o vereador
Bruno Martins (PSDB), ele afirmou
que será situação na Câmara de
Votorantim, ou seja, vai apoiar
Fernando na prefeitura local. “Fico
contente em ouvir que um dos
parlamentares eleitos do PSDB

Perfil

do candidato eleito

Nascido em Votorantim, Fernando
Oliveira Souza tem 46 anos de idade. Formado em administração de
empresas, casado, tem um filho e
foi vereador por dois mandatos em
nossa cidade.
Fernando é filho do ex-prefeito, o
saudoso Zeca Padeiro, com quem
aprendeu desde criança os mais
nobres princípios que definem a
história desta respeitável família:
valorizar as pessoas, se colocando
no lugar delas.
Zeca Padeiro, segundo Fernando,
estendeu as mãos para a população, estando ou não no cargo de
prefeito. “Perpetuar o seu exemplo,
por meio do trabalho, tem sido o
maior objetivo de Fernando em
suas funções públicas. Aos 19 anos,
ele já acompanhava o pai na Prefeitura, em vistorias às obras, nas
reuniões e nos atendimentos aos
moradores.” Ainda garoto, cresceu
ouvindo as histórias que desencadearam o “Dia do Sim” da emancipação.
Foi na esquina da casa onde morava com o pai, na Vila Dominguinho
– hoje o seu escritório político -,
onde tudo começou. Os vanguardeiros Armando Benedetti e Matias Gianolla procuraram por Zeca
Padeiro, uma liderança política na
época, para conversar sobre as bases do movimento que resultou no
plebiscito da emancipação política
de Votorantim, em 1º de dezembro
de 1963.
Quando prefeito, Zeca Padeiro
fez um governo de acolhimento
e desenvolvimento, pavimentou
bairros, ampliou serviços na saúde
e educação, como, por exemplo,
o posto de saúde do Jardim Novo
Mundo, a creche da Vila Garcia, o
conjunto habitacional do Jardim
Serrano II, construiu o Paço, implantou avenidas como as duas pistas

da 31 de Março na ligação com
Sorocaba, a avenida Gisele Constantino, da altura do shopping
até a avenida Adolpho Massaglia,
as avenidas Celso Miguel dos
Santos, Ireno Venâncio e Moacir
Oséas Guitti. Implantou um moderno sistema de retransmissão
de TV, construiu reservatórios de
água e instalou adutoras para a
distribuição em toda a cidade,
trouxe o 40º Batalhão da Polícia
Militar e a Ciretran, entre outras
conquistas para o progresso da
cidade nos anos de 1990.

vai apoiar o meu governo.” Fabíola foi questionada e afirmou que
será oposição ao governo do demista. Com essa configaração, dos
11 parlamanteres eleitos, seis, por
enquanto, serão base do novo prefeito de Votorarantim. Segundo ele,
o respaldo da Câmara será muito
importante e todos devem pensar
no bem para Votorantim. Também
aproveitou para agradecer ao povo
e disse que a partir de hoje já irá
agilizar o trabalho para por em prática suas propostas e transformar
em realidade aquilo que colocou
em sua campanha.

Votos dos candidatos a prefeito
Fernando Oliveira Souza (DEM)

32.468 votos

Jair Cassola (PDT)

17.609 votos

Carlos Mineiro (PSDB)

5.564 votos

Rodrigo Chizolini (PSOL)

2.717 votos

Brancos 4.152 votos
Nulos (sem considerar os votos de Jair Cassola)

7.266 votos

Votos válidos (desconsiderando a votação de Jair Cassola) 40.749 votos
Comparecimento

69.776 eleitores

Página 6

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Cidades

Zeca Padeiro

Tradição
Fernando foi vereador pela primeira vez em 2005 e levou para a Câmara o
mesmo perfil de seu pai. Naturalmente, chegou e abriu as portas da Casa, no
seu gabinete, primou pelo contato direto com a população e foi reeleito, em
2008, o vereador mais votado da cidade. Uma das principais características
desta trajetória é fazer suas campanhas de casa em casa, olhando no olho do
eleitor, conhecendo de perto as suas necessidades. Aliás, esta é a base das
suas propostas de governo, construídas junto com o povo. Segundo o novo
prefeito eleito, vai dar uma cara nova para Votorantim, cumprindo um legado de humanização, onde o contato direto com o povo vai falar mais alto.
“Esta é a sua maior garantia. Um passado repleto de história, reconhecimento e respeito. É o legado do bem na luta pela modernidade, por dias melhores, por um futuro com mais qualidade de vida nesta cidade que escolhemos
para viver em família, criar nossos filhos e realizar nossos sonhos.”

Fernando Oliveira, ainda menino,
com seu pai Zeca Padeiro

Fernando Oliveira
com sua família

Manifestações
dos demais
candidatos
O candidato Rodrigo Chizolini
(PSOL) agradeceu o apoio que recebeu, dizendo que fez uma campanha
limpa e propositiva. “Não baixamos
o nível em nenhum momento. Saímos desta campanha de cabeça erguida. Não recebemos um centavo
de empresários, não contratamos
cabos eleitorais e não prometemos
cargos de confiança para ninguém.”
Segundo ele, os 2.717 votos que ele
conquistou foram uma conquista.
“Plantamos as sementes da transformação em nossa cidade. Muito
obrigado pelo apoio de vocês, seguiremos na luta e faremos oposição

ao futuro governo, exigindo o cumprimento de todas as promessas feitas
durante a campanha.”
Já o candidato Jair Cassola (PDT),
por meio da sua assessoria de comunicação, disse que, nesse momento, não
irá se manifestar sobre o resultado das
eleições municipais de Votorantim.
Em nota, o candidato a prefeito
Carlos Mineiro (PSDB) disse que democracia se faz desta maneira. “Parabéns
ao candidato que venceu as eleições
municipais. Desejo a ele muito sucesso
e sorte neste trabalho que será administrar uma cidade pujante e que, ao
contrário de muitos municípios brasileiros, está com as contas em dia.”
Mineiro diz que sai deste pleito
com a sensação de dever cumprido.
“Quero agradecer a você, em especial,
que votou em mim. Que confiou nas propostas que apresentei ao lado do Professor Braz, o meu candidato a vice. Foi feita
a vontade de Deus. Eu entendo assim.”

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Página 7

Eleições

Candidatos à Prefeitura de Votorantim
votaram pela manhã neste domingo
Fotos: Denise Galli

Valdinei Queiróz

Os postulantes à Prefeitura de
Votorantim – Carlos Mineiro (PSDB),
Fernando Oliveira Souza (DEM), Jair
Cassola (PDT) e Rodrigo Chizolini –
votaram pela manhã neste domingo
(2). O primeiro a votar foi o candidato do
PSDB. Ele chegou às 9h na escola municipal Lucinda Rodrigues Pereira Inácio,
no Parque Morumbi. Ao lado de sua esposa e da sua filha, após ser registrado
pelos fotógrafos da imprensa, Mineiro
disse que, durante os 46 dias de campanha eleitoral, foi às ruas para apresentar
propostas realizáveis para Votorantim.
“Agora está nas mãos dos eleitores.”
Às 10h, foi a vez do candidato do
PSOL votar no colégio Bela Alvorada, no
Jardim Icatu. Na oportunidade, esteve
acompanhado de sua esposa e disse
que apresentou propostas viáveis na
porta das fábricas, nas feiras livres, nas
ruas e nas residências. “Fiz uma campanha limpa, modesta e sem cabos eleitores. Percorrendo os bairros, senti que os
eleitores querem mudança.”
Já o candidato do DEM, eleito pelo
povo votorantinense, votou às 11h
na escola estadual Comendador Pereira Inácio, no bairro Barra Funda.
Ao lado de sua esposa, Fernando falou que está confiante na vitória e
irá comemorar a vitória com sua
família e seu grupo político. “Nos
locais em que passei hoje (2), estou sendo bem recebido. Estou
confiante que vou ser prefeito
da cidade.” Por fim, o candidato
do PDT votou às 11h30 na escola
estadual Clotilde Beline Capitani,
no Jardim Archila e não quis se
manifestar.

Carlos Mineiro

Fernando Oliveira
Divulgação

Jair Cassola

Rodrigo Chizolini

Erinaldo Alves

Erinaldo
votou no
Daniel Verano
O prefeito de Votorantim, Erinaldo Alves
da Silva (PSDB), votou por volta das 14h
na escola estadual Daniel Verano, no
Parque Bela Vista. Acompanhado de sua
esposa e da sua filha, vereadora Fabíola

Alves da Silva Pedrico (PSDB), o atual
prefeito mencionou sobre a desistência de alguns políticos brasileiros, que poderiam tentar a reeleição,
mas acharam melhor colocar outra
pessoa no lugar. “Eu, por exemplo,
estou trabalhando, juntamente com
os meus secretários, para deixar as
contas equacionadas da prefeitura.
E o próximo prefeito terá a mesma
dificuldade que enfrentei ao longo
do meu mandato. A crise econômica
pegou todas as prefeituras do País.”

Página 8

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Cidades

Câmara de Votorantim renova
72% de sua composição
Os votorantinenses renovaram nas urnas
72% dos vereadores que serão empossados no
próximo ano. Dos atuais 11 legisladores, apenas
três foram reeleitos, quatro deixaram de conquistar votos suficientes para prosseguirem com os
seus trabalhos, três não quiseram tentar a reeleição e um foi eleito vice-prefeito. Somente uma
mulher foi eleita.
Os novos vereadores que ocuparão cadeira
na Câmara de Votorantim são: José Antonio de
Oliveira, o Gaguinho (DEM), Alfredo Pissinato
Junior (PPS), Alison Andrei Pereira de Camargo, o
Pastor Lilo (PMDB), José Claudio Pereira, o Zelão
(PT), Luciano Silva (PSDB), Mauro Paulino Mendes
(PTB), Adeilton Tiago dos Santos, o Ita (PPS) e Luiz
Carlos dos Santos (PSL). Aqueles que deixaram de
ser reeleitos são: Antonio Pereira, o Pastor Tonhão
(DEM), João Cau (PSDB), Pedro Nunes Filho (PDT)
e Robson Vasco (PSDB).
O vereador mais votado foi José Antonio de
Oliveira, o Gaguinho (DEM), com 1.623 votos. Em
conversa com a Gazeta de Votorantim, Gaguinho disse que seu gabinete será um espaço para
a população votorantinense. “Quero trabalhar
junto com o meu povo.” O segundo mais lembrado pelos eleitores foi o já vereador Bruno Martins
de Almeida (PSDB). Em entrevista por telefone,
Almeida afirmou que irá apoiar o novo prefeito
de Votorantim. “Nas eleições, nós fomos oposição, mas, a partir de 2017, seremos situação.” O
tucano obteve 1.471 votos.
Já Heber Martins (PDT), que conquistou
1.397 votos e foi reeleito, disse que será um vereador independente e, caso vier na Câmara Municipal de Votorantim projetos de lei de interesse
da população, vai votar favorável. Além disso,
disse que vai colocar em prática o “gabinete itinerante”, que vai percorrer os bairros da cidade.

Na sequência, vem a então vereadora Fabíola Alves (PSDB), que conquistou 1.330 votos. Ela disse
que será oposição de Fenando na Casa de Leis.
Em quinto lugar, a vaga ficou para Alfredo Pissinato Junior (PPS), com 1.235 votos, que também
não atendeu a reportagem. Em seguida, vem o
Pastor Lilo (PMDB), que obteve 1.145 votos. Zelão
(PT), por sua vez, conquistou 1.106 votos e disse que
fará um mandato com a participação popular.
Na oitava colocação, Luciano Silva (PSDB), com
1.095 votos. Mauro do Materiais (PTB), por sua
vez, 1.022 votos. Os dois últimos foram: Ita (PPS),
918 votos, que implantará nos bairros o “gabinete
itinerante”, como foi de receber demandas da população; e Pr. Dr. Luiz Carlos (PSL), 840 votos, que
disse que irá conversar nos próximos dias com seu
partido, para viabilizar um futuro apoio a Fernando.
A reportagem da Gazeta de Votorantim entrou em
contato com todos os vereadores eleitos, mas, até o
fechamento desta edição, alguns deles não atenderam a ligação telefônica.
Votos não validados
Onze candidatos a vereador não tiveram
seus votos válidos, que são: Labrego (PRB), 774;
Antonio Nogueira (PSDC), 50; João Cau (PSDB),
772; Pedro Nunes (PDT), 887; Eveth Camargo
(PHS), 97; Garela (PHS), 14; Jaime Rangel (PTN),
215; Tião (PV), 3; Nice (PHS), 27; Eduardo Síndico
(PHS), 41; e Claudio do Copervot, 123. Para que os
votos sejam reconhecidos, esses candidatos terão que ganhar a causa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “O Tribunal, posicionando-se pelo
indeferimento da candidatura, esse resultado
será mantido, mas se porventura a situação
for revertida (no TSE) pode haver mudança no
quadro”, explicou o promotor eleitoral Welington Veloso.

Fotos: Luciana Lopez

Vereadores

eleitos

Gaguinho (DEM)

1.623 votos

Bruno Martins (PSDB)

1.471 votos

Fabíola Alves (PSDB)

1.330 votos

Pastor Lilo (PMDB)

1.145 votos

Heber Martins (PDT)

1.397 votos

Júnior Pissinato (PPS)

1.235 votos

Zelão (PT)

1.106 votos

Luciano Silva (PSDB)

Mauro do Materiais (PTB)

Ita (PPS)

Pr. Dr. Luiz Carlos (PSL)

1.095 votos

918 votos

1.022 votos

834 votos

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Página 9

Cidades

Confira a votação dos candidatos a vereador de Votorantim
Seq. (i)
*0001
*0002
*0003
*0004
*0005
*0006
*0007
*0008
*0009
*0010
*0011
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49

Núm.
25005
45198
12345
45045
23444
15555
13133
45678
14014
23000
17000
25555
45777
14100
45622
22222
43123
45017
12777
13510
45333
13013
45273
10100
43000
25512
43222
65000
45608
43444
40777
18777
25222
14616
13777
65123
12512
10000
13171
77123
14555
18999
13000
12755
14111
23333
15630
23222
17123

Candidato
GAGUINHO
BRUNO MARTINS
HEBER MARTINS
FABÍOLA ALVES
JÚNIOR PISSINATO
PASTOR LILO
ZELÃO
LUCIANO SILVA
MAURO DO MATERIAIS
ITA
PR. DR. LUIZ CARLOS
PASTOR TONHÃO
EZEQUIEL OLIVEIRA
LILIAN GALVÃO
LANDITO
NELSINHO CATATRECO PEVA
JUCA
GALILEU
DR. ADALBERTO FARMACÊUTICO
VANZINHO
JOÂO DO TERRAÇO
GOIABA JOSÉ AGUINALDO
ROBSON DA FARMACIA
SOLANGE DA RENOVAÇÃO
BOLA GALVÃO
IVAN DA FARMÁCIA
SANDRA ASSISTENTE SOCIAL
CIDOCA
JAIRO DA MOTO
NENO
PASTOR MÁRCIO RODRIGO
SERGIO CRUZ
PROF. JACARÉ DO AXÉ
DITO MECÂNICO
ROBERTO FARMALUZ
DAVID DA ENFERMAGEM
BEIÇO DO AFRO ART"S
FATIMA ARAÚJO
IÉIO (FAGNER)
LEANDRO ALBERGONI
MARA NOGUEIRA
PROFº MÁRIO NIÉRI
BRASILINA
GLÓRIA
ADÃO SOUSA
CLÉLIA DO TATIANA
ROBERTA DA VAN
PIÁ DO VALLE
CLASSIUS VIEIRA

Partido/Coligação
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
PSDB - PSDB / PR / PSB
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PSDB - PSDB / PR / PSB
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
PMDB - PV / DEM / PPS / PMDB
PT - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PTB - PTB / PTN / SD
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
PSL - PRB / PDT / PSL / REDE
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
PSDB - PSDB / PR / PSB
PTB - PTB / PTN / SD
PSDB - PSDB / PR / PSB
PR - PSDB / PR / PSB
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PSDB - PSDB / PR / PSB
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PT - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PT - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PC do B - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PSB - PSDB / PR / PSB
REDE - PRB / PDT / PSL / REDE
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
PTB - PTB / PTN / SD
PT - PT / PC do B
PC do B - PT / PC do B
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PT - PT / PC do B
SD - PTB / PTN / SD
PTB - PTB / PTN / SD
REDE - PRB / PDT / PSL / REDE
PT - PT / PC do B
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PTB - PTB / PTN / SD
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
PMDB - PV / DEM / PPS / PMDB
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
PSL - PRB / PDT / PSL / REDE

Votação % Válidos
1.623
2,91%
1.471
2,64%
1.397
2,51%
1.330
2,39%
1.235
2,22%
1.145
2,05%
1.106
1,98%
1.095
1,96%
1.022
1,83%
918
1,65%
840
1,51%
893
1,60%
852
1,53%
834
1,50%
724
1,30%
716
1,28%
699
1,25%
692
1,24%
650
1,17%
648
1,16%
595
1,07%
585
1,05%
582
1,04%
580
1,04%
575
1,03%
561
1,01%
555
1,00%
535
0,96%
516
0,93%
498
0,89%
477
0,86%
475
0,85%
447
0,80%
408
0,73%
408
0,73%
387
0,69%
372
0,67%
365
0,65%
361
0,65%
347
0,62%
343
0,62%
340
0,61%
339
0,61%
323
0,58%
323
0,58%
320
0,57%
297
0,53%
293
0,53%
289
0,52%

50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
75
76
77
78
79
80
81
82
83
84
85
86
87
88
89
90
91
92
93
94
95
96
97
98
99

10555
23456
12012
14333
45222
45555
14500
10300
14222
13999
14000
10110
10333
13333
12123
14334
77777
13123
10123
45645
13555
13099
45125
12650
23123
25111
25556
14114
19019
43263
65024
13051
77000
45123
13213
10010
45455
19111
19333
19000
10310
13121
14200
14123
65068
45005
45256
19200
43340
45131

SANTINO DO TAXI
MARISA POMPEU
MAÍRA GARCIA
AIRTON DO TATIANA
SANDRA PORTELA
DRA BARBARA ROSS
GALEGO
CHICÃO
ELIAS CAREQUINHA
ANTONY (BATATA)
PROFESSOR MARCIO
ZÉGA
DANIEL NEGRÃO
ABRAÃO DE LIMA
ISMARA COSTA DENTISTA
CIDINHO
ROSALINA RODRIGUES
CARLOS PENHA
MADSON
ELIANA RANGEL
BILL
IVONE
SOLANGE CABELEIREIRA
LUIZA CARLA
RODRIGO DA AUTO ESCOLA
RÊ DA CHAVE
LIGIA DO VOTOCEL
CLAUDIO CAVALO
BAIANO DA FEIRA
ESIO MULLER
MAIKE OLIVEIRA
PROF. EDNO ZATOR
PROFESSOR ROGÉRIO
BAEZINHA
SILMARA MOREIRA
GISELE LEITE
WESLEY QUEIROZ
SERGINHO
JAQUELINE PONTES
ISAEL CLARETI
CARLOS ANDRÉ
LUIS CARLOS (DUMBO)
ANA CRIS DA PIZZARIA ARRAZO
JACINTA POMPEU
ROSA MOREIRA
LAINE HELME
HENRIQUE BIRAREMA
CILENE SILVERIO
MISLENE
ELVIS HARD

PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PTB - PTB / PTN / SD
PSDB - PSDB / PR / PSB
PSDB - PSDB / PR / PSB
PTB - PTB / PTN / SD
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PTB - PTB / PTN / SD
PT - PT / PC do B
PTB - PTB / PTN / SD
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PT - PT / PC do B
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PTB - PTB / PTN / SD
SD - PTB / PTN / SD
PT - PT / PC do B
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PSDB - PSDB / PR / PSB
PT - PT / PC do B
PT - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PPS - PV / DEM / PPS / PMDB
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
DEM - PV / DEM / PPS / PMDB
PTB - PTB / PTN / SD
PTN - PTB / PTN / SD
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PC do B - PT / PC do B
PT - PT / PC do B
SD - PTB / PTN / SD
PSDB - PSDB / PR / PSB
PT - PT / PC do B
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PSDB - PSDB / PR / PSB
PTN - PTB / PTN / SD
PTN - PTB / PTN / SD
PTN - PTB / PTN / SD
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PT - PT / PC do B
PTB - PTB / PTN / SD
PTB - PTB / PTN / SD
PC do B - PT / PC do B
PSDB - PSDB / PR / PSB
PSDB - PSDB / PR / PSB
PTN - PTB / PTN / SD
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PSDB - PSDB / PR / PSB

264
252
245
240
229
224
222
221
216
213
209
207
197
195
190
189
182
165
165
159
157
147
140
140
130
129
120
115
105
101
90
86
81
79
75
74
70
67
64
62
59
51
39
36
33
29
27
27
27
25

0,47%
0,45%
0,44%
0,43%
0,41%
0,40%
0,40%
0,40%
0,39%
0,38%
0,38%
0,37%
0,35%
0,35%
0,34%
0,34%
0,33%
0,30%
0,30%
0,29%
0,28%
0,26%
0,25%
0,25%
0,23%
0,23%
0,22%
0,21%
0,19%
0,18%
0,16%
0,15%
0,15%
0,14%
0,13%
0,13%
0,13%
0,12%
0,11%
0,11%
0,11%
0,09%
0,07%
0,06%
0,06%
0,05%
0,05%
0,05%
0,05%
0,04%

100
101
102
103
104
105
106
107
108
109
110
111
112
113
114
115
116
117
118
119
120
121
122
123
124
125
126
127
128
129
130
131
132
133
134
135
136
137
138
139
140
141
142
143
144
145
146
147
148
149

45658
13613
65065
65555
65777
51051
27777
50222
55888
90315
90007
50500
36123
70828
55055
90015
50100
44444
55153
55777
90456
90321
27140
70123
70701
51050
27027
90123
44144
70111
50123
55555
70070
70000
20210
20450
51555
90999
33333
70777
90000
50555
20020
55456
90090
33000
44777
55333
20010
55000

IVANI AMORIM SODRÉ
MARCIA MARQUES
RINALDO SERVIDOR
ELENA DE BRITO
GIOVANA
PASTORA CELINA
TIAGO BEVILACQUA
CARLOS EUSTÁQUIO
JOILSON
PROFESSORA TEREZINHA MARISA
PRIMO ALVINO
PROFESSOR ANDRÉ STUCHI
GERSON PROTETOR DOS ANIMAIS
FÁBIO BRACA
JERRY PIPAS
FABIANO BAHIA
SANDY DOMINGUES
URIEL RADIALISTA
MOISES DO ESPETINHO
PROFESSORA DAIANE
LUCIANO GARCIA
PROFESSOR REINALDO
CIDINHA DO PARQUE
OTA LANCHES
PROFESSOR MESTRE CUCO
BATATA ESPETINHO
CORONEL MILTON MOREIRA
ANDERSON ADÃO
JÚNIOR SILVEIRA
LUCIANO RODRIGUES
ALISON NERV
FERNANDO EMILIO
NELSON MOTOS
ELIANE ALARCON
WALDEMAR COTTING
SULFURETO
CLAUDEMIR JAPÃO
IZO OLIVEIRA
ALEMÃO POLACO
ANTONIO CARDOZO
JAERCIO TEIXEIRA
PROFESSOR RENATO CARLINI
WALTER RODRIGUES
BENVINDO ANTONIO
ALÊ TESOURA
ANGELINA NARDIM
EDINEI OLIVEIRA
IRINEU HORACIO SEGURANÇA
ANDREIA MARTINS
IRINEU DO SITE

PSDB - PSDB / PR / PSB
PT - PT / PC do B
PC do B - PT / PC do B
PC do B - PT / PC do B
PC do B - PT / PC do B
PEN - PSD / PEN / PTC / PRP
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSOL
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PROS - PT do B / PROS
PSOL
PTC - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PSOL
PRP - PSD / PEN / PTC / PRP
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PROS - PT do B / PROS
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PT do B - PT do B / PROS
PT do B - PT do B / PROS
PEN - PSD / PEN / PTC / PRP
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PROS - PT do B / PROS
PRP - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PSOL
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PT do B - PT do B / PROS
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PEN - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN
PT do B - PT do B / PROS
PROS - PT do B / PROS
PSOL
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN
PRP - PSD / PEN / PTC / PRP
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP

21
17
6
4
0
703
561
517
514
498
492
446
414
345
320
296
283
278
274
257
249
244
240
234
232
220
219
210
202
198
196
184
177
168
166
163
141
135
133
125
122
116
111
104
104
96
95
91
88
87

0,04%
0,03%
0,01%
0,01%
0,00%
1,26%
1,01%
0,93%
0,92%
0,89%
0,88%
0,80%
0,74%
0,62%
0,57%
0,53%
0,51%
0,50%
0,49%
0,46%
0,45%
0,44%
0,43%
0,42%
0,42%
0,39%
0,39%
0,38%
0,36%
0,36%
0,35%
0,33%
0,32%
0,30%
0,30%
0,29%
0,25%
0,24%
0,24%
0,22%
0,22%
0,21%
0,20%
0,19%
0,19%
0,17%
0,17%
0,16%
0,16%
0,16%

150
151
152
153
154
155
156
157
158
159
160
161
162
163
164
165
166
167
168
169
170
171
172
173
#0174
#0175
#0176
#0177
#0178
#0179
#0180
#0181
#0182
#0183
#0184

51000
50000
33123
33115
55665
70171
33033
90010
20196
36036
20123
51010
70888
50050
55121
70222
90990
55505
90181
50186
50789
27001
44222
27600
10610
27000
45007
12456
31234
31018
19610
43456
31120
31000
33153

LUIZ FELIPE CANTOR
ADAILTON DIAS
FERNANDO CHICO DA FARMACIA
MESTRE POLACO NACIONAL
MARIA DA BANCA
AFONSO
HELAMAN DO TAXI
DRA. ESTER KERNE
BAIANO DO ITAPEVA
NICOLE GUIMARAES
KARINA MARTINS
MARA SÃO LUCAS
SANDRA REGINA
MALENA ALVES
NOGUEIRA
SUELI TICA
KÁTIA ESTEVAM (KATINHA)
SILVIA FRANCINE
PROFESSORA CLAUDIA PALMEIRA
LUCIANA AMÂNCIO
RENATA CHIZOLINI
CLEBER OLIVEIRA
ANA MARIA
ALINE TAVARES
LABREGO
ANTONIO NOGUEIRA
JOÃO CAU
PEDRO NUNES
EVETH CAMARGO
GARELA
JAIME RANGEL
TIÃO
NICE
EDUARDO SINDICO
CLAUDIO DO COPERVOT

PEN - PSD / PEN / PTC / PRP
PSOL
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN
PROS - PT do B / PROS
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PTC - PSD / PEN / PTC / PRP
PSC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PEN - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PSOL
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PT do B - PT do B / PROS
PROS - PT do B / PROS
PSD - PSD / PEN / PTC / PRP
PROS - PT do B / PROS
PSOL
PSOL
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PRP - PSD / PEN / PTC / PRP
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PRB - PRB / PDT / PSL / REDE
PSDC - PSC / PSDC / PHS / PMN
PSDB - PSDB / PR / PSB
PDT - PRB / PDT / PSL / REDE
PHS - PSC / PSDC / PHS / PMN
PHS - PSC / PSDC / PHS / PMN
PTN - PTB / PTN / SD
PV - PV / DEM / PPS / PMDB
PHS - PSC / PSDC / PHS / PMN
PHS - PSC / PSDC / PHS / PMN
PMN - PSC / PSDC / PHS / PMN

82
81
79
65
65
62
56
54
53
53
52
51
48
47
32
32
23
21
20
16
15
10
2
2
774
50
772
887
97
14
215
3
27
41
123

0,15%
0,15%
0,14%
0,12%
0,12%
0,11%
0,10%
0,10%
0,10%
0,10%
0,09%
0,09%
0,09%
0,08%
0,06%
0,06%
0,04%
0,04%
0,04%
0,03%
0,03%
0,02%
0,01%
0,01%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%
0,00%

Eleito
** Eleito
# O candidato não teve seus votos validados devido à sua situação jurídica ou à do seu partido.
# O candidato não teve seus votos validados devido à sua situação jurídica ou à do seu partido.

Gaguinho é o
vereador mais
bem votado
José Antonio de Oliveira, popularmente
conhecido como Gaguinho, tem 53 anos de
idade e foi o vereador eleito com mais votos
nessas eleições municipais deste ano.
Nascido em Minas Gerais, foi criado em
um orfanato no Paraná, mas escolheu desde
1987 a cidade de Votorantim para residir e
constituir família. Morou na Vila Garcia e há
quase 30 anos reside na Vila Nova Votorantim. Ele trabalha com o grupo de Vicentinos
da cidade, contribuindo com os mais necessitados. Nas eleições municipais de 2012, obteve 885 votos.
Emocionado com o resultado, Gaguinho
agradeceu os 1.623 eleitores que votaram

em sua candidatura. Ele conta que fará um
mandato igual a de Fernando Oliveira Souza
(DEM), quando foi parlamentar em duas oportunidades. “Quero que meu gabinete seja um
espaço para o povo votorantinense. A partir
de janeiro do ano que vem, a população poderá contar com meu trabalho.”
Como foi o vereador mais votado, ele dará
posse ao prefeito eleito Fernando Oliveira
Souza (DEM). “É uma honra ter esse privilégio
de empossar o futuro administrador municipal de Votorantim.” Ele conta que não vê a
hora de assumir logo seu cargo de legislador
na Casa de Leis. “Estou contando as horas para
começar a desenvolver um trabalho ao lado
povo na Câmara.”
Sobre a votação expressiva de Gaguinho,
Fernando disse que não se surpreendeu com
o resultado. “Ele fez uma belíssima campanha
e o foi recompensado com a vitória nas urnas.
É um merecedor e será uma pessoa de extrema importância para aprovar os projetos de
lei do Executivo.”

Página 10

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016

Cidades

Votorantim
registra um caso
de crime eleitoral
e autor poderá ser
multado ou preso
Valdinei Queiróz

Durante a cobertura jornalística da Gazeta de Votorantim nas eleições municipais 2016, houve quatro suspeitas de boca
de urna e uma delas configurou-se como
crime eleitoral. Foi elaborado boletim de
ocorrência e o autor poderá ser multado de 5
a 15 mil UFIRs (Unidades Fiscais de Referência),
equivalente a R$ 5.300,00 a R$ 15.900,00, e,
Fotos: Denise Galli

Foto: Luciana Lopez

até mesmo, pegar de seis meses a um ano de
reclusão. De acordo com o promotor eleitoral
Wellington Veloso, o caso aconteceu na escola
estadual Armando Rizzo, no Jardim Araujo.
“O indiciado estacionou o automóvel com
adesivo perfurado (com propaganda eleitoral) além do tempo permitido. “O eleitor
ou candidato pode ir com seu veículo com
adesivo perfurado até o colégio para votar,
o que não pode é deixar o carro do início

Pela manhã, na Escola Dides Crispim de
Almeida Antonio, na Vila Garcia, havia
santinhos de um candidato

até o fim das eleições, configurando, dessa
forma, propaganda eleitoral irregular”, explicou o promotor. Os outros três fatos ocorreram nas escolas Comendador Pereira Inácio
(Barra Funda), Daniel Verano (Parque Bela Vista)
e Dides Crispim Almeida Antonio (Vila Garcia).
Nesses casos, segundo Wellington Veloso,
aconteceram duas tentativas de panfletagem
e um automóvel perfurado parado em frente
ao local e votação.
Sobre o derrame de “santinhos” em locais
de votação, houve duas ocorrências: uma na
Armando Rizzo (Jardim Araujo) e outra na
Dides Crispim Almeida Antonio (Vila Garcia).
Pelo cenário, foi observado, segundo o promotor eleitoral Wellington Veloso, que os
postulantes à Prefeitura de Votorantim - Carlos Mineiro (PSDB), Fernando Oliveira Souza
(DEM), Jair Cassola (PDT) e Rodrigo Chizolini
(PSOL) - acataram o pedido da Justiça Eleitoral, que convocou os candidatos antes do

pleito deste domingo (2), com a intenção
de criar um acordo para não despejar papéis eleitorais pelas ruas do município.
Em relação a urnas que tiveram que
ser trocadas, houve quatro ocorrências:
nos colégios Antonieta Ferrarese (Jardim
São Luís), Comendador Pereira Inácio
(Barra Funda), Daniel Verano (Parque Bela
Vista) e Dides Crispim Almeida Antonio
(Vila Garcia).
Mesmo com essas ocorrências, o promotor eleitoral enxergou que as eleições
de Votorantim transcorrem de uma forma
tranquila. “Foi muito importante o encontro realizado pela Promotoria Eleitoral,
juntamente com a OAB de Votorantim,
para que os candidatos tanto a vereador
quanto a prefeito não jogassem “santinhos” pelas ruas. Houve apenas dois casos, e na minha visão foi dentro de uma
normalidade.”

Escola Municipal Dides Crispim de Almeida Antonio

Escola Estadual Armando Rizzo

Mesário realiza a impressão dos votos
computados pela urna eletrônica

Escola Estadual Comendador Pereira Inácio

Escola Estadual Daniel Verano

03 de outubro de 2016

Gazeta de Votorantim

Página 11

Cidades

Promotoria Eleitoral
notificou sete candidatos
pela Lei da Ficha Limpa
O promotor eleitoral Wellington Veloso
teve bastante trabalho durante a campanha
que envolveu quatro candidatos a prefeito e
184 concorrer à Câmara Municipal de Votorantim. Nessas eleições de 2016, o promotor
eleitoral obteve a impugnação de sete candidatos que disputam as eleições deste ano no
município, com base na Lei da Ficha Limpa. A
candidatura de Jair Cassola (PDT) a prefeito
foi impugnada porque ele tinha duas condenações por atos dolosos de improbidade administrativa, que implicaram prejuízo ao erário
e enriquecimento ilícito de terceiros.
Segundo Veloso, Cassola foi responsável pelas contratações de 1.318 pessoas sem concurso
público, no período de 2001 a 2005, quando foi
prefeito da cidade. As condenações por improbidade administrativa foram confirmadas pelo
Tribunal de Justiça de São Paulo.
A candidatura de do então candidato a vice-prefeito Eric Romero, que deu lugar ao vereador Lê Baeza disputar o cargo, foi impugnada porque ele recebeu verbas indevidas
quando vereador na legislatura 1997/2000,
pois acresceu ao salário um percentual de verba paga a deputados estaduais e federais para
custear despesas de deslocamento. De acordo
com o promotor eleitoral, a sentença de primeira instância que o condenou reconheceu
a existência de dolo, prejuízo ao erário e enriquecimento ilícito pessoal. Não houve recurso da sentença da ação de improbidade, que
transitou em julgado.
Já as candidaturas de Jaime Augusto Rangel Filho (PTC), João Cau (PSDB), Lázaro Alber-

to de Almeida (PRB), Pedro Nunes Filho (PDT)
e Sebastião Aparecido Bernardo (PV), todos
concorrendo a vereador, foram impugnadas
foram impugnadas pelo mesmo motivo de
Eric Romero.
As impugnações requeridas pela Promotoria de Justiça foram todas acolhidas em
primeira instância, sendo todas também
confirmadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, que, de forma unânime,
rejeitou todos os recursos dos impugnados.
Todos os candidatos, exceto Eric Romero, que retirou a candidatura, estão recorrendo no TSE.
Multas
Referente à coligação, o grupo do PSDB
apresentou pedido de impugnação do registro da candidatura a vice-prefeito de Lê Baeza
(PV), que substituiu Eric Romero na chapa nessas eleições. A juíza, na oportunidade, julgou
como improcedente ação do grupo do PSDB
e, com isso, aplicou-se ao autor da acusação
multa no valor de cinco salários mínimos em
favor da coligação impugnada, além de mil
reais para cobrir despesas com honorários advocatícios. Outra multa do PSDB ter empregado
servidor público, em horário de expediente, em
ato de campanha. Também houve uma denúncia de duas páginas do Facebook, criticando Jair
Cassola. A promotoria está investigando o caso.
Enquanto Jaime Augusto Rangel Filho (PTC) foi
multado, pois antecipou sua campanha eleitoral
nas redes sociais. A promotoria também avaliou
dezenas de outras denúncias.

Promotor eleitoral
Wellington dos Santos
Veloso

Página 12

Gazeta de Votorantim

03 de outubro de 2016